Você está na página 1de 132

Matemática Financeira Empresaria

1
5.00
30
1.25%
54,000.00
1,051,473.09
12,011.21

Wagn
universofina
"Somente quando sonha o homem vai ao céu, o resto é pelo c
Índice >>>

a Empresarial

Wagner Santos de Sousa


universofinanceiro@hotmail.com
o céu, o resto é pelo chão."
Almir Sater
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

ÍNDICE

1- REVISÃO DE OPERADORES E USO DE FUNÇÕES NO MS-EXCEL


2- CAPITALIZAÇÃO SIMPLES - JUROS SIMPLES
3- REGIME DE CAPITALIZAÇÃO COMPOSTO - JUROS COMPOSTOS
4- CLASSIFICAÇÃO DAS TAXAS DE JUROS
5- DESCONTO COMERCIAL E BANCÁRIO
6- SÉRIES UNIFORMES DE PAGAMENTOS OU RECEBIMENTOS
7- SISTEMA FRANCÊS DE AMORTIZAÇÃO (PRICE)
7.1- TABELA PRICE
8- SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO CONSTANTE (SAC)
7.1- TABELA SAC
9- MÉTODOS PARA AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS
10- BIBLIOGRAFIA
<<< Capa

S NO MS-EXCEL

S COMPOSTOS

EBIMENTOS

S
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

PRINCIPAIS OPERADORES

+ Operações de Adição
- Operações de Subtração
/ Operações de Divisão
* Operações de Multiplicação
^ Operações Exponenciação
% Divisão por Cem
( ) Limitador de operações
: Intervalo de referências
; Operador de união - combina diversas referências
= Inicia uma fórmula ou compara valores
$ Fixador de referência

EXEMPLO E EXERCÍCIOS
VALOR UNIT: 15.00
VENDAS DE UM PRODUTO
% CUSTO
EMPRESA QTD. VAL. UNIT. VAL. TOTAL
OPERAC.
EMP 01 10 30.00%
EMP 02 5 15.00%
EMP 03 8 5.00%
TOTAL

EXERCÍCIO 1
Faça os cálculos abaixo.

( 50×2 ) ÷( 25×3 )
=?
( 45÷3 )
( 50×2 ) ÷( 25×3 ) ERRADO
=?
( 45÷3 )

10 .000+125 ERRADO
=?
[1 −
( 15+0,49 )×45
3 . 000 ]
20 . 000 ERRADO
×100=?
63
140 .000×
360

EXERCÍCIO 2
Um comerciante compra uma mercadoria por R$ 125,00 e paga de frete 20%.
Ele vende a mercadoria por R$ 250,00 e oferece um desconto de 20% para pag
Por quanto o comerciante compra o produto e por quanto ele vende à vista?

Val compra
Frete 20.00%
Val total compra

Val Venda
Desconto 20.00%
Val total venda

EXTRA
FUNÇÕES MATEMÁTICAS:
=POTÊNCIA(núm;potência)
=RAIZ(núm)
=LOG(NÚM;BASE)
=SOMA(núm1;núm2; ...)
=SOMASE(intervalo;critérios;intervalo_soma)
=SOMARPRODUTO(matriz1;matriz2;matriz3; ...)
VENDAS DE UM PRODUTO
EMPRESA QTD. VAL. UNIT. VENDEDOR VAL TOTAL
EMP 01 10 3.00 JOSÉ 30.00
EMP 03 8 1.50 MARIA 12.00
EMP 01 12 2.00 JOSÉ 24.00
EMP 03 7 7.00 MARIA 49.00
EMP 01 8 4.70 JOSÉ 37.60
EMP 03 15 8.90 MARIA 133.50
EMP 01 11 1.75 JOSÉ 19.25
EMP 02 9 3.10 JOÃO 27.90
EMP 03 7 4.00 MARIA 28.00
EMP 02 3 7.90 JOÃO 23.70
EMP 02 9 2.50 JOÃO 22.50
EMP 01 10 1.10 JOSÉ 11.00
EMP 02 5 8.00 JOÃO 40.00
EMP 03 8 6.30 MARIA 50.40
EMP 03 11 5.20 MARIA 57.20
EMP 01 13 6.90 JOSÉ 89.70
EMP 02 5 10.00 JOÃO 50.00
EMP 03 7 9.10 MARIA 63.70
TOTAL 158 5.16 769.45

QUANTIDADE VENDIDA PELA EMP 01


QUANTIDADE VENDIDA PELA EMP 02
QUANTIDADE VENDIDA PELA EMP 03
VALOR TOTAL VENDIDO
COMISSÃO TOTAL PAGA
VALOR VENDIDO EM DIN
VALOR VENDIDO EM CH

FUNÇÕES DE LÓGICA:

=E(lógico1; lógico2; ...)


=OU(lógico1; lógico2; ...)
=SE(teste_lógico; valor_se_verdadeiro; valor_se_falso)

Para nossos contratos acima de R$ 5.000,00 oferecemos um desconto de 10%.


Monte a função que calcule automaticamente o valor do desconto, de acordo co

Val de Referência 5,000.00


% de desconto 10%

VAL
CLIENTE VAL DESC.
CONTRATO
CLIENTE 01 3,000.00 CERTO
CLIENTE 02 7,000.00 ERRADO
CLIENTE 03 12,000.00 ERRADO
CLIENTE 04 1,900.00 CERTO
CLIENTE 05 5,200.00 ERRADO
CLIENTE 06 4,000.00 CERTO
CLIENTE 07 6,700.00 ERRADO
CLIENTE 08 10,500.00 ERRADO
CLIENTE 09 6,500.00 ERRADO
CLIENTE 10 8,450.00 ERRADO

Refazer a planilha anterior com a nova política da Empresa:


Nas compras acima de R$ 4.000,00 desconto de 5% e acima de R$ 8.000,00 de

Val de ref 1 4,000.00 5%


Val de ref 2 8,000.00 10%
VAL
CLIENTE VAL DESC.
CONTRATO
CLIENTE 01 3,000.00 CERTO
CLIENTE 02 7,000.00 ERRADO
CLIENTE 03 12,000.00 ERRADO
CLIENTE 04 1,900.00 CERTO
CLIENTE 05 5,200.00 ERRADO
CLIENTE 06 4,000.00 ERRADO
CLIENTE 07 6,700.00 ERRADO
CLIENTE 08 10,500.00 ERRADO
CLIENTE 09 6,500.00 ERRADO
CLIENTE 10 8,450.00 ERRADO

Nova política da Empresa:


Ou contratos acima de R$ 5.000,00 ou pagamento a vista ganham desconto de

Val de ref 1 5,000.00


Val de ref 2 A VISTA
% de desconto 10%

VAL FORMA DE
CLIENTE VAL DESC.
CONTRATO PAGAMENTO
CLIENTE 01 3,000.00 A VISTA
CLIENTE 02 7,000.00 A PRAZO
CLIENTE 03 12,000.00 A VISTA
CLIENTE 04 1,900.00 A PRAZO
CLIENTE 05 5,200.00 A PRAZO
CLIENTE 06 4,000.00 A VISTA
CLIENTE 07 6,700.00 A VISTA
CLIENTE 08 1,000.00 A PRAZO
CLIENTE 09 6,500.00 A PRAZO
CLIENTE 10 8,450.00 A VISTA

Refazer para a nova política da Empresa:


Para contratos acima de R$ 5.000,00 e pagamento a vista ganham desconto de

Val de ref 1 5,000.00


Val de ref 2 A VISTA
% de desconto 10%
VAL FORMA DE
CLIENTE VAL DESC.
CONTRATO PAGAMENTO
CLIENTE 01 3,000.00 A VISTA
CLIENTE 02 7,000.00 A PRAZO
CLIENTE 03 12,000.00 A VISTA
CLIENTE 04 1,900.00 A PRAZO
CLIENTE 05 5,200.00 A PRAZO
CLIENTE 06 4,000.00 A VISTA
CLIENTE 07 6,700.00 A VISTA
CLIENTE 08 1,000.00 A PRAZO
CLIENTE 09 6,500.00 A PRAZO
CLIENTE 10 8,450.00 A VISTA

FUNÇÕES DE PROCURA E REFERÊN


=PROCH(valor_procurado;matriz_tabela;núm_índice_lin;p
=PROCV(valor_procurado;matriz_tabela;núm_índice_colun

VERMELHO 50% COD DESC


AZUL 30% 26 BLUSA
VERDE 20% 32 CALÇA
ROXO 10% 45 SAPATO
BRANCO 5% 50 GRAVATA

CÓDIGO 26
COR AZUL
DESCRIÇÃO
VALOR
DESCONTO
VAL DESCONTO
VAL A PAGAR

A seguir encontra-se uma tabela de coeficientes multiplicadores para operações


Para obter o valor da prestação a ser paga, basta multiplicar o valor financiado p
coeficiente.

