Você está na página 1de 3

Tipos de Vidros

Vidro Acidado: Vidros trabalhados a ácido oferecem diversas opções estéticas para
arquitetos e decoradores.Combinam a leveza do vidro com a sutileza da translucidez,dando
um toque de nobreza ao design de móveis e à decoração dos mais diversos ambientes.
Vidro Anti-reflexo: Existem dois tipos de vidro anti-reflexo: o proveniente do vidro
impresso, produzido nacionalmente pela União Brasileira de Vidros e pela Saint-Gobain Glass
e o importado,produzido pela Cebrace ou pela empresa alemã Schott.O anti-reflexo
proveniente do vidro impresso não possui o mesmo grau de transparência do vidro float
comumente utilizado em vitrines.O anti-reflexo importado,por sua vez,apresenta total
transparência e pode ser aplicado em quadros e também em janelas e vitrines.Dotados de
uma película invisível,aplicada no processo de fabricação do vidro atenua consideravelmente
os reflexos de luz natural ou artificial.
Vidro Anti-riscos: O vidro anti-riscos foi uma novidade implantada no Brasil.O produto
possui um revestimento especial aplicado durante o processo de fabricação do vidro que lhe
confere resistência a riscos e arranhões 10 vezes mais que os comuns.
Vidro Antivandalismo: São projetados para frustar ataques rápidos-como,por exemplo
o lançamento de um tijolo,sem desprendimento de pedaços de vidro,enquanto se aguarda
sua reposição.Evita-se dessa maneira o roubo,a deterioração dos objetos pelas intempéries e
os fragmentos de vidros espalhados.
Vidro Aramado: O aramado foi o primeiro vidro de segurança a ser utilizado na
construção civil e na decoração de ambientes.É um vidro impresso,translúcido,disponível em
várias cores.Nele é incorporada uma rede metálica de malha quadrada.É considerado vidro
de segurança,segundo as normas da Associação Brasileira de NormasTécnicas(ABNT).
Vidro Auto-limpante: Muitos projetos criativos têm limitado a utilização de vidros
unicamente pela dificuldade de limpeza.Com certeza,vidro sujo desvaloriza a obra e mantê-la
sempre limpa pode representar custo de manutenção extra.
Vidro Baixo-emissivo: Também conhecidos como vidros Low-E,apresentam uma
metalização que permite diminuir fortemente as perdas térmicas através do
vidro,principalmente Quando são incorporados em um vidro insulado (ou duplo).
Vidro Colorido: Além da aplicação artesanal de tintas especiais para vidros e do processo
de serigrafia,existem três formas de produção industrial de vidro colorido: aplicação de
aditivos na massa;deposição de camada refletiva;laminação de película plástica colorida.Os
vidros impressos e float coloridos na massa distinguem-se dos incolores pelo fato de aditivos
minerais serem incorporados em suas composições,conferindo-lhes de um lado coloração e
,de outro,proporcionando-lhes o poder de barrar um mínimo de radiação solar.São
produzidos nas cores fumê(cinza),bronze,verde e azul.
Vidro Craquelado: São vidros laminados compostos por uma lâmina interna de vidro
temperado com duas lâminas externas de vidros comuns (float).No processo de produção do
craquelado,o vidro temperado interno é quebrado e fragmenta-se,ficando aderido à película
plástica e preso às lâminas externas.
Cubas de Vidro: Cubas de vidro estão sendo bastante utilizadas na decoração de lavabos
e banheiros de alto padrão.A sofisticação e o requinte de gabinetes e pias que comportam
esse item valorizam os ambientes nos quais são instalados.As cubas de vidro possuem
origem entre designers italianos,devido a isso,os principais maquinários para sua produção
são provenientes da Itália.
Vidro Curvo: Vidros podem ser curvados com várias inclinações ou moldados de diversas
formas.Embora alguns acreditem tratar-se de uma técnica de beneficiamento inovadora e
ainda não testada na prática,os vidros curvos estão muito mais próximos de nossa
realidade.Um exemplo de vidros curvos que fazem parte do dia-a-dia das pessoas(sem que
estas se dêem conta disso)são os pára-brisas dos automóveis.
