Você está na página 1de 6

Isótopos

São átomos que possuem o mesmo número de prótons (número atômico), diferindo em número de
nêutrons e conseqüentemente em suas massas. Assim, considerando que a caracterização de um
elemento é quanto seu número de prótons (número atômico) pode-se afirmar que isótopos são
átomos de um mesmo elemento.

Iso = Iguais, mesmo Topos =

lugar

Assim o termo isótopo se refere ao fato de ocuparem o mesmo lugar na tabela periódica, uma vez
que são os mesmo elementos.

Exemplos:

1H1 1H2 1H3 (hidrogênio, deutério e trítio, respectivamente) Observe que todos são átomos de
hidrogênio, pois possui 1 próton, diferindo no número de massa e de nêutrons.

6C12 6C13 6C14 (isótopos de carbono – o primeiro possui 6 prótons e 6 nêutrons, com massa 12, o
segundo 6 prótons e 7 nêutrons, com massa 13; e o ultimo possui 6 prótons e 7 nêutrons, com massa
14)

Isótonos

São átomos que possuem o mesmo número de nêutrons e número de prótons diferentes,
conseqüentemente apresentam massas diferentes. Assim, como o que caracteriza um elemento é o
número de prótons (número atômico), e considerando que os isótonos têm diferentes números
atômicos, estes são elementos diferentes.

Iso = Iguais Tonos = força

Os nêutrons são as principais partículas subatômicas responsáveis pela força de coesão no núcleo
dos átomos, assim, o termo isótono faz uma alusão a este fato, que significa “mesma força”.

Exemplo:

5B11 e 6C12 (observe que ambos possuem 6 neutros, para chegar nesta conclusão basta diminuir o
número de massa pelo numero de prótons)
Isóbaros

São átomos com a mesma massa, diferindo em quantidade de prótons e em quantidade de nêutrons.
Assim são átomos de elementos diferentes.

Iso = iguais

Baros = remete ao sentido de massa, pressão. Assim, são

átomos que possuem a mesma massa.

Exemplos: 6C14 e 7N14 (observe que o carbono contém 8 nêutrons e o nitrogênio 7)

18Ar40 e 20Ca40 (observe que o Argônio contém 22 nêutrons enquanto o Cálcio possui 20)
Camadas Eletrônicas ou Níveis de Energia

A coroa ou eletrosfera está dividida em 7 níveis ou camadas designadas por K, L, M, N, O, P, Q ou


pelos números: n = 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, respectivamente.
O número de camada é chamado número quântico principal (n). Número máximo de elétrons em
cada nível de energia:

1. Teórico:
Equação de Rydberg: x = 2n2

K L M N O P Q
2 8 18 32 50 72 98

2. Experimental:
O elemento de número atômico 112 apresenta o seguinte número de elétrons nas camadas
energéticas:

K L M N O P Q
2 8 18 32 32 18 2

Camada de valência (C.V.) ou nível de valência é o nível mais externo, isto é, última camada do
átomo e pode contar no máximo 8 elétrons.
Camada de Valência é o último nível de uma distribuição eletrônica, normalmente os elétrons
pertencentes à camada de valência, são os que participam de alguma ligação química.

Subníveis ou Subcamadas de Energia

Uma camada de número n será subdividida em n subníveis: s, p, d, f, g, h, i…

Nos átomos dos elementos conhecidos, os subníveis teóricos g, h, i… estão vazios.

Número máximo de elétrons em cada subnível experimental:

s p d f
2 6 10 14

Distribuição dos elétrons nos subníveis (configuração eletrônica)

Os subníveis são preenchidos em ordem crescente de energia (ordem energética).

Linus Pauling descobriu que a energia dos subníveis cresce na ordem: 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s


4d 5p 6s 4f 5d 6p 7s 5f 6d…
É nessa ordem que os subníveis são preenchidos. Para obter essa ordem basta seguir as diagonais
no Diagrama abaixo:
Distribuição eletrônica ou configuração eletrônica

Exemplo: Arsênio (As): Z = 33

Ordem energética (ordem de preenchimento): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p3

Ordem geométrica é a ordenação crescente de níveis energéticos, ou seja, pelas camadas.

Ordem geométrica (ordem de camada): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d10 4s2 4p3

“Visualizando” a distribuição por ordem geométrica e usando as letras dos níveis (camadas),
teremos as camadas energéticas: K = 2; L = 8; M = 18; N = 5

A camada de valência (C.V.) do As é a camada N, pois é o último nível que contém elétrons, no
caso um total de 5 elétrons.

O subnível mais energético, último subnível usado na distribuição por ordem energético. Pode estar
incompleto ou não. No caso é o 4p3 que contém elétrons um total de 3 elétrons.
Deve-se observar a ordem energética dos subníveis de energia, que infelizmente não coincide com
a ordem geométrica (por camadas). Isso porque subníveis de níveis superiores podem ter menor
energia total do que subníveis inferiores. A energia de um subnível é proporcional à soma (n + f) de
seus respectivos números quânticos principal (n) e secundário (f).

O número quântico principal , representado pela letra n, especifica a camada (nível de energia).
Pode assumir os valores 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 correspondentes respectivamente às camadas K, L, M,
N, O, P e Q.

O número quântico azimutal ou secundário, representado pela letra f, especifica a subcamada e,


assim, a forma do orbital. Pode assumir os valores 0, 1, 2 e 3, correspondentes às subcamadas s,
p, d, f.

Distribuição Eletrônica em Íons

Atenção!!!

Átomo neutro (estado fundamental) : nº de prótons = nº de elétrons

Íon: nº de prótons (p) ≠ nº de elétrons

Íon positivo (cátion): nº de p > nº de elétrons, pois perdeu elétrons

Íon negativo (ânion): nº de p < nº de elétrons, pois ganhou elétrons

Distribuição Eletrônica em Cátion

Retirar os elétrons mais externos, isto é, da última camada do átomo correspondente.

Exemplo: Ferro (Fe)

Ordem energética: Z = 26 → 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6 (estado fundamental = neutro)

Ordem geométrica: Z = 26 → 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d6 4s2 Perceba que 4s2 é a última camada
(C.V.)
Desta forma a distribuição para o cátion ferro II ficará: (cátion perde 2 elétrons) Fe2+ → 1s2 2s2 2p6
3s2 3p6 3d6 (estado iônico)

Distribuição Eletrônica em Ânion

Colocar os elétrons no subnível incompleto. Exemplo:Oxigênio (O)


Ordem energética: Z = 8 → 1s2 2s2 2p4 (estado fundamental = neutro)

Desta forma a distribuição para o ânion bivalente oxigênio, que recebe 2 elétrons ficará:

O2- → 1s2 2s2 2p6


Exercícios de revisão
Copie os enunciados no caderno de química e a seguir responda-os.
1. Faça distribuição eletrônica por subníveis nas ordens energética e geométrica para cada um
dos itens abaixo relacionados.
a) 38Sr b) 74W c) 51Sb d) 85At
2. Dê a distribuição eletrônica por subníveis de energia para os íons.
a) Sr2+ b) W+ c) Sb3- d) At1-
3. Indique o número total de elétrons da C.V. para átomos no estado fundamental e de seus
respectivos íons.

4. Indique o número total de elétrons do subnível mais energético para átomo no estado
fundamental e de seus respectivos íons.