Você está na página 1de 40

Atendimento ao Guia Prático

EFD-ICMS/IPI – Versão 2.0.14

Sped Fiscal – BLOCO K

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 1


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Índice
1. INTRODUÇÃO ....................................................................................................... 3
1.1. Requisito ........................................................................................................ 3
1.1.1 Fluxo das Informações ............................................................................ 3
2. INTERFACES ........................................................................................................ 4
2.1. Consumo Específico Padronizado ................................................................. 4
2.2. Lançamentos de Saldo Inicial de Inventário ................................................... 5
2.3. Itens Produzidos ............................................................................................ 6
2.4. Insumos Consumidos..................................................................................... 7
2.5. Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros ........................ 8
2.6. Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por Terceiros................. 9
2.7. Lançamento de Redesignação de Estoque de Produção ........................... 10
3. CADASTROS ...................................................................................................... 11
3.1. Consumo Específico Padronizado ............................................................... 11
3.2. Lançamento de Saldo Inicial de Inventário .................................................. 13
3.3. Itens Produzidos/Insumos Consumidos ....................................................... 15
3.4. Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros ...................... 18
3.5. Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por Terceiros............... 19
3.6. Lançamento de Redesignação de Estoque de Produção ........................... 21
4. BLOCO K - REGISTROS .................................................................................... 23
4.1. Registro 0210 – Consumo Especifico Padronizado ..................................... 23
4.2. Registro K001 – Abertura do Bloco K .......................................................... 26
4.3. Registro K100 – Período de Apuração do ICMS/IPI .................................... 26
4.4. Registro K200 – Estoque Escriturado .......................................................... 27
4.5. Registro K220 – Outras Movimentações Internas entre Mercadorias .......... 30
4.6. Registro K230 – Itens Produzidos ................................................................ 31
4.7. Registro K235 – Insumos Consumidos ........................................................ 33
4.8. Registro K250 – Ind. Efetuada por Terceiros – Itens Produzidos................. 35
4.9. Registro K255 – Ind. Em Terceiros – Insumos Consumidos ........................ 36
5. RELATÓRIOS DE APOIO ................................................................................... 39

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 2


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
1. INTRODUÇÃO

 O objetivo é informar aos clientes que utilizam a Solução Fiscal os cadastros/interfaces


envolvidas para atendimento ao Guia Prático EFD-ICMS/IPI – Versão 2.0.14 no Sped
Fiscal.
 Este bloco se destina a prestar informações mensais da produção e respectivo
consumo de insumos, bem como do estoque escriturado, relativos aos
estabelecimentos industriais ou a eles equiparados pela legislação federal e pelos
atacadistas, podendo, a critério do Fisco, ser exigido de estabelecimento de
contribuintes de outros setores (conforme § 4º do art. 63 do Convênio s/número, de
1970). O bloco K entrará em vigor na EFD a partir de 2016.

1.1. Requisito

Solução Fiscal na versão 7.0 ou superior.

1.1.1 Fluxo das Informações

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 3


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
2. INTERFACES

Open interface Código da Interface


Consumo Específico Padronizado SYNITF_CONS_ESPEC_PD
Lançamentos de Saldo Inicial de Inventário SYNITF_LANCTO_INVENT
Itens Produzidos SYNITF_ORDEM_PROD
Insumos Consumidos SYNITF_ORD_PROD_ITEM
Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros SYNITF_INDUSTR_TERC
Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por Terceiros SYNITF_INSU_CON_TER
Lançamento de Redesignação de Estoque de Produção SYNITF_LANCTO_REDES

2.1. Consumo Específico Padronizado

Nome do campo Descrição

Código do estabelecimento de dados fiscais.


Preencher este campo somente se o método utilizado for direto.
EST_CODIGO
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Preencher
somente quando o método for indireto. A informação colocada neste campo será
EST_ORIGEM
tratada para que os espaços à direita e à esquerda sejam eliminados antes da
gravação na tabela definitiva.
Código do estabelecimento de dados fiscais no sistema / tabela origem. Preencher
somente quando o método utilizado for indireto.
EST_CHAVE_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código do item composto/produto resultante.
Utilizado apenas no método direto.
MERC_CODIGO
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.

