Você está na página 1de 12

1

APOSTILA DE GEOMETRIA ANALÍTICA

Vetores em R2
Um vetor é um ente que representa uma grandeza que possua módulo, direção e sentido.
Uma forma de se representar um vetor é através de um segmento de reta orientado, sendo que seu comprimento é o
módulo do vetor, a direção da reta suporte é a direção do vetor e o sentido do segmento orientado é o sentido do vetor.
Através de um plano cartesiano é possível representar um vetor de uma maneira mais simples, ou seja, simplesmente
fornecendo os pares ordenados correspondentes à sua origem e à sua extremidade.
Existe uma propriedade muito importante dos vetores que é o fato de que qualquer segmento de reta que possua iguais:
módulo, direção e sentido representar o mesmo vetor, ou seja, um vetor não está preso a uma determinada posição,
podendo ser representado em qualquer lugar. Por isso podemos convencionar que nossos vetores tem origem
coincidindo com a origem do sistema cartesiano e dessa forma não é necessário mais informar o par ordenado onde os
vetores se iniciam, bastando então informar o par ordenado de sua extremidade. Sendo assim temos que:
Um vetor v do plano R2 é simplesmente um par ordenado de números reais. Escrevemos ⃗ e chamamos
e de componentes do vetor ⃗. É usado também representar um vetor por uma matriz coluna, ou matriz linha, ou seja:
⃗ * + [ ]

Vetor fora da origem

Quando um vetor estiver fora da origem podemos desloca-lo para lá da seguinte forma:
Seja o vetor ⃗⃗⃗⃗⃗⃗ , ou seja com início em A e extremidade em B, sendo e então:
⃗⃗⃗⃗⃗⃗

Soma de vetor com escalar

Da definição anterior pode-se escrever:


⃗⃗⃗⃗⃗⃗

Então:
⃗⃗⃗⃗⃗⃗

Sendo assim o ponto B, extremidade do vetor, é obtido através da soma (coordenada com coordenada) do vetor ⃗⃗⃗⃗⃗⃗ com
seu ponto inicial A.

Igualdade de Vetores
Dois vetores são iguais quando possuem mesmo módulo, mesma direção e mesmo sentido e portanto são
representados pelo mesmo par ordenado.

Módulo de Vetores

O módulo de um vetor é o seu comprimento ( sua intensidade ). Pelo teorema de Pitágoras é fácil mostrar que:
‖ ⃗‖ √
2

Adição de Vetores

A soma de dois vetores ⃗⃗ e ⃗ é o vetor ⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗


Este resultado está de acordo com a soma de vetores da forma exigida pelas leis da Física.

Multiplicação de Vetores por Escalar

Dado um vetor ⃗ e um escalar , chamamos de múltiplo escalar ao vetor dado por:



O múltiplo escalar tem as seguintes características:
- mesma direção de ⃗
- módulo igual ‖ ⃗‖
- mesmo sentido de ⃗ se e sentido oposto ao de ⃗ se .

Subtração de Vetores

É definida como sendo a soma com o oposto, em que o oposto de um vetor é o resultado de sua multiplicação pelo
escalar .
⃗⃗ ⃗ ⃗ ⃗

⃗⃗ ⃗⃗ ⃗

Produto escalar de Vetores

Existem mais de uma forma de se multiplicar dois vetores. Veremos agora a maneira conhecida como produto escalar
que é aquele em que o produto de dois vetores tem como resultado um escalar.
Sejam ⃗⃗ e⃗ então o produto escalar entre eles é definido como sendo:

⃗⃗ ⃗ ⃗⃗ ⃗
3

Ângulo entre Vetores

O ângulo entre os vetores não nulos ⃗⃗ e ⃗ é o ângulo


definido por eles.

⃗⃗ ⃗⃗ ⃗

‖ ⃗⃗ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

⃗⃗ ⃗
‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

Observação: Desta expressão vemos que dois vetores são ortogonais (ou perpendiculares) quando o produto escalar
entre eles é nulo. Dessa forma consideramos que o vetor nulo é ortogonal a qualquer vetor.

Vetor unitário

Um vetor unitário é um vetor de módulo 1.


Se v é um vetor não nulo, então o vetor
⃗⃗ ⃗
‖ ⃗‖

é um vetor unitário com mesma direção e mesmo sentido que v , chamado de versor.
4

Vetores em R 3

É a ampliação dos conceitos do plano para o espaço . Todas as definições são idênticas, bastando se
acrescentar uma terceira coordenada.
Assim, um vetor em é representado por uma terna ordenada ⃗ , sendo que as coordenadas são chamadas
de abcissa, ordenada e cota.
Para a representação gráfica é usado normalmente um sistema ortogonal de eixos , conforme a figura.

