Você está na página 1de 15

EXERCÍCIOS

Banco do Nordeste

1. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) A Constituição Federal, a. Depósito compulsório


norma de maior hierarquia no ordenamento jurídico do b. Operações no mercado aberto
Estado, ocupou-se, em capítulo específico, de estabe- c. Empréstimo de liquidez
lecer o regramento básico do Sistema Financeiro Na- d. Emissão de moeda
cional (SFN). A despeito de tal Sistema, a Carta Magna e. Controle de crédito
dispõe que será:
a. regulado por leis ordinárias que disporão quanto 4. (BNB/ Acep/ 2010) Dentre as instituições que com-
aos interesses da coletividade e a promoção do põem o Sistema Financeiro Nacional, o Conselho
desenvolvimento econômico e social do País. Monetário Nacional tem como finalidade formular a
b. estruturado de modo a promover o desenvolvimen- política da moeda e do crédito, visando ao progresso
to socioeconômico do País e abrangerá os siste- econômico e Social do País. Desta forma, a política do
mas cooperativos. Conselho Monetário Nacional tem como objetivo:
c. regulado por lei complementar que disporá quanto
a. propiciar o aperfeiçoamento das instituições e dos
às cooperativas de crédito e a participação de capi-
instrumentos financeiros, com vistas à maior efici-
tais nas instituições que o integram.
ência do sistema de pagamentos e de mobilização
d. regulado por lei complementar, exclusivamente, no
de recursos e zelar pela liquidez e solvência das
que couber à participação de capitais estrangeiros
instituições financeiras.
nas instituições que o integram.
b. receber recolhimentos compulsórios dos depósitos
e. estruturado de modo a promover o desenvolvimen-
to equilibrado do País e a servir aos interesses da à vista das instituições financeiras públicas, para
coletividade. transformar em linhas de redescontos e emprésti-
mos às instituições financeiras privadas.
2. (BNB/ ACEP/ 2004) Marque a alternativa CORRETA c. praticar operações de câmbio, crédito e venda ha-
sobre as características e atribuições legais das insti- bitual de títulos da dívida pública federal, estadual
tuições financeiras pertencentes ao Sistema Financei- ou municipal, ações, debêntures, letras hipotecá-
ro Nacional: rias e outros títulos de crédito ou mobiliários.
a. consideram-se instituições financeiras, as pessoas d. atuar no sentido de garantir o funcionamento re-
jurídicas públicas e privadas que tenham como ati- gular do mercado cambial, a estabilidade relativa
vidade principal a intermediação de recursos finan- das taxas de câmbio e o equilíbrio no balanço de
ceiros próprios. pagamentos, podendo, para esse fim, comprar e
b. as instituições financeiras somente poderão funcio- vender ouro e moeda estrangeira, bem como reali-
nar no país mediante prévia autorização do Banco zar operações de crédito no exterior.
Central do Brasil ou de decreto do Poder Executi- e. emitir títulos de responsabilidade própria, de acor-
vo, quando forem estrangeiras. do com as condições estabelecidas pelo Congres-
c. as instituições financeiras públicas federais, por so Nacional, para financiar a divida pública do go-
sua personalidade jurídica, não estão sujeitas às verno.
mesmas disposições relativas às instituições finan-
ceiras privadas. 5. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Analise as assertivas
d. é permitido às instituições financeiras conceder apresentadas, classificando-as em V (verdadeira) ou F
empréstimos e adiantamentos a seus diretores e (falsa) e marque a opção correspondente.
membros do conselho de administração, na condi- (  ) O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é com-
ção dos mesmos possuírem, pelo menos, 20% do
posto por um conjunto de instituições públicas e
capital da instituição.
privadas e tem como órgão normativo máximo o
e. as instituições financeiras podem manter aplica-
Conselho Monetário Nacional (CMN).
ções ilimitadas em bens imóveis.
(  ) O SFN envolve dois grandes subsistemas: um
normativo e outro de intermediação financeira,
3. (Besc/ FGV/ 2004) Dentre os instrumentos clássicos
sendo que este último é composto por institui-
de política monetária, assinale aquele que se destaca
como o mais ágil, para os objetivos do Banco Central ções que estabelecem diretrizes de atuação das
de permanente regulagem da oferta monetária e do instituições financeiras operativas, como a Co-
custo primário do dinheiro. missão de Valores Mobiliários, por exemplo.

1
 (  ) O CMN reveste-se de amplas atribuições, inclu- 8. (BNB/ Acep/ 2010) Para a abertura de conta de depó-
sive da formulação da política de moeda e do sito, é necessário preencher a ficha-proposta de aber-
crédito, com o objetivo de resguardar os interes- tura de conta, que é o contrato firmado entre banco e
ses econômico-sociais do País. cliente; dispor de quantia mínima, caso exigida pelo
(  )
 Um sistema financeiro, grosso modo, pode ser banco; e apresentar os originais dos seguintes docu-
entendido como um conjunto de instituições e mentos, que deverão ser mantidos atualizados pela
instrumentos que, em última análise, se ocupa da instituição financeira:
transferência de recursos dos agentes econômi- a. se pessoa física: comprovante de inscrição no
cos superavitários para os agentes deficitários. Cadastro de Pessoa Física (CPF), documento de
(  )
 Como regra, as instituições financeiras são clas- identificação (identidade ou equivalente) e compro-
sificadas como bancárias ou monetárias e não vante de residência.
bancárias ou não monetárias. Como exemplos b. se pessoa física: comprovante de inscrição no
destas últimas estão as sociedades corretoras, os
Cadastro de Pessoa Física (CPF), documento de
bancos de investimentos e os bancos múltiplos.
identificação (identidade ou equivalente) e titulo de
eleitor comprovando ter votado nas últimas elei-
a. V–V–F–F–V
ções.
b. V–F–F–V–V
c. se pessoa jurídica: comprovante de inscrição no
c. V–F–V–V–F
Cadastro de Pessoa Física (CPF) do proprietário e
d. V–V–V–V–V
título de eleitor dos sócios, comprovando ter votado
e. F–F–V–V–V
nas últimas eleições.
6. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Dentre as opções apre- d. se pessoa jurídica: comprovante de inscrição no
sentadas abaixo, uma não guarda coerência com as Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e
competências do Banco Central (BACEN) e suas atri- comprovante de depósito equivalente ao capital da
buições. Assinale-a. empresa.
a. Atua como recebedor dos depósitos compulsórios e. se pessoa jurídica: comprovante de inscrição no
das instituições financeiras. Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de
b. Supervisiona os serviços de compensação de che- identificação (identidade ou equivalente) de todos
ques e outros papéis entre as instituições financei- os sócios.
ras.
c. Fiscaliza as instituições financeiras, aplicando, se 9. (Besc/ FGV/ 2004) O CDB − Certificado de Depósito
necessário, as penalidades prescritas em lei. Bancário − é emitido por:
d. Regulamenta as operações de câmbio e fixa as di- a. banco múltiplo
retrizes das operações de redesconto. b. casa de poupança
e. Constitui-se no principal executor das políticas mo- c. casa de câmbio
netárias traçadas pelo CMN. d. distribuidora de títulos e valores mobiliários
e. corretora de seguros
7. (BNB/ ACEP/ 2004) Considerando as principais fun-
ções e finalidades do Conselho Monetário Nacional e 10. (BNB/ Acep/ 2010) A regulamentação do sistema finan-
do Banco Central do Brasil, analise as afirmações de ceiro permite a abertura de diversos tipos de contas
I a IV: bancárias, que têm características e finalidades diver-
sas. Sobre o assunto, assinale a alternativa CORRETA.
I – o Conselho Monetário Nacional é um órgão ligado
a. A conta de poupança tem a finalidade única de mo-
diretamente ao Congresso Nacional;
vimentar recursos para o pagamento de planos de
II – a política do Conselho Monetário Nacional objeti-
aposentadoria.
va, dentre outras finalidades, zelar pela liquidez e
b. Na conta de depósito à vista, o dinheiro do deposi-
solvência das instituições financeiras;
tante fica à disposição para ser sacado a qualquer
III – dentre as principais funções do Banco Central do
momento.
Brasil destacam-se a execução e acompanhamen-
c. A “Conta Salário” é destinada a receber salários,
to da política monetária;
IV – é considerada função do Banco Central do Brasil proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias,
a emissão e a execução dos serviços do meio cir- pensões e similares, permitindo-se a livre movi-
culante. mentação de outros tipos de depósitos e por meio
de cheques.
Marque a alternativa CORRETA: d. A “Conta Salário” é aberta por iniciativa do empre-
a. são verdadeiros os itens I, III e IV. gado, tendo como vantagem a não cobrança de
b. são verdadeiros os itens I, II e III. tarifas em nenhuma transação.
c. são verdadeiros os itens I, II e IV. e. A conta de Poupança permite a livre movimentação
d. são verdadeiros os itens II, III e IV. sem perda de rendimentos, para saques anteriores
e. apenas os itens III e IV são verdadeiros. a um mês do depósito.