Nome do sistema ou tabela origem do item composto/produto resultante.


Utilizado somente quando o método for indireto.
MERC_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código do item composto/produto resultante no sistema / tabela origem.
O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
MERC_CHAVE_ORIGEM indireto.
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da Unidade de medida do item composto/produto resultante cadastrada na
Solução Synchro em: Caminho: Corporativo, Mercadorias/Prestações/Serviços,
UNI_CODIGO Atributos da Mercadoria, unidade de medida. Tabela: COR_UNIDADE_MEDIDA. A
informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
COMP_CODIGO Código do item componente/insumo.

Nome do sistema ou tabela origem do item componente/insumo.


Utilizado somente quando o método for indireto.
COMP_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código do item componente/insumo no sistema / tabela origem.
O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
COMP_CHAVE_ORIGEM indireto.
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Quantidade do item componente/insumo para se produzir uma unidade do item
QTD_COMP_MAX
composto/resultante.
UNI_COMP_CODIGO Unidade de medida do item componente/insumo.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 4


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Nome do campo Descrição
Código da fase de produção ou código que identifica a fase de produção em terceiro
COD_FASE
, em que o componente/insumo será consumido.
CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem.

ORIGEM Sistema origem da informação.

DT_INICIO Data de Início da vigência do consumo especifico padrão

DT_FIM Data de Fim da vigência do consumo especifico padrão


Percentual de Perda/quebra do insumo/componente para se produzir uma unidade
PERDA_QUEBRA
do item composto/resultante

2.2. Lançamentos de Saldo Inicial de Inventário

Nome do campo Descrição


Data a que se refere o inventário, normalmente o último dia do mês. Esta data é
utilizada pela Solução Synchro para selecionar os lançamentos no livro Registro de
Inventário.
O conteúdo da coluna DT_LANCAMENTO da tabela definitiva é gravada com base no
conteúdo da coluna DT_TRANSACAO. A coluna DT_LANCAMENTO será sempre o
DT_TRANSACAO primeiro dia do mês subseqüente ao mês da coluna DT_TRANSACAO.
Exemplo:
DT_TRANSACAO = 20/07/2003
DT_LANCAMENTO = 01/08/2003
A data informada neste campo será “truncada” para eliminar hora, minuto e segundo
antes da gravação na tabela definitiva.

QUANTIDADE Quantidade do lançamento

VALOR_TOTAL Valor total do lançamento de inventário

LIVRO Número do livro de inventário

FOLHA Número da folha do Livro de Inventário

Código do estabelecimento.
Preencher este campo somente se o método utilizado for direto.
EST_CODIGO
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da unidade de medida cadastrado na Solução Synchro .
Caminho: Corporativo, Mercadorias/Prestações/Serviços, Atributos da Mercadoria,
unidade de medida
UNI_CODIGO
Tabela: COR_UNIDADE_MEDIDA
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da mercadoria no item.
Utilizado apenas no método direto.
MERC_CODIGO
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Indicador de origem da movimentação.
1 = Mercadoria de propriedade do estabelecimento e em seu poder
IND_ORIGEM_MOVIMENTACAO
2 = Mercadoria de propriedade do estabelecimento em poder de terceiros
3 = Mercadoria de terceiros em poder do estabelecimento
Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento. Preencher somente quando o
método utilizado for indireto.
EST_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 5


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Preencher somente quando
o método utilizado for indireto.
EST_CHAVE_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.

CONTA_CONTABIL Código da conta contábil analítica do lançamento.

Nome do sistema ou tabela origem da mercadoria.


