Você está na página 1de 13

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

GUIA DA UFRJ DE CANDIDATURA ERASMUS MUNDUS

Prezado(a) candidato(a), prezada candidata,

Os consórcios Erasmus Mundus oferecem excelentes oportunidades de estudo e


pesquisa no exterior. Cada consórcio tem um website que deve ser
cuidadosamente consultado. Nele constam as informações relativas à
elegibilidade e à oferta acadêmica das instituições europeias. Qualquer dúvida
sobre essas universidades deve ser remetida diretamente à Pessoa de Contato
que aparece no site.

Lembre-se de que a UFRJ tem regras institucionais, as quais estão esclarecidas


no “Regulamento do Comitê Local da UFRJ para Erasmus Mundus” (neste Guia)
e que os critérios estabelecidos pelos Consórcios não são suficientes. Portanto, a
inscrição realizada no site do consórcio não garante a validação e a aceitação de
sua candidatura pelas universidades europeias.

Antes de serem analisadas pelas universidades europeias, as candidaturas serão


validadas pelo Comitê Local da UFRJ. Veja o regulamento neste Guia.

Dúvidas somente por e-mail: em@reitoria.ufrj.br

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

REGULAMENTO DO COMITÊ LOCAL DA UFRJ PARA ERASMUS MUNDUS

Os(As) candidatos(as) (as) a bolsas Erasmus Mundus para mobilidade de


graduação, doutorado sanduíche, doutorado completo, pós-doutorado e pessoal
acadêmico e técnico deverão observar as regras da UFRJ abaixo, que são
complementares às regras do consórcio. As regras abaixo se referem a todos os
tipos de mobilidade, mas é possível que nem todas sejam oferecidas pelo
consórcio desejado.

1. Bolsa de graduação sanduíche


1.1. É necessário ter CR acumulado igual ou superior a 7,0.
1.2. É necessário ter cursado pelo menos 3 (três) períodos completos na
ocasião da inscrição, com a ressalva de que esta regra pode mudar de
acordo com sua unidade acadêmica ou curso.
1.3. Documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:
1.3.1. Boletim Oficial (carimbado e/ou com marca d’água).
1.3.2. Declaração de matrícula ativa (pode ser retirada do SIGA pelo(a)
próprio(a) candidato).
1.3.3. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
1.3.4. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
1.3.5. Autorização do curso – ERASMUS MUNDUS.

2. Bolsa de mestrado completo


2.1. Documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:
2.1.1. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
2.1.2. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
2.1.3. Cópia do diploma de graduação
2.2 Poderá candidatar-se pela UFRJ o ex-aluno de graduação. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo, deverá o(a) candidato(a)
trazer a cópia do diploma de graduação emitido pela UFRJ, bem como
duas cartas de recomendação emitidas por professores efetivos da UFRJ
que tenham sido professores do(a) candidato(a).
2.3 Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor técnico administrativo. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo, deverá o(a) candidato(a)
trazer cópia de um contracheque atual. Deverá entregar, também, cópia
de diploma de graduação e uma carta de recomendação emitida pela sua
chefia imediata ou chefia do órgão de lotação.

3. Bolsa de mestrado sanduíche


3.1. Documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

3.1.1. Boletim Oficial (carimbado e/ou com marca d’água);


3.1.2. Declaração de matrícula ativa (pode ser retirada do SIGA pelo(a)
próprio(a) candidato).
3.1.3. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
3.1.4. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
3.1.5. Autorização do curso – ERASMUS MUNDUS.

4. Bolsa de doutorado completo


4.1. documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:
4.1.1. Boletim Oficial (carimbado e/ou com marca d’água).
4.1.2. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
4.1.3. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
4.1.4. Cópia do diploma de mestrado.
4.2.Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor docente da UFRJ. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo empregatício, deverá
o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque atual.
4.3 .Poderá candidatar-se pela UFRJ o ex-aluno de mestrado. Nessa hipótese,
para efeito de comprovação de vínculo, deverá o(a) candidato(a) trazer
cópia do diploma de mestrado emitido pela UFRJ, bem como duas cartas
de recomendação emitidas por professores efetivos da UFRJ que tenham
sido professores do(a) candidato(a).
4.4 Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor técnico administrativo da
UFRJ. Nessa hipótese, para efeito de comprovação de vínculo, deverá
o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque atual. Deverá entregar,
também, cópia de diploma de mestrado e uma carta de recomendação
emitida pela sua chefia imediata ou chefia do órgão de lotação.

5. Bolsa de doutorado sanduíche


5.1. Documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:
5.1.1. Boletim Oficial (carimbado e/ou com marca d’água);
5.1.2. Declaração de matrícula ativa (pode ser retirada do SIGA pelo(a)
próprio(a) candidato).
5.1.3. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
5.1.4. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
5.1.5. Autorização do curso – ERASMUS MUNDUS.

