Você está na página 1de 41

Questões Pedagógicas-Cespe

Professora Andréia Sousa

QUESTÕES PEDAGÓGICAS-
CESPE
300 – Itens Gabaritados
CADERNO 01
Tendências Pedagógicas

Relação Educação e Sociedade

Projeto Político Pedagógico

Currículo

Pesquisa Participante

Educação Continuada

Professora: Andréia Sousa Página 1


Questões Pedagógicas-Cespe

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS

As tendências pedagógicas são de extrema relevância para a Educação, principalmente as


mais recentes, pois contribuem para a condução de um trabalho docente mais consciente,
baseado nas demandas atuais da clientela em questão. O conhecimento dessas tendências e
perspectivas de ensino por parte dos professores é fundamental para a realização de uma
prática docente realmente significativa, que tenha algum sentido para o aluno, pois tais
tendências objetivam nortear o trabalho do educador, ajudando-o a responder a questões
sobre as quais deve se estruturar todo o processo de ensino, tais como: o que ensinar? Para
quem? Como? Para quê? Por quê?

E para que a prática pedagógica em sala de aula alcance seus objetivos, o professor deve ter
as respostas para essas questões, pois, como defende Luckesi (1994), ―a Pedagogia não pode
ser bem entendida e praticada na escola sem que se tenha alguma clareza do seu significado.
Isso nada mais é do que buscar o sentido da prática docente‖.

CONHEÇA UM POUCO SOBRE ELAS

PEDAGOGIA LIBERAL

O termo liberal não tem sentido de avançado. Ele aparece como justificativa para a
manutenção da ordem capitalista vigente. Esta pedagogia defende a predominância da
liberdade e dos interesses individuais na sociedade, assim como, estabelece uma organização
social baseada na propriedade privada.

Professora: Andréia Sousa Página 2


Questões Pedagógicas-Cespe

PEDAGOGIA PROGRESSISTA
O termo progressista é usado para caracterizar correntes educacionais que, partindo de uma
análise crítica da sociedade, defendem finalidades sociopolíticas da educação. Libâneo (1990)
defende que a pedagogia progressivista não tem como institucionalizar-se numa sociedade
capitalista; daí ela ser um instrumento de luta dos professores ao lado de outras práticas
sociais (pg32).

Professora: Andréia Sousa Página 3


Questões Pedagógicas-Cespe

QUADRO SÍNTESE DAS TENDÊNCAS PEDAGÓGICAS

Professora: Andréia Sousa Página 4


Questões Pedagógicas-Cespe

QUESTÕES

CESPE – PEDAGOGO – UNIPAMPA-2013

Com relação às concepções pedagógicas, julgue os próximos itens.

1 - A vivência grupal na forma de autogestão é um método utilizado pela concepção


progressista libertadora.

2 - Conteúdos culturais universais incorporados pela humanidade em face da realidade social


caracterizam a concepção histórico-crítica da pedagogia.

3 - Maria Montessori e Piaget são representantes da concepção liberal renovadora progressiva.

4 - Os pressupostos da antiga Lei n.º 5.692/1971 foram formulados com base na concepção
liberal tecnicista.

5 - Na concepção liberal tradicional, o papel da educação é ser modeladora do comportamento


humano por meio de técnicas específicas.

6 - CESPE- DEPEN-PEDAGOGIA - 2015 Julgue os itens abaixo:

a- ( ) Para atender as novas tecnologias, a tendência pedagógica mais indicada é a


tecnicista, que leva o aluno a desenvolver mais agilidade e reflexão no aprendizado.

b-( ) Ao reconhecer diferenças entre professores e alunos, Paulo Freire considera o


professor como detentor do conhecimento eo centro do processo de ensino e aprendizagem.

CESPE- ANALISTA JUDICIÁRIO-PEDAGOGIA-STJ- 2015

7- Julgue os itens a seguir:

a-( ) A escola tecnicista valoriza as técnicas de ensino e concebe o professor eo aluno


como cumpridores de tarefas.

b - ( ) Fundamentando-se no pressuposto de neutralidade científica e nos princípios de


racionalidade, eficiência e produtividade, a concepção pedagógica libertadora defende a
reordenação do processo educativo, de maneira que atenda ás exigências do mercado. Para
isso, o fazer pedagógico deve ser objetivo e operacional, e visar a formação de indivíduos
críticos.

CESPE - 2013 - SEE-AL - Todos os Cargos.

8 - No que concerne às tendências pedagógicas na prática escolar, julgue o item subsecutivo.

Na tendência progressista libertadora:

a - Os conteúdos são temas geradores e a relação entre aluno e professor é de igualdade.

b - A história da educação no Brasil foi marcada por duas grandes correntes pedagógicas: a
liberal e a progressista.

9 - Assinale a opção correspondente às tendências identificadas com a corrente pedagógica


liberal.

Professora: Andréia Sousa Página 5


Questões Pedagógicas-Cespe
a) Renovada progressivista, tradicional, libertária e renovada não diretiva.
b) histórico-crítica, tecnicista, renovada não diretiva e libertária.
c) tradicional, renovada progressivista, renovada não diretiva e tecnicista.
d) tradicional, tecnicista, libertadora e renovada não diretiva.

CESPE-Professor de Educação Básica - Atividades - SEPLAG/DF-2008

Julgue os itens, considerando as tendências pedagógicas na dimensão da relação professor e


aluno.

10 - (12345) A tendência liberal tecnicista tem como objetivo assegurar a eficácia técnica de
transmissão do conteúdo instrucional pelo professor e de fixação pelo aluno.

11- (12345) A centralidade na autoridade do professor e na atitude receptiva do aluno é


característica da tendência liberal tradicional.

12 - (12345) Uma relação baseada na mediação exercida pelo professor e na não-diretividade


na orientação do trabalho pedagógico é pressuposto da tendência progressista crítico-social
dos conteúdos.

13 - (12345) Na tendência liberal renovada progressivista, o professor deve ser um especialista


em relações humanas para assegurar um clima de relacionamento autêntico.

Continue exercitando!

14 - (12345) A educação influenciada pela concepção liberal tradicional enfatiza que os


conteúdos devem ser colocados a disposição do aluno, mas não podem ser exigidos.

15 - (12345) De acordo com a concepção liberal tecnicista, cabe à escola proporcionar


experiências que possibilitem ao aluno educar-se por meio da interação entre as estruturas
cognitivas e o ambiente.

16 - (12345) De acordo com a concepção liberal tecnicista, a relação professor-aluno é de


muita afetividade para atender com mais eficiência o mercado de trabalho.

17 - (12345) Levar à transformação da realidade, por meio da adequação do indivíduo ao meio


social é função da escola libertária.

18 - (12345) De acordo com a concepção histórico-crítica, o professor tem papel de mediador.

19 - (12345) Segundo a concepção liberal tradicional, o compromisso da escola é com a


transmissão da cultura e dos valores da sociedade para isso o professor é o centro do saber.

20 - A pedagogia progressista, segundo Libâneo, designa as tendências que, partindo de uma


análise crítica das realidades sociais, sustentam as finalidades sociopolíticas da educação.
Marque a alternativa que contenha apenas as três tendências corretas:

a. Tradicional – Renovada Não-Diretiva – Liberal.


b. Tradicional – Escola Nova – Tecnicista.
c. Libertária – Libertadora – Crítica-Social dos Conteúdos.

Professora: Andréia Sousa Página 6


Questões Pedagógicas-Cespe
d. Libertadora – Liberal – Tecnicista.
e. Escola Nova Diretiva – Tecnicista – Libertadora.

21- Relacione as colunas, considerando a classificação de Libâneo quanto às tendências e


teorias que ainda hoje orientam e influenciam a prática pedagógica de muitos professores.

1. Tradicional.

2. Nova.

3. Tecnicista.

4. Libertadora.

5. Crítico‐social.

(12345) Assume a educação como um processo de diálogo, por meio do qual educador e
educando problematizam o seu estar no mundo e sua ação sobre o mundo.

(12345) Acentua a primazia dos conteúdos no seu confronto com as realidades sociais.

(12345) O ensino é articulado com o método científico ou da descoberta, dando grande ênfase
à atividade do aluno na solução de problemas.

(12345) O ensino é baseado na transmissão dos conteúdos culturais pelo professor: o método
expositivo.

(12345) Essa perspectiva conduz à crescente burocratização da escola, à fragmentação, à


especialização do trabalho docente e ao reinado dos materiais instrucionais.

A sequência está correta em

a) 1, 3, 2, 4, 5
b) 4, 5, 2, 1, 3
c) 5, 4, 3, 2, 1
d) 3, 2, 1, 4, 5
e) 5, 3, 2, 4, 1

22- Analise as afirmativas, considerando as tendências pedagógicas na prática escolar.

I. Pedagogia tradicional: modelo vigente ainda hoje em grande parte das salas de aula, da
maioria das escolas.

II. Pedagogia renovada/nova: a autogestão é o conteúdo e o método. Há um objetivo


pedagógico e um objetivo político.

III. Pedagogia tecnicista: adequação da escola aos modelos de racionalização do mundo do


trabalho.

IV. Pedagogia libertadora: suas manifestações na prática escolar se dão através do


engajamento político e educação popular e do adulto.

V. Pedagogia crítico-social: ruptura com a ideologia dominante. Leva à reflexão.

Professora: Andréia Sousa Página 7


Questões Pedagógicas-Cespe
Estão corretas apenas as afirmativas

a. I, II, III e V.
b. II, III e IV.
c. I, II, III, IV e V.
d. I, III, IV e V.
e. II, III e V.

CESPE - 2013 - FUB - Pedagogo Tendo em vista o desenvolvimento histórico das concepções
pedagógicas julgue o item que se segue.

23 - O tecnicismo educacional incorporou à educação um grau de racionalidade dos trabalhos


escolares, trazendo consigo a obrigatoriedade do ensino profissionalizante no nível médio.

CESPE - 2013 - MPU - Analista – Educação.