2
11. (BNB/ ACEP/ 2004) Existem, no mercado, diversos d. O Desconto de Duplicatas é urna operação de
instrumentos de captação de recurso, que se diferen- crédito, realizada apenas pelos bancos públicos,
ciam pelo prazo de captação, destinação e rentabili- tendo em vista os requisitos exigidos pelo Banco
dade. Marque a alternativa CORRETA que caracteriza Central.
um desses instrumentos: e. O financiamento é um contrato de crédito entre o
a. as cadernetas de poupança representam o mais cliente e a instituição financeira, mas com destina-
popular instrumento de captação, proporcionando ção específica.
uma rentabilidade de 12 % a.a.
b. o prazo mínimo para aplicações em Certificado de 15. (BNB/ Acep/ 2010) As principais operações de crédito
Depósito Bancário (CDB) é de 90 dias. geral, destinadas a pessoas físicas e jurídicas, apre-
c. os recursos da caderneta de poupança são des- sentam características que dependem da destinação.
tinados exclusivamente para financiar casas para Com relação a essas características, assinale a alter-
população de baixa renda. nativa CORRETA.
d. o Certificado de Depósito Bancário pode oferecer a. O Crédito Consignado é uma modalidade de em-
rendimento diferenciado, em função do valor e do préstimo em que o desconto da prestação é feito
prazo da aplicação. diretamente na folha de pagamento ou beneficio
e. a Instituição Financeira pode remunerar o depósi- previdenciário do contratante.
to a vista, desde que o cliente permaneça com o b. O Crédito Direto ao Consumidor é concedido para
recurso depositado na conta corrente por mais de o financiamento de aquisição de imóveis pelos con-
trinta dias. sumidores.
c. O Desconto de Duplicata é um empréstimo realiza-
12. (Besc/ FGV/ 2004) É uma operação de crédito direto
do pelos bancos a empresas, com garantia total de
ao consumidor, com interveniência do vendedor, usa-
recebimento pelo banco, em caso de inadimplência
do por lojas de bens de consumo duráveis ou não:
do cliente.
a. CDC
d. A linha de crédito oferecida sob a denominação de
b. CDC
“Cheque Especial” não tem limite de utilização, por-
c. CDI
que sempre é garantida pelos bancos.
d. crédito pessoal
e. O Empréstimo para Capital de Giro é uma opera-
e. contrato de mútuo
ção de crédito vinculada às necessidades de capi-
13. (BNB/ ACEP/ 2004) Considerando as características tal fixo das empresas.
das operações de empréstimos bancários, marque a
alternativa CORRETA: 16. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Sobre a operação de des-
a. os bancos devem assegurar o direito de liquidação conto, é correto afirmar:
antecipada do débito, total ou parcialmente, me- a. Essa operação tem as mesmas características do
diante redução proporcional dos juros. empréstimo.
b. nas operações de empréstimos os bancos não po- b. O cliente do banco é o emitente do título.
dem cobrar tarifas porque já cobram juros. c. O cliente do banco é, originalmente, o credor do
c. a utilização do limite do cheque especial está sujei- título descontado.
ta à cobrança de juros previamente definidos pelo d. Essa operação não necessita de qualquer garantia.
Banco Central. e. O banco efetua o endosso.
d. o crédito direto ao consumidor é uma linha de em-
préstimo destinada exclusivamente ao consumo de 17. (BNB/ ACEP/ 2004) As operações de crédito bancário
bens alimentícios. apresentam diversas modalidades de linhas de crédi-
e. os bancos estão sujeitos, na atualidade, a controles tos, em função do direcionamento dos recursos e do
dos valores que podem emprestar aos usuários. tipo de instituição que está concedendo o recurso. So-
bre este assunto, marque a alternativa CORRETA:
14. (BNB/ Acep/ 2010) Em relação às modalidades das a. o Hot Money é uma linha de crédito destinada ao
operações de linhas de crédito no mercado financeiro financiamento das exportações, sendo operacio-
brasileiro, assinale a alternativa CORRETA. nalizada exclusivamente por bancos estrangeiros
a. O Hot Money, amplamente empregado por bancos atuando no país.
comerciais, aplica-se a empréstimos de longo pra- b. os empréstimos para capital de giro são operações
zo, com a finalidade de financiar o capital fixo das típicas de bancos de investimento, com abertura de
empresas. linhas específicas sem limites de crédito e garan-
b. A “Conta Garantida” é oferecida aos maiores clien- tias.
tes não possuindo limites para sua utilização pelos c. o crédito direto ao consumidor é um financiamen-
cheques emitidos. to destinado para aquisição de bens e serviços,
c. O empréstimo para capital de giro é uma linha de operação típica das financeiras e de bancos co-
crédito vinculada ao processo de imobilização das merciais, com carteira de crédito, financiamento e
empresas. investimento.

3
d. o desconto de duplicatas ou notas promissórias é c. fomentar o aprimoramento profissional do agricul-
uma operação de empréstimo exclusivo de bancos tor familiar, proporcionando-lhe novos padrões tec-
comerciais. nológicos e gerenciais.
e. a conta garantida é uma linha especial de financia- d. proporcionar o aumento da capacidade produtiva,
mento de capital de giro que deve ser quitada in- a geração de empregos e a melhoria de renda.
tegralmente no vencimento estabelecido no prazo e. proporcionar a manutenção das tecnologias em-
concedido no contrato. pregadas, mediante estímulos à pesquisa, desen-
volvimento e difusão de técnicas adequadas à agri-
18. (BNB/ Acep/ 2010) Considera-se Crédito Rural o su-
cultura familiar.
primento de recursos financeiros, por instituições do
Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), para apli-
22. (BNB/ Acep/ 2010) As linhas de créditos do Programa
cação exclusiva nas finalidades e condições estabele-
Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar
cidas nas normas do Banco Central do Brasil. Com re-
lação ao crédito rural, assinale a alternativa CORRETA. (Pronaf) podem destinar-se a custeio, investimento ou
a. O Crédito Rural tem a finalidade de financiar ape- integralização de cotas-parte de agricultores familiares
nas o custeio c o investimento. em cooperativas de produção. Sobre o assunto, assi-
b. (B) O crédito de comercialização, por destinar-se a nale a alternativa CORRETA.
cobrir despesas próprias da fase posterior à coleta a. Os créditos de custeio são destinados, exclusiva-
da produção, não é amparado pelo Crédito Rural. mente, aos agricultores familiares enquadrados no
c. Constitui função do Crédito Rural o financiamento Pronaf, não se sujeitando a limites de concessão
de atividades sem caráter produtivo ou destinado a de recursos por operação, podendo o mutuário
favorecer a retenção especulativa de bens. contratar tantas operações de custeio quanto ne-
d. São considerados beneficiários do Crédito Rural o cessárias.
produtor rural (pessoa física e jurídica) e as coope- b. A linha de crédito para investimento em energia
rativas de produtores rurais. renovável e sustentabilidade ambiental pode ser
e. São considerados beneficiários do Crédito Rural concedida sem nenhuma exigência específica, ten-
todos os produtores rurais, mesmo que estrangei- do em vista a importância da preservação do meio
ros residentes no exterior. ambiente.
c. Os créditos de investimento se destinam ao finan-
19. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Não constitui objetivo do
ciamento da implantação, ampliação ou moderni-
Crédito Rural:
zação da infraestrutura de produção e serviços,
a. estimular os investimentos rurais.
agropecuários ou não agropecuários, no estabele-
b. favorecer o oportuno e adequado custeio da pro-
dução. cimento rural ou em áreas comunitárias rurais pró-
c. possibilitar a recuperação de capitais investidos. ximas, de acordo com projetos específicos.
d. incentivar a introdução de métodos racionais no d. Os créditos ao amparo da Linha de Crédito de Cus-
sistema de produção. teio do Beneficiamento, Industrialização de Agroin-
e. elevar os padrões de produção e produtividade na dústrias Familiares e de Comercialização da Agri-
atividade agropecuária. cultura Familiar (Pronaf Custeio e Comercialização
de Agroindústrias Familiares) são destinados ape-
20. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Entre as alternativas nas às cooperativas.
abaixo, marque aquela em que só figuram beneficiá- e. Os créditos de investimento devem ser concedidos
rios do Crédito Rural. mediante apresentação de projeto técnico, não po-
a. Produtores rurais, suas cooperativas e sindicatos. dendo ser substituído pela instituição financeira,
b. Produtores rurais, suas cooperativas e empresas por proposta simplificada de crédito, mesmo para
de medição de lavoura. inversões programadas que envolvam técnicas
c. Produtores rurais, seus sindicatos e empresas de simples e bem assimiladas pelos agricultores da
pesquisa de sêmen. região.
d. Produtores rurais, índios assistidos pela Funai e
sindicatos.
23. (Besc/ FGV/ 2004) Analise as afirmativas a seguir:
e. Produtores rurais residentes no Brasil e no exterior.

21. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) O Programa Nacional de I – cartões de crédito são utilizados para aquisição de
Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF – bens ou serviços nos estabelecimentos credencia-
tem suas ações orientadas pelas seguintes diretrizes, dos, possibilitando o pagamento no futuro;
exceto: II – o crédito direto ao consumidor é uma modalidade
a. atuar em função das demandas estabelecidas nos de financiamento à disposição de pessoas físicas
níveis municipal, estadual e federal pelos agriculto- e jurídicas, para a aquisição de bens de consumo
res familiares e suas organizações. duráveis;
b. melhorar a qualidade de vida no segmento da agri- III – conta garantida é um contrato de abertura de crédi-
cultura familiar, mediante promoção do desenvolvi- to na modalidade rotativa, concedida pelos bancos
mento rural de forma sustentada. aos clientes, após análise de crédito.

4
Assinale: a. Os bancos múltiplos podem conceder crédito, so-
a. se nenhuma das afirmativas estiver correta. mente a associados, por meio de desconto de títu-
b. se somente a afirmativa III estiver correta. los, empréstimos e financiamentos.
c. se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. b. Os bancos múltiplos podem ser constituídos com.
d. se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. no mínimo, duas carteiras, sendo uma delas, obri-
e. se todas as afirmativas estiverem corretas. gatoriamente, comercial ou de investimento.
c. A legislação brasileira sobre bancos só permite a
24. (Besc/ FGV/ 2004) O Banco Nacional de Desenvolvi-
constituição dessa categoria de instituição financei-
mento Econômico e Social é a instituição responsável
ra para atuar diretamente como cooperativa.
pela política de investimentos de longo prazo do Go-
verno Federal. d. Os bancos múltiplos oficiais atuam exclusivamente
Como instituição financeira de fomento, NÃO é seu no financiamento aos governos, sendo vedadas as
objetivo: operações com pessoas físicas.
a. impulsionar o desenvolvimento econômico e social e. A constituição de um banco múltiplo deve ser auto-
do País. rizada pelo Conselho Monetário e pelo Congresso
b. fortalecer o setor empresarial nacional. Nacional.
c. atenuar os desequilíbrios regionais criando novos
polos de produção. 28. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Julgue as afirmativas
d. o recebimento, a crédito do Tesouro Nacional, das abaixo em V (verdadeira) ou F (falsa) e assinale a op-
arrecadações de tributos e rendas federais. ção correspondente.
e. promover o crescimento e a diversificação de ex-  (  ) O Banco do Brasil, sociedade anônima de capital
portações.
misto cujo controle acionário pertence à União, é
considerado pelo CMN uma autoridade monetá-
25. (BNB/ Acep/ 2010) Sobre o Banco do Nordeste do Bra-
ria, pois pode atuar na emissão de moeda.
sil S.A. (BNB), analise as afirmativas a seguir e assina-
le V se verdadeiras, e F se falsas.  (  ) O Banco do Brasil executa a política de comércio
exterior do Governo, financiando bens de expor-
tação e atuando como agente pagador e recebe-
(  ) O BNB tem sede na cidade de Fortaleza.
dor no exterior.
(  ) São recursos do BNB os lucros auferidos nas
operações do Banco Central do Brasil.  (  ) O Banco do Brasil é o principal instrumento de
(  ) O BNB terá uma filial em cada um dos estados financiamento do Governo Federal, de médio e
compreendidos no Polígono das Secas. longo prazos, voltado para o reequipamento e o
(  ) O Presidente do BNB é nomeado pelo Ministro fomento dos setores industrial e social conside-
da Fazenda, entre pessoas de notório conheci- rados vitais ao desenvolvimento do País.
mento de problemas peculiares à Região Nor-  (  ) A Caixa Econômica Federal, pelo fato de ser
deste. considerada uma instituição financeira com fun-
ção claramente social, está proibida de efetuar
Assinale a alternativa que contempla a sequência operações de arrendamento mercantil, embora
CORRETA administre, com exclusividade, os serviços das
a. V-F-F-F loterias esportivas e o penhor.
b. V-V-V-F
 (  ) Os bancos comerciais são instituições financei-
c. V-F-V-F
ras constituídas obrigatoriamente sob a forma de
d. V-F-F-V
sociedades anônimas e têm como uma das suas
e. V-V-F-F
principais características a criação de moeda es-
26. (Besc/ FGV/ 2004) É uma operação passiva num ban- critural, mediante depósitos à vista captados no
co de investimentos: mercado.
a. arrendamento mercantil.
b. repasse de empréstimo externo. a. F–V–F–F–V
c. financiamento de capital de giro. b. V–V–V–V–V
d. depósito a prazo fixo. c. F–V–V–V–V
e. empréstimo a estados e municípios e respectivas d. V–V–F–F–F
autarquias. e. V–V–V–F–V

27. (BNB/ Acep/ 2010) Os bancos múltiplos são institui- 29. (Besc/ FGV/ 2004) Assinale a afirmativa FALSA.
ções financeiras privadas ou públicas que realizam as a. O Conselho Monetário Nacional é responsável pe-
operações ativas, passivas e acessórias das diversas
las políticas monetária e cambial.
instituições financeiras, por intermédio das seguintes
b. O Ministro da Fazenda faz parte da composição do
carteiras: comercial, de investimento e/ ou de desenvol-
Conselho Monetário Nacional.
vimento, de crédito imobiliário, de arrendamento mer-
cantil e de crédito, financiamento e investimento. Sobre c. O BNDES é o gestor dos recursos do fundo de ga-
essas instituições, assinale a alternativa CORRETA. rantia por tempo de serviço.

5
d. O Banco Central do Brasil é o órgão regulador e II – os fundos DI são fundos referenciados à taxa do
supervisor das atividades das instituições financei- mercado interbancário;
ras no Brasil. III – o administrador do fundo de investimento debitará
e. Uma das atribuições do Conselho Monetário Na- uma taxa de administração sobre o patrimônio do
cional é autorizar as emissões de papel-moeda. fundo.

30. (Besc/ FGV/ 2004) Assinale a afirmativa FALSA. Assinale:


