Você está na página 1de 2

EXERCÍCIOS DE CONDUÇÃO E DIFUSÃO EM REGIME PERMANENTE

1 - Um forno de 6 m de comprimento, 5 m de largura e 3 m de altura tem sua

parede constituída de três camadas. A camada interna de 0,4 m é de tijolos refratários (k = 4,2 kJ/h.m. o C). A camada intermediária de 0,30 m tem a metade inferior de tijolos especiais (k = 0,84 kJ/h.m o C) e a metade superior de tijolos comuns (k = 1,67 kJ/h.m. o C). A camada externa de 0,05 m é de aço (k = 126 kJ/h.m. o C). A superfície interna está a 1700 o C e a superfície externa está a 60 o C. Tomando cuidado com as unidades determine:

(a) o fluxo de calor pela parede; (b) considerando que após alguns anos o fluxo de calor aumentou 10% devido ao desgaste da camada de refratários, calcule este desgaste supondo que o mesmo foi uniforme em todo o forno.

2 – Uma tubulação de vapor com diâmetro externo de 4,0 cm deve ser coberta

com duas camadas de material isolante, cada uma com espessura de 2,5 cm. A condutividade térmica do isolante A é 5 vezes maior que a condutividade térmica do isolante B. Como engenheiro encarregado do projeto, você está em dúvida se coloca o melhor isolante térmico em contato com a tubulação ou o pior ou mesmo se isso é relevante. Supondo que as temperaturas superficiais

interna e externa do isolamento composto são fixas responda aos seguintes

itens:

3 – (a) Calcule o raio crítico de isolamento para o amianto (k = 0,17 W.m -1 . o C -1 ) que reveste um tubo ficando exposto ao ar a 20 o C com h = 3,0 W.m -2 . o C -1 e (b)

a perda de calor por unidade de comprimento de um tubo de 5 cm de diâmetro

a 200 o C, quando coberto com o raio crítico de isolamento e sem isolamento.

4 - No tratamento de água, o gás cloro (Cl 2 ) é misturado com ar e borbulhado na água. O cloro se dissolve na água e atua como desinfetante. A pressão parcial de Cl 2 é 0,1 atm na entrada de um filme de ar estagnado de 10 mm de espessura, a 300K e pressão total 1 atm. A concentração de Cl 2 na saída do

filme é zero. A difusividade do Cl 2 no ar é 0,14 cm 2 /s. Determine o fluxo de Cl 2 no filme de gás. R = 82,1 atm.cm 3 /mol.K.

5 - Hidrogênio gasoso (H 2 ) é comumente utilizado para produzir metais a partir da redução de seus óxidos. Considere a reação de redução abaixo ocorrendo na superfície de uma partícula plana não porosa do óxido:

FeO(s) + H 2 (g) Fe(s) + H 2 O(g)

Deduza uma expressão integrada para o fluxo molar inicial supondo difusão unidimensional em estado estacionário através de um filme de gás inerte de espessura δ, concentração de H 2 constante na fase gasosa (fora do filme), D AB constante, reação superficial instantânea e temperatura e pressão total constantes.

6 – Emissões de óxido nítrico (NO) da descarga de automóveis podem ser reduzidas pelo uso de um conversor catalítico e a seguinte reação ocorre na superfície do catalisador: NO + CO ½ N 2 + CO 2 . A concentração de NO (espécie A) é reduzida através da passagem dos gases de exaustão sobre a superfície do catalisador, suposta plana, e a taxa de redução na catálise é

N = − k C . Como primeira aproximação, pode ser admitido que o NO

A

s

As

atinge a superfície por difusão unidimensional através de um filme de gás de espessura δδδδ adjacente à superfície. Considere uma situação para a qual o gás

de exaustão encontra-se a 500 o C e 1 atm e a fração molar de NO é y Aδδδδ = 0,15,

D Am = 0,0001 m 2 /s, k s = 0,05 m/s e δδδδ = 1 mm.

(a) Encontre a fração molar de NO na superfície do catalisador (y Ao ); (b) Encontre a taxa de remoção do NO (n A em g/s) de uma superfície de área igual a 200 cm 2 .

R = 82.1 atm.cm 3 /mol.K Massas atômicas: N = 28 g/mol e O = 16 g/mol