24 - A respeito do desenvolvimento histórico das concepçõespedagógicas,julgue o item


subsequente, relativo à educação brasileira.

Para a concepção libertadora, o eixo deslocou-se de uma pedagogia de inspiração filosófica


centrada na ciência da lógica para uma pedagogia de inspiração experimental baseada na
biologia e na psicologia.

Julgue os itens de acordo com as concepções pedagógicas.

25 - (12345) Na tendência liberal renovada não-diretiva, o papel da escola é a preparação


moral e intelectual dos alunos.

26 - (12345) Os conteúdos de ensino na tendência progressista libertária são denominados de


temas geradores. Seu principal representante é Paulo Freire.

27 - (12345) A pedagogia não-diretiva propõe uma educação centrada no aluno. O professor é


um especialista em relações humanas. A inspiradora desta teoria é Maria Montessori.

28 - (12345) Segundo os pressupostos da tendência progressista libertária, os conteúdos são


colocados à disposição do aluno, mas não são exigidos. Miguel González Arroyo é adepto
dessa teoria.

29 - (12345) São passos do método de ensino usado pelas escolas que adotam a tendência
liberal tradicional: preparação do aluno, apresentação do conteúdo, associação com assuntos
já estudados, generalização e resolução de exercícios.

30 - (12345) A tendência liberal renovada progressivista defende a ideia de que a escola deve
estar mais preocupada com os problemas psicológicos do que com os pedagógicos. Piaget é
um dos representantes dessa teoria.

31 - (12345) A educação libertadora questiona concretamente a realidade das relações do


homem com a natureza e com os outros homens, visando a uma transformação, daí ser uma
educação crítica. Carl Rogers é um dos seus representantes.

Professora: Andréia Sousa Página 8


Questões Pedagógicas-Cespe
32 - (12345) É papel da escola na tendência progressista crítico-social dos conteúdos a difusão
de conteúdos vivos, concretos, indissociáveis da realidade social. Makarenko é um dos seus
representantes.

33- (12345) Segundo as ideias apregoadas pela tendência liberal tradicional, no


relacionamento professor-aluno predominam a autoridade do docente e a atitude receptiva do
estudante, que é visto como um adulto em miniatura.

34 - (12345) Na pedagogia liberal renovada não-diretiva, o professor deve garantir um clima de


relacionamento pessoal e autêntico. Toda a intervenção é ameaçadora, inibidora da
aprendizagem. Privilegia-se a auto-avaliação.

35 - (12345) São representantes da tendência progressista crítico-social dos conteúdos:


Manacorda, Snyders, Makarenko, C. Freinet e Demerval Saviani

36 - (12345) Para a tendência liberal renovada progressivista, a função da escola é retratar, o


quanto possível, a vida.

37 - (12345) Para Carl Rogers, inspirador da pedagogia liberal renovada não-diretiva, o


resultado de uma boa educação é semelhante ao de uma boa terapia.

38 - (12345) Paulo Freire é o inspirador da tendência progressista libertadora.

39 - (12345) Para a tendência liberal renovada progressivista, defende-se a ideia do aprender


fazendo. Valoriza-se a experiência e a descoberta.

40 - (12345) A tendência liberal libertadora defende a adoção de temas geradores, que são
extraídos da problematização da prática de vida dos educandos. Paulo Freire é dos
representantes dessa concepção.

41 - (12345) Na tendência liberal tradicional, o professor é um orientador que se mistura ao


grupo para uma reflexão em comum.

42 - (12345) São representantes do tecnicismo: Gagné, Bloom e Skinner.

CESPE- Analista de Trânsito - Pedagogo - DETRAN/DF-2009

Julgue os itens que se seguem acerca da concepção liberal renovada progressivista.

43 - A escola deve retratar o maior número possível de situações da vida, pois assim contribui
com a adequação das necessidades individuais ao meio social, que é o seu papel.

44 - A experiência da escola de Summerhill é baseada nos pressupostos dessa concepção.

45 - A autogestão é um princípio político e pedagógico, assim como o conteúdo e o método do


processo educativo.

46 - A disciplina é fruto de uma tomada de consciência acerca dos limites da vida grupal e não
da autoridade do professor sobre o aluno.

47 - O trabalho docente consiste em relacionar a prática vivida pelos alunos com os conteúdos
propostos pela escola, favorecendo a ruptura com experiências pouco elaboradas.

CESPE-Pedagogo - Polícia Civil/AC-2008

Acerca das concepções pedagógicas, julgue os seguintes itens.

Professora: Andréia Sousa Página 9


Questões Pedagógicas-Cespe
48 - A repetição de exercícios sistemáticos e a recapitulação dos conteúdos estudados são
pressupostos de aprendizagem da concepção liberal tradicional.

49 - Carl Rogers é o inspirador da concepção liberal renovada progressivista, por meio da


ênfase nos processos de desenvolvimento das relações e da comunicação.

50 - Para a concepção liberal tecnicista, o papel da escola é propiciar a interação entre as


estruturas cognitivas do indivíduo e as do ambiente.

51 - A tendência crítico-social dos conteúdos não concebe uma oposição entre cultura erudita e
cultura popular, mas uma relação de continuidade entre elas.

52 - O trabalho com uma situação-problema e com temas geradores é a marca da concepção


progressista libertária.

CESPE-Analista Judiciário II - Pedagogia - TJ/ES-2011

Considerando as diferentes tendências pedagógicas, julgue os itens a seguir, relativos ao papel


da escola.

53 - A educação influenciada pela concepção liberal renovadora progressiva deve enfatizar o


desenvolvimento de atitudes, razão por que se privilegiam os aspectos psicológicos em
detrimento das questões pedagógicas ou sociais.

54 - De acordo com a concepção liberal renovadora não diretiva, cabe à escola proporcionar
experiências que possibilitem ao aluno educar-se por meio da interação entre as estruturas
cognitivas e o ambiente.

55 - De acordo com a concepção liberal tecnicista, a pesquisa científica, a tecnologia


educacional e a análise experimental do comportamento são os instrumentos básicos para que
se garanta a formação de indivíduos competentes.

56 - Levar à transformação da realidade, por meio do questionamento das relações dos


indivíduos entre si e com a natureza é função da escola, segundo a concepção progressista
libertadora.

57 - De acordo com a concepção histórico-crítica, a valorização da escola como instrumento de


apropriação do saber contribui para a eliminação da seletividade social, favorecendo, portanto,
a construção da democracia.

58 - Segundo a concepção liberal tradicional, o compromisso da escola é com a transmissão


da cultura e dos valores da sociedade, excluindo-se do ensino a compreensão crítica.

CESPE-Técnico em Assuntos Educacionais – Pedagogia-PF-2004 (adaptada).

Com referência ao desenvolvimento histórico das concepções pedagógicas, julgue os itens que
se seguem.

59 - Na história da educação brasileira, registram-se diversas concepções pedagógicas. Entre


elas, podem-se destacar quatro tendências: a tradicional, a renovada, a tecnicista e a
progressista, esta última marcada por preocupações sociais e políticas. Essas tendências são
muito diferentes, mas, em relação ao papel da escola, se assemelham. Todas defendem que
cabe à escola integrar os indivíduos à sociedade e formar indivíduos ―competentes‖ para o
mercado de trabalho.

Professora: Andréia Sousa Página 10


Questões Pedagógicas-Cespe
60 - O aluno é considerado um indivíduo ativo e curioso na tendência progressista, a qual
estabelece que as atividades escolares devem ser centradas no aluno, uma vez que a
aprendizagem é elaborada pelo próprio estudante, com base em experiências e descobertas.

61 - Na tendência tradicional, o aluno é visto como uma pessoa capaz de corresponder às


expectativas da escola para ter êxito e avançar. O aluno deve ajustar o seu ritmo de
aprendizagem ao programa estabelecido pelo professor.

62 - Na tendência tecnicista os conteúdos de ensino seguem princípios científicos


estabelecidos e ordenados em uma seqüência lógica e psicológica, visando a um saber-fazer-
técnico-científico.

63 - A relação professor-aluno na tendência libertadora é vertical eo professor é centro do


saber.

CESPE-Professor de Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano - Língua Inglesa - SEMEC/PI-


2009 (adaptada)

64 - Considerando a tendência pedagógica renovada não-diretiva, assinale a opção correta


quanto à relação professor-aluno.

a - O professor, por meio do sistema instrucional, é o elo entre o conhecimento científico e o


aluno.

b - A educação deve ser centrada no aluno, e o professor deve ser um especialista em


relações humanas.

c - A atitude receptiva do aluno e a autoridade do professor são o centro do processo


educativo.

d - O diálogo e a relação horizontal são os pilares nas relações na sala de aula.

65 - A tendência pedagógica cuja base do planejamento da ação didática seja a sequência:


motivação do aluno, apresentação do conteúdo, associação de conhecimentos e generalização
denomina-se:

a - liberal renovada progressivista.

b - progressista libertária.

c - progressista libertadora.

d - liberal tradicional.

66 - Acerca da concepção de educação segundo a tendência crítico-social dos conteúdos,


assinale a opção correta.

a – O professor é um mediador entre o saber eo aluno.

b - A preparação intelectual e moral dos alunos para assumirem determinadas posições na


sociedade é a função primordial da educação.

c - O foco da educação está na adequação das necessidades individuais ao meio social por
meio da reprodução de situações da vida.

Professora: Andréia Sousa Página 11


Questões Pedagógicas-Cespe
d - O questionamento das relações do homem com a natureza, visando à transformação da
realidade, é a base da educação.

67 - A tendência pedagógica da escola que trabalha com temas extraídos da prática social e da
realidade dos alunos para a construção do conhecimento é identificada como:

a - liberal renovada progressivista.

b - progressista libertária.

c - progressista libertadora.

d - renovada não-diretiva.

