Você está na página 1de 13

Cilindro

1. (Ueg 2013) Uma coluna de sustentação de determinada ponte é um cilindro circular reto.
Sabendo-se que na maquete que representa essa ponte, construída na escala 1: 100,a base
3
da coluna possui 2 cm de diâmetro e 9 cm de altura, o volume, em m de concreto utilizado na
coluna, é: (Use π  3,14)
a) 2,826 b) 28,26 c) 282,6 d) 2826

2. (Ufmg 2013) O lucro bruto de uma empresa é a diferença entre a receita obtida com as
vendas e o custo de produção. Um determinado fabricante de cerveja só vende latas cilíndricas
de alumínio, fechadas, cheias de cerveja, com 12 cm de altura e 3 cm de raio. O custo da
produção de certo número de latas cheias de cerveja é de 1 real por litro de cerveja e mais p
reais por metro quadrado de alumínio utilizado na fabricação das latas. A receita da empresa
por cada litro de cerveja vendido é de dois reais por litro.
Considerando estas informações,
a) DETERMINE a receita gerada pela venda de cada lata de cerveja.
b) DETERMINE o custo total de produção de cada lata de cerveja em função de p.
c) DETERMINE o valor máximo do preço p do alumínio para que o fabricante não tenha
prejuízo.

3. (Espm 2012) Dois copos cilíndricos têm o mesmo volume. Seus diâmetros internos medem
6cm e 8cm, respectivamente. Se a soma das suas alturas é igual a 24cm, a diferença entre
elas é de:
a) 5,34 cm
b) 8,12 cm
c) 5,78 cm
d) 7,66 cm
e) 6,72 cm

4. (Ufpb 2012) Sr. Ptolomeu construirá em sua chácara um jardim de formato circular com 16
m de diâmetro. Contornando o jardim, haverá uma calçada, medindo 1 m de largura por 0,1 m
de altura, conforme figura a seguir:

Supondo que o preço médio do m3 da calçada a ser construída é de 100 reais, conclui-se que a
despesa do Sr. Ptolomeu com a construção da calçada será, aproximadamente, de:
a) 685,30 reais
b) 653,80 reais
c) 583,30 reais
d) 533,80 reais
e) 835,30 reais

www.r4ph4.com.br Página 1 de 13
5. (Insper 2012) Na figura a seguir, a base inferior do cubo de aresta a está inscrita na base
superior do cilindro circular reto de altura a.

A distância entre o vértice V do cubo e o centro da base inferior do cilindro é igual a


5a 3
a) .
2
5a 2
b) .
2
3a 3
c) .
2
a3
d) .
2
3a 2
e) .
2

6. (Ueg 2012) Em uma festa, um garçom, para servir refrigerante, utilizou uma jarra no formato
de um cilindro circular reto. Durante o seu trabalho, percebeu que com a jarra completamente
cheia conseguia encher oito copos de 300ml cada. Considerando-se que a altura da jarra é de
30cm, então a área interna da base dessa jarra, em cm, é
a) 10
b) 30
c) 60
d) 80

7. (Ucs 2012) A água colhida por um pluviômetro cilíndrico de 40 cm de diâmetro, durante


uma chuva torrencial, é depois colocada em um recipiente também cilíndrico, cuja
circunferência da base mede 24π cm. Qual é a altura que a água havia alcançado no
pluviômetro, se no recipiente ela alcançou 200 mm de altura?
a) 1,2 cm
b) 12 cm
c) 3,6 cm
d) 7,2 cm
e) 72 cm

www.r4ph4.com.br Página 2 de 13
8. (Unifesp 2012) Por motivos técnicos, um reservatório de água na forma de um cilindro
circular reto (reservatório 1), completamente cheio, será totalmente esvaziado e sua água será
transferida para um segundo reservatório, que está completamente vazio, com capacidade
maior do que o primeiro, também na forma de um cilindro circular reto (reservatório 2). Admita
que a altura interna h(t), em metros, da água no reservatório 1, t horas a partir do instante em
que se iniciou o processo de esvaziamento, pôde ser expressa pela função
15t  120
h(t) 
t  12
a) Determine quantas horas após o início do processo de esvaziamento a altura interna da
água no reservatório 1 atingiu 5 m e quanto tempo demorou para que esse reservatório
ficasse completamente vazio.
b) Sabendo que o diâmetro interno da base do reservatório 1 mede 6 m e o diâmetro interno
da base do reservatório 2 mede 12 m, determine o volume de água que o reservatório 1
continha inicialmente e a altura interna H, em metros, que o nível da água atingiu no
reservatório 2, após o término do processo de esvaziamento do reservatório 1.