6. Bolsa de pós-doutorado
6.1. Documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

6.1.1. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).


6.1.2. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
6.1.3. ficha de candidatura ERASMUS preenchida e assinada.
6.2. Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor docente da UFRJ. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo empregatício, deverá
o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque atual, bem como cópia
do diploma de doutorado.
6.3. Poderá candidatar-se pela UFRJ o ex-aluno de doutorado. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo, deverá o(a) candidato(a)
trazer a cópia do diploma de doutorado emitido pela UFRJ, bem como
duas cartas de recomendação emitidas por professores efetivos da UFRJ
que tenham sido professores do(a) candidato(a).
6.4. Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor técnico administrativo da
UFRJ. Nessa hipótese, para efeito de comprovação de vínculo, deverá
o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque atual. Deverá entregar,
também, cópia de diploma de doutorado e uma carta de recomendação
emitida pela sua chefia imediata ou chefia do órgão de lotação.

7. Bolsa de pessoal docente e técnico-administrativo


7.1. documentos a serem enviados por e-mail ao SCRI/UFRJ:
7.1.1. Ficha de Candidatura Erasmus Mundus preenchida (sem foto).
7.1.2. Cópia do passaporte válido por no mínimo seis meses posteriores
ao final da mobilidade (ou protocolo da Polícia Federal com data da
retirada do passaporte, ou protocolo acompanhado de GRU paga).
7.2 Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor docente da UFRJ. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo empregatício, deverá
o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque atual, bem como uma
carta de recomendação emitida pela chefia de seu departamento ou
coordenação de programa de graduação ou pós-graduação em que atue.
7.3 Poderá candidatar-se pela UFRJ o servidor técnico-administrativo da
UFRJ que atue em atividade de cooperação internacional. Nessa
hipótese, para efeito de comprovação de vínculo empregatício e de suas
atividades, deverá o(a) candidato(a) trazer cópia de um contracheque
atual bem como documento que comprove sua atuação em atividades de
cooperação internacional na UFRJ. Deverá entregar, também, cópia de
diploma de graduação e uma carta de recomendação emitida pela sua
chefia imediata ou chefia do órgão de lotação.

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

INSTRUÇÕES PARA ENVIO DOS DOCUMENTOS POR E-MAIL

O e-mail deve ser enviado para em@reitoria.ufrj.br com o seguinte título em


letras maiúsculas “CANDIDATURA + PRIMEIRO E ÚLTIMO NOME DO
CANDIDATO + NOME DO PROJETO). Exemplo: CANDIDATURA CARLOS
SOARES BABEL.

Todos os documentos juntos deverão estar em apenas 01 (um) arquivo em


formato PDF. Mensagens com mais de um arquivo ou com documentos em
outro formato serão descartadas.

IMPORTANTE:

 Podem se candidatar apenas estudantes oriundos das áreas


contempladas pelo projeto. Exemplo: um aluno de Economia (área
14.3) só poderá se candidatar se o projeto contemplar explicitamente a
área 14.3.
 Estudantes só podem se candidatar dentro de suas próprias áreas.
Exemplo: um estudante da Faculdade de Letras (área 9) não poderá se
candidatar à vaga na área de Educação (5), mesmo que ele seja aluno
de licenciatura.
 Não serão admitidas pendências no envio da documentação ao
SCRI/UFRJ.
 Caso não receba um e-mail de confirmação do recebimento dos
documentos em 48h, entrar em contato pelo telefone 2598-1612/18.
 O SCRI/UFRJ não realiza inscrições pelos(as) candidatos(as) nem
disponibiliza computadores, copiadora, fax etc.
 Nenhuma candidatura será validada pelo Comitê Local sem que as
exigências deste Regulamento tenham sido cumpridas.
 As mobilidades de técnico-administrativo estão condicionadas a que
o(a) candidato(a) atue comprovadamente na área de cooperação
internacional de alguma instância da UFRJ.
 O Comitê Local só reconhecerá traduções para o português feitas do
espanhol, francês e inglês, a menos que a tradução seja juramentada;
igualmente, traduções do português só serão aceitas para as já
mencionadas línguas estrangeiras.
 O SCRI/UFRJ não traduz nem certifica traduções de documentos para
candidatura.
 Todas as traduções são de responsabilidade do(a) candidato(a). Erros
de tradução, sobretudo no que se refere às notas obtidas nas
disciplinas, acarretarão a invalidação da inscrição. Não deixe de
observar as “Instruções para tradução de documentos” e “Modelo de
boletim em inglês” neste Guia.

