Você está na página 1de 7

LOGOTIPO

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

1.0 OBJETIVO
Definir a sistemática para realização de Auditorias Internas em todos os setores utilizando como referência o
Manual da Qualidade e Norma aplicável.

2.0 APLICAÇÃO

Todos setores da NOME DA EMPRESA.

3.0 REFERÊNCIAS

PQ 022 - Controle de Não Conformidade;


PQ 024 - Ação Corretiva e Preventiva.

4.0 RESPONSABILIDADES

4.1 CABE A GARANTIA DA QUALIDADE

 Elaborar a programação de auditorias;


 Formar o grupo auditor e monitorar o mínimo de 02 auditorias;
 Comunicar a data da auditoria e o grupo auditor aos setores/seções a serem auditadas;
 Analisar o resultado das auditorias;
 Controlar as não conformidades e observações detectadas em auditorias e o retorno dos RNC´s dentro de
13 semanas;
 Reportar a alta direção da unidade o resultado da análise executada;
 Manter registro das auditorias;
 Analisar o impacto das ações corretivas e preventivas tomadas sobre não conformidades
reais/potenciais.

4.2 CABE AO GRUPO AUDITOR

 Preparar a auditoria;
 Realizar auditoria;
 Emitir relatório de auditoria;
 Enviar original ou cópia do relatório de auditoria interna.

4.3 CABE AO AUDITADO

 Definir ações corretivas e ou preventivas para eliminar as causas das não-conformidades detectadas nas
auditorias e retornar os relatórios de RNC´s no prazo de 13 semanas.

5.0 DEFINIÇÕES

5.1 AUDITORIA

É uma atividade de verificação local, utilizada para determinar a efetiva implementação de um sistema de
qualidade documentado.

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 1/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

5.2 AUDITOR

Pessoa com no mínimo 2º Grau (Nível médio), qualificado internamente através de treinamento realizado
pela Garantia da Qualidade ou Empresa contratada, sendo necessário que o auditor em treinamento realize
no mínimo 02 auditorias para ser considerado certificado como auditor de Sistema da Qualidade.

 Independência dos setores/ seções ou atividades a serem auditadas;


 Treinamento em técnicas de auditorias;
 Capacidade para exame de documentação.

5.3 AUDITOR LÍDER

Auditor responsável designado por todas as fases da auditoria.

5.4 AUDITADO

Organização, setor/seção ou atividade a ser auditada.

5.5 LISTA DE VERIFICAÇÃO

Guia para realização de auditorias.

5.6 EVIDÊNCIA OBJETIVA

Informação cuja veracidade pode ser comprovada, com base em fatos obtidos através de observação,
medição, ensaios e outros meios.

5.7 NÃO CONFORMIDADE

Não conformidade é um processo que não está conforme aos requisitos do sistema da qualidade.

5.8 FOLLOW – UP

Acompanhamento para verificar a implementação das ações corretivas/preventivas. Este acompanhamento


pode ser realizado nos seguintes casos:

 Através de auditorias de acompanhamento de ações corretivas tomadas utilizando relatório de não-


conformidade detectadas em auditorias anteriores.
 Através de auditorias de validação para fechamento de RNC – Relatório Não-Conformidade.

OBS.: Deve ser realizado follow-up contínuo sobre as não-conformidades não concluídas.

5.9 AÇÃO CORRETIVA

Ação a ser implementada para eliminar as causas de uma não-conformidade a fim de eliminar sua repetição.

5.10 AÇÃO PREVENTIVA

Ação a ser implementada para eliminar as causas de uma possível não-conformidade, a fim de prevenir sua
ocorrência.

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 2/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

5.11 AMBIENTE DE TRABALHO

Ambiente de trabalho é definido como a globalidade das condições que rodeiam ou afetam o processo de
fabricação e a qualidade do produto. O conceito geralmente inclui: arrumação e ordem, iluminação, ruído,
sistema de aquecimento, ventilação e/ou ar condicionado, etc.

6.0 DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES

6.1 CRONOGRAMA ANUAL

A Garantia da Qualidade deve elaborar anualmente um cronograma contendo a programação de auditorias


internas da qualidade, a qual deve ser baseada na matriz de responsabilidades e abranger os itens do
requisito ISO 9001:2008 que forem aplicáveis ao Sistema da Qualidade, onde cada setor/departamento
definido na programação deve ser auditado no mínimo 01 vez por ano, levando em consideração os
resultados das auditorias da Certificadora.