9. (Ulbra 2012) A Gestão Ambiental visa ao uso de práticas que garantem a conservação e a
preservação da biodiversidade, a reciclagem das matérias-primas e a redução do impacto
ambiental das atividades humanas sobre os recursos naturais. Consciente da importância de
reaproveitar sobras de madeira, uma serraria que trabalha apenas com madeira de
reflorestamento resolveu calcular a sobra de madeira na confecção de peças cilíndricas. Para
confeccionar uma peça cilíndrica, a serraria faz os cortes adequados em um prisma
quadrangular de arestas da base 5 cm e altura 0,8 m e obtém um cilindro de 5 cm de diâmetro
3
e 0,8 m de altura. A sobra de madeira na fabricação de mil destas peças é, em cm (utilize π =
3,14), a seguinte:
a) 4,3 x 10 -5. b) 430. c) 4,3 x 105. d) 1 570. e) 2 000.

10. (Ufba 2012) Um reservatório em forma de cilindro circular reto de raio da base r = 0,80m e
altura H metros tem capacidade para 1984 litros de combustível e, para enchê-lo, são utilizados
álcool e gasolina na proporção de um litro de álcool para quatro litros de gasolina. O gráfico –
em que h indica, em cm, a altura do nível de combustível contido no reservatório – descreve a
variação desse nível durante um período de dez horas.

Considerando-se π  3,1 e que não houve entrada e saída simultâneas de combustível do


reservatório, pode-se afirmar:
01) O reservatório, quando cheio, contém 396,8 litros de álcool.
02) O reservatório estava cheio quando t = 6.
04) Em t = 0, havia no reservatório 600 litros de combustível.
08) Em t = 2, o combustível que havia no reservatório ocupava menos da metade de sua
capacidade.
16) No intervalo de tempo entre t = 6 e t = 9, houve um consumo médio de combustível de
198,4 litros por hora.
32) No intervalo de tempo entre t = 4 e t = 6, houve crescimento do consumo de combustível.

www.r4ph4.com.br Página 3 de 13
11. (Unisc 2012) Uma indústria de tonéis produz 4000 unidades mensais. Estes tonéis são
cilindros equiláteros de 1 metro de altura. Para pintar a superfície lateral desses cilindros, é
utilizada uma tinta cujo rendimento é de 200 gramas por m2.
Calculando a quantidade de tinta consumida a cada mês, encontramos um valor próximo de
Observação: Utilize o valor da constante π Pi  3,14
a) 1.500 kg.
b) 1.800 kg.
c) 1.900 kg.
d) 2,2 toneladas.
e) 2,5 toneladas.

12. (Ufmg 2012) João comprou um balde em forma de um cilindro circular reto, cujo diâmetro
da base D, e cuja altura H medem, cada um deles, 30 cm. Ele precisa introduzir, nesse balde,
verticalmente, uma peça metálica, também em forma ver de um cilindro circular reto, cujo
diâmetro da base d, e cuja altura l medem, respectivamente, 20 cm e 27 cm. Suponha que o
balde contém água até um nível h.

Considerando essas informações,


3
a) Calcule o volume total do balde, em cm .
b) Calcule o volume total da peça metálica, em cm 3.
2
c) João observou que, se a peça fosse introduzida no balde, de modo que dela ficassem
3
fora do balde, o nível da água subiria até atingir a borda, sem transbordar. Suponha que, em
seguida, a peça foi introduzida, de modo que a metade dela ficou fora do balde. Determine o
volume da água que transborda, nesse caso.

13. (Acafe 2012) Uma piscina cilíndrica, cujas medidas são indicadas na figura abaixo, é cheia
com uma mangueira a uma taxa de 1.570 L por hora.
Com base nestes dados, e considerando π  3,14, analise as afirmações a seguir.

I. A função h(t), em que h indica a altura alcançada pela água dentro da piscina em metros e t o
tempo em horas, é uma função do segundo grau.
II. O enchimento da piscina será interrompido quando a piscina estiver completamente cheia;
neste caso, pode-se dizer que a função h(t) tem como domínio o conjunto
D  t  | 0  x  12,56.
III. O tempo total de enchimento desta piscina será de 12 horas e 56 minutos.

