Você está na página 1de 12

REFLEXÕES SOBRE O FIM DO CRONÓGRAFO DOS 13 BAKTUNS

Para melhor compreender o passo que estamos dando até 2012, apresentamos esta
informação, mas antes é recomendável revermos alguns conceitos.

A Matriz Maia – o Tzolkin ou Módulo Harmônico, trazendo em si o código harmônico


galáctico, informa todos os sistemas com uma ressonância reguladora universal,
chamada de corpo de luz. Assim como cada organismo vivo possui seu corpo de luz,
que é a infra-estrutura do DNA, cada espécie possui seu corpo de luz coletivo e também
o planeta, como organismo consciente, se caracteriza pelo seu corpo de luz em
evolução.

O corpo de luz planetário, da mesma forma que o individual e o coletivo, é a estrutura


ressonante conscientemente articulada que regula e possibilita a realização do destino
evolutivo. É importante lembrar que o corpo de luz do planeta, implantado no
programa da memória planetária, só pode ser ativado pelo esforço consciente de
cooperação.

Com essa perspectiva, apresentamos o Módulo Harmônico Maia na forma do “Grande


Ciclo” – O Feixe de Sincronização Galáctica.

Nos conceitos estelares maias, nada do que ocorre na Terra passa despercebido. Dizem:
mais um planeta prepara a ativação do seu corpo de luz. Através do esforço coletivo
da Comunidade de Inteligência Galáctica, o feixe de radiação galáctica sincronizante
está focalizado no Sol e em seu sistema planetário, com especial atenção para a 3ª órbita
– a da Terra. No momento exato, por meio de uma concentração mental coletiva,
desconhecida em nosso planeta, ativou-se o feixe de 5200 Tuns de diâmetro. Começou
o Grande Ciclo.

Mas, o que é essa radiação? Como descrevê-la? O que ela sincroniza e como?

Em termos maias, o feixe ou Grande Ciclo mede 5200 Tuns de diâmetro. Em termos de
duração, um Tun abrange 360 Kins (dias), ou seja: um ano solar impreciso menos 5
dias. O ano solar real tem 365,2422 dias. Portanto, um período de 5200 Tuns é igual a
5.125 anos solares imprecisos, ou 1.872.000 dias.

Como enfatizado, a preocupação maia era CALIBRAR UMA EQÜIVALÊNCIA


entre o calendário que registra o trânsito solar da Terra (13 Luas), e o Harmônico
Galáctico real. O ciclo de 5200 Tuns representa um fractal da chave de 52 unidades, o
Tear dos Maias, sintetizando o harmônico galáctico.
O ciclo histórico, como um padrão harmônico de onda, cujo diâmetro é de 5200 Tuns
não passa de um fractal do holograma galáctico multidimensional.

Também observamos que ao se apresentar um esquema do Grande Ciclo como uma


seqüência de treze Baktuns, cada um dividido em 20 Katuns, criando assim, uma grade
de 260 unidades Katuns, este diagrama, portanto, é indistinguível da grade que
representa o Calendário Sagrado de 260 dias, ou Tzolkin. Em outras palavras, o Tzolkin
e o Grande Ciclo são fractais um do outro. E, sendo ambos fractais do Harmônico
Galáctico de 260 unidades; como poderia ser de outra forma?

Com essa série de 13 Baktuns, representados pelas 13 colunas verticais do Módulo


Harmônico Maia, podemos começar a construir o Calendário do Grande Ciclo,
sobrepondo-o ao período de tempo compreendido entre o ano 3113 a.C. até 2012 d.C.

Então, cientes do Grande Ciclo, vejamos agora, o que ele nos diz; que informação se
extrai dele.

Os pontos de transição entre os subciclos são críticos para o entendimento dos campos
morfogenéticos. Pois enquanto o campo retém a memória de uma espécie, é nos
momentos de transição cíclica que se introduzem as alterações na programação.
Obviamente, quanto menor for o ciclo, mais sutil é a mudança; e quanto maior, mais
intensa. No organismo humano, essas mudanças são experimentadas como alterações na
predominância de padrões arquetípicos específicos.

