Você está na página 1de 9

Cura Pranica

Portal Sincronicidade

CURSO LIVRE:
CURA PRÂNICA

Proibida a venda ou reprodução desse material sem a expressa autorização dos responsáveis.

©2014 – www.portalsincronicidade.com.br

1
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

INTRODUÇÃO À TERAPIA HOLÍSTICA

1. CONCEITOS DE TERAPIA HOLÍSTICA

Segundo BAZZAN, A terapia holística é “aquela que segue os princípios do holismo


(do grego holos que significa inteiro ou todo). Ou seja: trata o ser humano como
um todo, não através de uma visão fragmentada do real”.

A abordagem holística acredita que os elementos físico, emocional, mental e


espiritual de cada pessoa forma um sistema e objetiva tratar de toda a pessoa em
seu contexto, concentrando-se tanto na causa da doença como nos sintomas.

A medicina chinesa e a medicina indiana (Ayurveda) há milhares de anos atuam


sob uma perspectiva holística para tratar a causa das doenças e não apenas os seus
sintomas. Cada vez mais esse conceito vem sendo difundido no Ocidente e a busca
por técnicas holísticas de tratamento tem crescido consideravelmente nos últimos
anos.

2
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

Dentre as mais conhecidas técnicas de tratamento holístico, podemos citar: O Reiki,


a Terapia Floral, a Acupuntura, o Shiatsu, o Yoga, a Radiestesia e a Fitoterapia.

A Terapia Holística se propõe a trabalhar o ser humano integral. Este é constituído


de uma fração visível, o corpo físico, e uma porção invisível, que embora não
vemos, possam entender.

Fato é que devido à regeneração celular, nosso corpo é permanentemente


reconstruído.

Nossas células de hoje não são as mesmas de ontem, não serão as mesmas amanhã.
Todavia nossa essência continua a mesma. Mantemos a mesma autoconsciência,
habilidades adquiridas, temos os mesmos gostos, ideais, sabemos o que fizemos
ontem e quais são os nossos planos para amanhã. Há um princípio intangível que
garante a continuidade do Ser mesmo através das mudanças que o corpo físico
atravessa.

Numa graduação progressiva, podemos entender a parte intangível como, primeiro


um corpo emocional, sede dos nossos desejos, num plano imediatamente
subsequente, virá o corpo mental, onde se desenvolve o pensamento. O corpo
mental treinado consegue controlar as emoções. Mesmo que em nível básico, todos
os seres humanos impõem algum tipo de limite, advindo de um processo mental,
aos seus desejos. Ao conjunto do corpo físico, emocional e mental chamamos de
personalidade.

A grande maioria das técnicas de Terapias Holísticas desenvolve-se nos campos


mental e emocional, repercutindo sobre o campo físico. Assim, a Terapia Floral,
trata das emoções para que uma vez estas estejam equilibradas, o corpo físico
também retorne ao seu estado de equilíbrio.

As técnicas Radiestésicas e Radiônicas se desenvolvem no corpo mental, através da


imprescindível anulação dos desejos e vontades do operador, para a adequada
investigação das causas do desequilíbrio do cliente, e o foco mental na intenção,
quando se trata de transmitir a Energia sutil. Mesmo técnicas aparentemente mais
físicas, como a Cromoterapia ou a Terapia Tradicional Chinesa também se utilizam
dessa prática.

3
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

A Cromoterapia pode ser desenvolvida através da simples visualização das cores


aplicadas (nível mental), enquanto a Acupuntura, por exemplo, busca tratar os
desequilíbrios do corpo emocional. Uma conhecida técnica chinesa, o Qi Gong,
busca através do foco mental, redistribuir a Energia sutil através dos centros de
energia do corpo.

Poderíamos continuar descrevendo inúmeras associações de técnicas terapêuticas e


os corpos mental e emocional. Mas nossa intenção aqui é a de entender o
relacionamento da Energia sutil com nossa constituição intangível. A Energia sutil
nutre e permeia o corpo físico e o corpo emocional. Estes dois, por sua vez, estão
profundamente interligados, já que o foco mental gera uma vontade emocional.
Este está ligado ao corpo físico, onde observamos as suas manifestações. Portanto,
a maioria dos desequilíbrios energéticos do corpo físico tem sua origem no corpo
emocional ou mental. Que assim podem ser tratados através das várias técnicas de
Terapia Holísticas.