Assinale a alternativa correta.


a) Apenas I e II são verdadeiras.
b) Apenas II e III são verdadeiras.
c) Todas as afirmações são verdadeiras.
d) Apenas a afirmação II é verdadeira.

www.r4ph4.com.br Página 4 de 13
14. (G1 - ifsc 2012) A lata abaixo deverá ser produzida a partir de uma chapa de metal que
possui 0,8 g por centímetro quadrado de área.

Sabendo que essa lata não possui tampa, é CORRETO afirmar que a massa de cada lata
desse tipo será de:
a) 2900π g.
b) 5250π g.
c) 10400π g.
d) 13000π g.
e) 8240π g.

15. (Ufpr 2012) As duas latas na figura abaixo possuem internamente o formato de cilindros
circulares retos, com as alturas e diâmetros da base indicados. Sabendo que ambas as latas
têm o mesmo volume, qual o valor aproximado da altura h?

a) 5 cm.
b) 6 cm.
c) 6,25 cm.
d) 7,11 cm.
e) 8,43 cm.

16. (Acafe 2012) Um posto de combustíveis abastece mensalmente seu reservatório cilíndrico
subterrâneo, cujas medidas estão indicadas no esquema a seguir.

Considerando que o reservatório esteja vazio e que será abastecido com 80% de sua
capacidade por um caminhão tanque, a uma vazão de 10 L por segundo, em
aproximadamente quantos minutos o reservatório será abastecido?
a) 59 min. b) 51 min. c) 47 min. d) 48 min.

www.r4ph4.com.br Página 5 de 13
17. (Udesc 2011) A figura ilustra duas moedas brasileiras, a de R$ 1,00 e a de R$ 0,50,
descritas a seguir.

Moeda de R$ 1,00 — As faces da moeda são compostas por dois círculos concêntricos. O
diâmetro do círculo maior é igual a 2,8cm e o diâmetro do círculo menor é igual a 1,8cm. A
espessura desta moeda é igual a 1,5mm.
Moeda de R$ 0,50 — As faces da moeda são compostas por um círculo de diâmetro igual a
2,2cm. A espessura desta moeda é igual a 3mm.

Com base nestas informações, analise as proposições abaixo.


I. O volume de metal necessário para cunhar a região situada entre os círculos concêntricos da
moeda de R$ 1,00 é aproximadamente 0,1725cm 3.
II. Para cunhar uma moeda de R$ 1,00 é necessário aproximadamente 0,069cm 3 de metal a
mais que para cunhar uma moeda de R$ 0,50.
III. A área entre os círculos concêntricos da moeda de R$ 1,00 é 0,34cm 2 maior que a do
círculo interno.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
d) Todas as afirmativas são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são falsas.

18. (Uftm 2011) Um paralelepípedo reto-retângulo, de volume V 1, e um cilindro circular reto, de


raio R = 0,5 m e volume V 2, têm a mesma altura h = 4 m.

V1 2
Se  , então a medida x da aresta da base do paralelepípedo é igual a
V2 
52 2 2 10
a) 5 2. b) . c) . d) . e) .
2 2 4 4

www.r4ph4.com.br Página 6 de 13
19. (G1 - ifal 2011) Arquimedes, para achar o volume de um objeto de forma irregular,
mergulhou-o num tanque cilíndrico circular reto contendo água. O nível da água subiu 10 cm
sem transbordar. Se o diâmetro do tanque é 20 cm, então o volume do objeto é:

a) 1.000
b) 2.000
c) 3.000
d) 4.000
e) 5.000

20. (Ufrgs 2011) Um tipo de descarga de água para vaso sanitário é formado por um cilindro
com altura de 2 m e diâmetro interno de 8 cm.
Então, dos valores abaixo, o mais próximo da capacidade do cilindro é
a) 7L.
b) 8L.
c) 9L.
d) 10L.
e) 11L.

www.r4ph4.com.br Página 7 de 13
Gabarito:

Resposta da questão 1:
[B]

O volume da coluna na maquete é dado por

2
 2
π     9  3,14 1 9  28,26cm3  28,26 10 6 m3.
 2

Como a escala da maquete é de 1: 100,segue que o volume pedido é tal que

28,26 10 6  1 
3
  
V 28,26 m3.
V  100 

Resposta da questão 2:
a) Volume da lata: V  π  32  12  108 πcm3  0,108πL.
Receita por lata = 2 (0,108π)  0,216π reais.

b) Calculando a superfície da lada: S  2π  3 12  2.π.32  90 πcm2  0,009 πm2.


Custo total da lata de cerveja: C  0,108π  1  p 0,009 π  0,009π  12  p 

c)
R C  0
0,216 π  0,009π  12  p   0
0,009p   0,108
p  12

Resposta: 12 reais.