68 - Uma proposta pedagógica baseada na psicologia genética de Piaget tem sua


fundamentação baseada na tendência liberal

a - tradicional.

b - renovada progressivista.

c - renovada não-diretiva.

d - tecnicista.

RELAÇÃO EDUCAÇÃO E SOCIEDADE

Professora: Andréia Sousa Página 12


Questões Pedagógicas-Cespe

QUESTÕES

CESPE-Especialista em Desenvolvimento Humano e Social - Pedagogia - SEGER/ES-


2008

Considerando os aspectos sociológicos da educação, julgue os itens a seguir.

1 - De acordo com John Dewey, a educação deve pautar-se por valores democráticos e ter o
aluno como o ator principal do processo educacional, oferecendo-lhe condições para que
solucione sozinho os seus problemas.

2 - Para Durkheim, por meio da educação, um mecanismo de coerção social com função
socializadora, os indivíduos assimilam os fatos sociais e se preparam para a vida em
sociedade.

3 - Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron defendem que toda ação pedagógica é arbitrária,
porque impõe a visão da classe dominante, inculcando normas e valores no educando, de
modo que sejam por eles interiorizados, aplicados e retransmitidos aos outros.

Professora: Andréia Sousa Página 13


Questões Pedagógicas-Cespe
4 - De acordo com Antônio Gramsci, a escola deveria ser organizada em dois sistemas de
ensino estanques, um, de caráter formativo, voltado ao desenvolvimento intelectual e orgânico
do educando, e outro voltado à capacitação profissional do indivíduo para o trabalho produtivo.

CESPE- Correios-Pedagogo - 2011

Acerca da história da educação, julgue os itens que se seguem.

5 - O sistema educacional idealizado por Auguste Comte tem origem na lei dos três estados,
que faz referência a estados da região Sul, considerados os de maior desenvolvimento
educacional.

6 - Antônio Gramsci propôs o estabelecimento da escola unitária, também denominada escola


única, como alternativa à escola tradicional, caracterizada pela divisão do ensino em clássico e
profissional.

7 - A luta de John Dewey contra o analfabetismo tornou-o o mais eminente defensor da


educação libertária.

CESPE- Professor - Educação Física - SEDUC/AM

Considerando as contribuições da sociologia, da filosofia e da psicologia para a educação,


julgue os itens a seguir.

8 - Louis Althusser, herdeiro intelectual de Karl Marx, elaborou crítica radical aos sistemas de
ensino, denunciando o seu caráter de classe e de aparelho ideológico do Estado.

9 - Segundo Émile Durkheim, a educação constitui elemento integrador da sociedade, sendo


pais e professores agentes sociais responsáveis pela inculcação de valores sociais nos
educandos.

CESPE- Analista de Trânsito - Pedagogo - DETRAN/DF- 2009

Julgue os itens a seguir, de acordo com as perspectivas sociológicas das relações entre
educação e sociedade.

10 - Para Marx, a educação é capaz de promover, por si mesma, a transformação necessária


da sociedade.

11 - Durkheim analisa a educação como um ideal abstrato e único dirigido a determinada


natureza humana, sem distinção.

12 - A sala de aula é considerada por Parsons como o principal agente e espaço de


socialização e de desenvolvimento do desempenho de papéis adultos pelas crianças.

CESPE-Pedagogo – FUB-2008

A educação é a ação exercida pelas gerações adultas sobre as gerações que não se
encontram ainda preparadas para a vida social; tem como objetivo suscitar e desenvolver na
criança certo número de estados físicos, intelectuais e morais, reclamados pela sociedade
política no seu conjunto e pelo meio especial a que a criança, particularmente, se define. Émile
Durkheim. Julgue os itens subsequentes, a partir das ideias do texto acima.

13 - A educação socializa as novas gerações.

Professora: Andréia Sousa Página 14


Questões Pedagógicas-Cespe
14 - O homem, desde o nascimento, conjuga, em si, o ser individual e o ser social.

15 - O comportamento do cidadão, esperado pela vida social, é moldado pela educação.

CESPE- Professor de Educação Básica - Atividades - SEPLAG/DF-2008

De acordo com a perspectiva sociológica da educação, segundo Gramsci,

16 - O processo educativo ocorre pela transmissão de valores e saberes da geração mais


velha para aquelas mais jovens.

17 - A função da escola está relacionada à busca de transformação da sociedade que é


desigual.

18 - A escola deve contribuir com o aumento da produtividade, por meio da adaptação dos
indivíduos.

19 - A conquista da hegemonia na sociedade por meio da formação do intelectual orgânico é a


função da escola.

20 - A experimentação é o método mais eficaz para a realização da função social de uma


instituição educativa.

CESPE-Técnico Social - Pedagogia - CEHAP/PB - 2009

21 - Assinale a opção correta acerca da função social da educação para Gramsci.

a) A escola, como parte da superestrutura, tem dupla função dialética: reproduzir e minar a
estrutura da sociedade capitalista.
b) Na sociedade capitalista, só a burguesia tem o poder de transmitir a sua ideologia por meio
da escola, porque ela é a classe dominante.
c) A escola é o principal instrumento de preparação de mão-de-obra para o mercado de
trabalho.
d) A educação, mediada pelas gerações mais velhas, prepara as gerações novas para a vida.

22 - A escola é considerada laboratório de democracia, priorizando os estudantes e suas


inquietações; local de experiências purificadas das imperfeições da sociedade; onde se formam
sujeitos capazes de influir positivamente no meio social, implementando novas estruturas
democráticas e atuando na renovação constante dos costumes, e não, na sua simples
preservação.

Essas ideias estão ligadas ao pensamento de:

a) Émile Dürkheim.
b) Karl Marx.
c) John Dewey.
d) Louis Althusser.

CESPE- Analista- MPU - Educação – 2013

Considerando a relação educação e sociedade em suas dimensões filosófica, sociocultural e


pedagógica, julgue os itens a seguir.

Professora: Andréia Sousa Página 15


Questões Pedagógicas-Cespe
23 - Em uma perspectiva transformadora, compreende-se a educação como parte da
sociedade, com seus condicionantes, determinantes e seus projetos, que podem ser
conservadores ou não, mas com a possibilidade de trabalhar pela democratização dessa
sociedade.

24 - Na concepção funcionalista, a construção do ser social é feita pela educação, por meio da
assimilação pelo indivíduo de uma série de normas e princípios que balizam a conduta desse
indivíduo em um grupo; sendo o homem, nessa perspectiva, um produto da sociedade.

25 - Para Bourdieu, a escola tem um papel ativo no processo social de reprodução das
desigualdades sociais, ao dissimular as bases sociais e convertê-las em diferenças
acadêmicas e cognitivas, relacionadas aos méritos e dons individuais.

26 - A tendência reprodutivista concebe a sociedade como um conjunto de seres humanos que


vivem de forma orgânica e harmoniosa, com desvios de grupos ou indivíduos situados à
margem desse todo; nesse contexto, cabe à educação, como instância social, integrar
harmoniosamente os indivíduos no todo social já existente.

27- O principal representante da vertente redentora é o teórico Althusser, que estudou o papel
da escola como um dos aparelhos do Estado.

CESPE- SEE/AL – 2013 Conhecimentos Básicos para os cargos de professor.

De acordo com a perspectiva da relação entre educação e sociedade na prática escolar, julgue
os itens

28 - Tanto as instituições quanto os indivíduos são imperfeitos segundo os valores básicos da


democracia. Nesse sentido, para Bourdieu, a educação seria a responsável pela correção
dessas imperfeições.

29 - Para Parsons, as personalidades individuais, na sala de aula, devem ser preparadas


tecnicamente para o desempenho de papéis adultos.

30 - De acordo com o pensamento de Althusser, a educação é uma preparação para a vida,


que ocorre por meio da transmissão de valores das gerações mais velhas para aquelas
despreparadas para a vida social.

31 - Segundo Max Weber, a racionalidade burocrática permite aos sujeitos escolarizados não
somente o entendimento dos mecanismos de funcionamento do sistema escolar, mas também
o desvelamento da sua ideologia.

32 - Para John Dewey, a escola, na perspectiva da escola nova, deve estar preparada e
equipada para funcionar como um laboratório de democracia.

CESPE – Pedagogo - SEGER/ES - 2011.

Considerando os aspectos sociológicos da educação, julgue os itens a seguir.

33 - De acordo com John Dewey, a educação deve pautar-se por valores democráticos e ter o
aluno como o ator principal do processo educacional, oferecendo-lhe condições para que
solucione sozinho os seus problemas.

34 - Para Émile Durkheim, por meio da educação, um mecanismo de coerção social com
função socializadora, os indivíduos assimilam os fatos sociais e se preparam para a vida em
sociedade.

Professora: Andréia Sousa Página 16


Questões Pedagógicas-Cespe
35 - Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron defendem que toda ação pedagógica é arbitrária,
porque impõe a visão da classe dominante, inculcando normas e valores no educando, de
modo que sejam por eles interiorizados, aplicados e retransmitidos aos outros.

36 - De acordo com Antônio Gramsci, a escola deveria ser organizada em dois sistemas de
ensino estanques, um, de caráter formativo, voltado ao desenvolvimento intelectual e orgânico
do educando, e outro voltado à capacitação profissional do indivíduo para o trabalho produtivo.

CESPE- Pedagogo – UNIPAMPA - 2013

No que se refere à relação entre educação e sociedade, julgue os itens a seguir.

37 - Conforme idealização de Parsons, a igualdade de oportunidades entre os competidores no


início da escolarização é um princípio frequentemente identificado nas práticas das escolas
públicas do Brasil.

38 - Segundo Mannheim, o que deve ser aprendido na escola não se restringe ao âmbito
pedagógico, pois abrange também uma questão política de construção da sociedade
democrática.

39 - Consoante Marx, as instituições de ensino são por excelência, o lugar a partir do qual é
possível desencadear a transformação revolucionária da sociedade, sendo, portanto, o centro
irradiador do processo de revolução.

