Você está na página 1de 5

A Roda da Melhoria

Como utilizar os 8Is e iniciar o processo de


melhoria contínua
Victor Mirshawka e Victor Mirshawka Jr.
DVS Editora © 2014
472 páginas
[@]

Avaliação Ideias Fundamentais

7
8 Aplicabilidade • Uma “pessoa Supereight (S8)” é aquela que reúne as competências para “impulsionar”
de forma contínua a sua vida profissional e pessoal.
7 Inovação
7 Estilo • Ela deve acionar os “oito conceitos básicos” da “roda da melhoria”, ou os “8Is”:
• Ter “iniciativa” para progredir;
  • Obter “informações” para chegar ao conhecimento e à sabedoria;
Foco • Apresentar muitas “ideias” para obter melhorias;
Gestão & Liderança • Buscar as “inovações”;
Estratégia
Vendas & Marketing
• “Insistir” em promover mudanças de sucesso;
Finanças • “Integrar” todos com o trabalho em equipe;
Recursos Humanos
TI, Produção & Logística • “Implementar” efetivamente as mudanças; e
Carreira & Desenvolvimento
• Fazer a “introspecção” girar a roda da melhoria.
Pessoal
Pequenas e Médias Empresas
Economia & Política
Indústria
Negócios Globais
Conceitos & Tendências

Para adquirir assinaturas pessoais ou soluções corporativas, visite o nosso website em www.getAbstract.com, envie um e-mail para info@getabstract.com ou ligue paraos nossos escritórios nos EUA (1-305-936-2626) ou na Suíça
(+41-41-367-5151). A getAbstract é um serviço de rating de conhecimento e editora de resumos de livros baseada na Internet. A getAbstract assume completa responsabilidade editorial por todas as partes deste resumo. Os
direitos dos autores e editores são plenamente reconhecidos. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste resumo pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma ou meio, seja eletrônico, fotocópia ou outro, sem
a autorização prévia por escrito da getAbstract AG (Suíça).
1 de 5
Este documento é de uso exclusivo de DAVI FERREIRA (dfer@br.ibm.com)

LoginContext[cu=3921858,ssoId=1860311,asp=1320,subs=5,free=0,lo=pt,co=BR] 2018-02-16 04:11:25 CET


getabstract

getabstract
Relevância
getabstract
O que você vai aprender
Neste resumo você vai aprender:r1) Como aplicar a “roda da melhoria” e os “8Is” na vida pessoal e profissional;
e 2) O que significa ser uma pessoa “Supereight (S8)”.
getabstract
Recomendação
A melhoria é um processo contínuo que pode ser alavancado com eficácia pelas organizações sem deixar marcas.
É o que propõem os autores Victor Mirshawka e Victor Mirshawka Jr. Para eles, um indivíduo Supereight (S8)”
agrupa as competências para “impulsionar” de forma contínua a sua vida profissional e pessoal, influenciando todos
ao seu redor no processo; esta pessoa reúne as competências para ativar os “8Is” da roda da melhoria, proporcionando
progresso e desenvolvimento onde estiver. Repleto de exemplos e escrito com uma narrativa leve. As ideias dos
autores podem ser facilmente aplicadas em qualquer contexto, seja no mundo corporativo como no âmbito dos lares
e famílias. A getAbstract acredita que este livro pode servir para o empoderamento de líderes corporativos e de
qualquer pessoa que queira fazer diferença neste mundo.
getabstract
getabstract

