Você está na página 1de 2

GTDE

Introdução aos Sistemas Trifásicos


Lista A – Conceitos Básicos

Teoria
Exemplo (01) – Determinação das tensões I (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.1). Um sistema trifásico simétrico tem sequência de fase BAC e 𝑉𝐶̇ = 220∠40° 𝑉.
Determinar as tensões 𝑉𝐴̇ e 𝑉𝐵̇ .

Exemplo (02) - Determinação das tensões II (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.3). Uma carga equilibrada ligada em estrela é alimentada por um sistema trifásico
simétrico e equilibrado com sequência de fase direta. Sabendo que 𝑉𝐵𝑁̇ = 220∠58° 𝑉, determine (a) as tensões de
fase e (b) as tensões de linha.

Exemplo (03) - Determinação das tensões III (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.4). Resolver o problema-exemplo (02) admitindo que a sequência é inversa.

Exemplo (04) – Determinação das correntes. Uma carga equilibrada ligada em triângulo é alimentada por um sistema
trifásico simétrico e equilibrado com sequência de fase direta. Sabendo que 𝐼𝐴𝐵̇ = 5∠35° 𝐴, determine (a) as
correntes de fase e (b) as correntes de linha.

Exemplo (05) – Cálculos envolvendo potências I (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.17). Determinar a impedância de uma carga monofásica que absorve (10 +
𝑗50) 𝑘𝑉𝐴 quando a tensão é de 220 𝑉.

Exemplo (06) - Cálculos envolvendo potências II (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.18). Uma carga trifásica equilibrada tem fator de potência 0,8 indutivo. Quando
alimentada por um sistema trifásico simétrico, com sequência de fase direta e com 𝑉𝐴𝐵 ̇ = 220∠25° 𝑉, absorve
15,2 𝑘𝑊. Determine os valores das correntes de linha para a carga ligada em triângulo.

Exemplo (07) - Cálculos envolvendo potências III (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Exemplo 1.19 - Modificado). Um sistema trifásico simétrico alimenta uma carga equilibrada
formada por três impedâncias iguais que absorvem 50 𝑀𝑊 e 20 𝑀𝑉𝐴𝑟, quando alimentada por uma tensão de
̇ = 220∠12° 𝑘𝑉, determine a corrente de linha, admitindo
220 𝑘𝑉. Sendo a sequencia de fase inversa e a tensão 𝑉𝐴𝐵
que a carga é ligada em estrela.

Exercícios
A.1 – Introdução aos sistemas trifásicos I (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência – componentes
simétricas, Ex. 5.2.14). Num sistema trifásico simétrico, com sequência de fase CBA, a tensão entre os pontos B e C é
de 380∠ − 45° 𝑉. Pede-se que sejam determinadas as tensões de linha e fase.

A.2 – Introdução aos sistemas trifásicos II (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Ex. 5.2.15). Uma carga trifásica equilibrada, ligada em triângulo, é alimentada por um
trifásico simétrico com sequência de fase BAC. Conhecendo-se a corrente 𝐼𝐵𝐶̇ = 22∠40° 𝐴, determine as correntes de
(a) fase e (b) linha.

A.3 – Introdução aos sistemas trifásicos III (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Ex. 5.2.16). Um sistema trifásico simétrico alimenta uma carga equilibrada ligada em estrela.
Sendo fornecidas a impedância de fase da carga (6 + 𝑗8) Ω, A tensão de linha (220 𝑉 – 60 𝐻𝑧) e a sequência de fase
̇ com fase nula, pede-se: (a) As correntes de fase e linha, (b) o fator de potência e (c) a potência
direta. Adotando 𝑉𝐴𝑁
complexa fornecida à carga.

A.4 – Introdução aos sistemas trifásicos IV (Oliveira et al, Introdução aos sistemas elétricos de potência –
componentes simétricas, Ex. 5.2.17 - Modificado). Um sistema trifásico simétrico, com tensão de linha de 440 𝑉,
alimenta uma carga equilibrada ligada em triângulo, com impedância de fase da carga (6 + 𝑗8) Ω. Adotando a tensão
AB com fase nula e a sequência direta, determine (a) a potência complexa por fase e (b) a potência total fornecida à
carga.
GTDE
Introdução aos Sistemas Trifásicos
Lista A – Conceitos Básicos

Exercícios
A.1 ̇ = 380∠ − 165° 𝑉, 𝑉𝐵𝐶
𝑉𝐴𝐵 ̇ = 380∠ − 45° 𝑉 e 𝑉𝐶𝐴
̇ = 380∠75° 𝑉; 𝑉𝐴𝑁
̇ = 219,4∠ − 135° 𝑉, 𝑉𝐵𝑁
̇ = 219,4∠15° 𝑉 e 𝑉𝐶𝑁
̇ = 219,4∠105° 𝑉.

A.2 (a) 𝐼𝐴𝐵̇ = 22∠ − 80° 𝐴, 𝐼𝐵𝐶̇ = 22∠40° 𝐴 e 𝐼𝐶𝐴̇ = 22∠160° 𝐴; (b) 𝐼𝐴̇ = 38,1∠ − 50° 𝑉, 𝐼𝐵̇ = 38,1∠70° 𝐴 e 𝐼𝐶̇ = 38,1∠190° 𝐴.

A.3 (a) 𝐼𝐴̇ = 12,7∠ − 53,1° 𝑉, 𝐼𝐵̇ = 12,7∠ − 173,1° 𝐴 e 𝐼𝐶̇ = 12,7∠66,9° 𝐴; (b) 𝐹𝑃 = 0,6; (c) 𝑆𝑇̇ = 4839,08∠53,1° 𝑉𝐴.

A.4 ̇ = 19360∠53,1° 𝑉𝐴; (b) 𝑆𝑇̇ = 58080∠53,1° 𝑉𝐴.


(a) 𝑆𝑓𝑎𝑠𝑒