Assim, cada ciclo Baktun possui uma ressonância mórfica particular, representada por
um arquétipo específico ou por um grupo de símbolos arquetípicos. Neste aspecto, os
símbolos podem ser considerados como capacitores ressonantes. Isto é, um símbolo,
adequadamente construído, tem a capacidade de evocar uma ressonância específica, não
importa onde nem quando.

Durante um intervalo ou pausa cíclica (de um Baktun ao outro), certos modos


simbólicos ou disposições cognitivas são descartados, ocorrendo uma nova impressão
no Banco Psi. Naturalmente, existem ciclos menores nos quais isso acontece,
especialmente nos Ciclos Katuns “geracionais”, de 20 Tuns. (Nota: cada Katun eqüivale
a 20 anos, ou uma geração; por isso “geracionais”).

Embora as transições entre os campos nem sempre sejam marcadas por algum evento
mais significativo, podemos distinguir em cada um dos subciclos acentuada mudança
global de qualidade. Essas mudanças de qualidade, são devidas à rejeição, geralmente
inconsciente, de certos aspectos simbólico-cognitivos e a impressão de uma nova
informação, cuja síntese contém as características do novo subcampo mórfico. Pois,
uma transição entre ciclos, marca a transferência de informação, bem como a impressão,
que fica gravada na memória global – trazendo em si a qualidade do novo campo
morfogenético.

A mudança cíclica é importante, pois é o meio pelo qual a criatividade é introduzida no


nível da espécie e também do planeta. Qualquer alteração num campo mórfico é
precedida por uma “supressão” morfogenética, anterior à transição. Supressão é uma
súbita redução de energia, que antecede uma convulsão ou descarga de uma nova
energia em um novo subcampo mórfico. Esta supressão geralmente é ocasionada por
um evento que pressagia o que está por vir. Por exemplo, a construção de Stonehenge,
com todas as suas proporções astronômicas e geodésicas, pode ser vista como o evento
“supressor” que encerrou o Baktun inicial da Semeadura Estelar e pressagiou o Baktun
seguinte - o da Pirâmide.

O significado de cada ciclo Katun é derivado dos atributos simbólicos do Glifo (Selo) a
ele associado. Assim, o primeiro ciclo Katun sempre está associado ao selo IMIX
(Dragão) e o último ao AHAU (Sol). Portanto, a seqüência dos glifos fornece um perfil
simbólico do desdobramento geral do padrão morfogenético de um Baktun.

Assim, chegamos ao perfil deste último Baktun (1618 a 2012 d.C.) que é o da
Transformação da Matéria.
E, de seus 20 Katuns, também estamos no último, o Katun 260, Sol Cósmico Amarelo,
que diz: O Padrão Morfogenético Conclui a Transformação.

Portanto, os 20 ciclos Tuns que dão a estrutura do padrão orgânico do Katun 260,
podem ser construídos da seguinte maneira:

Início do Katun 19 (conta-se 0-19) = Sol Cósmico Amarelo, Kin 260

Tun 0: Conta Longa, ou maia: 12.19.0.0.0 – Kin 240, Sol Rítmico


Amarelo (5.4.1993)
Dragão 1992/1993 (ano Tormenta Cósmica – Seli 2 da Lua Planetária – Kin 32,
Humano Rítmico Amarelo).
Estabelecimento do Padrão Morfogenético.

Tun 1: 12.19.1.0.0 - Kin 80, Sol Lunar Amarelo (31.3.1994)


Vento 1993/1994 (ano Semente Magnética – Kali 25 da Lua Solar – Kin132
Humano Lunar Amarelo)
O Padrão Morfogenético Recebe Inspiração:

Tuns 0 e 1: Arquétipos: Dragão e Vento: memória e comunicação: “liberação do


tempo”; a revelação do Tubo de Comunicação do Espírito da Terra, o Telektonon de
Pacal Votan. A revelação do Cubo da Lei do Telektonon de 16 Anos; o Heptágono da
Mente e os Sete Selos (plasmas radiais) da Profecia – o principio do Cubo assumiu
importância relevante.

