Você está na página 1de 12
10 SOLUCOES ou EFICIENCIA ENERGETICA eorioos Saiba mais sobre ETT} REPUBLICA Portugal PORTUGUESA Energia AgénciaparaaEnergia = ENQUADRAMENTO EM PORTUGAL CERCA DE 22% DO CONSUMO DE ENERGIA EM CASA DE UMA FAMILIA PORTUGUESA E DESTINADO A CLIMATIZACAQ. APENAS UMA PEQUENA PARCELA DESTE VALOR, 0.5%, & DESTINADA AO ARREFECIMENTO DA HABITACAO. Fart: Coudo CESD 2010, DOES 6 UTILIZAGAO DE EQUIPAMENTOS UTILIZACAO DE EQUIPAMENTOS DE AQUECIMENTO AMBIENTE DE ARREFECIMENTO AMBIENTE 19% aw osx ——o I 03x Se —e 8 ove even rh Onsceras ee Mion esc Poa 3 Papers sorters ee ats Fonte CENSOS 20 e Stara de Crag Energia de Eis SC) AR CONDICIONADO, COMO FUNCIONA? 0 objetivo de um equipamento de ar condicionado ¢ climatizer um espaco, podendo acumular as funcoes de ahs aquecimento, arrefecimento, = e s desumidificacao, renovacao, fil venta susuagoee Betwrettencho 2 equipamenta visa combater 0 excesso de calor no verao e colmatar as necessidades de aquecimento no inverno. Os sistemas mais comuns sa0 0s do tipo ‘split’, existindo duas unidades: um interior e uma exterior, conectadas entre si MONO ag or tubos de cobre, nos quais circula um fluido frigorigeneo. O principio de juncionamento baseia-se no ciclo ioe igortico, promovendo a toca de calor entre 0 ambiente exterior e 0 inter = TIPOS DE SISTEMAS // FU PORTATIL, ganela ou Perto do af do a0 exterio ixa eficiencia, MONO-SPLIT Com uma unidade de exterior e apenas uma anid | ® Liga uma unica u exterior a uma U interio unidade. MP Nao permite cictos de aq CIONALIDADES MULTI-SPLIT Com uma unidade exterior e varias snidades interiares ga uma unidede unidades interiare =rmite 0 controlo individual dos set-p0) c ambien e arrefecimento simultans TIPO DE UNIDADES EXTERIORES (E,) Unidade exterior para mono-split (uma unidade exteriar para uma tunica unidade interior) 2 tubos com Fluide frigorigéneo Unidade exterior para mutti-split, (uma unidade exterior para duas ou mais unidades inte 2 tubos com Fluide frigorigéneo para cada espaco a climatizar (E) BENEFIGIOS / VANTAGENS TIPO DE UNIDADES INTERIORES =H == - | = | Conduta eto (montagem na horizontal) (montagem em tetofatso) Chao (montagem vertical) Mural (montagem na parede) Equipamento mais Solugao mais adequada 8 Unidade mais vulgar para comum em edificios reabiitacao, associada 2 ulilizagao com sistemas mono novos, associado @ sistemas mono e multi-split. e multi-split, solucao tipica na sistemas mano e || ‘eeottaceo. multti-spiit SISTEMA CONVENCIONAL VERSO SISTEMA INVERTER O QUE E 0 SISTEMA INVERTER? Os sistemas convencionais de velocidade menos variagdes em relacao fixa baseiam-se no funcionamento do temperatura solicitada e com compressor em plena rendimento ou menor nivel sonora (dB). desligado, ou seja, atrancam @ parem Estes sistemas permitem reduzir 0 frequentemente. Em funcionamento, 0 consumo de energia em cerca de 30%, compressor ar‘anca e mantém-se ate quando comparados com sistemas nao alcangar a temperatura solictada. Nesse Inverter. momento, 0 compressor para e nao arrancaré ate que a temperatura 0 solicte. ®o Sees Nos sistemas Inverter, 0 compres sor, em vez de