COEF
N PARC
MULTIP
1 1.05705
2 0.54754
3 0.37743
4 0.29274
5 0.24267
6 0.20867
7 0.19464
8 0.17709
9 0.16366
10 0.15312
11 0.14463
12 0.13774

Na tabela a seguir crie uma fórmula, mediante a função PROCV, de forma que, d
de parcelas, o campo coeficiente e valor da prestação seja automaticamente pre

VALOR FINANCIADO 5,000.00


QUANTIDADE DE PARCELAS 8
COEFICIENTE
VALOR DA PRESTAÇÃO

///// FIM \\\\\


<<< Índice

PERADORES

x =2+5
=5-2
=9/3
=4*3
=3^4
=500*10%
=SOMA(A1:A10)
=SOMA(A1:A10)
versas referências =SOMA(A1:A10;E5:E15)
=SOMA(A1:A10)
=A5*$A$1

XERCÍCIOS

PRODUTO
VAL CUSTO VAL REPRESENT.
OP LIQUID LIQ
0.09

13,189.60

81.63

e paga de frete 20%.


conto de 20% para pagamento à vista.
ele vende à vista?

RA
TEMÁTICAS:
32
5
5

matriz3; ...)
TO
COMISSÃO DIN/ CH
2% DIN
2% DIN
2% DIN
5% CH
4% CH
5% DIN
2% DIN
2% DIN
4% DIN
5% CH
2% CH
2% CH
5% DIN
4% DIN
4% DIN
4% CH
5% DIN
5% DIN

ERRADO 64.00
ERRADO 31.00
ERRADO 63.00
ERRADO 769.45
ERRADO 31.44
ERRADO 535.95
ERRADO 233.50

E LÓGICA:

o; valor_se_falso)

s um desconto de 10%.
desconto, de acordo com a tabela abaixo.

-
700.00
1,200.00
-
520.00
-
670.00
1,050.00
650.00
845.00

cima de R$ 8.000,00 desconto de 10%.


-
350.00
1,200.00
-
260.00
200.00
335.00
1,050.00
325.00
845.00

a ganham desconto de 10%

ERRADO 300.00
ERRADO 700.00
ERRADO 1,200.00
CERTO -
ERRADO 520.00
ERRADO 400.00
ERRADO 670.00
CERTO -
ERRADO 650.00
ERRADO 845.00

a ganham desconto de 10%


CERTO -
CERTO -
ERRADO 1,200.00
CERTO -
CERTO -
CERTO -
ERRADO 670.00
CERTO -
CERTO -
ERRADO 845.00

RA E REFERÊNCIA:
ela;núm_índice_lin;procurar_intervalo)
ela;núm_índice_coluna;procurar_intervalo)

VAL
65.00 COD 26 32 45
98.00 DESC BLUSA CALÇA SAPATO
130.00 VAL 65.00 98.00 130.00
24.00

adores para operações de crediário.


car o valor financiado pelo respectivo
PROCV, de forma que, digitando-se o número
a automaticamente preenchido.

ERRADO 0.17709
ERRADO 885.45

M \\\\\
50
GRAVATA
24.00
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

OBJETIVO PRINCIPAL DA MATEMÁTICA FI

A matemática Financeira busca, essencialmente, analisar a evoluçã


determinando o valor das remunerações relativas a seu emprego.

JUROS SIMPLES

CAPITAL 1,000.00
TAXA 5% a.m.
MONTANTE 1,000.00 1,050.00 1,100.00 1,150.00 1,200.00
JUROS - 50.00 50.00 50.00 50.00
INICIO JAN FEV MAR ABR

CONVENÇÕES

VP - ou Valor Presente, é o valor inicial da operação


CAPITAL:
valor emprestado...
i - é um índice que mede o custo ou remuneraçã
TAXA:
determinado tempo; ex.: 10% ou 0,1 (10/100)...
JUROS: J - são as remunerações (valores) pagas pelo capita
n - é o número de Períodos de Calculo que o capital
TEMPO:
3 meses; 5 anos...
MONTANTE: VF - ou Valor Futuro, é o valor final da operação, ou
PERÍODO DE
ao mês (a.m.); ao ano (a.a.); ao semestre (a.s.); ao t
CAPITALIZAÇÃO
Obs.: Usaremos o ano comercial de 360 dias e todos os m

DEFINIÇÃO

Juros Simples é o sistema de capitalização onde a Taxa é aplicada


cada período de cálculo. Os Juros não incorporam ao Capital para o cálculo
O valor dos Juros é linear, ou seja é o mesmo em todos os períodos d
A taxa é chamada de proporcional, uma vez que varia linearmente
igual a 5% em 5 meses.
O sistema de capitalização a Juros Simples é amplamente utilizado n
operações onde o período de cálculo é menor que o período de capita
atualização monetária de uma fatura vencida a alguns dias...

PRINCIPAIS FÓRMULAS

J =VP∗i∗n Juros Simples

Montante
VF=VP + J
VF=VP∗(1+i∗n ) Montante

VF
VP= Valor Presente (Capital)
(1+i∗n )
J Taxa
i=
( VP∗n )
J Período
n=
(VP∗i)
J
n=
(VP∗i)

EXEMPLOS E EXERCÍCIOS

EXEMPLO 1
Qual o valor dos juros simples a ser pago em um empréstimo no valor d
meses a uma taxa de 3% a.m.?

VP
i a.m.
n meses
J

EXEMPLO 2
Qual o valor dos juros simples e o montante correspondente à aplicação
prazo de 64 dias a uma taxa de 15% a.m.?

VP
i a.m.
n dias
J
VF

EXEMPLO 3
Uma pessoa efetuou uma aplicação de 10.000,00 em renda fixa durante 90
taxa de 2% a.m. de juros simples. A Taxa de Administração (TA) cobrada nes
sobre Operações Financeiras (IOF) é isento porque o prazo foi superior a 29
Movimentação Financeira (CPMF) é de 0,38% sobre o valor líquido creditad
na fonte é de 20% Sobre o rendimento bruto. Determinar:
a) O valor do rendimento líquido;
b) O valor líquido recebido na data do resgate;
c) A taxa líquida recebida na aplicação;

VP
i a.m.
n dias
n meses
Rendimento Bruto (J)

Taxa de Adm (i) a.a.


Período TA (n) anos
Valor TA (J)

Imposto de Renda (i)


Valor IR

Base CPMF VP+J-IR-TA


CPMF (i)
Valor CPMF

Rend Líquido (RL) RL = J - TA - IR - CPMF

Valor Líquido (VL) VL = VP + RL

Taxa Líquida (TL) i = RL / (VP * n)


EXERCÍCIO 1
Em uma aplicação de 500,00 foi resgatada após um ano por seu valor integ
juros simples da aplicação?

VP
VF
i a.m.
n meses
J

EXERCÍCIO 2
Em quantos meses um capital dobra de valor se aplicado a uma taxa de juro

VP
VF
i a.m.
n meses
J

///// FIM \\\\\


<<< Índice

TEMÁTICA FINANCEIRA

nalisar a evolução do dinheiro ao longo do tempo,


prego.

PLES

1,250.00 1,300.00 1,350.00 1,400.00 1,450.00 1,500.00


50.00 50.00 50.00 50.00 50.00 50.00
MAI JUN JUL AGO SET OUT

ÕES

icial da operação; ex.: preço à vista, valor aplicado,

o ou remuneração paga pelo uso do dinheiro por


1 (10/100)...
pagas pelo capital emprestado ou aplicado;
ulo que o capital ficou aplicado ou emprestado; ex.:

da operação, ou seja capital mais os juros;

mestre (a.s.); ao trimestre (a.t.);...


dias e todos os meses de 30 dias.

ÃO

a Taxa é aplicada apenas sobre o Capital (VP) em


al para o cálculo do período seguinte.
os os períodos de cálculo.
aria linearmente ao longo do tempo. Ex.: 1%a.m. é

mente utilizado nas operações de descontos e nas


eríodo de capitalização. Ex.: desconto de títulos,
..

