Você está na página 1de 4

COMANDO DA AERONÁUTICA 04 - Na fase de operações táticas a tomada de decisão

DEPARTAMENTO DE ENSINO
CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA
colaborativa é realizada:
a) Na FMC dos órgãos ATC envolvidos.
CONCURSO DE ADMISSÃO AO CFOE2020 b) Na DCC dos ACC envolvidos.
EXAME DE CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS c) Na DCC do CGNA.
PROVA ESCRITA DE CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO
d) Na FMC do CGNA.
07 DE AGOSTO DE 2018
GRAD: ____ NOME: ___________________________________________ (ICA 100-22, 6.4)
ESP.: ______ Nº DE INSCRIÇÃO: ________________________________
05 - É medida ATFM usada para permitir tráfegos
ASSINATURA: ________________________________________________ convergindo ou decolando ingressar em um determinado
fluxo:
CONFIRA! ESTA PROVA CONTÉM 25 QUESTÕES a) GS.
b) MINIT.
BOA PROVA !
PROVA 1 c) MIT.
d) Rerroteamento.
ICA 100-22 (ICA 100-22, 5.4.2.3.6)

01 Assinale a opção com informação INCORRETA: 06 - (CFOE 2011) Assinale a alternativa relativa à
a) GDP: Programa de Atraso no Solo. CAPACIDADE, utilizada nos serviços de gerenciamento
b) CDC: Célula de Decisão e Coordenação. de fluxo de tráfego aéreo.
c) CDM: Tomada de Decisão Colaborativa. a) CAPACIDADE ATC – medida de habilidade de
d) TOS: Programa de Orientação de Tráfego. posições operacionais ATC em prover serviço, em
condições normais, para as aeronaves.
(ICA 100-22, 1.3) b) CAPACIDADE ADOTADA – número máximo
atribuído a um aeroporto resultante da capacidade ATC e
02 Assinale a informação CORRETA: sustentável.
a) As disposições constantes na ICA 100-22 aplicam-se, c) CAPACIDADE SUSTENTÁVEL – valor máximo de
apenas naquilo que lhes couber, aos órgãos e setores do operações contínuas de um setor de controle, por período
SISCEAB envolvidos com o gerenciamento de tráfego de tempo aleatório.
aéreo. d) CAPACIDADE PRATICADA – número, valor ou
b) Balanceamento é a relação de equilíbrio entre a medida atribuída à capacidade de uma posição
demanda de tráfego aéreo e as capacidades operacional ATC em função da disponibilidade de
aeroportuárias. elementos de sua infraestrutura instalada por um período
c) Aeródromo Coordenado é aquele cuja expectativa de de tempo especificado.
demanda não ultrapassa a capacidade declarada. (ICA 100-22, 1.4.8)
d) Aeródromo Monitorado é aquele cuja operação de
voos de passageiros e/ou carga, assim como da rede 07 - Em um determinado turno de serviço, um
postal, está condicionada à obtenção de um SLOT ATC, controlador passou mal e outros dois tiveram que ser
tendo em vista certa necessidade. afastados devido incidente de tráfego aéreo. Diante desse
quadro, o supervisor coordenou com a célula FMC que
(ICA 100-22, 1.2, 1.4.4, 1.4.2 e 1.4.3) aplicaria medidas restritivas ao tráfego. Houve então ...
a)CONTROLE DE FLUXO
03 A obtenção de SLOT para Aeródromo Monitorado b)GERENCIAMENTO DE FLUXO DE TRÁFEGO
tem em vista: AÉREO
a) A necessidade de se obter maior capacidade c)GERENCIAMENTO DE TRÁFEGO AÉREO
aeroportuária. d)BALANCEAMENTO
b) A necessidade de se obter ganho operacional e
ordenação do fluxo de tráfego aéreo. (ICA 100-22, 1.4.10)
c) A necessidade de ordenação do fluxo e aumento da
capacidade aeroportuária.
d) A necessidade de se obter maior capacidade
declarada.

(ICA 100-22, 1.4.3)


