Você está na página 1de 17

<NOME DO RESIDENCIAL>

<Slogan do residencial>
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

ÍNDICE

1 Sobre a construtora
2 Responsabilidades do proprietário
3 Instalações elétricas
4 Pisos e azulejos
5 Caixilhos e esquadrias
6 Forros de gesso, impermeabilizações e vedações
7 Instalações hidráulicas
8 Pintura
9 Procedimentos de emergência
10 Memorial Descritivo
11 Certificado de garantia
12 Contatos e assistência

1
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

1. Sobre a construtora
A entrega de uma obra é um evento especial, tanto para a construtora quanto para o
proprietário que a receber. A celebração desse momento é muito importante, como
uma resposta às expectativas do seu cliente, que investiu alto para aquisição do
imóvel assim como valorização do seu empreendimento.

Além da cerimônia de entrega das chaves, a entrega do manual de uso do imóvel


também se torma marco relevante para proporcionar um serviço de qualidade e ser
lembrado mesmo muito tempo depois do fechamento da venda.

Este documento deve ser elaborado de forma clara e completa e para criar um
relacionamento de confiança entre a construtora e o cliente. É isso mesmo: cada
vez mais o Manual do Proprietário de Imóveis tem se tornado uma importante
ferramenta no relacionamento na pós-entrega de imóveis.

E nesse primeiro capítulo, a construtora precisa apresentar o empreendimento e


relatar as informações de equipe técnica do projeto, bem como todos os
fornecedores de materiais utilizados no empreendimento.

Equipe técnica
É necessário deixar registrado os nomes dos engenheiros e arquitetos
responsáveis pela construção.

Fornecedores
É indispensável a descrição de todos os fornecedores envolvidos na obra
com contatos atualizados no momento da elaboração do manual.

Carta de boas-vindas
Escrita pelo presidente da construtora/grupo ou arquiteto e engenheiro
responsável pela obra, ou ainda, por ambos.

Além disso, também é interessante abordar aqui os diferenciais da obra como áreas
verdes, projetos sustentáveis, entre outros.

2
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
2. Responsabilidades do proprietário

Nesse capítulo, a construtora deve informar quais são as obrigações do proprietário,


ações que implicam na perda da garantia e trazem risco para o imóvel e suas
instalações. Além disso, costuma-se oferecer dicas de como lidar com questões
como furação das paredes para instalação de móveis e eletros, conserto de
vazamentos, entre outros.

Podemos dizer que ele funciona como um guia de cuidados com o imóvel, para
que o proprietário evite práticas inadequadas — como certos tipos de reforma e
manutenção — e acabe causando transtornos e até insatisfação com o imóvel.

É imprescindível que o proprietário repasse as informações contidas nesse manual


aos demais usuários do imóvel.

Outro ponto importante é deixar claro que a conservação das áreas comuns
também faz parte das responsabilidades dos moradores. O regulamento interno do
condomínio discrimina atividades necessárias para essa manutenção, assim como
as orientações para rateio de seus custos. A participação individual de cada
morador na conservação e uso adequado, não danificando qualquer parte das áreas
comuns ou equipamentos coletivos também é condicionante para a preservação do
imóvel.

As normas estabelecidas na conservação do condomínio e no regulamento interno


devem ser cumpridas por todos os moradores, independentemente de ser o
proprietário ou apenas um usuário do imóvel. Faz parte ainda das orientações a
aplicação e o fomento das regras de boa vizinhança.

3
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
3. Instalações elétricas

Este capítulo servirá para orientar o usuário do imóvel quanto as características da


infraestrutura elétrica e onde se localizam todas as instalações e todos os pontos
de energia elétrica, cabeamento de internet e telefone. Fica a critério da sua
construtora acrescentar subcapítulos ou tópicos, de acordo com as características
de cada empreendimento.

