Você está na página 1de 27

SISTEMAS FLEXÍVEIS DE

MANUFATURA

Prof. William Hertz Ganzenmüller

E-mail: prof.williamhg@gmail.com
A DIVERSIVIDADE DE PRODUTOS

Depois de muitos anos de trabalho e economia, você decidiu comprar


seu primeiro carro. Na agência, o vendedor nem lhe deu tempo de
respirar e foi logo perguntando:

–Motor 1.0, 1.4 ou 1.6? Interior em napa, couro ou corvim? Direção


hidráulica? E ar-condicionado? Vidros elétricos? Rodas de ferro ou
alumínio? Duas ou quatro portas? E a Cor?

Por outro lado alguém deve estar se perguntando:


Como produzir os veículos numa produção em massa com tantas
varáveis?
Prof. William Hertz Ganzenmüller
A PRODUÇÃO

Na extremidade oposta ao do conceito de produção em


massa onde se tem como objetivo principal o atendimento
da produtividade, encontra-se na contra-mão a produção
sob encomenda.

Normalmente trata-se de um lote de quantidade


significamente reduzida ou até mesmo unitária.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FATORES ECONÔMICOS

A queda de importantes barreiras alfandegárias


protecionista, resultou-se em uma crescente pressão por
competitividade do mercado mundial, com o surgimento de
novos concorrentes bastante capacitados.

A concorrência pelos mercados se dá, com base em


critérios, como por exemplo, produtos diferenciados, alto
nível de qualidade e, em um prazo menor.

Conseqüentemente houve um aumento no desenvolvimento


de novas tecnologias de processo e de gestão de
manufatura, como os sistemas de manufatura integrada por
computador e os sistemas flexíveis de manufatura(FMS).
Prof. William Hertz Ganzenmüller
O SISTEMA FLEXÍVEL DE MANUFATURA (FMS)

Sistema Flexível de Manufatura (Flexible Manufacturing


System - FMS em Inglês)

É um sistema de manufatura que possui certa flexibilidade


para reagir a mudanças esperadas ou inesperadas no
processo de fabricação.

Um sistema de manufatura flexível é capaz de processar


uma variedade de tipos de peças diferentes
simultaneamente num único equipamento ou nas diversas
estações de trabalho.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


ORIGEM DO SISTEMA FLEXÍVEL DE MANUFATURA (FMS)

O sistema de manufatura flexível foi idealizado


originalmente em 1960 para usinagem, pois o conceito
incluía o controle computadorizado das máquinas NC
(numerical control).

O conceito foi creditado à David Williamson em 1965


(patenteou) incluía o controle computadorizado das
máquinas NC com a capacidade de produzir uma variedade
de peças e a utilização de depósitos de ferramentas para as
diferentes operações de usinagem.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


EVOLUÇÃO DO FMS

Os primeiros FMS’s instalados nos EUA foi um sistema de usinagem da


Ingersoll-Rand em 1960.

Em seguida, outros sistemas foram introduzidos ainda em grandes


empresas nos Estados Unidos na Caterpillar Tractor, Cincinnati
Milacron, John Deere e General Electric Company.

Na Alemanha em 1969, Heidleberguer Druckmaschinen desenvolveu o


primeiro sistema.

Na URSS (Rússia) em 1972 um sistema de flexível foi demonstrado na


exposição de Stanki.

Na mesma época o primeiro FMS japonês foi instalado na Fuji Xerox.


Prof. William Hertz Ganzenmüller
EVOLUÇÃO DO FMS

Por volta de 1985, o número de FMS em todo o mundo já


havia aumentado para aproximadamente 300. Sendo 20 a
25 por cento nos Estados Unidos.

Atualmente, aumentou-se a procura por células de


manufatura flexível menores e menos caras.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FLEXIBILIDADE

O sistema de manufatura para ser flexível deve possuir


seguintes recursos:

-Capacidade de identificar e distinguir os diferentes tipos de


produtos.

- Rápida troca das instruções operacionais (ex. programa)

- Rápida troca da configuração física (ex. ferramentas)

Prof. William Hertz Ganzenmüller


APLICAÇÃO DO FMS

Sistemas Flexíveis de Manufatura são mais adequados


para indústrias com volumes de produção médio (5 a 75
mil/ano).

Abaixo deste volume, o FMS provavelmente será uma


alternativa mais cara.

