Você está na página 1de 24

9 o

2018
Data: 01/09/2018
Horário: 08 horas
ANO
ENSINO FUNDAMENTAL

Biologia – Química
Física – Matemática
ULTAD
RE S O
U
SE

NO
V EJ A

APP

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES

 Esta prova é composta por 60 questões objetivas contemplando as disciplinas de Biologia, Química, Física e
Matemática, cada questão contendo 5 (cinco) alternativas e apenas uma resposta correta. O aluno poderá
escolher quais disciplinas irá fazer, desde que respeite o tempo de aplicação da prova.
 A prova será distribuída da seguinte maneira:
as questões de 01 a 15 são referentes à disciplina de Biologia;

 as questões de 16 a 30 são referentes à disciplina de Química;

 as questões de 31 a 45 são referentes à disciplina de Física;

 as questões de 46 a 60 são referentes à disciplina de Matemática.

 A resposta de cada questão deverá ser marcada no cartão-resposta.


 Não é permitido ao aluno utilizar ou portar, mesmo que desligados, durante a realização da prova, telefones
celulares, máquinas e/ou relógios de calcular, rádios, gravadores ou fones de ouvido. Fonte de consulta de
qualquer espécie é proibida.
 A duração desta prova é de 4 (quatro) horas.

ALUNO(A): ________________________________________________________________ No: ___________________

TURMA: __________________________________ TURNO: _______________________

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 1 18/05/2018 14:45:20


BIOLOGIA
Questões de 01 a 15
01. Um estudante de iniciação científica elaborou sua pesquisa buscando seguir as etapas do método científico.
De maneira resumida, seu estudo pautou-se na seguinte ordem:

1. Observação: coelhos sedentários apresentam elevados índices de açúcar no sangue.


2. Pergunta: a prática de exercícios físicos pode reduzir os níveis de açúcar no sangue de coelhos?
3. Hipótese: a prática de exercícios físicos por coelhos durante 10 minutos diariamente causará a redução em
suas taxas de açúcar no sangue.
4. Experimentação: 10 coelhos de laboratório foram submetidos a dez minutos de exercícios em uma roda de
plástico durante 30 dias. Após esse período, foram realizados exames de sangue para averiguar os níveis de
açúcar no sangue dos animais.
5. Conclusão: hipótese confirmada – os coelhos submetidos a exercícios diários apresentaram uma redução
média de 13% nos níveis de açúcar no sangue.
Em relação à proposta planejada, o estudante de iniciação científica
a) seguiu o método científico, realizando todas as etapas de maneira correta.
b) cometeu um erro na etapa experimental, já que não havia um grupo de controle.
c) errou na formulação da hipótese, pois ela não poderia ser testada por meio de experimentos.
d) trocou a ordem das etapas, já que a formulação da hipótese deve ser feita antes da observação.
e) falhou na observação, fazendo com que todas as etapas subsequentes apresentem inconsistências.
02. Leia o texto a seguir.
Antes dos anos 1880, a maioria das pessoas acreditava no “vitalismo”, um conceito que defendia a ideia de
que todos os seres vivos eram dotados de uma propriedade mágica que os diferenciava de objetos inanimados.
[...]
Foi só em 1952 que o cientista Stanley Miller deu início ao mais famoso experimento já feito sobre a
origem da vida: ele conectou uma série de frascos de vidro pelos quais circulavam quatro compostos químicos
que estariam presentes no começo da Terra: água fervendo, gás hidrogênio, amônia e metano. Na mistura
formada, foram encontradas substâncias comumente descritas como os blocos fundamentais para se construir
a vida.
MARSHALL, Michael. As teorias para o surgimento das primeiras células – e da vida na Terra. BBC Brasil, 1o jan. 2017.
Disponível em: <http://www.bbc.com>. Acesso em: 14 fev. 2018. (adaptado)

Os blocos fundamentais para construção da vida, encontrados no experimento de Miller, são os(as)
a) ácidos graxos.
b) aminoácidos.
c) catecolaminas.
d) sais minerais.
e) vitaminas.
03. Lynn Margulis publicou, em 1981, um livro que apresentava a hipótese de que, após o surgimento das células
eucarióticas, alguns eucariotos anaeróbios teriam englobado bactérias aeróbicas sem digeri-las. Tais bactérias
permaneceram no citoplasma, trazendo benefícios à célula eucariótica anaeróbia, que obteve fornecimento
de energia produzida pelo procarioto incorporado, além da proteção da ação tóxica promovida pelo gás
oxigênio. O procarioto aeróbio englobado também teria benefícios, recebendo proteção e nutrientes da
célula eucarionte.
O texto descreve a hipótese
a) pré-biótica.
b) cosmozoica.
c) simbiogênica.
d) da evolução química.
e) do design inteligente.