● Instalações elétricas
● Tomadas, interruptores e disjuntores
● Voltagem
● Ar condicionado
● Cuidados com energia
● Instalações coletivas e TV
● Iluminação das áreas comuns
● Iluminação de emergência

4
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

4. Pisos e Azulejos

Nesse capítulo, sua construtora deverá apresentar as informações técnicas dos


revestimentos utilizados no imóvel. Uma dica interessante é destacar essas
informações importantes como formato, tamanho e cor das peças, tipo de material
utilizado (porcelanato, laminado, cerâmico, entre outros), e também a marca, para
que, caso algum reparo seja necessário, o proprietário consiga rapidamente
encontrar as peças no mercado para providenciar o conserto.

Indicamos a tabela abaixo para ilustrar as informações técnicas da peça em


destaque para o leitor.

Local Tipo de Formato Tamanho Cor Marca

5
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
Material

Cômodo A Porcelanato Quadrado 20x20 Cor A Marca B

Cômodo B Piso laminado Retangular 15x20 Cor B Marca A

Cômodo C Porcelanato Quadrado 20x20 Cor C Marca C

Cômodo D Piso laminado Retangular 15x20 Cor D Marca D

Cuidados na limpeza
Importante relatar todos os procedimentos para manter os revestimentos protegidos
e a forma mais adequada de limpeza de pisos e azulejos. É imprescindível informar
os tipos de produtos indicados bem como os que não devem ser utilizados, sob
pena de danificar o revestimento.

Se houver necessidade de manutenção, o período deve ser informado assim como


um alerta ao usuário do imóvel para que procure profissionais qualificados para
executar o serviço.

Exemplo de advertência: Deve-se evitar o uso de ácidos e esponjas de aço na


limpeza que poderão danificar a camada de proteção da peça e o rejuntamento de
pisos e azulejos.

6
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
5. Caixilhos e Esquadrias

Esse capítulo servirá para orientar o usuário do imóvel quanto aos caixilhos e
esquadrias utilizados no acabamento do imóvel. Aqui é interessante destacar
informações mais importantes como tipo (se é caixilho ou esquadria), material
utilizado (como madeira e alumínio), tamanho da peça e assim como a marca.

Indicamos a tabela abaixo com uma ilustração das informações técnicas da peça
para que essas especificações estejam em destaque para o leitor.

Local Tipo de Material Tamanho Cor Marca

Cômodo A Esquadrias de 1,30x2m Marrom Marca A


madeira

Cômodo B Caixilho de alumínio 2x2m Branco Marca B

Cômodo C Esquadrias de 1,30x2m Marrom Marca C


madeira

Cômodo D Caixilho de alumínio 2x2m Branco Marca D

Cuidados essenciais
Importante relatar todos os procedimentos para manter a peça protegida e a forma
mais adequada de limpeza. Informe os tipos de produtos indicados, quais não
devem ser utilizados, procedimentos inadequados assim como o tempo mínimo a
ser respeitado para limpeza.

Exemplo de advertência: não apoiar escadas ou outros objetos na superfície das


esquadrias e evitar pancadas sobre as mesmas).

7
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

6. Forro de Gesso, impermeabilizações e vedações

No que se refere a acabamentos estruturais com gesso e outros materiais, sua


construtora deverá apresentar as informações de precaução a respeito de impactos,
fixadores de ganchos e suportes, vasos e demais objetos que possam causar
rachaduras e outros danos ao acabamento.

Também é preciso deixar claro alertas de cuidados básicos para que o proprietário
esteja ciente de como evitar o aparecimento de bolor nos tetos de banheiros e
cozinhas, causado pela umidade do banho ou preparo das refeições.

Informe sobre cuidados cotidianos como manter as janelas abertas durante e após
seu uso e, se possível, inclua dicas para ajudar o dono do imóvel a solucionar e
remover as manchas que surgirem mesmo com os cuidados tomados.