Base Canônica

Os vetores unitários ⃗ ⃗ ⃗⃗ forma a base canônica do espaço vetorial ,


ou seja, todos os vetores podem ser determinados a partir destes três vetores.
Estes vetores são unitários, dois a dois ortogonais e paralelos aos eixos cartesianos ( ⃗ paralelo ao eixo x,
⃗ paralelo ao eixo y e ⃗⃗ paralelo ao eixo z).
O vetor ⃗ pode ser escrito como ⃗ ⃗ ⃗ ⃗⃗

Exercícios
1)Dados os pontos , até que ponto se deve prolongar o segmento AB, no sentido de A para B,
para que seu comprimento quadruplique de valor?

2)Apresentar o vetor genérico que satisfaz a condição:


a)paralelo ao eixo x
b)representado no eixo z
c)paralelo ao plano xy
d)ortogonal ao eixo y

3)Quais dos seguintes vetores são paralelos?


⃗⃗ ⃗ ⃗⃗⃗ ⃗

4)Verificar se são colineares os pontos: .

5)Determinar o valor de n para que o vetor ⃗ ( ) seja unitário.

6)Obter o ponto P, do eixo das abcissas, que é equidistante dos pontos .


5

7)Sabendo que o ângulo entre os vetores ⃗⃗ ⃗ é de 60°, determine o ângulo entre os vetores
a) ⃗⃗ ⃗⃗⃗⃗⃗⃗
b) ⃗⃗ ⃗⃗⃗⃗⃗

8)Deduza uma fórmula para o ponto médio de um segmento de reta dado.

9)Qual é o ponto inicial do segmento orientado que representa o vetor ⃗ , sabendo que sua extremidade está no
ponto ?

10)Determine o vértice oposto a A, no paralelogramo ABCD, sendo .

11)Seja o segmento de reta de extremidades Encontre os pontos C e D que dividem este


segmento em três partes iguais.

12)Encontre os valores de x para que o vetor ⃗ tenha módulo 4.

13)Dados os pontos , determine o ponto N pertencente ao segmento AB tal que


⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗ ⃗⃗⃗⃗⃗⃗

14)Determine o vetor ⃗, paralelo ao vetor ⃗⃗ , tal que ⃗ ⃗⃗

15)Qual é o valor de para que os vetores ⃗⃗ e⃗ sejam ortogonais?

16)Verifique se os pontos são vértices de um triângulo retângulo.

17)Verifique se os pontos são vértices de um triângulo equilátero.

18)Determine os vetores unitários paralelos ao plano yz e que são ortogonais ao vetor ⃗

19)Calcule n para que seja de 30° o ângulo entre os vetores ⃗ e ⃗⃗

20)Sejam vértices de um triângulo ABC. Determine o valor de m para que o


triângulo seja retângulo em A.

Produto vetorial
O produto escalar é o produto entre dois vetores cujo resultado é um escalar, por outro lado, o produto vetorial é um
produto entre dois vetores cujo resultado é outro vetor.
O produto vetorial é indicado por ⃗⃗ ⃗ e está definido apenas no espaço .
Dados dois vetores ⃗⃗ e ⃗ , define-se o produto vetorial entre eles como sendo:

⃗⃗ ⃗ (| | | | | |)

O produto vetorial é ortogonal a ambos os vetores e seu sentido é dado pela “regra da mão direita”: coloque a mão
direita de tal forma que a palma fique orientada de u para v pelo menor ângulo. Gire a mão neste sentido e então o
polegar indicará o sentido do produto vetorial.
O módulo do produto vetorial pode ser calculado por:

‖⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗⃗‖ ‖ ⃗⃗‖ ‖ ⃗‖

O produto vetorial é numericamente igual à área do paralelogramo determinado pelos vetores.

Exercícios
1)Sejam os vetores ⃗⃗ ⃗ ⃗⃗⃗ .
a)utilize o produto escalar para mostrar que ⃗⃗ é ortogonal a ⃗ e a ⃗⃗⃗.
b)mostre que o produto vetorial de ⃗ por ⃗⃗⃗ é paralelo a ⃗⃗.
6

2)Demonstre que o produto vetorial entre dois vetores paralelos é nulo.

3)Dados os vetores ⃗⃗ ⃗ , determinar um vetor unitário simultaneamente ortogonal a ⃗⃗ e a ⃗.

4)Calcular o valor de m para que a área do paralelogramo determinado por ⃗⃗ e ⃗ seja igual a
√ .