6.2 PLANEJAMENTO DE AUDITORIA

 A auditoria deve ser realizada com base na lista de verificação e itens aplicáveis do requisito do Sistema
da Qualidade ISO 9001:2008, sendo conveniente ao grupo auditor identificar pontos fortes e fracos do
sistema da qualidade, bem como as recomendações para melhoria. Quando existir turnos de trabalhos,
deve estar descrito na notificação de auditoria que todos os turnos existentes serão auditados.

 É recomendável que o grupo auditor verifique/avalie a conformidade das atividades executadas nos
mesmos processos auditados quando se tratar de vários turnos de trabalho.

 Durante as auditorias internas da qualidade é conveniente observar o ambiente de trabalho levando em


consideração: arrumação e ordem, iluminação, ruído, ventilação e/ou ar condicionado.

 Na ocorrência de não conformidade interna devido a processo, produto,sistema e/ou reclamação de


cliente; a linha de produção ou setor originário da não conformidade deve ser auditado (mesmo sem
programação de auditoria para o periódo), deve ser realizada a validação da ação corretiva tomada e
neste caso deve ser seguido o PQ 024 – Ação Corretiva e Preventiva.

6.3 NOTIFICAÇÃO DE AUDITORIA

Para auditorias internas da qualidade deve ser enviada uma notificação ao auditado, com no mínimo de uma
semana de antecedência.
OBS: A notificação de auditoria pode ser enviada via Correio Eletrônico (E-mail) ou outro meio de
comunicação.

Deve conter no mínimo:

 Identificação do auditado;
 Objetivo da auditoria;
 Data e duração previstas;
 Grupo auditor;
 Documentação de referência;

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 3/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

6.4 PREPARAÇÃO DA AUDITORIA

O GRUPO AUDITOR DEVE:

 Tomar conhecimento da documentação de referência;


 Estruturar a documentação aplicável;
 Dividir as tarefas;
 Definir métodos e técnicas a serem adotadas;
 Preparar lista de verificação aplicável ao tipo de auditoria a ser executada;
 Tomar as devidas providências administrativas.

Caso seja uma auditoria de acompanhamento, deve-se utilizar como lista de verificação o Relatório de Não-
Conformidade da última auditoria.

6.5 REUNIÃO INICIAL DE AUDITORIA

A reunião inicial deve ser realizada entre o grupo auditor e o auditado com as seguintes finalidades:

 Confirmar os objetivos da auditoria;


 Estabelecer um clima propício;
 Estabelecer os métodos de execução;
 Definição da seqüência, duração, datas e horários;
 Apresentação das pessoas envolvidas;
 Determinação do local para reuniões do grupo auditor;
 Fixar o local, data e hora da reunião final.

6.6 REUNIÃO ENTRE O GRUPO AUDITOR

A reunião entre o grupo auditor deve ser realizada após concluída a auditoria sem a presença do auditado, com
as seguintes finalidades:

 Troca de idéias e opiniões;


 Análise das informações coletadas;
 Consenso entre os auditores;
 Elaboração da minuta do relatório de auditoria.

6.7 REUNIÃO FINAL DE AUDITORIA

A reunião final de auditoria deve ser realizada entre o grupo auditor e o auditado com as seguintes finalidades:

 Apresentação da minuta do relatório de auditoria;


 Explicação das não-conformidades ao auditado para consenso.

6.8 RELATÓRIO DE AUDITORIA

Relatório de Auditoria Interna da Qualidade

O Relatório de Auditoria Interna deve ser elaborado de acordo com os tópicos verificados.
Deve-se utilizar como folha de rosto o ANEXO 02.

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 4/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

Numeração da Folha de Rosto do Relatório de Auditoria Interna da Qualidade

A numeração do Relatório de Auditoria da Qualidade deve ser formada por 01 letra e 04 números sendo que a
letra identifica o tipo de auditoria, o primeiro e o segundo número identificam o ciclo de auditoria no ano de
emissão do relatório e os demais números identificam o ano de realização da auditoria.

EXEMPLO:

AI.01.03

OBS.: O primeiro relatório de auditoria a ser emitido no ano deve ser N° AI.01.99

Os Relatórios de Não Conformidade Auditorias Internas da Qualidade devem ser controlados pela Qualidade
Corporativa.