Deixe o Manual do Proprietário de Imóveis


mais atraente ao leitor
Procure destacar uma dica quando os textos forem muito longos. Nesse
capítulo, por exemplo, seria interessante deixar um alerta ao proprietário
como recomendar que os forros dos banheiros sejam pintados anualmente
ou que um cuidado extra seja tomado na hora de reformar banheiros e
cômodos suscetíveis a umidade a fim de não danificar as
impermeabilizações.

8
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

7. Instalações Hidráulicas

Nesse capítulo deverão ser informadas as características das instalações


hidráulicas, além de demonstrar todos os locais que acomodam tubos e conexões
desse projeto.

Podem ser abordados os itens listados abaixo a critério da sua construtora, em


subcapítulos ou tópicos, tendo em vista o projeto de cada empreendimento,
adaptando-os ao modelo conforme suas características.

● Metais, louças, granito, mármore, aquecedores


● Cuidados especiais
● Louças e instalações sanitárias
● Cubas de aço inoxidável
● Metais sanitários
● Procedimentos para desentupimento dos encanamentos

9
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

8. Pintura

Nesse capítulo sua construtora deverá descrever as informações técnicas das


tintas e demais materiais utilizados no momento da pintura do imóvel. É
interessante destacar informações como a marca, a quantidade de material
utilizado, a mistura de um ou mais pigmentos e o passo a passo para os
acabamentos realizados.

Assim, no caso de reparos, o proprietário conseguirá com mais facilidade chegar na


cor ideal para o espaço em questão.

Local Tipo de tinta Quantidade e Acabamento Marca

10
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
mistura realizado

Paredes Brilho 1 litro branca + Liso Marca A


3 litros rosa

Teto Semibrilho 2 litros branca + Trabalhado Marca B


1 litro gelo ártico em pátina

Aberturas Brilho 1 litro branca + Liso Marca A


2 litros rosa

Cuidados necessários
Incluir nesse capítulo as advertências e os cuidados necessários referentes ao uso
de produtos químicos e demais materiais de limpeza, como esponjas ásperas,
buchas, palha de aço, lixas ou máquinas com jato de pressão. Informar também a
importância de evitar atritos ou pancadas nas superfícies pintadas e manter os
ambientes bem ventilados para evitar o aparecimento de bolor ou mofo.

Exemplo de advertência: deixar clara a necessidade de um planejamento de


manutenção preventiva da pintura para manter o empreendimento sempre bem
conservado.

11
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
9. Procedimentos de emergência

Nesse capítulo do Manual do Proprietário de Imóveis sua construtora deve indicar


os cuidados necessários para evitar acidentes e danos ao imóvel, tanto na área
privativa quanto nas áreas de uso comum a todos os moradores. Os itens citados
farão parte também das cláusulas do termo de garantia que separam o que é de
responsabilidade da sua construtora e o que fica à cardo dos proprietários.

São recomendações básicas para situações que requerem providências rápidas e


imediatas visando a segurança pessoal e patrimonial dos condôminos e usuários. É
importante ressaltar uma especial atenção na divulgação das recomendações de
segurança do Corpo de Bombeiros, concessionárias, fabricantes e prestadores de
serviços com instruções de como proceder em situações de risco, tais como:

● Incêndio
● Vazamento de gás
● Vazamento em tubulações hidráulicas
● Entupimento de tubulações de esgotos
● Elevadores
● Sistema de segurança
● Operações dos equipamentos e demais precauções

Medidas Básicas de Segurança

Nesse capítulo, sua construtora pode deixar recados ou mesmo alertas,


como por exemplo: nunca se pendurar nas janelas para limpeza dos vidros.
O correto e seguro é utilizar utensílios com cabos alongados especiais para
esse fim.