Resposta da questão 3:
[E]

π.32.x  π.42.y
9x  16y
 9x  16y
resolvendo o sistema  , x  15,36 e y  8,64
 x  y  24
fazendo x  y,temos: 15,36  8,64  6,72.

www.r4ph4.com.br Página 8 de 13
Resposta da questão 4:
[D]

V = Ab . h
2 2
V = π (9 – 8 ).0,1
V = 3,14.(81 – 64).0,1
V = 3,14.17.0,1
3
V = 5,338m

Resposta da questão 5:
[E]

Considere a figura, sendo A o pé da perpendicular baixada de V sobre a base inferior do


cilindro e C o centro da mesma.

a2
Como AC é igual à metade da diagonal da face do cubo, vem que AC  . Além disso,
2
VA  2a e, portanto, pelo Teorema de Pitágoras, obtemos

2
2 2 2 2a 2  2
VC  VA  AC  VC  (2a)   
 2 
2 a2
 VC  4a2 
2
9a2
 VC 
2
3a 2
 VC  .
2

Resposta da questão 6:
[A]

www.r4ph4.com.br Página 9 de 13
A b  área da base
1mL  1cm3
Volume da jarra  8 30mL  2400mL  2400cm3
A b.30  2400
A b  80cm2

Resposta da questão 7:
[D]

Seja r o raio da base do recipiente.


Se a circunferência da base do recipiente mede 24π cm, então
24π  2π  r  r 12 cm.
Logo, o volume de água transferido para o recipiente é dado por π  122  20cm3.

Por outro lado, como o diâmetro da base do pluviômetro mede 40 cm, segue que o raio da sua
40
base mede  20 cm.
2
Portanto, se h é a altura que a água atingiu no pluviômetro, então

144
π  202  h  π  122  20  h
  7,2cm.
20

Resposta da questão 8:
a) Queremos calcular t, para o qual h(t)  5 m. Desse modo,
15t  120
5 
t 12  3t  24  
t 6 h.
t  12

Por outro lado, para que o reservatório 1 fique vazio, deveremos ter h(t)  0. Assim,
15t  120
0  15t  120  0  
t 8 h.
t  12

b) Para determinarmos a altura do reservatório 1 basta calcularmos h(0). Logo,


15 0  120
h(0)   10 m.
0  12
Se D  6 m é o diâmetro interno do reservatório 1, segue que o volume de água que esse
reservatório continha inicialmente é dado por
2 2
D 6
    h(0)      10  90   m3  9 10 4   L,
2 2
12
Portanto, como o raio interno da base do reservatório 2 mede  6 m, temos que a altura
2
atingida pela água nesse reservatório foi de
90     62  H  H
 2,5 m.

Resposta da questão 9: [C]


3
A sobra de madeira na fabricação de uma peça, em cm , é dada por
2
5  3,14 
52  80  π     80  2000   1  
2  4 
 2000 0,215
 430.

www.r4ph4.com.br Página 10 de 13
Portanto, na fabricação de 1.000 peças, a sobra de madeira é 430 1000  4,3 10 .5

Resposta da questão 10:


01 + 08 + 16 = 25.

Verdadeira. Como são utilizados álcool e gasolina na proporção de um litro de álcool para
1984
quatro litros de gasolina, segue que o reservatório, quando cheio, contém  396,8
5
litros de álcool.
Falsa. Do gráfico, temos que, para t  6, a altura do nível de combustível contido no
reservatório é h  70cm 7dm. Logo, o volume de combustível nesse instante é:
π  82  7  3,1 64 7  1.388,8dm3  1.388,8 L 1.984 L.
04. Falsa. Para t  0, temos que h  30cm 3dm. Logo, havia no reservatório:
π  82  3  3,1 64 3  595,2dm3  595,2 L 600 L.
08. Verdadeira. Devemos calcular a altura do combustível no cilindro para t  2.
A reta que passa pelos pontos (0, 30) e (4, 60) tem valor inicial 30 e taxa de variação
60  30 15 15
 . Logo, sua equação é y  x  30. Segue que para x  2, temos
40 2 2
15
y  2  30  45cm 4,5dm.

