Você está na página 1de 97

ESCOLA EDUCACIONAL TÉCNICA SATC – EDUTEC

Disciplina na modalidade a distância

APOSTILA DE AUTOCAD® 2D

Professor Tutor: Rudinei Hermínio da Silva

CRICIÚMA – 2013
SATC – Sociedade de Assistência ao Trabalhador do Carvão

Direção
João Luiz Novelli

Coordenação Pedagógica
Maria da Graça Cabral

Orientação Pedagógica
Ana Alíria da Silva Peres

Coordenação EaD
Izes Ester Machado Beloli

Professor Conteudista
Rudinei Hermínio da Silva

Diagramação
Flávia Giassi Patel
Juliano Walnier

Design Instrucional
Patrícia Medeiros Paz

Revisão Ortográfica
Flávia Giassi Patel

DOCUMENTO DE PROPRIEDADE DA ESCOLA EDUCACIONAL TÉCNICA SATC – EDUTEC

NOS TERMOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE SOBRE DIREITOS AUTORAIS, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL
OU PARCIAL DESTE DOCUMENTO POR QUALQUER FORMA OU MEIO – ELETRÔNICO, PROCESSOS
XEROGRÁFICOS E DE GRAVAÇÃO - SEM PERMISSÃO EXPRESSA E POR ESCRITO DA EDUTEC/SATC.
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO ..................................................................................................... 05

UNIDADE 1: CARACTERÍSTICAS GERAIS DO PROGRAMA ................................ 07


TÓPICO 1: CONHECENDO UM POUCO MAIS SOBRE O AUTOCAD ................... 08
TÓPICO 2: ÁREAS DE TRABALHO 2D DO AUTOCAD® E BARRAS DE
FERRAMENTAS ....................................................................................................... 08
TÓPICO 3: MENU APLICATIVO E BARRAS DE FERRAMENTAS ........................ 10
TÓPICO 4: RECURSOS DE PRECISÃO DA BARRA DE STATUS DO
APLICATIVO ............................................................................................................. 15
TÓPICO 5: SELEÇÃO DE OBJETOS E ZOOM ...................................................... 22
TÓPICO 6: CONFIGURAÇÕES ................................................................................ 26
TÓPICO 7: TRABALHANDO COM ARQUIVOS ....................................................... 27
EXERCÍCIOS ............................................................................................................ 29
CHECK LIST ............................................................................................................. 30

UNIDADE 2: DESENHADO COM AUTOCAD .......................................................... 31


TÓPICO 1: SISTEMAS DE COORDENADAS .......................................................... 32
TÓPICO 2: FERRAMENTAS DE DESENHO ........................................................... 42
TÓPICO 3: MODIFICADORES ................................................................................ 54
TÓPICO 4: MATRIZ DE DISTRIBUIÇÃO E CÓPIAS ................................................ 62
TÓPICO 5: TRABALHANDO COM BLOCOS ......................................................... 65
TÓPICO 6: GERENCIADOR DE CAMADAS/LAYER MANEGER ............................ 69
TÓPICO 7: TRABALHANDO COM CAMADA .......................................................... 72
TÓPICO 8: PAINEL DE PROPRIEDADES/PROPERTIES ....................................... 73
EXERCÍCIOS ............................................................................................................ 75
CHECK LIST ............................................................................................................. 77

UNIDADE 3: ANOTAÇÕES NO DESENHO E IMPRESSÃO .................................... 78


TÓPICO 1: TEXTO MULTILINHA/MULTILINETEXT ................................................ 79
TÓPICO 2: ESTILO DE COTA/DIMENSION STYLE ................................................ 79
TÓPICO 3: INSERIR COTA ..................................................................................... 83
TÓPICO 4: MULTILEADER ...................................................................................... 85
TÓPICO 5: LAYOUTS DE IMPRESSÃO .................................................................. 85
TÓPICO 6: CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA ............................................................. 87
EXERCÍCIOS ............................................................................................................ 91
CHECK LIST ............................................................................................................. 92

GABARITO COMENTADO........................................................................................ 93

REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 96
5

APRESENTAÇÃO

Bem-vindo(a) à disciplina de AutoCAD, na modalidade a distância, da


SATC. Este material foi desenvolvido para facilitar seu aprendizado e agregar
conhecimentos para auxiliá-lo na sua vida acadêmica e profissional.
Nessa disciplina os conteúdos foram desenvolvidos com base nas
versões mais recentes do AutoCAD® e aborda os comandos mais usados pelos
profissionais de diversas áreas técnicas, de engenharia e design desde os primeiros
traços até a finalização, passando pelos comandos de cotagem e processos
impressão em escala.
Na Unidade 1 você conhecerá a interface do AutoCAD® e as principais
barras de ferramentas para desenhos em duas dimensões. Já na Unidade 2 serão
abordados os conceitos de sistemas de coordenadas cartesiano e polar. Você
conhecerá as principais ferramentas de desenho, as ferramentas de modificação e
aprenderá como organizar o projeto em camadas. Por fim, na Unidade 3, você verá
como usar as ferramentas de anotação para cotar e inserir texto, entenderá como
funciona o sistema de impressão, aprenderá a configurar um layout de impressão e
imprimir.
A carga horária desta disciplina é de 40 horas/aula. Os horários de estudo
poderão ser organizados de acordo com a conveniência de cada aluno, lembrando
que há prazos para a conclusão das atividades propostas. Fiquem atentos para as
datas das avaliações presenciais e para as on-line, que são publicadas pelos
professores no Portal Educacional e para trabalhos adicionais solicitados pelo
educador.
Para o estudo dessa apostila você terá auxílio de alguns recursos
pedagógicos que facilitarão o seu processo de aprendizagem. Perceba que a
margem externa das páginas dos conteúdos são maiores. Elas servem tanto para
você fazer anotações durante os seus estudos quanto para o professor incluir
informações adicionais importantes. Esse material também dispõe de vários ícones
de aprendizagem, os quais destacarão informações relevantes sobre os assuntos
que você está estudando. Vejamos quais são eles e os seus respectivos
significados:
6

ÍCONES DE APRENDIZAGEM

Indica a proposta de Mostra quais conteúdos


aprendizagem para cada serão estudados em cada
unidade da apostila. unidade da apostila.

Apresenta exercícios sobre Apresenta os conteúdos mais


cada unidade. relevantes que você deve ter
aprendido em cada unidade.
Se houver alguma dúvida
sobre algum deles, você deve
estudar mais antes de entrar
nas outras unidades.

Apresenta a fonte de pesquisa Traz perguntas que auxiliam


das figuras e as citações você na reflexão sobre os
presentes na apostila. conteúdos e no
sequenciamento dos mesmos.

Apresenta curiosidades e Traz endereços da internet ou


informações complementares indicações de livros que
sobre um conteúdo. possamcomplementar o seu
estudo sobre os conteúdos.

Lembre-se também de diariamente verificar se há publicações de aulas


no Portal. Pois é por meio delas que os professores passarão a você todas as
orientações sobre a disciplina.
Ainda é bom lembrar que além do auxílio do professor, você também
poderá contar com o acompanhamento de nosso sistema de Tutoria. Você poderá
entrar em contato sempre que sentir necessidade, seja pelo
emailtutoria.eadedutec@satc.edu.br ou pelo telefone (48) 3431 – 7590.
Desejamos um bom desempenho. Não esqueça: estudar a distância exige
bastante organização, empenho e disciplina. Bom estudo!
7

UNIDADE 1
CARACTERÍSTICAS GERAIS DO PROGRAMA

Objetivos de Aprendizagem

Ao final desta unidade você será capaz de:

 manusear a área de trabalho 2D do AutoCAD®;


 identificar as ferramentas de precisão do AutoCAD®;
 definir unidades de medidas;
 trabalhar com arquivos.

Plano de Estudos

Esta unidade está dividida em sete tópicos organizados


de forma a facilitar sua compreensão dos conteúdos.

TÓPICO 1: CONHECENDO UM POUCO MAIS SOBRE O


AUTOCAD®
TÓPICO 2: ÁREAS DE TRABALHO 2D DO AUTOCAD® E
BARRAS DE FERRAMENTAS
TÓPICO 3: MENU APLICATIVO E BARRAS DE FERRAMENTAS
TÓPICO 4: RECURSOS DE PRECISÃO DA BARRA DE STATUS
DO APLICATIVO
TÓPICO 5: SELEÇÃO DE OBJETOS E ZOOM
TÓPICO 6: CONFIGURAÇÕES
TÓPICO 7: TRABALHANDO COM ARQUIVOS
8

TÓPICO 1
CONHECENDO UM POUCO MAIS SOBRE O AUTOCAD®

A sigla CAD de Computer O AutoCAD®2D é um aplicativo de projetos tipo CAD


Aided Design (Desenho
Assistido por Computador) é criado e comercializado pela Autodesk®. Ele possui várias
o nome dado aos aplicativos
de computadores que versões com ferramentas para áreas específicas como civil,
trabalham com desenhos
geométricos e modelos em
três dimensões para
arquitetônica, mecânica, elétrica, infraestrutura, edifícios e
execução de projetos e
design de várias vertentes. versões básicas (genéricas)2d/3d e básica 2d (AutoCAD® LT).
Esse aplicativo permite acesso aos seus comandos de
várias formas, por meio de ícones das barras de ferramentas, dos
menus e da entrada de comandos ou acrônimos digitados.
Você pode
conhecer um pouco mais A Versão atual do AutoCAD® (2013) é comercializado
sobre o assunto acessando
o link: nas versões 32 ou 64 Bits em vários idiomas, inclusive o
http://www.autodesk.com.br/
adsk/servlet/pc/index?id=15 português. Muitas mudanças foram incorporadas nas últimas
933484&siteID=1003425&ch
=www.autodesk.com.br&mkt
var004=361305 .
versões do programa, tanto em comandos quanto no visual da
área de trabalho.

No site da Autodesk® você pode conferir quais


os requisitos do Sistema (Configurações
necessárias do seu computador) para instalar o
AutoCAD.
Acesse: www.autodesk.com.br

TÓPICO 2
ÁREAS DE TRABALHO DO AUTOCAD E BARRAS DE
FERRAMENTAS

O AutoCAD®, desde sua criação, vem sofrendo


atualizações e melhorias, e com isso sua área de trabalho vem se
modificando com o tempo. As versões mais antigas possuíam
apenas um modelo de área de trabalho onde os vários conjuntos
9

de ferramentas eram dispostos apenas em barras avulsas que


podiam ser encaixadas na área de trabalho conforme desejado
pelo usuário.

veja as barras de ferramentas na área de trabalho


do AutoCAD® 2006:

Nas versões mais atuais, as barras de ferramentas


foram agrupadas em um painel chamado faixa de opções. As
várias barras são ainda agrupadas por categoria e separadas por
guias logo abaixo do menu principal, menu esse que não é visível
no modelo padrão das áreas de trabalhos pré-definidas do
AutoCAD.
10

observe agora a área de trabalho do AutoCAD®


2013:

O AutoCAD possui alguns modelos visuais de áreas de


trabalho com ferramentas para trabalhos 2D ou 3D.