2 9o ano – Ensino Fundamental

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 2 18/05/2018 14:45:23


04. Apesar de ser reconhecido como um nutriente essencial, suas funções no organismo ainda não são totalmente
conhecidas, com exceção do seu papel no metabolismo da glicose. Esse micromineral potencializa os efeitos
da insulina, responsável por captar a glicose no sangue, levando-a para dentro das células. Sua falta pode
ocasionar resistência à ação da insulina, impedindo-a de captar a glicose.
DOSSIÊ: os minerais na alimentação. Food Ingredients Brasil, n. 4, 2008. Disponível em: <http://www.revista-fi.com>. Acesso em: 16 fev. 2018. (adaptado)

O micromineral descrito no texto pode ser encontrado nas carnes, no levedo da cerveja, na banana, no milho,
entre outros. Trata-se do
a) cobalto.
b) cobre.
c) cromo.
d) magnésio.
e) molibdênio.
05. O enunciado de uma questão de Biologia do 9o ano trazia: “Considerando a classificação dos carboidratos,
exemplifique dois monossacarídios, um dissacarídio e um polissacarídio, nessa ordem.”
No momento da correção, o professor tabulou as respostas de alguns alunos, como apresentado a seguir.

Aluno(a) Monossacarídio 1 Monossacarídio 2 Dissacarídio Polissacarídio

Ana Lactose Glicose Maltose Glicogênio

Carlos Frutose Ribose Celulose Glicogênio

Joana Ribose Lactose Sacarose Amido

Maria Desoxirribose Galactose Sacarose Amido

Pedro Galactose Glicose Maltose Queratina

Qual aluno(a) atendeu corretamente à solicitação da questão?


a) Ana.
b) Carlos.
c) Joana.
d) Maria.
e) Pedro.
06. A estrutura a seguir exemplifica um composto pertencente a um grupo de substâncias que se configuram
como unidade fundamental de uma classe de compostos orgânicos:

Quais compostos orgânicos poderiam ser formados a partir da estrutura apresentada?


a) Ácidos nucleicos.
b) Carboidratos.
c) Glicídios.
d) Lipídios.
e) Proteínas.

9o ano – Ensino Fundamental 3

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 3 18/05/2018 14:45:23


07. Os gráficos a seguir apresentam a velocidade da reação de uma enzima em função da temperatura e do pH,
respectivamente.

Velocidade de reação
10 36 60
Temperatura (°C)
Velocidade de reação

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
pH
A análise dos gráficos permite inferir que essa enzima pertence a
a) bactérias que vivem em geleiras, mostrando atividades ótimas em temperatura e pH baixos.
b) bactérias que habitam fontes termais, com temperatura e pH elevados.
c) humanos, pois apresenta temperatura média compatível com o corpo humano e pH ótimo próximo ao pH
intestinal.
d) humanos, pois a temperatura ótima assemelha-se à temperatura corporal e o pH ótimo relaciona-se ao pH
bucal.
e) humanos, pois a temperatura ótima aproxima-se à temperatura corporal média e o pH ótimo é compatível
com o pH estomacal.
08. No frio, a tendência é que as saladas sejam deixadas de lado e priorizemos os alimentos quentes. Mas as
verduras devem continuar sendo consumidas, pois são ricas em um tipo de vitamina. Essa vitamina é importante
especialmente para pessoas medicadas com anticoagulantes: pacientes que já passaram por algum evento
cardiovascular importante, como enfarte, trombose e acidente vascular cerebral (derrame), por exemplo. [...]
Já se falou bastante sobre a relação dessa vitamina com a coagulação e, agora, a discussão é sobre as novas
funções que os pesquisadores têm atribuído a ela.
Disponível em: <https://veja.abril.com.br/saude>. Acesso em: 25 fev. 2018. (adaptado)

O texto apresenta a relação entre a coagulação sanguínea e a vitamina


a) B6.
b) B12.
c) D.
d) E.
e) K.

4 9o ano – Ensino Fundamental

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 4 18/05/2018 14:45:23


09. A tabela a seguir representa o código genético.
Segunda base

U C A G
UUU UCU UAU UGU U
Fenilalanina Tirosina Cisteína
UUC UCC UAC UGC C
U Serina
UUA UCA UAA Códon de UGA Códon de parada A
Leucina
UUG UCG UAG parada UGG Triptofano G

CUU CCU CAU CGU U


Histidina
CUC CCC
Prolina
CAC CGC C
C Leucina Arginina
CUA CCA CAA CGA A
Glutamina
CUG CCG CAG CGG G

AUU ACU AAU AGU U


Asparagina Serina
AUC Isoleucina ACC Treonina AAC AGC C
A
AUA Metionina ACA AAA AGA A
Lisina Arginina
AUG (Códon de ACG AAG AGG G
iniciação)

GUU GCU GAU Ácido aspártico GGU U


GUC Valina GCC GAC ou aspartato GGC
Glicina C
G Alanina
GUA GCA GAA Ácido glutâmico GGA A
GUG GCG GAG ou glutamato GGG G

Primeira base Terceira base

Em um laboratório de Biologia Molecular, foi sequenciado um pequeno fragmento de DNA contendo a


seguinte sequência de bases: CCC ACG GGA GGG AAC.
Comparando a disposição das bases nitrogenadas obtidas pelo sequenciamento com a tabela apresentada,
qual seria a sequência de aminoácidos traduzida a partir do fragmento de DNA sequenciado?
a) Glicina – cisteína – prolina – prolina – leucina.
b) Glicina – serina – leucina – prolina – fenilalanina.
c) Prolina – treonina – glicina – glicina – asparagina.
d) Prolina – arginina – ácido glutâmico – glicina – lisina.
e) Prolina – treonina – ácido glutâmico – glicina – asparagina.
10. O microscópio em questão fornece imagens tridimensionais notáveis das amostras analisadas. Um canhão
de elétrons produz um feixe de elétrons precisamente focado, chamado de feixe primário de elétrons.
Esses elétrons passam através de lentes eletromagnéticas e são dirigidos à superfície da amostra. [...] Esse
microscópio é especialmente útil no estudo das estruturas da superfície de células intactas e vírus. Na prática,
ele pode determinar objetos tão próximos quanto 10 nm, e estes são geralmente ampliados de 1 000 a 10 000
vezes.
TORTORA, Gerard J. et al. Microbiologia. 12. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2017. (adaptado)

O texto refere-se ao microscópio


a) óptico.
b) de fluorescência.
c) de contraste de fase.
d) eletrônico de varredura.
e) eletrônico de transmissão.