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

 O(a) candidato(a) selecionado para receber bolsa deverá comparecer


ao SCRI/UFRJ, em data que lhe será comunicada por e-mail, munido
de documentação complementar eventualmente exigida bem como de
todos os originais de documentos que tenham sido carregados
traduzidos para o site. Se for constatada alguma irregularidade na
documentação entregue que possa ter influenciado a decisão do comitê
de seleção, o caso será encaminhado à Coordenação Central do
consórcio, que decidirá sobre a manutenção ou revogação da seleção.
 Quando os critérios objetivos estabelecidos por este Regulamento ou
pelo consórcio EM-ECW não forem suficientes, o Comitê Local se
reunirá e deliberará sobre os casos. O parecer do Comitê Local será
definitivo.

******* (fim do Regulamento) *******

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

AUTORIZAÇÃO DO CURSO
Programa Erasmus Mundus
Esta autorização deverá ser primeiramente preenchida e assinada pelo coordenador do curso de graduação ou
pós-graduação do(a) candidato(a), seja ele(a) estudante ou docente. Em seguida, deverá ser encaminhada
para ciência e assinatura de uma pessoa responsável pelas Relações Internacionais da unidade de origem
do(a) candidato(a), quando houver. O SCRI/UFRJ não preencherá nenhum campo deste documento.

Eu, _______________________________________________________________,
(Coordenador do curso)

Declaro que _______________________________________________ está apto a


(nome do(a) candidato(a))

se candidatar a bolsas Erasmus Mundus para o ano de 2015.

1) _______________________________ ____________, ___ de __________ de 20___.


(Assinatura e carimbo do Coordenador do Curso)

2) _______________________________ ____________, ___ de __________ de 20___.


(Assinatura e carimbo do Responsável
pelas Relações Internacionais da unidade
do(a) candidato(a), quando aplicável)

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

Ficha de Candidatura ERASMUS MUNDUS

Processo nº: __________________

Nome: __________________________________________________________

Nacionalidade: _______________ Data de nascimento: __ / __ / ____ PHOTO / FOTO

Endereço: ________________________________________________________

_____________________________________________________________________________

Telefones:

1. ______________________ 2. ____________________ 3. ______________________

E-mail(s): 1. _____________________________ 2. _____________________________

Número do passaporte: _______________________ Validade: __ / __ / ____


Apresentou apenas protocolo no ato de inscrição ( )

Documento de identidade: ____________________

CPF: __________________

**********************************************************************

Nome do projeto para o qual está se candidatando: ___________________________________

Nível da mobilidade: graduação( ) mestrado( ) doutorado( ) pós-doutorado( ) docente( )

Unidade da UFRJ: ___________________________________

Curso: _____________________________________________

**********************************************************************

Pai: ________________________________________________________________

Mãe: _______________________________________________________________

Pessoa de contato em caso de emergência


Setor de Convênios e Relações Internacionais
Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

______________________________________________

Endereço
_________________________________________________________________________

Telefones:

1. ______________________ 2. ____________________

E-mail(s): 1. _________________________ 2. _________________________

*************************************************************************

Já foi bolsista Erasmus Mundus?

( ) sim ( ) não

Em que nível de mobilidade?

graduação( ) mestrado( ) doutorado( ) pós-doutorado( ) docente( ) técnico-administrativo( )

Rio de Janeiro, __ / __ / ____ .

______________________________________
Assinatura do(a) candidato(a)

______________________________________
Assinatura do responsável (somente para candidatos(as) que tenham menos de 18 anos)

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

TRANSCRIPT OF RECORDS
Center: Technology Center Unit: School of Chemistry
Undergraduate course: Chemical Engineering
Name: Machado de Assis
Registration Number: 099122177 Issued on 27/10/2008 Page 1 of …

The Federal University of Rio de Janeiro does not issue transcripts of records in English or any language
other than Portuguese. This model was created by the UFRJ International Affairs Office to facilitate
students’ translation of their own transcripts.

Semester Code Subject Grade Credit Hours Result

2005 / 1 EEC200 Introduction to Civil 7,0 60 Passed


Engineering
EEI312 Economics I 8,0 60 Passed

EEWK031 Scientific Initiation III No No credits Passed


grades

Credit hours / semester: 120


Total credit hours: 120
Grade point average / semester: 7,5
Cumulative grade point average: 7,5

2005 / 2 IQG111 Chemistry 4,5 30 Failed


FIN231 Experimental Physics III 6,5 30 Passed
ECAU022 Lab of Communication No 120 Passed
grades

Credit hours / semester: 180


Total credit hours: 300
Grade point average / semester: 5,5
Cumulative grade point average: 6,5

Code Description Beginning End Credit-


hours

01 EEWK03 Scientific Initiation III 2011/1 2011/1 Variable


Place: Department of Civil
Engineering
Description: Study of
Thermal and Acoustic
Parameters established by
NBR 15575.
02 ECAU02 Lab of Communication 2010/2 2010/2 120
Setor de Convênios e Relações Internacionais
Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

Place: School of
Communication
Description: Lab of Video
Editing. Coord.: Antonio
Fatorelli.

