Você está na página 1de 4

MANTRA MAHA MRITYUNJAYA - PARA SHIVA

OM TRYAMBAKAM YAJAMAHE

SUGANDHIM PUSHTI VARDHANAM

URVA RUKAMIVA BANDHANAT

MRITYOR MUKSHIYA MAMRITAT

PRONÚNCIA:

OOMM TRIAMBACAM IÃDIAMARREE

SUGAND-RRIM PUSHH-TI VARDANAM

URVÁÁ RUCAMIVA BANDANÁÁ

MRI-TYOR MUK-CHÍA MAA-MRITÁÁ

"O Grande Mantra da Vitória Sobre a Morte."

Maha = Grande Mrityun = Morte Jaya = Vitória

Dizem que este mantra é rejuvenescedor, outorga saúde, riquezas, uma vida longa, paz,
prosperidade e contentamento. Como é uma oração endereçada ao Senhor SHIVA, ao
entoarmos este mantra, vibrações Divinas são geradas para repelir todas as forças negativas
do mal, criando um escudo protetor poderoso.

Este é um mantra para pedir a cura de doenças, e para proteger contra acidentes e desgraças
de todas as espécies.

Maha Mrityunjaya também é conhecido como "Mantra Moksha" (o mantra da libertação da


reencarnação) do Senhor Shiva. Este é um mantra protetor contra acidentes, infortúnios e
calamidades diárias, um mantra para sermos libertados dos sofrimentos físicos, mentais e
emocionais, dos medos da morte e de acidentes.

O grande número encontrado de diferentes interpretações deste mantra, deixa claro que
nenhuma delas faz justiça a todos os níveis e significados que ele nos traz. A múltipla natureza
das palavras em sânscrito, faz com que isto seja possível.

Na verdade, a pronúncia correta dos sons do mantra são mais importantes aos praticantes, do
que a sua tradução exata. Como música, a ressonância destes sons atrai a mente e a dirige a
uma experiência interior. O significado literal do mantra é secundário. Por outro lado, é
importante conhecer o significado do mantra para desenvolver uma fé nele.

O primeiro passo é aprender a recitar o mantra corretamente. Embora pareça meio longo, ele
tem só trinta e três sílabas que podem ser aprendidas com um esforço modesto. Uma
repetição lenta combinada com uma revisão do significado das palavras individuais, ajudará a
lembra-lo.
Uma vez que o mantra seja aprendido, leve o significado para sua mente enquanto faz sua
meditação diária, como um tipo de invocação em sua prática normal. Depois de acalmar o
corpo e a respiração, entoe o mantra por 3, 27, 33, 108 recitações, e permita sua mente
tornar-se absorta pelos sons e ritmos de cada linha.

Deixe o mantra puxar sua consciência ao centro do seu coração ou para o centro das
sobrancelha, na altura do chakra da terceira visão.

Se for recitar o mantra para resolver um problema de saúde, focalize sua consciência no Plexo
Solar. É muito comum na Índia, recitarem o mantra Mrityunjaya, quando uma criança faz seu
primeiro ano de idade. É uma forma de desejar à criança uma vida longa e saudável.

Alguns recitam o mantra em todos os aniversários, sendo que os 60º e 80º aniversários, são
também considerados especiais, para a recitação do mantra, para que a passagem, agora mais
próxima, possa ocorrer com a vitória da vida eterna.

QUAL É O SIGNIFICADO DO MANTRA "MRITYUNJAYA"

OM – O início de cada mantra. Palavra que traz a energia do mantra à manifestação.

TRYAMBAKAM - A palavra TRYAMBAKAM, Refere-se aos Três olhos do Senhor Shiva. “TRY” é o
mesmo que “Três” e “AMBAKAM” quer dizer “olhos”.

Alguns pronunciam esta palavra como TRAYAMBAKAM, e o significado é o mesmo, "TRAYA"


quer dizer "triplo".

Estes três olhos ou fontes de iluminação, são representados pela Trimurti de Brahma, Vishnu e
Shiva e “AMBA” também tem uma referencia à Mãe ou Shakti e "KAM" que refere-se ao Bom e
Correto.

Shakti é a Mãe divina manifestada, mas é também representada pelas consortes de Brahma,
Vishnu e Shiva; que são: Saraswati, Lakshmi e Parvati.

Assim, quando pronunciamos, as palavras: OM TRYAMBAKAM, nós estamos manifestando a


Presença de Deus, como Onisciente (Brahma), Onipresente (Vishnu) e Onipotente (Shiva).

O termo “Três olhos” significa a mais pura e profunda consciência do universo que impregna e
transcende o tempo no presente, no passado e no futuro.