9o ano – Ensino Fundamental 5

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 5 18/05/2018 14:45:24


11. Observe a representação esquemática de uma célula bacteriana.

MOREIRA, F. M. S.; SIQUEIRA, J. O. Microbiologia e bioquímica do solo. 2. ed. Lavras: UFLA, 2006. (adaptado)

Qual é o componente característico da estrutura de número 1, encontrada na maioria das bactérias?


a) Celulose.
b) Colesterol.
c) Quitina.
d) Pectina.
e) Peptidioglicano.
12. A figura a seguir ilustra um mecanismo de transporte através da membrana plasmática.

Meio extracelular

Glicose

Proteína de
membrana

2
3
1

Meio intracelular

O transporte ilustrado pode ser caracterizado como


a) fagocitose, pois grandes partículas são englobadas pela célula que as transporta para o meio intracelular.
b) osmose, já que as partículas se movem do meio mais concentrado para o meio menos concentrado.
c) difusão facilitada, já que as moléculas maiores atravessam a membrana com o auxílio de proteínas
transportadoras, sem gasto de energia.
d) difusão simples, pois o soluto se move passivamente do meio extracelular, mais concentrado, para o meio
intracelular, menos concentrado.
e) transporte ativo, pois envolve proteínas transportadoras e gasto de energia, ocorrendo contra um gradiente
de concentração.

6 9o ano – Ensino Fundamental

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 6 18/05/2018 14:45:24


13. A figura a seguir esquematiza os diferentes tipos de especializações da membrana plasmática:

Microvilosidades
Zônula oclusiva

Junções aderentes

Desmossomos
Três células unidas por
especializações de membrana.

Junção comunicante ou
junção do tipo gap

Dentre as especializações apresentadas na figura, qual se caracteriza pela vedação das células, impedindo o
movimento das substâncias entre as células em união?
a) Desmossomo.
b) Junção aderente.
c) Junção comunicante.
d) Microvilosidade.
e) Zônula oclusiva.
14. Nos cloroplastos, encontra-se um grupo de lipídios associados principalmente a proteínas, normalmente mas-
carados pela presença de outros pigmentos clorofílicos dominantes. [...] Alguns desses compostos apresentam
a estrutura cíclica β-ionona em suas moléculas, sendo, portanto, precursores de vitamina A. Dessa forma, os
tecidos de plantas comestíveis contêm uma ampla variedade do lipídio. Os exemplos mais comuns são: toma-
tes, cenouras, milho, pimentas vermelhas, urucum e batata-doce.
SILVA, M. L. C. et al. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 31, n. 3, p. 669-682, jul./set. 2010.
Disponível em: <http://www.uel.br/revistas>. Acesso em: 4 abr. 2018. (adaptado)

O texto descreve um grupo importante de lipídios. Trata-se dos


a) carotenoides.
b) cerídeos.
c) esteroides.
d) fosfolipídios.
e) glicerídios.
15. As proteínas desempenham diferentes papéis no metabolismo dos seres vivos: função estrutural, de defesa,
ação hormonal, catálise de reações químicas, transporte de oxigênio, movimento, entre outras.
Qual das alternativas a seguir exemplifica uma proteína de função estrutural, uma de ação hormonal e uma
catalisadora de reações químicas, respectivamente?
a) Queratina, hemoglobina e glucagon.
b) Hemoglobina, actina e queratina.
c) Colágeno, insulina e pepsina.
d) Pepsina, miosina e colágeno.
e) Miosina, glucagon e insulina.

9o ano – Ensino Fundamental 7

01_2018_9oANO_OLIMPIADA_BIO.indd 7 18/05/2018 14:45:37


QUÍMICA
Questões de 16 a 30
16. O fragmento a seguir foi retirado da reportagem “Fosfoetanolamina ‘não é remédio’, diz USP sobre substância
controversa”, que relata a polêmica envolvendo esse composto que ficou conhecido como a “pílula do câncer”.
A reitoria da USP emitiu hoje uma carta dirigida a pacientes de câncer que estão requisitando à universidade
cápsulas de fosfoetanolamina, anunciada como cura para o câncer por um professor de Química, aposentado
pela universidade. “Essa substância não é remédio”, afirma a reitora, sugerindo que a propaganda da droga
como panaceia é obra de “exploradores oportunistas”.
[...]
“A USP não desenvolveu estudos sobre a ação do produto nos seres vivos, muito menos estudos clínicos
controlados em humanos”, afirma o comunicado. “Não há registro e autorização de uso dessa substância pela
Anvisa e, portanto, ela não pode ser classificada como medicamento, tanto que não tem bula.”
Disponível em: <http://g1.globo.com>. Acesso em: 6 abr. 2018. (adaptado)