parar, baixa 0 fegime de funcionamento, evita arranques e paragens frequentes, reduz 0 consumo do sistema e mantem a temperatura real com ye EQUIPAMENTOS PARA CLIMATIZACAO E PRODUCAO DE AGUA QUENTE SANITARIA ALGUNS EQUIPAMENTOS, NOMEADAMENTE BOMBAS DE CALOR, PODEM CONCILIAR AS FUNGOES DE CLIMATIZACAQ DE PRODUGAG. DE AGUA QUENTE SANITARIA. SE EQUACIONAR ESTA SOLUCAQ, INFORME-SE JUNTO DE UM PROFISSIONAL DO SETOR E VEJA AS OPCOES DO MERCADO. ASPETOS A CONSIDERAR NA AQUISICAO DESTES EQUIPAMENTOS LOCALIZAGAO NUMERO DE ESPACOS A INSTALAGAO TECNICA GEOGRAFICA CLIMATIZARERESPETIVAAREA —To\ias as instalacoes te O tipo de equipamento Antes de selecionar 0 devem ser efetuadas por depende crticamente da. ——-equipamento identifique qual ou _profissionais com conhecimento tocalizacao da habitagao quais os espacas a climatizar, tecnico. Escotha um pois dita os picos de optando em funcéo disso por um _instalador/empresa certificado aguecimento € equipamento mono-salit ou com experiencia comarovada arrefecimento que 0 mutti-spiit na area equipamento teré que colmatar. A localizacao geografica e a orientagao do edificio sao igual mente importantes na selecao da potencia do equipamento. OES / IMPLEMENTAGAO CONSELHOS PRATICOS ® ritérios determinantes na seleccao e utilizagao do equipamento: + Acotencia de arrefecimento. + Acpotencia de aquecir de aparelhos reversiveis da tipo fesumidificat trica abs sicao le do tipo de equipamenta e da sua localizagao. O cipio geral ¢ de nao Frio direta bre as pessoas para preservar o seu conforto € ntrolar 0 movimento e "a0 ds Fluxos de ar. 0 equipamento de ar condicionado regulado para uma temperatura adequada as condicoes externas. Por exempto, 18°C no in ‘C no verad - valores de referencia indicados na B® A velocidade do ar nivel dos ocupantes nao deve exceder 0,25 m/ iecessério evitar as cartes repetidos (ligar/desligar repetidamente o aparetho}, B® A unidade exterior de um split fixo nao pod podera escorrer para o motor etetrico, conden ® Antes do inicio de cada epoca de utilizacao do aparetho de ar condicionada deve-se proceder 8 sua impeza indo filtro de ar e tabul de cont dos, BENEFIGIOS / VANTAGENS DE QUE POTENCIA PRECISO? PARA IDENTIFICAR A POTENCIA TERMICA DO EQUIPAMENTO DE QUE NECESSITA CONSULTE UMA EMPRESA CERTIFICADA. A TITULO INDICATIVO, EXISTEM ALGUNS VALORES DE REFERENCIA QUE PODE CONSIDERAR NA PESQUISA INICIAL AO MERCADO. Im] kw] (eTU) [kw] {8TU) Ikw] {BTU} 2 2 405, 10 3276 O7 2457 20 20 6824 16 5459, 2 4095 30 30 10236 24 8189 18 6142 4 49 13649 32 10s9 24 8169 50 50 17081 40 13649 30 © 10236 60 60 = 20473, 48 16378 36 12284 70. 70 23885 56 19108 42 14331 Metosolgi de cael: NOTA Com base nos os do Sistema Ge Ceticarso —-—-CO.BTL¢ uma uridade de potncia que sia Bish Thermal Un ecetemina a Enesptca nas Edcos, fol drmensined 0 “pco’ _putencie de avtelecimento ou de equecimento de cada aparaho. cas necesscades ce aquecimerto paraum cima KW @a unidade de petencia termica co Sistema internacional (S) medio portugues. Para aflts de converséo, fo considerago um valor de TK = 3412142 BTUs CARACTERISTICAS DE UM SISTEMA AVAC Um sistema de ar condicionado