Utilizado somente quando o método for indireto.
MERC_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da mercadoria no sistema / tabela origem.
O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
MERC_CHAVE_ORIGEM indireto.
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da PFJ origem. O conteúdo deste campo será gravado na coluna EST_ORIGEM
da tabela definitiva se o campo IND_ORIGEM_MOVIMENTACAO desta interface
estiver preenchido com 3. Caso contrário, será gravado no campo EST_ORIGEM da
tabela definitiva o conteúdo do campo EST_CODIGO desta interface, mesmo que o
campo PFJ_ORIGEM esteja preenchido. Caso o campo
PFJ_CODIGO IND_ORIGEM_MOVIMENTACAO esteja preenchido com 3 e o campo PFJ_CODIGO
desta interface esteja em branco, a rotina de processamento da interface
apresentará uma Mensagem de crítica, informando da obrigatoriedade do
preenchimento do campo PFJ_CODIGO desta interface.
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Nome do sistema ou tabela origem do registro da PFJ.
O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
PFJ_ORIGEM indireto.
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Código da PFJ origem da mercadoria no sistema / tabela origem.
Preencher somente quando o método utilizado for indireto.
PFJ_CHAVE_ORIGEM
A informação colocada neste campo será tratada para que os espaços à direita e à
esquerda sejam eliminados antes da gravação na tabela definitiva.
Saldo do valor do ICMS retido por Substituição Tributária na aquisição de
VALOR_RETENCAO mercadorias (utilizado somente para empresas obrigadas às exigências da Portaria
CAT 17/99).
Observação para o livro de Inventário modelo P7 (São Paulo). Texto livre com até 255
OBSERVACAO
caracteres.

Valor de avaliação do item, de acordo com o Regulamento do Imposto de Renda –


VL_ITEM_IR
RIR (Sped Fiscal – H010).

2.3. Itens Produzidos

Nome do campo Descrição

EST_CODIGO Código do estabelecimento de dados fiscais.

Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Utilizado


EST_ORIGEM
somente quando o método for indireto.

Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Utilizado somente quando o


EST_CHAVE_ORIGEM
método for indireto.

MERC_CODIGO Código da Mercadoria.

Nome do sistema ou tabela origem da mercadoria. Utilizado somente quando o


MERC_ORIGEM
método for indireto.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 6


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Código da mercadoria no sistema / tabela origem.
MERC_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

UNI_CODIGO Código da Unidade de Medida.

OP_CODIGO Código de identificação da ordem de produção.

DT_INICIO Data de início da ordem de produção.

DT_FIM Data de conclusão da ordem de produção.

QTD_PROD Quantidade de produção acabada.

CUST_INC Total acumulado de custos diretos e indiretos incorridos.

COD_FASE Código da fase de produção em que o item foi produzido.

CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem.

ORIGEM Sistema origem da informação.

2.4. Insumos Consumidos

Nome do campo Descrição

EST_CODIGO Código do estabelecimento de dados fiscais

Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Utilizado


EST_ORIGEM
somente quando o método for indireto.

Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Utilizado somente quando o


EST_CHAVE_ORIGEM
método for indireto.

OP_CODIGO Código de identificação da ordem de produção

ITEM_NUM Ordem seqüencial de consumição do Insumo/Componente para Item produzido

Nome do sistema ou tabela origem da mercadoria. Utilizado somente quando o


MERC_ORIGEM
método for indireto.

DT_MOVIMENTACAO Data de saída do estoque para alocação ao produto

Código da mercadoria no sistema / tabela origem.


MERC_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

MERC_CODIGO Código da mercadoria

UNI_CODIGO Código da Unidade de Medida

QTD Quantidade do item

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 7


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
VL_UNITARIO Valor unitário

CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem

ORIGEM Sistema origem da informação.

INSUMO_SUBSTITUIDO Código do insumo que foi substituído

Nome do sistema ou tabela origem do insumo que foi substituído. Utilizado somente
INSUMO_SUBST_ORIGEM
quando o método for indireto.
Código do insumo que foi substituído no sistema / tabela origem.
INSUMO_SUBST_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

2.5. Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros

Nome do campo Descrição

EST_CODIGO Código do estabelecimento de dados fiscais.

Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Utilizado


EST_ORIGEM
somente quando o método for indireto.

Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Utilizado somente quando o


EST_CHAVE_ORIGEM
método for indireto.

MERC_CODIGO Código do item produzido.

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


MERC_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
MERC_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

UNI_CODIGO Código da Unidade de Medida.

DT_PROD Data do reconhecimento da produção ocorrida no terceiro.

QTD_PROD Quantidade produzida.

COD_FASE Código da fase de produção em que o item foi produzido.

CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem.

ORIGEM Sistema origem da informação.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 8


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
2.6. Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por
Terceiros

Nome do campo Descrição

EST_CODIGO Código do estabelecimento

Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Utilizado


EST_ORIGEM
somente quando o método for indireto.

Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Utilizado somente quando o


EST_CHAVE_ORIGEM
método for indireto.

DT_PROD Data do reconhecimento da produção ocorrida no terceiro

MERC_CODIGO Código do item produzido

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


MERC_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
MERC_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

COD_ITEM Código do insumo

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


COD_ITEM_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
COD_ITEM_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

QTD Quantidade consumida do Insumo.

UNI_CODIGO Unidade de medida do insumo

COD_ITEM_SUBST Código do INSUMO que foi substituido.

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


COD_SUBST_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
COD_SUBST_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem

ORIGEM Sistema origem da informação.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 9


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
2.7. Lançamento de Redesignação de Estoque de Produção

Nome do campo Descrição

EST_CODIGO Código do estabelecimento de dados fiscais

Nome do sistema / tabela origem do estabelecimento de dados fiscais. Utilizado


EST_ORIGEM
somente quando o método for indireto.

Código do estabelecimento no sistema / tabela origem. Utilizado somente quando o


EST_CHAVE_ORIGEM
método for indireto.

DT_RED Data da redesignação

MERC_CODIGO_ORI Código da mercadoria de origem

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


MERC_ORI_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
MERC_ORI_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

MERC_CODIGO_DEST Código da mercadoria de destino

Nome do sistema ou tabela origem do item produzido. Utilizado somente quando o


MERC_DEST_ORIGEM
método for indireto.
Código do item produzido no sistema / tabela origem.
MERC_DEST_CHAVE_ORIGEM O conteúdo deste campo será utilizado apenas quando o método utilizado for
indireto.

UNI_CODIGO Unidade de medida do insumo

EDOF_CODIGO Código da espécie de documento fiscal

QTD Quantidade da mercadoria

NUMERO Numero do documento interno

CHAVE_ORIGEM ID da informação no sistema origem

ORIGEM Sistema origem da informação.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 10


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
3. CADASTROS

 Para ter acesso aos cadastros é necessário configurar o direito de acesso para o usuário
através de: Utilitários > Usuários / Direitos de acesso > Grupos / Usuários > Usuários /
Direitos de Acesso

3.1. Consumo Específico Padronizado

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Consumo Especifico Padronizado

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 11


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela, no quadro Composto/Produto Resultante deve ser identificado o Produto
Resultante segundo as técnicas de produção de sua atividade.

No quadro Informações de Consumição deve ser identificado cada Componente/Insumo para


se produzir uma unidade de Produto Resultante com as informações:
Data de Início: Data de Início da vigência do consumo específico padronizado para o
Componente/Insumo.
Data Final: Data Final de vigência do consumo específico padronizado para o
Componente/Insumo.
Unidade de Medida Produto Resultante: Unidade de Medida do Produto Resultante.
Componente/Insumo: Código da Mercadoria que corresponde ao Componente/Insumo.
Unidade de Medida: Unidade de Medida do Componente/Insumo.
Quantidade: Quantidade do componente/insumo para se produzir uma unidade do item
composto/resultante.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 12


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Perda/Quebra (%):Percentual de Perda/quebra do insumo/componente para se produzir uma
unidade do item composto/resultante.
Fase de Produção: Código da fase de produção em que o componente/insumo é consumido.

3.2. Lançamento de Saldo Inicial de Inventário

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Lançamento de Saldo Inicial de Inventario

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 13


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações do inventário do Item:
Período Mês/Ano: Mês e Ano posterior a realização do inventário. Por exemplo, para o
inventário realizado no mês de Dezembro de 2013 deve ser informado 01/2014.
Mercadoria: Código da Mercadoria inventariada.
Unidade: Unidade de Medida da Mercadoria inventariada.
Saldo Inicial: Quantidade da Mercadoria inventariada.
Valor Total: Valor total do estoque da Mercadoria de acordo com a legislação do IPI/ICMS.