YAJAMAHE : é uma oferta, sacrifício, adoração, veneração. Adorando com Alegria. Nós
oferecemos nosso sacrifício com alegria. Alguns traduzem para: “Cantamos em sua honra”.

SUGANDHIM : é um doce perfume/ uma fragrância agradável. Uma referência à alegria que
temos de conhecer, enxergar e sentir a Poderosa Presença do Senhor Shiva, que nos envolve
com a fragrância de Seu perfume. Quando o nosso terceiro olho desperta, tudo torna-se
perfumado, porque tudo passa a ser visto como sagrado.

PUSHTI : é o mesmo que nutrir; o suporte a tudo o que existe; a prosperidade.

VARDHANAM : Aumento, incremento, fortalecimento. O aumento da prosperidade, do auxilio


divino, da saúde e do bem estar.
URVARUKAM : Um tipo de pepino, que no passado da Índia, era conhecido como fruto de uma
trepadeira. Esta trepadeira emaranhava-se em outras plantas, unindo-se a elas e tornando-se
um obstáculo para o crescimento do pepino, que sofria para libertar-se e cair.

“IVA” : assim como. desta forma.

BANDANAAM : impotente e sem forças, preso no cativeiro.

MRITYOR : da morte, das doenças e dos obstáculos.

MUKSHIYA : uma armadilha.

MAAMRITAAT : livra-nos da morte, dê-nos a vida eterna.

Este mantra começa por invocarmos a TRYAMBAKAM.

Ao falarmos esta palavra, estamos chamando a atenção de Shiva sobre nós. Mais do que isto,
estamos reconhecendo em Shiva, seu poder de manifestação da totalidade divina.

Shiva é a vontade de Brahman manifestada. Ao dizermos OM TRYAMBAKAM, estamos


invocando a capacidade de enxergar através de nosso terceiro olho.

OM TRYAMBAKAM OM TRYAMBAKAM OM TRYAMBAKAM.

Quando dizemos YAJAMAHE, Estamos confirmando que vivemos para Deus e para Sua causa.

SUGANDHIM, é um reconhecimento de que Deus está no meio de nós. Esta é a afirmação que
autorizamos em nosso livre arbítrio, a Vontade divina atuando em nossas vidas.

PUSHTI VARDHANAM, é um reconhecimento de que Deus pode nos dar prosperidade e auxilio,
saúde e bem estar.

URVA RUKAMIVA, são palavras que representam a doença e os obstáculos na vida. Estas são as
palavras chave do mantra. Falando-as, nós estamos reconhecendo o poder dos obstáculos e
das doenças, bem como a nossa situação de encarnados e limitados pela matéria. Assim como
o pepino sofre para se libertar, nós também lutamos para nos libertarmos dos ciclos de
reencarnação na matéria.

URVA RUKAMIVA, quando dita junto de BANDHANAT, significa : “sem forcas devido a uma
forte doença ou obstáculos”. Esta parte refere-se às barreiras do mundo astral que nos
envolvem. Na Terra, estamos todos envoltos pelo plano astral e isto é um problema sério em
nossas vidas e precisamos de ajuda espiritual (Tryambakam - visão da realidade) para sairmos
da lama astral.

MRITYOR MUKSHIYA MAAMRITAAT, ao dizermos isto, estamos confirmando que precisamos


da interseção divina. Precisamos da ajuda do Senhor Shiva, para nos livrar da morte, das
doenças e dos obstáculos da vida astral.

Esta parte do mantra, também se refere à morte física e prematura, como aos ciclos de
reencarnação, objetivando alcançarmos o Nirvana ou emancipação final do re-nascimento na
matéria “Senhor Shiva, liberte-nos das amarras da morte e da ignorância”.

Este mantra mostra que estamos realmente interessados em atingir a glória da vida eterna, ao
lado de Deus. Queremos realizar o que é imortal; o que está por detrás de tudo.
As Escrituras comentam que a repetição constante deste antigo Mantra Upanishadico, purifica
o coração e desperta a percepção ou terceiro olho, nos conduzindo a um nível de
entendimento mais profundo.

De modo simultâneo, a reflexão neste Mantra também auxilia a despertar nossas faculdades
intuitivas latentes. Este Mantra é especialmente recomendado para afastar os sofrimentos em
caso de doenças físicas ou emocionais.

Folcloricamente, ele é traduzido assim:

Nós adoramos o ser de três olhos, (Senhor Shiva). Aquele que é perfumado e nutre a todos os
seres. Que Ele nos liberte da morte, com o propósito da imortalidade. Do mesmo modo como
um pepino maduro é separado da trepadeira.

Interesses relacionados