TÓPICO 3
MENU APLICATIVO E BARRAS DE FERRAMENTAS

Você sabe para que serve o menu aplicativo?

O menu de aplicativo exibe os comandos para criar,


abrir, salvar, plotar ou publicar desenhos, auditar, recuperar,
pesquisar por comandos e fechar. Ele também exibe miniaturas
dos desenhos a serem abertos e ainda possui os botões para
11

abrir a janela de opções e sair do AutoCAD®.

Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

A barra de ferramentas de acesso rápido exibe as


ferramentas usadas frequentemente. Ela pode ser personalizada
para incluir as ferramentas usadas com mais frequência.

Barra de Menu

Na BARRA DE MENU você tem acesso aos diversos


comandos do AutoCAD® distribuídos em guias organizadas por
categorias: arquivo, editar, vista, inserir, formatar, ferramentas,
desenhar, cota, modificar, paramétrico, janela, ajuda e visualizar
dados. Por padrão, na área de trabalho desenho e anotação 2D a
barra de menu não fica visível.
Para exibir a BARRA DE MENU, acesse a barra de
12

acesso rápido, clique na seta pequena apontada para baixo


(extremidade direita da barra) e selecione exibir barra de menus.
Para exibir a barra de menus, clique com o mouse na pequena
seta voltada para baixo na barra superior, como mostra a figura
abaixo, e selecione a opção mostrar barra de menus.

Barra de Título

A barra de título exibe o nome e extensão do arquivo


que está aberto no momento, se estiver salvo. Enquanto o arquivo
não é salvo pelo usuário, ele assume o nome de Desenho01.dwg
se não for o primeiro criado desde a abertura do AutoCAD®, ou
Desenho02.dwg, Desenho03.dwg, etc.

Infocenter (Pesquisa)

O Infocenter permite acessar a ajuda do AutoCAD® e o


centro de assinatura, centro de comunicação, gerenciar
resultados da pesquisa favorita.
13

Faixa de Opções

A faixa de opções possui acesso aos comandos


distribuídos em guias e painéis.

Guias da Faixa de Opções

Distribui os painéis de comandos de forma organizada


por categoria.

Painéis de Ferramentas da Faixa de Opções

Cada guia da faixa de opções possui vários painéis. Os


painéis de ferramentas da faixa de opções contêm grupos de
comandos do AutoCAD®. O painel desenhar possui comandos de
desenho como linha, círculo, retângulo, etc.

Janela de Desenho

A janela de desenho é o espaço onde se cria e modifica


os elementos geométricos para compor o desenho ou projeto. A
janela de desenho é composta pelo espaço do modelo e os
layouts.

Espaço do Modelo

É no espaço do modelo que efetivamente se dá a


criação dos desenhos em escala real.

Layouts

Nos layouts são configuradas as impressões nas


escalas desejadas.
14

Barras de Ferramentas

As barras de ferramentas são próprias do modelo de


área de trabalho AutoCAD® clássico, mas podem ser
incorporadas a qualquer outro modelo.

Barra de Ferramentas de Navegação

A barra de navegação possui ferramentas de


navegação para 3D e 2D como zoom e pan.
Por meio das ferramentas de zoom e pan é possível
controlar o zoom e a posição da área gráfica que serão exibidos.

Cursor

O cursor do mouse pode assumir alguns tipos de


acordo com a atividade em execução.

veja alguns tipos de cursor:

Cursor sem comando Ativo

Cursor com comando Ativo

Cursor aguardando selecionar


objeto

Cursor de PAN

Ícone UCS

Representa o sistema de coordenadas do usuário


15

(User Coordinate System) e orienta as direções dos eixos X e Y.

 Valores a direita da origem do eixo X serão positivos


e a esquerda, negativos.
 Valores acima da origem do eixo Y serão positivos e
abaixo negativos.

Linha de Comando

Exibe os comandos digitados e informações sobre o


comando que você estiver executando.

Barra de Status

A barra de status exibe um conjunto de informações do


desenho como as coordenadas atuais do cursor, escala do projeto
e alguns recursos de precisão que veremos adiante.

veja a barra de status com ícones:

Contador de Coordenadas

Exibe as coordenadas do cursor em relação à origem


do sistema de coordenadas representado pelo ícone UCS.

TÓPICO 4
RECURSOS DE PRECISÃO DA BARRA DE STATUS DO
APLICATIVO

O AutoCAD® possui ferramentas que possibilitam


16

desenhar com precisão de forma muito simples. Para que isso


ocorra, basta configurar e ativar os recursos adequados para cada
trabalho.
Na sequência estudaremos alguns dos botões da barra
de ferramenta abaixo, os quais serão usados durante o curso.

Botão Modo SNAP

Permite o deslocamento do cursor de forma


incremental. O cursor é atraído para a grade de SNAP quando
ativado. A tecla F9 ativa ou desativa o modo SNAP. Para
configurar a função SNAP, basta clicar sobre o ícone SNAP com
botão direito do mouse e escolher configurações.

Botão Exibição de GRADE

Exibe na tela gráfica uma grade de linhas (ou pontos,


conforme nas versões mais antigas). A tecla F7 ativa ou desativa
a exibição da GRADE. Para configurá-la, basta clicar sobre o
ícone grade com botão direito do mouse e escolher
configurações.

veja abaixo o botão exibição de GRADE:


17

Botão Modo ORTOGONAL

Tem a função de restringir o deslocamento do cursor


nos sentidos vertical e horizontal, paralelo a X ou paralelo a Y.
A tecla F8 ativa ou desativa esse modo.

observe qual é o botão ORTOGONAL:

Botão RASTREAMENTO POLAR

Cria uma trilha pontilhada e atrai o cursor no sentido de


um ângulo pré-determinado cada vez que ele passa por esse
ângulo. A tecla F10 ativa ou desativa a função POLAR. Para
escolher um ângulo incremental basta clicar com botão direito do
mouse sobre o ícone RASTREAMENTO e escolher o ângulo
desejado.

veja agora o botão RASTREAMENTO POLAR:

Botão SNAP AO OBJETO

Atrai o cursor para pontos de precisão ao objeto, como


por exemplo centro de círculos, extremidades e meio de
segmentos, quadrantes de círculos, etc. A tecla F3 ativa ou
18

desativa a função SNAP AO OBJETO. Esse botão possui


algumas opções do modo. São elas:

 extremidade: atrai o cursor para extremidades dos


segmentos;
 meio: atrai o cursor para meio dos segmentos;
 centro: atrai o cursor para centros de arcos e
Elipse é uma figura círculos ou elipses;
geométrica de forma oval.
 ponto: atrai o cursor para ponto desenhado com o
comando ponto;
 quadrante: atrai o cursor para quadrantes de
círculos, arcos e elipses. Os quadrantes se localizam
nos ângulos de 0°, 90°,180°, 270°;
Intersecção pode ser  intersecção: atrai o cursor para intersecção entre
entendida como o
cruzamento entre
entidades de desenho. Ex. objetos;
o cruzamento de duas
linhas.  extensão: atrai o cursor para um ponto a uma linha
temporária extensiva projetada;
 inserção: atrai o cursor para pontos de inserção de
objetos como textos e blocos;
 perpendicular: atrai o cursor para um ponto com
alinhamento perpendicular a um objeto;
 tangente: atrai o cursor para pontos de tangência
com círculos, arcos, ou elipses;
 mais próximo: atrai o cursor para ponto mais
próximo sobre um objeto;
 intersecção aparente: atrai o cursor para a
intersecção aparente (possível intersecção)
projetada entre objetos;
 paralelo: atrai o cursor para vetor paralelo a um
objeto.

Se você clicar com o botão direito do mouse sobre o


botão OSNAP, poderá clicar em configurações para abrir a caixa
de diálogo para marcar quais tipos de OSNAP deseja trabalhar.
19

Haverá também um para selecionar todos e outro para desmarcar


todos.

observe qual é o botão SNAP:

Botão RASTREAMENTO DE SNAP AO OBJETO

Cria uma trilha pontilhada quando você passa o mouse


sobre um ponto de SNAP AO OBJETO e move o mouse alinhado
ao botão. Pode ser gerada outra linha pontilhada de cruzamento
se você passar o mouse sobre outro ponto de SNAP AO OBJETO
e levar o mouse a um local que poderia haver um cruzamento
entre ambos.

veja o exemplo abaixo:

veja qual é o botão RASTREAMENTO DE SNAP


AO OBJETO:
20

Botão ENTRADA DINÂMICA

A entrada dinâmica exibe informações sobre o


comando atual em forma de pequena caixa de texto flutuante na
tela gráfica. A função da entrada dinâmica é prender a atenção do
usuário na área de desenho. Se você configurar, como na figura
abaixo, você pode pressionar o botão ENTRADA DINÂMICA para
trabalhar com coordenadas relativas sem a necessidade de
adicionar @ ou desativar o botão ENTRADA DINÂMICA para
trabalhar com coordenadas absolutas.

Para entrar na caixa de diálogo de configuração, clique


com o botão direito do mouse sobre o botão ENTRADA
DINÂMICA na barra de Status, escolha configurações desejadas
e pressione o botão configurações da entrada do ponteiro.
21

conheça, então, o botão ENTRADA DINÂMICA:

Botão MOSTRAR/OCULTAR ESPESSURA DE LINHA

Ativa ou desativa a função de exibir as espessuras de


linhas. As espessuras de linha exibidas na tela gráfica não
representam a escala real, servem apenas como referência. As
espessuras corretas são configuradas nas propriedades dos
objetos e impressão.

veja o botão MOSTRAR/OCULTAR ESPESSURA


DE LINHA:

Botão MOSTRAR/OCULTAR TRANSPARÊNCIA

Ativa ou desativa a exibição de objetos com


transparência.

observe qual é o Botão MOSTRAR/OCULTAR


TRANSPARÊNCIA:
22

Botão PROPRIEDADES RÁPIDAS

Tem a função de exibir uma pequena caixa de


propriedades ao lado dos objetos selecionados. As propriedades
exibidas variam conforme o tipo de objeto selecionado.

Botão CICLO DE SELEÇÃO

Com o ciclo de seleção você pode filtrar a seleção de


objetos sobrepostos, ou seja, você pode escolher que objeto
selecionar quanto tiver dois objetos, um por cima do outro.

