Você está na página 1de 51

Sistema Digestório

Leonel Issa Neto

Sistema Digestório

Funções:

Modifica o alimento ingerido, por meio de processos mecânicos e químicos;

Absorção de nutrientes pela parede do trato gastrointestinal em direção aos sistemas

vasculares sanguíneo e linfático;

Armazenamento e eliminação de resíduos.

Componentes Anatômicos

Supra-diafragmáticos:

Boca, faringe, esôfago.

Infra-diafragmáticos:

Estômago, intestino delgado, intestino grosso.

Histologia Geral

4 camadas: mucosa, submucosa, muscular e serosa.

Histologia Geral • 4 camadas: mucosa, submucosa, muscular e serosa.

Boca

Local onde o alimento é ingerido e preparado para a digestão;

Para se formar o bolo alimentar, o alimento é mastigado pelos dentes e envolvido pela saliva;

Deglutição iniciada voluntariamente na cavidade oral.

Dentes

Principais funções:

Cortar, reduzir e misturar alimento com a saliva durante a mastigação;

Participar da articulação da fala;

Desenvolvimento e proteção dos tecidos que os sustentam.

Língua

Órgão muscular móvel;

Envolvida na mastigação, paladar, deglutição, articulação e limpeza oral;

Formação de palavras durante a fala;

Compressão do alimento para a parte oral da faringe ao deglutir.

Glândulas Salivares

Funções da saliva:

Mantém a mucosa da boca úmida;

Lubrifica o alimento durante a mastigação;

Inicia digestão de amidos;

Papéis importantes na prevenção de cáries e no paladar.

Faringe

Parte expandida superior do sistema alimentar, posterior às cavidades nasal e oral, estendendo-

se inferiormente até laringe e esôfago;

Dividida em três partes:

Parte nasal; Parte oral; Parte laríngea.

Deglutição

Estágio 1: voluntário; bolo é comprimido contra o

palato e empurrado da boca para a parte faringe.

oral da

Estágio 2: involuntário e rápido; palato mole é elevado, faringe alarga-se e encurta-se, recebendo

bolo alimentar.

Estágio 3: involuntário; contração sequencial de músculos constritores da faringe; descida do bolo alimentar para esôfago.

Esôfago

Tubo muscular contínuo de aproximadamente 25 cm de comprimento e 2 cm de diâmetro;

Três constrições:

Constrição faringoesofágica; Constrição broncoaórtica; Constrição diafragmática.

Estômago

Parte expandida do trato alimentar;

Formato assemelha-se à letra J;

Mistura alimentos e atua como reservatório;

Sua principal função é a digestão enzimática.

Suco gástrico converte massa de alimento em mistura semilíquida, o quimo.

Intestino Delgado

Local primário para absorção de nutrientes dos materiais ingeridos;

Formado por:

Duodeno; Jejuno; Íleo.

Intestino Grosso

Local de absorção da água dos resíduos indigeríveis do quimo líquido.

Conversão do quimo em fezes sólidas, temporariamente armazenadas até acúmulo

para que haja a defecação.

Fígado

Maior glândula do corpo;

Todos os nutrientes absorvidos, exceto os lipídeos, passam pelo fígado após digestão, por meio do sistema venoso porta;

Sintetiza proteínas plasmáticas e bile;

Metaboliza (glicogênio).

amônia;

armazena

glicose

Pâncreas

Glândula acessória, alongada, de localização retroperitoneal;

Secreções:

Exócrina: suco pancreático, das células acinares; Endócrina: glucagon e insulina, das ilhotas pancreáticas (de Langerhans).

Peritônio e Cavidade Peritoneal

Peritônio:

Parietal: reveste a face interna da parede abdominopélvica;

Visceral: reveste vísceras abdominais.

Órgãos:

Intraperitoneais: quase completamente cobertos pelo peritônio.

Extraperitoneais, retroperitoneais e subperitoneais:

parcialmente revestidos por peritônio.

Referências Bibliográficas

Netter, Frank H. Atlas de Anatomia Humana 4ª Edição Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

Putz, Reinhard; Pabst, Reinhard. Sobotta: Atlas de Anatomia Humana - 22ª Edição - Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2006.

Moore, Keith L. Anatomia Orientada para a Clínica - 5ª Edição Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.