Aplicações
Ex.1:Um navio está sendo empurrado por uma barcaça através de uma força com intensidade de 1200 kgf ao longo do
semieixo negativo dos y e de 1600 kgf através do semieixo negativo dos x. Encontre a intensidade da força resultante.

Ex.2:O vetor ⃗⃗ dá a quantidade ( em metros) de quatro tipos de fios necessários ao projeto elétrico de
uma casa. O vetor ⃗ dá o preço ( em reais) respectivamente de cada tipo de fio. Encontre o produto escalar
(produto interno) e diga qual é o significado deste resultado.

Área do triângulo
‖ ‖

em que u e v são vetores suporte dos lados formados a partir de um vértice na origem.

Volume do paralelepípedo
‖ ‖

em que , e são vetores suportes dos lados a partir de um vértice na


origem.
Este volume é dado também por:

‖ ‖

Ex.3: Encontre o volume do paralelepípedo com um vértice na origem e arestas ⃗⃗ ⃗ ⃗⃗⃗

Ex.4: Encontre o volume do paralelepípedo com um vértice na origem e vértices adjacentes


e - .
7

ESTUDO DA RETA

Equação vetorial

Um vetor não nulo paralelo a uma reta determina sua direção.


A reta fica determinada por um vetor paralelo a ela e por um de seus pontos.

y r

P . ⃗⃗

Sejam um ponto da reta r e ⃗ um vetor não nula paralelo a esta reta, chamado de vetor diretor. Então é
possível encontrar qualquer ponto da reta, pois sempre existe um escalar , tal que:

⃗⃗

Esta equação é chamada de equação vetorial da reta.


t é um parâmetro, que pode assumir qualquer valor real. Para cada valor atribuído ao parâmetro encontra-se um ponto
da reta.

Equações Paramétricas
Desenvolvendo a equação vetorial em termos de coordenadas fica:

:{

Este sistema é chamado de sistema de equações paramétricas da reta.

Equações Simétricas

Se nenhuma das coordenadas do vetor diretor da reta for nula é possível encontrar o valor do parâmetro nas três
equações do sistema e igualando-os tem-se:

Este sistema de equações é chamado de equações simétricas da reta.


8

Exercícios:
1)Sejam pontos de uma reta r. Escreva equações para a reta r, nas formas vetorial,
paramétricas e simétricas.

2)Escreva equações paramétricas dos eixos coordenados. Essas equações podem ser colocadas na forma simétrica?

3)Obtenha uma equação vetorial da reta r que contém o ponto e é paralela à reta s de equações
paramétricas:

:{

4)Obtenha equações paramétricas da reta que contém o ponto e cujo vetor diretor é ortogonal ao vetor
⃗⃗ .

5)Mostre que as equações descrevem uma reta, escrevendo-as de modo que possam ser reconhecidas
como equações na forma simétrica. Além disso, encontre equações desta reta nas formas vetorial e paramétricas. Em
seguida encontre as coordenadas de três pontos quaisquer desta reta.

6)Escreva equações na forma simétrica da reta determinada pelo ponto e pelo ponto médio do
segmento de extremidades .

7)Usando somente números inteiros, escreva uma equação vetorial da reta que contém o ponto médio do segmento de
√ √ √
extremidades e tem por vetor diretor ⃗ ( ).

8)Sejam .
a)mostre que estes pontos são vértices de um triângulo.
b)escreva equações paramétricas da reta que contém a mediana relativa ao vértice C.
c)escreva uma equação vetorial da reta que contém a altura do triângulo pelo vértice B.

9)São dados os pontos , e a reta : . Determine o ponto C da reta r tal


que A, B e C sejam vértices de um triângulo retângulo em A.

10)Sejam . Escreva equações da reta AB nas formas vetorial, paramétrica e simétrica e


obtenha os pontos da reta que distam √ de A.

11)Sejam . Determine o ponto P da reta AB tal que sua distância até B seja o triplo de sua
distância até A.

12)Sejam : . Obtenha os pontos de r que distam √ de A.

13)O ponto pertence à reta que passa por e . Determine P.

14)A rota reta de um avião é dado por : . Verifique se o ponto pode pertencer à rota do
avião.

15)Determine o ponto da reta : que possui abcissa 5.

16)Obtenha um vetor paralelo à reta : que tenha ordenada igual a 2.

17)Obter equações reduzidas na variável x, da reta que passa por e tem a direção de ⃗ .
9

18)Na reta : , determinar o ponto de abcissa igual ao dobro da cota.

19)Determine equações paramétricas que passa pelo ponto e é perpendicular ao plano xz.