2
Portanto, para t  2, o combustível que havia no reservatório ocupava
1984
π  82  3  3,1 64 4,5  892,9dm3  892,9 L  L  992 L, ou seja, menos da metade
2
de sua capacidade.
16. Verdadeira. Entre t  6 e t  9, houve um consumo médio de combustível de
π  82  (4  7) 3,1 64 3
  198,4dm3h  198,4L h.
96 3
32. Falsa. A função h, que expressa a altura de combustível no cilindro em função do tempo, é
crescente no intervalo ]4, 6[. Logo, como não houve entrada e saída simultâneas de
combustível do reservatório nesse intervalo, segue que o volume de combustível aumentou,
não havendo, portanto, crescimento do consumo de combustível.

Resposta da questão 11:


[E]

A área total a ser pintada é dada por


1
4000  π   1  4000 3,14 m2.
2
1
Portanto, como o rendimento da tinta é 200 g m2  kg m 2, segue que o consumo mensal de
5
1
tinta é 4000 3,14   2.512kg  2,5 ton.
5

Resposta da questão 12:


a) Vbalde  πR2H  Vbalde  π(15)2  30  Vbalde  6750π cm3

b) VPeça  πR2H  VPeça  π(10)2  27  VPeça  2700π cm3

www.r4ph4.com.br Página 11 de 13
1 1
c) Vagua  Vbalde  VPeça  Vagua  6750  (2700π)  Vagua  5850πcm 3
3 3
1 2700π
Vbalde  Vpeça  6750cm3   5400π cm3
2 2

Portanto, transborda: 5850π  5400π  450π cm3 .

Resposta da questão 13:


[D]

4
I. Falsa. Como o raio da base da piscina é  2 m e a vazão da mangueira é
2
1,57
1.570 L h  1,57 m3 h, segue que π  22  h(t)  1,57 t  h(t)   t, ou seja, f é uma

função linear.
II. Verdadeira. Quando a piscina estiver totalmente cheia, teremos h(t)  1,57. Logo,
1,57
1,57  t  t 12,56 s.

Portanto, como a piscina começa a ser enchida em t  0, segue que o domínio de h é
D  {t  | 0  x  12,56}.
III. Falsa. De (II) vem
12,56 h  12 h  0,56 60min
 12 h  33,6min
 12 h  33min  0,6 60 s
 12 h  33min  36 s  12 h  56min.

Resposta da questão 14:


[A]
2 2
Área da superfície externa da lata: A = π  25 + 2  π  25  60 = 625 π + 3000 π = 3625 π cm .

Cálculo da massa da lata: 0,8  3625 π = 2900 π g.

Resposta da questão 15:


[D]

VI = VII

π.62.h  π.82.4
64.4
h
36
h 7,11 cm

Resposta da questão 16:


[C]

2
3 9
A capacidade do reservatório é dada por π     5  3,14   5  35,325 m3  35325 L.
2 4

www.r4ph4.com.br Página 12 de 13
Sabendo que o reservatório será abastecido com 80% de sua capacidade, segue que o
caminhão tanque despejará 0,8 35325  28.260 litros no cilindro e, portanto, levará
28260 2826
 2.826 segundos ou  47 minutos para realizar o abastecimento.
10 60

Resposta da questão 17:


[B]

I. Verdadeira. O volume de metal necessário para cunhar a região situada entre os círculos
concêntricos da moeda de R$ 1,00 é dado por
 (1,42  0,92)  0,15   (1,96 0,81) 0,15
 0,1725cm 3.

II. Falsa. Para cunhar uma moeda de R$ 1,00 são necessários


 1,42  0,15  0,294cm 3,
enquanto que na moeda de R$ 0,50 o volume de metal necessário é de
 1,12  0,3  0,363cm 3.
Portanto, para cunhar uma moeda de R$ 1,00são necessários
0,363  0,294  0,069cm 3
de metal a menos do que para cunhar uma moeda de R$ 0,50.

III. Verdadeira. A área entre os círculos concêntricos da moeda de R$ 1,00 é dada por
 (1,42  0,92)  1,15cm2,
enquanto que a área do círculo interno é  0,92  0,81cm 2. Logo, a diferença entre essas
duas áreas é 1,15  0,81  0,34cm 2.

Resposta da questão 18:


[C]

x 2.h 2 1 2
2
  x2   
x
π.(0,5) .h π 2 2

Resposta da questão 19:


[A]

O volume do objeto é dado por


2
 20 
    10  1.000cm 3.
 2 

Resposta da questão 20:


[D]

Se a altura do cilindro mede 2 m 20dm e o diâmetro 8cm 


0,8dm, então a capacidade do
2
 0,8  3
cilindro é dada por     20  3,14 0,16 20  10,048dm  10 L.
 2 

www.r4ph4.com.br Página 13 de 13

Você também pode gostar