RMULAS
XERCÍCIOS

éstimo no valor de 10.000,00 pelo prazo de cinco

ente à aplicação de um capital de 20.000,00 pelo

meses
a fixa durante 90 dias. O banco remunerou a uma
(TA) cobrada nesta carteira é de 8%a.a. O Imposto
foi superior a 29 dias. a Contribuição Provisória de
r líquido creditado. O Imposto de Renda (IR) retido

R - CPMF
or seu valor integral 600,00. Qual a taxa ao mês de

uma taxa de juros simples de 4%a.m.?

\\\\\
1,550.00 1,600.00
50.00 50.00
NOV DEZ
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

JUROS COMPOSTOS

CAPITAL 1,000.00
TAXA 0.05 a.m.
MONTANTE 1,000.00 1,050.00 1,102.50 1,157.63 1,215.51
JUROS - 50.00 52.50 55.13 57.88
INICIO JAN FEV MAR ABR

DEFINIÇÃO

"Juros Compostos" é o sistema de capitalização onde os Juros incor


juros do período seguinte, formando o chamado "juros sobre juros".

A capitalização composta caracteriza-se por uma função exponencia


geométrica.

O sistema de capitalização a Juros Compostos é amplamente utilizad


e aplicações. Ex.: empréstimos, financiamento de carros, casa, eletrodomés

PRINCIPAIS FÓRMULAS

n Montante
VF=VP∗( 1+i)

VF Valor Presente (Capital)


VP=
( 1+i )n
(1/ n)
VF
i=
VP( ) −1
(1/ n)
VF
i=
VP( ) −1
Taxa

VF

n=
log
VP ( ) Período

log (1+i )

Obs.: Logaritmo nada mais é do que uma forma de exponencial. Como no e


81 na base 3, e temos como resultado 4 pois, 3 elevado a quarta potência
utilizados na matemática financeira são o de base 10 (apenas log) e o de ba
ln). Para nosso conforto o Excel já traz essa fórmula bem simplificada.

EXEMPLOS E EXERCÍCIOS

EXEMPLO 1
Qual o valor de resgate relativo a uma aplicação de um capital de 5.000
compostos de 10%a.m.?

VP
i a.m.
n meses
VF
EXEMPLO 2
Quanto uma pessoa deve aplicar hoje, para ter acumulado um montante de
taxa de juros compostos de 2%a.m.?

VP
i a.m.
n meses
VF

EXEMPLO 3
Uma pessoa efetuou uma aplicação de 10.000,00 em renda fixa durante 9
taxa de 2% a.m. de juros compostos. A Taxa de Administração (TA) cob
Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é isento porque o prazo foi
Provisória de Movimentação Financeira (CPMF) é de 0,38% sobre o va
Renda (IR) retido na fonte é de 20% Sobre o rendimento bruto. Determinar:
a) O valor do rendimento líquido;
b) O valor líquido recebido na data do resgate;
c) A taxa líquida recebida na aplicação;

VP
i a.m.
n dias
n meses
MONTANTE (VF)

Taxa de Adm (i) a.a.


Período TA (n) anos
Valor TA (J)

Base IR =VF-VP
Imposto de Renda (i)
Valor IR

Base CPMF =VF - TA - IR


CPMF (i)
Valor CPMF

Valor Líquido (VL) = VF - TA - IR - CPMF

Taxa Líquida (TL) = (VL / VP)^( 1/n ) - 1

EXERCÍCIO 1
Uma pessoa tem condições de aplicar seu dinheiro a 1,5%a.m. em renda fix
amigo lhe pedir emprestado 12.000,00 por um ano, quanto deverá dev
equivalente neste período?

VP
i a.m.
n meses
VF

EXERCÍCIO 2
Em quantos meses um capital dobra de valor se aplicado a uma taxa de juro

VP
i a.m.
n meses
VF
EXERCÍCIO 3
O valor de 1 dólar no início do plano real (01/07/1994) era de 1 real e em 0
87 meses) o dólar foi cotado a 2,65 reais. Com base nas informações ac
desvalorização do real durante o período?

VP
i a.m.
n meses
VF

EXERCÍCIO 4
Uma empresa tem duas opções de pagamento na compra de um produto:
ambos os casos a primeira prestação é no ato da compra. Se o dinheiro v
melhor opção de compra?

VP
i a.m.
n meses
VF

Compra Mês 1 Mês 2 Mês 3 Mês 4


PROP 1
PROP 2
EXERCÍCIO 5
Uma empresa efetuou duas aplicações, cada uma no valor de 100,00, amba
a juros simples e a outra juros compostos. O gerente financeiro observou
indicados na tabela abaixo. Monte o gráfico comparando as duas aplicações

3 DIAS 10 DIAS 20 DIAS 1 MÊS 3 MESES


J SIMPLES - - - - -
J COMPOS - - - - -

VP
i a.m.

Dias Meses VF Juros simples


n1 3
n2 10
n3 20
n4 1
n5 3
n6 6
n7 9
n8 12
n9 24

///// FIM \\\\\


<<< Índice

POSTOS

1,276.28 1,340.10 1,407.10 1,477.46 1,551.33 1,628.89


60.78 63.81 67.00 70.36 73.87 77.57
MAI JUN JUL AGO SET OUT

ÇÃO

de os Juros incorporam ao Capital para o cálculo dos


re juros".

unção exponencial, em que o capital cresce de forma

mplamente utilizado nas operações de financiamentos


asa, eletrodomésticos, poupança, CDB, etc.

ÓRMULAS
encial. Como no exemplo log 3 81=x leia-se log de
a quarta potência (4) é igual a 81. Os logaritmos mais
nas log) e o de base 'e'=2,718281... (logaritmo natural
implificada.

XERCÍCIOS

capital de 5.000,00 por 18 meses, à taxa de juros


um montante de 18.000,00 daqui a 12 meses, a uma

nda fixa durante 90 dias. O banco remunerou a uma


stração (TA) cobrada nesta carteira é de 8%a.a. O
rque o prazo foi superior a 29 dias. a Contribuição
38% sobre o valor líquido creditado. O Imposto de
uto. Determinar:
R - CPMF

1/n ) - 1

%a.m. em renda fixa capitalizado mensalmente. Se um


anto deverá devolver para que sua aplicação seja

uma taxa de juros composta de 4%a.m.?


de 1 real e em 01/10/2001 (após 7anos e 3 meses =
as informações acima, qual a taxa média mensal de

a de um produto: 3 x R$ 160,00 ou 6 x R$ 80,00. Em


a. Se o dinheiro vale 8%a.m. para a empresa, qual a

Mês 5
0
0
r de 100,00, ambas com rendimentos de 8%a.m. uma
anceiro observou o saldo de acordo com os períodos
s duas aplicações.

6 MESES 9 MESES 12 MESES 24 MESES


- - - -
- - - -

VF Juros Compostos

\\\\\
1,710.34 1,795.86
81.44 85.52
NOV DEZ
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

TAXAS EQUIVALENTES

Duas ou mais taxas são equivalentes a juros compostos quando, apl


períodos de tempo iguais, com prazos de capitalização diferentes, produzem

100.00 Aplicados por um ano de acordo com as taxas abaix

5.00% a.m.
15.76% a.t.
34.01% a.s.
79.59% a.a.

Como calcular?
( n2 / n1 )
i 2=( 1+i 1 ) −1
i2 Taxa procurada
i1 Taxa conhecida
(n2/n1) Número de capitalizações existentes no
dividido pelo numero de capitalizações e

EXEMPLO 1
Transformar uma taxa de 8% ao quadrimestre em:
a) Taxa mensal;
b) Taxa trimestral;
c) Taxa semestral;
d) Taxa anual;

EXEMPLO 2
Uma empresa efetuou um empréstimo a uma taxa de juros de 24%a.a. Sa
capitalização trimestral, qual a taxa equivalente ao trimestre?

Taxa conhecida (i1) a.a.


Período conhecido (n1) meses
Período procurado (n2) meses
Taxa procurada (i2) a.t.

TAXAS PROPORCIONAIS

A idéia de Taxas Proporcionais é muito semelhante às Taxas Equiva


nos remete a juros simples e a segunda a juros compostos. São chamada
obtidas através de uma multiplicação simples. Ex.: taxa de 2%a.m. é igual a

TAXA PREFIXADA

A taxa prefixada é aquela em que seu valor integral é definida/


operação financeira. Ela possibilita ao aplicador ou tomador de recursos sa
resgatado ou pago. Ex.: Leasing, CDB prefixado, a maioria dos emprés
pessoal, etc...