As abordagens holísticas, ou terapias complementares e alternativas, têm em


comum àquilo que a Organização Mundial da Saúde descreve como: “cuidar de
modo que as pessoas sejam vistas na totalidade dentro de um espectro ecológico
amplo, que enfatize a visão de que a saúde ou a doença é gerada por uma pessoa
em seu sistema ecológico global, e não causada apenas pelo agente ecológico e
pela evolução patogenética”.

A totalidade do indivíduo geralmente é referida como saúde holística porque


incorpora não apenas o corpo, mas os quadrantes de necessidade e função: o físico
(corpo e movimento), o intelectual (cérebro e mente), e o emocional (sentimentos).
As terapias complementares e alternativas procuram preencher os quadrantes de
significado e função e enfatizam a relação cientificamente comprovada entre
mente e corpo.

Em vez da redução das variáveis, ou descoberta da pílula mágica, essas terapias são
aplicadas para atingir a integralidade do indivíduo, na tentativa de ajudar o
paciente a recuperar-se da doença e/ou lesão, facilitando o fluxo de energia
natural do próprio indivíduo. A teoria holística, que é fundamentada na medicina e
no sistema de saúde praticado na maior parte do mundo fora do ocidente, sugere

4
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

que o Ki (energia) é responsável pela saúde e homeostase quando está fluindo


livremente em equilíbrio.

O TERAPEUTA HOLÍSTICO

O Terapeuta Holístico, em geral, detém conhecimento de diversas técnicas de


tratamento e procura utilizar aquela que julga mais adequada para cada tipo de
cliente.

De acordo com o Conselho Holístico do Estado do Paraná - CHEP:

A profissão de Terapeuta Holístico é LÍCITA, ou seja, inexiste Lei que a preveja,


limite ou impeça o seu LIVRE exercício. Entretanto, ela não é REGULAMENTADA,
ou seja, não existe Lei ou Decreto Federal específicos sobre o tema. (...). A correta
interpretação da Constituição Federal garante que a ausência de regulamentação
por Lei Federal torna LIVRE o exercício profissional.

Segundo o SINTE:

“Terapeuta Holístico atua como um catalizador da tendência natural ao auto-


equilíbrio do cliente, facilitando-a por meio de técnicas naturalistas, podendo,
inclusive, fazer uso de instrumentos e equipamentos não agressivos, além de
produtos cuja comercialização seja livre, bem como orientar seus clientes através de
aconselhamento profissional. O trabalho é realizado sempre sob o paradigma
holístico, ou seja, o cliente é abordado sob todos os seus aspectos e, nesta área,
não é comum a existência de “especialistas”, pois o correto é que o Terapeuta
Holístico faça uso da somatória das mais diversas técnicas, pois cada caso é
considerado único e devemos ter à disposição os mais variados métodos, para
poder-se optar por aqueles com os quais o cliente tenha afinidade”. (SINTE –
Sindicato dos Terapeutas)

Premissas para um terapeuta

5
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

 Ser amável, gentil e humilde, antes de ser terapeuta de terceiros deve ser de si
próprio;
 Tem o papel de difundir a luz;
 Deve estar sintonizado com o Universo, ter luz e estar na luz;
 O ego e arrogância são inimigos número 1 do terapeuta;
 Manter sentimento de unidade com o Universo;
 Saber cuidar de todos os seus corpos (físico, emocional, mental e espiritual);

Qualidades pessoais de um terapeuta holístico

 Amigo, confidente, responsável, honesto, carismático, íntegro, sincero, humilde,


tolerante e paciente.
 Simples, amável, habilidoso, compreensível, leal, divulgador de informações,
flexível, receptível, apresentável.
 Bondoso, sábio, carinhoso, amoroso, justo, alegre, criativo, sensível,
disciplinador.
 Equilibrado, conciliador, conselheiro, organizado, líder, disciplinado,
equilibrador, coerente, autoconfiante, disponível, acessível.

Qualidades técnicas de um terapeuta holístico

 Utilizar o seu dia-a-dia em consultório de terapia como uma oportunidade de


melhoria, buscando cada vez mais, melhores soluções para as necessidades dos
consulentes grupos de estudos, realizar trabalhos sociais, pesquisas, repassar
informações, trocar experiências com colegas, levar dúvidas aos professores;
 Ter bom conhecimento sobre anatomia sutil, chacras, campos de energia,
relação das partes do corpo físico com causas no mental e emocional,
linguagem corporal e leitura de aura;
 Fazer constantes reciclagens, participar de seminários, congressos, simpósios,
ciclos de debates e outros;
 Sempre que possível publicar artigos sobre suas pesquisas e sua prática diária
como terapeuta;

6
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

 Respeitar a opinião de outros colegas da área terapêutica e manter a ética em


todas as situações.