6.9 EFICIÊNCIA DO SISTEMA

A Eficiência do Sistema é verificada pela Garantia da Qualidade e através da analise critica da administração,
onde os dados para efetuação da analise é levantado através das auditorias internas.

Uma análise descritiva por item da norma é apresentada pelo Representante da Administração, com o objetivo de
fornecer um resumo da situação de implementação de cada item, da norma tendo como base para analise o
numero de RNC’s emitidas por item da norma.

Os resultados desta analise é apresentada no relatório de analise critica conforme PQ 001 - Analise Critica pela
Direção.

6.10 RELATÓRIO DE NÃO-CONFORMIDADE

Documento integrante do relatório de auditoria o qual deve ser emitido em formulário, sendo um para cada não-
conformidade encontrada.

Caso seja detectado alguma Não Conformidade durante as auditorias Internas, deve ser emitido o RNC conforme
PQ 022 – Controle de Não Conformidade e proceder conforme PQ 024 – Ação Corretiva e Preventiva.

6.11 CLASSIFICAÇÃO DE NÃO CONFORMIDADE

Uma NÃO CONFORMIDADE MAIOR pode ser:


 A ausência ou incapacidade total de um sistema para atender um requisito da ISO 9001:2008. Um
número de não conformidades menores para um dado requisito pode representar uma incapacidade total
do sistema, sendo portanto consideradas uma não conformidade maior.
 Qualquer falta de cumprimento dos requisitos que resultaria no provável envio de um produto não
conforme. Uma condição que pode resultar em uma falha ou redução na utilização do produto ou serviço
a que se destina.

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 5/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

 Uma falta de cumprimento aos requisitos que o julgamento e a experiência indiquem que provavelmente,
ou resultaria na falha do sistema da qualidade, ou que poderia reduzir a sua capacidade de garantir
processos e produtos controlados.

Uma NÃO CONFORMIDADE MENOR pode ser:

 Falta de cumprimento aos requisitos da ISO 9001:2008 que o julgamento e a experiência indiquem que
provavelmente não resulte em uma falha do sistema da qualidade, nem reduza a sua capacidade de
garantir processos ou produtos controlados. Podendo ser:

 Uma falha em alguma parte da documentação do sistema da qualidade do fornecedor relativo a ISO
9001:2008, ou;
 Uma pequena falha observada em um item do sistema da qualidade da empresa.

6.12 ACOMPANHAMENTO DE AÇÕES CORRETIVAS/PREVENTIVAS

O Acompanhamento da Implementação das ações corretivas/preventivas deve ser realizado por um dos
auditores que participaram das auditorias ou por um auditor indicado pela Qualidade Corporativa.

O prazo para a definição destas ações é de 13 (treze) semanas.

A verificação da eficácia das ações corretivas / preventivas é realizada na próxima auditoria ou na data
posterior a prevista para conclusão.

6.13 AUDITORES EXTERNOS

A equipe de auditores pode ser composta por auditores externos contratados (terceiros), desde que seja
comprovada a qualificação dos mesmos. Neste caso a Qualidade Corporativa deve obter e manter cópia do
certificado de qualificação do auditor que realizar auditorias internas.

Os registros são mantidos conforme procedimento de CONTROLE DE REGISTROS DA QUALIDADE.

7.0 REGISTROS

IDENTIFICAÇÃO COLETA INDEXAÇÃO ACESSO ARQUIVAMENTO ARMAZENAMENTO DISPOSIÇÃO

Arquivo
FQ 038 - Relatório
05 anos eletrônico
de Auditoria Interna
Responsá 05 anos
Restrito
vel da G. Seqüencial Pastas
FQ 037 - GQ
Qualidade. 1 ano Arquivo
Cronograma de
Inativo Destruir
Auditoria

8.0 ANEXOS
N/A

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 6/7
LOGOTIPO
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 023

ASSUNTO: Auditorias Internas

ALTERAÇÕES

REVISÃO DATA ALTERAÇÃO

APROVAÇÃO

NOME DATA APROVAÇÃO VISTO


APROVADOR
APROVADOR
APROVADOR

A versão atualizada deste documento está disponível na rede de micros, SGQ. Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
8.2.2 01 13/09/18 7/7

Você também pode gostar