Você está na página 1de 42

Aula de Mecânica dos Fluídos

Módulo
(2x+1)

Clodoaldo Valverde
Tipos de escoamentos

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.2


Equação da Continuidade

 Fluído compressível

1 A1v1  2 A2v2

 Fluído incompressível

A1v1  A2v2

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.3


Equação de Bernoulli

Trabalho

W  EM

Equação de Bernoulli

1 2 1 2
P1  gy1  v 1  P2  gy2  v 2
2 2

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.4


 Fluido incompressível

 Em regime estacionário
1 2
 Equação de Bernoulli p  gy  v  cte
2

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.5


 Aplicando a equação de Bernoulli aos pontos A e B temos:

PA + gyA + ½ vA2 = PB + gyB + ½ vB2

PA - PB = ½ [ vB2 - vA2 ] + g[ yB - yA ]

 Agora, como vB > vA e yB > yA,

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.6


 Assim, PA > PB, ou seja, a pressão na parte inferior
da asa é maior do que a pressão na parte superior.

 Isto significa que existe uma força resultante de baixo


para cima, responsável pela sustentação do avião, cujo
módulo é dado por F = A [ PA - PB ], onde A é a área da asa.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.7


Exercício
Um tanque grande de Raio R está aberto para a atmosfera e
contém água até uma altura h. Um pequeno orifício com raio r é
praticado na base do tanque. Desprezando qualquer efeito de
viscosidade, ache a função que descreve a altura do tanque em
função do tempo.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.8


Curiosidade

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.9


Equação da Energia na Presença de uma
Máquina

Definição de Máquina na Instalação

• A máquina em uma instalação hidráulica é definida


como qualquer dispositivo que quando introduzido
no escoamento forneça ou retire energia do
escoamento, na forma de trabalho.

• Para o estudo desse curso a máquina ou será uma


bomba ou será uma turbina.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.10


𝑷𝟏 𝒗𝟐𝟏 𝑷𝟐 𝒗𝟐𝟐
𝑯𝟏 + 𝑯𝑴 = 𝑯 𝟐 + +𝒛 + 𝑯𝑴 = + + 𝒛𝟐
𝜸 𝟐𝒈 𝟏 𝜸 𝟐𝒈

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.11


Potência de uma Bomba
• Se a máquina for uma bomba, ela fornece
energia ao escoamento.

• A potência de uma bomba é calculada pela


equação apresentada a seguir.
𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑩
𝑵𝑩 =
𝜼𝑩

• NB é a potência da bomba.
• HB = é a carga manométrica da bomba.

• ηB é o rendimento da bomba.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.12


Potência de uma Turbina
• Se a máquina for uma turbina, ela retira
energia do escoamento.

• A potência de uma turbina é calculada pela


equação apresentada a seguir.
𝑵𝑻 = 𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑻 ∙ 𝜼𝑻

• NT é a potência da turbina.
• HT = é a carga manométrica da turbina.
• ηT é o rendimento da turbina.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.13


Exercício 1
1) Determine a potência de uma bomba com rendimento
de 75% pela qual escoa água com uma vazão de 12
litros/s.
Dados: HB = 20m, 1cv = 736,5W, ρágua = 1000kg/m³ e
g = 10m/s².
𝑪á𝒍𝒄𝒖𝒍𝒐 𝒅𝒂 𝑷𝒐𝒕ê𝒏𝒄𝒊𝒂

𝟑𝟐𝟎𝟎
𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑩 𝑵𝑩 =
𝑵𝑩 = 𝟕𝟑𝟔, 𝟓
𝜼𝑩
𝟏𝟎𝟎𝟎𝟎 ∙ 𝟏𝟐 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 ∙ 𝟐𝟎 𝑵𝑩 = 𝟒, 𝟑𝟒 𝐜𝐯
𝑵𝑩 =
𝟎, 𝟕𝟓
𝑵𝑩 = 𝟑𝟐𝟎𝟎 𝑾

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.14


2) O reservatório mostrado na figura possui nível
constante e fornece água com uma vazão de 10 litros/s
para o tanque B. Verificar se a máquina é uma bomba ou
uma turbina e calcule sua potência sabendo-se que η =
75%.
Dados: γágua = 10000N/m³, Atubos = 10cm², g = 10m/s².