Valor Total para Base de Retenção: Valor do ICMS retido por Substituição Tributária na
aquisição de
mercadorias (utilizado somente para empresas obrigadas às exigências da
Portaria CAT 17/99).
Valor para efeito de Imposto de Renda: Valor total do estoque de acordo com o Regulamento
do Imposto de Renda – RIR.
Indicador Origem Movimentação: Identificar entre as opções : Mercadoria de propriedade do
estabelecimento e em seu poder; Mercadoria de propriedade do estabelecimento em poder
de terceiros e Mercadoria de terceiros em poder do estabelecimento.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 14


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
PFJ Referente a Origem (Terceiro): Identificar o terceiro quando a Mercadoria em poder de
terceiros ou quando pertencer a terceiros.
Observação: Observação do lançamento de inventário.
Conta Contábil: Código da conta contábil analítica do lançamento de inventário.

3.3. Itens Produzidos/Insumos Consumidos

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Itens Produzidos/Insumos Consumidos

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 15


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações do Item Produzido:
Código da Ordem de Produção: Código de identificação da ordem de produção.
Mercadoria Produzida: Código do item produzido.
Data de Inicio: Data de início da produção.
Data de Conclusão: Data de conclusão da produção.
Unidade: Unidade de Medida do item produzido.
Quantidade Prod. Acabada: Quantidade de produção acabada.
Custo de Produção: Total acumulado de custos diretos e indiretos incorridos.
Fase de Produção: Código da Fase de Produção em que o item foi produzido.

Através do botão Insumos Consumidos é disponibilizado a tela:

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 16


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações para cada Insumo Consumido
referente ao Item Produzido:
Ordem Sequencial: Ordem seqüencial de consumição do Insumo/Componente para o Item
produzido.
Insumo/Componente: Código do Insumo/Componente que foi consumido.
Data de movimentação: Data em que ocorreu o consumo do Insumo/Componente.
Unidade: Unidade de Medida do Insumo/Componente consumido.
Valor Unitário: Valor unitário Insumo/Componente consumido.
Insumo Substituído: Código do Insumo/Componente que foi substituído.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 17


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
3.4. Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Itens Produzidos na Industrialização Efetuada por Terceiros

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 18


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações referentes ao Item produzido na
industrialização por terceiros:
Data de Produção: Data da produção ocorrida em terceiros;
Mercadoria Produzida: Código do item produzido em terceiros;
Unidade: Unidade de Medida do item produzido em terceiros;
Quantidade Produzida: Quantidade do item produzido em terceiros;
Fase de Produção: Código da Fase de Produção em que o item foi produzido.

3.5. Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por


Terceiros

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Insumos Consumidos na Industrialização Efetuada por Terceiros

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 19


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações para cada Insumo Consumido
referente ao Item Produzido na industrialização por terceiros:
Data de Produção: Data da produção ocorrida em terceiros;
Item Produzido: Código do item produzido em terceiros;
Insumo Consumido: Código do Insumo/Componente que foi consumido em terceiros;
Unid. Medida Insumo: Unidade de Medida do Insumo/Componente que foi consumido em
terceiros;
Insumo Substituído: Código do Insumo/Componente que foi substituído em terceiros;
Quantidade do Insumo Consumido: Quantidade do Insumo/Componente que foi consumido
em terceiros.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 20


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
3.6. Lançamento de Redesignação de Estoque de Produção

 O cadastro está disponível através de FISCAL > Lançamentos de Produção e Estoque


(LPE) / Inventario > Redesignação de Estoque de Produção

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 21


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 Nesta tela devem constar as seguintes informações referentes ao Item que ocorreu
redesignação ou outra movimentação que não se enquadre como regular:
Data da Redesignação: Data em que ocorreu redesignação ou outra movimentação que não se
enquadre como regular;
Mercadoria Origem: Código do Item de origem da redesignação ou outra movimentação que
não se enquadre como regular;
Mercadoria Destino: Código do Item resultante da redesignação ou outra movimentação que
não se enquadre como regular;
Unidade: Unidade de Medida do Item resultante da redesignação ou outra movimentação que
não se enquadre como regular;
Especie: Espécie do documento que identifica a redesignação ou outra movimentação que
não se enquadre como regular;
Quantidade: Quantidade do Item resultante da redesignação ou outra movimentação que não
se enquadre como regular;
Nº Documento: Número do documento que identifica a redesignação ou outra movimentação
que não se enquadre como regular;