TÓPICO 5
SELEÇÃO DE OBJETOS E ZOOM

Ferramentas de Zoom

São várias as ferramentas de zoom disponíveis. Veja:


Zoom significa ampliar ou
reduzir uma imagem. Você
pode usar as ferramentas de
zoom para aproximar
aumentar e reduzir o  zoom estendido: amplia todo o desenho na área
tamanho das imagens da
área gráfica do AutoCAD. gráfica sem se importar com os limites do desenho;
 janela de zoom: enquadra a área selecionada com
o mouse na tela gráfica do AutoCAD®;
 zoom anterior: retorna ao zoom anterior. O
AutoCAD memoriza as dez últimas mudanças de
zoom.
 zoom em tempo real: amplia e reduz o zoom com o
movimento do mouse com o botão esquerdo
pressionado;
23

 zoom total: mostra tudo que está desenhado dentro


e fora dos limites do desenho. Se o desenho for
menor que o limite, ele mostra toda a área do limite;
 zoom dinâmico: enquadra a tela gráfica em uma
área com dois retângulos, o maior indica o limite do
desenho e o menor, a imagem antes de acionar o
comando;
 escala de zoom: amplia e reduz em função de uma
escala fornecida pelo usuário. Se o valor for seguido
de XP, a escala é relativa a unidade do espaço do
papel.
 centro de zoom: enquadra a tela em um centro
especificado e uma altura também especificada;
 zoom ao objeto: enquadra um objeto selecionado
na tela gráfica do AutoCAD®;
 aproximar o zoom: aplica zoom de 2x;
 reduzir o zoom: reduz o zoom pela metade.

veja na BARRA DE NAVEGAÇÃO FLUTUANTE e


na FAIXA DE OPÇÕES VISTA onde podemos encontrar a função
zoom:

Barra de navegação flutuante Faixa de opções vista


24

A barra de navegação tem duas funções bem


importantes que facilitam bastante as visualizações. São elas:

pan: move a tela gráfica com o mouse quando


movimentado com o botão esquerdo pressionado.

zoom: ao clicar abaixo do ícone barra de zoom


da navegação de zoom, um menu flutuante é
exibido, permitindo a escolha do tipo de ferramenta
de zoom desejada.

O Uso do Mouse

O mouse é ferramenta indispensável para trabalhar


com desenho no AutoCAD®, já que por meio dele é possível o
acesso a funções importantes.

Você sabe para que serve cada botão do


mouse?

Caso você não saiba, aprenderá agora.

veja a figura de um mouse:

Esta figura foi


retirada do site:
http://www.logitech.com/pt-
br/mice-pointers/mice/6064
25

O botão 1 é chamado de scrool e serve para:

 zoom: rolar para frente e para trás;


 pan: segurar clicado e mover o mouse.

O botão 2 é conhecido como botão esquerdo e possui


as seguintes funções:

 função de seleção de objetos;


 ativar comandos.

Já o botão 3, chamamos de botão direito e serve para:

 função enter;
 cancelar comandos;
 abrir menus flutuantes.

Seleção de Objetos

Existem várias formas de selecionar objetos. Para


selecionar um objeto é só dar um clique com o mouse sobre o
mesmo. Para selecionar vários objetos, continue clicando nos
próximos, ou abra uma janela de seleção de duas maneiras:

 Windows – janela de seleção criada quando você


clica com botão esquerdo do mouse na área gráfica
da esquerda e move com o botão pressionado para
o lado direito em diagonal. Os objetos que não
estiverem totalmente embutidos dentro dessa janela
(azul nas versões mais atuais), não serão
selecionados.
 Windows crossing – janela de seleção criada
quando você clica com o botão esquerdo do mouse
na área gráfica da direita e move com o botão
26

pressionado para o lado esquerdo em diagonal;


captura as entidades que são contidas dentro da
janela de seleção (verde nas versões mais atuais).

TÓPICO 6
CONFIGURAÇÕES

Unidades de Desenho/Draw units

Você usará este comando para definir o sistema de


unidades e precisão das medidas de comprimento e ângulo. Em
nossos projetos usamos o sistema decimal de medidas. Digite UM
e enter para ativar o comando Unidades do desenho, como na
figura abaixo:

Fique atento aos comandos e teclas que


serão explicados a seguir, pois eles
desempenham funções importantes.
27

 Comando REGEN: executa uma regeneração do


desenho e corrige a exibição quando as
circunferências ou arcos são mostrados na tela de
forma de polígono ao invés de curvas, atualizando-
as;
 Tecla Esc: cancela o comando ativo – “cancel”;
 Tecla Enter: confirma a maioria dos comandos e
ativa o último comando realizado;
 Comando Eliminar (digite eliminar na linha de
comando e tecle enter): permite fazer uma limpeza
no projeto de estilos, configurações e blocos
desnecessários.

TÓPICO 7
TRABALHANDO COM ARQUIVOS

Arquivo Novo

A forma como trabalhamos com arquivos do AutoCAD®


é muito semelhante aos demais softwares. A principal diferença é
que ao iniciar um novo arquivo, o AutoCAD® solicita a
confirmação de um modelo de desenho. Modelos de Desenho são
modelos pré-definidos de
Para iniciar um novo arquivo, vá ao menu aplicativo , configurações personalizadas
que você poderá salvar e
selecione NOVO e escolha o modelo de desenho adequado ao reutilizar em outros projetos.

seu trabalho. Para trabalhar com o sistema métrico você pode


usar o modelo ACADISO.DWT.
Veja o figura do menu aplicativo:
28

Abrir Arquivo Existente

Ao acessar o menu aplicativo e escolher a opção abrir,


podemos navegar nas pastas do sistema e visualizar as
miniaturas dos arquivos salvos no computador e selecionar um
deles para abrir.

Salvar um Arquivo

Para salvar um arquivo do AutoCAD, basta acessar o


menu aplicativo para escolher a opção salvar como, ou se o
arquivo aberto já tenha sido salvo, escolher a opção salvar para
DWG - tipo de arquivo
padrão do AutoCAD substituir o arquivo antigo.
DWT- tipo de arquivo de
padrão de desenho do
AutoCAD Os arquivos do AutoCAD® possuem a extensão DWG,
DXF - Formato de arquivo
semelhante ao DWG mas podem ser salvos em outros formatos como DWT,DXF e
compatível com outros
programas como outros.
CorelDraw e Adobe
Ilustration.

Exportar um Arquivo

Um arquivo do AutoCAD® pode ser exportado em um


WMF –é um tipo de arquivo formato diferente dos usados pelo AutoCAD para que sejam
vetorial compatível com outros
programas como World e abertos em outros programas, como por exemplo, arquivos tipo
CorelDraw
BMP – é um tipo de arquivo de WMF, imagens tipo BMP dentre outros.
imagens e fotos.
29

EXERCÍCIOS

1. Descreva para que sirva a tecla ESC

_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

2. Para que serve a função SNAP ao objeto? Dê um exemplo.

_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

3. Qual comando você pode usar para configurar o sistema de


unidades do AutoCAD®?

_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
30

CHECK LIST

Nessa unidade você pôde aprender:

 interface do AutoCAD;
 o uso do Mouse;
 ferramentas de zoom;
 algumas funções importantes para seu uso diário.
31

UNIDADE 2
DESENHADO COM AUTOCAD

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Ao final desta unidade você será capaz de:

 compreender os sistemas de coordenadas


cartesiana e polar;
 criar desenhos de geometrias de desenho básicas e
complexas com as ferramentas de desenho e
modificadores do AutoCAD®;
 alterar as propriedades das entidades por meio do
gerenciador de propriedades dos objetos

PLANO DE ESTUDOS

Esta unidade está dividida em sete tópicos,


organizados de forma a facilitar sua compreensão dos estudos.

TÓPICO 1: SISTEMAS DE COORDENADAS


TÓPICO 2: FERRAMENTAS DE DESENHO
TÓPICO 3: MODIFICADORES
TÓPICO 4: MATRIZ DE DISTRIBUIÇÃO E CÓPIAS
TÓPICO 5: TRABALHANDO COM BLOCOS
TÓPICO 6: GERENCIADOR DE CAMADAS/LAYER MANEGER
TÓPICO 7: TRABALHANDO COM CAMADA
TÓPICO 8: PAINEL DE PROPRIEDADES/PROPERTIES
32

TÓPICO 1
SISTEMA DE COORDENADAS

Qualquer ponto da tela gráfica do o AutoCAD® possui


um endereço de localização da sua posição, essa localização é
feita através de um sistema de coordenadas. Existem duas
formas de informar uma coordenada bidimensional:

 cartesiana (X e Y) – é o valor numérico que


corresponde a distância em relação ao um ponto do
espaço de trabalho expresso na forma de
coordenadas X e Y (X,Y);

6,8.5 - distância em relação ao eixo X=6 e


distância em relação ao eixo Y=8.5.

 polar (distância e ângulo) - também é uma


expressão que indica uma distância, porém
expresso na forma de distância e ângulo
(Distância<Ângulo).

50<30 - distância 50 e ângulo de 30 graus.

A linha

Antes de iniciar os estudos do sistema de coordenadas


do AutoCAD é necessário conhecer a ferramenta de linha para
podermos prosseguir com nossos estudos.
33

Linha/Line

Mas o que é linha?

A linha é uma das ferramentas mais básicas de


desenho representação gráfica.
Quando você ativa o comando de linha (line) o sistema
solicita que você indique o ponto inicial. Você pode indicar esse
ponto inicial por meio de coordenada (X,Y) ou clicar na tela com o
mouse. Para continuar desenhando é necessário indicar os
próximos pontos, mas isso nós veremos mais adiante, por hora, o
importante é saber de como iniciá-la.

veja abaixo a ferramenta linha:

Sistemas UCS E WCS

O sistema de coordenadas padrão do AutoCAD® é o


WCS(Word Coordinate System) que tem um endereço fixo e
representa uma posição nos eixos X,Y e Z. É a indicação do
ponto de origem da contagem de posição no AutoCAD.
Já o UCS (User Coordinate System) é o sistema de
coordenadas do usuário; ele pode ser movido ou rotacionado.
Ambos os sistemas possuem um ponto de origem correspondente
34

a coordenada X,Y,Z igual a zero (0,0,0).

Quando trabalhamos com desenhos


bidimensionais ignoramos o valor de Z, ele
sempre será padrão, sempre terá o valor =0.

Representação gráfica do UCS 2d e sentidos

O eixo x possui valor positivo para direita e negativos


para esquerda. Já o eixo Y possui valores positivos para cima e
negativos para baixo.
Observe a figura abaixo:

Sentido positivo de Y

Sentido positivo de X

Coordenadas cartesianas absolutas

As coordenadas cartesianas absolutas são usadas


apenas quando realmente precisamos usar um único ponto de
referência como ponto de localização, mas comumente são
usadas por alguns profissionais das áreas de georeferenciamento,
geoprocessamento, cartografia, topografia e áreas afins. Uma
coordenada absoluta é representada pelos valores de X e Y
separados por uma vírgula (X,Y).
35

A vírgula separa os valores das


coordenadas, já o ponto serve para separar
casas decimais de números não inteiros.