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO BOLETIM TRADUZIDO

1. Os dados que aparecem no modelo abaixo são meramente ilustrativos.


2. Não acrescente qualquer símbolo ao modelo.
3. “Issued on” se refere à data em que o boletim foi emitido, NÃO à data em que foi
entregue ou traduzido.
4. Créditos transferidos: Transferred Credits.
5. Matrícula trancada: Leave of Absence.
6. Não confere crédito (ncc): No Credits
7. Não confere grau (ncg): No Grades
8. Período: Semester
9. Código: Code
10. Nome da disciplina: Subject
11. Grau: Grade
12. CH – carga horária: Credit Hours
13. SF – situação final: Result
14. CH no período: Credit hours/semester
15. CH acumuladas: Total credit hours
16. CR no período: Grade point average/semestre
17. CR acumulado: Cumulative grade point average
18. Variável: Variable

INSTRUÇÕES PARA TRADUÇÃO DE DOCUMENTOS

Muitas vezes é necessário providenciar traduções de textos originalmente redigidos em


língua portuguesa. Quando isso ocorre, muitos(as) candidatos(as)(as) a intercâmbio se
encontram em dúvida sobre como proceder. Seguem algumas instruções:

1. Traduções juramentadas raramente são necessárias. É comum que editais em inglês


tragam a expressão “certified translation”, que, realmente, corresponde a “tradução
juramentada” em português, mas que, às vezes, pode se referir à certificação de um
professor ou coordenação de curso. Procure o SCRI/UFRJ se tiver dúvida.
2. A propósito, uma tradução juramentada, ao contrário do que se pensa, pode não
“validar” um documento automaticamente. Às vezes, a consularização desse
documento é exigida. Consularizar é obter da autoridade consular local um atestado de
Setor de Convênios e Relações Internacionais
Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

autenticidade do documento. Suponha que você esteja em Roma e tenha em mãos um


diploma universitário emitido por instituição italiana. Antes de sair da Itália, dirija-se
ao consulado brasileiro para que seu documento receba o selo de autenticidade. Está
feita a consularização. A partir de então, a autenticidade do documento será
reconhecida no Brasil. Sempre peça a consularização antes de solicitar uma tradução
juramentada do documento. Caso você tenha deixado o país estrangeiro sem ter seus
documentos consularizados, escolha uma das duas opções seguintes.
3. Você tem certeza de que sabe traduzir? Lembre-se de que cada um dos documentos
que você entrega compõe seu perfil acadêmico e pessoal. Uma tradução mal feita
coloca você no rol daqueles que não primam pelo trabalho bem feito. Se necessário,
recorra a um tradutor profissional.
4. Ao escrever seu endereço em uma ficha de inscrição em inglês, não traduza a palavra
rua por “street”, jardim por “garden”, etc. Se você mora na Rua Guilherme, não
escreva “Guilherme Street”. Quem fará a entrega de sua correspondência no Brasil
provavelmente não será um carteiro anglófono e você não vai ficar feliz se um deles
não entregar sua correspondência alegando endereço desconhecido.
5. Nas fichas de inscrição em inglês, “middle name” corresponde ao segundo nome de
batismo. Ex.: Em Paulo Roberto da Silva, Roberto é o “middle name”. Em Paulo
Gonçalves da Silva não há “middle name”.
6. Mantenha o cabeçalho da UFRJ apenas na tradução de históricos e boletins, bem como
o seguinte texto: The Federal University of Rio de Janeiro does not issue transcripts of
records in English or any language other than Portuguese. This model was created by
the UFRJ International Affairs Office to facilitate students’ translation of their own
transcripts.
7. Lembre-se: você não está autorizado a reproduzir símbolos na sua tradução. Exemplo:
ao traduzir uma declaração de seu curso de francês, não inclua a logomarca do curso.
Tradução não é a exata reprodução visual do documento original. Veja, na próxima
página, um exemplo de tradução de um certificado de língua inglesa.
8. Mantenha em sua tradução as disciplinas NA ORDEM em que aparecem em seu
boletim oficial.

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
GABINETE DO REITOR
SETOR DE CONVÊNIOS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS – SCRI

Programa de Intercâmbio UFRJ – Erasmus Mundus


Candidatos(as) da UFRJ

Translation of the certificate of English language issued by THE BEST ENGLISH


COURSE

TEXT
(aqui vai o texto da declaração, certificado, etc.)

Signed by ……… (position) on …………………

OTHER INFORMATION
(informações outras que constarem do documento)

Setor de Convênios e Relações Internacionais


Av. Pedro Calmon, 550, Prédio da Reitoria, 2° andar
www.scri.ufrj.br
Cidade Universitária, Ilha do Fundão em@reitoria.ufrj.br
21941-901
Rio de Janeiro, RJ