40 - De acordo com Durkheim, a educação deve ser isolada de outras práticas sociais, pois
somente desse modo o processo educativo poderá garantir a autonomia de cada sistema
social.

CESPE-Professor - Sociologia - SEDUC/AM - 2011

De acordo com Durkheim, que propõe que a vida social pode ser analisada tão rigorosamente
como os objetos ou os eventos na natureza,

41 - a sociedade é constituída pelo somatório das ações e dos interesses individuais e


particulares de seus membros.

42 - os fatos sociais ocorrem à margem das percepções individuais dos membros da


sociedade.

43 - os fatos sociais são observados diretamente, visto que são visíveis e tangíveis.

44 - as punições sociais explicam, de forma suficiente, a obediência das pessoas aos padrões
de comportamento socialmente impostos.

45 - os métodos sociológicos devem ser aplicados ao estudo dos indivíduos.

Professora: Andréia Sousa Página 17


Questões Pedagógicas-Cespe
Segundo o pensamento de Karl Marx a respeito do capitalismo,

46 - a expulsão dos camponeses das terras feudais na Inglaterra liberou a mão de obra para
trabalhar no sistema fabril.

47 - as principais fontes da mudança social são as ideias e os valores dos seres humanos.

48 - a ordem burguesa seria deposta pelos proletários, à semelhança da deposição da ordem


feudal pela burguesia.

Com base no pensamento sociológico de Max Weber, julgue os itens

49 - Entre as preocupações de Max Weber, destaca-se a relativa aos efeitos desumanizantes


da burocracia na sociedade moderna.

50 - Segundo esse teórico, as motivações e as ideias humanas são as forças propulsoras das
mudanças sociais.

51 - Juntamente com Emile Durkheim e Karl Marx, o referido teórico defendeu a concepção de
que as estruturas sociais são externas e independem dos indivíduos.

52 - Para Max Weber, nas sociedades modernas, existem diferentes tipos de desigualdades
sociais, e não apenas as socioeconômicas.

53 - Depreende-se do pensamento de Max Weber que a dominação carismática é


característica da época moderna.

CESPE- Pedagogo – FUB - 2013

A respeito dos fundamentos da educação e da relação educação/sociedade em suas


dimensões filosófica, sociocultural e pedagógica, julgue os itens subsequentes.

54 - A institucionalização das pedagogias progressistas tem sido facilitada pelo processo de


globalização da economia capitalista.

55 - A conversão do ato de educar exclusivamente em técnicas de reproduzir conhecimentos,


hábitos e atitudes nos educandos coloca no mesmo plano não humanista educadores como
Burrhus Frederic Skinner e Célestin Freinet, uma vez que ambos adotam uma abordagem
individualizada do ensino.

56 - A educação, em uma abordagem funcionalista, é, essencialmente, um meio de


socialização dos indivíduos a fim de torná-los membros de uma dada estrutura social
preestabelecida, exercendo, portanto, a função de integração social.

57- A concepção da educação como técnica social, desenvolvida por Karl Mannheim, difere da
função da educação como integração social apresentada por Durkheim. Para Mannheim, a

Professora: Andréia Sousa Página 18


Questões Pedagógicas-Cespe
função da educação é a transformação social, enquanto, para Durkheim, esta deve reforçar as
características já existentes na sociedade.

58 - A função da educação, em uma abordagem marxista, é, exclusivamente, a reprodução


social.

CESPE-Pedagogo - FUNDAC/PB - 2008

59 - Considerando a relação entre educação e sociedade, assinale a opção correta.

a - O processo de educação escolar reflete integralmente a vida social de um povo,


contribuindo para uma relação harmônica entre escola e sociedade.

b - Educação refere-se especificamente ao aprendizado de técnicas que permitam o exercício


de uma profissão.

c - Os objetivos da educação emergem do processo da vida social e situam-se no plano dos


valores e ideais de uma sociedade.

d - As concepções de homem, mundo e educação impostas pela sociedade atual expressam


uma tendência pedagógica autocrática e emancipatória.

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

ALGUNS CONCEITOS

A palavra projeto traz imiscuída a idéia de futuro, de vir-a-ser, que tem como ponto departida o
presente (daí a expressão ―projetar o futuro‖). É extensão, ampliação,recriação, inovação, do
presente já construído e, sendo histórico, pode sertransformado: ―um projeto necessita rever o
instituído para, a partir dele, instituiroutra coisa. Tornar-se instituinte‖. (GADOTTI, 2000).

O termo projeto tem origem no latim projectu, que, por sua vez, é particípio passado do verbo
projicere, que significa ―lançar para diante‖.Plano, intento, desígnio.(VEIGA, 2000)

Segundo Celso Vasconcellos, o projeto político-pedagógico pode ser entendido: como a


sistematização, nunca definitiva, de um processo de planejamento participativo, que se
aperfeiçoa e se concretiza na caminhada, que define claramente o tipo de ação educativa que
se quer realizar. É um instrumento teórico-metodológico para a intervenção e mudança da

Professora: Andréia Sousa Página 19


Questões Pedagógicas-Cespe
realidade. É o elemento de organização e integração da atividade prática da instituição neste
processo de transformação (VASCONCELLOS, 2002, p. 169).

QUESTÕES

CESPE-Analista Judiciário – Pedagogia - 2015

Em relação ao projeto político-pedagógico em seu aspecto organizacional e participativo, julgue


os itens a seguir.

1 - O projeto político-pedagógico é uma ação intencional, com sentido explícito, compromisso


sociopolítico e interesses reais e coletivos da população majoritária definido coletivamente.

2 - A construção do projeto político-pedagógico caracteriza-se por ser um processo


democrático de decisões, em que é instaurado um modo de organização do trabalho que
supere os conflitos, elimine as relações competitivas e autoritárias e rompa com a rotina
burocrática e impessoal.

3 - A avaliação é um ato dinâmico que qualifica e oferece subsídios ao projeto político-


pedagógico e orienta as ações dos educadores e educandos. Ela tem um compromisso amplo,
não somente quanto a eficiência e a eficácia, mas também com os resultados da própria
organização do trabalho pedagógico.

4 - A descrição e a problematização da realidade, sua compreensão crítica e a proposição


coletiva de alternativas de ação são três momentos do processo de avaliação do planejamento.

5 - O projeto educativo envolve rupturas e promessas futuras viáveis no campo da ação


comprometida com os atores envolvidos.

CESPE- Pedagogo – UNIPAMPA - 2013

No que se refere ao projeto político-pedagógico, julgue os itens subsequentes.

6 - A organização curricular, um dos elementos do projeto político-pedagógico, é atribuição do


diretor da instituição de ensino, sendo a matriz curricular, portanto, uma decisão individual e
pessoal do gestor da instituição.

7 - O projeto político-pedagógico elaborado de forma participativa, produto do trabalho da


coletividade docente, discente e administrativa, confere identidade à instituição de ensino.

8 - A construção do projeto político-pedagógico deve ser embasada, essencialmente, nos


princípios da organização curricular e do trabalho coletivo.

Professora: Andréia Sousa Página 20


Questões Pedagógicas-Cespe
9 - O pluralismo de ideias e a gestão democrática do ensino público são princípios
constitucionais da autonomia da escola, essenciais para a construção de um projeto político-
pedagógico.

CESPE-Analista Judiciário - Pedagogo - TJ/RO-2012 (adaptada)

10 - São princípios norteadores do projeto político-pedagógico (PPP), entre outros,

a - liberdade ou autonomia e qualidade política em detrimento da técnica.

b - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola de acordo com as aptidões


e adaptações do currículo.

c - igualdade de condições e gestão democrática, somente.

d - liberdade para aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a arte eo saber;

11 - Projeto político-pedagógico elaborado de acordo com a concepção de educação


emancipatória pressupõe:

a - currículo único para todos e avaliação voltada para o sucesso escolar.

b - currículo voltado para as exigências do mercado.

c - currículo tradicional, consciente e organizado para atender os interesses individuais.

d - avaliação voltada para o sucesso escolar e autonomia construída.

CESPE-Professor de Educação Básica - Atividades - SEPLAG/DF-2008

A respeito da gestão em educação e do projeto político pedagógico (PPP), julgue os itens


subsequentes.

12 - Na gestão democrática, os espaços são coletivos, as relações, verticais e as decisões,


descentralizadas.

13 - O diretor da escola tem como função primordial elaborar o ppp da escola junto com a
coordenação pedagógica.

14 - A perspectiva emancipadora do PPP requer ações intencionais e objetivos implícitos, além


da participação de todos os segmentos da escola.

15 - A dimensão política tem prevalência sobre a técnica em um projeto pedagógico.

16 - A ênfase na avaliação externa e em processos burocráticos são características do PPP na


perspectiva estratégico empresarial.

Professora: Andréia Sousa Página 21


Questões Pedagógicas-Cespe
17 - A unicidade entre a teoria e a prática é um componente essencial da perspectiva
emancipadora do PPP.

CESPE- Analista de Trânsito - Pedagogo - DETRAN/DF- 2009

De acordo com a perspectiva emancipatória, as características do projeto político-pedagógico


incluem

18 - A sofisticação técnica dos instrumentos de avaliação e o monitoramento em função da


priorização de processos padronizados.

19 - A prevalência das atividades fins da educação sobre as burocrático-administrativas.

20 - A ênfase na racionalidade científica dos processos a na dimensão jurídico-administrativa


da autonomia escolar.

21 - A compreensão de que teoria e prática são elementos distintos, porém inseparáveis, da


construção de um projeto.

22 - A ação refletida e organizada, considerando a problematização da complexa relação entre


escola e sociedade.

CESPE- Pedagogo – FUB - 2013

Julgue os seguintes itens, relativos à concepção, aos princípios e aos eixos norteadores do
projeto político-pedagógico (PPP).

23 - A participação dos especialistas no processo de elaboração do PPP é aceitável, desde


que estes estejam em posição funcional igual à da equipe gestora da escola, em uma
concepção transformadora.