Tun 2: 12.19.2.0.0 - Kin 180, Sol Espectral Amarelo (25.3.1995)


Noite 1994/1995 (ano Lua Lunar – Alfa 19, Lua Solar – Kin 231, Macaco
Planetário Azul)
O Padrão Morfogenético Recebe a Consagração.

Tun 3: 12.19.3.0.0 - Kin 20, Sol Ressonante Amarelo (20.3.1996)


Semente 1995/1996 (ano Mago Elétrico – Sílio 14, Lua Solar – Kin 71, Macaco
Rítmico Azul)
O Padrão Morfogenético semeia a vida diária.
Tun 4: 12.19.4.0.0 - Kin 120, Sol Elétrico Amarelo (15.3.1997)
Serpente 1996/1997 (ano Tormenta Auto-existente – Seli 9, Lua Solar – Kin 171,
Macaco Lunar Azul)
O Padrão Morfogenético torna-se Instinto Secundário.

Início do Cubo Telektonon-Tollan

Corte da Mente:

Tun 5: 12.19.5.0.0 - Kin 220, Sol Cristal Amarelo (10.3.1998)


Enlaçador 1997/1998 (ano Semente Harmônica – Kali 4 da Lua Solar – Kin 11,
Macaco Espectral Azul)
O Padrão Morfogenético Fornece a Base para a
Revelação.

Arquétipo Enlaçador: oportunidade


Quinto ano (poder harmônico) “explosão” do Cubo, de seu plano bidimensional, para
sua atual forma tetradimensional. O Projeto Rinri, combinado com a revelação das 20
Tábuas da Lei do Tempo, estabeleceram a poderosa seqüência do Cubo da Lei do
Telektonon de 16 Anos. As práticas semanais de “Cubar o Códon”, conduziram a
cosmologia do Cubo a uma forma simples, “democrática” e com isso, a aceleração
vibratória da alma.
Liberado o Cubo do Samadhi de Pacal Votan 1352.

Tun 6: 12.19.6.0.0 - Kin 60, Sol Galáctico Amarelo (4.3.1999)


Mão 1998/1999 (ano Lua Rítmica – Alfa 26 da Lua Galáctica – Kin 110,
Cachorro Rítmico Branco)
O Padrão Morfogenético Fornece a Base de Novas
habilidades.

Tun 7: 12.19.7.0.0 - Kin 160, Sol Auto-existente Amarelo


(28.2.2000)
Estrela 1999/2000 (ano Mago ressonante – Dali 22 da Lua Galáctica – Kin 211,
Macaco Elétrico Azul)
O Padrão Morfogenético Estabelecido como Lei Cósmica.

Tun 8: 12.19.8.0.0 - Kin 260, Sol Cósmico Amarelo (22.2.2001)


Lua 2000/2001 (ano Tormenta Galáctica - Seli 16 da Lua Galáctica - Kin 50,
Cachorro Espectral)
O Padrão Morfogenético é Estabelecido como Princípio de
Comunicação.

Arquétipo Lua: purificação, ciclos.


Ciclo de 13 anos até 2013: Oxlahuntiku
Atentado às Torres Gêmeas 11.9.2001
Corte do Espírito:

Tun 9: 12.19.9.0.0 - Kin 100, Sol Solar Amarelo (17.2.2002)


Cachorro 2001/2002 (ano Semente Solar - Kali 11 da Lua Galáctica - Kin 150,
Cachorro Ressonante)
O Padrão Morfogenético é Estabelecido como Princípio
Social.

Tun 10: 12.19.10.0.0 - Kin 200, Sol Harmônico Amarelo


(12.2.2003)
Macaco 2002/2003 (ano Lua Planetária - Limi 6 da Lua Galáctica - Kin 250,
Cachorro Elétrico Branco)
O Padrão Morfogenético Emerge como Visão e Força
Artística Dominante.