realiza funcoes de forma conjugada, ou sea, funcaes de aquecimento Qu arrefecimento, desumicificacao e ventiiacao. De forma répida, 0 utilizador pode regular a temperatura consoante as suas qualquer alturé do dia, independentemente da estacao do ano. idades, em Versatil na medida em que se encontra disponivel com varias configuragoes e patencias Dispontvel com niveis de eficiencia elevados 0 que poderé conduzir a menores gastos na fatura de energia, quando comparadas com outras sistemas menas eficientes. SOLUGOES / IMPLEMENTAGAO A ETIQUETA ENERGETICA DE EQUIPAMENTOS DE AR CONDICIONADO QUE PRODUTOS DE AQUECIMENTO AMBIENTE SAO ABRANGIDOS PELA ETIQUETA ENERGETICA? APARELL AR CONDIC CAO DOS APARELHC S DE AR CONDICIONADO DE CONDUTA DUPLA DE CONDUTA SIMPLES OU DUPLA Saiba mais em veuw.seep pt al, pazonee a se ck ‘ XY ' YG | ccuecimenio econsum = de cop 2 eleticicar xv 0 ZA | Nwol ce 3 Nota: A vida deve indluir 8 wntewam | snc Wh por ane ) do ar ptencia do rotor do ventlado da uidade exterior O03 Equipamentos _ bem instalados! (TOS INSTAL DEVEM TER GARANTIA DE PELO MENOS 2 ANOS; B® OS EQUIPAN B® OPTE POR UMA EMPRESA CERTIFICADA COM TECNICOS CERTIFICADOS; M® DE ACORDO COM A LEGISLACAO EM VIGOR,, APENAS AS EMPRESAS E TECNICOS CERTIFICADOS PODEM PRESTAR SERVICOS DE INSTALACAQ, MANUTENCAQ E ASSISTENCIA TECNICA DE EQUIPAMENTOS DE REFRIGERACAO, AR CONDICIONADO E BOMBAS DE CALOR QUE CONTENHAM GASES FLUORADOS COM EFEITO DE ESTUFA. B® ACOMPANHE A OBRA, OU MANDATE ALGUEM PARA ESSE EFEITO, E ASSEGURE-SE DE QUE: + OS EQUIPAMENTOS SAO OS ACORDADOS NO ORCAMENTO € COLOCADOS POR ACOROO ENTRE OINSTALADOR E O CLIENTE; + AS TUBAGENS SAO DEVIDAMENTE ISOLADAS. + NO FINAL DA OBRA FACA UMA VISTORIA E AVALIE SE A INSTALACAO ESTA CORRETA. + ACOLOCACAO DA UNIDADE EXTERIOR PODE REQUERER A AUTORIZACAO 00 CONDOMINIO E, NAS ZONAS DE PATRIMONIO PROTEGIDO, SER ALVO DE RESTRICOES POR PARTE DA CAMARA MUNICIPAL. SOLUGOES / IMPLEMEN > in Operacao e Manutengao ‘A manutengo deve contemplar, entre outras, as a garantiro proveito seguintes operacées: 03 AINSTALACAO DE SISTEMAS DE CLIMATIZACAO DEVE ESTAR AJUSTADA AS NECESSIDADES DE ENERGIA DA HABITACAO. ANTES DE RECORRER A SISTEMAS DE AR CONDICIONADO, AVALIE A POSSIBILIDADE DE REDUZIR ESSAS NECESSIDADES DE ENERGIA DE ACORDO COM AS SEGUINTES RECOMENDACOES: PARA REDUZIR AS NECESSIDADES AENTO: idere a instalacao de isolamento termico nas e coberturas (consulte as brachur ), B® instale bro las eficientes (cansulte a de uma a ou ansulte & adequada orien abertura das pratecoes solares brochura 4) ® Reduza o nivel de infilt osistema PARA REDUZIR AS NECESSIDADES DE ARREFE! controta sola BD instale cispositiv sambreamento (consulte 2 de prote ® Promova a ventilacaa natural en achadas opostas (consu! @ a instalacea de quando aplicavel, consid isolamento as (consulte CONHEGA 10 SOLUGOES DE EFICIENCIA ENERGETICA 1 Isolamento de Paredes 2 Isolamento de Cobertures 3 Janelas Efciontes 4 Protesdes Solares 55 Sistemas de Ventllacao 6 Slstemas Solares Termicos 7 Recuperadores de Calor e Slamandras 8 Esquentadores e Calderes 9 Ar Condicionade Doméstico 10 Sistemas Solares Fotovoltalcos