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.15


𝑪á𝒍𝒄𝒖𝒍𝒐 𝒅𝒂 𝒗𝒆𝒍𝒐𝒄𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 Carga Manométrica da Máquina
𝑸 = 𝑨 ∙ 𝒗𝟐 𝑯𝟏 + 𝑯𝑴 = 𝑯𝟐
𝑸 𝑯 𝟏 + 𝑯𝑴 = 𝑯𝟐
𝒗𝟐 =
𝑨 𝑷𝟏 𝒗𝟐𝟏 𝑷𝟐 𝒗𝟐𝟐
+ +𝒛 + 𝑯𝑴 = + + 𝒛𝟐
𝟏𝟎 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 𝜸 𝟐𝒈 𝟏 𝜸 𝟐𝒈
𝒗𝟐 =
𝟏𝟎 ∙ 𝟏𝟎−𝟒
𝒗𝟐𝟐
𝑯𝑴 = + 𝒛𝟐 − 𝒛𝟏
𝒗𝟐 = 𝟏𝟎 𝒎/𝒔 𝟐𝒈

𝟏𝟎𝟐
𝑯𝑴 = + 𝟓 −20
𝟐∙𝟏𝟎

𝑯𝑴 = −𝟏𝟎 𝒎

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.16


Potência da Turbina:

𝑵𝑻 = 𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑻 ∙ 𝜼𝑻

𝑵𝑻 = 𝟏𝟎𝟎𝟎𝟎 ∙ 𝟏𝟎 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 ∙ 𝟏𝟎 ∙ 𝟎, 𝟕𝟓

𝑵𝑻 = 𝟕𝟓𝟎 𝑾

𝟕𝟓𝟎
𝑵𝑻 =
𝟕𝟑𝟔, 𝟓

𝑵𝑻 = 𝟏, 𝟏𝟎 𝐜𝐯

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.17


Exercícios
1- Determine a potência de uma turbina pela qual escoa água com
uma vazão de 1200 litros/s.
Dados: HT = 30m, η = 90%, ρágua = 1000kg/m³ e g = 10m/s².

2) O reservatório mostrado na figura possui nível constante e


fornece água com uma vazão de 15 litros/s para o tanque B.
Verificar se a máquina é uma bomba ou uma turbina e calcule sua
potência sabendo-se que η = 75%.
Dados: γágua = 10000N/m³, Atubos = 10cm², g = 10m/s².

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.18


3) A figura a seguir mostra parte de uma instalação de
bombeamento de água. Considerando que a vazão é igual a 8
litros/s, que a tubulação possui o mesmo diâmetro ao longo de todo
o seu comprimento e que os pontos (2) e (3) estão na mesma cota,
determine a diferença de pressão entre a saída e a entrada da
bomba.
Dados: NB = 4cv, 1cv = 736,5W, η = 70%, ρágua = 1000kg/m³ e g = 10m/s².

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.19


Equação da Energia na Presença de uma Máquina
Considerando as Perdas da Carga (Fluido Real)

𝑯𝟏 + 𝑯𝑴 = 𝑯𝟐 + 𝑯𝒑𝟏,𝟐

𝑷𝟏 𝒗𝟐𝟏 𝑷𝟐 𝒗𝟐𝟐
+ +𝒛 + 𝑯𝑴 = + + 𝒛𝟐 + 𝑯𝒑𝟏,𝟐
𝜸 𝟐𝒈 𝟏 𝜸 𝟐𝒈

Potência dissipada: 𝑵𝑫𝒊𝒔 = 𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝒑𝟏,𝟐

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.20


Exemplo:
Para a instalação mostrada, determine a potência da bomba
necessária para elevar água até o reservatório superior. Considere as perdas
de carga.
Dados: Qv = 20 litros/s, γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s²,d4 = 8cm, Hp1,2 =
4m, Hp3,4 = 5m, ηB = 65%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.21