24 - A teoria e a prática são consideradas dimensões distintas, porém articuladas, em uma


concepção da práxis, quando se trabalha na perspectiva emancipatória do PPP.

25 - Os encargos burocrático-administrativos são priorizados em relação aos da organização


do trabalho pedagógico na visão empresarial do PPP.

26 - A qualidade que se busca na perspectiva emancipatória do PPP implica duas dimensões


indissociáveis: a formal ou técnica e a política, sendo que a primeira deve estar subordinada à
segunda.

27 - O PPP, em uma perspectiva empresarial, busca a superação dos conflitos por meio da
diminuição dos efeitos fragmentários da divisão do trabalho que reforça as diferenças e
hierarquiza os poderes de decisão.

Professora: Andréia Sousa Página 22


Questões Pedagógicas-Cespe
CESPE- Analista Judiciário - Pedagogia – CNJ - 2013

A respeito de projeto político-pedagógico, julgue os itens subsecutivos.

28 - A construção do projeto político-pedagógico compreende a análise dos elementos que


constituem o trabalho pedagógico de dada realidade.

29 - Os princípios norteadores do projeto político-pedagógico incluem a qualidade e a


igualdade de condições para o acesso e a permanência na escola.

30 - O processo de formação continuada dos docentes é um tema que deve constar do projeto
político-pedagógico.

CESPE-Especialista em Assistência Penitenciária - Pedagogia – DEPEN - 2015

Tendo em vista que a ação educativa compreendida como atividade crítico-reflexiva contradiz a
visão reprodutora da sociedade, julgue os itens que se seguem, relativos ao projeto político
pedagógico (PPP).

31 - A gestão escolar requer planejamento e, por este motivo, o PPP representa um modelo
burocrático de exercício da gestão.

32 - O PPP deve ser compreendido mais como um princípio educativo do que como um
instrumento de mudanças das práticas pedagógicas.

33 - Por ser fruto de um processo longo, o PPP é um documento que dispensa o


estabelecimento de tarefas e prazos como forma de acompanhamento e avaliação.

34 - A organização do ambiente educativo requer a participação de pessoas que possuam


visões diferenciadas sobre a atuação educacional, uma vez que a divergência de ideias
estimula a produção de conhecimento por meio de pesquisas.

CESPE- Pedagogo – FUB - 2008

O projeto pedagógico da escola é fruto de um trabalho coletivo de seus profissionais a partir de


sua realidade, identificando o que é necessário para que exerça sua função, e de uma maior
autonomia e eficiência – através de um planejamento participativo, renova-se a prática e se
garante a autonomia da escola.

Julgue os itens a seguir, a partir das idéias constantes no texto acima.

35 - O projeto pedagógico deve atender às necessidades básicas de aprendizagem dos alunos


e às expectativas da família. Nesse projeto, os objetivos da escola devem estar articulados
com as orientações da Secretaria Municipal, Estadual ou do Distrito Federal de Educação e

Professora: Andréia Sousa Página 23


Questões Pedagógicas-Cespe
com as diretrizes nacionais, de acordo com os conteúdos básicos e carga horária
estabelecidos.

36 - Segundo o Plano de Desenvolvimento da Escola, o projeto pedagógico da escola é ―um


instrumento de planejamento e gestão que contém a proposta de trabalho da escola para um
período determinado e que dá sentido e identidade a toda a instituição, unificando as atividades
dos diversos segmentos (alunos, professores, pais e servidores) da comunidade escolar. Ele
explicita a trajetória do desenvolvimento da escola e o marco que se pretende alcançar ao final
de seu período de vigência‖.

37 - Os planejamentos educacionais, do currículo e do ensino podem não estar contemplados


no projeto pedagógico da escola.

CESPE- Técnico em Assuntos Educacionais – FUB - 2013

No que se refere ao projeto político-pedagógico (PPP), julgue os próximos itens.

38 - A gestão democrática, que abrange as dimensões pedagógica, administrativa e financeira,


deve ser compreendida não apenas como um princípio constitucional, mas, também, como um
objetivo a ser atingido.

39 - O PPP é um instrumento político, filosófico e teórico-metodológico que, por nortear as


práticas acadêmicas da IES, deve levar em conta a trajetória histórica, a inserção regional, a
vocação, a missão, a visão e os objetivos gerais e específicos da IES.

40 - O PPP deve mobilizar a comunidade acadêmica para produzir mudanças organizacionais,


devendo, ainda, orientar-se, sempre, pelo caráter inovador e pela padronização e uniformidade
de ações.

41 - O PPP, em sentido estrito, caracteriza-se como um recurso de gestão administrativa e


financeira da IES que deve ser amplamente divulgado para toda a comunidade acadêmica.

42 - Filosofia do curso, perfil do profissional a ser formado, condições de infraestrutura,


estrutura acadêmica, perspectivas futuras e diretrizes gerais para a pós-graduação, pesquisa e
extensão são itens básicos para o estabelecimento dos componentes do PPP.

43 - Um dos itens necessários à avaliação do ensino é a existência de um PPP, que pressupõe


um conjunto determinado de atividades programadas e definidas que expressem uma inovação
regulatória.

CESPE-Técnico em Assuntos Educacionais – DPU - 2016

Com relação ao projeto político-pedagógico (PPP), que norteia as ações educativas no


ambiente organizacional, julgue os itens subsecutivos.

44 - O PPP é um guia para a ação, que prevê e fornece uma direção política e pedagógica
para o trabalho educativo.

45 - Mesmo na gestão democrática, as decisões sobre formas de organização e de gestão são


de responsabilidade exclusiva da direção do projeto.

46 - O planejamento curricular deve ficar restrito à semana de planejamento realizada pelas


escolas, no início do período letivo.

Professora: Andréia Sousa Página 24


Questões Pedagógicas-Cespe

47 - O PPP consiste na expressão e na recriação da cultura local.

CESPE-Técnico em Assuntos Educacionais – UNIPAMPA - 2013

O projeto político-pedagógico (PPP) constitui um instrumento fundamental de orientação da


ação político-pedagógica de uma instituição de educação básica ou superior. Com base nessa
premissa, julgue os itens subsequentes.

48 - O PPP é político, pois é constituído pelo coletivo da instituição e se materializa na


interação dos sujeitos institucionais, interpelados pela realidade.

49 - O PPP é pedagógico, pois é efetivado exclusivamente nas relações estabelecidas entre os


professores e os alunos nas atividades desenvolvidas em sala de aula.

50 - A ideia de PPP descarta a crença na possibilidade de solução dos problemas, detectados


no processo educativo, por intermédio de uma ação projetiva, a partir da ação-reflexão-ação
sobre o cotidiano institucional.

51 - No PPP, deve haver a vinculação entre formação e educação escolar, pois este
instrumento deve ser visto pelo gestor educacional como uma instância de expressão social e
deformação humana.

CESPE- Técnico em Assuntos Educacionais - Cargo 23 - MP/ENAP- 2015

A respeito do projeto político-pedagógico e do papel do professor, julgue os itens a seguir.

52 - O projeto político-pedagógico organiza o trabalho a ser desenvolvido pela escola no que


diz respeito às ações coletivas, contudo a sala de aula é território do professor, que determina,
de forma autônoma, como o seu trabalho será executado.

53 - O projeto político-pedagógico — escrito e assinado por todos os atores do cenário


educacional que participaram de sua construção — só receberá novas inserções em caso de
mudança na gestão, a fim de que seja garantida sua coerência.

54 - O professor deve, antes de qualquer planejamento, identificar com clareza os seus


objetivos instrucionais ou educacionais, caso contrário a ação docente poderá não ter sentido.

55 - No projeto político-pedagógico apresentam-se ações intencionais claras e propõem-se


metas, elaboradas pela comunidade escolar, voltadas para benefício da coletividade.

56 - O conceito de liberdade, como um dos eixos norteadores do projeto político-pedagógico,


está associado à ideia de autonomia para pensar, propor e agir, a qual segue uma
intencionalidade decidida coletivamente.

Professora: Andréia Sousa Página 25


Questões Pedagógicas-Cespe

CURRÍCULO

Segundo Libâneo ―O currículo é a concretização, a viabilização das intenções e das


orientações expressas no projeto pedagógico‖ (2002, p.362), constitui um instrumento bastante
significativo e sua discussão e socialização precisa se fazer presente no âmbito escolar no
intuito de discutir e reconstruir alternativas para o educar.

TORIAS DE CURRÍCULO

(ESTUDE DEPOIS COM MAIS CALMA E APROFUNDANDO NO ASSUNTO)

MANIFESTAÇÕES DO CURRÍCULO.

Professora: Andréia Sousa Página 26


Questões Pedagógicas-Cespe

Currículo Real, Oculto e Prescrito

Segundo Libâneo (2004), o currículo Real é aquele planejado pela rotina do professor,
cuja a essência está na contextualização dos conteúdos. Ele é norteado por moldes do
currículo formal que ao ser aplicado, praticando em sala de aula possibilita o ato de repensar
seus conceitos e conceber competências de caráter conceitual, procedimento e atitudinal.
O teórico também cita o Currículo Real é o que de fato ocorre na sala de aula, resultado
de metas estabelecidas no projeto pedagógico e um plano de ensino. O Currículo Real é a
efetiva prática do que foi planejado, exceto a intervenções que podem ocorrer pela experiência
do professor, devido aos valores, crenças e significados.
Esse processo entre o planejamento e a vivência é o espaço que permeia a construção
do conhecimento gerando um saber significativo.

O mesmo teórico Libâneo (2004) conceitua o Currículo Oculto, como práticas que não
estão prescritas, mas é existente e está presente no planejamento. O currículo Oculto se
resume em práticas, atitudes, comportamentos e percepções geradas no meio social e escolar.
A importância desse Currículo Oculto está em se reconhecer que essas percepções e
ações espontâneas influenciam e afetam o processo de ensino e aprendizagem dos alunados e
da pratica do professor. Ao contrário do Currículo Real que parte de um planejamento prescrito,
o currículo oculto é constituído pelos aspectos do ambiente escolar que, corrobora de forma
implícita e fundamentalmente o que se aprende são atitudes, comportamentos, valores e
orientações.