TAXA PÓS-FIXADA
A taxa pós-fixada também é definida/ acordada antes da contratação
ela é dividida em duas partes a taxa de juros real da operação financ
financeiro vigente à época da contratação (Taxa Referencial, Taxa Básica
Prazo, Índice Geral de Preços de Mercado, Dólar Comercial, etc...)

Como funciona? Corrige o capital pelo indexador escolhido depois apl


O investidor ou tomador dos recursos só saberá o valor de resgate o
contratado, por isso o nome Taxa Pós-fixada.
Ex.: 10.000,00 aplicados na poupança em 01/02/2015 e resgatados em 01/0
PERÍODOS TR VAL COR
em 01/02/15
de 01/02/15 a 01/03/15 0.8298%
de 01/03/15 a 01/04/15 1.1614%
de 01/04/15 a 01/05/15 0.6092%
de 01/05/15 a 01/06/15 0.5761%

TAXA NOMINAL

A taxa nominal é uma taxa aparente, onde o valor dos juros o


corresponde ao valor recebido ou pago na data da contratação.
Ex.: Uma aplicação onde a taxa é de 24%a.a. CAPITALIZADOS men
saldo da aplicação será corrigido por uma taxa de 2% gerando no final de 12
diferente da anunciada.

TAXA EFETIVA

A taxa efetiva é aquela que corresponde exatamente ao custo ou remu


Ex.: Uma aplicação onde a taxa é de 24%a.a. rende exatamente 24%

EXEMPLO 1
Uma empresa efetuou uma aplicação de 300,00 numa conta de poupan
capitalizados mensalmente. Qual o saldo da aplicação depois de 6 meses e
banco?

VP
i a.a.
n meses
VF

Taxa conhecida (i1) a.m.


Período conhecido (n1) mês
Período procurado (n2) meses
Taxa efetiva a.a.

TAXA REAL E APARENTE

A taxa aparente corresponde a taxa efetiva da operação. E a ta


aparente, descontando-se os efeitos da variação monetária, apurada com
financeiro predefinido.
Ex.: A poupança paga variação da TR mais juros de 0,5%a.m
(aproximadamente 0,634) e taxa real 0,5%.

Como calcular?

taxa real=
[ ( 1 +taxa efetiva )
( 1 +taxa de atualização m on etá ria
)

EXEMPLO 1
Uma aplicação rendeu num período de 6 meses 10%, enquanto no mesmo
o ganho real no período?

Taxa efetiva a.m.


Atualização monetária a.m.
Taxa real a.m.

TAXA OVER

A taxa over é um parâmetro de taxa linear (um tipo de taxa nominal)


para a obtenção do custo efetivo por dia útil.
A taxa over é uma metodologia de cálculo com base na remuneração
no Brasil e remanescente do período de taxas inflacionárias altas. Atualmen
empréstimos entre bancos.

Como calcular a Taxa Efetiva com base na Taxa

[(
diasúteis
taxaover
Taxa Efetiva= 1+
30 ) −1

Como calcular a Taxa Over com base na Taxa E

[(
1

TaxaOver = 1+Taxa Efetiva ) dias úteis


−1
[(
1

TaxaOver = 1+Taxa Efetiva ) dias úteis


−1

EXEMPLO 1
Uma aplicação rende 3,3% de taxa over. Num mês de 20 dias úteis, quanto m

Taxa over a.m.


Dias úteis dias
Taxa efetiva a.m.

EXERCÍCIOS

EXERCÍCIO 1
O Banco "A" remunera uma aplicação a uma taxa de 3%a.m. e o Banco "
taxa de 42,576%a.a. Em qual Banco devo aplicar meu dinheiro?

VP "A"
Taxa "A" (i) a.m.
Tempo "A" (n) meses
VF "A"

VP "B"
Taxa "B" (i) a.a.
Tempo "B" (n) anos
VF "B"
EXERCÍCIO 2
O capital de 5.000,00 ficou aplicado durante 2 anos, 5 meses e 7 dia
trimestralmente. O valor correspondente ao montante no final do período é d

VP
i a.a.
n1 anos
n2 meses
n3 dias
Total trimestre (n)
VF

EXERCÍCIO 3
Meu salário foi reajustado em 9% no último ano. Sabendo que o IPCA, um
mesmo período foi de 7,6%, qual foi meu ganho real.

Taxa efetiva a.a.


Atualização monetária a.a.
Taxa real a.a.

EXERCÍCIO 4
Em um mês com 20 dias úteis, qual a taxa over relativa a uma taxa efetiva d
Taxa over a.d.
Dias úteis dias
Taxa efetiva a.m.

///// FIM \\\\\


<<< Índice

EQUIVALENTES

os compostos quando, aplicadas sobre um mesmo capital, em


ação diferentes, produzem o mesmo montante.

acordo com as taxas abaixo:

omo calcular?
( n2 / n1 )
+i 1 ) −1

apitalizações existentes no período procurado


numero de capitalizações existentes no período conhecido

:
xa de juros de 24%a.a. Sabendo que deverá pagar juros com
o trimestre?

PROPORCIONAIS

melhante às Taxas Equivalentes. A diferença é que a primeira


compostos. São chamadas de proporcionais pois podem ser
: taxa de 2%a.m. é igual a 24%a.a. (2 X 12).

A PREFIXADA

valor integral é definida/ acordada antes da contratação da


ou tomador de recursos saber, de antemão, o valor final a ser
o, a maioria dos empréstimos carro, casa, eletrodoméstico,

A PÓS-FIXADA
dada antes da contratação da operação financeira, no entanto
real da operação financeira mais um indicador econômico
Referencial, Taxa Básica Financeira, Taxa de Juros de Longo
Comercial, etc...)

xador escolhido depois aplica a taxa de juros da operação.


aberá o valor de resgate ou de pagamento no final do período

2015 e resgatados em 01/06/2015


JUROS VAL RESG
10,000.00
0.50%
0.50%
0.50%
0.50%

XA NOMINAL

onde o valor dos juros obtido na aplicação dessa taxa não


a contratação.
a.a. CAPITALIZADOS mensalmente. Entenda-se a cada mês o
2% gerando no final de 12 meses um rendimento de 26,824%

XA EFETIVA

atamente ao custo ou remuneração da operação.


a. rende exatamente 24% no final de 12 meses.
0 numa conta de poupança que paga juros de 6% ao ano,
ação depois de 6 meses e qual a taxa efetiva anual paga pelo

a.m.
anos

EAL E APARENTE

etiva da operação. E a taxa real é calculada a partir da taxa


o monetária, apurada com base em um indicador econômico-

TR mais juros de 0,5%a.m. Taxa aparente/ efetiva TR+0,5%

omo calcular?

+taxa efetiva )
axa de atualização m o netá ria
) ]
−1 ×100
10%, enquanto no mesmo período a inflação foi de 6,5%. Qual

AXA OVER

(um tipo de taxa nominal) para 30 dias que servirá como base

om base na remuneração dos títulos públicos, utilizada apenas


lacionárias altas. Atualmente ela é utilizada como padrão para

a Efetiva com base na Taxa Over?

]
dias úteis
taxaover
30 ) −1 ×100

a Over com base na Taxa Efetiva?

]
1

axa Efetiva ) diasúteis


−1 ×100
]
1

axa Efetiva ) diasúteis


−1 ×100

s de 20 dias úteis, quanto meu dinheiro vai render?

XERCÍCIOS

a de 3%a.m. e o Banco "B" remunera outra aplicação a uma


meu dinheiro?
anos, 5 meses e 7 dias, a juros de 20%a.a., compostos
ante no final do período é de?

a.t.
trimestre
trimestre
trimestre
trimestre

Sabendo que o IPCA, um dos índices que mede a inflação, no


eal.

lativa a uma taxa efetiva de 4%a.m.?


/// FIM \\\\\
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

CONCEITO

Pode-se conceituar desconto como sendo a diferença entre o valor fut


nota promissória, letra de câmbio, etc) e seu respectivo valor atual. O
aplicação de uma taxa de desconto sobre o valor nominal (VF) do título.

DESCONTO SIMPLES

Chamamos de desconto simples pois é efetuado com base no reg


modalidade está incluído o desconto comercial e o bancário.