𝑪á𝒍𝒄𝒖𝒍𝒐 𝒅𝒂 𝒗𝒆𝒍𝒐𝒄𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆
𝝅 ∙ 𝟎, 𝟎𝟖𝟐
𝝅𝑫𝟐𝟒 𝑨𝟒 =
𝑨𝟒 = 𝟒 𝑨𝟒 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟓𝒎𝟐
𝟒
𝑸𝟒 𝟐𝟎 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝑸𝟒 = 𝑨𝟒 ∙ 𝒗𝟒 𝒗𝟒 = 𝒗𝟒 = = 𝟒𝒎/𝒔
𝑨𝟒 𝟎, 𝟎𝟎𝟓
A carga manométrica entre 1 e 4
𝑯𝟏 + 𝑯𝑩 = 𝑯𝟒 + 𝑯𝒑𝟏,𝟐
Potência da Bomba:
𝑷𝟏 𝒗𝟐𝟏 𝑷𝟒 𝒗𝟐𝟒
+ +𝒛𝟏 + 𝑯𝑩 = + + 𝒛𝟒 + 𝑯𝒑𝟏,𝟒 𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑩
𝜸 𝟐𝒈 𝜸 𝟐𝒈 𝑵𝑩 =
𝜼𝑩
𝒗𝟐𝟒
𝑯𝑩 = + 𝒛𝟒 + 𝑯𝒑𝟏,𝟒 𝟏𝟎𝟎𝟎𝟎 ∙ 𝟐𝟎 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 ∙ 𝟑𝟗, 𝟖
𝟐𝒈 𝑵𝑩 =
𝟒𝟐 𝟎, 𝟔𝟓
𝑯𝑩 = + 𝟑𝟎 + 𝟗
𝟐 ∙ 𝟏𝟎 𝑵𝑩 = 𝟏𝟐𝟐𝟒𝟔, 𝟏𝟓𝑾
𝟒𝟐
𝑯𝑩 = + 𝟑𝟎 + 𝟗 𝟏𝟐𝟐𝟒𝟔, 𝟏𝟓
𝟐 ∙ 𝟏𝟎 𝑵𝑩 =
𝟕𝟑𝟔, 𝟓
𝑯𝑩 = 𝟑𝟗, 𝟖𝒎 𝑵𝑩 =16,23cv

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.22


Exercícios Propostos
1) Para a instalação mostrada, determine:
a) A velocidade na tubulação de sucção.
b) A pressão na entrada da bomba.
c) Sabendo-se que NB = 10cv, calcule a altura Z4.
Dados: Qv = 15 litros/s, γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², d1 = d2 = 10cm, d4
= 8cm, HP1,2 = 5m, HP3,4 = 7m, ηB = 60%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.23


2) Na instalação da figura, a máquina é uma bomba e o fluido é água. A
bomba tem uma potência de 5kW e seu rendimento é 80%. A água é
descarregada com uma velocidade de 5m/s pela saída (2) com área de
10cm². Determine a perda de carga do fluido entre (1) e (2) e calcule a
potência dissipada ao longo da instalação.
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s².

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.24


Definição de Instalação de Recalque
Define-se instalação de recalque toda a instalação hidráulica que
transporta o fluido de uma cota inferior para uma cota superior e onde o
escoamento é viabilizado pela presença de uma bomba hidráulica, que
é um dispositivo projetado para fornecer energia ao fluido, que ao ser
considerada por unidade do fluido é denominada de carga manométrica
da bomba (HB).

Uma instalação de recalque é dividida em:


• Tubulação de sucção = tubulação antes da bomba;
• Tubulação de recalque = tubulação após a bomba.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.25


Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.26
Exemplo 1:
1) Deseja-se elevar água do reservatório A para o reservatório B. Sabe-
se que a vazão é igual a 4 litros/s, determine:
a) A velocidade da água na tubulação de sucção.
b) A velocidade da água na tubulação de recalque.
c) A potência da bomba.
d) O tempo necessário para se encher o reservatório B.
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², dsuc = 10cm, drec = 5cm,
Vreservatório B = 10m³, ηB = 70%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.27


𝒂 𝑪á𝒍𝒄𝒖𝒍𝒐 𝒅𝒂 𝒗𝒆𝒍𝒐𝒄𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 𝒏𝒂 𝒔𝒖𝒄çã𝒐
𝝅𝑫𝟐𝒔𝒖𝒄 𝝅 ∙ 𝟎, 𝟏𝟐
𝑨𝒔𝒖𝒄 = 𝑨𝒔𝒖𝒄 = 𝑨𝒔𝒖𝒄 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟕𝟗𝒎𝟐
𝟒 𝟒

𝑸𝒗 𝟒 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝑸𝒗 = 𝑨𝒔𝒖𝒄 ∙ 𝒗𝒔𝒖𝒄 𝒗𝒔𝒖𝒄 = 𝒗𝒔𝒖𝒄 =
𝑨𝒔𝒖𝒄 𝟎, 𝟎𝟎𝟕𝟗
𝒗𝒔𝒖𝒄 = 𝟎, 𝟓𝟏𝒎/𝒔