O Currículo Prescrito não é concebido pela comunidade escolar ou a partir de uma


concepção atender as diversidades. O Currículo Prescrito é na verdade é um conjunto de
pressupostos leais e convenções que regulamenta de forma homogênea o papel de transmitir
―uma cultura‖ com um único currículo para todo território nacional. O Currículo Prescrito se
limita a convenções normativas produzidas nos gabinetes das secretarias federais, estaduais e
municipais de educação.
Enfim, cada currículo busca estruturar e corroborar com o processo de ensino e
aprendizagem, auxiliando o professor na sua prática docente. Por essa razão o professor deve
buscar na sua rotina, alternativas curriculares para sua prática docente para alcançar o maior
propósito da educação, auxiliar e corroborar com o desenvolvimento das habilidades do
alunado.

OBS: PODE SER CHMADO TAMBÉM DE OFICIAL OU FORMAL!

QUESTÕES

CESPE- Cargos de Professor - Pref. Ipojuca/PE- 2009

As atividades educativas escolares caracterizam-se por serem atividades intencionais que


respondem a alguns propósitos e perseguem a consecução de algumas metas. Uma das
tarefas do projeto curricular é proceder à análise, classificação, identificação e formulação das
intenções que presidem o projeto educacional. C. Coll. Psicologia e currículo. São Paulo: Ática,
1997, p. 66 (com adaptações).

Professora: Andréia Sousa Página 27


Questões Pedagógicas-Cespe
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a multiplicidade de aspectos que
ele suscita, julgue os itens seguintes.

1- Por currículo entende-se, exclusivamente, o aglomerado de disciplinas e conteúdos


desenvolvidos em uma etapa da educação ou em um curso específico.

2 - O currículo da educação básica é estipulado na proposta dos Parâmetros Curriculares


Nacionais (PCN), por isso não pode ser adaptado pelas escolas.

3 - A construção coletiva da proposta pedagógica da escola inclui a construção do currículo.

4 - O currículo oculto é aquele estabelecido pelos sistemas de ensino nas propostas


curriculares dos estados e municípios.

5 - O currículo escolar representa o cruzamento de culturas.

6 - No currículo está explícito os valores e as atitudes desejadas pela comunidade escolar.

CESPE-Analista de Trânsito - Pedagogo - DETRAN/DF- 2009

Julgue os itens a seguir à luz da concepção crítica de currículo e de construção do


conhecimento.

7 - A eficiência é a diretriz que conduz todo o planejamento da organização do trabalho


pedagógico.

8 - O reconhecimento da existência de um currículo oculto é primordial para a identificação da


ideologia presente no cotidiano escolar.

9 - A subjetividade e o multiculturalismo são traços marcantes das teorias baseadas nessa


concepção.

10 - A neutralidade dos saberes é defendida para a garantia da cientificidade da seleção de


conteúdos.

11 - A análise das relações sociais de produção, na busca da emancipação e da libertação das


classes dominadas, direciona a organização curricular.

CESPE-Professor de Educação Básica - Atividades - SEPLAG/DF- 2008

Julgue os itens a seguir de acordo com as teorias tradicionais, críticas e pós-críticas de


currículo.

12 - Ensino planejamento e eficiência são conceitos enfatizados pela teoria tradicional de


currículo.

13 - A teoria crítica põe em relevo os conceitos de subjetividade, multiculturalismo e identidade.

14 - Os conceitos de ideologia, emancipação e reprodução cultural são próprios da teoria pós-


crítica.

15 - Para Bobbitt, o currículo deveria ser organizado de acordo com os princípios da


administração científica de Taylor.

Professora: Andréia Sousa Página 28


Questões Pedagógicas-Cespe
CESPE- Pedagogo – FUB - 2013

Julgue os próximos itens, referentes às concepções ou teorias do currículo.

16 - Na teoria pós-crítica, a discussão é centrada na questão ideológica e nas relações de


poder entre as classes sociais.

17 - A ênfase nos conceitos pedagógicos de ensino, aprendizagem, avaliação, metodologia,


didática, organização, planejamento, eficiência e objetivos é própria da teoria crítica.

18 - Em uma perspectiva tradicional, a base nacional comum e a parte diversificada são


consideradas como partes distintas do currículo.

CESPE- Analista Judiciário - Pedagogia – CNJ - 2013 (adaptada)

No que se refere às teorias relativas a currículo, julgue os próximos itens.

19 - Consoante a perspectiva crítica de currículo a preocupação é ―por que‖ esse currículo e


não aquele?

20 - Segundo Althusser, a escola é um aparelho do Estado que atua ideologicamente mediante


a imposição de um currículo.

21 - O modelo de currículo proposto por Bobbitt integra a teoria pós-crítica de currículo, cujo
foco é a economia.

22 - De acordo com Pierre Bourdieu e Passeron, o currículo escolar fundamenta-se na cultura


dominante, tornando a educação um processo de dominação cultural.

MAIS QUESTÕES – CESPE!

Julgue o próximo item, relativo ao currículo e à construção do conhecimento.

23 - Para entender o conceito de currículo, é preciso separá-lo da prática e do contexto em que


se encontra, pois ele é uma sistematização técnica de conteúdos institucionalizados.

24 - Levando-se em conta as correntes modernas sobre currículo, elencadas no livro


―Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo", de Tomaz Tadeu da Silva,
pode-se inferir que:

I. O currículo é neutro e o que se ensina na escola é o conhecimento historicamente necessário


para a formação de cidadãos para o mercado de trabalho.

II. A escola não produz novo conhecimento, mas transforma o conhecimento científico em
conhecimento escolar.

III. O currículo cria relações de poder.

IV. Na concepção crítica, o currículo é construído no desenvolver das relações, ele produz e
contesta cultura.

São corretas somente as afirmativas:

a) III e IV.
b) I e III.
c) II e IV.

Professora: Andréia Sousa Página 29


Questões Pedagógicas-Cespe
d) II e III.
e) I e IV.

25 - No que diz respeito à teoria crítica e suas contribuições para a construção do currículo,
marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas:

( ) A perspectiva crítica de currículo faz uma profunda crítica às bases do pensamento de


organização curricular clássica.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, as disciplinas são organizadas de forma isolada,


inscritas numa grade curricular.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, há um questionamento político do papel da


educação na sociedade.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, os objetivos e conteúdos são definidos e os


professores limitam- se a segui-los.

A sequência correta é:

a) V, F, V, V.
b) F, F, V, F.
c) V, F, V, F.
d) V, V, V, F.

26 - Entende-se por currículo silenciado tudo aquilo que poderia fazer parte do currículo, porém
foi negado.

27 - O currículo aberto preocupa-se com a integração entre as disciplinas e maior flexibilidade


na definição dos objetivos.

28 - Libâneo traz a seguinte classificação sobre currículo:

Real, Oculto e Prescrito, onde no prescrito se limita a convenções normativas produzidas nos
gabinetes das secretarias federais, estaduais e municipais de educação.

CESPE-TSE-PEDAGOGO - 2006

29 - Vários autores concordam que existem pelo menos três tipos de manifestações de
currículo: o formal, o real e o oculto. Acerca dessas manifestações de currículo, assinale a
opção correta.

a - O formal refere-se às influências provenientes da experiência cultural que afetam a


aprendizagem; o real, ao que acontece em sala de aula e o oculto, ao currículo estabelecido
pelos sistemas de ensino.

b - O formal refere-se ao currículo estabelecido pelos sistemas de ensino; o real, ao que


acontece em sala de aula e o oculto, às influências provenientes da experiência cultural que
afetam a aprendizagem.

c - O formal refere-se ao currículo estabelecido pelos sistemas de ensino; o real, às influências


provenientes da experiência cultural que afetam a aprendizagem e o oculto, ao que acontece
em sala de aula.

Professora: Andréia Sousa Página 30


Questões Pedagógicas-Cespe
d - O formal refere-se ao que acontece em sala de aula; o real, ao currículo estabelecido pelos
sistemas de ensino e o oculto, às influências provenientes da experiência cultural que afetam a
aprendizagem.

TESTANDO OS CONHECIMENTOS

30 - No sentido etimológico currículo quer dizer: caminho, trajeto, percurso ou rota a seguir.

31 - O termo currículo vai muito além de uma simples grade curricular.

32 - Dentre as manifestações do currículo está o silenciado que diz respeito ao conteúdo que
foi aceito por todos da escola.

33 - O currículo real é aquele que foi estabelecido pelo MEC e tem que ser aplicado nas
escolas.

34 - O currículo formal é também chamado de inicial e temos como exemplo o plano de ensino.

35 - O currículo oculto são influências que afetam a aprendizagem do aluno e o trabalho do


professor.

36 - O currículo real acontece por meio da aplicação de temas sociais vigentes.

37 - Entende-se por currículo fechado o isolamento de disciplinas por grade curricular.

38 - O currículo aberto favorece a liberdade de escolhas das disciplinas isoladas da realidade


do aluno.

39 - As teorias de currículo são: tradicionais, críticas e pós-críticas.

40 - Dentre as palavras-chaves de currículo estão: valores, poder e crenças.

CESPE-Pedagogo - Polícia Civil/AC - 2008

Acerca das concepções de currículo e da construção do conhecimento, julgue os seguintes


itens.

41 - Um currículo organizado a partir da lógica da seriação favorece a análise do


desenvolvimento do aluno pelo professor de maneira integral.

42 - O currículo oculto é conseqüência da história de vida dos atores envolvidos no processo


de construção do conhecimento.

43 - A separação das etapas de elaboração e de implementação do currículo como momentos


independentes é a característica essencial da perspectiva eficientista.

44 - A recriação dos saberes trabalhados por alunos e professores é a função principal do


currículo na concepção academicista.

