Você está na página 1de 1

Novos registros ornitológicos no Parque

Estadual do Morro do Diabo (São Paulo)


Wilton Felipe Teixeira1,5, Paulo Antonio liomaster squamosus (Temminck, 1823), Técnico Científica. Os autores cumpriram
Silva1, Gustavo Muniz2, Vagner Laterallus viridis (Statius Muller, 1776), todas as normas dos documentos regula-
Cavarzere3, Gabriel Parmezani Moraes4 Serpophaga subcristata (Vieillot, 1817), mentadores da Portaria Normativa FF/DE
& Gustavo Garrido Oliveira1 Tangara palmarum (Wied, 1821), Urubi- n°236 de 01/03/2016.
tinga urubitinga (Gmelin, 1788) (Figura
Situado no município de Teodoro Sam- 2), Dendrocincla turdina (Lichtenstein, Referências bibliográficas
paio-SP, o Parque Estadual do Morro do 1820), Geotrygon montana (Linnaeus, (1) Veloso, H.P. et al. (1991) Fundação Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE;
Diabo (PEMD) é a maior Unidade de Con- 1758) e Megascops atricapilla (Temmin- (2) Moura, M.A. (2017) Estudos dos Impac-
servação (UC) do Pontal do Paranapane- ck, 1822). As três últimas foram registra- tos Ambientais [...]. Mestrado: Unoeste; (3)
ma (33.845,33 ha). É também o maior re- das apenas auditivamente e suas gravações Straube, F.C. & M.R. Bornschein (1995) Bull.
manescente de Mata Atlântica Estacional estão depositadas na plataforma on line B.O.C. 115(4): 219-225; (4) Straube, F.C. et
al. (1996) Arq. Biol. Tecnol. 39 (1): 193-214;
Semidecídua, na qual 20-50% das espé- WikiAves10,11,12. Das espécies acima men- (5) Uezu, A. (2007) Composição e estrutura
cies arbóreas perdem as folhas na estação cionadas, uma está inserida na lista ver- da comunidade de aves [...]. Doutorado: USP;
seca1. Criado como Reserva Florestal em melha de fauna ameaçada de extinção no (6) Vasconcelos, M.F. & A.L. Roos (2000) Me-
1941, passou à categoria de Parque Esta- estado de São Paulo: A. amazonica, clas- lopsittacus 3(2): 81-84; (7) Willis, E.O. & Y.
Oniki (1981) Rev. Bras. Biol. 41(1): 121-135;
dual em 1986 e, no decorrer de 65 anos, sificada na categoria vulnerável (VU)13. (8) Uezu, A. & Betini, G.S. (2003) Estudo da
perdeu mais de 9% de seu território devido Uma das principais ameaças a essa espé- Avifauna [...]. Plano de Manejo; (9) Sick, H.
a ações antrópicas2. Levantamentos avi- cie é a perda do habitat, por exemplo, a (1997) Ornitologia Brasileira; (10) Teixei-
faunísticos sistemáticos foram realizados destruição dos últimos remanescentes de ra, W.F. (2017) WikiAves <www.wikiaves.
com/2809806>; (11) Muniz, G. (2017) WikiA-
no PEMD desde 19793,4,5,6,7,8, o que gerou matas secas na região norte e noroeste do ves <www.wikiaves.com.br/2845325>; (12)
um lista com 287 espécies. No entanto, estado de São Paulo14. Muniz, G. (2017) WikiAves <www.wikiaves.
essa lista está desatualizada há 11 anos. A Este trabalho evidencia a importância com.br/2845301>; (13) São Paulo (2014) De-
importância de novos registros está ligada dos levantamentos de avifauna para o re- creto n° 60.133, de 7 de Fevereiro de 2014; (14)
Schunck, F. (2009) Amazona amazonica (Lin-
à necessidade do melhor conhecimento gistro de espécies ainda não detectadas no naeus, 1766), p. 170. In: Bressan, P.M. et al.
da composição faunística e florística das PEMD, denotando a necessidade de inven- (eds.) Fauna ameaçada de extinção no estado
UCs do Brasil, pois estas informações ser- tários contínuos para uma melhor compre- de São Paulo: vertebrados.
vem de base para a elaboração de Planos ensão do que está sendo protegido neste
de Manejo e de Conservação nestas áreas parque do extremo oeste paulista. 1
Universidade do Oeste Paulista
protegidas6. Por serem consideradas indi- (Unoeste), Rodovia Raposo Tavares Km
cadores biológicos, as aves sugerem o grau Agradecimentos 572, Bairro Limoeiro, CEP 19026-310,
de perturbação de determinado ambiente9. Ao Carlos Eduardo Oliveira Viana Presidente Prudente, SP.
Nesse sentido, estudos ornitológicos são (Oriximiná-PA) pelo apoio no desenvol- 2
, Rua Pedro Ferreira Carapeba
extremamente importantes na avaliação da vimento do manuscrito para este traba- 105, Vila Madalena de Canossa,
qualidade ambiental, corroborando com a lho; ao Museu de Zoologia da Universi- CEP 13607-084, Araras, SP.
preservação da biodiversidade local por dade de São Paulo (MZUSP), IdeaWild, 3
Universidade Tecnológica Federal do
meio da obtenção de dados quantitativos The Rufford Foudation, CNPq (processo Paraná (UTFPr), Prolongamento da
e qualitativos. Realizamos um recente le- 503496/2014-6); Eriqui Marqueti Inakazi Rua Cerejeira, s/n, Bairro São Luiz,
vantamento de aves no PEMD. Especifica- (gestor do PEMD) que permitiu e contri- CEP 85892-000, Santa Helena, PR.
mente, buscamos identificar espécies não buiu com a pesquisa de pós-doutorado do 4 Universidade Estadual Paulista
detectadas na lista oficial, isto é, Plano de autor VC, Djalma Weffort e Milton C. Ri- Júlio Mesquita Filho (Unesp),
Manejo dessa UC. beiro que auxiliaram financeiramente nos Avenida Eng. Luiz Edmundo Carrijo
O levantamento ocorreu entre os anos de trabalhos de campo do autor supracitado. Coube 14-01, Bairro Vargem Limpa,
2015 e 2017, com excursões esporádicas Este estudo foi viabilizado pela Fundação CEP 17033-360, Bauru, SP.
utilizando a metodologia de transecções li- Florestal, Instituto Florestal e Comissão 5
E-mail: wilton.felipe@outlook.com
neares em zona de uso intensivo (Sede do
Parque) e zonas de uso extensivo voltado à
visitação (Trilha do Paranapanema, Trilha
do Pedro Bill, Trilha do Barreiro da Anta,
Trilha da Lagoa Verde, Trilha da Cotia e
Trilha do Morro do Diabo), nos períodos
matutino e vespertino. Através de registros
fotográficos, gravações, observações visu-
ais e sonoras, registramos 204 espécies de
aves, 11 delas inéditas para o PEMD: Ama-
zona amazonica (Linnaeus, 1766), Cliba- Figura 1. Fura-barreira (Clibanornis rectirostris) - Figura 2. Gavião-preto (Urubitinga urubitinga) -
nornis rectirostris (Wied, 1831) (Figura 1), Parque Estadual do Morro do Diabo. Parque Estadual do Morro do Diabo.
Cyanerpes cyaneus (Linnaeus, 1766), He- Foto: Gustavo Muniz. Foto: Gustavo Muniz.

Atualidades Ornitológicas, 202, março e abril de 2018 27