𝒃 𝑪á𝒍𝒄𝒖𝒍𝒐 𝒅𝒂 𝒗𝒆𝒍𝒐𝒄𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 no recalque


𝝅𝑫𝟐𝒓𝒆𝒄 𝝅 ∙ 𝟎, 𝟎𝟓𝟐
𝑨𝒓𝒆𝒄 = 𝑨𝒓𝒆𝒄 = 𝑨𝒓𝒆𝒄 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟏𝟗𝟔𝒎𝟐
𝟒 𝟒
𝑸𝒗 𝟒 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝑸𝒗 = 𝑨𝒓𝒆𝒄 ∙ 𝒗𝒓𝒆𝒄 𝒗𝒓𝒆𝒄 = 𝒗𝒓𝒆𝒄 =
𝑨𝒓𝒆𝒄 𝟎, 𝟎𝟎𝟏𝟗𝟔

𝒗𝒓𝒆𝒄 = 𝟐, 𝟎𝟒𝒎/𝒔

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.28


(c) A carga manométrica entre 1 e 3
𝑯𝟏 + 𝑯𝑩 = 𝑯𝟑

𝑷𝟏 𝒗𝟐𝟏 𝑷𝟑 𝒗𝟐𝟑
+ +𝒛 + 𝑯𝑩 = + + 𝒛𝟑
𝜸 𝟐𝒈 𝟏 𝜸 𝟐𝒈
𝒗𝟐𝒓𝒆𝒄
𝑯𝑩 = + 𝒛𝟑
𝟐𝒈
𝟐, 𝟎𝟒𝟐 (d) O tempo de enchimento
𝑯𝑩 = + 𝟐𝟐 𝑽𝒓𝒆𝒔
𝟐 ∙ 𝟏𝟎 𝑽𝒓𝒆𝒔𝒆𝒓𝒗𝒂𝒕ó𝒓𝒊𝒐
𝑸𝒗 = 𝒕=
𝒕 𝑸𝒗
𝑯𝑩 = 𝟐𝟐, 𝟐𝟏𝒎
𝟏𝟎
Potência da Bomba: 𝒕= 𝒕 = 𝟐𝟓𝟎𝟎𝒔
𝟒 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑩
𝑵𝑩 =
𝜼𝑩
𝟏𝟎𝟎𝟎𝟎 ∙ 𝟒 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 ∙ 𝟐𝟐, 𝟐𝟏
𝑵𝑩 =
𝟎, 𝟕𝟎
𝟏𝟐𝟔𝟗, 𝟏𝟒
𝑵𝑩 = 𝟏𝟐𝟔𝟗, 𝟏𝟒𝑾 𝑵𝑩 =
𝟕𝟑𝟔, 𝟓
𝑵𝑩 = 1,72cv
Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.29
Exemplo 2:
1) Uma mistura de dois líquidos é bombeada para um tanque de 30m³ de
um caminhão, determine:
a) A massa específica da mistura dos dois líquidos.
b) A velocidade do escoamento no ponto (3).
c) A velocidade do escoamento na tubulação de recalque.
d) A potência da bomba.
e) O tempo necessário para encher o reservatório do caminhão.
Dados: r1 = 600kg/m³, r2 = 800kg/m³, Qv1 = 4 litros/s, Qv2 = 3 litros/s, γH2O
= 10000N/m³, g = 10m/s², d3 = 10cm, drec = 5cm, ηB = 80%, P3 = -0,2bar.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.30


a) Massa específica da mistura:
𝑸𝒎𝒆 = 𝑸𝒎𝒔
𝝆𝟏 ∙ 𝑸𝒗𝟏 + 𝝆𝟐 ∙ 𝑸𝒗𝟐 = 𝝆𝟑 ∙ 𝑸𝒗𝟑 𝑸𝒗𝟑 = 𝑸𝒗𝟏 + 𝑸𝒗𝟐