20, 30.52 é o valor de uma coordenada absoluta


com um número inteiro 20 para o eixo X e um número não inteiro
para o eixo Y 30.52. O ponto separa as casas decimais de um
número não inteiro e a vírgula separa os dois valores das
coordenadas.

Para desenhar uma linha com coordenadas absolutas


precisamos de duas coordenadas, um ponto inicial e um ponto
final. Usaremos a ferramenta de Linha para criar uma figura. Veja:

P1
P2

P4 P3

Para desenhar uma linha com coordenada você deve:

 selecionar com o comando de linha;


 Ponto P1 = digitar a coordenada absoluta: -3,2 e
teclar ENTER;
 Ponto P2= digitar a coordenada absoluta: 2,1 e
teclar ENTER;
 Ponto P3= digitar a coordenada absoluta: 1,-1 e
teclar ENTER;
 Ponto P4= digitar a coordenada absoluta: -3,-1 e
teclar ENTER.
36

Coordenadas Cartesianas Automáticas

As coordenadas cartesianas automáticas são as mais


usadas no traçado de linhas do AutoCAD® por ser muito simples
de ser usada.

Para facilitar o traçado de linhas horizontais e


verticais, usamos a função ORTO da barra de status.
A função ORTO pode ser ativada e desativada com a
tecla F8.

Para iniciar, use o comando de linha. Em seguida


marque o primeiro ponto na tela do AutoCAD® com um clique do
mouse sobre o local desejado na tela. Direcione o mouse para o
lado que desejar criar a linha e digite seu comprimento; tecle
ENTER para concluir. Para continuar desenhando, prossiga
direcionando o mouse para a direção desejada, digitando valores
e confirmando com a tecla ENTER.

: usaremos a ferramenta linha para executar o


desenho abaixo:

P10 P9

P6 P5

P2
P1

P3 P4

P7 P8
37

Veja como prosseguir:

 acione o comando linha;


 ponto p1: clique com o mouse em qualquer parte da
tela gráfica;
 ponto p2: direcione o mouse para a esquerda e
digite 10;
 ponto p3:direcione o mouse para baixo e digite 20;
 ponto p4: direcione o mouse para a direita e digite
30;
 ponto p5: direcione o mouse para cima e digite 40;
 ponto p6: direcione o mouse para a esquerda e
digite 50;
 ponto p7: direcione o mouse para baixo e digite 60;
 ponto p8: direcione o mouse para direita e digite 70;
 ponto p9: direcione o mouse para cima e digite 80;
 ponto p10: direcione o mouse para esquerda e digite
70 ;
 tecle ESC para finalizar.

Teclar sempre ENTER após digitar.

Coordenadas Cartesianas Relativas

O sistema de coordenadas relativas define o próximo


ponto com valores relativos ao ponto atual. É usado quando se
tem a distância entre um ponto ao outro no sentido diagonal que
não tenham as medidas nos sentidos horizontal e vertical, ou seja,
dos eixos X e Y respectivamente. Para criar uma coordenada
38

relativa cartesiana coloca-se o símbolo @ seguido das


coordenadas X e Y.

Com botão DIN da barra de status ativo, fica


desnecessário usar @ antes das coordenadas
quando a entrada de dados está configurada para
COORDENADAS RELATIVAS.

Os sinais das medidas são definidos pela direção X.


Será sempre positivo se a direção for para direita e negativo se for
para esquerda; Y será positivo se a direção for para cima e
negativo se for para baixo.

veja a figura abaixo e observe os passos de


como foi executada:
39

 Acione o comando LINHA;


 Ponto P1: clique num ponto da tela com o botão
esquerdo do mouse;
 Ponto P2: mova o mouse para baixo, digite 32 e
tecle ENTER;
 Ponto P3: digite @-30,-15 e tecle ENTER;
 Ponto P4: digite @30,-15 e tecle ENTER;
 Ponto P5: mova o mouse para baixo, digite 32 e
tecle ENTER;
 Ponto P6: mova o mouse para direita, digite 32 e
tecle ENTER;
 Ponto P7: digite @15,-30 e tecle ENTER;
 Ponto P8: @15,30 e tecle ENTER;
 Ponto P9: mova o mouse para cima, digite 32 e tecle
ENTER;
 Ponto P10: mova o mouse para cima, digite 32 e
tecle ENTER;
 Ponto P11: digite @ 30,15 e tecle ENTER;
 Ponto P12: digite @-30,15 e tecle ENTER;
 Ponto P13: mova o mouse para cima, digite 32 e
tecle ENTER;
 Ponto P14: mova o mouse para cima, digite 32 e
40

tecle ENTER;
 Ponto P15: digite @-15,-30 e tecle ENTER;
 Ponto P16: digite @-15,30 e tecle ENTER;
 Ponto final: levar o mouse sobre o ponto P1 e clicar
pra finalizar.

Coordenadas Polares Relativas

O sistema de coordenadas relativas polares é


semelhante ao sistema de coordenadas cartesianas relativas, já
que sempre usaremos o @ na frente do valor da coordenada, a
diferença está na coordenada em si. Uma coordenada polar
relativa 2D é formada por um valor de comprimento linear e outro
de ângulo e separados pelo símbolo < antecedidos pelo @.

Com botão DIN da barra de status ativo, fica


desnecessário usar @ antes das coordenadas
quando a entrada de dados está configurada
para COORDENADAS RELATIVAS e
FORMATO POLAR.

usaremos a ferramenta de Linha para executar:


41

 Acione o comando Linha;


 Ponto P1- Clique num ponto da tela com o botão
esquerdo do mouse
 Ponto P2- digite @100<45 e tecle ENTER.

Coordenadas Polares Automáticas

Agiliza bastante o trabalho quando você trabalha com


ângulos repetidos. Configure o ângulo desejado e ative o botão
RASTREAMENTO POLAR da barra de status para se beneficiar
do recurso. Com um clique do botão direito do mouse sobre o
ícone RASTREAMENTO POLAR da barra de status podemos
escolher o ângulo desejado. Após feita a configuração e ativar o
botão POLAR, iniciamos uma linha e marcamos o primeiro ponto.
Você vai perceber que ao mover o mouse entorno do ponto inicial,
uma trilha pontilhada é marcada cada vez que passamos por um
ângulo múltiplo do ângulo escolhido.

para desenhar uma linha de tamanho de 50 num


ângulo de 60º, primeiro configure o RASTREAMENTO POLAR
com um ângulo de 60º. Para iniciar o desenho acione a
ferramenta de LINHA. Em seguida clique com o mouse no local
do ponto inicial. Após, direcione o mouse para direita em linha
reta e vá subindo até que apareça da tela uma linha pontilhada
marcando 60 Graus. Digite 50 e tecle ENTER para determinar
tamanho do segmento a ser construído.
42

TÓPICO 2
FERRAMENTAS DE DESENHO

As primitivas geométricas são as ferramentas básicas


para a criação de objetos gráficos mais complexos, ou seja,
qualquer representação gráfica é essencialmente composta de
linhas, retângulos, polígonos, arcos, textos, etc.

Painel de Ferramentas de Desenho

O painel de ferramentas de desenho está localizado na


guia Padrão da faixa de opções, como você viu no capítulo
anterior. Nas figuras abaixo você pode visualizar o painel de
ferramentas da versão 2013 do Autocad de forma padrão e de
forma expandida.
Para expandir o painel de ferramentas DESENHAR,
basta pessionar o botão do mouse sobre a barra com o nome
DESENHAR.

Painel de ferramentas desenho Painel de ferramentas desenho


expandido

Retângulo/Rectangle

Um retângulo é definido por dois cantos, formado pela


sua diagonal. Os cantos podem ser definidos por coordenadas ou
iniciando com o mouse.
43

vamos criar um retângulo de 40 de largura por 20


de altura:

 comando: RETÂNGULO;
 especificar o primeiro ponto: clicar com o mouse em
qualquer lugar na tela gráfica;
 especificar outro ponto: @40,20.

Círculo/Circle

Por padrão, acionado o comando circulo, o sistema


entra com a opção de criação de círculo centro e raio, mas você
poderá criar círculos de outras formas, com outras opções
embutidas no mesmo ícone. Para escolher uma dessas opções,
pressione o botão do mouse sobre o nome CIRCULO.
Veja quais são:
44

 pressione o botão do mouse sobre CIRCULO para


visualizar as opções de criação de CIRCULO;
 centro e raio: marque o centro e digite o valor do
raio;
 centro e diâmetro: marque o centro e digite o valor
do raio;
 3 Pontos – desenhe círculo clicando em 3 pontos;
 2 Pontos: desenhe círculo clicando em 2 pontos;
Em desenho, entendemos por  tan, tan, raio: desenhe um círculo clicando em
tangenciar o ato de fazer com
que uma linha reta ou curva duas entidades onde deseja tangenciar o círculo a
toque uma outra linha curva
sem passar por cima, de forma ser criado e digite o valor do raio;
a cruzá-la.
 tan, tan, tan: desenhe um círculo clicando em três
entidades onde deseja tangenciar o círculo.

Linha de Construção/Construction Line

Desenha uma linha infinita, normalmente usada como


linha de referência em desenhos e projetos.

alinhar várias vistas num projeto para criar um


linha infinita. Dê dois cliques como mouse, um de cada lado
onde a linha deve passar.
45

Polilinha/Polyline

Cria polilinha bidimensionais, Uma polilinha é o


resultado de uma sequencia de linhas com características de um
único objeto.

se você criar um quadrado ou um retângulo com


Polilinha, a figura ficará como se você tivesse criado com a
ferramenta RETÂNGULO, isto é, inteira. Diferente de que se você
tivesse feito com a ferramenta de LINHA, onde a figura ficaria
toda em partes separadas.

Poligono/Polygon

Um polígono é uma figura de vários lados com um


triângulo que contém apenas três lados, ou um sextavado que
possui seis lados ou quantos lados for necessário.
Para acessar o comando no AutoCAD® 2013, você
deve clicar no nome RETÂNGULO, de ícone de criar retângulo,
como na figura abaixo:

Um polígono pode ser Inscrito ou Circunscrito, ou seja,


ele pode ser interno ou externo a um círculo cujo valor do raio
46

deve ser informado durante a criação do mesmo.


Veremos detalhadamente como desenhar polígonos
em nossas aulas virtuais.