Vidro Duplo: Vidro duplo é também denominado vidro insulado ou sanduíche de
vidros.Na verdade trata-se de um sistema de duplo envidraçamento que permite aliar as
vantagens técnicas e estéticas de pelo menos dois tipos diferentes de vidro,com o benefício
da camada interna de ar ou gás.O sistema é sensacional quando a intenção é aproveitar a
luz natural,com bloqueio do calor proveniente da radiação solar.
Espelhos: Sempre foram utilizados por arquitetos e decoradores para ampliar ambientes e
proporcionar maior aproveitamento da luz natural.Essas possibilidades foram ampliadas com
o desenvolvimento das técnicas de espelhação,que garantiram a produção de espelhos mais
resistentes e nas cores prata,verde,cinza e bronze. Recentemente, a multinacional norte-
americana Guardian lançou no mercado um espelho que além de resistente a manchas é
também 10 vezes mais resistente a riscos e arranhões.O produto foi idealizado para ser
utilizado em tampos de mesa,aparadores,revestimento de mesas e paredes.
Vidro Float(liso ou comum): Matéria prima para a maioria dos transformados
existentes no Mercado,como os temperados,laminados,refletivos e espelhos,os vidros float
são assim denominados devido seu processo de produção.São também chamados de vidro
comum.
Vidro Fotoenergéticos: São denominados vidros fotoenergéticos os painéis de diversos
fabricantes,que captam a energia do sol e a transforma em energia elétrica.No Brasil existem
poucos casos de aplicação desses vidros e somente em faculdades de arquitetura e
engenharia.Entretanto,pelo apelo ecológico que propõem,podem se transformar em projetos
viabilizados em um futuro muito próximo.
Vidro Fusing: Vidro fusing significa o vidro utilizado em decoração ou em peças utilitárias
feitas a partir do sistema de fusão de vidros ou de cacos moídos que utiliza o mesmo
nome.Nas vidraçarias,o sistema fusing permite o aproveitamento de sobras,transformando-
se,em alguns casos,na atividade principal da empresa.os produtos que recebem toques
artísticos deixam de ser comparados com similares do mercado e Podem proporcionar uma
margem de lucro maior,principalmente se forem direcionados a um público que exige e
valoriza essa personificação.
Vidro Impresso: Por vidro impresso entende-se vidro translúcido,com uma ou ambas as
faces impressas com desenho ou motivos ornamentais.É o nome adotado pelos fabricantes
pelo fato de um desenho ser impresso na superfície do vidro quando ainda quente.É
conhecido no Brasil também,popularmente,por vidro fantasia.
Vidro Impresso Espelhado: Lançado oficialmente no Brasil em 2002,esse produto
consiste em se aplicar ao vidro impresso,transparente ou colorido na massa,o benefício de
espelhação.Com isso, o produto adquire refletividade difusa e diferenciada,podendo ser
utilizado para revestimento,principalmente de móveis,colunas e paredes.O impresso
Espelhado possui aspecto semelhante ao metal,com a vantagem de ser resistente à
ferrugem e à abrasão.
Vidro Impressos para móveis: Os vidros impressos vêm ganhando importância cada
vez maior no setor moveleiro,ao ponto de alguns padrões de impressão terem sido
desenvolvidos pensando-se principalmente nesse mercado.
Vidro Jateado: A técnica de jatear vidros é antiga e já passou por diversas
evoluções.Atualmente é feita em cabine fechada,sem contato com o artista.Não existe mais
a utilização da areia,mas de pós abrasivos mais eficientes e menos tóxicos.
Vidro Laminado: O conjunto de duas ou mais chapas de vidro que tenham sido
submetidas a um processo de laminação-onde são unidas por uma película plástica ou
acrílica-passa a ser chamado de vidro laminado.O vidro laminado atende às exigências mais
rigorosas de segurança,controle sonoro,controle de calor(quando associado a um vidro
refletivo).A película plástica do laminado com polivinil Butiral (PVB)filtra até 99,6%dos raios
ultravioletas(radiação abaixo de 360 nanômetros),os principais responsáveis pelo
descoloramento de móveis,tecidos e objetos.
Vidro Laminado de impressos: Está acontecendo no mercado uma nova descoberta
do vidro impresso.Esse vidro que era limitado a poucas aplicações na construção civil está
ganhando,nos últimos anos,espaço cada vez maior na arquitetura e na decoração de
ambientes.
Vidro Laminados de temperados: Com as exigências da arquitetura moderna de
utilizar o vidro como elemento de estrutura,como pavimentos,pilares e vigas,o laminado de
temperados está ganhando grande importância.A laminação de duas ou mais chapas de
vidro temperados permite unir as qualidades desses dois tipos de vidros de segurança.