a. As cooperativas de crédito atuam basicamente a. se nenhuma afirmativa estiver correta.
no setor primário da economia, com o objetivo de b. se somente a afirmativa II estiver correta.
permitir uma melhor comercialização de produtos c. se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
rurais. d. se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
b. Os bancos de investimento podem manter contas e. se todas as afirmativas estiverem corretas.
correntes de seus clientes e captam recursos pela
emissão de CDBs e RDBs. 34. (Besc/ FGV/ 2004) Um fundo de ações fechado é um
c. As sociedades de crédito, financiamento e investi- fundo no qual:
mentos têm a função de financiar bens de consumo a. a composição da carteira permanece fixa desde o
duráveis por meio do crediário ou do crediário ao momento de sua criação.
consumidor. b. só podem ser feitas aplicações em companhias fe-
d. As sociedades de crédito imobiliário são institui- chadas.
ções financeiras integrantes do Sistema Financeiro c. o resgate de cotas só pode ser feito na data de
Nacional, especializadas em operações de finan- vencimento do fundo.
ciamento imobiliário e constituídas sob a forma de d. o prazo de investimento pelo cotista é indetermi-
sociedade anônima. nado.
e. Depósitos à vista são operações de captação de e. o resgate da aplicação feita pelo cotista pode ser
fundos exclusivamente das instituições financeiras efetuado a qualquer momento.
monetárias.
35. (Besc/ FGV/ 2004) A instituição financeira responsável
31. (Besc/ FGV/ 2004) A Lei de Reforma do Sistema Fi- pela operacionalização das políticas do Governo Fe-
nanceiro Nacional (4.595/1964) criou: deral para a habitação popular e saneamento básico,
a. o Comitê de Política Monetária e as bolsas de va- utilizando recursos de cadernetas de poupança, é:
lores. a. o Banco Central do Brasil.
b. o Banco Central do Brasil e a Comissão de Valores b. a Caixa Econômica Federal.
Mobiliários. c. a Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários.
c. a Comissão de Valores Mobiliários e o Conselho d. o Banco de Investimento.
Monetário Nacional. e. a Bolsa de Valores.
d. o Banco Central do Brasil e o Conselho Monetário
Nacional. 36. (Besc/ FGV/ 2004) A taxa-Selic é a taxa básica da
e. a Sumoc – Superintendência da Moeda e do Cré- nossa economia, criada e administrada por um órgão
dito. normativo diretamente subordinado ao presidente do
Banco Central. O nome desse órgão é:
32. (Besc/ FGV/ 2004) Qual das características abaixo a. Conselho Nacional de Seguros Privados
NÃO é, via de regra, apresentada em uma aplicação b. Copom – Conselho de Política Monetária
financeira de renda fixa? c. Comissão de Valores Mobiliários
a. Utilização de títulos, obrigações ou aplicações com d. Central de Liquidação Financeira e de Custódia de
data estabelecida para liquidação. Títulos
b. Aplicação mais conservadora. e. Bolsa de Valores
c. Integra o mercado de risco, em que não há garantia
de retorno financeiro ao investidor, nem mesmo do 37. (Besc/ FGV/ 2004) Assinale a afirmativa correta.
principal aplicado. a. As companhias seguradoras subordinam-se à Bol-
d. Remuneração ou retorno de capital pode ser di- sa de Valores e são por ela fiscalizadas.
mensionado no momento da aplicação. b. A CVM é um órgão fiscalizador dos bancos múlti-
e. Gera rendimentos prefixados. plos.
c. As sociedades de crédito imobiliário e poupança
33. (Besc/ FGV/ 2004) Analise as afirmativas a seguir, a não são instituições financeiras.
respeito de fundos de investimento: d. As corretoras de seguros são instituições criadas
para dar suporte às seguradoras na captação de
I – alguns fundos de investimento são remunerados seguros.
com ganhos de performance baseados em um ín- e. As companhias seguradoras são instituições cap-
dice de referência; tadoras de depósitos à vista.

6
38. (Besc/ FGV/ 2004) Ao final do período de contribuição 41. (Besc/ FGV/ 2004) Assinale a afirmativa verdadeira.
em um plano gerador de benefícios livres (PGBL), o a. A Previc – Superintendência Nacional de Previdên-
investidor pode: cia Complementar é o órgão executivo responsável
a. apenas sacar todo o valor acumulado de uma vez. pelo controle e fiscalização dos planos e benefícios
b. apenas efetuar saques dentro de um plano de ren- e das atividades das entidades de Previdência Pri-
da vitalícia. vada Fechada.
c. apenas efetuar saques dentro de plano de renda b. O Banco do Brasil é um órgão da administração
temporária. indireta do País, sob a forma de autarquia.
d. apenas optar por sacar todo o valor ou efetuar sa- c. A Superintendência de Seguros Privados é o órgão
ques dentro de um plano de renda vitalícia. responsável pelo controle e fiscalização do merca-
e. optar por sacar todo o valor ou efetuar saques do de ações.
dentro de um plano de renda vitalícia ou de renda d. A Comissão de Valores Imobiliários tem por finali-
temporária. dade a fiscalização e a regulação do mercado de
seguros.
39. (BNB/ Acep/ 2010) Complementar à sua função de e. As distribuidoras de títulos e valores mobiliários
captadoras de depósitos e fornecedoras de créditos, são membros das bolsas de valores e, para exer-
as instituições financeiras oferecem diversos serviços cício de suas atividades, não dependem de prévia
bancários e financeiros, inclusive para planos de apo- autorização do Banco Central do Brasil.
sentadorias e seguros. Com relação a esses serviços.
assinale a alternativa CORRETA. 42. (BNB/ ACEP/ 2004) A Lei Complementar n. 108, de 29
a. A previdência complementar é um beneficio obri- de maio de 2001, dispõe sobre as entidades fechadas
gatório, que proporciona ao trabalhador um seguro de previdência complementar do Setor Público e suas
previdenciário adicional, conforme sua necessidade. relações com a União, os Estados, o Distrito Federal
e os Municípios, suas autarquias, fundações, socieda-
b. Os fundos de investimentos financeiros de renda
des de economia mista e outras entidades públicas,
fixa são considerados planos de aposentadoria
que lhes seriam patrocinadores. Sobre o tema em
complementar aberta.
foco, marque a alternativa CORRETA:
c. O Plano Geral de Beneficio Livre (PGBL) tem como
a. as entidades em questão organizam-se sob a for-
objetivo a concessão de benefícios de previdência
ma de autarquia, fundação ou sociedade civil, com
aberta complementar.
fins lucrativos.
d. Os Títulos de Capitalização são considerados pla-
b. a elegibilidade a um benefício de prestação progra-
nos de aposentadoria, porque seu resgate só se
mada e continuada requer uma carência mínima
efetiva com a aposentadoria do trabalhador.
de 120 (cento e vinte) contribuições mensais ao
e. Os seguros pessoais, por garantirem o pagamento
plano de benefícios, permitindo-se a manutenção
de uma indenização ao segurado e aos seus be-
do vínculo empregatício com o patrocinador após a
neficiários, é considerado um plano de aposenta-
concessão do benefício.
doria.
c. os reajustes dos benefícios em manutenção são
efetuados de acordo com os critérios do regula-
40. (BNB/ Acep/ 2010) Dentre os serviços bancários ofere- mento do plano, permitidos os repasses de ganhos
cidos pelas instituições financeiras aos clientes, alguns de produtividade, de abonos e de vantagens con-
se referem a diversos tipos de aplicações financeiras cedidas ao cargo ou função em que o participante
com características que atendam aos interesses des- se aposentou.
tes, tais como prazo, risco e rendimento. Assinale a d. o custeio do plano de benefícios e a despesa admi-
alternativa que caracteriza as aplicações descritas. nistrativa da entidade de previdência complemen-
a. Os depósitos à vista são remunerados se o cliente dei- tar são de responsabilidade do patrocinador, dos
xar o dinheiro na conta corrente por mais de 90 dias. participantes e, também, dos assistidos (participan-
b. O rendimento da caderneta de poupança é defini- te ou seus beneficiários em gozo de benefício de
do individualmente pelos bancos, sendo importante prestação continuada).
que o cliente pesquise aquele que oferece o melhor e. além das contribuições normais, os planos poderão
rendimento. prever o aporte de recursos adicionais pelos parti-
c. Os Certificados de Depósito Bancário (CDB) e os cipantes, a título de contribuição laboral facultati-
Recibos de Depósitos Bancários (RDB) são aplica- va, aporte esse acompanhado do correspondente
ções financeiras de longo prazo que sempre apre- aporte patronal do patrocinador.
sentam os maiores rendimentos dentre todas as
modalidades financeiras. 43. (BNB/ Acep/ 2010) Sobre contrato de fiança, assinale
d. Os títulos de capitalização são aplicações finan- a alternativa CORRETA.
ceiras sem risco, por serem garantidos pelo Banco a. A fiança, espécie de garantia fidejussória, dar-se-á
Central do Brasil. de forma escrita ou verbal, mas não admite inter-
e. Os valores depositados na caderneta de poupança pretação extensiva.
são remunerados com base na Taxa Referencial b. Pode-se estipular a fiança, ainda que sem o con-
(TR), acrescida de juros de 0,5% ao mês. sentimento do devedor ou contra sua vontade.