45 - Na perspectiva emancipadora de currículo, não é permitida a inclusão de atividades não


previstas inicialmente para não haver prejuízos em relação aos tempos planejados.

CESPE- Técnico em Assuntos Educacionais – DPU - 2016

A respeito do currículo da escola, julgue os itens subsecutivos.

Professora: Andréia Sousa Página 31


Questões Pedagógicas-Cespe
46 - Entre as várias formas de organização do currículo, o currículo articulado é aquele cuja
organização pretende exercer controle sobre a prática do ensino.

47 - Na elaboração do currículo escolar, deve-se priorizar os conteúdos de ensino no intuito de


atender às necessidades de formação dos alunos.

48 - Conteúdos, códigos e práticas são elementos essenciais da estrutura do currículo, sendo


os códigos oriundos das concepções epistemológicas e opções políticas que embasam o
currículo da escola.

49 - A educação escolarizada é condicionada por processos e sistemas que a delimitam e


regulam. O currículo é um desses sistemas e se configura como elemento de ordenação social.

CESPE- Pedagogo - Classe D - SEMEC/PI - 2009

50 - Assinale a opção correta acerca da organização curricular em uma perspectiva


emancipadora.

a - A organização curricular por meio de projetos de trabalho não propicia estratégias de


organização dos conhecimentos escolares a partir de um ou mais problemas de interesse da
comunidade.

b - O currículo é um instrumento de compreensão do mundo e deve estabelecer um


intercâmbio com outras instituições da sociedade.

c - Um currículo organizado em uma perspectiva emancipadora deve promover a socialização


de saberes, sem, contudo, superar a organização disciplinar do conhecimento.

d - A organização curricular com funções especializadas e tarefas em etapas seqüenciais e pré


determinadas contribui para a democratização do conhecimento.

e - Na perspectiva emancipadora do currículo, conhecimentos e conteúdos têm o mesmo


significado.

CESPE- Técnico em Assuntos Educacionais - Pedagogia - Polícia Federal - 2004

Julgue os itens seguintes, concernentes ao currículo e à construção do conhecimento.

51 - De acordo com a Lei n.º 9.394/1996, a organização curricular dos ensinos fundamental e
médio deve ter uma base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino
e estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais
e locais da sociedade, da cultura, da economia e do público atendido.

52 - Os PCN apresentam-se como um currículo mínimo comum e um conjunto de conteúdos


obrigatórios a ser ministrado em todo o território nacional, para garantir a todos os estudantes
os saberes necessários para o exercício da cidadania.

53 - As mudanças ocorridas no cenário socioeconômico e político brasileiro exigem que


práticas pedagógicas desenvolvidas com alunos da educação infantil priorizem o
desenvolvimento cognitivo, posto que a maioria das famílias de classes desfavorecidas não
tem condições de desenvolver por si só essa habilidade.

Professora: Andréia Sousa Página 32


Questões Pedagógicas-Cespe

PESQUISA PARTICIPANTE

DEFINIÇÃO

Segundo Grossi (1981): "Pesquisa participante é um processo de pesquisa no qual a


comunidade participa na análise de sua própria realidade, com vistas a promover uma
transformação social em benefício dos participantes que são oprimidos. Portanto, é uma
atividade de pesquisa, educacional orientada para a ação. Em certa medida, tentativa da
Pesquisa Participante foi vista como uma abordagem que poderia resolver a tensão contínua
entre o processo de geração de conhecimento e o uso deste conhecimento, entre o mundo
"acadêmico" e o "irreal", entre intelectuais e trabalhadores, entre ciência e vida."

Para Brandão (1984): Trata-se de um enfoque de investigação social por meio do qual se
busca plena participação da comunidade na análise de sua própria realidade, com objetivo de
promover a participação social para o benefício dos participantes da investigação. Estes
participantes são os oprimidos, os marginalizados os explorados. Trata-se, portanto, de uma
atividade educativa de investigação e ação social.

QUESTÕES

CESPE – SEPLAG - 2008 Com relação à pesquisa participante como instrumento de


ensinar e aprender julgue os itens

1 - A pesquisa participante tem como objetivo a análise da realidade e sua transformação em


benefício dos próprios participantes.

2 - Por seu caráter participativo, a extensão e a natureza da participação de todos são


invariáveis.

3 - Os métodos tradicionais de coleta de dados não devem ser utilizados em uma pesquisa
dessa natureza.

4 - A fase de aplicação do plano de ação resultante da pesquisa é considerada a última etapa


do processo.

5 - A redação final do relatório técnico da pesquisa com a comunicação dos resultados obtidos
é uma tarefa pessoal e individual do intelectual orgânico.

6 - O antidogmatismo e a autenticidade são princípios metodológicos da pesquisa participante.

Professora: Andréia Sousa Página 33


Questões Pedagógicas-Cespe
7 - O equilíbrio da ação e da reflexão é um princípio que materializa a dimensão emancipatória
dessa pesquisa.

CESPE- SEDUC/AM- Pedagogo - 2011

Considerando que a pesquisa participante tem contribuído para o desenvolvimento de uma


prática pedagógica comprometida com a realidade social na qual a escola se insere, julgue os
próximos itens, a respeito de pesquisa participante e do papel político e pedagógico da
pesquisa.

8 - A pesquisa participante caracteriza-se pela ausência de neutralidade do pesquisador, por


constituir-se em uma lógica não acabada de construção do conhecimento, e também por ser
uma prática pedagógica de aprendizagem e uma teoria esclarecedora da realidade.

9 - A pesquisa participante inscreve-se em um movimento de questionamento da realidade


social em benefício dos participantes,

10 - De acordo com certa concepção de pesquisa participante, a verdade é construída com


base em dados empíricos observados pelo pesquisador, que deve formular previamente
hipóteses a respeito do comportamento dos diferentes atores sociais envolvidos no processo a
ser investigado.

11 - A pesquisa participante tem dupla função: a de possibilitar aos sujeitos conhecer e


apreender as relações existentes em seu contexto e a de transformar esse contexto e as
relações sociais mais amplas em que o sujeito está inserido.

12 - Relacionar o cotidiano escolar rico em história à totalidade do processo histórico social é


condição indispensável ao bom desenvolvimento de uma pesquisa participante.

CESPE- Analista do Seguro Social - Pedagogia – INSS - 2008

De acordo com os pressupostos da pesquisa participante, julgue os itens a seguir.

13 - A observação participante, apesar de não gerar conseqüências políticas com o saber que
produz, representa uma ruptura inicial com a concepção da pesquisa tradicional.

14 - O método de alfabetização de Paulo Freire é considerado uma pesquisa participante, pois


estimula que os envolvidos se conscientizem de sua situação e da possibilidade de transformá-
la.

15 - A autenticidade, o antidogmatismo e a neutralidade caracterizam a pesquisa participante.

16 - A comunicação dos resultados da pesquisa aos intelectuais orgânicos torna-se


desnecessária em função da restituição sistemática realizada por pesquisadores e
pesquisados.

17 - A etapa de montagem institucional envolve a discussão do projeto, assim como de seu


referencial teórico-metodológico, com a população a ser pesquisada.

18 - Como são instrumentos exclusivos de uma pesquisa tradicional, a observação clínica e os


questionários estruturados devem ser abandonados pelo pesquisador participante.

19 - A análise de planos de desenvolvimento socioeconômicos de curto e de médio prazos da


região a ser estudada é um dos objetivos do momento de aproximação.

Professora: Andréia Sousa Página 34


Questões Pedagógicas-Cespe
CESPE- Pedagogo – UNIPAMPA - 2013

Julgue os itens a seguir, relativos à pesquisa participante.

20 - Não deve haver variação ou transformação na metodologia de uma pesquisa participante


conforme as condições políticas locais, dado o distanciamento desse método de pesquisa em
relação ao contexto social.

21 - Além de objetivar a resolução da tensão contínua entre o processo de geração de


conhecimento e o uso do conhecimento, a pesquisa participante visa romper com as relações
assimétricas entre pesquisadores e pesquisados.

22 - A despeito das diferenças existentes entre a pesquisa participante e a tradicional, na


pesquisa participante são utilizados métodos de coleta de dados comumente empregados na
pesquisa tradicional.

CESPE-CNJ-Pedagogia - 2013

Acerca da pesquisa participante, julgue os itens que se seguem.

23 - A realização de pesquisa participante proporciona a produção de conhecimento por


pesquisador e pesquisados.

24 - A pesquisa participante deve ser realizada de modo que a relação entre pesquisador e
pesquisado ocorra de forma neutra.

25 - A pesquisa participante destina-se ao levantamento de problemas e de possibilidades de


resolução, sendo muito realizada com classes populares.

CESPE- Analista Judiciário II - Pedagogia - TJ/ES - 2011

Julgue os itens seguintes, acerca de pesquisa participante em educação.

26 - O processo de pesquisa participante cessa no momento da intervenção do pesquisador


objetivando a transformação da realidade por ele identificada.

27 - A superação da dicotomia entre o processo de geração de conhecimento e o de seu uso


ou aplicação é um dos possíveis resultados da pesquisa participante.

28 - Autenticidade, antidogmatismo e compromisso são características fundamentais da


pesquisa participante.

29 - Por ter como princípios o conhecer e o agir, o método de alfabetização de Paulo Freire é
considerado exemplo de pesquisa participante.

30 - Em razão de a metodologia de pesquisa participante já contemplar a restituição


sistemática das atividades de pesquisa, a comunicação de seus resultados pelo pesquisador
torna-se desnecessária.

BATE BOLA!!

31 - A pp surge da realidade concreta, onde na terceira fase ocorre a formação de grupos.

32 - A pp tem como princípios: antidogmatismo, autenticidade e compromisso.

Professora: Andréia Sousa Página 35


Questões Pedagógicas-Cespe
33 - A preocupação da pesquisa participante está em solucionar problemas individuais em uma
dada realidade.