O principal problema referente à liberação da fosfoetanolamina pelos órgãos responsáveis relaciona-se a qual
deficiência das etapas do método científico?
a) Análise.
b) Conclusão.
c) Experimentação.
d) Formulação de hipóteses.
e) Observação.
17. Em um experimento de Química, um estudante colocou uma quantidade de água em um béquer e,
posteriormente, adicionou a esse recipiente uma uva-passa. Imediatamente, a uva-passa afundou na água,
ficando em repouso no fundo do recipiente. Em seguida, o aluno adicionou ao sistema um comprimido
efervescente, que liberou gás carbônico (CO2) ao se dissolver na água. Assim, o estudante observou que
a uva-passa começou a se movimentar, ora indo até a superfície da água, ora descendo para o fundo do
recipiente, fazendo esse movimento diversas vezes.
O comportamento observado com a efervescência da solução deve-se à
a) variação na densidade da água devido à presença do gás carbônico.
b) variação na densidade da uva-passa pela presença do gás carbônico.
c) transformação química sofrida pela uva-passa, resultando em mudanças na sua densidade.
d) adesão de bolhas do gás carbônico à superfície da uva-passa, gerando um agregado de densidade variável.
e) perda de massa da uva-passa, diminuindo, portanto, sua densidade, e, por esse motivo, ela sobe à superfície
do líquido.

8 9o ano – Ensino Fundamental

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 8 18/05/2018 14:47:30


18. Os diagramas a seguir representam as curvas de aquecimento e as transformações físicas ocorridas com as
substâncias A e B, ambas, inicialmente, no estado sólido:
Substância A Substância B

Temperatura (°C)

Temperatura (°C)
118

50

20 35 10 30
0 0
55 80 60 75 90
Tempo (min) Tempo (min)

–89
–116

Suponha que, ao misturar a substância A com a substância B, ambas na temperatura de 20 °C, um sistema
heterogêneo bifásico é formado, ou seja, observam-se, no sistema final, duas porções definidas: uma com a
substância A, e outra com a B.
Para realizar a separação das substâncias originais a partir da mistura formada, mantendo a temperatura de
20 °C, o processo recomendado é a
a) cristalização fracionada.
b) decantação.
c) destilação simples.
d) dissolução fracionada.
e) filtração.

19. Um parafuso maciço de ferro puro foi inserido em uma proveta que continha, inicialmente, o volume de 80 mL
de água. A imagem a seguir ilustra o sistema inicial e o final, após a adição do parafuso. Note que o volume
final é maior que o inicial.

mL mL
100 100
90 90
80 80
70 70
60 60
50 50
40 A escala está em 40
30 mililitros (mL). 30
20 20
10 10

Antes Depois

Considere que uma indústria utiliza parafusos semelhantes ao da experiência como fonte de ferro para
fabricação de outras peças; ou seja, por meio da fusão dos parafusos, o ferro é reutilizado. Dessa forma, para
fabricar duas ferraduras de cavalo, cada uma com 3,93 kg, a quantidade mínima de parafusos necessária no
processo de fusão é
Dado: densidade do ferro = 7,86 g/cm3.
a) 5.
b) 10.
c) 25.
d) 50.
e) 100.

9o ano – Ensino Fundamental 9

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 9 18/05/2018 14:47:30


20. Em um recipiente fechado, aqueceu-se ferro na presença de enxofre para obtenção de sulfeto ferroso. Após a
reação, restaram 30 g de enxofre sem reagir, ou seja, essa massa de enxofre encontrava-se em excesso. Esse
processo está representado na equação química a seguir, na qual as massas das substâncias envolvidas na
reação encontram-se em função de x.
Ferro + Enxofre Sulfeto ferroso + Sobrou sem reagir

(x + 160) g (4x – 50) g (6x + 30) g 30 g de enxofre


Se a massa dos reagentes utilizados for duplicada, a massa de sulfeto ferroso obtida será de
a) 60 g.
b) 110 g.
c) 220 g.
d) 330 g.
e) 660 g.

21. O gás oxigênio, quando submetido a faíscas elétricas, pode ser transformado em gás ozônio, processo
representado pela equação química a seguir:
3 O2(g) → 2 O3(g)
A ozonioterapia é uma técnica que consiste na aplicação de uma mistura de ozônio e oxigênio no organismo
com finalidades terapêuticas, inclusive no tratamento contra o câncer. O ozônio produzido em ozonizadores,
por meio da reação química descrita, é um potente agente oxidante, o que o torna um importante germicida.
Se um paciente de 70 kg, em tratamento de ozonioterapia, necessitar de 15 mg de ozônio por kg de massa
corporal, a massa de oxigênio que deve ser introduzida no ozonizador deve ser, no mínimo, igual a
a) 0,03 g.
b) 0,06 g.
c) 1,05 g.
d) 2,10 g.
e) 3,15 g.