getabstract
Resumo
getabstract
Os Supereights
Em um mundo em constante inovação e mudança, uma “pessoa Supereight (S8)” é aquela
que junta competências para “impulsionar” de forma contínua a sua vida profissional e
pessoal, assim como das pessoas ao seu redor, rumo ao “progresso e melhoria”. Esta pessoa
getabstract deve demonstrar grande “motivação intrínseca” e ser capaz de acionar os “oito conceitos
“Quem tem iniciativa,
demonstra claramen- básicos” da “roda da melhoria”, ou os “8Is”, como a seguir:
te uma disposição na-
tural para introduzir,
para inicializar ações, 1. “Iniciativa” para progredir
está pronto e entusias- As oportunidades nem sempre são perceptíveis. O primeiro passo para ingressar na roda
mado para conceber e
executar antes que os da melhoria é ter iniciativa. Um gerente S8 tem maiores chances de promover melhorias
outros.” e alcançar lucros detectando oportunidades para o aprimoramento dos relacionamentos.
getabstract
Desta forma, o entusiasmo e humor devem ser atitudes primordiais para se ter sucesso tanto
no trabalho como na vida pessoal. Um profissional que exerce a iniciativa com excelência
aprendeu a “imitar” modelos apresentados por pessoas que são muito boas no que fazem.
Veja cinco sugestões para imitar eficientemente e manter um estilo próprio e inédito:

1. Nunca aprenda com a pessoa errada.


2. Não se limite a querer imitar apenas as pessoas que fazem o seu tipo de trabalho.
3. Observe atentamente todos os seus superiores e principalmente os chefes.
getabstract
“É a iniciativa que per-
4. Converse com os especialistas de solução de problemas.
mitirá a cada pessoa 5. Tenha o costume de falar consigo mesmo em voz alta.
comprovar que não
existe sorte nas profis-
sões.” Para ser um vencedor, tome a decisão de “ser responsável pelo seu futuro e pelo futuro da
getabstract comunidade” na qual está inserido. Aja com inteligência e procure aprender novas compe-
tências sempre que houver a oportunidade.

2. Obtendo “informações” para chegar ao conhecimento e à sabedoria


A tentativa em buscar e absorver o máximo de informações no menor tempo possível sem
se organizar para adquirir estes conhecimentos acaba gerando frustração, desgaste e estres-

A Roda da Melhoria                                                                                                                                                                   getAbstract © 2017 2 de 5


Este documento é de uso exclusivo de DAVI FERREIRA (dfer@br.ibm.com)

LoginContext[cu=3921858,ssoId=1860311,asp=1320,subs=5,free=0,lo=pt,co=BR] 2018-02-16 04:11:25 CET


se. A facilidade que hoje experimentamos na produção de dados e números, organizados
e analisados de todas as maneiras possíveis, mostra efetivamente que vivemos na era do
excesso de informações. As informações hoje em dia se apresentam de três formas: 1) In-
getabstract formação útil; 2) Sobrecarga de informações; e 3) Poluição de informações. Seja, portanto,
“Pois é, na segunda cuidadoso em separar, selecionar e aplicar as informações para gerar o verdadeiro conhe-
década do século XXI
temos assim uma no- cimento (know-how) capaz de posicionar você à frente da concorrência.
va fonte de danos pa-
ra o cérebro, ou seja, a
avalanche de informa- O escritor John O´Keefe apresentou no seu livro Superando os Limites alguns princípios
ções.” que auxiliam qualquer pessoa a desenvolver o seu know-how. Segundo o autor, “envolva-se
getabstract
com as pessoas” e não se isole; identifique “contradições; aproxime-se dos que detêm co-
nhecimentos e posições de destaque; “entenda e aceite que o seu superior sempre possui
algum conhecimento tácito; celebre a “transferência de conhecimentos”; “busque proativa-
mente todas as fontes”; transforme o conhecimento tácito em explícito; elimine qualquer
barreira que impeça a transferência de conhecimentos; e mantenha sempre em mente os
seus “objetivos e metas”.

getabstract A busca por informações tem gerado cada vez mais “turbulência”. O Google, por exemplo,
“As informações estão
sufocando as pessoas e veio revolucionar a forma como as pessoas obtêm informações, simplificando o processo
elas não têm tempo nem e colocando os novos conhecimentos bem próximos das pessoas. Com o Google, é fácil
energia para se concen-
trarem (...) na criação identificar “datas históricas, biografia de qualquer personalidade, as notícias sobre o que
de um know-how a par- ocorreu há uma hora, o melhor lugar para passar suas férias, a empresa aérea com o menor
tir das informações.”
getabstract preço de bilhete”. Não há “mistérios” que permaneçam ocultos. Qualquer “desejo urgente”
pode ser atendido em um piscar de olhos. Além disso, as informações estão também am-
plamente disponíveis nos objetos que nos rodeiam com a revolução da “Internet das Coi-
sas”. Espere uma comunicação cada vez maior entre o seu carro e a geladeira, entre o seu
smartphone e o sistema de alarmes e luzes da sua casa.

