Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

COORDENAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - PARFOR


PROFESSORA: VALDENY ARAGÃO
DISCIPLINA: LIBRAS

ATIVIDADE

01. A partir da publicação da Lei 10.436/2002 a Libras ficou reconhecida como meio legal
de comunicação e expressão da pessoa surda. Discuta sobre este conceito de surdez
apresentado na lei e sobre a importância do uso da Libras por estas pessoas.

02. Desde a Antiguidade greco-romana há relatos sobre os direitos das pessoas surdas e
sobre a vida das mesmas em sociedade. A partir da leitura do material sobre a história
da educação dos surdos, discuta sobre as dificuldades enfrentadas e os avanços
alcançados pelos surdos ao longo de sua história pelo mundo e no Brasil.

03. Pesquise sobre cultura e identidades surdas e apresente contribuições que um professor
pode dar para melhoria das condições de estudo de um aluno surdo.

04. A Língua Brasileira de Sinais é uma língua natural usada pela maioria dos surdos do
Brasil. Diferente de todos os idiomas já conhecidos, que são orais e auditivos, a libras
é visual-gestual. A Língua Brasileira de Sinais foi desenvolvida a partir da língua de
sinais:

a) Inglesa
b) Alemã
c) Argentina
d) Francesa
e) Japonesa

05. Em relação ao Decreto Federal nº5.626, de 22/12/2005, a Libras deve ser inserida
como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o
exercício do magistério, em nível médio e superior, e nos cursos de :
a) Enfermagem.
b) Fonoaudiologia.
c) Psicologia.
d) Terapia Ocupacional.
e) Medicina

06. Sobre as línguas de sinais, podemos afirmar que

a) são sistemas linguísticos dependentes dos sistemas de línguas orais.


b) derivam da comunicação gestual espontânea dos ouvintes.
c) são únicas e universais usadas por todas as pessoas surdas.
d) são línguas naturais que se desenvolvem no meio em que vive a comunidade surda.
e) são apenas gestos sem qualquer padronização formal.

07. O surdo geralmente tem muita dificuldade para interiorizar um código lingüístico oral,
devido às barreiras de comunicação que enfrenta. Isso o leva, naturalmente, a (1,0)
a) formar uma auto-imagem positiva de si mesmo, como forma de superar as dificuldades.
b) tentar, de todas as maneiras, comunicar-se oralmente, desde a primeira infância.
c) vencer sua dificuldade, buscando, para isso, o apoio da família.
d) procurar outro canal, passando a materializar seus pensamentos através de gestos.
e) rejeitar qualquer tentativa de fazê-lo continuar estudando.

08. O termo utilizado na Lei nº 10.436/2002 para referir-se à língua da comunidade surda
no Brasil é: (1,0)

a) Linguagem de Sinais Brasileira


b) Língua de Sinais Brasileira.
c) Língua de Sinais dos Centros Urbanos Brasileiros.
d) Língua de Sinais das Cidades Brasileiras.
e) Língua Brasileira de Sinais.

09. Assinale a alternativa correta, seguindo respectivamente o nome e idade.

a. Luis 15, Maria 20, Pedro 39;


b. Luiz 15, Mario 20, Paulo 39;
c. Luís 17, Maria 20, Pedro 38;
d. Luiz 17, Maria 20, Pedro 38;
e. Luis 16, Maria 21, Paulo 39.

10. É comemorado o Dia Nacional da Pessoa com surdez.

a. 22 de abril;
b. 26 de setembro;
c. 1.º de setembro;
d. 3 de setembro;
e. 26 de abril.

11. A abordagem educacional utilizada na educação dos surdos, denominada Bilinguismo,


pode ser conceituada como:
a) Método que utiliza exclusivamente a fala e a leitura labial na educação de surdos.
b) Método que propõe fazer uso de todo e qualquer método de comunicação (sinais
naturais e artificiais, palavras, símbolos, mímicas...) para permitir que a criança
surda adquirisse a linguagem.
c) Método que ganhou forte impulso a partir do Congresso de Milão em 1880, no
qual ele se tornou o único permitido para ser utilizado na educação de surdos.
d) Método que tem como característica mais importante, o fato de que a ordem de
produção dos sinais sempre segue a ordem das palavras da língua falada da
comunidade ouvinte, produzida simultaneamente.
e) Método que prioriza o sinal em detrimento da fala, defendendo que a Língua de
Sinais deve ser a primeira língua do surdo (L1), enquanto a língua oral ou escrita
do país deve ser a segunda língua da pessoa surda (L2).

12. Observe as gravuras e marque a alternativa que corresponde, respectivamente,aos


sinais:

A) água,coelho,sapo.
B) elefante,coelho,golfinho.
C) rinoceronte,cenoura,sapo.
D) água,cenoura,sapo.
E) vaca,coelho,golfinho.