22. Um determinado sólido branco, com massa igual a 50 g e volume de 20 cm³, foi adicionado equivocadamente
a um frasco que continha 2 dm3 de outro sólido, de mesma cor e de massa igual a 1,4 kg.
Como os materiais precisavam ser utilizados na forma pura, um químico foi solicitado para realizar a separação
dessa mistura.
Dentre as alternativas a seguir, assinale a que foi utilizada com sucesso pelo químico para a obtenção dos dois
sólidos separados e puros.
a) Adicionou um líquido miscível aos dois sólidos e, posteriormente, realizou uma destilação.
b) Adicionou um líquido miscível a um dos sólidos e, posteriormente, realizou uma destilação.
c) Realizou uma flotação, adicionando um líquido imiscível aos sólidos com densidade igual a 0,8 g/cm³.
d) Realizou uma flotação, adicionando um líquido imiscível aos sólidos com densidade igual a 3,0 g/cm³.
e) Realizou uma centrifugação, separando, via sedimentação, os componentes de diferentes densidades.

23. Um elemento genérico A, que apresenta número atômico igual a (2x + 2) e número de massa (5x – 5), é
isoeletrônico ao cátion (3x–5)B2+. Sabendo que A é, ainda, isóbaro do elemento C, que apresenta número de
massa igual a (9x – y), conclui-se que y é igual a
a) 25.
b) 33.
c) 41.
d) 49.
e) 57.

10 9o ano – Ensino Fundamental

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 10 18/05/2018 14:47:31


Utilize a tabela periódica a seguir para responder às questões 24 e 25.

24. Para a diferenciação de um átomo, um critério utilizado é o elétron de maior energia, ou seja, o último elétron
da distribuição eletrônica, seguindo o diagrama de Linus Pauling. Um elemento genérico X apresenta, para
seu elétron de diferenciação, os seguintes números quânticos: número quântico principal, 2; número quântico
secundário, 1; número quântico magnético, 0; e número quântico de spin, – 1 .
2
1
Considerando que o primeiro elétron a ocupar um orbital apresente número quântico de spin + e observando
2
a tabela periódica, o elemento químico que possui um próton a mais que o elemento X em seu núcleo é o
a) berílio.
b) flúor.
c) neônio.
d) nitrogênio.
e) oxigênio.

9o ano – Ensino Fundamental 11

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 11 18/05/2018 14:47:31


25. Um frasco contendo um determinado sólido à temperatura ambiente foi encontrado sem o rótulo em um
laboratório. Ao lado desse frasco, havia uma lista com algumas características desse sólido, descritas a seguir:
• apresenta elétrons somente em 4 camadas eletrônicas;
• é paramagnético;
• apresenta boa condutividade elétrica;
• possui maior potencial de ionização em relação ao titânio.
Considerando as informações disponíveis para identificação do material e a tabela periódica, o material
encontrado no frasco seria o
a) cálcio.
b) manganês.
c) mercúrio.
d) platina.
e) selênio.

26. Um composto muito utilizado na construção civil, devido à sua grande capacidade de suportar altas
temperaturas, é formado pela união de um calcogênio, elemento mais eletronegativo, com o metal
alcalinoterroso pertencente ao terceiro período da tabela periódica.
Assinale a alternativa que indica o composto mencionado no texto, bem como outra característica da substância.
a) MgO – solução aquosa condutora de eletricidade.
b) MgF2 – elevada condutividade elétrica no estado sólido.
c) CaO – elevada condutividade elétrica no estado sólido.
d) CaF2 – solução aquosa condutora de eletricidade.
e) NaF – elevada condutividade elétrica no estado sólido.

12 9o ano – Ensino Fundamental

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 12 18/05/2018 14:47:31


27. Uma grande revolução na microscopia ocorreu com o advento do microscópio eletrônico, tornando possível a
realização de análises com alta riqueza de detalhes, devido ao impressionante aumento dos objetos em até
1 milhão de vezes. O microscópio eletrônico utiliza um feixe de elétrons para possibilitar esse efeito, diferente
dos microscópios ópticos, que utilizam feixes de luz.
A possibilidade de utilização de feixes de elétrons e da técnica de difração deles e o desenvolvimento do
microscópio eletrônico só foram possíveis após os estudos de
a) Rutherford, com a descoberta do núcleo atômico.
b) Bohr, com a quantização das camadas eletrônicas.
c) Heisenberg, com a proposição do princípio da incerteza.
d) De Broglie, com o princípio da dualidade onda-partícula da matéria.
e) Sommerfeld, com o descobrimento das órbitas circulares e elípticas.

28. Uma mistura heterogênea bifásica foi submetida a três processos físicos para separação dos seus componentes,
representados pelo fluxograma a seguir.
A
Mistura bifásica

B C
Líquido incolor Líquido azul

2 3

D E F G
Líquido com ponto Sólido com ponto Líquido com ponto Líquido com ponto
de ebulição a 77 °C de ebulição a 970 °C de ebulição a 82 °C de ebulição de
67 °C a 72 °C
Ao analisar os processos, assinale a alternativa que apresenta a quantidade de componentes presentes na
mistura inicial e o procedimento de separação indicado pelo número 1.
a) Três componentes e filtração.
b) Três componentes e destilação simples.
c) Quatro componentes e decantação.
d) Mais de quatro componentes e filtração.
e) Mais de quatro componentes e decantação.