Tun 11: 12.19.11.0.0 - Kin 40, Sol Magnético Amarelo (7.2.2004)


Humano 2003/2004 (ano Mago Espectral - Dali 1 da Lua Galáctica - Kin 90
Cachorro Cristal Branco)
O Padrão Morfogenético Experimentado como Natureza
Humana Inevitável.

Tun 12: 12.19.12.0.0 - Kin 140, Sol Planetário Amarelo


(1.2.2005)
Caminhante 2004/2005 (ano Tormenta Cristal - Seli 23 da Lua Ressonante - Kin
189, Lua Ressonante)
Maturação Plena do Padrão Morfogenético Cíclico.

Tuns 11 e 12: Arquétipos: Humano e Caminhante: sabedoria, vigilância.


Bolontiku: Os Nove Senhores de Sírius são os Nove Senhores do Tempo e do Destino.
A sucessão direta de comando inicial, foi estabelecida pela Única Luminosa Branca
“A”, durante o 1º Anel do Mistério da Pedra.

Manitu Planetário CO
----------------------------------
Manitu Planetário CC
Corte da Vontade:

Tun 13: 12.19.13.0.0 - Kin 240, Sol Rítmico Amarelo (27.1.2006)


Mago 2005/2006 (ano Semente Cósmica - Kali 18 da Lua Ressonante - Kin
29, Lua Elétrica Verm.)
Começo da Transcendência do Padrão Existente.

Tun 14: 12.19.14.0.0 - Kin 80, Sol Lunar Amarelo (22.1.2007)


Águia 2006/2007 (ano Lua Magnética - Limi 13 da Lua Ressonante - Kin
129, Lua Cristal Vermelha)
Aspectos Superiores do Padrão Permeiam Todo o
Campo Educativo do Ciclo.
Tuns 13 e 14: Recuperação do Acorde Perdido.
Oitava de Ida (Escala Ascendente); Oitava de Retorno (Escala Descendente).
Kin no Sincronário 13 Luas: Lua Cristal; 7º tom: SI; o 7º aumentado. “O Intervalo de
Tempo Perdido na Eternidade”, resgatado no 13º dia da 7ª Lua, no Kin 129 – Lua
Cristal – Harmônica 33 (do não ego).

A MATRIZ 441 e o SISTEMA de CUBOS.

Tun 15: 12.19.15.0.0 - Kin 180, Sol Espectral Amarelo


(17.1.2008)
Guerreiro 2007/2008 (ano Mago Lunar - Dali 8 da Lua Ressonante - Kin 229,
Lua Galáctica Vermelha).
O Impulso Galáctico em Direção ao Novo Ciclo Começa
a ser Sentido.

Tun 16: 12.19.16.0.0 - Kin 20, Sol Ressonante Amarelo


(11.1.2009)
Terra 2008/2009 (ano Tormenta Elétrica - Seli 2, Lua Ressonante - Kin 68,
Estrela Elétrica Amarela)
O Padrão Morfogenético Atinge o Climax do Poder.

Corte da Perfeição da Sabedoria Interna:

Tun 17: 12.19.17.0.0 - Kin 120, Sol Elétrico Amarelo (


6.1.2010)
Espelho 2009/2010 (ano Semente Auto-existente - Kali 25 da Lua Rítmica -
Kin 168, Estrela Cristal)
O Padrão Morfogenético Mostra Aspectos
Automiméticos; Autodestrutivos.

Tun 18: 12.19.18.0.0 - Kin 220, Sol Cristal Amarelo (1.1.2011)


Tormenta 2010/2011 (ano Lua Harmônica - Limi 20 da Lua Rítmica - Kin 8,
Estrela Galáctica Amarela)
O Padrão Morfogenético Inicia a Transformação.