7
c. Somente as dívidas presentes podem ser objeto de  (  ) As colheitas pendentes não podem ser objeto do
fiança. penhor agrícola.
d. A fiança não pode ser dada em valor inferior ao da (  ) No penhor pecuário, o devedor poderá alienar os
obrigação principal, nem ser contraída em condi- animais empenhados sem prévio consentimento
ções menos onerosas. do credor.
e. Ainda que o fiador tome-se insolvente ou incapaz,
o credor não poderá exigir que seja substituído. Assinale alternativa que contempla a sequência
CORRETA.
44. (BNB/ Acep/ 2010) “A”, menor de 16 anos, celebra com a. V-V-F-F
o Banco “X”, sem prévia autorização da pessoa que b. F-V-F-V
detém sua guarda, contrato de mútuo, recebendo, em c. V-F-V-F
uma única parcela, a totalidade do empréstimo. Con- d. V-V-V-F
siderando que o mutuário indicou “B”, maior e apta ao e. F-F-V-V
encargo da fiança, como fiador, assinale a afirmativa
CORRETA. 47. (BNB/ Acep/ 2010) Em relação à alienação fiduciária
a. A fiança é possível, no caso acima, considerando- em garantia de bens móveis, assinale a alternativa
-se que o Código Civil admite essa possibilidade, CORRETA
quando a nulidade da obrigação resultar da inca- a. Em caso de inadimplemento ou mora da obrigação
pacidade pessoal do devedor. garantida, o credor fiduciário poderá vender a ter-
b. Como regra geral, o mútuo pode ser reavido pelo ceiros o bem objeto da propriedade fiduciária, mas
Banco mutuante do mutuário, mas não de seu fiador. desde que em leilão ou hasta pública.
c. Como regra geral, o mútuo não pode ser reavido b. Nos casos de vencimento antecipado da dívida,
pelo Banco mutuante do mutuário, mas sim de seu não se compreendem nesta os juros correspon-
fiador, em face de sua capacidade e idoneidade.
dentes ao tempo ainda não decorrido.
d. Como regra geral, o mútuo pode ser reavido pelo
c. A divida considera-se vencida, se perecer o bem
Banco mutuante, tanto do mutuário, quanto de seu
dado em garantia, ainda que seja substituído por
fiador.
outro.
e. Como regra geral, o mútuo não pode ser reavido
d. Em qualquer hipótese, o pagamento de uma ou
pelo Banco mutuante do mutuário, nem tampouco
mais prestações da dívida não importa exoneração
de seu fiador.
correspondente da garantia, ainda que esta com-
preenda vários bens.
45. (BNB/ Acep/ 2010) Acerca da fiança, assinale a alter-
e. O credor fiduciário não é obrigado a entregar o que
nativa CORRETA.
sobeje do preço, quando a dívida for paga em exe-
a. O contrato de fiança pode ser verbal.
cução judicial ou venda amigável.
b. A fiança pode ser de valor inferior ao da obrigação
principal e contraída em condições menos onero-
48. (BNB/ Acep/ 2010) Acerca do instituto da hipoteca, as-
sas, e, quando exceder o valor da dívida, ou for
sinale a alternativa CORRETA.
mais onerosa que esta, não valerá senão até ao
limite da obrigação afiançada. a. É anulável a cláusula que proíbe ao proprietário
c. Após a prestação da fiança, o credor não poderá alienar imóvel hipotecado.
exigir substituto, mesmo que o fiador se torne in- b. O domínio direito pode ser objeto de hipoteca, mas
solvente. não o domínio útil.
d. No caso de inadimplemento ou mora nas obriga- c. A lei confere hipoteca ao credor sobre o imóvel ar-
ções contratuais garantidas mediante alienação fi- rematado, para garantia do pagamento do restante
duciária. é, em regra. vedado ao proprietário fiduci- do preço da arrematação.
ário ou credor a venda da coisa a terceiros, mesmo d. A hipoteca configura espécie de garantia fidejus-
que seja por leilão ou hasta pública. sória.
e. O Código Civil Brasileiro não veda o aval parcial. e. O dono do imóvel hipotecado somente pode cons-
tituir nova hipoteca sobre este, em favor do mesmo
46. (BNB/ Acep/ 2010) Analise as afirmativas, em relação credor.
ao penhor, e assinale V, se verdadeiras, e F, se falsas.
49. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Dentre as opções apre-
 (  ) A extinção da obrigação e o perecimento da coi- sentadas abaixo, apenas uma é verdadeira. Assinale-a.
sa dada em garantia são formas de extinção do a. O CDB e o RDB, se negociados pré-fixados, se
penhor. constituem em títulos de renda fixa. Se negociados
(  ) O penhor agrícola e o penhor pecuário somente pós-fixados, representam títulos de renda variável.
podem ser convencionados, respectivamente, b. A hipoteca é o direito real de garantia instituído so-
pelos prazos máximos de 3 (três) e 4 (quatro) bre bem móvel em geral, por escritura pública, a
anos, prorrogáveis, uma só vez, até o limite de qual deve ser registrada na circunscrição imobiliá-
igual tempo. ria a que pertencer o bem hipotecado.

8
c. O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um a. a Transferência Eletrônica Disponível (TED) é utili-
título de renda fixa emitido por instituições finan- zada para transferências de recursos superiores a
ceiras, que tem como características a reaplicação R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).
ou renovação automática e a impossibilidade de b. para transferências de recursos abaixo de
transferência a terceiros. R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) deve ser utiliza-
d. Contrariamente ao CDB, o Recibo de Depósito do cheque ou DOC (Documento de Compensação)
Bancário (RDB) pode ser negociado antes do seu por intermédio da Centralizadora de Compensação
vencimento. Mas, neste caso, o valor de resgate de Cheques e Outros Papéis (COMPE).
deverá ser negociado com a nova instituição finan- c. os cheques apresentados à compensação sem
ceira adquirente do título. provisão de fundos devem ser devolvidos pela alí-
e. O risco do crédito difere do risco da operação, pois nea 11 na primeira apresentação e alínea 12 na
a probabilidade final de recebimento depende da segunda apresentação.
forma de contratação, das garantias oferecidas e
d. os cheques e DOC’s são compensados e transferi-
de outras variáveis que não se relacionam direta-
dos da conta do emitente para a do beneficiário no
mente à decisão de deferir o crédito.
mesmo dia.
e. como o cheque é uma ordem de pagamento a vis-
50. (Besc/ FGV/ 2004) Assinale a afirmativa FALSA.
ta, os bancos e empresas são obrigados a recebê-
a. O aval bancário é uma obrigação assumida pelo
-lo para quitar pagamentos.
banco a fim de garantir o pagamento de um título
de crédito de um cliente preferencial.
b. Fiança bancária é um contrato por meio do qual o 53. (BNB/ Acep/ 2010) O cheque é uma ordem de paga-
banco garante o cumprimento da obrigação de seu mento à vista, devendo ser pago no momento de sua
cliente com um credor a favor do qual a obrigação apresentação ao banco sacado. Com relação ao che-
deve ser cumprida. que, assinale a alternativa CORRETA.
c. Hipoteca é uma garantia de pagamento de uma a. O cheque não pode ser considerado um título de
dívida dada sob a forma de um bem imóvel, não crédito, por não poder ser protestado ou executado
cabendo para navios e aviões. em juízo.
d. Penhor mercantil é a entrega de um bem móvel ao b. Por ser protegido por Lei, o recebimento de che-
credor como garantia de pagamento da dívida. ques é obrigatório pelas pessoas, lojas e empresas.
e. Alienação fiduciária é a transferência ao credor do c. A emissão de cheque sem fundo só acarretará
domínio e posse de um bem, em garantia ao paga- a inclusão do nome do emitente no Cadastro de
mento de uma obrigação. Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), a partir
do terceiro cheque devolvido por insuficiência de
51. (BNB/ Acep/ 2010) O Sistema de Pagamentos Brasilei- fundos.
ro (SPB) tem a função básica de realizar transferências d. O emitente do cheque pagável no Brasil pode
de recursos entre instituições financeiras no país, por revogá-lo, mercê de contraordem dada por aviso
meio de um sistema de compensação eletrônica, que epistolar, ou por via judicial ou extrajudicial, com as
permite as transferências de dinheiro. Sobre as carac- razões motivadoras do ato.
terísticas do SPB, assinale a alternativa CORRETA. e. Cheque no valor de até R$1.000,00 pode ser emi-
a. Com o SPB foi extinto o Serviço de Compensação tido ao portador, ou seja, não há necessidade de
de Cheques e Outros Papéis (COMPE). identificação do beneficiário.
b. O SPB permite as transferências exclusivas dos
bancos comerciais, que captam principalmente de-
54. (BNB/ ACEP/ 2004) O cheque é um documento que
pósitos à vista.
proporciona grande facilidade aos usuários como meio
c. A introdução do SPB não reduziu o risco de liquida-
de pagamento de compras e serviços. Analise as afir-
ção, porque as ordens de pagamento executadas
mações abaixo sobre suas principais características
podem ser canceladas, a qualquer momento, por
legais:
ordem do emitente.
d. O Sistema de Transferência de Recursos (STR)
funciona, para registro e liquidação de ordens de I – a aceitação de cheques é um ato de confiança
transferência de fundos, durante 24 horas por dia. entre a pessoa que emite o cheque (emitente) e
e. A Transferência Eletrônica Direta (TED) é uma or- aquele que recebe, o beneficiário;
dem de transferência de fundos interbancária, para II – por lei, somente cheques de valor até R$ 100,00
valores acima de R$ 5.000,00. (cem reais) podem ser emitidos ao portador;
III – a pessoa física ou jurídica que for incluída no
52. (BNB/ ACEP/ 2004) O Sistema de Pagamentos Brasi- Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos
leiro (SPB) modernizou o sistema de transferências de (CCF) não pode movimentar, sob hipótese alguma,
recursos interbancários, sem eliminar, por completo, o sua conta corrente;
sistema tradicional de compensação de cheques e ou- IV – após cinco anos da inclusão, a ocorrência é retira-
tros documentos. Com relação ao seu funcionamento, da do CCF automaticamente, conforme determina
assinale a alternativa CORRETA: o Código de Defesa do Consumidor.