3. Apresentando muitas “ideias” para obter melhorias


O seu pensamento é flexível e aberto para lidar com ideias e ser capaz de tomar uma deci-
getabstract
“Deve-se buscar prio- são. Mas será que esta ideia é relevante ou a melhor disponível? O “ponto neutro” é uma
ritariamente o conheci- das maneiras de se conceber e selecionar novas ideias, limpando a mente do pensamento
mento, mas não se pode
deixar de salientar que
focalizado; as ideias originais necessitam de uma imaginação “solta” e uma forma poderosa
é difícil chegar a ele de se conseguir isso é se perguntando: “E se …?” Para desenvolver e analisar com calma
sem dominar a TIC, no e equilíbrio as suas ideias, pergunte-se ainda: “O que existe de positivo nessa ideia? O que
século XXI.”
getabstract há de negativo, problemático nessa ideia? O que há de interessante nessa ideia?”

Processo de IDEAÇÃO
Joey Reiman, publicitário criador da empresa BrightHouse, combinou diversos modelos
para estabelecer um processo de criação de ideias com quatro etapas ou 4Is:

1. Investigação – É a primeira fase do processo de desenvolvimento de ideias. Contrate


getabstract especialistas capazes de gerar as ideias que você procura.
“O Google se tornou
uma espécie de periféri-
2. Incubação – É a arte de “sonhar acordado”, avaliando o problema sob várias óticas.
co do cérebro humano, 3. Iluminação – A “master ideia” é aquela grande ideia capaz de promover a disrupção.
ou seja, o principal in- 4. Ilustração – Personifique a master ideia de forma concreta, implementando-a.
termediário entre nós e
o enorme manancial de
informações disponível 4. Buscando as “inovações”
na rede.”
getabstract No século XXI a empresa que reprime a criatividade compromete seriamente o seu próprio
sucesso futuro. As empresas mais admiradas hoje em dia, ou empresas mais agradáveis para
se trabalhar, são aquelas em que a gestão criativa permanece em primeiro lugar. São nessas
empresas que se encontram os gerentes S8s, aqueles que incentivam os seus colaboradores a

A Roda da Melhoria                                                                                                                                                                   getAbstract © 2017 3 de 5


Este documento é de uso exclusivo de DAVI FERREIRA (dfer@br.ibm.com)

LoginContext[cu=3921858,ssoId=1860311,asp=1320,subs=5,free=0,lo=pt,co=BR] 2018-02-16 04:11:25 CET


mobilizarem a roda da melhoria dos 8Is. O S8 entende que a criatividade é o impulsionador
de um desempenho significativo que faz com que as empresas consigam resultados maiores.

O inovador apresenta atributos e qualidades que podem e devem ser exploradas dentro do
getabstract ambiente corporativo, como ambição, imaginação, respeito pela empresa, estar sensível às
“A pessoa é o elo mais necessidades dos outros, investigação, confiança, colaboração, poder de decisão. O inova-
frágil na corrente de
proteção da informa- dor não se desenvolve bem em ambientes assépticos, estáveis ou organizados em excesso.
ção.”
getabstract
Apesar das dificuldades, o Brasil tem se destacado por sua capacidade de inventividade. Em
2014, mesmo estando posicionado em 61º lugar entre as nações com menor crescimento
em P&D, o país foi capaz de dar alguns saltos em inovação tecnológica, como no caso da
inauguração do Centro de Tecnologia em Nanotubos de carbono. Já há mais de uma década,
a Eletrocell, uma startup pioneira no Brasil em células combustíveis, tem gerado tecnologia
para transformar energia química do hidrogênio em energia elétrica.

