Você está na página 1de 2

Internacionalização de empresas:

Os negócios internacionais referem-se ao desempenho de atividades de


comércio e investimento por empresas, através das fronteiras entre países.

Tipos de atividades: troca de ativos físicos e intelectuais, bens e serviços.

A Globalização Financeira pode ser entendida como a interação de três


processos distintos ao longo dos últimos vinte anos:

-Expansão extraordinária dos fluxos financeiros internacionais,

-Acirramento da concorrência nos mercados internacionais de capitais e

-Integração entre os sistemas financeiros nacionais.

Globalização Produtiva: Características


-Surgimento das Empresas Multinacionais;

-Investimento Direto Estrangeiro: investimento em instalações de produção e


serviço em um país estrangeiro;

-Um reflexo da crescente integração das economias nacionais.

As empresas envolvidas em NI operam em ambientes caracterizados por


uma singular, nos sistemas políticos e jurídicos e na cultura nacional.

As empresas encontram diversas variáveis incontroláveis;

O conjunto desses fatores representa elevados tipos de risco comercial aos


negócios.


A internacionalização de empresas está comumente sujeita a quatro tipos
de risco:

risco intercultural,

risco-país,

risco cambial e

risco comercial.

Por que as empresas adotam estratégias de internacionalização?


Buscar oportunidades de crescimento com a diversificação de mercado;

Obter maiores margens e lucros;

Adquirir novas ideias sobre produtos, serviços e formas de negociação;

Atender melhor a clientes importantes que se internacionalizaram;

Ficar mais próximo das fontes de suprimento, beneficiar-se das vantagens do


global sourcing ou ganhar flexibilidade no fornecimento de suprimentos;

Abordagens Econômicas: Stephen Hymer(1960)

Questionou a aplicação da teoria da movimentação do capital internacional: o


capital se move devido às diferenças das taxas de juro;

Levanta o questionamento se esta teoria se aplicaria ao investimento direto:


Investimento direto:quando o investidor controla diretamente a empresa;

Investimento em Portfólio:quando o investidor não controla o investimento


estrangeiro

Motivos para investir no exterior:


Firmas controlam empresas para eliminar a concorrência

Firmas adquirem operações no exterior para se apropriar do retorno de“certas


habilidades”.

Identificou barreiras ao investimento:economia,idioma,legislação,tratamento


desigual aplicado pelo governo local e riscos com a taxa de câmbio