9o ano – Ensino Fundamental 13

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 13 18/05/2018 14:47:31


29. Diversos cientistas dedicaram-se aos estudos da estrutura atômica e, ao longo da história, puderam contribuir
para o aprimoramento do modelo atômico, bem como para as possibilidades de explicações para os fenômenos
da natureza.
A evolução dos modelos atômicos propiciou à comunidade científica meios para explicar fatos que, muitas
vezes, não eram entendidos devido à limitação do modelo atômico vigente.
Diante disso, analise os fenômenos descritos e indicados pelas letras A, B, C, D e E e organize-os em ordem
cronológica em relação à possibilidade de serem explicados à medida que ocorria a evolução dos modelos
atômicos.
A. Uma caneta de plástico, quando atritada intensamente a uma calça jeans, “gruda” na parede ao ser colocada
em contato com ela.
B. Um determinado composto possui sempre o mesmo número relativo de átomos e, por esse motivo, possui
a mesma proporção em massa dos elementos que o compõem.
C. O acidente com um aparelho de radioterapia contendo o elemento radioativo césio-137 foi um grave
episódio de contaminação por radioatividade ocorrido no Brasil, no ano de 1987.
D. Cirurgias oftálmicas são realizadas com feixes de laser.
E. Camisetas que são pintadas com tintas fosforescentes brilham no escuro após a exposição à luz intensa,
apresentando um efeito muito interessante e divertido.
a) A, C, E, D, B.
b) B, A, C, E, D.
c) B, D, A, C, E.
d) D, B, A, C, E.
e) D, A, C, E, B.

30. O Prêmio Nobel de Química de 1996 foi outorgado aos três químicos que descobriram os fulerenos: o inglês
Harold W. Kroto (Universidade de Sussex, em Brighton, Inglaterra) e os americanos Robert F. Curl e Richard
E. Smalley (Universidade Rice, em Houston, Texas, EUA). Em 1985, eles relataram a descoberta de mais
uma forma alotrópica de carbono, sendo a primeira molecular: o buckminsterfulereno (C60). O anúncio da
descoberta dessa molécula em forma de bola de futebol foi recebido com um misto de ceticismo e euforia
pela comunidade científica internacional. Mas, a partir de 1990, uma vez encontradas maneiras de preparar
fulerenos em quantidades macroscópicas, eles se tornaram objeto de uma área de pesquisa muito ativa.
FILHO, R. C. R. Os fulerenos e sua espantosa geometria molecular. Química Nova na Escola, n. 4, nov. 1996.

O buckminsterfulereno, assim como o grafite e o diamante, são compostos formados somente por átomos
de carbono. No entanto, eles diferenciam-se ou pela quantidade de átomos, como no caso do fulereno, ou
pela conformação espacial dos átomos, como é o caso do grafite e do diamante. Assim, compostos com
constituição química similar apresentam propriedades diferentes.
Embora apresentem diferenças significativas em suas propriedades, o fulereno, o grafite e o diamante são
formados unicamente por ligações
a) iônicas.
b) metálicas.
c) de hidrogênio.
d) covalentes polares.
e) covalentes apolares.

14 9o ano – Ensino Fundamental

02_2018_9oANO_OLIMPIADA_QUI.indd 14 18/05/2018 14:47:32


FÍSICA
Questões de 31 a 45
31. A partir de seus delicados e acurados experimentos, Newton descobriu que a razão pela qual diferentes
cores são refratadas a diferentes ângulos é o fato de cada cor ter uma velocidade diferente ao atravessar o
prisma, que funcionava como uma espécie de “filtro” de cores; quanto mais devagar uma determinada cor se
propagava através do prisma, maior seu ângulo de refração.
GLEISER, Marcelo. A dança do universo: dos mitos de criação ao Big Bang. São Paulo: Companhia das Letras, 1997. p. 171.

A que ramo da Física a descrição no texto diz respeito?


a) Astronomia.
b) Eletromagnetismo.
c) Mecânica.
d) Óptica.
e) Termologia.
32. A Física adota o conceito de referencial inercial para um sistema em que objetos não têm seu estado de
movimento alterado, ou seja, não sofrem aceleração. Suponha que uma pessoa esteja dentro de um elevador
em queda livre e solta de sua mão uma bolinha de isopor. Para esse referencial não inercial, a bolinha
a) move-se para baixo.
b) move-se para cima.
c) move-se na diagonal.
d) oscila verticalmente.
e) permanece imóvel.
33. Em um mapa, há as seguintes orientações:
I. Considere que você está no centro de uma rosa dos ventos.
II. Ande nove passos para o sul.
III. Agora, doze passos para o leste.
IV. Por fim, dê nove passos para o norte.
O vetor resultante que melhor representa esse deslocamento é:

d)
a)

b) e)

c)