Tun 19: 12.19.19.0.0 - Kin 60, Sol Galáctico Amarelo


(27.12.2011)
Sol 2011/2012 (ano Mago Rítmico - Dali 15 da Lua Rítmica - Kin 108,
Estrela Auto-existente)
O Padrão Morfogenético Conclui a Transformação.

13.0.0.0.0 - Kin 160, Sol Auto-existente Amarelo (21.12.2012)


ano Tormenta Ressonante - Seli 9 da Lua Rítmica - Kin 207,
Mão Cristal Azul
Novo Sistema de Padrões Morfogenéticos.
O nome do Ciclo Tun deriva do Glifo ou arquétipo ao qual é associado. Além disso,
elaboram-se interpretações mítico-poéticas, que descrevem o movimento individual
maior do corpo de luz planetário, a mente da Terra, ao longo do último Katun do
Grande Ciclo de 5.125 anos solares.

Aqui todo o movimento do atual ciclo da história e da civilização é visto como


unificado; um harmônico de onda, cujo término mítico está na radiância consciente da
Terra, harmonizada com o poder galáctico

Aqui o importante é que deram-nos uma visão do ciclo da civilização configurada de


acordo com o código galáctico, que governa o corpo de luz. Este, sendo uma estrutura
vibratória marcada pelo código galáctico de 260 unidades, opera em todos os níveis,
seja de um planeta, de uma espécie ou de um organismo individual. Na evolução de um
planeta, dentro de um sistema estelar, é muito importante o movimento em que o corpo
de luz atinge um nível de radiância e brilho consciente. É este, evidentemente, o
objetivo fundamental do feixe de radiação galáctica sincronizante de 5.125 anos de
diâmetro, que agora está prestes a completar sua passagem pelo nosso planeta.

Para informações complementares, consulte o texto “Correlação Conta Longa-


Encantamento do Sonho, na Ordem Sincrônica”, no Site: www.calendáriodapaz.com.br,
que segue, além do capítulo à página 116, do livro: “O Fator Maia”, de José Argüelles.

CORRELAÇÃO CONTA LONGA-ENCANTAMENTO DO SONHO,


NA ORDEM SINCRÔNICA

29 de fevereiro: Já que o propósito da contagem do Mago do Encantamento do Sonho


(lançada durante a Convergência Harmônica, em 1987) é manter inalterado e constante
o mapa da Ordem Sincrônica quadridimensional, o 29 de fevereiro nunca é levado em
consideração. Em vez disso e para permitir a correlação com o calendário gregoriano
(somente até 2012), em anos bissextos, colocamos uma data intermediária entre os dias
22 e 23 da Lua Galáctica do Falcão: o dia 0.0 Hunab’Ku.

Em anos bissextos o dia 22 (28 de fevereiro) sempre será um Kin Macaco, enquanto que
o dia 23 (1º de março), sempre será um Kin Humano.

Um padrão específico de sincronização ocorre entre o Sincronário 13 Luas do


Encantamento do Sonho e a Conta Longa, que utiliza o Tzolkin, os Ciclos: Baktuns*,
Katuns* e Tuns*, e leva em conta o 29 de fevereiro – dia bissexto gregoriano, que
ocorre a cada 4 anos.
A diferença entre as duas contagens era de 49 Kins. Mas, como o Encantamento do
Sonho considera o 29 de fevereiro um dia 0.0 Hunab’Ku, a diferença agora, no ano
bissexto de 2008, passou a ser de 48 Kins.

Este ano, no Encantamento do Sonho, 1º de março foi Kin 12 - Humano Cristal


Amarelo e na Conta Longa foi Kin 224 – Semente Elétrica Amarela.

O 29 de fevereiro de 2012 mudará o padrão para uma diferença de 47 Kins.

Procedimento:

Para descobrir o Kin do dia na Conta Longa, considere o nº do Kin do dia no


Sincronário 13 Luas e:
de 29.2.2004 até 28.2.2008 diminua 49
de 29.2.2008 até 28.2.2012, diminua 48
de 29.2.2012 até 28.2.2016, diminua 47 e assim por diante.

