Você está na página 1de 1

CEF – Assistência familiar e de apoio à Comunidade D8 – Prevenção e riscos:

CIDADANIA E MUNDO ACTUAL


Nome: ___________________________
Desastres e Catástrofes
Data: ___/___/___ Ambientais

Áreas de risco

Risco é todo o perigo que ameaça um grupo


humano.
Pode ser um risco natural, provocado por
fenómenos naturais, e um risco artificial, decorrente da
acção humana.
Quando se fala em catástrofes naturais, fala-se
em áreas de risco, ou seja, áreas mais vulneráveis,
zonas cuja probabilidade de uma catástrofe ocorrer é
maior. Este risco resulta da conjugação da
probabilidade do fenómeno se verificar e da
vulnerabilidade das pessoas, dos seus bens, dos
equipamentos e das infra-estruturas da região afectada.
Por exemplo, todas as áreas próximas dos rios ou do
mar estão sujeitas a inundações.
As inundações provocadas pelos rios devem-se a precipitações elevadas num curto
período de tempo. Nas áreas litorais acontecem devido a violentas tempestades que avançam do
mar para a terra, acompanhadas de chuva fortes e de ondas que galgam a costa e invadem as
terras. Em algumas partes do Mundo, as inundações fazem parte do ciclo meteorológico anual.
As regiões mais afectadas são as regiões tropicais.
As chuvas também provocam outro tipo de catástrofe, com os aluimentos de terras.
Por outro lado, as secas afectam muitas regiões do Mundo, como as regiões do clima tropical
seco e as regiões das latitudes médias.
No caso de Portugal, o Alentejo é a região portuguesa mais afectada por longos períodos
de seca. Assim, a construção de infra-estruturas para armazenar água, com disponibilidade para
activar sistemas de rega, é extremamente importante.
No que se refere, por exemplo, a zonas com maior actividade vulcânica podemos referir,
no caso de Portugal, o arquipélago dos Açores (ilha do Pico), e se nos referirmos ao resto do
Mundo poderemos citar a Islândia, as Filipinas e o Japão.
Por outro lado, e quando nos referimos aos sismos, algumas das zona mais vulneráveis
são Lisboa, Havai e Chile.
A maior parte dos tornados acontece nos Estados Unidos da América, causando
anualmente enormes perdas de vidas e de bens.

Dados actuais…
As catástrofes naturais já provocaram 600 mil mortes desde 2000…
Alguns exemplos marcantes para a História…

2003 – Onda de calor na Europa


26/12/2004 – Tsunami na Indonésia (220 mil mortes)
2005 – Furacão Katrina atingiu Nova Orleães (1800 mortes)
Outubro 2005 – Terramoto no Paquistão e Índia
Maio 2008 – Ciclone Myanmar (135 mil mortes)
Maio 2008 – Sismo na China - Sichuan (3 a 5 mil mortes)
Maio 2008 – Sismo na Itália – L’Aquila (+100 mortes)