DESCONTO COMERCIAL E BANCÁ

O desconto comercial recebe esse nome porque é a modalidade prati


calendário comercial para a contagem do tempo (ano de 360 dias). É uma a
recebimento de suas vendas. Nessa modalidade subtraímos do valor nomi
de desconto.
O desconto bancário recebe esse nome porque é a modalidade prati
outra alternativa para a empresa antecipar o recebimento de suas venda
valor nominal o correspondente à taxa de desconto, o Imposto s
aproximadamente 0,0041% ao dia), Tarifa de Cobrança (TC varia de banco
Crédito (TAC varia de banco para banco).

COMO CALCULAR

D=VF ×i× n
D Valor do desconto
VF Valor Futuro ou Nominal
i Taxa de desconto
n Numero de períodos de cálc

EXEMPLOS E EXERCÍCIOS

EXEMPLO 1

Uma empresa concede um desconto de 4%a.m. aos clientes que antecipa


Certo cliente deseja antecipar o pagamento de um título de valor nomina
para 48 dias. Determine o valor do desconto a ser concedido e o valor líquid

VF
i a.m.
n dias
D
Valor liquido

EXEMPLO 2
Uma empresa deseja descontar uma duplicata de valor nominal 10.000,0
dias. Sabendo-se que o banco realiza tais operações cobrando um taxa de
de 0,0041% ao dia e tarifa de cobrança de 6,00 por título, calcule:
a) o valor do desconto;
b) o valor do IOF;
c) o valor líquido que a empresa recebeu;
d) a taxa efetiva mensal paga pela empresa nessa operação;
VF
i a.m.
n dias
D

IOF

Tarifa de cobrança

Valor liquido

Taxa efetiva a.m. = D/(VF*n)

EXERCÍCIO 1
Dois meses antes do vencimento de uma duplicata, o gerente financeiro d
cliente e propõe um desconto de 531,00, caso antecipe o pagamento d
simples comercial aplicada na operação é de 27%a.a. conclui-se que o valor

VF
i a.a.
n meses
D

EXERCÍCIO 2
Uma empresa descontou em uma instituição financeira os títulos a seguir à t
Val Título Vencimento
5,000.00 55 dias
4,000.00 40 dias
2,500.00 28 dias
3,500.00 65 dias
Considerando IOF de 0,0041% ao dia e tarifa de cobrança de 6,50 por título,
a) o valor total dos descontos por antecipação;
b) o valor total do IOF a ser pago;
c) o valor líquido creditado;
N – dias
VF 1
VF 2
VF 3
VF 4
i a.m.

D1
D2
D3
D4
Total desconto (D)

IOF 1
IOF 2
IOF 3
IOF 4
Total IOF

Tarifa de cobrança

Valor liquido
EXERCÍCIO 3
Uma empresa necessita de imediato de 10.000,00 para pagamento no final
ordem de 4%a.m. Determine o montante final a ser pago considerando as m
ou seja, juros simples, juros compostos e desconto comercial.

VP
i a.m.
n dias

Juros Simples (VF)

Juros Compostos (VF)

Desconto Simples (VF) VF = VP / (1 - i * n)

EXTRA

Na modalidade de desconto simples, alguns autores trabalham com o


Desconto "por Fora". O Desconto "por Dentro" coincide com o valor dos ju
Simples (D = VP * i * n) e o Desconto "por fora" é tal qual acabamos de ver.

EXEMPLO 1
Determinar o valor do desconto simples de um título de 1.000,00 com vencim
a taxa de desconto é de 5%a.m. (compare o desconto "por dentro" e o desco
CONTAGEM DO TEMPO

Existem, basicamente, três forma de contagem de tempo entre duas d

Juros Exatos - nessa modalidade utilizamos para contagem do tempo o ano


geralmente vem expressa em anos ou dias.

Juros Ordinários - também chamado de comercial, nessa modalidade utiliza


comercial com 360 dias e todos os meses de 30 dias.

Juros pela Regra dos Banqueiros - essa modalidade é muito utilizada pelas
uma combinação das outras duas. Para a contagem do número de dias ent
365 ou 366 dias. Para determinar a taxa (i) utiliza-se o calendário comerc
meses de 30 dias.

EXEMPLO 2
Calcular os juros ordinários, juros exatos e juros pela regra dos banqueiros
vencimento para 15/09/2009 que foi descontado em 15/07/2009 a uma taxa
DESCONTO COMPOSTO

O desconto composto tem como base o sistema de capitalização com


desconto simples. E quase não é praticado no mercado.

DESCONTO COMPOSTO "POR FO

n
VP=VF×(1−i )
DESCONTO COMPOSTO "POR DEN

VF
VP=
( 1+i )n

///// FIM \\\\\


<<< Índice

CONCEITO

diferença entre o valor futuro de um título de crédito (duplicata,


espectivo valor atual. O valor do desconto será obtido pela
nominal (VF) do título.

ONTO SIMPLES

fetuado com base no regime de capitalização simples. Nessa


bancário.

OMERCIAL E BANCÁRIO

rque é a modalidade praticada no comércio em geral e utiliza o


no de 360 dias). É uma alternativa para a empresa antecipar o
subtraímos do valor nominal apenas o correspondente à taxa

rque é a modalidade praticada pelas instituições financeiras. É


ebimento de suas vendas. Nessa modalidade subtraímos do
desconto, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF
rança (TC varia de banco para banco) e Tarifa de Abertura de

O CALCULAR

VF ×i× n
lor do desconto
lor Futuro ou Nominal
xa de desconto
mero de períodos de cálculo

OS E EXERCÍCIOS

aos clientes que antecipam o pagamento de suas duplicadas.


m título de valor nominal 2.000,00, com vencimento previsto
concedido e o valor líquido a ser recebido nessa operação.

meses

e valor nominal 10.000,00 com vencimento previsto para 38


ões cobrando um taxa de desconto de 5%a.m., IOF à alíquota
r título, calcule:

operação;
meses

D/(VF*n)

ata, o gerente financeiro da empresa entra em contato com o


antecipe o pagamento da duplicata. Se a taxa de desconto
a.a. conclui-se que o valor da duplicata é de:

anos

ceira os títulos a seguir à taxa de 3%a.m.:


obrança de 6,50 por título, calcule:

N – meses
para pagamento no final de 180 dias. O custo financeiro é da
r pago considerando as modalidades de capitalização já vistas,
o comercial.

meses

= VP / (1 - i * n)

EXTRA

autores trabalham com o conceito de Desconto "por Dentro" e


incide com o valor dos juros (J) estudados na parte de Juros
al qual acabamos de ver.

o de 1.000,00 com vencimento para 180 dias, sabendo-se que


onto "por dentro" e o desconto "por fora")
GEM DO TEMPO

em de tempo entre duas datas:

contagem do tempo o ano civil com 365 ou 366 dias, a taxa (i)

, nessa modalidade utilizamos para contagem do tempo o ano


as.

de é muito utilizada pelas instituições financeiras e se trata de


m do número de dias entre duas datas utiliza-se o ano civil de
a-se o calendário comercial com ano de 360 dias e todos os

ela regra dos banqueiros cobrados num título de 1.000,00 com


m 15/07/2009 a uma taxa de 30%a.a.
NTO COMPOSTO

stema de capitalização composta, segue as mesmas regras do


cado.

OMPOSTO "POR FORA"

n
VF×(1−i )
MPOSTO "POR DENTRO"

VF
=
( 1+i )n

/// FIM \\\\\


Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

SÉRIES UNIFORMES

É o sistema de capitalização onde o pagamento ou o recebimen


sucessão de pagamentos ou recebimentos de igual valor.
Quando o objetivo é liquidar uma dívida, tem-se o processo de AMOR
quer constituir um capital em data futura, tem-se um processo de CAPITALIZ
As séries de pagamentos ou recebimentos se caracterizam por um p
os pagamentos podem ser ANTECIPADOS, quando o primeiro pagamento o
do período de capitalização; ou POSTECIPADOS, quando o primeiro pagam
final do período de capitalização.

PROCESSO DE CAPITALIZAÇÃ

No processo de capitalização temos as fórmulas a seguir que nos aju


o valor da prestação de pagamento ou recebimento (PGTO).

