Você está na página 1de 19

UNIDADE IV

Carga Axial
(PSV)
Objetivos:
"As tensões e deformações que um sistema de
 determinar a tensão axial forças provoca a uma distância grande da
 determinar reações em superfície de aplicação não dependem da
maneira particular como as forças estão
estruturas estaticamente aplicadas, mas apenas da sua resultante."
indeterminadas
Para os pés, andar com duas moças de 50 kg
 analisar os efeitos térmicos e ao colo ou apenas uma de 100kg às costas, é
de concentração de tensão absolutamente a mesma coisa.

slide 1 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Princípio de Saint-Venant
• O princípio Saint-Venant afirma que a deformação e tensão
localizadas nas regiões de aplicação de carga ou nos apoios tendem a
“nivelar-se” a uma distância suficientemente afastada dessas regiões.

slide 2 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Deformação elástica de um elemento submetido a
carga axial
• Usando a lei Hooke e as definições de tensão e deformação, somos
capazes de determinar a deformação elástica de um elemento submetido a
cargas axias.
 = deslocamento de um
• Suponha um elemento sujeito a cargas,
P x  Px dx ponto na barra relativo a outro
L

 e ε  
Ax  dx 0
Ax E L = distância original
P(x) = força axial interna na
seção
A(x) = área da seção
transversal da barra
E = módulo de elasticidade

slide 3 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Carga constante e área de seção transversal

• Quando uma força constante externa é aplicada a cada extremidade da barra,

PL

AE
Convenção de sinais

• Força e deslocamento são positivos se provocarem tração e alongamento; e


negativos causarão compressão e contração.

slide 4 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Exemplo 4.2
O conjunto é composto por um tubo de alumínio AB com área de seção transversal
de 400 mm2. Uma barra de aço com 10 mm de diâmetro está acoplada a um colar
rígido e que passa pelo tubo. Se uma carga de tração de 80 kN for aplicada à barra,
determine o deslocamento da extremidade C da barra. (Eaço = 200 GPa, Eal = 70
GPa )

slide 5 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Solução:
Encontre o deslocamento da extremidade C em
relação à extremidade B.

C / B 
PL

 
 80103  0,6
 0,003056 m 
 
AE  0,005  200 10 
2 9

O deslocamento da extremidade B em relação à


extremidade fixa A é

B 
PL

  
 80 103 0,4
 0,001143  0,001143 m 
    
AE 400 10 6 70 109
Visto que ambos os deslocamentos são para direita,
o deslocamento resultante de C em relação à
extremidade fixa A é, portanto,
 C   C   C / B  0,0042 m  4,20 mm  (Resposta)
slide 6 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.
Problemas do livro-texto
 4.1
 4.2
4.4 – O eixo de cobre está sujeito às cargas
axiais mostradas na figura. Determine o
deslocamento da extremidade A em relação à
D se os diâmetros de cada segmento forem:
dAB = 20 mm, dBC = 25 mm e dCD = 12 mm.
Considere E = 126 Gpa.

 4.7

4.20 – A viga rígida está apoiada em suas


extremidades por dois tirantes de aço A-36.
Se a tensão admissível para o aço for σadm =
115 Mpa, a carga w = 50 kN/m e x = 1.2 m,
determine o diâmetro de cada haste de modo
que a viga permaneça na posição horizontal
quando carregada.

 4.21

slide 7 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Princípio da superposição
• Princípio da superposição é frequentemente usado para determinar a
tensão ou o deslocamento em um ponto de um elemento quando este
estiver sujeito a um carregamento complicado. (Exemplos)

Elemento com carga axial estaticamente indeterminado

• A barra é estatisticamente indeterminada quando as equações de


equilíbrio não são suficientes para determinar as reações.

slide 8 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Exemplo 4.5

A haste de aço tem diâmetro de 5 mm e está presa à


parede fixa em A. Antes de ser carregada, há uma folga
de 1 mm entre a parede B’ e a haste. Determine as
reações em A e B’ se a haste for submetida a uma força
axial P = 20 kN. Despreze o tamanho do colar em C.
(Eaço = 200 GPa)

slide 9 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Solução:

O equilíbrio da haste exige


   Fx  0;  
 FA  FB  20 10 3  0 (1)

A condição de compatibilidade para a haste é  B / A  0,001 m .

