Você está na página 1de 4

Introdução aos Semicondutores

Prof.: Paulo Barreto


1 - Introdução

No modelo atômico de Bohr temos os prótons e nêutrons no núcleo e os elétrons girando em


torno deste na região chamada eletrosfera. Nesta camada os elétrons do átomo são distribuídos em
camadas. O número de elétrons que se encontram na camada mais externa do átomo determinam sua
valência.

Átomo de hélio -
Valencia 2 elétrons

Os elétrons que estão na última camada de um átomo são os que estão mais fracamente ligados a
este devido à distância que há entre ele e o núcleo. Estes elétrons ao receberem energia podem
desprender-se deste átomo e se tornarem livres, processo esse chamado ionização.

2 - Níveis de Energia

Como cada camada da eletrosfera está a uma determinada distância do núcleo cada elétron terá
um nível de energia diferente o que determina uma banda de energia (lembre-se que F=QqK / d2) . A
banda de valência é ocupada pelos elétrons de valência e a banda de condução é ocupada pelos
elétrons que ganharam energia e se desprenderam do átomo.

Eg Eg Banda de Elétrons Eg
Banda de condução livres
condução

Banda de
condução e
valência
sobrepostas

Banda de
Banda de valência
valência
Condutor
Isolante Semicondutor

 Condutores - São materiais que sustentam um fluxo de uso de carga, quando uma fonte de
tensão de amplitude limitada é aplicada através de seus terminais. Ex.: os metais.

 Isolantes - São materiais que oferecem um nível muito baixo de condutividade sob pressão de
uma fonte de tensão. Ex.: borracha, cortiça, cerâmica.

 Semicondutores - São materiais que possuem um nível de condutividade entre os extremos de


um isolante e um condutor. Ex.: silício, germânio. Os semicondutores apresentam redução da
resistência com aumenta da temperatura sendo considerados possuidores de coeficiente de
temperatura negativo.

 Materiais intrínsecos - São os semicondutores que sofreram um processo de refinamento para


que fosse reduzido ao máximo o nível de impurezas.

 Materiais extrínsecos – Materiais semicondutores que sofreram o processo de dopagem.

 Dopagem – processo de adição de átomos de impureza no material semicondutor. Adicionando-


se átomos pentavalentes (Arsênio, Fósforo e Antimônio) forma-se um semicondutor tipo N e
adicionando-se átomos trivalentes(Gálio,índio,boro) forma-se um semicondutor tipo P.
Molécula de silício

Material
intrínseco

Ligação
covalente

Elétron livre
lacuna

Impureza

Material tipo N Material tipo P

Em um material N o elétron é o portador majoritário e a lacuna é o portador minoritário, já no


material P a lacuna ou buraco é o portador majoritário e o elétron é o portador minoritário.

3 - Diodo semicondutor
Sem polarização

p n

Polarização reversa Polarização direta

p n p n

3 – Corrente Reversa

Na modelagem do diodo admite-se que a corrente reversa é nula, portanto em um diodo


polarizado reversamente a corrente reversa é nula e o circuito equivalente é um circuito-aberto.
Segundo a bibliografia de Malvino em um diodo real a corrente de reversa é composta pela
corrente de saturação reversa e pela corrente de fuga superficial. A corrente de saturação reversa
varia com a temperatura e é provocada pelos portadores minoritários enquanto a corrente de fuga
superficial varia com a tensão e é produzida por impurezas da superfície que criam trajetos ôhmicos
para a corrente.
EXERCÍCIOS

1) O que é um elétron livre?

2) O que é um íon?

3) O que é valência?

4) Qual a relação entre a energia e a distância do elétron ao núcleo?

5) O que é uma ligação covalente?

6) Qual é a valência de um átomo de silício?

7) Como um elétron da banda de valência pode chegar até a banda de condução?

8)EAGS2003- O nível de energia de um elétron é determinado pela:


a)camada interna do átomo
b)distância do núcleo de um átomo
c)diferença de potencial do núcleo
d) intensidade de energia acumulada

9)O que é um material intrínseco?

10)O que é um material extrínseco?

11)O que é dopagem?

12) Como podemos formar um material tipo N?

13) Como podemos formar um material tipo P?

14)Quem são os portadores majoritários e minoritários num material tipo N?

15) Quem são os portadores majoritários e minoritários num material tipo P?

16) O que acontece com a região de depleção logo que polarizarmos o diodo diretamente?
a) Há um aumento na largura da região
b) Não há variação na região de depleção
c) Há um aumento no número de portadores minoritários da região
d) Há uma redução na largura da região

17)O que acontece com a região de depleção logo que polarizamos o diodo reversamente?
a) Há um aumento na largura da região de depleção
b) Não há variação na região de depleção
c) Há um aumento no número de portadores majoritários da região
d) Há uma redução na largura

18)O que é corrente de saturação reversa?

19)Quem é o responsável pela corrente de saturação inversa?


a) portadores majoritários
b) portadores minoritários
c) região de depleção
d) a polarização direta

20) Qual é o efeito do aumento temperatura sobre a corrente de saturação inversa?

a) a corrente de saturação inversa aumenta


b) a corrente de saturação inversa diminui
c) a corrente de saturação inversa mantem-se constante
d) a corrente de saturação tende a torna-se nula
21) Qual é o efeito do aumento tensão reversa sobre a corrente de saturação inversa?

a) a corrente de saturação inversa diminui


b) a corrente de saturação inversa aumenta
c) a corrente de saturação inversa mantem-se constante
d) a corrente de saturação tende a torna-se nula

22) Como um diodo ideal se comporta quando polarizado diretamente?

23) Como um diodo ideal se comporta quando polarizado reversamente?

24) EAGS2002-A corrente reversa provocada pelos portadores minoritários, produzida termicamente
numa junção PN, é chamada
a)corrente de disparo
b) corrente de saturação
c)corrente direta
d)corrente de fuga

25) Sob condição de polarização direta um diodo ideal comporta-se como:


a)um circuito aberto
b)um resistor variável
c)uma chave aberta
d)um curto circuito

26) Sob condição de polarização reversa um diodo ideal comporta-se como:


a) uma chave aberta
b)um resistor variável
c)uma chave aberta
d) um resistor fixo

27)O que significa dizer que um material tem coeficiente de temperatura negativo? Esboçe um
gráfico(RxT). Dê exemplo de um material.

28)O que significa dizer que um material tem coeficiente de temperatura positivo? Esboçe um
gráfico(RxT). Dê exemplo de um material.