( 1+ i )n −1
VF=PGTO×
i ( )

PROCESSO DE AMORTIZAÇÃO

No processo de amortização temos as fórmulas a seguir que nos ajud


e o valor da prestação de pagamento ou recebimento (PGTO).
−n
VP= PGTO× (
1− ( 1+i )
i )
Obs.: as fórmulas que acabamos de ver, tanto para Capitalização qu
pagamentos POSTECIPADOS. Para calcular o VP ou VF com prestações
resultado do VF ou VP por (1+i), e para o cálculo do PGTO basta dividir o re

UTILIZANDO O EXCEL OU BrOFI

Função VALOR FUTURO (VF)


=VF(taxa;nper;pgto;vp;tipo)
Retorna o valor futuro de um investimento de acordo com os pagam
uma taxa de juros constante.
taxa - é a taxa de juros da operação, utilizar a forma decima
nper - é o número de períodos de capitalização;
pgto - é o valor da prestação;
vp - é o valor presente da aplicação (nesse caso o saldo in
tipo - utilize 0(zero) para postecipado e 1(um) para antecipa

EXEMPLO 1

Calcule o valor de resgate de uma aplicação de 200,00 por mês durante 12


que é atualizado a uma taxa de 2%a.m. dentro do conceito de termos anteci

taxa a.m.
nper meses
pgto
vp
tipo vf
tipo vf

Função VALOR PRESENTE (VP)


=VP(taxa;nper;pgto;vf;tipo)
Retorna o valor presente de um investimento de acordo com os pa
com uma taxa de juros constante.
taxa - é a taxa de juros da operação, utilizar a forma decima
nper - é o número de períodos de capitalização;
pgto - é o valor da prestação;
vf - é o valor final após a última parcela paga (nesse caso
tipo - utilize 0(zero) para postecipado e 1(um) para antecipa

EXEMPLO 1
Minha margem consignável é de 200,00. Em 24 meses, quanto posso pe
financeira que cobra uma taxa de 2%a.m. dentro do conceito de termos ante

taxa a.m.
nper meses
pgto
vf
tipo vp
tipo vp

Função TAXA
=TAXA(nper;pgto;vp;vf;tipo;estimativa)
Retorna a taxa de juros por período de um empréstimo ou financiamen

EXEMPLO 1
Uma loja vende um carro com financiamento total em 60 meses de 650,00
25.000,00 qual a taxa de juros cobrada no financiamento? Utilize o
postecipados.

nper meses
pgto
vp
vf
tipo taxa
tipo taxa
Função NPER
=NPER(taxa;pgto;vp;vf;tipo)
Retorna o número de períodos para investimento de acordo com pa
uma taxa de juros constante.

EXEMPLO 1
Uma loja vende um carro com financiamento total e parcelas de 650,00 men
de 25.000,00 em quantos meses devo financiar o carro utilizando a taxa d
quiser economizar o mesmo valor com o mesmo rendimento, quanto temp
vista? Utilize o conceito de termos postecipados.

taxa a.m. taxa


pgto pgto
vp vp
vf vf
tipo tipo
nper nper

Função PGTO
=PGTO(taxa;nper;vp;vf;tipo)
Retorna o valor das prestações de um investimento de acordo com pa
uma taxa de juros constante.

EXEMPLO 1
Preciso comprar uma máquina que custa 6.000,00 o banco cobra uma taxa
em 24 meses, de quanto será a parcela? Utilize o conceito de termos antecip

taxa a.m.
nper meses
vp
vf
tipo pgto
tipo pgto

EXTRA
Função VFPLANO
=VFPLANO(capital;plano)
Retorna o valor futuro de um capital que será atualizado por uma série

EXEMPLO 1
Apliquei 1.000,00 hoje e pretendo efetuar o resgate daqui a seis meses.
tabela abaixo, quanto devo resgatar?

1 1.20% a.m.
2 1.00% a.m. capital
3 1.60% a.m. vfplano
4 1.80% a.m.
5 1.10% a.m.
6 1.30% a.m.

EXERCÍCIOS

EXERCÍCIO 1
Que montante obterá uma pessoa que deposita periodicamente no início d
prazo de 24 meses a uma taxa de 2%a.m.?

taxa a.m.
nper meses
pgto
vp
tipo vf

EXERCÍCIO 2
Uma mercadoria é ofertada por 18 pagamentos mensais de 250,00 no fina
que o custo financeiro do mercado é de 2%a.m. qual o preço equivalente à v

taxa a.m.
nper meses
pgto
vf
tipo vp

EXERCÍCIO 3
A Financeira do Povo faz operações de empréstimos pessoais cobrando um
uma taxa adicional de 70,00 para despesas de cadastro, sendo essa última
um empréstimo pessoal de 1.000,00 a ser pago em 3 prestações mensais e
após a contratação, pergunta-se:
a) Qual o valor das prestações a serem pagas?
b) Qual a taxa efetiva mensal que está sendo cobrada em tal operação?
taxa a.m.
nper meses
vp
vf
tipo
pgto

EXERCÍCIO 4
Certo executivo, pretendendo viajar durante 12 meses, resolve fazer 6 dep
paga 3% ao mês de juros, para que sua esposa possa efetuar 12 retirad
período em que viaja. A primeira retirada será um mês após o último de
depósitos?

taxa a.m.
nper meses
pgto
vf
tipo
vp

taxa a.m.
nper meses
vp
vf
tipo
pgto
EXERCÍCIO 5

Numa seção de classificados, anuncia-se uma casa por 25.000,00 à vista ou


7.760,00 sem entrada. Qual é a melhor opção para comprar, uma vez que a

taxa a.t.
nper trimestres
pgto
vf
tipo
vp

///// FIM \\\\\


<<< Índice

IES UNIFORMES

pagamento ou o recebimento do capital é efetuado através da


gual valor.
em-se o processo de AMORTIZAÇÃO; por outro lado, quando se
um processo de CAPITALIZAÇÃO.
os se caracterizam por um processo de capitalização composta e
ndo o primeiro pagamento ou recebimento for realizado no início
S, quando o primeiro pagamento ou recebimento for realizado no

O DE CAPITALIZAÇÃO

órmulas a seguir que nos ajudarão a calcular o valor futuro (VF) e


nto (PGTO).

VF×i
PGTO=
( 1+ i ) n− 1

SO DE AMORTIZAÇÃO

mulas a seguir que nos ajudarão a calcular o valor presente (VP)


mento (PGTO).

VP×i
PGTO= −n
1− ( 1+i )
anto para Capitalização quanto para Amortização, são para
VP ou VF com prestações ANTECIPADAS, basta multiplicar o
o do PGTO basta dividir o resultado por (1+i).

O O EXCEL OU BrOFICE

o VALOR FUTURO (VF)


taxa;nper;pgto;vp;tipo)
to de acordo com os pagamentos periódicos e constantes e com

ação, utilizar a forma decimal 0,02 ou 2%;


e capitalização;

cação (nesse caso o saldo inicial);


cipado e 1(um) para antecipado;

e 200,00 por mês durante 12 meses num fundo de investimentos


do conceito de termos antecipados e postecipados.

VALOR PRESENTE (VP)


(taxa;nper;pgto;vf;tipo)
mento de acordo com os pagamentos periódicos e constantes e

ação, utilizar a forma decimal 0,02 ou 2%;


e capitalização;

ma parcela paga (nesse caso o saldo final);


cipado e 1(um) para antecipado;

24 meses, quanto posso pegar emprestado em uma instituição


o do conceito de termos antecipados e postecipados?

Função TAXA
er;pgto;vp;vf;tipo;estimativa)
m empréstimo ou financiamento.

tal em 60 meses de 650,00. Sabendo que o valor do carro é de


financiamento? Utilize o conceito de termos antecipados e

a.m.
a.m.
Função NPER
ER(taxa;pgto;vp;vf;tipo)
estimento de acordo com pagamentos constantes e periódicos e

al e parcelas de 650,00 mensais. Sabendo que o valor do carro é


r o carro utilizando a taxa de juros do exemplo anterior? Se eu
mo rendimento, quanto tempo vou levar para comprar o carro à
.

a.m.

Função PGTO
TO(taxa;nper;vp;vf;tipo)
vestimento de acordo com pagamentos constantes e periódicos e

00 o banco cobra uma taxa de 2%a.m. pretendo dividir a compra


o conceito de termos antecipados e postecipados.
EXTRA
Função VFPLANO
PLANO(capital;plano)
erá atualizado por uma série consecutiva de taxas compostas.

sgate daqui a seis meses. A previsão de rendimentos segue a

EXERCÍCIOS

a periodicamente no início de cada mês o valor de 100,00, num


s mensais de 250,00 no final de cada período. Considerando-se
qual o preço equivalente à vista?

imos pessoais cobrando uma taxa de juros nominal de 6%a.m. e


cadastro, sendo essa última cobrada no ato da contratação. Em
em 3 prestações mensais e iguais, vencendo a primeira 30 dias

brada em tal operação?


vp
Taxa efetiva a.m.

meses, resolve fazer 6 depósitos mensais numa financeira que


osa possa efetuar 12 retiradas mensais de 3.000,00, durante o
um mês após o último depósito. Qual deverá ser o valor dos
asa por 25.000,00 à vista ou em quatro prestações trimestrais de
ara comprar, uma vez que a taxa de juros é de 10% ao trimestre?