20)Verifique qual é a posição relativa entre as retas:


a) : , e :,

b) : :

c) : { e :{
10

ESTUDO DO PLANO
Um plano fica definido por três de seus pontos ou por um ponto do plano e dois vetores paralelos ao plano e não
paralelos entre si. Estes dois vetores formam um par de vetores diretores do plano.

⃗⃗
P

Equação Vetorial
Seja um ponto do plano ⃗⃗ e ⃗ um par de vetores diretores. Um ponto X pertence ao plano se, e somente
se, existirem escalares e tais que o vetor ⃗⃗⃗⃗⃗⃗ seja resultante da soma de ⃗⃗ e ⃗, previamente multiplicados por estes
escalares, ou seja,

⃗⃗⃗⃗⃗⃗ ⃗⃗ ⃗

ou, utilizando a soma de ponto com vetor:

⃗⃗ ⃗⃗

que é chamada de equação vetorial do plano.

Equações Paramétricas

Desenvolvendo a equação vetorial em termos de coordenadas temos:

:{

Este é chamado de sistema de equações paramétricas do plano.

Equação Geral
O ponto X pertence ao plano se, e somente se, o sistema homogêneo a seguir possuir soluções não triviais.

( )
:{ ( )
( )
11

Então o determinante do sistema deve ser nulo, ou seja:

( )
| ( )|
( )

Desenvolvendo o determinante pela terceira coluna temos:

( )| | ( )| | ( )| |

Se fizermos as seguintes substituições:

| | | | | |

a equação fica:

Novamente vamos fazer uma substituição: , temos:

Que é chamada de equação geral do plano.

Observações:
- O plano é paralelo a um dos eixos coordenados se, e somente se, o coeficiente da variável correspondente a esse eixo é
nulo ( ou seja, essa variável está “ausente” na equação
- O plano é paralelo a um dos planos coordenados se, e somente se, os coeficientes das duas variáveis correspondentes a
esse plano são nulos.
- Dada a equação geral do plano , um vetor ⃗⃗⃗ é paralelo ao plano se, e somente se,

Considere um vetor ⃗⃗ ortogonal a um plano. Então a equação geral deste plano é da forma: c
d , pois considere um vetor ⃗⃗⃗ paralelo ao plano, então:

e este é exatamente o produto escalar entre os dois vetores, e como é nulo garante que eles são ortogonais e portanto ⃗⃗ é
ortogonal ao plano.
12

Exercícios

1)Seja o plano que contém os ponto e é paralelo aos vetores ⃗⃗ e ⃗ .


a)Verifique se os pontos e pertencem ao plano.
b)Verifique se o vetor ⃗⃗⃗ é paralelo ao plano.

2)Encontre uma equação vetorial do plano definido pelos pontos:


a) e -
b) - e -

3)Obtenha equações paramétricas do plano xy.

4)Obtenha uma equação geral do plano que contém o ponto e é paralelo aos vetores ⃗⃗ ⃗
.

5)Mostre que, se , então os pontos não são colineares e o plano determinado por eles
pode ser descrito pela equação , que recebe o nome de equação segmentária.

6)Seja o plano de equação geral . Mostre que o vetor ⃗ não é paralelo a este plano.

7)Encontre uma equação geral do plano de equações paramétricas

:{

8)Dada a equação geral : , encontre equações paramétricas deste plano.

9)Encontre um vetor ortogonal ao plano : .

10)Verifique se o vetor ⃗⃗ é ortogonal ao plano definido pelos pontos .

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANTON, Howard. Álgebra linear com aplicações. 8 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.
CAMARGO, Ivan de e BOULOS, Paulo. Geometria analítica: um tratamento vetorial. 3 ed. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
FEITOSA, Miguel O. Cálculo vetorial e geometria analítica. 4 ed. São Paulo: Atlas, 1996.
KOLMAN, Bernard. Introdução à algebra linear com aplicações. 6 ed. Rio de Janeiro: Prentice-Hall, 1998
LARSON, Roland E. e HOSTETLER, Robert P. Cálculo com geometria analítica. 5 ed. vol.2. Rio de Janeiro: LTC,1998.
PENNEY, David E. Introdução à álgebra linear. Rio de Janeiro: Prentice-Hall, 1998.
SANTOS, Reginaldo J. Matrizes, vetores e geometria analítica. Belo Horizonte: Imprensa da UFMG, 2006.
SANTOS, Reginaldo J. Geometria analítica e álgebra linear. Belo Horizonte: Imprensa da UFMG, 1999.
WINTERLE, Paulo. Vetores e geometria analítica. São Paulo: Pearson, 2000