Arco/Arc

Um arco é como se fosse apenas uma parte de um


círculo e é usado para criar segmentos circulares.
O arco possibilita várias alternativas, como você pode
ver abaixo:

Veja abaixo, o que você pode desenvolver com cada


alternativa:

 3 pontos: você pode criar indicando um 3 pontos;


 início, centro e fim: você pode criar indicando um
ponto inicial, central e final do arco;
 início, centro e ângulo: você pode criar indicando um
ponto inicial, centro e um ângulo;
47

 início, centro e comprimento: você pode criar


indicando um ponto inicial, centro e comprimento da
corda;
 início, fim e ângulo: você pode criar indicando um
ponto inicial, final e um ângulo;
 início, fim e direção: você pode criar indicando um
ponto inicial, final e uma direção;
 início, fim e raio: você pode criar indicando um ponto
inicial, fim e raio
 centro, início e fim: você pode criar indicando um
centro, ponto inicial e fim;
 centro, início e ângulo: você pode criar indicando um
centro, ponto inicial e ângulo;
 Centro, início e comprimento: você pode criar
indicando um centro, ponto inicial e comprimento da
corda;
 Continuar: continua um arco onde parou.

A curva do arco sempre é criada no sentido do sistema


de coordenadas polares, ou seja, da direita para esquerda o arco
fica voltado para cima.

Elipse/ Elipse

A elipse é uma forma oval, que diferente do círculo não


possui raios. Ela possui centro e é criada por medidas de largura
e altura.
Para acessar as outras opções e criação de elipse no
AutoCAD® 2013, pressione o botão do mouse sobre o nome
ELIPSE do ícone de criar elipse.
48

Opções do comando:

 centro: você pode criar a elipse por meio de duas


distâncias radias (metade da largura e metade da
altura) a partir do centro. Clique no local que será
seu centro. Depois mova o mouse para direita ou
esquerda. Em seguida digite a medida da metade
da largura e mova o mouse para cima ou para baixo.
Digite a medida da metade da altura;
 eixo e fim: você pode criar a elipse por meio das
distâncias: largura total e metade da altura. Clique
no local que será uma extremidade. Em seguida
mova o mouse para direita ou esquerda e digite a
medida da largura. Depois mova o mouse para cima
ou para baixo e digite a medida da metade da altura;
 arco elíptico: você pode criar de apenas uma parte
de uma elipse. Clique no local que será uma
extremidade. Mova o mouse para esquerda e digite
o a medida da largura. Depois mova o mouse para
cima ou para baixo e digite a medida da metade da
altura. Digite o valor do ângulo onde começa o arco
elíptico. Para finalizar, digite o ângulo onde acaba o
arco elíptico.
49

Nuvem de Revisão/Revision Cloud

A nuvem de revisão é normalmente usada para fazer


marcações no projeto para revisão e alterações futuras, ou marcar
observações.
Para acessar a ferramenta de nuvem de revisão,
pressione o botão do mouse sobre o nome DESENHAR do painel
desenhar para expandir o painel. Para você desenhar uma nuvem
de revisão, dê um clique com o mouse na tela gráfica para marcar
o ponto inicial e desenhe a nuvem livremente com o mouse sem
precisar manter pressionado enquanto desenha. Ao se aproximar
do ponto inicial, o comando fecha a nuvem.

Ponto/Point

Você pode usar a ferramenta ponto para criar pontos


que podem servir de referências ou marcações.
Para acessar a ferramenta ponto pressione o botão do
mouse sobre o nome DESENHAR do painel desenhar para
expandi-lo. Para cria um ponto acione a ferramenta ponto, clique
no local desejado ou digite uma coordenada absoluta, como 0,0
para criar um ponto na origem do sistema de coordenadas.

Estilos de Ponto

Os pontos criados são visualizados como ponto


50

simples. Por esse motivo, muitas vezes você pode ter dificuldade
de encontrá-lo no projeto. Para facilitar a visualização podemos
configurar um modelo de representação do ponto por meio do
menu Formatar/estilo de ponto ou barra de ferramentas Utilitários
da guia Padrão da Faixa de Opções.

veja abaixo a caixa de diálogo Estilo de ponto


onde você pode configurar o modelo de ponto mais adequado ao
seu projeto:

Hachura/Hach

Hachura, preenchimentos sólidos ou ainda


preenchimentos gradiente são usados para cobrir áreas. As
hachuras representam materiais ou corte de materiais. A versão
2013 permite visualizar hachura, preenchimentos sólidos ou
preenchimentos gradiente antes mesmo da sua aplicação.
Veja o comando hachura:
51

Após a ativação do comando hachura, abre-se uma


guia específica para hachura CRIAÇÃO DE HACHURA, como
você pode ver na figura logo a seguir, que permite a criação de
hachura, preenchimentos sólidos ou preenchimentos gradiente.
Nela é possível determinar limites, escolher padrões, controlar
transparência, ângulo, escala, definir origem, etc.

No painel PADRÃO da Guia CRIAÇÃO DE HACHURA


da FAIXA DE OPÇÕES é possível escolher o tipo de hachura. No Padrão é um tipo de
representação de um material,
como por exemplo aço, que
painel propriedades, o tipo de preenchimento (sólido, padrão ou pode ser representado pela
hachura ANSI31.
gradiente), alterar as configurações de cor, transparência, ângulo Já o preenchimento sólido é
uma cor qualquer e o
e escala. Pressionando o botão á direita da parte inferior do painel preenchimento gradiente é um
degrade entre cores, como por
opções abre um outro painel com várias opções de configuração exemplo, azul e amarelo.

de hachura e gradiente, como você pode verificar a seguir:


52

Spline/ Spline

A spline é uma linha curva diferentemente do arco. Ela


é formada por um conjunto de uma ou mais curvas tangentes aos
pontos por onde passa.
Para acessar a Spline, pressione o botão do mouse
sobre o nome DESENHAR do painel desenhar para expandi-lo.
Para desenhar uma spline, clique com o mouse nos pontos onde
você deseja criá-la, ou digite as coordenadas da posição dos
pontos. Para finalizar, tecle ENTER, para cancelar, tecle ESC.

Limite

O comando Limite cria um limite poligonal por meio de


uma área de limite de intersecção entre objetos. Para acessar a
ferramenta de criação de LIMITE no AutoCAD® 2013, pressione o
botão do mouse sobre o nome HACHURA do ícone de criar
hachura.

Ícone de acesso ao comando Caixa de diálogo criação de limite


53

abra um Arquivo novo e proceda como descrito


abaixo para gerar uma figura com o comando limite a partir da
intersecção entre dois objetos:

Crie dois círculos que se cruzem Clique com o mouse na área


livremente, sem se preocupar entre as duas figuras para gerar
com medidas. Acione o uma nova figura por meio de
comando Limite, dê OK na caixa um limite determinado pela
de diálogo Criação de limite intersecção entre objetos.
Se você excluir os círculos
poderá visualizar a nova figura
que foi gerada.

 Crie dois círculos com raio de 50 como na figura


acima;
 Acesse o comando Limite;
 Dê Ok na caixa de diálogo Criação de Limite;
 Leve o mouse até a área entre os dois círculos de
um clique;
 Tecle Enter novamente para finalizar a criação do
Limite;
 Selecione os dois círculos e Exclua os dois para
visualizar o polígono criado com o comando Limite.
54

TÓPICO 3
MODIFICADORES

Os modificadores são as ferramentas que auxiliam na


criação de objetos gráficos mais complexos, ou na edição de
trabalhos prontos. O painel modificar, assim como o painel
desenhar, fica embutido no painel da aba PADRÃO da faixa de
opções, como na figura abaixo:

Apagar/Erase

Elimina o arquivo selecionado (use a tecla delete do


teclado).

Copiar/Copy

Com o comando Copiar você pode copiar objetos das


seguintes formas:

 selecione o objeto a ser copiado. Entre com o


comando COPIAR e clique novamente no objeto e
arraste na direção desejada, digite a distância, e
tecle ENTER para finalizar. Use a função ORTHO ou
POLAR para auxiliar.
 selecione o objeto e entre com o comando COPIAR.
55

Clique novamente num determinado ponto do objeto.


Arraste e clique num outro ponto de referência que
desejar posicionar esse novo objeto.
 selecione o objeto a ser copiado. Entre com o
comando COPIAR e digite as coordenadas do local
onde desejar posicionar o novo objeto.

@30,40.

Espelhar/Mirror

Com o comando ESPELHAR você pode copiar um


objeto espelhando para o lado um oposto ou simplesmente virar,
sem copiar. A interação do comando com o usuário é mostrada a
seguir:

Deslocamento/Offset

Para copiar uma linha, uma polilinha, uma spline, uma


linha infinita ou arco exatamente paralelo a outro se utiliza o
comando deslocamento.

veja a seguir alguns exemplos de cópias


56

paralelas criadas com comando Offset:

Cópias paralelas criadas com


Desenho inicial
Deslocamento

Para fazer uma cópia paralela, acione o comando


DESLOCAMENTO. Digite o valor da distância da cópia. Clique no
objeto a ser clonado paralelamente e clique com o mouse para o
lado que desejar criar a cópia.

Mover/move

O comando Mover permite mover objetos das


seguintes formas:

 selecione o objeto a ser movido. Entre com o


comando MOVER e arraste o objeto na direção
desejada. Digite a distância, finalize com enter. Use
ORTO ou Angulo Polar para lhe auxiliar.
 selecione o objeto a ser movido. Entre com o
comando MOVER e clique num determinado ponto
do objeto. Arraste o objeto e leve até outro ponto
onde deverá posicionar o objeto.
 selecione o objeto a ser movido. Entre com o
comando MOVER e digite as coordenadas de
deslocamento para onde desejar posicionar o objeto.

veja o comando MOVER:


57

Rotacionar/Rotate

Com este comando você pode girar objetos por meio


do arrasto livre ou por meio de um valor de um ângulo que pode
ser digitado. Para rotacionar um objeto. Selecione o objeto e
clique num ponto que será o centro de giro e digite o ângulo de
rotação desejado. Tecle ENTER para finalizar a operação.

veja abaixo o comando rotacionar:

Escala/Scale

Com o comando escala você pode alterar tamanho real


do desenho, em escala proporcional, maior ou menor.

 Para dobrar o tamanho de um objeto aplique uma


escala de valor = 2 (x2).
 Para reduzir o tamanho de um objeto pela metade
aplique uma escala de valor = 1/2 (x0.5)
 Para mudar a escala de um objeto, selecione um
objeto. Entre com o comando ESCALA, clique num
ponto do objeto onde servirá de ponto fixo e digite o
valor da escala que desejar para o objeto.
58

Esticar/Stresh

Estica parte de um ou mais objetos que estejam dento


de uma caixa de seleção.

Veja como esticar uma figura:

Faça uma seleção parcial do objeto, da direita


para esquerda e tecle ENTER.

