Você está na página 1de 28

Sistema Límbico

Principais áreas
Sistema Límbico específicas do córtex
Sistema Límbico

Límbico = de borda – estruturas ao redor das regiões basais do


encéfalo

Funções do sistema límbico:


Controle do comportamento emocional
Associação das emoções aos estímulos sensoriais e memórias –
agressividade, medo, prazer, excitação sexual
Impulsos motivacionais
Centros de recompensa e punição – direcionam a repetição ou aversão dos
estímulos
Controle de funções vegetativas
Sede, apetite, temperatura corporal, osmolaridade,
Sistema Límbico

Componentes do sistema límbico:

Hipotálamo no diencéfalo – vários núcleos

Estruturas subcorticais ao redor do hipotálamo – área septal; paraolfatória;


núcleo anterior do tálamo; parte dos núcleos da base; hipocampo e amígdala

Córtex límbico – formando um anel ao redor dessas estruturas profundas


´
Córtex límbico – vias de informação entre as estruturas
subcorticais e os outros córtices de associação
Sistema Límbico Sistema límbico
Sistema Límbico Sistema límbico
Hipotálamo

Hipotálamo – atua principalmente no controle das funções


vegetativas e endócrinas; também comportamental

Sinais eferentes para:


Tronco encefálico – sistema nervoso autônomo
Tálamo anterior e córtex límbico – áreas de associação
Para o infundíbulo – controle das secreções da neuro e adeno hipófise

Todos os núcleos das imagens seguintes não têm delimitação tão


específica como mostrado
Muitas funções dos núcleos são correlações de estudos em
animais + estudos de casos clínicos
Vias aferentes e
Hipotálamo eferentes do
hipotálamo
Hipotálamo Núcleos hipotalâmicos
Regulação
Hipotálamo cardiovascular
Hipotálamo Termorregulação
Regulação dos líquidos
Hipotálamo corporais
Contrações uterinas e
Hipotálamo lactação
Apetite e regulação
Hipotálamo gastrointestinal
Controle
Hipotálamo neuroendócrino –
hipófise
Hipotálamo Vista frontal
Hipotálamo

Hipotálamo também no controle comportamental:


Região lateral do hipotálamo no controle da fome e sede – mas também raiva
e agressividade
Região ventromedial no controle da saciedade – mas também tranquilidade

Zona periventricular – medo e punição


Várias áreas do hipotálamo – desejo sexual

Lesões na região lateral – redução crítica da fome e sede, além


de grande passividade
Lesões na região ventromedial – fome e sede compulsivas, além
de alta agressividade
Função Motivacional

Motivação = sinais internos que determinam comportamentos


voluntários
Comportamentos voltados para um objetivo
Ex.: vontade de comer, de beber; de fazer sexo; de aprender novas
habilidades

Centros de recompensa – sentimentos de satisfação e prazer


quando estimulados
Centros de punição – sentimentos de aversão, dor, medo, defesa
e escape quando estimulados
Recompensa e
Função Motivacional punição
Função Motivacional

Principais centros de recompensa – região lateral e ventromedial


Principais centros de punição – região periventricular e
substância cinzenta ao redor do aqueduto do mesencéfalo

Um estimulo forte dos centros de recompensa tem efeito oposto


– também causa sentimentos de punição

Estímulos dos centros de punição ao mesmo tempo que os de


recompensa podem acabar suprimindo os centros de
recompensa
Função Motivacional

Centros de punição e recompensa são importantes para o


processo de aprendizagem:
Estímulos sensoriais indiferentes = habituação das sinapses e não
consolidação dos estímulos sensoriais em memórias
Estímulos sensoriais punitivos ou de recompensa = facilitação das sinapses e
permanência dos traços de memória

Fisiologicamente, o prazer está relacionado com o aumento da


liberação de dopamina em partes sistema límbico – importância
das drogas aditivas
Muitas atuam ampliando os efeitos da dopamina
Alta atividade do sistema dopaminérgico – alucinações e paranoias
Sistema Límbico Hipocampo e amígdala
Sistema Límbico

Hipocampo – consolidação das memórias


O hipocampo é originário do córtex olfatório primitivo – decisões críticas para
a sobrevivência do organismo
Ex.: o que comer; se o ambiente é perigoso; se há parceiros para acasalar
É provável que essa tomada de decisões tenha sido incorporada na via de
consolidação de memórias – o que é importante é armazenado como
memórias
Mecanismos ainda não conhecidos – mas o hipocampo atua na facilitação
sináptica = consolidação das memórias de longo prazo

A estimulação de diferentes partes do hipocampo também causa


diferentes comportamentos – raiva, passividade, prazer, desejo
sexual
Sistema Límbico

Amígdala – recebe informações sensoriais e projeta para o córtex


límbico – respostas comportamentais adequadas para a situação
Muito relacionada com o córtex olfatório e memória olfatória – recebe
também informações dos córtices de associação, visual e auditivo

Sinais das amígdalas para o córtex límbico (e depois pré-frontal)


– controle consciente e expressão das emoções
Sinais das amígdalas para o hipotálamo e tronco encefálico –
respostas viscerais às emoções

Remoção das amígdalas, experimentalmente – ausência de medo; alta


curiosidade; falta da consolidação de memórias; desejo sexual compulsivo
Sistema Límbico

Córtex límbico – área associativa para o controle do


comportamento
Também com comportamentos específicos para áreas específicas

Intermediário entre as estruturas límbicas profundas e os


córtices secundários (olfatório, gustatório, visual e auditivo;
somatossensorial e motor) e de associação

Comportamento (áreas límbicas subcorticais) + memória


(córtices de associação) + informações sensoriais (córtices
sensoriais secundários) = resposta motora e visceral
Sistema Límbico

O córtex límbico também apresenta lateralização na percepção


de comportamentos e emoções:
Lesões na área de Broca correspondente no hemisfério não-dominante –
incapacidade de expressar emoções na entonação da fala (aprosodia)
Variações emocionais na fala e expressões faciais também são melhores
reconhecidas pelo hemisfério direito (não dominante)
Integração entre
comportamento e
estímulos
Sistema Límbico

Capítulo [Mecanismos Comportamentais e Motivacionais...] do


GUYTON; HALL. Tratado de Fisiologia Médica.

Slides das aulas