9o ano – Ensino Fundamental 15

03_2018_9oANO_OLIMPIADA_FIS.indd 15 18/05/2018 14:50:20


34. O super-herói da DC Comics conhecido como Flash corre dentro de um trem-bala a uma velocidade de
603 km/h em relação ao trem. Já o trem-bala movimenta-se com a mesma velocidade de Flash em relação
aos trilhos. Por incrível que pareça, um observador parado em relação aos trilhos consegue ver Flash também
parado.
Essa situação relaciona-se ao Princípio
a) do Equilíbrio, de Pascal.
b) da Relatividade, de Einstein.
c) da Flutuação, de Arquimedes.
d) Fundamental da Dinâmica, de Newton.
e) da Independência dos Movimentos, de Galileu.
35. Um avião bimotor está a uma altura de 8 000 pés e voa com velocidade constante de 200 nós em direção ao
solo, descrevendo uma trajetória retilínea com um ângulo de 30° em relação à horizontal.
Se mantiver essa trajetória, em quantos segundos o bimotor atingirá o solo?
Dados: 1 nó = 1,8 km/h; 1 pé = 3,0 · 10–4 km.
a) 22,5
b) 24
c) 45
d) 48
e) 52,5
36. Em um movimento uniforme (MU), a aceleração é nula, e o móvel desloca-se por distâncias iguais em intervalos
de tempo iguais. O gráfico espaço × tempo de um MU é uma função do 1º grau (reta).
Se no gráfico espaço × tempo de um MU o ângulo formado entre o gráfico e o eixo das abscissas é θ, a relação
que melhor representa a velocidade média é
a) vm = cos θ.
b) vm = sen θ.
c) vm = tg θ.
d) vm = cotg θ.
e) vm = sec θ.
37. Considere uma trajetória em linha reta entre dois pontos A e B, saindo do repouso de A e com aceleração
constante de 10 m/s2. Com base na situação apresentada, calcule o tempo gasto para percorrer do ponto A
ao B, sabendo-se que a distância entre eles é de 500 metros.
a) 5 s
b) 10 s
c) 25 s
d) 35 s
e) 50 s

16 9o ano – Ensino Fundamental

03_2018_9oANO_OLIMPIADA_FIS.indd 16 18/05/2018 14:50:20


38. Uma pequena esfera é lançada verticalmente para cima, com velocidade inicial v0 = 2 m/s, da base de uma
torre com 30 metros de altura.
Qual gráfico melhor representa o tempo de subida da esfera?

0,25

0,2

0,15
Tempo

a) 0,1

0,05

0
0 0,5 1 1,5 2 2,5
Velocidade

0,25

0,2

0,15
Tempo

b) 0,1

0,05

0
0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 4 4,5
Velocidade

0,25

0,2

0,15
Tempo

c) 0,1

0,05

0
0 0,5 1 1,5 2 2,5
Velocidade

0,25

0,2

0,15
Tempo

d) 0,1

0,05

0
1,95 2 2,0 2,1 2,15 2,2 2,25
Velocidade

3,5
3
2,5
2
Tempo

e) 1,5
1
0,5
0
0 0,05 0,1 0,15 0,2 0,25 0,3
Velocidade

9o ano – Ensino Fundamental 17

03_2018_9oANO_OLIMPIADA_FIS.indd 17 18/05/2018 14:50:20


39. Do alto da Torre Eiffel, que tem altura de 324 m, um objeto cai a partir do repouso, enquanto outro é lançado
do solo, verticalmente para cima. Sabendo-se que na metade da altura os dois se encontram e desprezando-se
a resistência do ar, determine a velocidade inicial de lançamento do segundo objeto.
Dado: g = 10 m/s2.
a) 9 5 m/s
b) 18 5 m/s
c) 9 10 m/s
d) 18 10 m/s
e) 36 10 m/s

  
40. Um vaso de cerâmica sofre ação de duas forças (v1 e v 2 ), de módulos iguais a 15 N, conforme a imagem a
seguir.


v1


v2

Na situação apresentada, o módulo do vetor resultante entre os dois vetores é


a) 15 2 N.

2
b) 15 N.
2
c) 30 2 N.
2
d) 30 N.
2
e) 30 N.
41. Um automóvel percorre a distância entre duas cidades. Na primeira metade do tempo de trajeto de ida, o
carro viaja a 16 m/s e, na outra metade, a 20 m/s. No caminho de volta, ele percorre metade da distância à
velocidade de 12 m/s, e a outra metade, a 20 m/s. Considere que não houve paradas em nenhum momento
da viagem.
A velocidade média da viagem total é mais próxima de
a) 15,0 m/s
b) 16,4 m/s
c) 17,2 m/s
d) 18,0 m/s
e) 19,2 m/s
42. Um garoto tenta atravessar um rio em sua canoa, deslocando-se perpendicularmente à margem, sendo a
velocidade da correnteza vA = 1 m/s paralela em relação às margens e a velocidade da canoa vC = 2 m/s
constante.
A velocidade resultante da canoa em relação às margens do rio é
a) 3 m/s.
b) 5 m/s.
c) 3 m/s.
d) 5 m/s.
e) 7 m/s.

18 9o ano – Ensino Fundamental

03_2018_9oANO_OLIMPIADA_FIS.indd 18 18/05/2018 14:50:28


43. Uma jogadora de basquete salta em direção à cesta para marcar pontos em um jogo do campeonato nacional.
O tempo total para realizar o salto foi de 1 segundo. Calcule a altura do salto na vertical.
Dado: g = 10 m/s2.
a) 2,5 m
b) 1,25 m
c) 1,0 m
d) 0,625 m
e) 0,5 m
44. Em um depósito de construção, uma porção de areia vermelha sofre a ação do tempo, perdendo cerca de 2 kg
por semana. Expresse, em valor aproximado, essa taxa de perda de massa em miligrama por segundo.
a) 0,3 mg/s
b) 2,0 mg/s
c) 3,0 mg/s
d) 3,3 mg/s
e) 4,0 mg/s
45. Uma piscina de 25 m × 20 m × 3 m foi totalmente preenchida com água. Sabendo-se que a densidade da água
é igual a 1,0 · 103 kg/m3, determine a massa de água colocada nessa piscina.
a) 1,5 · 102 kg
b) 1,5 · 103 kg
c) 1,5 · 106 kg
d) 1,5 · 109 kg
e) 1,5 · 1010 kg