9
Marque a alternativa CORRETA: tes econômicos deficitários, por meio de operações de
a. são verdadeiros os itens I, II e III. crédito. Com relação aos fundamentos do crédito, as-
b. são verdadeiros os itens I, II e IV. sinale a alternativa CORRETA.
c. são verdadeiros os itens II e III. a. O volume de crédito oferecido pelas instituições fi-
d. são verdadeiros os itens II, III e IV. nanceiras não é regulamentado pelo Banco Central.
e. são verdadeiros os itens III e IV. b. A formação da taxa de juros cobrada nas opera-
ções de crédito é fixada pelo Banco Central para
55. (BNB/ ACEP/ 2004) As instituições financeiras devem todas as modalidades operacionais.
observar certas condições sobre as normas relativas a c. Normalmente, os bancos cobram taxas de juros
abertura, manutenção, movimentação e encerramen- levando em conta a taxa de captação e o spread
tos de contas de depósi|to. A respeito deste assunto desejado, tendo em vista os custos e a margem de
considere as afirmações abaixo: ganho desejada.
d. As operações de crédito oferecidas pelos bancos
I – quando a conta for titulada por menor ou pessoa são garantidas pelo Banco Central, caso o cliente
incapaz, além de sua qualificação, também deverá não honre seu compromisso.
ser identificado o responsável que o assistir ou o e. O volume de crédito oferecido pelas instituições fi-
representar; nanceiras independe do seu patrimônio líquido.
II – se o correntista emitir um cheque sem provisão de
fundos, a instituição financeira deverá encerrar sua 58. (BNB/ Acep/ 2010) Tendo em vista a necessidade de
conta, sem necessidade de aviso ao correntista; manter o sistema bancário brasileiro sólido e eficiente,
III – as instituições financeiras estão autorizadas pelo o Banco Central do Brasil tem ajustado as normas do
Banco Central a cobrar tarifas sobre todos os ser- mercado financeiro nacional às normas internacionais,
viços relativos à conta de depósitos; com o objetivo de evitar riscos que comprometam essa
IV – é vedada a estipulação de cláusulas na ficha- solidez. Com relação a esse assunto, assinale a alter-
-proposta que, em qualquer hipótese, impeçam nativa CORRETA.
ou criem limitações a sustação de pagamentos de a. Considera-se risco de crédito a possibilidade de
cheque. ocorrência de perdas associadas ao não cumpri-
mento, pelo tomador ou contraparte, de suas respec-
Marque a alternativa CORRETA: tivas obrigações financeiras nos termos pactuados.
a. as afirmativas I e IV são verdadeiras. b. Define-se como risco operacional a possibilidade
b. as afirmativas I e II são verdadeiras. de ocorrência de perdas resultantes de falha, de-
c. as afirmativas II e III são verdadeiras. ficiência ou inadequação de processos internos,
d. as afirmativas II e IV são verdadeiras. pessoas e sistemas, ou de eventos externos, não
e. todas as afirmativas são verdadeiras. incluindo o risco de fraudes internas e externas
nem demandas trabalhistas.
56. (BNB/ Acep/ 2010) Com o intuito de promover a inclu-
c. Define-se como risco de mercado a possibilidade
são bancária e para estimular o microcrédito, foram
de ocorrência de perdas resultantes da flutuação
criadas contas especiais de depósito à vista e de pou-
nos valores de mercado de posições detidas por
pança, com características específicas. em bancos
uma instituição financeira, não incluindo as ope-
múltiplos com carteira comercial, em bancos comer-
rações sujeitas à variação cambial, de juros e de
ciais e na Caixa Econômica Federal. Sobre o assunto,
preços de ações.
assinale a alternativa CORRETA.
d. Não é considerado risco de liquidez a ocorrência
a. Somente podem ser abertas por pessoa física e
de desequilíbrios entre ativos negociáveis e passi-
mantidas na forma de conta individual, sendo veta-
vos exigíveis – “descasamentos” entre pagamen-
do o fornecimento de talonário de cheques.
tos e recebimentos.
b. Mesmo sendo uma conta simples, é permitido o
fornecimento de talonário de cheques. e. O risco sistêmico está associado ao risco de ope-
c. Por ser uma conta simples, não há necessidade de racionalização das transações bancárias que afete
preenchimento de contrato nem de apresentação apenas os bancos comerciais e múltiplos.
de documentos de identificação.
d. O cliente pode abrir mais de uma conta especial 59. (BNB/ Acep/ 2010) As principais variáveis relacionadas
na mesma instituição financeira, mesmo se já tiver ao risco de crédito estão associadas ao conhecimento
conta de depósito à vista. e ao acompanhamento da capacidade de pagamento
e. Por serem contas destinadas à população de baixa dos clientes, assim como das próprias operações de
renda, não podem ser beneficiadas com operações crédito autorizadas. Sobre risco de crédito, assinale a
de crédito. alternativa CORRETA.
a. A classificação das operações de crédito, de titu-
57. (BNB/ Acep/ 2010) A função clássica das instituições laridade de pessoas físicas, deve levar em conta
financeiras é a de fazer repasses dos recursos capta- apenas a situação da renda e do patrimônio do de-
dos dos agentes econômicos superavitários aos agen- vedor.

10
b. As instituições financeiras devem implementar es- d. É proibido aos bancos financiar as empresas pro-
truturas de gerenciamento do risco de crédito, com- dutivas, na forma de adiantamento para pagamen-
patíveis com a natureza e a complexidade de suas tos de tributos a serem recolhidos.
operações de crédito. e. Os financiamentos à indústria têm finalidade ex-
c. O risco de crédito está associado ao cumprimen- clusiva de destinar recursos para investimento em
to das obrigações contratuais das pessoas físicas, ativo fixo das empresas.
uma vez que não há regras para o controle de cré-
ditos para pessoa jurídica. 62. (BNB/ Acep/ 2010) O Fundo Constitucional de Finan-
d. A existência de avais ou fianças elimina, totalmen- ciamento do Nordeste (FNE) é um instrumento de po-
te, o risco de crédito existente nas operações de lítica pública federal operado pelo Banco do Nordeste
empréstimos das instituições financeiras. do Brasil S.A., que objetiva “contribuir para o desenvol-
e. Por não envolver risco de crédito, não há necessida- vimento econômico e social do Nordeste, através da
de, por parte dos bancos, de estabelecer limites para execução de programas de financiamento aos setores
a realização de operações de empréstimos, tanto in- produtivos, em consonância com o plano regional de
dividualmente. como para grupos econômicos. desenvolvimento”. Sobre o FNE, assinale a alternativa
CORRETA.
60. (BNB/ Acep/ 2010) As microfinanças têm permitido a. O Fundo Constitucional de Financiamento do
maior acesso da população de baixa renda ao mer- Nordeste tem a finalidade específica de financiar,
cado financeiro, por intermédio da oferta de serviços cm condições compatíveis com as peculiaridades
e produtos bancários. Em relação à inserção dessa da área, atividades econômicas do semiárido, às
população no mercado bancário, assinale a alternativa quais destinará todos os recursos disponíveis.
CORRETA. b. São beneficiários dos recursos do Fundo Consti-
a. Apenas os bancos oficiais estão autorizados a re- tucional do Nordeste os produtores e empresas,
pessoas fisicas e jurídicas, além das cooperativas
alizar operações de microcrédito destinadas à po-
de produção que desenvolvam atividades produti-
pulação de baixa renda e a microempreendedores.
vas nos setores agropecuário, mineral, industrial e
b. Consideram-se operações de microcrédito aque-
agroindustrial da Região Nordeste.
las realizadas com pessoas jurídicas até o valor
c. O Fundo Constitucional do Nordeste dá tratamento
de até R$ 20.000,00 e de pessoas físicas até R$
preferencial às atividades produtivas de grandes
10.000,00.
produtores rurais e empresas de grande porte, às
c. O Programa de Microcrédito Produtivo Orientado
de uso intensivo de capital e que produzam bens
do Banco do Nordeste do Brasil S.A. (Crediamigo)
de alta tecnologia.
facilita o acesso ao crédito a milhares de empreen-
d. Os financiamentos do Fundo Constitucional do
dedores que desenvolvem atividades relacionadas
Nordeste poderão ser concedidos a empresas em
à produção, à comercialização de bens e à presta-
qualquer estado do Brasil, mas somente os desti-
ção de serviços.
nados à Região Nordeste serão aplicados a fundo
d. Não se incluem no âmbito do Programa Nacional
perdido.
de Microcrédito Produtivo Orientado, instituído pela
e. A principal fonte de recursos do Fundo Constitu-
Lei Federal n. 11.110. de 25 de abril de 2005, as cional do Nordeste é o repasse de 5% de toda a
operações de microcrédito concedidas por coope- arrecadação dos impostos, de qualquer natureza,
rativas singulares de crédito. do Governo Federal.
e. Nas operações de microcrédito, dentre as garan-
tias exigidas, não é permitido o aval solidário em 63. (BNB/ Acep/ 2010) O Fundo de Financiamento para
grupo. Aquisição de Máquinas e Equipamentos Industriais
(Finame) é administrado pela Agência Especial de
61. (BNB/ Acep/ 2010) Dentre as diversas modalidades Financiamento Industrial junto ao Banco Nacional de
de operações de crédito, os bancos direcionam linhas Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com
para a indústria, agroindústria, comércio e para a pres- relação às características desse Fundo, assinale a al-
tação de serviços, entre seus produtos bancários. As- ternativa CORRETA.
sinale a alternativa que caracteriza uma dessas ope- a. São considerados agentes financeiros do Finame,
rações. além do BNDES, apenas os bancos regionais de
a. As operações de leasing ou “arrendamento mer- desenvolvimento.
cantil” são operações de financiamento destinadas b. Não é passível, nas linhas do Finame, o financia-
ao comércio. mento ao capital de giro, mesmo que associado à
b. As operações de financiamento podem ser realiza- aquisição de máquinas e equipamentos nacionais
das por bancos públicos e privados, respeitadas as novos, em operações realizadas com micro, pe-
normas do Banco Central. quenas e médias empresas.
c. As operações de financiamentos destinadas à c. Os encargos financeiros dos programas de finan-
agroindústria são exclusivas dos bancos múltiplos ciamento do Finame para todos os programas são
privados. de 12% ao ano.