Clique e puxe na direção desejada, digite o


valor que desejar aumentar ou diminuir.

Aparar/Trim

Com o comando APARAR você poderá cortar partes de


objetos que se tocam.
59

Para aparar um objeto, entre com o comando APARAR,


tecle ENTER, e clique na parte do objeto que desejar cortar.

Se você manter a tecla SHIFT pressionada poderá


estender objetos ao invés de aparar, ou fazer as
duas coisas, apenas pressionando e soltando a
tecla SHIFT enquanto trabalha sem sair do
comando.

Quebrar em um Ponto/Break to Point

Com esse comando você pode separar um objeto em


duas partes, dividindo num ponto indicado. Para apara um objeto
em um ponto, entre com o comando QUEBRAR EM UM PONTO.
Com um clique selecione o objeto e com outro clique marque o
ponto de separação.

veja a seguir o comando:

Quebrar/Break

Diferente do comando anterior, com o comando


QUEBRAR você poderá excluir uma parte de um objeto
selecionado por dois pontos indicados, eliminando a parte central.
Entre com o comando dê dois cliques para marcar os pontos de
quebra.
60

Chanfro/Chanfer

Com o comando CHANFRO você pode criar cantos


chanfrados entre entidade de objetos. Para acessar o comando
chanfro:
 vá ao painel de ferramentas MODIFICAR e pressione na
pequena seta voltada para baixo ao lado do ícone
Concordância para ter acesso ao ícone Chanfro.
 Após entrar com o comando CHANFRO, note que na linha
de comando aparecem as medidas atuais para criar
CHANFRO, que originalmente são 0,0. Para alterar essas
medidas, digite D e tecle ENTER. Na sequência digite o
valor da primeira medida e tecle ENTER para confirmar.
Digite também a segunda medida e tecle ENTER para
confirmar. Feito isso, dê um clique em cada um das linhas
do canto que desejar chanfrar. Repita a operação para
cada canto que desejar chanfrar.

veja abaixo um exemplo de uso do comando


chanfro em um retângulo;

Antes Depois
61

Valores de raio adotados maiores que pelo menos


uma das linhas do vértice a ser arredondado o
AutoCAD® não executa o arredondamento.

Concordância/Fillet

Com esse comando você pode criar arredondamentos


entre entidades de desenho.

veja a seguir o comando concordância:

Para aplicar a concordância, entre com o comando


CONCORDÂNCIA e note que na linha de Comando aparece o
valor atual. Digite R e tecle ENTER. Na sequência digite a medida
do raio que desejar criar o arredondado e tecle ENTER
novamente para confirmar a alteração da medida. Feito isso, dê
um clique em cada linha do canto que desejar arredondar. Repita
a operação para cada canto que desejar arredondar.

Antes Depois
62

Valores de raio adotados maiores que pelo menos uma


Vértice é um ponto formado
pela junção entre duas das linhas do vértice a ser arredondado o AutoCAD®
entidades de desenho.
não executa o arredondamento.

Explodir

Com o comando explodir você pode desmanchar


objetos criados com ferramentas de polilinhas como retângulo e
polígono que se transformam em entidades individuais (como
aquelas geradas pelo comando LINHA). Também podemos
explodir blocos para desmanchar o agrupamento.

TÓPICO 4
MATRIZ DE DISTRIBUIÇÃO E CÓPIAS

Matriz/Array

Com as opções de matriz você pode criar várias cópias


de um ou mais objetos de uma só vez, distribuindo de forma polar
(circular), retangular (alinhada) ou ainda por meio de um caminho.
O ícone Matriz possibilita a criação de três formas: matriz
retangular, matriz de caminho e matriz polar.
63

Matriz Retangular

Com o comando matriz retangular você pode criar


várias cópias de um objeto ou grupo de objetos selecionados em
uma ou duas direções, em linhas e colunas.

se você tem um círculo e desejar criar uma fileira


de 10 círculos para a direita com distância de 20 unidades (não
importa qual unidade você está trabalhando: m, cm ou mm) entre
um círculo e outro, você deve selecioná-lo. Em seguida acionar
o comando matriz retangular e digitar 10 no campo COLUNAS,
20 no campo ENTRE (da barra de ferramentas COLUNA) e 1 em
LINHA. Se você digitar 2 no campo LINHA, e um valor no campo
ENTRE você criará duas carreiras de círculos; se você digitar 3
no campo LINHA e um valor no campo ENTRE você criará três
carreiras de círculos e assim por diante.

veja abaixo o painel de criação de matriz


retangular:

Matriz Caminho

Com o comando matriz caminho você pode criar várias


cópias de um objeto ou grupo de objetos selecionados na direção
de uma polilinha, linha reta ou curva.

se você tem um círculo e desejar criar uma fileira


64

de círculos seguindo uma spline com distância de 20 unidades de


medida (não importa qual unidade você está trabalhando: m, cm
ou mm) entre um círculo e outro. Logo, você deve selecionar o
círculo e acionar o comando matriz de caminho; digitar 20 no
campo ENTRE (da barra de ferramentas ITENS) e 1 em LINHA.
Se você digitar 2 no campo LINHA, e um valor no campo ENTRE
você criará duas carreiras de círculos paralelos ao primeiro e
assim sucessivamente.
O botão medir pode ser alterado para Dividir. Neste
caso, você não indicará mais a distância entre os ITENS, e sim a
quantidade de itens a serem distribuídos ao longo do caminho
(spline).

veja a seguir o painel de criação de matriz de


caminho:

Matriz Polar

Com o comando matriz retangular você pode criar


várias cópias de um objeto ou grupo de objetos selecionados em
forma de circulo.
65

veja a seguir o painel de criação de matriz polar:

TÓPICO 5
TRABALHANDO COM BLOCOS

Criar Bloco

Comando que permite agrupar uma série de objetos


em um único bloco na base de dados do AutoCAD®. Sempre que
for necessário usar determinado objeto agrupado repetidamente.

veja abaixo o comando criar blocos:

Para criar um bloco, selecione um grupo de objetos que


contenha várias entidades geométricas que farão parte do bloco.
Ative o comando CRIAR BLOCO para abrir a caída de diálogo
DEFINIÇÃO DE BLOCO, como na figura logo abaixo. Na caixa de
diálogo Criar Bloco, dê um nome para o bloco e clique no botão
SELECIONAR PONTO. Leve o mouse sobre um local no desenho
que desejar ser um ponto de referencia na manipulação do bloco
e dê um clique. Ao voltar para a caixa de diálogo de Criar Bloco,
confira se a unidade do bloco está correta e pressione o botão
OK.
66

Gravar Bloco/Wblock

Você pode gravar os blocos que você criou em uma


pasta no seu computador para usar em outros projetos
futuramente.

O botão GARAVR BLOCO fica no mesmo botão


CRIAR BLOCO. Pressione o botão do mouse sobre o nome
CRIAR BLOCO do ícone de criar bloco para exibir os botões
ocultos.
Para gravar um bloco, selecione o bloco ou grupo de
objetos a ser gravado como bloco e acione o comando GRAVAR
BLOCO. Na caixa de diálogo gravar bloco você deve conferir a
unidade do bloco e escolher a pasta do seu computador onde
deseja salvar.
67

Inserir Bloco

Podemos inserir os blocos criados dentro de um


desenho ou blocos gravados através do comando inserir bloco no
menu inserir/bloco.

Para inserir um bloco da memória do desenho, acione


o comando INSERIR BLOCO para abrir a caixa de diálogo Inserir
Bloco. Os blocos contidos na memória do arquivo serão listados.
Selecione um deles para inserir no desenho. Para inserir um bloco
de biblioteca use o mesmo comando, pressione o botão procurar
e localize o bloco que desejar inserir na pasta que você arquivou.
68

Design Center

Após construirmos os blocos podemos melhor


visualizá-lo como uma biblioteca por meio do ADC (AutoCAD
Design Center).
O ADC é um visualizador de desenhos / estilos capaz
de mostrar e inserir no desenho atual estilos de camadas,
dimensão, layouts, tipos de linha, textos e, finalmente blocos.
Para ativar o design Center, pressione as teclas CTRL
2 ao mesmo tempo. Por meio do Design podemos inserir um
desenho inteiro, um estilo, ou um Bloco para o desenho atual.
Para inserir um bloco, ou um estilo de texto ou qualquer outra
configuração exibida da listagem do desenho no ADC, encontre o
arquivo do desenho que contenha as informações que você
desejar inserir no seu desenho. Clique com o botão direto do
mouse sobre o objeto ou estilo a ser inserido e escolha a opção
inserir ou Adicionar para.
Veja o exemplo abaixo:
69

TÓPICO 6
GERENCIADOR DE CAMADAS/LAYER MANEGER

Todos os objetos no AutoCAD® possuem propriedades


que o identificam, dentre elas estão as camadas, cores, tipos de
linha, espessura de linha, etc.
As camadas são como camadas transparentes e
sobrepostas em que se organizam e se agrupam diferentes tipos
de informações do desenho. Você pode criar várias camadas com
características diferentes, como tipo de linha, cor da linha se a
camada vai ficar ligada ou desligada, etc. Cada objeto do desenho
você escolhe a que camada ele estará associado.

você criar uma camada chamada aberturas e


associar todas as portas e janelas a essa camada. Se você
desejar, você poderá desligar essa camada temporariamente os
objetos associados a ela ficarão invisíveis no projeto.

É por meio dele, do gerenciador de camadas, que


70

criamos, configuramos e excluímos camadas.

1. Nova camada: cria uma nova camada.


2. Nova camada congelada: cria uma nova camada
Viewport é o nome que se dá congelada em todas as viewports do desenho.
para o retângulo que delimita
a área do papel onde o seu 3. Excluir camada: exclui uma camada da lista
projeto está contido; é como
se fosse uma janela para o
espaço do MODELO.
4. Tornar atual: torna a camada desejada como
camada Corrente, ou seja, torna ela como padrão
até que se mude novamente.
5. Status: exibe e classifica as camadas por status; a
camada marcada é a camada atual, as de cor mais
intensa estão em uso, as de cor clara não estão
sendo usadas.
6. Nome: exibe e classifica as camadas por nome.
7. Ativa: classifica e torna visível/invisível a camada na
Janela de desenho.
8. Congelar: classifica e congela/descongela. Os
objetos congelados são exibidos, selecionados, mas
não podem ser manipulados.
9. Bloquear: classifica, oculta e bloqueia o conteúdo
da camada .
10. Cor: classifica e altera a cor da camada
71

11. Tipo de linha: classifica e altera o tipo de linha


de uma camada, mas antes precisamos carregar o
os tipos de camada.
12. Espessura de linha: classifica e altera a
espessura da linha de da camada
13. Estilo de plotagem: classifica e mostra o estilo
de plotagem, associado a camada.
14. Plotar: liga ou desliga a impressão de da
camada.
15. Descrição: uma descrição (informação
adicional) de da camada, se necessário for.

