Você está na página 1de 2

PREPARATÓRIO ALEX FREITAS

GEOGRAFIA – PROF. BRUNO CURCIO


EXERCÍCIOS ESPAÇO AGRÁRIO BRASILEIRO
1 – (ENEM) O Centro-Oeste apresentou-se como extremamente receptivo aos novos fenômenos da urbanização, já que era praticamente virgem, não possuindo
infraestrutura de monta, nem outros investimentos fixos vindos do passado. Pôde, assim, receber uma infraestrutura nova, totalmente a serviço de uma economia
moderna.
O texto trata da ocupação de uma parcela do território brasileiro. O processo econômico diretamente associado a essa ocupação foi o avanço da
a) industrialização voltada para o setor de base.
b) economia da borracha no sul da Amazônia.
c) fronteira agropecuária que degradou parte do cerrado.
d) exploração mineral na Chapada dos Guimarães.
e) extrativismo na região pantaneira

2 - (ENEM) O gráfico representa a relação entre o tamanho e a totalidade dos imóveis rurais no Brasil. Que
característica da estrutura fundiária brasileira está evidenciada no gráfico apresentado?
a) A concentração de terras nas mãos de poucos.
b) A existência de poucas terras agricultáveis.
c) O domínio territorial dos minifúndios.
d) A primazia da agricultura familiar.
e) A debilidade dos plantations modernos.

3 - (UFRN) Leia a charge a seguir.

A charge coloca em evidência um conflito


que está presente no espaço rural brasileiro.
Esse conflito envolve duas lógicas: a
preservação da floresta e a expansão do
agronegócio. No Brasil, o desenvolvimento
do agronegócio:

a) requer grandes extensões de terra para o cultivo de monoculturas, degradando áreas


de floresta nativa.
b) baseia-se no uso intensivo do solo para a prática da policultura, provocando desmatamento em reservas florestais.
c) favorece a desconcentração de terras para a produção agrícola, provocando a erosão de solos em áreas de floresta.
d) fundamenta-se na diversificação do uso do solo para fins agrícolas, degradando o ecossistema florestal.

- - ,
ortes.

.
.
.
d) a si .
e) os sistemas de cultivo mecanizado voltados para o abastecimento do mercado interno.

5 - (UEL) Leia o texto a seguir.


É possível identificar no Brasil vários municípios cuja urbanização se deve diretamente à expansão da fronteira agrícola moderna, formando cidades funcionais ao campo
“ ó ”.
“ ó ” sinale a alternativa correta.
a) A expansão da fronteira agrícola moderna e a criação das cidades do agronegócio ocorreram a partir de 1970, com a incorporação das terras do cerrado, impulsionada
por políticas públicas voltadas à ocupação de terras e ao desenvolvimento local.
b) A fronteira agrícola moderna e o aparecimento das cidades do agronegócio estão associados às políticas do governo Vargas direcionadas à agricultura, com a criação, em
1951, do Sistema Nacional de Crédito Rural.
c) A fronteira agrícola moderna e o aparecimento das cidades do agronegócio ocorreram após investimentos dos Estados Unidos, na década de 1950, em território
brasileiro para produção destinada à exportação.
d) As cidades do agronegócio estão localizadas predominantemente no Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estados onde ocorreu a expansão da fronteira agrícola
moderna a partir da década de 1960.
e) Por intermédio da expansão da fronteira agrícola moderna e da criação das cidades do agronegócio, a partir da década de 1950, houve uma difusão do meio técnico-
científico-informacional em todo o território nacional.

6 – (FGV “ ê C j e completou quatro anos de


impunidade, não são fatos isolados. O Setor de Documentação da Comissão Pastoral da Terra (CPT), fez um levantamento sobre assassinatos no campo de 1985 a 2002.
Nesse período, foram registrados 1.280 assassinatos de trabalhadores rurais, advogados, técnicos, lideranças sindicais e religiosas ligados à luta pela terra. O estado onde
P 92 107 .” C P T .V ê e impunidade no campo. 10/04/2004.
Entre as causas prováveis desses conflitos, especialmente no Pará, está:
a) A formação de colônias agrícolas de pequenos agricultores, para acelerar a reforma agrária.
b) A grilagem de terras para atividades agropecuárias e a extração de madeira ilegal.
c) A compra de terras sem incentivos fiscais, com o intuito de formar complexos agropecuários.
d) A construção de rodovias, visando a criar uma saída da Amazônia para o Oceano Pacífico.
e) O aumento do número de posseiros, estimulados por créditos oficiais para ali se instalarem.

7 - (UECE) No Brasil há uma elevada concentração de terras. Os latifúndios predominam, ocupando a maior parte da área enquanto os minifúndios têm pouca
expressividade percentual. Sobre as características da estrutura fundiária brasileira, é correto afirmar-se que:
a) nas grandes concentrações fundiárias, geralmente existem grandes parcelas de terras improdutivas.
b) os pequenos produtores não têm problemas de endividamento no campo, em virtude das linhas de crédito oferecidas pelo Governo Federal.
c) a mecanização das lavouras nas grandes propriedades tem contribuído para a fixação do homem no campo.
d) no Brasil as maiores áreas de tensão e conflitos por disputa de terras estão localizadas na região Sul.
8 - (ETECS) No Brasil, parte da produção de alimentos é feita por trabalhadores agrícolas que se deslocam diariamente para a propriedade rural, executando tarefas sob
empreitada, em condições indignas e perigosas, trabalhando nas terras de outros por salários que não são suficientes nem para uma pessoa, que dirá para uma família.
É correto afirmar que os trabalhadores rurais mencionados no texto são os
a) meeiros, pois repartem com o dono da terra a metade da produção.
b) arrendatários, pois pagam pelo uso de terras durante um tempo determinado.
c) parceiros, pois pagam pelo uso da terra oferecendo parte do lucro da produção.
d) boias-frias, pois trabalham em diversas lavouras, mas não possuem suas próprias terras.
e) posseiros, pois têm a posse legal de um imóvel rural ou estão de posse de uma terra devoluta.