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 22


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
4. BLOCO K - REGISTROS

4.1. Registro 0210 – Consumo Especifico Padronizado

 Este registro deve ser apresentado, caso exista produção e/ou consumo nos Registros
K230/K235 e K250/K255.
 Deve ser informado o consumo específico padronizado e a perda normal percentual de
um insumo/componente para se produzir uma unidade de produto resultante,
segundo as técnicas de produção de sua atividade, referentes aos produtos que foram
fabricados pelo próprio estabelecimento ou por terceiro.
 Este registro somente deve existir quando o conteúdo do campo 7 - TIPO_ITEM do
Registro 0200 for igual a 03 (produto em processo) ou 04 (produto acabado).
 Se existirem insumos interdependentes (insumos em que o aumento da participação
de um resulta em diminuição da participação de outro ou outros) deverá ser eleito um
insumo de cada grupamento interdependente para informação do total de consumo
específico padrão ou perda normal percentual do conjunto de insumos que representa
(na unidade do insumo eleito). Os demais insumos do grupamento interdependente
serão considerados substitutos e deverão ser informados somente nos Registros K235
ou K255 com a informação do insumo substituído.
 A unidade de medida é, obrigatoriamente, a de controle de estoque constante no
registro 0200 – campo UNID_INV.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 23


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Bloco K – Sped Fiscal Pág. 24
© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo
|0200|TESTE BLOCO K 1|TESTE BLOCO K 1|||PC|04|||||17|
|0210|FHO_MERC_14|454,000000|10,00|
|0210|CASTROL PROD ACABADO|99,000000|1,00|
|0210|EMBALAGEM PARA SABAO|99,000000|7,00|
|0210|BANCO COMUM GOL|5,000000|5,00|
|0210|CASTROL COMP 1|90,000000|1,00|

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 25


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
4.2. Registro K001 – Abertura do Bloco K

 Este registro deve ser gerado para abertura do bloco K, indicando se há registros de
informações no bloco.

4.3. Registro K100 – Período de Apuração do ICMS/IPI

 Este registro tem o objetivo de informar o período de apuração do ICMS ou do IPI,


prevalecendo os períodos mais curtos. Contribuintes com mais de um período de
apuração no mês declaram um registro K100 para cada período no mesmo arquivo.
Não podem ser informados dois ou mais registros com os mesmos campos DT_INI e
DT_FIN.
 Os períodos informados neste registro deverão abranger todo o período da
escrituração, conforme informado no Registro 0000.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 26


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
4.4. Registro K200 – Estoque Escriturado

 Este registro tem o objetivo de informar o estoque final escriturado do período de


apuração informado no Registro K100, por tipo de estoque e por participante, nos
casos em que couber, das mercadorias de tipos 00 – Mercadoria para revenda, 01 –
Matéria-Prima, 02 - Embalagem, 03 – Produtos em Processo, 04 – Produto Acabado,
05 – Subproduto, 06 – Produto Intermediário e 10 – Outros Insumos – campo
TIPO_ITEM do Registro 0200.
 A quantidade em estoque deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade de medida
de controle de estoque constante no campo 06 do registro 0200 –UNID_INV.
 A chave deste registro são os campos: DT_EST, COD_ITEM, IND_EST e COD_PART (este,
quando houver).

 Lançamento de Saldo Inicial de Inventário

 Apresentação do Saldo de Inventário por tipo de estoque, das mercadorias de tipos 00,
01, 02, 03, 04, 05 e 10.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 27


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
IMPORTANTE : O período deve ser o mês subsequente à entrega do arquivo.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 28


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
IMPORTANTE: Se no campo Indicador Origem Movimentação estiver informado: Mercadoria
de Propriedade do Estabelecimento em poder de terceiros ou Mercadoria de Terceiros em
poder do Estabelecimento, o campo “PFJ referente a origem(Terceiro)” obrigatoriamente tem
que estar preenchido.