Carregar Tipos de Linha

Sempre que você precisar um tipo de linha diferente de


linha contínua é necessário selecionar um tipo de linha por meio
caixa de diálogo SELECIONAR TIPO DE LINHA, que é exibida ao
clicar sobre TIPO DE LINHA que está exibido na paleta
Gerenciador de propriedades de camada.
Quando o tipo de linha desejado não estiver disponível
na caixa de diálogo SELECIONAR TIPO DE LINHA, você deve
pressionar o botão CARREGAR e selecionar o tipo de linha
desejado na caixa de diálogo CARREGAR OU RECARREGAR
TIPO DE LINHA. É possível carregar um dentre vários tipos de
linhas disponíveis nesta Caixa de diálogo.

veja a caixa de diálogo selecionar tipo de linha e


carregar tipo de linha:
72

TÓPICO 7
TRABALHANDO COM CAMADA

O painel CAMADAS permite que você visualize e


controle os estados das camadas. A camada exibida é a camada
atual, isso que dizer que tudo que você desenhar será
incorporado a esta camada. Se você desejar desenhar em outra
camada, você deve selecionar outra camada no painel de
ferramentas CAMADAS. Caso você desejar alterar a camada de
um objeto, você deve selecioná-lo e trocar a camada que aparece
no painel de ferramentas CAMADAS enquanto o mesmo estiver
selecionado. Você pode fazer isso com vários objetos ao mesmo
tempo, desde que você desejar colocá-los todos na mesma
camada.

observe abaixo o painel de ferramentas Camada


da Guia padrão da faixa de opções:
73

TÓPICO 8
PAINEL DE PROPRIEDADES/PROPERTIES

No painel propriedades da faixa de opções você


controla algumas informações dos objetos, como cor, tipo de
linha, espessura de linha, tipo de linha e transparência. As
propriedades de cor, espessura de linha e tipo de linha são, por
padrão, criadas como POR CAMADA, isso significa que essas
propriedades são controladas pela cama em que o objeto está
contido. Quando alteradas essas propriedades para uma outra
qualquer, as propriedades da camada que o objeto foi criado não
interferem mais no seu estado.

veja a seguir o painel de propriedades da faixa de


opções r propriedades flutuantes:

Por meio do botão propriedades do painel propriedades


da faixa de opções ou quando temos um ou mais objetos
selecionados, clicamos com o botão direito do mouse e
escolhemos a opção propriedades. Nele estão reunidas uma série
74

de informações sobre o objeto selecionado. Cada tipo de objeto


tem propriedades particulares que são exibidas quando se abre a
caixa de propriedades.
75

EXERCÍCIOS

1. Descreva como funciona o sistema de coordenadas


cartesiana automático.
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

2. Represente uma coordenada cartesiana relativa onde o


valor de X é 13 e o valor de Y é 65.
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

3. Represente uma coordenada polar relativa onde o


comprimento do segmento é 110 e o ângulo é 30◦.
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

4. Quais as ferramentas de desenho você poderia usar para


desenhar o contorno de uma porta?
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________

5. Qual ferramenta de desenho você usaria para desenhar um


triângulo?
____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
76

6. Qual ferramenta de desenho você usaria para representar


tijolos numa parede?
_____________________________________________________

7. Qual comando você usaria para desenhar um sextavado?


_____________________________________________________

8. Qual comando você deve usar para aparar partes de uma


entidade de desenho?
_____________________________________________________

9. Qual comando permite criar várias cópias de um mesmo


objeto de forma circular?
_____________________________________________________
_____________________________________________________

10. Qual comando você pode usar para copiar arredondar um


canto vivo?
_____________________________________________________
_____________________________________________________

11. Qual comando você pode usar para salvar um bloco de


objetos em uma pasta do seu computador?
_____________________________________________________
_____________________________________________________

12. Descreva qual a importância de organizar o projeto por


camadas.
_____________________________________________________
____________________________________________________
77

CHECK LIST

Nessa unidade você pode aprender:

 os sistemas de coordenadas cartesiana e polar;


 as ferramentas de criação de geometrias de
desenho básicas do AutoCAD®;
 os modificadores do AutoCAD®;
 trabalhar com camadas para organização do
desenho;
 as propriedades das entidades por meio do
gerenciador de propriedades dos objetos
78

UNIDADE 3
ANOTAÇÕES NO DESENHO E IMPRESSÃO

Objetivos de Aprendizagem

Ao final dessa unidade você será capaz de:

 inserir texto e medidas no desenho;


 criar configurações de página em layout;
 inserir viewports;
 imprimir .

Plano de Estudo

Esta unidade está dividida em seis tópicos,


organizados de forma a facilitar sua compreensão dos estudos.

TÓPICO 1: TEXTO MULTILINHA/MULTILINETEXT


TÓPICO 2: ESTILO DE COTA/DIMENSION STYLE
TÓPICO 3: INSERIR COTA
TÓPICO 4: MULTILEADER
TÓPICO 5: LAYOUTS DE IMPRESSÃO
TÓPICO 6: CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA
79

TÓPICO 1
TEXTO MULTILINHA/MULTILINETEXT

O editor de textos do AutoCAD é um painel de


ferramentas sensível ao contexto similar a outros editores de
textos que você já conhece, como do World
Ele é iniciado automaticamente ao entrar com o
comando de texto. Ao ativar o comando de texto, clique com o
mouse na tela onde desejar digitar o texto, mova o mouse em
direção diagonal a uma distância suficiente para caber o texto que
desejar digitar formando um retângulo e dê outro clique. Você
pode alterar as configurações de texto antes de começar a digitar,
como tipo de fonte tipográfica, tamanho, estilo, cor, alinhamento e Fonte: tipográfica é o
tipo de letra que formam
o alfabeto. Existe uma
outras configurações comuns a edição de texto. infinidade de modelos
de fonte tipográfica,
Veja abaixo o painel de ferramentas paritar textos: dentre as mais comuns
podemos citar ARIAL e
TIMES NEW ROMAN.

TÓPICO 2
ESTILO DE COTA/DIMENSION STYLE

Podemos criar dimensões por meio do AutoCAD, mas


antes de tudo você precisa modificar ou criar um estilo de
dimensionamento adequado ao seu trabalho.
Para iniciar o comando, clique na guia ANOTAÇÕES
da faixa de opções e no painel COTAS. Pressione o botão do
mouse sobre a pequena seta na parte inferior do painel, como na
figura abaixo:
80

Na janela de Estilo de Cota que se abre, aperte o


botão novo para criar um novo de estilo de cota. Uma nova caixa
de diálogo irá se abrir. Com um novo estilo de cota você pode
personalizar as configurações da melhor forma para seu trabalho
ou projeto.

Caixa de Diálogo de Gerenciador de Estilos de cota.

Criar um Novo Estilo de Cota

Clique no botão novo para criar um novo estilo de cota


ou modificar para alterar o estilo existente. Ao criar um novo estilo
de cota, digite o nome que deseja dar ao novo estilo a ser criado,
como na figura abaixo:
81

Quando você clicar em continuar, uma nova caixa de


diálogo se abrirá com várias guias para você realizar as
configurações.
Veja abaixo um resumo das informações que você
pode estar alterando em cada uma delas:

Guia Linhas

Na caixa que se abre, a guia linhas exibe as opções de


configuração de linhas de extensão e de cota como: tipo de linha,
cor, espessura, entre outros.
82

Guia Símbolos e Setas

A guia símbolos e setas exibe as opções de


configuração de ponteiras de linhas de cota, marcas de centro,
símbolo de arcos e valores correspondentes.

Guia Texto

A guia texto contém as opções de configuração de


texto, aparência e posicionamento.

Guia Ajustar

A guia ajustar define o posicionamento de texto e setas


de cotagem e valor de escala do estilo. Uma das mais importantes
e mais práticas funcionalidades da caixa de diálogo é a escala da
guia Ajustar. O valor digitado na caixa de texto usar escala
global de define um tamanho proporcional para todas as
configurações de cota. O valor padrão é 1, se você alterar para
10, os textos, as setas e todo restante ficarão 10 vezes maior que
o tamanho atual.

Guia unidades Primárias

A guia unidades primárias trata das cotas propriamente


ditas, formato de unidade e precisão de cotas lineares e
angulares.

Guia Unidades Alternativas

A guia unidades alternativas é opcional para quem


precisar exibir duas cotas ao mesmo tempo, a configuração de
formato de unidade, precisão de cotas lineares e angulares são
83

como nas unidades primárias.

Guia Tolerâncias

A guia tolerância oferece as opções para tolerância


dimensional.

TÓPICO 3
INSERIR COTA

O AutoCAD® possui várias ferramentas para você


realizar cotagem de linhas, arcos, círculos, ângulos, etc. Os
dimensionamentos, que é o processo de acrescentar medidas ao
desenho, mostram as medidas geométricas dos objetos,
distâncias, ângulos entre objetos, coordenadas de objetos. As
ferramentas de dimensionamento ficam no painel COTAS da guia
anotação da faixa de opções. Ao pressionar o botão COTA, várias
opções e cota aparecem, como você pode verificar abaixo:
84

 Cota linear: mede somente cotas alinhadas aos

eixos X e Y e, horizontais e verticais. Para criar uma

cota linear, clique no ponto inicial, no ponto final e

desloque o mouse para posicionar a cota.

 Cota alinhada: mede distâncias paralelas a objetos

mesmo que estejam em diagonal. Para criar uma

cota alinhada, clique no ponto inicial (extremidade1)

e clique no ponto final (extremidade2) e desloque o

mouse para posicionar a cota.

 Cota angular: mede o ângulo existente entre dois

objetos. Para criar uma cota angular clique na

primeira linha que forma o ângulo. Em seguida

clique na segunda linha que forma o ângulo e

desloque o mouse para posicionar a cota.

 Cota comprimento do arco: mede comprimento de

segmentos de arco. Para criar uma cota de arco

clique no arco e desloque o mouse para posicionar a

cota.

 Cota raio: insere cota de raios de arcos e círculos.

Para criar uma cota de raio clique no segmento de

arco e desloque o mouse para posicionar a cota.

 Cota Diâmetro: Mede o diâmetro de círculos. . Para

criar uma cota de diâmetro, clique no círculo e

desloque o mouse para posicionar a cota.