Usando a relação carga-deslocamento,

FA LAC FB LCB
 B / A  0,001  
AE AE
FA 0,4  FB 0,8  3.927 ,0 N  m (2)

As equações 1 e 2 nos dão FA = 16,6 kN e


FB = 3,39 kN. (Resposta)

slide 10 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Exemplo 4.9
A haste de aço A-36 tem diâmetro de 5 mm. Está presa à parede fixa em A e, antes
de ser carregada, há uma folga de 1 mm entre a parede em B’ e a haste. Determine
as reações em A e B’.

slide 11 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Solução:
Considere o apoio em B’ como redundante e usando o princípio da
superposição

 0,001   P   B (1)

Além,

P 
PLAC

 
20103  0,4 
 0,002037 m
AE 2

 0,0025  20010  9

FB 1,2 
FL
 B  B AB    6

AE 2

 0,0025  20010  9
0,

3056 10 FB

slide 12 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Substituindo na equação 1,temos

 
0,001  0,002037  0,3056 10 6 FB
 
FB  3,39 10 3  3,39 kN (Resposta)
Pelo diagrama de corpo livre,

   Fx  0;  FA  20  3,39  0
FA  16,6 kN (Resposta)

slide 13 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Problemas do livro-texto
 4.33

4.34 – A coluna de concreto é reforçada


com quatro hastes de aço, cada uma com
diâmetro de 18 mm. Determine a tensão no
concreto e no aço se a coluna for
submetida a uma carga axial de 800 kN.
Eaço = 200 Gpa, Ec = 25 Gpa.

 4.35
 4.38
 4.43

4.46 – O elo rígido é sustentado por um


pino em A, um cabo de aço BC com
comprimento de 200 mm quando não
alongado com área de seção transversal de
22,5 mm2 e um bloco curto de alumínio
com 50 mm de comprimento quando não
carregado com seção de 40 mm2. Se o elo
for submetido à carga vertical mostrada,
determine a tensão normal média no cabo e
no bloco. Eaço = 200 GPa e Eal = 70 GPa.

slide 14 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Tensão térmica

• Uma mudança na temperatura pode provocar alterações nas dimensões de


um material.

• Se o material for homogêneo e isotrópico,

T  TL

 = coeficiente linear de expansão térmica, propriedade do material


T = variação na temperatura do elemento
L = comprimento inicial do elemento
T = variação no comprimento do elemento

slide 15 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Exemplo 4.12
Uma barra rígida está presa à parte superior de três postes feitos de aço A-36 e
alumínio 2014-T6. Cada um dos postes tem comprimento de 250 mm quando não
há nenhuma carga aplicada à barra e a temperatura é de T1 = 20°C. Determine a
força suportada por cada poste se a barra for submetida a um carregamento
distribuído uniformemente de 150 kN/m e a temperatura aumentar até T2 = 80°C.

Eaço = 200 Gpa , EAl = 73,1 Gpa , αaço = 12·10-6 ºC-1 , αAl = 23·10-6 ºC-1

slide 16 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Solução:

Do diagrama de corpo livre nós temos

   Fy  0;  
2 Faço  Fal  90 10 3  0 (1)

A parte superior de cada poste sofre o


mesmo deslocamento. Em consequência,

   aço   al (2)

slide 17 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


A posição final da parte superior de cada poste é igual ao deslocamento causado
pelo aumento da temperatura e a força de compressão axial interna.

   aço   aço T   aço F


   al   al T   al F
Aplicando a equação 2, temos

  aço T   aço F   aço T   al F

Com referência às propriedades dos materiais, temos


Faço 0,25 Fal 0,25
  
 12 10 6 80  20 0,25    
  23 10 6 80  20 0,25 
 0,02  20010 
2 9
  
 0,032 73,1 109
 
Faço  1,216 Fal  165,9 103 (3)
Resolvendo equações 1 e 3 simultâneamente, Faço  16,4 kN e Fal  123 kN (Resposta)

slide 18 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.


Problemas do livro-texto
 4.71

4.72 – Os diâmetros e materiais de


fabricação do conjunto são indicados na
figura. Se o conjunto estiver bem ajustado
entre seus apoios fixos quando a
temperatura é T1 = 20º C, determine a tensão
normal média em cada material quando a
temperatura atingir T2 = 40º C.
Eaço = 193 GPa, EAl = 73,1 GPa, Ebronze = 103
GPa, αaço = 17·10-6 ºC-1 , αAl = 23·10-6 ºC-1,
αbronze = 17·10-6 ºC-1

 4.77

4.79 – Duas barras feitas de materiais


diferentes são acopladas e instaladas entre
duas paredes quando a temperatura é T1 =
150º C. Determine a força exercida nos
apoios quando a temperatura for T2 = 20º C.

slide 19 © 2009 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.