Você está na página 1de 2

Worms

O que são os Worms?


São programas que geram cópias de si próprios em diversos locais num computador
infectado. O objetivo deste tipo de malware é por norma saturar os computadores e
redes, impedindo o seu correto funcionamento. Ao contrário dos vírus, os Worms não
infectam arquivos. Exploram vulnerabilidades das aplicações e das redes de
comunicações para se propagarem, e não necessitam de intervenção das vítimas para se
executarem.
O que provocam?
O principal objetivo dos Worms é propagarem-se e infectar o maior número de
computadores possível. Para tal, criam cópias deles próprios nos computadores
infectados, que se distribuem para outros computadores através de diversos canais
possíveis, destacando-se os e-mails, os programas de compartilhamento de arquivos por
redes. Quando novos Worms são lançados, eles se alastram muito rapidamente. Eles
obstruem redes e provavelmente fazem com que você (e todos os outros) tenha de
esperar um tempo maior para abrir páginas na Internet.

É praticamente imperceptível até que todo o recurso disponível seja consumido:


Ou seja, os Worms utilizam com frequência técnicas de engenharia social, isto é,
utilizam nomes atrativos para camuflar os arquivos suspeitos ou até mesmo em sites
como propaganda e links falsos, Geralmente, a contaminação ocorre de maneira discreta
e o usuário só nota o problema quando o computador apresenta alguma anormalidade
como: Lentidão no PC, Internet lenta, Vários programa abrindo ao mesmo tempo,
Podem lotar o disco rígido de computadores, devido à grande quantidade de cópias de si
mesmo que costumam propagar. Além disso, podem gerar grandes transtornos para
aqueles que estão recebendo tais cópias.
Sendo projetado para tomar decisões de como quebrar segurança de um sistema e agir
de forma completamente autônoma, decidindo quando enviar um e-mail com
informações importantes para o invasor.
Quando um worm se aloja em um computador, além de ser capaz de executar ações
danosas ao sistema, ele também busca por meios de se propagar podendo capturar
endereços de e-mail em arquivos do usuário, usar serviços de SMTP (sistema de envio
de e-mails) próprios ou qualquer outro meio que permita a contaminação de
computadores, por exemplo, pode acessar a lista de contatos de E-MAILS dos usuários
do sistema e, então, enviar cópias de si mesmo para os computadores alvos. Dessa
forma, eles serão transmitidos por meio da internet e, quando se instalarem em outros
hospedeiros, o ciclo de infecção será reiniciado sendo que, a partir de agora, o
computador que antes era o alvo passa a ser também o computador originador dos
ataques. Devido à capacidade de se autocopiarem e moverem entre computadores, os
Worms podem consumir muitos recursos da máquina hospedeira e banda de rede.