Acima deste volume, um sistema especializado deve ser


considerado.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


APLICAÇÃO DO FMS

O FMS executam as mais diversas operações em


indústrias, como por exemplo:

- Operações com máquinas de ferramentas: corte,


fresamento, torneamento, retífica, etc

- Soldagem: Chassis de veículos e estruturas de máquinas.

- Montagem: automóveis, eletrodomésticos, etc.

- Controle de Inspeção: Tri-mensional, cameras, etc


Prof. William Hertz Ganzenmüller
CÉLULA FLEXÍVEL DE MANUFATURA (FMC)

A célula flexível de manufatura (FMC – Flexible


Manufacturing Cell), consiste em até duas ou três estações
de trabalho de processamento com um sistema de carga e
descarga de peça.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


CÉLULA FLEXÍVEL DE MANUFATURA (FMC)

A célula flexível de manufatura (FMC – Flexible


Manufacturing Cell), consiste em até duas ou três estações
de trabalho de processamento com um sistema de carga e
descarga de peça.

Exemplo: Normalmente são centros de usinagem.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – Processo Automatizado

Máquinas e Estações de Montagens Automáticas:

FMC
Prof. William Hertz Ganzenmüller
ESTRUTURA DO FMS

Um Sistema Flexível de Manufatura é composto por:

-Processo Automatizado: composto por mais de quatro


estações de processamento interligadas mecanicamente e
controlada por um sistema automatizado e controladas
e/ou supervisionadas por computador central.

-Manipulação e Armazenamento: Sistemas para


manipulação de peças em fabricação (por exemplo, os
robôs), esteiras, veículos automatizados de transporte
(AGV’s e RGV’s) e armazenamento de estoque.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – Processo Automatizado

Linhas de Montagens Automáticas e Flexíveis:

FMS
Prof. William Hertz Ganzenmüller
FMS – Manipulação e Armazenamento

Manipuladores, Transportadores e Armazenamento:

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – Sistema de Controle Computadorizado

Centrais de Controle de Processos:

Prof. William Hertz Ganzenmüller


DOMÍNIO TÉCNOLÓGICO

A conseqüência direta da introdução destas novas


tecnologias nos ambientes de manufatura, uma crescente
variedade de problemas tem surgido, com respeito à
questão de como melhor projetar, implementar e operar tais
sistemas.

Tais problemas ensejam muitas oportunidades de pesquisa


em técnicas que, mesmo não indicando ao analista-
projetista soluções ótimas, possam fornecer-lhe avaliações
do desempenho do sistema, permitindo identificar e corrigir
falhas de projeto ou de operação

Prof. William Hertz Ganzenmüller


AS DIFICULDADES NO FMS

A principal dificuldade para analisar sistemas desta natureza está na


sua enorme complexidade, que pode ser atribuída a diversos fatores:

-A dimensão do sistema, caracterizada pelo grande número de eventos


ocorrendo paralela e/ou concorrentemente.

-As falha das máquinas, tempos de processamento aleatórios, possível


escassez de matéria-prima, variabilidade de produtos, etc.

- Técnicas convencionais de controle e programação matemática são


inadequadas neste caso, em razão da impossibilidade de modelagem
de tais sistemas mediante equações integro-diferenciais uma vez que
eles evoluem segundo eventos que ocorrem discretamente no tempo.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS vs. CÉLULA DE MANUFATURA MANUAL - VANTAGENS

- Aumento da utilização das máquinas


- Maior competitividade
- Maior Flexibilidade à variação do mercado
- Menores prazos de entrega
- Melhor controle da produção com menor tempo e esforço
- Menor espaço de chão de Fábrica
- Maior qualidade dos produtos
- Cliente satisfeito

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS vs. CÉLULA DE MANUFATURA MANUAL - DESVANTAGENS

- O FMS requer investimento muito maior porque novos


equipamentos estão sendo instalados, enquanto a célula de
manufatura manual pode exigir apenas que os
equipamentos sejam reorganizados.

- O FMS é tecnologicamente mais sofisticado para os


recursos humanos que devem fazê-lo funcionar.

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – EXEMPLOS

FMC - DOBRADEIRA

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – EXEMPLOS

FMS – MONTAGEM DE MOTOR DE AUTOMÓVEL

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – EXEMPLOS

FMS – MONTAGEM DE TRANSMISSÃO DE AUTOMÓVEL

Prof. William Hertz Ganzenmüller


FMS – EXEMPLOS

FMS – USINAGEM E MEDIÇÃO

Prof. William Hertz Ganzenmüller


DÚVIDAS?

DÚVIDAS?

Prof. William Hertz Ganzenmüller