///// FIM \\\\\


Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

SISTEMA FRANCÊS DE AMORTIZAÇÃ

É o sistema de capitalização onde o pagamento ou o recebim


sucessão de pagamentos ou recebimentos de igual valor, com periodicida
(postecipados). Nesse sistema cada prestação contém uma parcela de juros

UTILIZANDO O EXCEL OU BrOF

Função IPGTO
=IPGTO(taxa;período;nper;vp;vf;tipo)
Retorna o pagamento de juros para um determinado período (prestaç
pagamentos periódicos e constantes e com uma taxa de juros constante.
período - é o número da prestação que se deseja conhecer os

EXEMPLO 1
Num empréstimo de 1.000,00 divididos em 10 prestações (postecipadas) a u
de juros na terceira parcela?

taxa a.m.
período mês
nper meses
vp
tipo IPGTO

Função PPGTO
=PPGTO(taxa;per;nper;vp;vf;tipo)
Retorna o pagamento de capital (amortização) para determinado p
pagamentos constantes e periódicos e uma taxa de juros constante.

EXEMPLO 1
Num empréstimo de 1.000,00 divididos em 10 prestações (postecipadas) a u
do capital (amortizar) na terceira parcela?

taxa a.m.
per mês
nper meses
vp
tipo PPGTO

Função PGTOJURACUM (IPGTO.CUM - no


=PGTOJURACUM(taxa;nper;vp;início_período;final__p
Retorna os juros acumulados pagos entre dois períodos de um empré

EXEMPLO 1
Num empréstimo de 1.000,00 divididos em 10 prestações (postecipadas) a u
de juros até a quinta parcela?

taxa a.m.
nper meses
vp
início_período
final_período
tipo_pgto PGTOJURACUM

Função PGTOCAPACUM (PGTOCAPACUM_ADD


=PGTOCAPACUM(taxa;nper;vp;início_período;final_p
Retorna o capital (amortização) acumulado pago entre dois períodos d

EXEMPLO 1
Num empréstimo de 1.000,00 divididos em 10 prestações (postecipadas) a u
do capital até a quinta parcela?

taxa a.m.
nper meses
vp
início_período
final_período
tipo_pgto PGTOCAPACUM

EXERCÍCIO

EXERCÍCIO 1
Elabore uma tabela que detalhe um financiamento com base no sistema pric

CLICK AQUI
///// FIM \\\\\
<<< Índice

S DE AMORTIZAÇÃO (PRICE)

pagamento ou o recebimento do capital é efetuado através da


ual valor, com periodicidade constante e com termos vencidos
ntém uma parcela de juros e outra de principal a ser amortizado.

O O EXCEL OU BrOFICE

Função IPGTO
xa;período;nper;vp;vf;tipo)
erminado período (prestação) de um investimento de acordo com
axa de juros constante.
ue se deseja conhecer os juros pagos;

stações (postecipadas) a uma taxa de 5%a.m. Quanto vou pagar

Função PPGTO
(taxa;per;nper;vp;vf;tipo)
ação) para determinado período de investimento de acordo com
e juros constante.

stações (postecipadas) a uma taxa de 5%a.m. Quanto vou pagar

ACUM (IPGTO.CUM - no BrOfice)


;vp;início_período;final__período;tipo_pgto)
ois períodos de um empréstimo ou financiamento.

stações (postecipadas) a uma taxa de 5%a.m. Quanto vou pagar

M (PGTOCAPACUM_ADD – no BrOfice)
r;vp;início_período;final_período;tipo_pgto)
pago entre dois períodos de um empréstimo ou financiamento.

stações (postecipadas) a uma taxa de 5%a.m. Quanto vou pagar

EXERCÍCIO

com base no sistema price.


//// FIM \\\\\
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

TABELA PRICE
CAPITAL
TAXA
TEMPO
V PARCELA
JUROS
MONTANTE

AMORTIZAÇÃO
PARCELA VALOR A PAGAR (PPGTO)
0 - -
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
eira Empresarial

ELA PRICE

a.m./ a.a.
PERÍODOS DE CAPITALIZAÇÃO
PGTO()
PGTOJURACUM()
CAPITAL + JUROS

JUROS
(IPGTO) SALDO DEVEDOR
- -
<<< Índice
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO CONSTANTE (

É o sistema de capitalização onde o valor abatido (amortização)


mesmo em todas as parcelas. Esse sistema se caracteriza por ter prestaçõe

UTILIZANDO O EXCEL OU BrOFICE

O cálculo é muito simples e não utiliza nenhuma fórmula complexa que já vim
Para conhecermos o valor da amortização basta dividir o principal pelo núme
Para conhecermos o valor dos juros basta multiplicar o saldo devedor pela ta
O valor da prestação é a soma da amortização com os juros.

EXERCÍCIO

EXEMPLO 1
Elabore uma tabela que detalhe um financiamento de 5.000,00 em 5 mes
uma taxa de juros de 5%a.m.

n prestação juros amortização


0 - - -
1
2
3
4
5
EXERCÍCIO 1
Elabore uma tabela que detalhe um financiamento com base no sistema de
(SAC).

CLICK AQUI

///// FIM \\\\\


<<< Índice

CONSTANTE (SAC)

do (amortização) do principal é sempre o


a por ter prestações decrescentes.

OU BrOFICE

omplexa que já vimos até agora.


principal pelo número de parcelas.
do devedor pela taxa.
os.

000,00 em 5 meses com base no SAC a

s devedor
5,000.00
ase no sistema de amortização constante
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

TABELA SAC
CAPITAL
TAXA
TEMPO
MONTANTE
JUROS

PARCELA PRESTAÇÃO JUROS


0 - -
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
ceira Empresarial <<< Índice

ELA SAC

a.m./ a.a.
PERÍODOS DE CAPITALIZAÇÃO
TOTAL PAGO
JUROS PAGOS

AMORTIZAÇÃO SALDO DEVEDOR


- -
Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

AVALIAÇÃO DE INVESTIMEN

Essa é a parte principal do curso, é o objetivo mestre da Matemática F


de investimentos e escolher aquele que está mais concatenado aos meus ob

Nessa parte serão tratados os dois principais métodos de análise de


Líquido (VPL) e Taxa Interna de Retorno (TIR), aplicados a solução de pro
seja, em que as entradas e saídas de caixa ao longo do tempo podem ser de

VALOR PRESENTE LÍQUIDO (

Esse processo consiste na comparação de todas as entradas e saída


focal 0 (zero).

=VPL(taxa;valor1;valor2;...)

EXEMPLO 1
O Sr. Indeciso deseja obter uma rentabilidade mínima de 10% ao mês par
meses. Os bancos a seguir fizeram suas propostas, conforme representado
dos bancos o Sr. Indeciso deve optar?

Taxa 10% a.m.


Investimento 5,000.00

B. Bom de Bico
1 2,400.00 1
2 2,240.00 2
3 1,080.00 3
VPL VPL

FUNÇÃO XVPL

Por meio dessa função, calcula-se o valor presente líquido de uma sé


fluxo de caixa, descontadas a uma determinada taxa de juros compostos
diferença em relação a função VPL, pois considera os fluxos de caixa di
acontecimentos.

=XVPL(taxa;valores;datas)

EXEMPLO 1
O Sr. João contratou uma empresa para a construção de uma casa de cam
pagamento conforme quadro abaixo. O Sr. João possui recursos financeiro
com liquidez diária que lhe proporciona um rendimento mensal efetivo de 1,8
construtora no dia 03/09/2015, qual o volume de recursos aplicados que ele
pagamentos?

Taxa ao mês

DATAS
9/3/2015
10/22/2015
11/19/2015
1/17/2016
2/15/2016
XVPL

TAXA INTERNA DE RETORNO

A TIR é a taxa de juros que torna nulo o Valor Presente Líquido de um


fluxo de caixa, faz com que, a valor presente, a somatória das entradas de c
Prefiro dizer apenas que é a taxa de juros de um investimento.