34 - Os métodos tradicionais podem ser usados na coleta de dados.

35 - O surgimento da PP se deu por volta de 1970/1980.

36 - Na PP a comunidade participa da análise da sua própria realidade.

37 - A PP também é uma atividade de pesquisa educacional voltada para a ação.

38 - Dentre as características da PP podemos dizer que: é um trabalho coletivo, pressupõe


união entre teoria e prática, gira em torno de um problema já existente, etc.

39 - O processo de PP termina com a 4ª fase.

40 - O principal objetivo da PP é compreender, intervir e transformar a realidade.

CESPE- Pedagogo - Classe D - SEMEC/PI - 2009

41 - A pesquisa participante

a - dedica-se a reconstruir teorias, conceitos e idéias para aprimorar fundamentos teóricos.

b - é voltada para a investigação de procedimentos metodológicos e técnicas de pesquisa.

c - é voltada para a investigação da realidade e a análise de dados e fatos concretos.

d - está ligada à práxis com fins de intervenção na realidade, envolvendo pesquisador e


comunidade.

e - é focada no distanciamento da realidade e na neutralidade do pesquisador.

EDUCAÇÃO CONTINUADA

A educação continuada representa o conceito de que "nunca é cedo ou tarde demais para se
aprender", uma filosofia que tem sido adaptada por uma vasta gama de organizações
diferentes. A educação continuada é atitudinal, ou seja, as pessoas podem e devem estar
abertas a novas idéias, decisões, habilidades ou comportamentos. A educação continuada vê
as pessoas como capazes de aproveitar oportunidades de aprendizado em todas as idades e
em numerosos contextos: no trabalho, em casa e através de atividades de lazer, não apenas
através de canais formais tais como escolas e universidades.

Professora: Andréia Sousa Página 36


Questões Pedagógicas-Cespe

CESPE- Pedagogia - INSS - 2008

Acerca da educação continuada e do seu papel no desenvolvimento de competências


profissionais, julgue os itens seguintes.

01 - Na perspectiva emancipatória, programas de formação devem visar o desenvolvimento de


competências individuais.

02 - Um programa de formação embasado no modelo interativo reflexivo não deve prescindir


de um mediador que possa colaborar no processo de desenvolvimento de competências.

03 - Pelo seu caráter coletivo, um programa de formação crítico reflexivo deve sempre ser
realizado por grupos de profissionais da instituição.

04 - Em um programa que vise formar um profissional reflexivo, a experiência prática desse


profissional é um fator relevante para a orientação metodológica.

05 - Na perspectiva da práxis, a meritocracia é a categoria privilegiada nos processos de


formação continuada.

06 - O paradigma construtivista histórico-cultural é a orientação teórica que fundamenta um


programa de promoção na perspectiva crítica-reflexiva.

07 - Em um programa cujo objetivo é desenvolver competências de saber fazer, deve-se


priorizar o conhecimento explícito.

CESPE-Pedagogo - Polícia Civil/AC - 2008

Julgue os itens a seguir, acerca da educação continuada dos profissionais de escola.

08 - A superação da visão de profissionalização centrada no indivíduo é um dos objetivos de


um programa de formação na perspectiva emancipatória.

09 - A LDB prevê um percentual mínimo de 25% da jornada de trabalho para a realização de


atividades de formação para os docentes.

Professora: Andréia Sousa Página 37


Questões Pedagógicas-Cespe
10 - A orientação teórica do construtivismo histórico-cultural é a mais indicada para a formação
de um profissional crítico-reflexivo.

11 - A existência de um mediador para colaborar com a condução de grupos de estudos em


programas de formação descaracteriza o modelo interativo-reflexivo.

12 - A experiência docente é um elemento irrelevante para a organização de um projeto de


formação continuada do profissional reflexivo.

CESPE-Técnico em Assuntos Educacionais - Pedagogia - Polícia Federal-2004

Com relação à educação continuada dos profissionais da escola, julgue os itens seguintes.

13 - Cursos em nível de especialização (lato sensu) devem ser priorizados na formação


continuada dos profissionais da escola brasileira, haja vista a formação inicial dos mesmos.

14 - Para a formação continuada dos profissionais, com qualidade, a implantação de


programas remunerados de afastamento para estudo em todas as unidades da federação é
uma das metas políticas de valorização do magistério.

CESPE- Pedagogo – UNIPAMPA-2013

Considerando os princípios éticos que norteiam o trabalho dos profissionais da educação,


julgue os itens a seguir.

15 - O profissional da educação deve saber distinguir, se a ação violenta que se manifesta por
meio da agressão, no ambiente escolar, constitui meio para a obtenção de um fim específico
ou se decorre de motivos ideológicos, como diferenças étnicas, raciais, culturais e outras, o
que caracteriza a prática de bullying.

16 - As greves de servidores no setor educacional podem representar um dilema ético para o


professor, em razão de os movimentos grevistas interromperem o atendimento direto ao aluno,
o que caracteriza um comportamento descompromissado e, portanto, oposto ao caráter
educativo e formador da profissão.

17 - Dada a natureza da profissão docente, o profissional da educação excede, muitas vezes, o


tempo de sua carga horária de trabalho, situação que contribui, entre outras, para o
desenvolvimento da síndrome de burnout.

18 - As pesquisas na área da educação têm demonstrado que mais de 50% das mulheres que
atuam como profissionais da educação no ensino básico vivenciam conflito ético em
decorrência da dificuldade de conciliar a dedicação ao trabalho e a dedicação à família.

CESPE- Pedagogo - Classe D - SEMEC/PI - 2009

19 - A educação continuada dos profissionais da escola visa o(a)

a - aprimoramento teórico-metodológico por meio de troca de experiências e estudos


sistemáticos.

b - aquisição de conhecimentos específicos que habilitam o exercício profissional.

c - habilitação fundamental para o acesso à profissão.

d - profissionalização que torna o docente apto ao ingresso na escola.

Professora: Andréia Sousa Página 38


Questões Pedagógicas-Cespe
e - formação específica que se restringe à graduação.

BATE BOLA!

Marque c ou e a respeito da Educação Continuada

20 - ( ) A educação continuada busca aprofundar habilidades e conhecimentos.

21 - ( ) Busca ampliar a rede de relacionamento profissional e acadêmica.

22 - ( ) Se preocupa somente com o mercado de trabalho.

23 - ( ) Possibilita a atualização no campo profissional.

GABARITO

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS

1-e 2-c 3-c 4-c 5-e 6- 7- 8- 9-c 10-c


a-e/b-e a-c/b-e a-c/b-c
11-c 12-e 13-e 14-e 15-e 16-e 17-e 18-c 19-c 20-c
21-b 22-d 23-c 24-e 25-e 26-e 27-e 28-c 29-c 30-e
31-e 32-c 33-c 34-c 35-e 36-c 37-c 38-c 39-c 40-e
41-e 42-c 43-c 44-e 45-e 46-c 47-e 48-c 49-e 50-e
51-c 52-e 53-e 54-e 55-c 56-c 57-c 58-c 59-e 60-e
61-e 62-c 63-e 64-b 65-d 66-a 67-c 68-b

RELAÇÃO EDUCAÇÃO E SOCIEDADE

1-c 2-c 3-c 4-e 5-e 6-c 7-e 8-c 9-c 10-e
11-e 12-c 13-c 14-e 15-c 16-e 17-c 18-e 19-c 20-e
21-a 22-c 23-c 24-c 25-c 26-e 27-e 28-e 29-c 30-e
31-c 32-c 33-c 34-c 35-c 36-e 37-e 38-c 39-e 40-e
41-e 42-c 43-e 44-e 45-e 46-c 47-e 48-c 49-c 50-c
51-e 52-c 53-e 54-e 55-e 56-c 57-e 58-e 59-c

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

1-c 2-c 3-c 4-c 5-c 6-e 7-c 8-e 9-c 10-d
11-d 12-e 13-e 14-e 15-e 16-c 17-c 18-e 19-c 20-e
21-c 22-c 23-c 24-c 25-c 26-e 27-e 28-c 29-c 30-c
31-e 32-e 33-e 34-c 35-c 36-c 37-e 38-c 39-c 40-e
41-e 42-c 43-e 44-c 45-e 46-e 47-c 48-c 49-e 50-e
51-c 52-c 53-e 54-c 55-c 56-c

Professora: Andréia Sousa Página 39


Questões Pedagógicas-Cespe

CURRÍCULO

1-e 2-e 3-c 4-e 5-c 6-c 7-e 8-c 9-e 10-e
11-c 12-c 13-e 14-e 15-c 16-e 17-e 18-c 19-c 20-c
21-e 22-c 23-e 24-a 25-c 26-c 27-c 28-c 29-b 30-c
31-c 32-e 33-e 34-e 35-c 36-e 37-c 38-e 39-c 40-c
41-e 42-c 43-c 44-e 45-e 46-e 47-e 48-c 49-c 50-b
51-c 52-e 53-e

PESQUISA PARTICIPANTE

1-c 2-e 3-e 4-e 5-e 6-c 7-c 8-c 9-c 10-e
11-c 12-c 13-c 14-c 15-e 16-e 17-c 18-e 19-c 20-e
21-c 22-c 23-c 24-e 25-c 26-e 27-c 28-c 29-c 30-e
31-c 32-c 33-e 34-c 35-c 36-c 37-c 38-c 39-e 40-c
41-d

EDUCAÇÃO CONTINUADA

1-e 2-c 3-e 4-c 5-e 6-c 7-e 8-c 9-e 10-c
11-e 12-e 13-e 14-e 15-c 16-e 17-c 18-e 19-a 20-c
21-c 22-e 23-c

Facebook: Professora Andréia Sousa

Grupo no Face: “Professora Andréia Sousa SEDF 2016”

Professora: Andréia Sousa Página 40


Questões Pedagógicas-Cespe

Obrigada pelo carinho e confiança!


Bons estudos!

Professora: Andréia Sousa Página 41