𝝆𝟏 ∙ 𝑸𝒗𝟏 + 𝝆𝟐 ∙ 𝑸𝒗𝟐 𝟔𝟎𝟎 ∙ 𝟒 + 𝟖𝟎𝟎 ∙ 𝟑


𝝆𝟑 = 𝝆𝟑 =
𝑸𝒗𝟑 𝟕

𝝆𝟑 = 𝟔𝟖𝟓, 𝟕𝟏𝒌𝒈/𝒎𝟑

b) Velocidade em (3):
𝝅𝑫𝟐𝟑 𝝅 ∙ 𝟎, 𝟏𝟐
𝑨𝟑 = 𝑨𝟑 = 𝑨𝟑 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟕𝟗𝒎𝟐
𝟒 𝟒

𝑸𝒗𝟑 𝟕 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝑸𝒗𝟑 = 𝑨𝟑 ∙ 𝒗𝟑 𝒗𝟑 = 𝒗𝟑 =
𝑨𝟑 𝟎, 𝟎𝟎𝟕𝟗
𝒗𝟑 = 𝟎, 𝟖𝟖𝟔𝒎/𝒔

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.31


c) Velocidade em (5):
𝝅𝑫𝟐𝟓 𝝅 ∙ 𝟎, 𝟎𝟓𝟐
𝑨𝟓 = 𝑨𝟓 = 𝑨𝟓 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟐𝒎𝟐
𝟒 𝟒

𝑸𝒗𝟓 𝟕 ∙ 𝟏𝟎−𝟑
𝑸𝒗𝟓 = 𝑸𝒗𝟑 𝑸𝒗𝟓 = 𝑨𝟓 ∙ 𝒗𝟓 𝒗𝟓 = 𝒗𝟓 =
𝑨𝟓 𝟎, 𝟎𝟎𝟐

𝒗𝟓 = 𝟑, 𝟓𝟎𝒎/𝒔

d) Equação da energia entre (3) e (5):


𝑯𝟑 + 𝑯𝑩 = 𝑯𝟓
𝑷𝟑 𝒗𝟐𝟑 𝑷𝟓 𝒗𝟐𝟓
+ +𝒛 + 𝑯𝑩 = + + 𝒛𝟓 Como 𝟏𝒃𝒂𝒓 = 𝟏𝟎𝟓 𝑵/𝒎𝟐
𝜸 𝟐𝒈 𝟑 𝜸 𝟐𝒈

−𝟎, 𝟐 ∙ 𝟏𝟎𝟓 𝟎, 𝟖𝟖𝟔𝟐 𝟏𝟎𝟓 𝟑, 𝟓𝟎𝟐


+ + 𝟒 + 𝑯𝑩 = + + 𝟏𝟒
𝟔𝟖𝟓𝟕, 𝟏 𝟐 ∙ 𝟏𝟎 𝟔𝟖𝟓𝟕, 𝟏 𝟐 ∙ 𝟏𝟎

𝟏, 𝟏𝟐𝟑 + 𝑯𝑩 = 𝟐𝟗, 𝟐𝟎

𝑯𝑩 = 𝟐𝟖, 𝟎𝟖𝒎

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.32


Potência da Bomba:
𝜸 ∙ 𝑸 ∙ 𝑯𝑩 𝟔𝟖𝟓𝟕, 𝟏 ∙ 𝟕 ∙ 𝟏𝟎−𝟑 ∙ 𝟐𝟖, 𝟎𝟖
𝑵𝑩 = 𝑵𝑩 =
𝜼𝑩 𝟎, 𝟖𝟎
𝟏𝟔𝟖𝟒, 𝟕𝟗
𝑵𝑩 = 𝟏𝟔𝟖𝟒, 𝟕𝟗𝑾 𝑵𝑩 = 𝑵𝑩 = 2,29cv
𝟕𝟑𝟓, 𝟓
(d) O tempo de enchimento

𝑽𝒕𝒂𝒏𝒒𝒖𝒆 𝑽𝒕𝒂𝒏𝒒𝒖𝒆 𝟑𝟎
𝑸𝒗 = 𝒕= 𝒕= 𝒕 = 𝟒𝟐𝟖𝟓, 𝟕𝟏𝒔
𝒕 𝑸𝒗 𝟕 ∙ 𝟏𝟎−𝟑

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.33


Exercícios Propostos
1) Deseja-se elevar água do reservatório A para o reservatório B. Sabe-se
que a vazão é igual a 4 litros/s, determine:
a) A velocidade da água na tubulação de sucção.
b) A velocidade da água na tubulação de recalque.
c) A potência da bomba.
d) O tempo necessário para se encher o reservatório B.
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², dsuc = 8cm, drec = 4cm, VB = 15m³,
ηB = 65%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.34