=TIR(valores;estimativa)

EXEMPLO 1
Comprei uma casa no valor de 50.000,00 quero comparar o que ganhei
dinheiro me daria se eu o tivesse aplicado na poupança.
TEMPO CRED DEB TOTAL
0 50,000.00 (50,000.00)
1 - 1,300.00 (1,300.00)
2 700.00 700.00
3 700.00 700.00
4 700.00 700.00
5 700.00 500.00 200.00
6 - 100.00 (100.00)
7 - 100.00 (100.00)
8 - 100.00 (100.00)
9 - 100.00 (100.00)
10 700.00 700.00
11 700.00 700.00
12 50,700.00 50,700.00

TIR
FUNÇÃO XTIR

Por meio dessa função, calcula-se a taxa interna de retorno de um


necessitam de periodicidade constante. Essa função diferencia-se da funç
dispostos num programa de datas de acontecimentos.

=XTIR(valores;datas;estimativa)

EXEMPLO 1
No dia 02/092009, o Sr. Investidor efetuou o resgate total das aplicações fin
de São Paulo, recebendo o montante líquido de R$ 45.326,80. Saben
aplicações anteriores a 02/02/2009, e que durante o período das aplicações
média mensal de retorno de seus investimentos, nesse período?

DATAS
02/02/09
04/03/09
06/04/09
02/06/09
12/07/09
02/08/09
02/09/09

XTIR
XTIR
EXERCÍCIOS

EXERCÍCIO 1
Um mesmo produto é vendido em duas lojas A e B nas seguintes condiçõe
1.000,00. Em qual das duas lojas a compra é mais vantajosa se o dinheiro c

Loja A
n valor
1 1,000.00
2 1,000.00
3 1,000.00
4 1,000.00
5 1,000.00

VPL

EXERCÍCIO 2
Uma aplicação segura em uma instituição financeira me garante um rendi
meus 10.000,00, dia 12/01/15, em ações de uma empresa que foram ven
escolha certa?

DATA
1/12/2015
2/12/2015
3/30/2015
4/11/2015
5/19/2015
6/16/2015
7/30/2015

XTIR

EXERCÍCIO 3

Preciso de 1.000,00 e busquei em duas operadoras de créditos as seguinte


de 300,00 e a operadora B de a cordo com a tabela abaixo. Qual das duas e

DATAS
0
1
2
3
4
5

TIR

EXERCÍCIO 4
Abri um restaurante e o balanço financeiro apresentado no primeiro ano m
abaixo). Quero saber se já recuperei o dinheiro aplicado se a taxa de mercad

DATAS VALORES
0 1/1/2009 (20,000.00)
1 2/12/2009 900.00
2 3/5/2009 800.00
3 4/3/2009 1,200.00
4 5/18/2009 1,800.00
5 6/1/2009 1,900.00
6 7/4/2009 2,300.00
7 8/8/2009 2,100.00
8 9/13/2009 2,300.00
9 10/10/2009 2,500.00
10 11/6/2009 2,200.00
11 12/1/2009 2,400.00
12 12/31/2009 2,600.00

XVPL

EXERCÍCIO 5 – DESAFIO
Com uma taxa de atratividade de 18%a.a. para um período de 5 anos de u
de compra: um caminhão novo ou um usado?
DADOS NOVO USADO
Aquisição 145,000.00 65,000.00
V. Residual 65,000.00 30,000.00
Custo anual 30,000.00 45,000.00

NOVO
(175,000.00)
(30,000.00)
(30,000.00)
(30,000.00)
(30,000.00)
65,000.00

///// FIM \\\\\


<<< Índice

AÇÃO DE INVESTIMENTOS

jetivo mestre da Matemática Financeira, analisar o rol das possibilidades


mais concatenado aos meus objetivos e condições financeiras.

cipais métodos de análise de alternativas econômicas: o Valor Presente


), aplicados a solução de problemas com fluxos de caixas variáveis, ou
longo do tempo podem ser de valores e prazos variados.

PRESENTE LÍQUIDO (VPL)

de todas as entradas e saídas de dinheiro de um fluxo de caixa na data

=VPL(taxa;valor1;valor2;...)

e mínima de 10% ao mês para aplicar seus 5.000,00 pelos próximos 3


ostas, conforme representado nos respectivos fluxos de caixa. Por qual

B. Confiança B. Caridade
2,000.00 1 1,650.00
2,850.00 2 2,520.00
1,100.00 3 2,260.00
VPL

FUNÇÃO XVPL

or presente líquido de uma série de entradas e saídas de dinheiro de um


ada taxa de juros compostos. A função XVPL possui uma importante
nsidera os fluxos de caixa dispostos num calendário real de datas de

=XVPL(taxa;valores;datas)

nstrução de uma casa de campo, sendo-lhe proposto o cronograma de


ão possui recursos financeiros aplicados em um fundo de investimento
ndimento mensal efetivo de 1,85%. Caso Sr. João feche o contrato com a
de recursos aplicados que ele deverá possuir para fazer frente a esses

>>>> ao ano

VALORES
30,000.00
20,000.00
24,000.00
22,000.00
28,000.00
NTERNA DE RETORNO (TIR)

o Valor Presente Líquido de um investimento. Essa taxa, aplicada em um


a somatória das entradas de caixa seja igual a somatória das saídas.
os de um investimento.

=TIR(valores;estimativa)

uero comparar o que ganhei em aluguel com o rendimento que esse


poupança.

a.m.
FUNÇÃO XTIR

taxa interna de retorno de uma sequência de fluxos de caixa, que não


função diferencia-se da função TIR, pois considera os fluxos de caixa
mentos.

TIR(valores;datas;estimativa)

esgate total das aplicações financeiras que mantinha no Banco Caridade


do de R$ 45.326,80. Sabendo-se que o Sr. Investidor não possuía
ante o período das aplicações não efetuou saques parciais, qual a taxa
s, nesse período?

VALORES
(9,000.00)
(4,500.00)
(3,500.00)
(18,000.00)
(3,000.00)
(5,000.00)
45,326.80

ao ano
ao mês
EXERCÍCIOS

A e B nas seguintes condições: loja A 1+5 de 1.000,00 e na loja B 6 de


mais vantajosa se o dinheiro custa para você 5%a.m.?

Loja B
n valor
1 1,000.00
2 1,000.00
3 1,000.00
4 1,000.00
5 1,000.00
6 1,000.00

VPL

anceira me garante um rendimento real de 2%a.m. Mas resolvi aplicar


uma empresa que foram vendidas da forma apresentada abaixo. Fiz a

VALOR
(10,000.00)
1,000.00
1,500.00
2,500.00
2,800.00
2,900.00
3,000.00

a.a.
a.m.

adoras de créditos as seguintes propostas: operadora A faz em 5 vezes


abela abaixo. Qual das duas está me cobrando a menor taxa?

VALORES nper
1,000.00 pgto
(100.00) vp
(200.00) vf
(300.00) tipo
(400.00) taxa
(500.00)

presentado no primeiro ano me mostra o seguinte resultado (ver tabela


o aplicado se a taxa de mercado é de 2%a.m.

taxa a.m.
taxa a.a.
ra um período de 5 anos de uso de um caminhão. Qual a melhor opção

USADO
(110,000.00)
(45,000.00)
(45,000.00)
(45,000.00)
(45,000.00)
30,000.00

///// FIM \\\\\


Matemática Financeira Empresarial
Wagner Santos de Sousa

BIBLIOGRAFIA

KUHNEM, Osmar Leonardo. Matemática Financeira Empresarial. São Paulo

PUCCINI, Abelardo de Lima; PUCCINI, Adriana. Matemática Financeira


Edição compacta. São Paulo: Saraiva, 2006.

TOSI, Armando José. Matemática Financeira com Utilização do Excel2000.


Atlas, 2002.

Site: http://www.juliobattisti.com.br

Site: http://pessoal.sercomtel.com.br/matematica/financeira/matfin.htm

Obs.: Caso alguma das funções estudadas não esteja disponível, vá ao men
em Suplementos e marque a caixa de seleção Ferramentas de Análise.

///// FIM \\\\\


<<< Índice

RAFIA

a Empresarial. São Paulo: Atlas, 2006.

Matemática Financeira: objetiva e aplicada.

Utilização do Excel2000. 2ª Edição. São Paulo:

anceira/matfin.htm

eja disponível, vá ao menu Ferramentas, clique


amentas de Análise.

M \\\\\