08 - Marque V ou F: 11 - Complete corretamente:
( ) CAPACIDADE DO SISTEMA DE PISTAS – É de responsabilidade do(a) ______________ definir a
Número de operações aéreas suportadas em um Capacidade Declarada de Aeródromo, atentando-se para
determinado aeródromo, em um dado período de tempo, a Capacidade do Sistema de Pistas calculada pelo(a)
levando-se em conta a infraestrutura instalada. _________________ e a Capacidade Aeroportuária
Representa a capacidade em prover serviços adequados calculada pelo(a) ______________.
às aeronaves que estão operando, em condições normais,
no aeródromo. a) administração do aeroporto - ANAC – CGNA
( ) CAPACIDADE DECLARADA DE AERÓDROMO b) CGNA - ANAC – administração do aeroporto
– Número de aeronaves considerado como fator de c) ANAC – CGNA – administração do aeroporto
planejamento para o AFTM. Representa um valor d) CGNA – administração do aeroporto – ANAC
arbitrado entre as capacidades de sistema de pistas e
aeroportuária para operações de pouso e decolagem em (ICA 100-22, 5.1.2)
um aeródromo.
a) VV 12 - Marque a alternativa CORRETA conforme a
b) VF numeração abaixo:
c) FF 1- COMUNIDADE ATM
d) FV 2- CAPACIDADE AEROPORTUÁRIA
(ICA 100-22, 1.4.5 e 1.4.7) 3- CAPACIDADE DO SISTEMAS DE PISTAS
4- CAPACIDADE DECLARADA ATC
09 - Posição operacional do CGNA caracterizada pelo
conjunto de encargos atribuídos a um Gerente, com a ( ) Essa capacidade é calculada pelo CGNA para
finalidade de acompanhar e coordenar aplicação de variadas condições meteorológicas de teto e visibilidade.
medidas ATFM táticas em toda área de responsabilidade ( ) Esse número é uma referência considerada como
do serviço ATFM nacional. fator de planejamento para oATFM.
a) GERÊNCIA NACIONAL ( ) É o conjunto de Organizações, Agências ou
b) GERÊNCIA NACIONAL DE FLUXO Entidades que podem participar, colaborar e cooperar no
c) GERÊNCIA REGIONAL planejamento, desenvolvimento, uso, regulamentação,
d) Célula FMC operação e manutenção do sistema ATM.
( ) Número de operações aéreas suportadas em um
(ICA 100-22, 1.4.17) determinado aeródromo, em um dado período de tempo,
levando-se em conta a infraestrutura aeroportuária
10 - Marque V ou F: instalada. Representa a capacidade em prover serviços
( ) GERENCIAMENTO DE FLUXO DE TRÁFEGO adequados às aeronaves que estão operando, em
AÉREO – Serviço estabelecido com o objetivo de condições normais, no aeródromo.
contribuir para um fluxo de tráfego aéreo seguro, a) 4,3,1,2
ordenado e eficiente, assegurando que a capacidade do b) 3,4,1,2
ATC seja utilizada na sua máxima extensão possível e c) 3,4,2,1
que o volume de tráfego seja compatível com as d) 4,3,2,1
capacidades declaradas pela autoridade competente. (ICA100-22, 1.4.9; 1.4.6; 1.4.5; 1.4.8)
( ) GERENCIAMENTO DE TRÁFEGO AÉREO –
Expressão genérica que representa o dinâmico e 13 - Marque a alternativa CORRETA
integrado gerenciamento de tráfego e espaço aéreo de
forma segura, econômica e eficiente, mediante I - Compete ao CGNA - Aplicar medidas ATFM para
provimento de serviços contínuos, em elaboração com manter o balanceamento entre a demanda dos
todos os participantes. movimentos aéreos e as capacidades declaradas.
a) VV II- Compete ao CGNA - Aferir as medidas ATFM
b) VF III- Compete ao CGNA - Definir a prioridade da
c) FF sequência de pousos e decolagens para vôos
d) FV internacionais ou de longa duração para um aeródromo.
IV- Compete ao CGNA - Manter um registro completo
(ICA 100-22, 1.4.14 e 1.4.15) de todas as ações e procedimentos ATFM aplicados,
incluindo descrição, hora de início e de término, órgãos
envolvidos e as justificativas.
a) Somente I e IV são verdadeiras
b) Somente II e III são verdadeiras
c) Somente I e III são verdadeira
d) Somente I, II e III são verdadeiras

(ICA100-22; 2.5.1(a)(n)(r); 2.8.1(d))

-2-
14 - É (São) atribuição(ões) da Célula FMC. Marque a 17 – Responsável por executar as atribuições previstas
alternativa CORRETA: para a posição de Gerência Nacional de Fluxo:
( ) Propor ao CGNA o cancelamento das medidas ( ) Oficial QOAV
ATFM, quando as mesmas deixarem de ser necessárias. ( ) Oficial QOECTA habilitado
( ) Notificar os órgãos envolvidos sobre as medidas ( ) Oficial QOEA CTA habilitado
ATFM locais. a) F, F, V
( ) Distribuir os SLOT de oportunidade, de acordo com b) F, V, V
as disponibilidades enviadas pelos Órgãos ATC ou pelo c) F, F, V
CGNA. d) V, V, F
a) VVF
b) VFV (ICA100-22; 1.4.20)
c) FVF
18 – Estabelecer acordos operacionais e procedimentos
d) FFV
específicos para possibilitar a utilização flexível de todo
(ICA100-22, 2.8.1(h)(j); 2.10.1(c)) o espaço aéreo, compete ao(s):
a) SDOP
15 - Marque a alternativa CORRETA. b) CGNA
( ) O principal benefício a ser obtido pelo planejamento c) Órgãos ATS
estratégico é a melhoria de processos, evoluindo de um d) Órgãos Regionais
sistema reativo para uma atitude estratégica pró-ativa
que permita flexibilidade e economia às operações dos (ICA100-22; 2.4.1)
usuários em condições normais.
( ) No Planejamento Pré-Tático são definidos os TOS e 19 – Acatar as orientações emitidas pelo CGNA,
outras medidas mitigadoras dos possíveis impactos para compete:
aplicação tática em caso de confirmação dos cenários ( ) aos Órgãos ATC
previstos anteriormente. ( ) às FMC
( ) Considerando que as fases anteriores ( ) às SALAS AIS
proporcionaram um planejamento atualizado das a) V, V, V
operações que irão ocorrer no espaço aéreo, a finalidade b) V, V, F
da execução tática é acompanhar a ocorrência de fatores c) V, F, V
inesperados que venham a afetar a capacidade e/ou a d) V, F, F
demanda dos serviços de tráfego aéreo, empregando e
acompanhando as medidas mitigadoras de impactos no (ICA100-22; 2.6)
fluxo.
a) VVV 20 – O Serviço ATFM é normalmente, efetuado em
b) VFV quantas fases?
c) FFF a) 2
d) FVV b) 3
c) 4
(ICA100-22; 4.2.1; 4.3.3; 4.4.1 ) d) 5