Exemplo de Arquivo:
|K200|31012015|CAIXA DEBITO|89898,000|0||
|K200|31012015|FHO_MERC_01|88777,000|0||
|K200|31012015|TESTE BLOCO K 1|8888,000|0||
|K200|31012015|TESTE BLOCO K 2|131313,000|0||

IMPORTANTE: O Registro só será gerado se a Mercadoria estiver cadastrada com o tipo: 00, 01, 02, 03, 04,
05 e 10.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 29


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Nesse
exemplo, a
mercadoria
escolhida
não foi
gerada
porque não
consta a
informação
no campo.

4.5. Registro K220 – Outras Movimentações Internas entre


Mercadorias

 Este registro tem o objetivo de informar a movimentação interna entre mercadorias de


tipos: 00 – Mercadoria para revenda; 01 – Matéria-Prima; 02 – Embalagem; 03 –
Produtos em Processo; 04 – Produto Acabado; 05 – Subproduto e 10 – Outros Insumos
– campo TIPO_ITEM do Registro 0200; que não se enquadre nas movimentações
internas já informadas nos Registros K230 – Itens Produzidos e K235 – Insumos
Consumidos: produção acabada e consumo no processo produtivo, respectivamente.
 Exemplo: reclassificação de um produto em outro código em função do cliente a que
se destina.
 A quantidade movimentada deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade de
medida do item de origem, constante no campo 06 do registro 0200: UNID_INV. .
 A chave deste registro são os campos: DT_MOV, COD_ITEM_ORI e COD_ITEM_DEST.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 30


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo:
|K220|01012015|TESTE BLOCO K 1|CAIXA DEBITO|5,000|
|K220|15012015|BANCO COMUM GOL|CHASSI|15,000|
|K220|16012015|CASTROL PROD ACABADO|CHASSI|78,000|
|K220|27012015|EMBALAGEM PARA SABAO|CHASSI|70,000|
|K220|30012015|FHO_MERC_01|CHASSI|8,000|
|K220|31012015|FHO_MERC_14|CHASSI|8,000|

4.6. Registro K230 – Itens Produzidos

 Este registro tem o objetivo de informar a produção acabada de produto em processo


(tipo 03 – campo TIPO_ITEM do registro 0200) e produto acabado (tipo 04 – campo
TIPO_ITEM do registro 0200). O produto resultante é classificado como tipo 03 –
produto em processo, quando não estiver pronto para ser comercializado, mas estiver
pronto para ser consumido em outra fase de produção. O produto resultante é
classificado como tipo 04 – produto acabado, quando estiver pronto para ser
comercializado.
 Deverá existir mesmo que a quantidade de produção acabada seja igual a zero, nas
situações em que exista o consumo de item componente/insumo no registro filho
K235. Nessa situação a produção ficou em elaboração. Essa produção em elaboração
não é quantificada, uma vez que a matéria não é mais um insumo e nem é ainda um
produto resultante.
 Quando a informação for por período de apuração (K100), o K230 somente deve ser
informado caso ocorra produção no período, com o respectivo consumo de insumos
no K235 para se ter essa produção, uma vez que não se teria como vincular a
quantidade consumida de insumos com a quantidade produzida do produto resultante
Bloco K – Sped Fiscal Pág. 31
© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
envolvendo mais de um período de apuração. Somente podemos ter produção igual a
zero no K230 quando a informação for por ordem de produção e quando essa OP não
for concluída até a data final do período de apuração do K100 e quando houver o
apontamento de consumo de insumos no K235.
 A quantidade de produção acabada deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade
de medida de controle de estoque constante no campo 06 do registro 0200: UNID_INV.
 Quando houver identificação da ordem de produção, a chave deste registro são os
campos: COD_DOC_OP e COD_ITEM.
 Nos casos em que a ordem de produção não for identificada, o campo chave passa a
ser COD_ITEM.