12
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
10. Memorial Descritivo

O manual deve apresentar uma descrição escrita e ilustrativa da edificação em “As


Built” (como construída), tanto para as áreas de uso privativo quanto para as áreas
de uso comum. Os projetos anexados ao manual devem contemplar, além da planta
baixa geral, as seguintes informações:

● Cargas estruturais máximas admissíveis nas estruturas e vedações


● Cargas máximas nos circuitos elétricos admissíveis
● Sistemas equipotencializados, seu detalhamento e componentes
● Descrição dos sistemas e, quando aplicável, dos elementos e equipamentos
● Desenhos esquemáticos com dimensões indicadas no projeto, que
representem a posição das instalações e dos quadros elétricos
● Informações sobre aspectos relevantes ao proprietário e ao condomínio como
sistema construtivo empregado
● Relação dos componentes utilizados para acabamentos, como revestimentos
cerâmicos, tintas, metais, ferragens e vidros) e suas especificações
● Sugestão ou modelo do programa de manutenção
● Vazões máximas e mínimas, potência ou outros parâmetros previstos em
projetos para os sistemas que receberão componentes instalados por conta
do cliente, como sistemas hidráulicos de água fria e água quente,
aquecedores e iluminação

A abordagem e extensão das informações vai depender da complexidade da


edificação e de seus equipamentos. Esses projetos ou plantas podem ser ilustrados
no conteúdo deste manual ou serem apresentados como anexos.

Planta baixa hidráulica Planta baixa elétrica

Contemplar banheiros, lavabos, Essa planta deve fornecer todas as


cozinhas, salas de estar e jantar, laje especificações e localização detalhada
técnica e demais áreas que contenham para que o usuário saiba como proceder
encanamento e tubulação. Importante com cabeamento e fiação de TV a cabo
enriquecer o material com observações e internet, por exemplo, além de
sobre prevenção quanto a perfuração e localizar facilmente os quadros
mais informações relevantes ao disjuntores, tomadas e demais
proprietário. especificações elétricas.

13
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>
11. Certificado de Garantia

Um vez especificados os cuidados necessários por parte do proprietário a fim de


evitar danos e prejuízos, sua construtora deverá ratificar todas essas orientações de
forma clara e direta no termo de garantia anexo ao manual, como no exemplo
abaixo:

A construtora <informar o nome da construtora> garante ao proprietário deste


apartamento localizado no Edifício <informar o nome do empreendimento>,
situado à <informar endereço do empreendimento>, quanto à:

Qualidade dos materiais utilizados no empreendimento; perfeição na instalação


desses materiais; resistência, durabilidade e estabilidade da construção, conforme
as condições gerais estabelecidas na página seguinte do presente certificado.

Termos da garantia a serem definidos pela construtora:


Aqui sua construtora precisa identifica os pontos a serem oferecidos como garantia
ao empreendimento em questão - importante contar orientação de assessoria
jurídica. Os critérios da garantia fornecida pelo seu empreendimento devem constar
em cláusulas, conforme os exemplos a seguir:

I. DE ORDEM GERAL

II. DO PRAZO DE VALIDADE

III. EXTINÇÃO

14
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

12. Contatos e Assistência

Este é o capítulo de fechamento do manual e nele é importante salientar o nome do


principal contato do empreendimento além de fornecer todas as informações de
contato para que em caso de dúvidas, o proprietário disponha dos meios para entrar
em contato com sua construtora. Também é uma boa opção uma etapa de
agradecimento, para mostrar que para sua construtora todo cliente é importante!

Agradecimentos e contatos finais

Além de ser obrigatório esse contato final, pode ser uma deixa para a sua
construtora deixar uma mensagem positiva para o proprietário, garantido que
a sua marca seja sempre lembrada, promovendo um pós-vendas de sucesso!

Logo do Residencial | Logo da Construtora

Contatos, dúvidas e SAC


Nome: <informar o nome da construtora>

Telefone: <informar telefone de SAC ou atendimento ao cliente>

E-mail: <informar e-mail do setor responsável>

Site: <informar site da construtora>

15
<NOME DO RESIDENCIAL>
<Slogan do residencial>

Apoio:

16