Vidro Laminados especiais: O aperfeiçoamento das técnicas de laminação permitiu
que o transformador criasse inúmeros produtos utilizando os recursos,tanto da laminação
com Polivinil Butiral(PVB)quanto da laminação por resina.Laminando-se o vidro jateado,com
a face jateada para dentro,protegida pela película de PVB ou resina,obtém-se um jateamento
menos opaco,protegido da sujeira e da gordura,que pode receber cores com a utilização de
lamina colorida.Laminando-se vidros serigrafados com a textura ou imagem para
dentro,obtém-se o laminado de serigrafados,que aumenta a resistência da parte impressa e
ainda pode receber cores de fundo com a utilização de laminação colorida.Laminando-se
duas lâminas de vidro anti-reflexo impressos obtém-se uma textura semelhante ao
acidado,com a vantagem da laminação,podendo receber cores com a laminação colorida.
Vidro Lapidado ou Bisotado: Para a maioria das aplicações,os vidros foat,impressos
ou espelhos precisam receber tratamento de bordas para que não causem ferimentos e para
que ganhem maior resistência,evitando o surgimentos de trincas.Biselado e bisote corte
obtuso.Na verdade o efeito não é produzido através do corte,mas sim pela lapidação e
polimento da superfície do vidro por meios de maquinas especiais e rebolos diamantados.
Vidro Metalizado a vácuo: O vidro refletivo metalizado a vácuo é um produto
desenvolvido para ,através do controle de entrada de calor no ambiente,proporcionar maior
conforto e economia ao usuário.É o vidro que possui melhor desempenho para controle do
calor solar em sua forma monolítica(sem a combinação com outros vidros ou com sistemas
com câmara de ar interna.
Vidro Opacado eletronicamente: Chamado de diversos nomes por variados
revendedores ou fabricantes,denominamos opacados eletronicamente os vidros técnicos que
perdem ou ganham opacidade imediatamente,ao simples apertar de um botão.
Vidro Pirolítico: Chamamos comumente de vidros espelhados,os refletivos pirolíticos são
os Vidros para controle solar que se destacam pela resistência de sua camada metalizada e
pela sua alta transmissão luminosa.No processo de metalização on-line,a deposição da
camada refletiva ocorre durante a fabricação do vidro float,por pulverização de óxidos
metálicos,o que garante durabilidade e homogeneidade da camada refletiva. Devido a essa
resistência à abrasão,o refletivo pirolítico pode ser temperado,curvado, Laminado ou
utilizado de forma monolítica,além de poder compor o duplo envidraçamento.
Vidro Resistentes a bala: Chamados também de vidros blindados ou à prova de
bala,são projetados para oferecer proteção contra disparos de armas de fogo ou objetos
lançados contra ele.Geralmente são compostos por várias lâminas de vidro,intercalada por
camadas plásticas reforçadas.Tais camadas plásticas amortecem o impacto,absorvendo
energia,enquanto o vidro oferece resistência ao projétil.
Vidro Resistente ao fogo: Os vidros resistentes ao fogo sem malha metálica são
vidros laminados compostos por várias lâminas intercaladas com material químico
transparente,que se funde e dilata em caso de incêndio.Essa reação se ativa quando a
temperatura de uma das faces do vidro atinge 120ºC.
Vidro Serigrafado: No processo de serigrafia do vidro é feita a aplicação de uma tinta
vitrificada(esmalte cerâmico)no vidro comum,incolor ou colorido na massa.Em seguida esse
vidro passa por um forno de têmpera onde os pigmentos cerâmicos passam a fazer parte
dele.Ao final do processo,obtém-se um vidro temperado com textura extremamente
resistente,inclusive ao atrito com metais pontiagudos.
Vidro Temperado: O vidro temperado é obtido pela passagem do vidro comum por um
forno de têmpera horizontal ou vertical.É considerado vidro de segurança porque evita a
ocorrência de acidentes graves.Em caso de quebra,seja qual for o ambiente,o vidro se
fragmenta em pequenos pedaços de bordas pouco cortantes,minimizando o risco de
ferimento profundo.O vidro temperado também possui maior resistência à flexão que os
vidros comuns e pode suportar diferenças de temperaturas de até200°C.