 Cotas com desvio: mede raio de segmentos de
raios grandes onde seu centro possa estar fora dos
85

limites do desenho. Para criar uma cota com desvio,


clique com o mouse sobre o segmento de arco a ser
medido. Desloque o mouse até um ponto que
indique o tamanho da linha de cota (local que
represente o tamanho do raio encurtado), desloque-
o para um lado e para o outro para definir a abertura
do desvio e clique. Para finalizar, desloque
novamente o mouse para um lado e para outro até
encontrar a melhor posição para a cota.
 Cotas de ordenada: mede as distâncias até o ícone
UCS que representa o valor 0,0 das coordenadas X
e Y.

TÓPICO 4
MULTILEADER

Com essa ferramenta você poderá adicionar anotações


com linha de chamada. A MULTILEADER cria um texto anexado a
uma linha de chamada com uma seta indicadora.
Para criar uma MULTILEADER, ative o comando
MULTILEADER cliquando com o mouse sobre o local onde
deverá se localizar a ponta da seta. Mova o mouse e clique no
local onde determinará o tamanho da linha de chamada para
começar a digitar o texto. Quando abrir a caixa de texto, abrirá
também o editor de texto na FAIXA DE OPÇÕES para você
realizar as configurações de texto que desejar.

TÓPICO 5
LAYOUTS DE IMPRESSÃO

O AutoCAD® dispõe de um ambiente específico para


86

você criar as configurações de plotagem no espaço do papel.


Neste espaço podem ser criados vários layouts de impressão.

Os layouts de impressão devem ser


previamente configurados, antes de

Gerenciador de Configuração de Página

Com um clique do botão direito do mouse sobre a guia


do layout1 ou layout2 abrimos o menu flutuante para acessar o
gerenciador de configuração de página, como você pode verificar
a seguir:
87

TÓPICO6
CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA

Na janela do gerenciador de configuração de página


que se abre, clique no botão NOVA para criar uma nova
configuração de página. Uma nova caixa de diálogo irá abrir para
digitar o nome da configuração de página. Ao nomear a
88

configuração, irá abrir uma terceira caixa de texto para


configuração de página. Na janela de configuração de página
podemos escolher a plotter ou impressora desejada, o estilo de
plotagem, o formato e orientação do papel, a escala, etc.
Quando o projeto for em unidades diferentes de
milímetros é necessário indicar uma escala. A forma mais
descomplicada de se fazer isso é relacionar quantos mm
equivalem a uma unidade de trabalho. Nesse caso, antes de
realizar a configuração, clique na borda da viewport e pressione a
tecla DELETE no teclado para excluir. Não se preocupe, depois
você criará outra viewport.

se fiz meu projeto em metros, logo 1000 mm = 1


unidade de trabalho, no caso o metro. Então vamos digitar essas
informações na caixa de unidades, como a seguir:

Na viewport do layout, deve-se escolher a escala


correta para o tamanho de papel definido.
89

Na a caixa de diálogo de CONFIGURAR PÁGINA que


se abre, escolha a sua impressora. Um pouco mais abaixo defina
o tamanho do papel como A4 se for o tamanho do papel que você
usa na sua impressora. Vá até TABELA DE ESTILOS DE
PLOTAGEM e mude o estilo de plotagem para Monochrome se
desejar imprimir em preto e branco. Em ORIENTAÇÃO DO
DESENHO você poderá escolher se o papel deverá ser tipo
PAISAGEM ou RETRATO. Dê OK para finalizar as configurações.
Na caixa de diálogo GERENCIADOR DE
CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA, aperte o botão DEFINIR COMO
ATUAL para que as definições da nova configuração de página
criada sejam transferidas para o Layout ativo. Clique em fechar.

De volta ao layout, para recriar a viewport, clique no


botão RETANGULAR do painel VIEWPORTS da guia LAYOUT da
faixa de opções para criar uma nova viewport dentro da área
imprimível do papel do Layout1.
90

Dê um clique num canto da folha dentro da área


imprimível demarcada por um retângulo pontilhado e clique no
lado oposto em diagonal para definir o tamanho da viewport. Após
criar a viewport, você ainda poderá redimensioná-la. Para
redimensionar a Viewport, clique na sua borda. Note que quando
a viewport está selecionada aparecem pontos azuis nos quatro
cantos. Clique e puxe esses pontos para redimensionar a
viewport.
Dê um duplo clique dentro da VIEWPORT (as bordas
da viewport aparecem em destaque) para entrar no modo
MODELO DO PAPEL e posicionar o projeto na VIEWPORT. Dê
um duplo clique fora da área do papel para sair da área do
MODELO. Selecione a borda da viewport para exibir a escala real
que aparece no lado direito da barra de status (próximo ao relógio
do seu computador). Clique o ícone de escala da viewport para
escolher a escala ideal para seu projeto.
Agora que a impressão já está configurada, é só
Imprimir. Use o atalho CTRL+P para realizar a impressão.
91

EXERCÍCIOS

1. Como você pode aumentar o tamanho da cota para todas


as cotas a serem criadas?

_____________________________________________________
_____________________________________________________
____________________________________________________

2. Qual a ferramentas de cotagem para cotar o comprimento


de uma linha inclinada?

_____________________________________________________
_____________________________________________________
____________________________________________________

3. No AutoCAD, qual espaço é destinado para impressões?

_____________________________________________________
_____________________________________________________
____________________________________________________

4. O que é uma viewport?


_____________________________________________________
_____________________________________________________
____________________________________________________
92

CHECK LIST

Nessa unidade você pode aprender:

 usar e criar texto multilinha;


 criar estilo de cota personalizado;
 realizar cotagens com diversas ferramentas;
 inserir anotações com linha de chamada;
 o que são layouts de impressão;
 criar configurações de página em modo layout;
 criar novas viewports;
 como imprimir desenhos;
93

GABARITO COMENTADO

UNIDADE 1

Questão 1
A tecla ESC cancela o comando ativo. Dessa forma você encerra um comando que
está em uso para posteriormente acionar outro comando.

Questão 2
A função SNAP quando ativada faz com que o AutoCAD atraia o mouse para um dos
pontos de precisão ligados, como, por exemplo, o ponto médio.

Questão 3
O comando Unidades nos permite configurar tanto as unidades de trabalho no
AutoCAD, como também a precisão.

UNIDADE 2

Questão 1
Neste sistema, para construir uma linha você dá um primeiro ponto clicando na tela em
um ponto qualquer e partir do segundo ponto você direciona o mouse na direção
desejada e digita o valor que definirá o tamanho da linha. Para criar linhas retas no
sentido horizontal e vertical, ative a função ORTO por meio da tecla de atalho F8.

Questão 2
@13,65.
A representação de uma coordenada cartesiana relativa é composta pelo valor da
coordenada no eixo X e pelo valor da coordenada no eixo Y, separados por uma
vírgula e antecedidos do símbolo @.

Questão 3
@110<30.
94

A representação de uma coordenada polar relativa é composta pelo valor do


comprimento da entidade (linha) e do valor do ângulo (contados á partir do eixo x
positivo e sentido anti-horário) separados pelo símbolo < e antecedido pelo símbolo @.

Questão 4
Você poderia usar a ferramenta linha, polilinha ou retângulo. Com as ferramentas linha
ou polilinha você desenharia cada segmento, cada reta individualmente, já com a
ferramenta retângulo você pode executar o reângulo que representará a porta em uma
única vez.

Questão 5
Você poderia desenhar um triângulo usando as ferramentas de linha ou polilinha. Com
as ferramentas linha ou polilinha você desenharia cada segmento individualmente,
sendo que a única diferença é o resultado final, onde, com a linha os segmentos de
reta ficarão individuais e com a polilinha os segmentos de reta ficarão unidos como se
fosse um único objeto.

Questão 6
Para representar aparências ou materiais cortados usamos a ferramenta Hachura.

Questão 7
Você poderia desenhar uma figura sextavada usando as ferramentas de Linha ou
Polilinha, mas a ferramenta mais indicada para este caso seria a ferramenta Polígono.

Questão 8
O comando Aparar faz as aparas. Para facilitar o trabalho, acione o comando e tecle
Enter em seguida. Na sequência, vá clicando nas partes a serem aparadas.

Questão 9
O comando Matriz Polar .

Questão 10
O comando que nos permite criar cantos arredondados é a Concordância.
95

Questão 11
O AutoCAD dispõe da ferramenta Gravar Bloco para salvar blocos e criar bibliotecas
de blocos em pastas no seu computador.

Questão 12

Por meio do Gerenciador De Camadas é possível criar várias camadas onde poderão
ser distribuídas partes do projeto em execução, organizados por categoria, com a
possibilidade de várias cores de tipos de linhas. Ainda é possível esconde ou mostrar
as camadas que desejar a qualquer momento.

UNIDADE 3

Questão 1

Para ampliar o tamanho das cotas, linhas de chamada, setas e espaçamentos pré-
configurados, deve-se acionar o gerenciador de Estilo de Cota e na aba Ajustar
alterar o valor Escala Global de: para o valor desejado. Valores maiores que 1
aumentarão o tamanho das cotas, valores menores que 1 diminuirão o tamanho da
cotas.

Questão 2
Para cotar uma entidade de desenho que não seja paralela aos eixos X e y como uma
linha inclinada deve-se usar a ferramenta de cota Alinhada.
96

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Aplicação de linhas em


desenho técnico – Procedimento: NBR 8403. Rio de Janeiro: ABNT, 1984.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Apresentação da folha


para desenho técnico: NBR 10582. Rio de Janeiro: ABNT, 1988.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Cotagem em desenho


técnico: NBR 10126. Rio de Janeiro: ABNT, 1987.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Desenho técnico –


Norma Geral: NBR 10647. Rio de Janeiro: ABNT, 1989.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Desenho técnico -


Emprego de escalas: NBR 8196. Rio de Janeiro: ABNT, 1999.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Princípios gerais de


representação em desenho técnico: NBR 10067. Rio de Janeiro: ABNT, 1995.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Folha de desenho –


leiaute e dimensões: NBR 10068. Rio de Janeiro: ABNT, 1987.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Representação de


projetos de arquitetura: NBR 6492. Rio de Janeiro: ABNT, 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Representação de área


de corte por meio de hachuras em desenho técnico: NBR 12298. Rio de
Janeiro: ABNT, 1995.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Aplicação de linhas em


desenhos -Tipos de linhas - Larguras das linhas: NBR 8403. Rio de Janeiro:
ABNT, 1984.

BALDAN, R; COSTA, L. Autocad 2010: utilizando totalmente. São Paulo: Érica,


2009.
97

FRENCH, Thomas E. Desenho Técnico. Porto Alegre:Globo,1979.

SCHINEIDER, Wilhelm. Mecânica Industrial. São Paulo: Jacomo, 1978.

PROVENZA, Francesco. Desenhista de Máquinas. São Paulo: F. Provenza,


1991.

SILVA, Luciana K. da; ferreira, Assis F. H. Autocad 2006 2D. São Paulo: Viena,
2006.