Exemplo:Kin 54 - Mago Lunar Branco - início do ano 13 Luas 2007/2008 do


Encantamento do Sonho. Na Conta Longa foi 12.19.14.9.5, Kin 5 – Serpente
Harmônica Vermelha. Na Conta Longa o dia Fora-do-Tempo, 25.7.2007 foi
12.19.14.9.4, Kin 4 – Semente Auto-existente Amarela, que será o Selo do início do ano
2009/2010.

Isto significa que em 2009/2010 colheremos padrões cármicos atualmente gerados.


Portanto, eventos que estão ocorrendo no ano Mago Lunar Branco, manifestarão suas
conseqüências durante o ano Semente Auto-existente, 2009/2010, e assim por diante,
nos anos seguintes. Exercite com seu aniversário e constate o mesmo: padrões cármicos
gerados agora, se manifestarão daqui a dois anos.

Ciclos Tuns:

Existem 5200 Ciclos Tuns dentro do Ciclo dos 13 Baktuns.

Iniciamos o Ciclo Tun nº 5196, em 17.01.2008; dia 12.19.15.0.0, Kin 180 – Sol
Espectral, na Conta Longa.
No Encantamento do Sonho foi Kin 229 - Lua Galáctica Vermelha - Dali 8 da Lua
Ressonante do Macaco e na Contagem do “Novo Ciclo de Sírius” foi NS1.20.7.8
(vide texto “Reflexões Sobre o Fim do Cronógrafo dos 13 Baktuns”, no site:
www.calendáriodapaz.com.br e informações complementares no livro “O Fator Maia”,
capítulo “A História e o Sistema Solar: A Visão Galáctica”, à página 116).

O Tun em transcurso diz: “O impulso galáctico em direção ao novo ciclo começa a ser
sentido”.

O Katun 260 (0-19 Tuns), do Sol Cósmico Amarelo (20-13) começou em 1993 e foi o
Ciclo Tun nº 5181.
Considerações sobre a somatória de alguns Tuns:

Ano 1993 = Tun 5181 (5+1+8+1=15) ano de início do último Katun.

Ano 1998 = Tun 5186 (5+1+8+6=20), início do “Cubo do Telektonon de Dezesseis


Anos”.

Ano 2001 = Tun 5189 = 23 é a freqüência das erupções solares e foi o ano em que
ocorreu o atentado às
Torres Gêmeas. Também foi o início do Ciclo Oxlahuntiku
de 13 anos, que vai até
2013 - a Sincronização Galáctica.

Ano 2005 = Tun 5193 = 18 (2x9) Os Nove Bolontiku, Senhores de Sírius.

Ano 2007 = Tun 5195 = 20 Esse Tun começou no 13º dia da 7ª Lua (22.1.2007)
quando, na recuperação
do Acorde Perdido, se tocava o 7º tom - SI; o 7º aumentado,
“o intervalo de Tempo
Perdido na Eternidade”, “Oitava de Ir (escala ascendente);
Oitava de Retorno
(escala descendente)”.

Ano 2008 = Tun 5196 = 21 Freqüência da Matriz do 441, base de um cubo 21x21x21,
que é o glossário
completo da linguagem cósmica da telepatia.

Ano 2010 = Tun 5198 = 23 vide o ano 2001 – Tun 5189, cuja somatória é a mesma.

Ano 2012 = Tun 5200 = 52 (5+2=7), Último Tun do último Katun.

A somatória “20” ocorreu no Tun de 1998, início do Cubo do Telektonon de Dezesseis


Anos e está repercutindo no Tun de 2007, com a Sincronização Ressonante na 7ª Lua.

A somatória “23” ocorreu no Tun de 2001, quando houve o atentado de 11 de setembro


e repercutirá no Tun 2010, o ano da Semente Auto-existente Amarela.

Além disso, eventos que estão ocorrendo agora, no ano Mago Lunar Branco, são as
causas de efeitos que acontecerão durante o ano Semente Auto-existente, 2010. Por
exemplo: estão ocorrendo as prévias para a candidatura às eleições presidenciais nos
Estados Unidos, país do atentado 11.9.2001.