2) Deseja-se elevar água do reservatório inferior (1) para a caixa d’água
mostrada em (3). Sabe-se que a vazão é igual a 5 litros/s, determine:
a) As velocidades da água nas tubulações de sucção e recalque.
b) A pressão em (2) na entrada da bomba.
c) A potência da bomba.
d) O tempo necessário para se encher o reservatório B.
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², dsuc = 4cm, drec = 2cm, ηB = 65%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.35


3) Para a instalação mostrada na figura, determine:
a) As velocidades de sucção e recalque.
b) As pressões na entrada e na saída da bomba.
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², dsuc = 6cm, drec = 5cm, NB = 4cv,
1cv = 736,5W, QV = 12 litros/s, ηB = 80%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.36


4) Uma mistura de dois líquidos é bombeada para um tanque de 40m³ de um
caminhão, determine:
a) A massa específica da mistura dos dois líquidos.
b) A velocidade do escoamento no ponto (3).
c) A velocidade do escoamento na tubulação de recalque.
d) A potência da bomba.
e) O tempo necessário para encher o reservatório do caminhão.
Dados: ρ1 = 800kg/m³, ρ2 = 900kg/m³, Qv1 = 6 litros/s, Qv2 = 4 litros/s, g =
10m/s², d3= 10cm, drec = 5cm, ηB = 85%, P3 = -0,3bar.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.37


5) Para a instalação mostrada na figura a seguir calcule:
a) A velocidade na tubulação de sucção.
b) A pressão na saída da bomba.
c) A vazão nas tubulações (4) e (5).
d) A velocidade nas tubulações (4) e (5).
Dados: γH2O = 10000N/m³, g = 10m/s², Qv2 = 15 litros/s, Qv4 = 0,7Qv5, Qv4 +
Qv5 =15 litros/s, d1 = d2 = 7cm, d3 = d4 = 5cm, d5 = 6cm, NB = 6cv, ηB = 70%.

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.38


6) A unidade correta de viscosidade dinâmica é:
a) ms/kg
b) Nm/s2
c) Kgs/N
d) Kg/ms
e) Ns/m
7) Viscosidade tem dimensões
a) FL-2T
b) FL-1T-1
c) FLT-2
d) FL2T
e) FLT2
8) Verificar qual a afirmação correta
a) A pressão atmosférica local é sempre menor que a pressão
normal;
b) A pressão atmosférica depende somente da altitude da
localidade;
c) A pressão atmosférica normal é a pressão atmosférica local
média, ao nível do mar;
d) Um barômetro indica a diferença entre a pressão atmosférica
local e normal;
e) A pressão atmosférica normal vale 34 in de mercúrio abs.
Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.39
9) Considere as afirmativas abaixo:
A) A massa específica relativa é uma grandeza universal.
B) A viscosidade absoluta e a cinemática apresentam as mesmas
unidades.
C) Freqüência e velocidade angular são parâmetros sinônimos.
Assinale a alternativa correta
a) As afirmativas A,B e C estão corretas
b) As afirmativas A,B e C estão erradas
c) As afirmativas A e C estão corretas
d) As afirmativas B e C estão erradas
e) As afirmativas A e C estão erradas

10) Um escoamento unidimensional é:


a) Obrigado a escoar segundo uma linha reta
b) Nenhuma das respostas anteriores
c) Um escoamento uniforme permanente;
d) Um escoamento uniforme;
e) Um escoamento com variações desprezíveis na direção transversal

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.40


11) No escoamento turbolento:
a) Uma lâmina de fluido desliza suavemente sobre a outra;
b) As tensões de cisalhamento são, em geral, maiores que num
escoamento laminar semelhante.
c) As partículas do fluido movem-se de maneira ordenada
d) A coesão é mais importante que a transferência de quantidade
de movimento no aparecimento das tensões de cisalhamento;
e) A transferência da quantidade de movimento dá-se apenas na
escala molecular;

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.41


Referências

• Victor L. Streeter e E. Benjamin Wylie “Mecânica dos Fluidos”.


• Franco Brunetti “Mecânica dos Fluidos”, 2ª Ed. Revisada.
• Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues “Notas de aula”

Módulo (2x + 1) Clodoaldo Valverde p.42