9 - UFJF - Leia a reportagem:


“Trabalhadores rurais ligados à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e à Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura
Familiar (Fetraf) fazem uma manifestação na Esplanada dos Ministérios desde as 9h30 desta quarta-feira (20). Eles reivindicam a implementação da reforma agrária e de
melhorias no campo. (…) O secretário de formação e organização social da Contag, Jurassi Souto, afirmou que os trabalhadores rurais lutam também pela segurança no
trabalho, pela geração de emprego no campo e a fiscalização nas empresas. "A reforma agrária no Brasil é fundamental para a geração de empregos e na venda e
produção de alimentos", disse. "Precisamos avançar e não retroceder."
G1 – Distrito Federal, 20 mai. 2015. Adaptado
O argumento em favor da reforma agrária associa a sua implementação ao aumento da produção de alimentos por intermédio:
a) da ocupação de latifúndios não produtivos.
b) do controle do Estado sobre a produção agrícola.
c) da redução da produção para o mercado externo.
d) da obrigatoriedade em produzir grãos em terras doadas.
e) do combate ao desperdício em propriedades rurais.

10 - ENEM - A maioria das pessoas daqui era do campo. Vila Maria é hoje exportadora de trabalhadores. Empresários de Primavera do Leste, Estado de Mato Grosso,
procuram o bairro de Vila Maria para conseguir mão de obra. É gente indo distante daqui 300, 400 quilômetros para ir trabalhar, para ganhar sete conto por dia. O texto
retrata um fenômeno vivenciado pela agricultura brasileira nas últimas décadas do século XX, conseqüência:
a) dos impactos sociais da modernização da agricultura.
b) da recomposição dos salários do trabalhador rural.
c) da exigência de qualificação do trabalhador rural.
d) da diminuição da importância da agricultura.
e) dos processos de desvalorização de áreas rurais

11 - UERJ - Criado nos anos 1980, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) tornou-se um dos mais importantes movimentos sociais do país. O que o MST
reivindica e qual é sua principal forma de atuação?
a) Reivindica a realização da reforma agrária e condições para a prática da agricultura familiar e atua principalmente por meio da ocupação de propriedades rurais
improdutivas.
b) Reivindica melhores condições de trabalho para os sem-terra empregados em grandes fazendas produtoras de alimentos e atua principalmente por meio de marchas de
protesto.
c) Reivindica auxílio financeiro do governo e construção de mais escolas e hospitais públicos nas áreas rurais e atua principalmente por meio de protestos.
d) Reivindica melhores condições nos assentamentos provisórios mantidos pelo governo e atua principalmente por meio da invasão de prédios públicos, como o Ministério
da Agricultura.

12 – (FUVEST)Nos últimos 20 anos, houve mudanças socioeconômicas significativas no Brasil. Entre elas, observa-se que
a) a produtividade agrícola avançou, mas não eliminou os movimentos sociais no campo.
b) o país entrou na era da globalização e a produção industrial alcançou autonomia tecnológica.
c) as crises econômicas não foram superadas, mas o produto interno bruto (PIB) cresceu continuamente.
d) as políticas para o meio ambiente ocuparam o centro da agenda governamental e suas metas principais foram implementadas.
e) o desemprego se agravou, mas as políticas públicas compensaram seus efeitos negativos.

13 - (FACID) O Piauí forma, com os Estados do Maranhão, Bahia e Tocantins, a região denominada de MAPITOBA, uma área de expansão econômica e moderna. Destacam-
se, entre as atividades desenvolvidas nesta região,
a) grandes projetos de mineração com destaque para a extração de ferro e manganês.
b) a exploração de grandes jazidas carboníferas, devido ser uma área rica em hidrocarbonetos.
c) a instalação de um centro têxtil que se beneficia da grande produção algodoeira da região.
d) a construção de um pólo termelétrico, explorando o grande reservatório de gás natural encontrado na área.
e) a formação de uma fronteira agrícola em grandes latifúndios destinada à industrialização e à exportação de commodities.

14 - (ENEM 2016) O bioma Cerrado foi considerado recentemente um dos 25 hotspots de biodiversidade do mundo, segundo uma análise em escala mundial das regiões
biogeográficas sobre áreas globais prioritárias para conservação. O conceito de hotspot foi criado tendo em vista a escassez de recursos direcionados para conservação,
j “ ” j mento de esforços, buscando evitar a
extinção de muitas espécies que estão altamente ameaçadas por ações antrópicas. A necessidade desse tipo de ação na área mencionada tem como causa a:
a) intensificação da atividade turística.
b) implantação de parques ecológicos.
c) exploração dos recursos minerais.
d) elevação do extrativismo vegetal.
e) expansão da fronteira agrícola.

15 – UERJ: Nas últimas décadas, o avanço da fronteira agrícola brasileira, exemplificado no mapa a partir
da expansão do cultivo da soja , além de incorporar novas áreas, causou diversas modificações nos
ecossistemas do país.

Identifique um dos biomas brasileiros que sofreram expressiva degradação em função da recente expansão
da soja no território nacional. Aponte, também, dois fatores que explicam o elevado crescimento de sua
produção de soja na região central do Brasil.