O terapeuta holístico deve estudar não apenas a(s) terapia(s) de sua especialidade,
mas também ter um conhecimento mínimo sobre o funcionamento do corpo
humano e suas patologias, bem como um conhecimento mínimo de psicologia e do
ser humano. Deve também ter uma boa cultura geral. Tudo isto o auxilia a ser um
profissional competente, a ganhar respeito e confiança de seus clientes e a ser
capaz de defender sua prática profissional do ataque de céticos ou pessoas agindo
de má-fé.

Todo amadorismo nas terapias holísticas deve ser combatido pelos próprios
terapeutas holísticos. E a melhor forma de combatê-lo é investir do seu próprio
conhecimento e compartilhá-lo com outros terapeutas.

ATUAÇÃO DO TERAPEUTA HOLÍSTICO

Inicia pela entrevista com o paciente ou anamnese terapêutica; depois, usa técnicas
de diagnóstico energético para descobrir distúrbios já instalados no corpo físico ou
que ainda estejam no campo energético (aura) e prestes a se manifestar no físico.
Em seguida, procura dissolver os bloqueios de energia que se tornariam doença,
harmoniza os chacras do consulente e trata as áreas ou órgãos afetados.

ATUAÇÃO DAS TERAPIAS HOLÍSTICAS NO SER

A terapia naturalista, holística ou naturopática atua no campo de energia


eletromagnética que envolve o corpo do ser humano, conhecido como aura ou
campo áurico, sendo composta dos níveis físico, energético, emocional, mental e
espiritual (essência).

CONTRA-INDICAÇÕES

7
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

Cada terapia tem os seus próprios casos em que é contra-indicada, geralmente não
no todo e sim parcialmente. Por exemplo, há pontos de reflexologia contra-
indicados para gestantes e hipertensos, mas há outros que poderão tratá-las sem
prejudicar a gravidez.

O CLIENTE DEVE PARAR O TRATAMENTO MÉDICO ALOPÁTICO?

Em hipótese alguma. Os dois tratamentos podem caminhar paralelos.

SOBRE O DIAGNÓSTICO MÉDICO E DIAGNÓSTICO ENERGÉTICO

Terapeuta holístico, naturalista não faz diagnóstico médico. Mas pode utilizar-se
dele para escolher o tratamento para o desequilíbrio energético correspondente à
doença física do cliente.

Exemplo: se um médico diagnosticou que uma determinada pessoa sofre de cálculo


renal, o terapeuta holístico escolherá um tratamento energético específico para o
desequilíbrio energético correspondente a esta doença.

Nem sempre a relação entre a doença física e o desequilíbrio energético


correspondente é óbvia ou direta. Por isso, para identificar desequilíbrios
energéticos, muitos terapeutas holísticos adotam métodos próprios de diagnose
energética. Em geral, quando estes métodos próprios são usados, as terapias
holísticas atuam de forma mais eficaz.

TERAPIAS HOLÍSTICAS x RELIGIÃO

Terapias holísticas, naturalistas não são formas de religião, nem são ligadas a
religião alguma.

Também não exigem o uso da fé para funcionarem, quer por parte do cliente, quer
por parte do terapeuta. Não é preciso acreditar em nada. A experiência mostra que
as terapias holísticas funcionam mesmo em clientes totalmente céticos.

8
Cura Pranica
Portal Sincronicidade

Porém, um terapeuta holístico pode, se o desejar, usar de imagens sagradas,


orações e métodos correlatos para auxiliar no tratamento energético. As diversas
formas de terapias holísticas não dependem delas para funcionarem, mas podem se
valer delas como auxiliares.

É comum em espaços de atendimento holístico haver nas paredes imagens de

Mestres e símbolos que se pense auxiliarem na harmonização energética.

A importância destes métodos na terapia varia de terapeuta para terapeuta.

Há desde terapeutas que lhes dão importância fundamental até os que não lhe não

importância alguma. Número considerável de terapeutas holísticos encontra-se no


meio termo.

Como as terapias holísticas não são ligadas a nenhuma religião, quando métodos

religiosos/espirituais são utilizados como auxiliares, estes costumam ser o mais


ecumênicos possíveis. Até mesmo em respeito ao cliente que pode ser de uma
religião diferente à do terapeuta, ou não ter religião alguma (assim como o
terapeuta pode também não ter).

SUI, Choa Kok, Cura Pranica com Cristais. Editora Ground, São Paulo, 1997.