13. Marque a alternativa que corresponde à tradução da frase abaixo escrita em


datilologia:

a) Libras é uma língua especial


b) Língua da cultura dos surdos
c) Libras é a língua do surdo
d) Língua é a porta do surdo
e) Libras se origina do surdo

14. As expressões em Libras abaixo significam respectivamente:

a) Meu amigo e livro


b) Prazer em conhecer e por favor
c) Prazer em vê-lo e pedir
d) Tenho quatro e abrir
e) Prazer em conhecer e livro

15. O alfabeto manual é utilizado para sinalizar o nome de pessoas, quando não existe um
sinal ou ainda quando esquecemos o sinal do objeto ou pessoa que queremos falar.
Escreva a tradução das palavras abaixo:
________________________
16. Em Libras – Expressão facial e/ou corporal é:

a) Enfeita a comunicação.
b) Apenas um artifício.
c) Fator de suma importância na compreensão da língua.
d) Importante apenas na datilologia.
e) N.D.A.
17. De 1880 a 1968 foi escritora, conferencista e ativista social, nascida no Alabama. Essa
personagem é muito importante na história de educação dos surdos e é lembrada até
nossos dias como um exemplo de que as deficiências sensoriais podem ser vencidas.
Ela é:

a. Jullian Keller;
b. Ann Sullivan;
c. Laura Redden;
d. Marlee Matlin;
e. Hellen Keller.

18. Em Libras quando há uma semelhança muito grande entre o sinal e o objeto
representado, eles são considerados sinais:

a) Arbitrários
b) Icônicos
c) Soletrados
d) Opostos
e) Binários

19. Conforme o Decreto 5626/2005, considera-se pessoa surda aquela que:

a. Por ter perda auditiva, compreende e interage com o mundo por meio da oralidade;
b. Devido à perda da audição, se comunica com outras pessoas por meio de gestos e
leitura labial;
c. Por ter perda auditiva, compreende e interage com o mundo por meio de experiências
visuais, manifestando sua cultura, principalmente, pelo uso da Língua Brasileira de
Sinais – Libras;
d. Devido à perda significativa da audição, tem dificuldades de se comunicar com outras
pessoas, utilizando-se de gestos e desenhos em papel, para serem compreendidas;
e. Compreende e interage com o mundo por meio de experiências visuais, manifestando
sua cultura pelo uso de gestos e mímica.

20. Qual foi a primeira Escola de Surdos no Brasil e quando foi criada?

a. INES – 1857
b. INES – 1875;
c. FENEIDA – 1977;
d. CBDS – 1984;
e. FENEIS – 1987;

21. Lei que reconhece como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira
de Sinais e outros recursos de expressão a ela associados:

a) Lei 5.626/2005
b) Lei 8.112/1990
c) Lei 12.319/2010
d) Lei 9.394/ 1996
e) Lei 10.436/2002

22. Os sinais abaixo são respectivamente:

a) Pêlo e bolo
b) Cebola e figo
c) Bolo e bombom
d) Carne e feijão
e) Cebola e feijão

23. Conforme a Lei Nº. 10.436, de 24 de abril de 2002 que dispõe sobre a Língua
Brasileira de Sinais, o Parágrafo Único diz: “Entende-se como Língua Brasileira de
Sinais - Libras a forma de comunicação e expressão, em que o sistema lingüístico de
natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, constitui um sistema
lingüístico de transmissão de idéias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas
surdas do Brasil.” Tendo em vista o texto da Lei Nº. 10.436 e os estudos lingüísticos
sobre a língua de sinais, podemos afirmar sobre à Língua Brasileira de Sinais
(LIBRAS) que:

a) a língua de sinais é uma mistura de pantomina e gesticulação concreta, incapaz de


expressar conceitos abstratos. Sendo que os sinais não são símbolos arbitrários como
as palavras, mas têm uma relação icônica ou representacional de seus referentes.
b) a língua de sinais é uma língua complexa como o português, o inglês, e a língua de
sinais
americana, pois é possível determinar através de estudos lingüísticos os princípios
universais que regem todas essas línguas.
c) a língua de sinais não é capaz de expressar idéias complexas. Portanto, é impossível
discutir sobre política, economia, matemática, física ou filosofia e psicologia em
língua de sinais.
d) a LIBRAS é igual à língua de sinais americana, pois podemos afirmar que há uma
única e universal língua de sinais usada por todas as pessoas surdas.
e) Todas as alternativas anteriores estão incorretas.

24. A falta de estimulação precoce da criança surda, no aspecto educativo, como


estimulação sensorial e atividades comunicativas para seu desenvolvimento cognitivo,
poderá levar essa criança a

a) apresentar características condizentes com os padrões estabelecidos.


b) desenvolver medo, timidez, insegurança, enfrentando barreiras na aprendizagem.
c) vencer todas as suas dificuldades através do acompanhamento de um profissional.
d) aprender a falar, para vencer sua timidez e integrar-se ao mundo ouvinte.
e) construir uma identidade positiva de si mesma e desenvolver-se naturalmente sem
qualquer prejuízo de aprendizagem.

25. Durante toda a História da Educação dos Surdos, foram criadas diversas metodologias
e formas de ensino para os Surdos. Quais são os Modelos Educacionais na Educação
dos Surdos, criados ao longo do tempo?

a. Oralismo, Bilinguismo e Comunicação Total;


b. Comunicação Total, Bilinguismo, Pedagogia Surda, Inclusão;
c. Oralismo, Comunicação Total, Bilinguismo, Pedagogia Surda e Inclusão;
d. Oralismo, Comunicação Total, Bilinguismo, Pedagogia Surda e Mediação
Intercultural;
e. Comunicação Total, Bilinguismo, Pedagogia Surda e Intercultural e Inclusão.

Você também pode gostar