5. “Insistindo” em promover mudanças de sucesso


getabstract O exercício da insistência é crucial em uma empresa para que as pessoas estejam sempre
“A informação trans-
formou-se num bem de preparadas para mudarem as suas atitudes. Uma pessoa com a mentalidade empreendedora
capital e já está supe- está sempre disposta a “antecipar” as vantagens da mudança, “desafiar o status quo”, “criar
rando, em termos de
valor, a mão de obra, em lugar de reagir” e “liderar”. O inovador é um líder disponível para influenciar os demais
as matérias-primas e os e implementar as inovações com sucesso. Para ser um líder inovador e tomar melhores
recursos financeiros.”
getabstract decisões, concentre-se “no processo e não no resultado”; relacione e separe as informações
relevantes, eliminando as irrelevantes; “questione o processo”; “cultive a visão externa”;
e aprenda a dizer “não”.

A insistência é muitas vezes vista como teimosia, como algo inoportuno e chato. A insis-
tência naquilo em que se acredita vai certamente trazer contratempos, porém a felicidade
no final da jornada vai compensar. Apesar da sua importância, o S8 insistente nunca é “in-
consciente”, “indomável”, “inconveniente”, “intolerável” ou “indeciso”.

getabstract
6. “Integrando” todos com o trabalho em equipe
“Mude, antes que seja Integrar é unificar “componentes heterogêneos” para obter sinergia. Sem integração, fica
tarde demais!”
getabstract difícil desenvolver a cultura e fixar tradições em uma empresa e valores como integridade,
honestidade, credibilidade, respeito, justiça e lealdade e o princípio do trabalho duro. O
S8 deve ser capaz de estimular o espírito de equipe e promover a integração com o objetivo
de proteger e garantir o sucesso das novas iniciativas.

Uma das principais estratégias para se fomentar a integração é o “cooperative learning”,


ou aprendizagem cooperativa, organizando os trainees em grupos de trabalho com o apoio
de especialistas em cada assunto. Este formato facilita também o “peer tutoring”, modelo
no qual os colegas são efetivamente responsáveis pelo ensino uns dos outros. As reuniões
são também muito utilizadas nas empresas para se promover a integração. Mas quando mal
getabstract
administradas, elas podem ter um efeito adverso, promovendo a “desintegração”. Esteja
“Tudo o que uma pes- atento aos efeitos adversos da burocracia, excesso de informações e reuniões demoradas.
soa pode visualizar po- As reuniões mais eficientes não duram mais do que 15 minutos. Distribua as informações
de ser transformado em
realidade.” antecipadamente. Prepare uma agenda para facilitar as decisões a serem tomadas.
getabstract

Esteja atento ao excesso de complexidade nas iniciativas de mudança. Isto pode afetar a
integração. Busque simplificar os processos. Cuidado com “projetos mecânicos e pouco
orgânicos”, com o “crescimento desmedido”, com processos que se tornam “impraticáveis”
e com comportamentos confusos da gestão.

A Roda da Melhoria                                                                                                                                                                   getAbstract © 2017 4 de 5


Este documento é de uso exclusivo de DAVI FERREIRA (dfer@br.ibm.com)

LoginContext[cu=3921858,ssoId=1860311,asp=1320,subs=5,free=0,lo=pt,co=BR] 2018-02-16 04:11:25 CET