9o ano – Ensino Fundamental 19

03_2018_9oANO_OLIMPIADA_FIS.indd 19 18/05/2018 14:50:28


MATEMÁTICA
Questões de 46 a 60
46. Analise as igualdades a seguir e determine o valor de xy.
5x = 125y – 3 e 66x + 2 = 32y.
a) 25
b) 36
c) 49
d) 64
e) 81

47. Qual é o valor da expressão 237 + 202 + 196 ?


5 3

a) 2
b) 3
c) 5
d) 6
e) 9
48. Simplifique a expressão a seguir e, em seguida, calcule seu valor.
10
96 ⋅ 10 38
5
6
37 ⋅ 6 97 ⋅ 6 277
1
a)
9
1
b)
3
c) 3
d) 9
e) 27
49. Determine o valor de P 2, sendo P = 2 − 3 − 2 + 3 .
a) 0
b) 2
c) 4
d) 6
e) 8
50. A soma de dois números reais é igual a –1, e seu produto é igual a –12. O módulo da diferença desses números é
a) 0.
b) 1.
c) 3.
d) 5.
e) 7.
51. O número de raízes reais distintas da equação 2x6 + 4x3 = 16 é
a) 0.
b) 1.
c) 2.
d) 3.
e) 6.

20 9o ano – Ensino Fundamental

04_2018_9oANO_OLIMPIADA_MAT.indd 20 18/05/2018 14:52:27


52. Considere um segmento AB de 12 cm e um ponto P externo ao segmento, mas pertencente à sua reta

suporte. Sendo a razão PA = 2 , a distância de P ao ponto médio de AB é


PB 8
a) 4 cm.
b) 6 cm.
c) 8 cm.
d) 10 cm.
e) 12 cm.
53. Duas retas concorrentes, r e s, são cortadas por um feixe de retas paralelas, de modo que r foi dividida em
segmentos de medidas de 2 cm, 5 cm e 9 cm. Determine a medida do maior segmento formado por s e o feixe
de paralelas, sabendo-se que a soma das medidas dos dois menores segmentos é 10,5 cm.
a) 9,5 cm
b) 11,5 cm
c) 13,5 cm
d) 15,5 cm
e) 17,5 cm
54. Um ponto P sobre o lado BC de um triângulo ABC é tal que AP é a bissetriz do ângulo interno Â. Determine
a medida do maior lado desse triângulo, sabendo-se que seu perímetro é igual a 40 cm e que AP divide o
segmento BC em partes de medidas 4 cm e 6 cm.
a) 10 cm
b) 12 cm
c) 16 cm
d) 18 cm
e) 20 cm
55. Em um triângulo ABC, a bissetriz externa de A intercepta a reta suporte do lado BC no ponto P, de modo que
PC mede 6. Sabendo-se que AB = 2 e AC = 4, a medida de BC é
a) 2.
b) 3.
c) 4.
d) 5.
e) 6.
56. A figura a seguir é formada por três triângulos retângulos. Sabendo-se que AD = 3, AE = 1, BE = 5 e BC = 2,
qual é o perímetro aproximado do quadrilátero ABCD?
A D

B C

a) 17,2
b) 18,1
c) 19,0
d) 19,9
e) 20,8

9o ano – Ensino Fundamental 21

04_2018_9oANO_OLIMPIADA_MAT.indd 21 18/05/2018 14:52:28


57. A partir dos pontos médios dos lados de um quadrado de lado 2 , forma-se um novo quadrado. A distância
do lado do novo quadrado ao vértice mais próximo do quadrado maior é
a) 0,5.
b) 1,0.
c) 1,5.
d) 2,0.
e) 2,5.
58. Em um triângulo isósceles, as medidas da altura relativa à base, de um dos lados congruentes e da base do
triângulo formam, nessa ordem, uma sequência de três números consecutivos.
Determine o perímetro desse triângulo.
a) 15
b) 16
c) 17
d) 18
e) 19
59. Quatro circunferências de raio R são tangentes entre si, duas a duas, de modo que seus centros coincidem
com os vértices de um quadrado. Uma circunferência menor que as outras quatro é tangente a todas elas
simultaneamente.
Qual é a medida do raio da menor circunferência, em função de R?
a) (2 2 − 1) ⋅R
b) (2 2 + 1) ⋅R

c) ( 2 + 1) ⋅R
2
d) ( 2 − 1) ⋅R
e) ( 2 + 1) ⋅R

60. Em um quadrado de lado a, traça-se um segmento ligando os pontos médios de dois lados consecutivos,
formando um triângulo. Determine o raio da circunferência circunscrita a esse triângulo.
a) a 2

b) a 2
2
c) a 2
4
d) a 2
6
e) a 2
8

22 9o ano – Ensino Fundamental

04_2018_9oANO_OLIMPIADA_MAT.indd 22 18/05/2018 14:52:33


ULTAD
RE S O
U
SE

NO
V EJ A

APP

04_2018_9oANO_OLIMPIADA_MAT.indd 23 18/05/2018 14:52:34


04_2018_9oANO_OLIMPIADA_MAT.indd 24 18/05/2018 14:52:34