O Tun de 2010 diz: “O Padrão Morfogenético Mostra Aspectos Automiméticos;


Autodestrutivos”.

Portanto, os atentados terroristas de 11 de setembro e as disputas pela presidência dos


Estados Unidos, repercutirão em 2010, a partir da 7ª Lua, quando começará o Tun
5198.
Em 2001, no Cubo do Telektonon de 16 Anos, foi trabalhada a Onda Encantada do
Caminhante do Céu, com seu planeta Marte, e o ano da Semente Auto-existente, em
2010, será a 13ª posição dentro do Cubo, que é o Caminhante do Céu. Também
ocorrerá o trânsito de Marte, na constelação do Morcego (Hidra).
(ciclo de 780 dias: 2001/03/05/07/2010).

Todos os aspirantes à candidatura presidencial norte-americana, são marcianos.


MacCain Kin 173 Caminhante do Céu Auto-existente.
Obama Kin 173 Caminhante do Céu Auto-existente, também.
Hillary Clinton Kin 86 Enlaçador de Mundos Galáctico Branco (173+173 = 346 – 260
= Kin 86, Enlaçador 8).
A data das eleições será: MARTES (3ª feira em espanhol), 4 de novembro de 2008.

De acordo com esta visão da Ordem Sincrônica, o Tun do ano 2010 contém toda essa
energia “marciana”, quando diz: “O Padrão Morfogenético Mostra Aspectos
Automiméticos; Autodestrutivos”.

Astrológicamente, Marte é o símbolo da guerra, mas, também da morte como


oportunidade; desapego; o caminhar para a exploração do nosso ser. E, segundo a Lei de
Bode (proporção orbital), Marte corresponde ao valor “16”, que é o arquétipo (número
código de origem) do Guerreiro e também identifica o Cubo.

O Tun de 2008 diz: “O Impulso Galáctico em Direção ao Novo Ciclo Começa a Ser
Sentido”, e agora nos supre com a “Magia Lunar”, através da 11ª posição do Cubo do
Telektonon de Dezesseis Anos, com a 11ª Onda Encantada, a do Macaco.

Com isso, retrocedemos ao Kin 11 – Macaco Espectral Azul, que libera a Magia e, logo
em seguida foi 29.2.2008, um dia 0.0 Hunab’Ku. Assim, o Sincronário de 13 Luas do
Encantamento do Sonho e a Conta Longa se estabilizaram em 48 Kins de diferença, e
para que os atuais acontecimentos se sintonizem em 2010.

Este relato é um jogo harmonioso de magia e de calibragens.


Compete a você, querido Humano da Terra Gaia, plasmar os futuros eventos. O poder
de um Mago reside no seu "agora". Você é suprido pela Intemporalidade. Não a
procure, nem a deseje; faça-a presente, porque ela está aqui, agora.

. Lua Galáctica do Falcão, regida (na Onda Encantada do Serviço Planetário) pelo Sol
Galáctico Amarelo, do
grande Mago Pacal Votan, no anel do Mago Lunar Branco.

. Kin 11.11

O Ano do Cubo – Um Sinal Claro de Pacal Votan

Uma vez que a assinatura galáctica deste dia também foi Kin 60 - um Sinal Claro de
Pacal Votan - não há dúvida de que esta comunicação foi um “sinal claro”
interdimensional; uma mensagem telepática, cubada pelo próprio Mago Lunar.
* Equivalências: Baktun, Katun, Tun e Kin.
Grande Ciclo: 1.872.000 dias; 13 Baktuns; 260 Katuns; 5200 Tuns, ou ainda 5125
anos solares.
Baktun: Ciclo de 144.000 dias ou 20 Katuns, ou ainda 394,5205 anos solares.
Katun: Ciclo de 7.200 dias ou 20 Tuns, ou ainda 19,7260 anos solares.
Tun: Ciclo de 360 dias ou 0,9863 do ano solar.
Kin: Um dia ou 24 horas do ano solar.
Não há conflitos entre o Encantamento do Sonho e a Conta Longa

Por: Valum Votan


Fundação da Lei do Tempo - Departamento de Reforma do Calendário Universal

O Encantamento do Sonho é uma função da Ordem Sincrônica. A Conta Longa é a


contagem sagrada dos dias. Ambos usam, como padrão, o Tzolkin ou Módulo
Harmônico.