• O Front End de Insumos Consumidos equivale ao Registro K235

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 32


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo:
K230|01012015||CHASSI DE CARRO GOL PARA TESTE SPED FISCAL BLOCO K|TESTE
BLOCO K 2|9,000|
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 1|5,000||
|K230|01012015|15012015|CHASSI 188815555|TESTE BLOCO K 1|1,000|
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 1|1,000||
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 2|5,000||
|K235|01012015|BANCO COMUM GOL|3,000|SOLVENTES|
|K235|16012015|FHO_MERC_01|18,000||
|K235|18012015|FHO_MERC_14|5,000|FHO_MERC_01|

4.7. Registro K235 – Insumos Consumidos

 Este registro tem o objetivo de informar o consumo de mercadoria no processo


produtivo, vinculado ao produto resultante informado no campo COD_ITEM do
Registro K230 – Itens Produzidos.
 Este registro é obrigatório quando existir o registro pai K230 e:
 a) a informação da quantidade produzida (K230) for por período de apuração(K100);
ou
 b) a ordem de produção (K230) se iniciar e concluir no período de apuração (K100); ou
 c) a ordem de produção (K230) se iniciar no período de apuração (K100) e não for
concluída no mesmo período.
 A quantidade consumida deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade de medida
de controle de estoque constante no campo 06 do registro 0200: UNID_INV.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 33


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
 A chave deste registro são os campos DT_SAÍDA e COD_ITEM.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 34


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo:
|K230|01012015||CHASSI DE CARRO GOL PARA TESTE SPED FISCAL BLOCO K|TESTE
BLOCO K 2|9,000|
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 1|5,000||
|K230|01012015|15012015|CHASSI 188815555|TESTE BLOCO K 1|1,000|
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 1|1,000||
|K235|01012015|TESTE BLOCO K 2|5,000||
|K235|01012015|BANCO COMUM GOL|3,000|SOLVENTES|
|K235|16012015|FHO_MERC_01|18,000||
|K235|18012015|FHO_MERC_14|5,000|FHO_MERC_01|

4.8. Registro K250 – Ind. Efetuada por Terceiros – Itens Produzidos

 Este registro tem o objetivo de informar os produtos que foram industrializados por
terceiros e sua quantidade.
 A quantidade produzida deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade de medida
de controle de estoque constante no campo 06 do registro 0200: UNID_INV.
 A chave deste registro são os campos DT_PROD e COD_ITEM.

IMPORTANTE: O Registro só será gerado se a Mercadoria estiver cadastrada com o tipo: 03 ou


04.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 35


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo:
|K250|01012015|TESTE BLOCO K 1|5,000|
|K255|01012015|TESTE BLOCO K 2|78,000||
|K250|22012015|FHO_MERC_01|7,000|
|K255|22012015|TESTE BLOCO K 1|88,000|EMBALAGEM PARA SABAO|

4.9. Registro K255 – Ind. Em Terceiros – Insumos Consumidos

 Este registro tem o objetivo de informar a quantidade de consumo do insumo que foi
remetido para ser industrializado em terceiro, vinculado ao produto resultante
informado no campo COD_ITEM do Registro K250.
 Este Registro é obrigatório caso exista o registro pai K250.
 A quantidade consumida deve ser expressa, obrigatoriamente, na unidade de medida
de controle de estoque constante no campo 06 do registro 0200: UNID_INV.
 A chave deste registro são os campos DT_CONS e COD_ITEM deste Registro.

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 36


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Bloco K – Sped Fiscal Pág. 37
© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Exemplo de Arquivo:
|K250|01012015|TESTE BLOCO K 1|5,000|
|K255|01012015|TESTE BLOCO K 2|78,000||
|K250|16012015|BANCO COMUM GOL|5,000|
|K250|22012015|FHO_MERC_01|7,000|
|K255|22012015|TESTE BLOCO K 1|88,000|EMBALAGEM PARA SABAO|

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 38


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
5. RELATÓRIOS DE APOIO
 Relatórios de apoio para conferência dos dados do Bloco K

Bloco K – Sped Fiscal Pág. 39


© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados
Bloco K – Sped Fiscal Pág. 40
© Copyright 2012. Synchro Sistemas de Informação Ltda. Nenhuma parte deste material deve ser duplicada. Todos os direitos reservados