11
d. No Programa Finame agrícola são financiáveis d. As empresas de Sociedade Anônima, para obter
aquisição de terrenos e outros bens imóveis e recursos de capital de giro, não podem tomar em-
quaisquer despesas que impliquem remessa de préstimos nos bancos.
divisas, incluindo taxa de franquia paga no exterior. e. O Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos
e. O Programa Finame de Modernização da Indústria (CCF) é um banco de dados que contém os nomes
Nacional e dos Serviços de Saúde objetiva finan- de empresas que emitem cheques sem dispor de
ciar a aquisição de máquinas e equipamentos no- saldo em sua conta para o pagamento.
vos, de fabricação nacional, com vistas à dinamiza-
ção do setor de bens de capital e à modernização 66. (BNB/ Acep/ 2010) Quanto à nulidade dos negócios ju-
geral da indústria e do setor de saúde. rídicos, assinale a alternativa CORRETA.
a. É nulo o negócio jurídico, quando celebrado por
64. (BNB/ Acep/ 2010) 0 Fundo de Amparo ao Trabalhador pessoa relativamente incapaz.
(FAT) é um fundo especial, vinculado ao Ministério do b. É anulável o negócio jurídico, quando houver ilici-
Trabalho e Emprego (MTE), destinado ao custeio do tude, impossibilidade ou indeterminação do objeto.
Programa do Seguro-Desemprego, do Abono Salarial c. É anulável o negócio jurídico que tiver por objetivo
e ao financiamento de Programas de Desenvolvimento fraudar lei imperativa.
Econômico. Com relação às características do F AT, d. O negócio jurídico anulável pode ser confirmado
assinale a alternativa CORRETA. pelas partes, sem ressalva de direito de terceiros.
a. Os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador e. É anulável o negócio jurídico por vício resultante
(FAT) são destinados ao financiamento de progra- de erro, dolo, coação, estado de perigo, lesão ou
mas de desenvolvimento econômico, por intermé- fraude contra credores.
dio do Banco do Brasil.
b. Para fomentar a geração de emprego e renda, foi 67. (BNB/ Acep/ 2010) Sobre vícios que anulam o negócio
criado o Programa de Geração de Emprego e Ren- jurídico, relacione as colunas a seguir.
da (Proger), que direciona recursos, exclusivamen-
te, para as regiões metropolitanas. 1) Erro
c. Os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador 2) Dolo
(FAT) são destinados exclusivamente ao pagamen- 3) Coação
to do seguro desemprego.
4) Simulação
d. O FAT é gerido pelo Conselho Deliberativo do Fun-
do de Amparo ao Trabalhador (Codefat), órgão co-
 (  ) Pressão física ou moral exercida sobre a pes-
legiado, de caráter tripartite e paritário, composto
soa para obrigá-la a praticar ato jurídico que não
por representantes dos trabalhadores, dos empre-
queira.
gadores e do governo, que atua como gestor do
(  ) Noção inexata sobre um objeto, que leva a uma
FAT.
distorção da formação da vontade do declarante.
e. O FAT não pode destinar recursos para o Progra-
(  ) Expediente astucioso para induzir alguém a pra-
ma Nacional de Desenvolvimento da Agricultura
ticar ato danoso a si próprio.
Familiar (Pronaf), uma vez que este já dispõe de (  ) Declaração enganosa da vontade, visando pro-
orçamento próprio, aprovado previamente pelo duzir efeito diverso do ostensivamente indicado.
Congresso Nacional junto com o Orçamento Geral
da União. Assinale a alternativa com a sequência CORRETA.
a. 1-2-3-4
65. (BNB/ Acep/ 2010) As operações de crédito bancário b. 2-1-3-4
estão sujeitas a exigências cadastrais e tributárias, c. 3-1-2-4
tanto de pessoas físicas como jurídicas. Com relação d. 3-4-2-1
ao assunto, assinale a alternativa CORRETA. e. 2-1-4-3
a. O Sistema de Informações de Crédito do Banco
Central (SCR) é um banco de dados que registra 68. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Subsidiária do BNDES,
informações sobre o montante de débitos e de res- a Agência Especial de Financiamento Industrial – FI-
ponsabilidades de clientes em operações de cré- NAME – opera com diversas linhas de financiamento.
dito. Com relação a FINAME, é falso afirmar que a Agência:
b. Todas as operações de crédito interno e externo, a. Opera diretamente com os beneficiários dos finan-
tanto as concedidas a pessoas físicas quanto a ciamentos ou através de agentes financeiros cre-
pessoas jurídicas, estão sujeitas a uma alíquota de denciados.
Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF). b. Pode financiar transportadores autônomos rodo-
c. Os bancos múltiplos e bancos comerciais, que fa- viários de carga, para a aquisição de caminhões,
zem operações de crédito, podem ser constituídos chassis e carrocerias de caminhões de fabricação
na forma de Sociedades Limitadas. nacional.

12
c. Pode financiar pessoas físicas que sejam domici- 71. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Sobre os contratos é cor-
liadas e residentes no país, como os produtores reto afirmar:
rurais, por exemplo. a. Contrato é a convenção estabelecida entre duas ou
d. Na linha FINAME não limita valor máximo de fi- mais pessoas para constituir, regular, anular ou ex-
nanciamento, pois o limite é função do valor do tinguir, entre elas, uma relação jurídico-patrimonial.
equipamento e da capacidade de pagamento do b. Para sua validade o contrato exige: acordo de von-
beneficiário. tades, agente capaz, objeto ilícito, dentre outros.
e. Nas suas operações é possível o estabelecimento c. O contrato de empréstimo divide-se em contrato de
de carência. cessão e de mútuo.
d. Os contratos atenderão sempre à forma prescrita
69. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Com relação ao Cadastro em lei.
de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), opera- e. Os contratos se submetem aos princípios da boa-
cionalizado pelo Banco do Brasil, são apresentadas -fé, da probidade e da supremacia da ordem públi-
cinco afirmativas: ca, dentre outros.

72. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Julgue corretamente as


I – Qualquer banco pode fornecer a seus clientes a in-
afirmativas abaixo em V (verdadeira) ou F (falsa) e as-
formação quanto à inclusão do seu nome no CCF,
sinale a opção correspondente.
vedada a cobrança de qualquer tarifa por esta pes-
quisa.
 (  ) A validade do negócio jurídico requer a existên-
II – Constitui motivo para inclusão do nome do corren-
cia de três requisitos: agente capaz, objeto pres-
tista no CCF a devolução de um cheque sem fun-
crito em lei e testemunha.
dos na sua 1ª apresentação.
(  ) É válido o negócio jurídico quando seu objeto é
III – Constitui motivo para inclusão do nome do corren-
lícito e os agentes capazes, ainda que, por erro,
tista no CCF a devolução de um cheque por cance-
não se revista de forma obrigada em lei.
lamento de talonário pelo sacado. (  ) Salvo disposição legal em contrário, a cessão de
IV – Pelas normas atuais, quando se trata de conta cor- um crédito abrange também os seus acessórios.
rente e conjunta, são incluídos no CCF os nomes e (  ) É proibido ao credor recusar o recebimento de
CPF de todos os titulares da conta conjunta. prestação diversa da que lhe é devida, quando
V – No caso de cheque devolvido por insuficiência de aquela for mais valiosa.
fundos, além da cobrança de tarifas, o banco pode (  ) O contrato de compra e venda admite por objeto
cobrar do correntista uma taxa de ressarcimento. coisa atual ou futura.

São verdadeiras: a. V–V–V–V–V


a. I e V, apenas. b. F–F–V–F–V
b. I, II, IV e V, apenas. c. F–F–F–F–F
c. I e IV, apenas. d. F–F–V–V–V
d. I, II e IV, apenas. e. V–F–V–F–F
e. I, II, III, IV e V.
73. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) Com base nas caracte-
70. (BNB/ FSADU-UFMA/ 2007) “Leão compra uma TV na rísticas apresentadas a seguir, assinale a opção que
loja da Márcia e, não tendo dinheiro para pagar à vista, contempla o título de crédito em referência. Figuram
emite um título de crédito tendo como beneficiária Már- como partes o subscritor ou promitente-devedor, que
cia. Esta, satisfeita com a venda, mas necessitando do o emite, e o beneficiário ou promissário-credor. Não se
dinheiro o quanto antes, desconta o título num Banco. confunde com uma ordem de pagamento, mas como
Todavia, a TV apresenta defeitos e Leão, insatisfeito, promessa de pagamento, direta e unilateral, à determi-
procura por Márcia para desfazer o negócio e desobri- nada pessoa, de certa quantia em certa data e a sua
gar-se do pagamento do título emitido. Por sua vez, o emissão não exige causa legal específica, não neces-
Banco, atual credor do título, alega a inexistência de sitando, portanto, a indicação expressa do motivo que
vínculo com a operação de compra e venda e aciona lhe deu origem.
Leão para honrar o título, informando que se ele de- a. Anticrese
sejar desfazer a operação de compra da TV deverá b. Cheque
demandar diretamente contra Márcia.” c. Letra de Câmbio
A situação narrada ilustra uma característica comum aos d. Título inominado
títulos de crédito. Assinale a opção que a contempla. e. Nota Promissória
a. Executividade
b. Cartularidade 74. (BNB/ ACEP/ 2004) O Fundo Constitucional de Finan-
c. Co-obrigação ciamento do Nordeste (FNE), regulamentado pela Lei
d. Autonomia n° 7827/ 89, tem por objetivo contribuir para o desen-
e. Causalidade volvimento da região Nordeste, mediante execução de

13
programas de financiamento aos setores produtivos, d. é anulável o negócio jurídico que não revestir a for-
em consonância com os respectivos planos regionais ma prescrita em lei.
de desenvolvimento. Considere as afirmações abaixo e. é nulo o negócio jurídico quando for preterida algu-
como V se verdadeira e F se falsa: ma solenidade que a lei considere essencial para
sua validade.
I – o Banco do Nordeste do Brasil S.A., como institui-
ção financeira federal de caráter regional, é admi- 77. (BNB/ ACEP/ 2004) Sobre a classificação dos contra-
nistradora do FNE; tos é CORRETO afirmar que:
II – os encargos financeiros dos financiamentos con- a. contrato comutativo é o contrato gratuito.
cedidos com recursos do FNE, são definidos pelo b. contrato aleatório ou de risco é aquele cujas partes
Banco do Nordeste do Brasil S.A , em função dos não podem antever, no momento da formação do
projetos específicos e da localização do projeto a contrato, a extensão dos seus ganhos ou de suas
ser financiado; perdas.
III – as principais atividades beneficiadas com financia- c. o contrato unilateral é o mesmo que de adesão.
mentos do FNE são a indústria, a agropecuária e d. o contrato de hipoteca é classificado como principal.
o turismo, por intermédio de diversos programas e. o contrato aleatório é sempre gratuito.
definidos no plano regional de desenvolvimento;
IV – O Banco do Nordeste do Brasil S.A. financia, com 78. (BNB/ ACEP/ 2004) Os títulos de crédito se constituem
recursos provenientes do FNE, o Programa de em documentos dotados de executividade, que gera o
Apoio ao Turismo Regional, que tem por objetivo direito a uma prestação futura desde que obedecidos
a implantação, expansão, modernização e reforma certos requisitos. Marque a alternativa INCORRETA:
de empreendimentos do setor turístico. a. o título de crédito possui como requisito essencial
a cartularidade.
Marque a alternativa com a sequência CORRETA: b. o título de crédito possui como requisito essencial
a. V-F-V-F a literalidade.
b. V-F-V-V c. o título de crédito para ser executado precisa ser
c. F-V-V-F endossado.
d. V-V-V-V d. o título de crédito possui como requisito essencial
e. V-F-F-F a autonomia.
e. o título de crédito possui como requisito formal in-
75. (BNB/ ACEP/ 2004) O Fundo de Amparo ao Trabalha- dispensável a data de emissão.
dor (FAT) constitui-se em uma importante fonte de fi-
nanciamento para os programas sociais do Governo, o 79. (BNB/ ACEP/ 2004) Assinale a afirmação CORRETA
qual apresenta certas características. Marque a alter- que trata de empréstimo:
nativa CORRETA: a. o comodato é o empréstimo gratuito de coisa fun-
a. o FAT financia o Programa de Geração de Empre- gível.
go e Renda (PROGER), que é uma iniciativa do b. o mútuo transfere o domínio da coisa emprestada
Governo Federal voltada para quem deseja iniciar ao mutuário, por cuja conta correm todos os riscos
ou expandir seu próprio negócio, tanto na área ur- dela desde a tradição.
bana quanto na área rural. c. o contrato de comodato é a mesma coisa que con-
b. os recursos do FAT são oriundos do Orçamento trato de mútuo.
Geral da União e de recursos próprios do Banco do d. o comodato sempre será celebrado por prazo certo.
Brasil S.A., que é a instituição financeira responsá- e. o comodatário poderá recobrar do comodante as
vel pelo Fundo. despesas feitas com o uso e gozo da coisa em-
c. os agentes financeiros do PROGER, programa fi- prestada.
nanciado pelo FAT, são apenas o Banco do Brasil
S.A. e o Banco do Nordeste do Brasil S.A. 80. (Besc/ FGV/ 2004) Qual das assertivas abaixo NÃO
d. o FAT financia o Plano Nacional de Qualificação, define o objetivo da Finame?
que é um programa para trabalhadores das áreas a. Financiar emissão de ações.
de alta tecnologia. b. Financiar a importação de máquinas e equipamen-
e. os recursos do FAT não financiam unidades habi- tos industriais não produzidos no País.
tacionais. c. Financiar e fomentar a exportação de máquinas e
equipamentos industriais de fabricação nacional.
76. (BNB/ ACEP/ 2004) Sobre a validade do negócio ju- d. Atender às exigências financeiras da crescente co-
rídico, segundo a legislação civil brasileiro, pode-se mercialização de máquinas e equipamentos fabri-
afirmar CORRETAMENTE que: cados no País.
a. é nulo o negócio jurídico por incapacidade relativa e. Concorrer para a expansão da produção nacional
do agente. de máquinas e equipamentos, mediante facilida-
b. é anulável o negócio jurídico simulado. de de crédito aos respectivos produtores e aos
c. é nulo o negócio jurídico derivado de coação. usuários.

14
GABARITO

1. e 28. a 55. a
2. b 29. c 56. a
3. b 30. b 57. c
4. a 31. d 58. a
5. c 32. c 59. b
6. d 33. e 60. c
7. d 34. c 61. b
8. a 35. b 62. b
9. a 36. b 63. e
10. b 37. d 64. d
11. d 38. e 65. d
12. b 39. X 66. e
13. a 40. e 67. c
14. e 41. a 68. a
15. a 42. d 69. a
16. c 43. b 70. d
17. c 44. e 71. e
18. d 45. b 72. b
19. c 46. a 73. e
20. b 47. b 74. b
21. e 48. c 75. a
22. c 49. e 76. e
23. e 50. c 77. b
24. d 51. X 78. c
25. a 52. c 79. b
26. d 53. d 80. a
27. b 54. b

15