16 - Marque a alternativa CORRETA quanto as medidas (ICA100-22; 4.1.3)


ATFM:
I- São _____ os tipos de Medidas ATFM. 21 - Procedimentos adotados visando a maximizar o
II-. CAPPING e TUNNELING são medidas de: uso das capacidades declaradas e/ou ajustar o fluxo
___________________ de tráfego aéreo em uma determinada porção do
III-. ____________________ é a medida que consiste no espaço aéreo, ao longo de uma determinada rota, ou
uso, mandatório ou não, de rotas pré-definidas no TOS. em um determinado aeródromo, de forma a evitar o
Preenchendo os espaços sublinhados encontramos, desbalanceamento, define:
respectivamente: a) MEDIDAS ATFM
a)09; Espera em voo; Restrição de Altitude b) MEDIDAS ATM
b)08; Restrição de Altitude; Programa de c) SISTEMA ATFM
Sequenciamento.
d) SISTEMA ATM
c)10; Restrição de Altitude; Rerroteamento.
(ICA100-22; 1.4.24)
d)11; Programa de Sequenciamento; Restrição de
Altitute.

(ICA100-22, 5.4.2.3)

-3-
22 – Assinale a alternativa CORRETA. 25 – Assinale a alternativa CORRETA. Em relação
( ) A autoridade responsável pela administração a AUMENTO DA CAPACIDADE ATC
geral do Serviço ATFM no Brasil é o SDOP ( ) A capacidade ATC deverá ser revisada,
( ) O Serviço ATFM é prestado, em toda a área de exporadicamente, em relação à demanda de tráfego,
responsabilidade, de forma centralizada, pelo a fim de prover o uso flexível do espaço aéreo,
CGNA, com apoio das Células de Gerenciamento melhorar a eficiência das operações aéreas e
de Fluxo estabelecidas em todos os ACC e nos APP permitir o adequado aumento dessa capacidade.
ou TWR com significativa demanda de tráfego ( ) Caso a demanda de tráfego exceda regularmente
aéreo. a capacidade ATC, resultando em demoras
a) VV contínuas e frequentes dos voos, ou fique evidente
b) VF que a previsão dessa demanda excederá os valores
c) FF da capacidade, a autoridade apropriada deverá, na
d) FV medida do possível:
a)Implementar medidas com o objetivo de
(ICA 100-22, 2.1 e 2.3.1)
maximizar o uso da capacidade do sistema
23 – Assinale a alternativa CORRETA. Acatar as existente; e
orientações táticas emitidas pelo CGNA é uma b)Desenvolver planos para aumentar a capacidade
atribuição: para atender à demanda real ou prevista.
a) apenas dos Órgãos ATC
b) apenas das Sala AIS a) VV
c) das Sala AIS e Órgãos ATC b) VF
d) das Sala AIS, Órgãos ATC e das FMC c) FF
d) FV
(ICA 100-22, 2.6, 2.8 e 2.10)
(ICA 100-22, 3.4.1 e 3.4.2)
24 – Assinale a alternativa CORRETA. Em Relação a
OTIMIZAÇÃO DA CAPACIDADE ATC, temos:
( ) Quando a densidade de tráfego variar de forma
significativa e regular, procedimentos devem ser
estabelecidos no Modelo Operacional do órgão
ATC, a fim de variar o número de posições
operacionais para satisfazer à demanda vigente ou
prevista.
( ) Para garantir que a segurança não será
comprometida, sempre que se prever que a demanda
de tráfego em um espaço aéreo ou em um
aeródromo excederá a capacidade ATC disponível,
medidas deverão ser implementadas para regular
adequadamente a demanda de tráfego.
a) VV
b) VF
c) FF
d) FV

(ICA 100-22, 3.3.1 e 3.3.3)

-4-