7. “Implementando” efetivamente as mudanças
Implementar representa “complementar ou prover partes que integrem um conjunto”. Nesta
década, implementar está muito relacionado à gestão da qualidade. Para uma implementa-
ção eficaz, esteja atento aos seis fatores de sucesso de uma mudança:
getabstract
“Para prosperar den- 1. Integrar e concentrar os esforços – Concentre-se e evite dissolver os esforços em
tro da turbulência, uma várias iniciativas ao mesmo tempo.
organização tem que
maximizar o que cha- 2. Dispensar atenção aos fatores pessoais e culturais – Prime pelo treinamento, comu-
mamos de inovação es- nicação e gestão da mudança.
tável.”
getabstract 3. Gerenciar de maneira distinta cada stakeholder – Aplique a regra 20/60/20 ao abordar
os envolvidos na mudança: 20% das pessoas a recebem com entusiasmo, 60% delas
estão abertas, mas dependem de boas técnicas de gestão para serem ativadas e 20% vão
se mostrar resistentes.
4. Liderar demonstrando compromisso com a mudança – Seja o modelo. Toque no
coração e mente do seu pessoal.
5. Comunicar-se com eficácia – Fuja das mentiras e omissões. Prime pela transparência.
Realize “debates abertos” e promova “sessões de feedback”.
6. Dividir o processo de implementação em etapas – Subdivida os recursos em fases.
getabstract Ajuste os canais de distribuição em implementações sutis, de preferência com o apoio
“Pode-se entender a in-
tegração como a útil da TI e da Internet.
adaptação à vida real
dos novos e dos antigos
dados, de experiências Hoje em dia, as empresas mais bem-sucedidas são as que aprendem com rapidez, poupam
novas, das observações tempo e criam valor, apresentam-se mais eficientes e ágeis nas transições, sabem priorizar,
e capacidades.”
getabstract aplicam bem os seus recursos humanos, dão a devida atenção aos clientes internos e exter-
nos e aprendem a catalisar a “energia”, “atitude” positiva e “vibração” do seu pessoal.

8. Fazendo a “introspecção” girar a roda da melhoria


As mudanças dependem das pessoas e uma equipe que mantém as suas energias renovadas
e hábitos positivos está sempre mais propensa a aplicar a roda da melhoria. Crie ambientes
calmos e arquitete situações para que os colaboradores realizem com frequência um exame
getabstract
“Para manter a sua interior sobre suas vidas, realizações, perspectivas futuras, sentimentos, entre outros atri-
empregabilidade, cada butos. É importante que cada pessoa envolvida analise se as mudanças se aplicam também
indivíduo deve, em cur-
tos períodos de tempo
a elas mesmas. Invista em férias, crie novos hábitos, leia livros e artigos polêmicos e inspi-
de maneira formal e ao radores, avalie constantemente a sua carreira, engaje-se em hobbies, traga novas perguntas
mesmo tempo obsessi- para reuniões, inicie pesquisas sobre um assunto de interesse, exercite a sua curiosidade e
va, criar o seu plano de
investimento em reno- criatividade, mantenha contato com pessoas que você admira, envolva-se em novos proje-
vação (...) [e] se envol- tos pessoais e profissionais.
ver em atividades fora
do trabalho que sejam
atraentes e excitantes.” Um profissional S8 sabe controlar as suas atitudes, incita a motivação e cultiva a esperan-
getabstract
ça. Corrija os seus erros. Busque ser feliz no que faz. Tenha uma relação saudável com o
dinheiro. Não se preocupe com a aposentadoria. Permita que uma introspecção saudável
leve você de volta à iniciativa, fazendo girar continuamente a roda da melhoria.
getabstract
getabstract

getabstract
Sobre os autores
getabstract
Victor Mirshawka, campeão mundial e medalhista olímpico de basquetebol com a Seleção Brasileira, foi diretor
cultural da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). É também autor de Gestão Criativa, Empreender é a So-
lução e O Boom na Educação. Victor Mirshawka Jr. é professor, palestrante, escritor, consultor e gestor educacio-
nal. Ele é sócio fundador da Pense Melhor Treinamento e atua como consultor em fomento da inovação.

A Roda da Melhoria                                                                                                                                                                   getAbstract © 2017 5 de 5


Este documento é de uso exclusivo de DAVI FERREIRA (dfer@br.ibm.com)

LoginContext[cu=3921858,ssoId=1860311,asp=1320,subs=5,free=0,lo=pt,co=BR] 2018-02-16 04:11:25 CET