Para o Encantamento do Sonho, o Módulo Harmônico é a Matriz de referência


quadridimensional e o padrão de sincronização. Para a Conta Longa, o Módulo
Harmônico é a contagem recorrente de 260 dias, iniciada em Ahau 4 - Cumhu 8 - 13 de
agosto de 3.113 a.C. (3114) e que estabelece um ciclo incessante de Baktuns, Katuns,
Tuns, Vinais e Kins.

O Encantamento do Sonho é uma “Nova Dispensação”. Sua contagem foi calibrada no


ano Mago 8 – 26.7.1987 e usa, como parâmetros: o sistema TUN-UK (13 Luas de 28+1
dia) reformado, e também o Haab, de 365 dias. Portanto, seu propósito é duplo:
- Substituir o artificial e irregular calendário gregoriano, estabelecendo a Ordem
Sincrônica e a Lei do
Tempo como sendo a nova base de conhecimento.
- Reformular a mente humana com um conhecimento genuinamente quadridimensional
que opera em
ciclos perfeitos de 52 anos solar-galácticos.

O Sincronário de 13 Luas não reconhece o dia bissexto e, assim mantém a proporção da


Ordem Sincrônica, a genuína ordem quadridimensional, na qual a irregularidade do dia
bissexto não ocorre. Enquanto o calendário gregoriano ainda é usado apenas como um
ponto de referência, o dia bissexto, 29 de fevereiro é considerado um Kin 0.0
Hunab’Ku.

Quando a humanidade estiver harmonizada com a ordem supramental da Lei do Tempo,


e o calendário gregoriano for ignorado, estaremos habilitados para estabilizar,
telepaticamente, a rotação da Terra em exatos 365 dias; assim eliminando o dia
bissexto.

Não existem conflitos entre o Encantamento do Sonho e a Conta Longa. Meramente,


são dois padrões de medida que servem a propósitos diferentes; ambos do mesmo
sistema, mas operando com diferentes aplicações.
A Ordem Sincrônica harmoniza todos os sistemas de contagem do tempo, inclusive a
Conta Longa, os calendários Solares, Lunares etc.

Atualmente, entre 29.2.2004 e 28.2.2008, a diferença entre o Kin do Encantamento do


Sonho e o Kin da Conta Longa é de 49 dias. Entre 2008 e 2012, a diferença cairá para
48 dias e, depois de 2012, será de 47 dias. Então hoje, Kin 196 no Encantamento do
Sonho, é Kin 147 na Conta Longa. O solstício de verão de 21.12.2012, será Kin 207-
Mão Cristal Azul, no Encantamento do Sonho e Kin 160 – Sol Auto-existente Amarelo,
na Conta Longa.

As pessoas que julgam haver conflito entre os dois sistemas, ainda estão imersas no
dualismo e acreditam estarem certos.

A futura evolução, mente-espirito, manterá múltiplos aspectos simultâneos, de


percepção da harmonia inerente a todas as formas e experiências de unificação, não
dual, do ser em relação aos demais.

No ano da Semente Cósmica (2005/2006), a Fundação para a Lei do Tempo começará a


publicação do Sincronômetro UR, demonstrando a correlação entre o Encantamento do
Sonho, a Conta Longa, bem como os calendários Solares e Lunares dos povos do
planeta Terra.

Kin 196 – Guerreiro Magnético Amarelo (8.2.2005)


Lua Galáctica do Falcão – Ano Tormenta Cristal Azul