Você está na página 1de 4

Abordagem do Processo - Diagrama da Tartaruga / Gestão de Risco / Matriz GUT

COM QUEM FAZER? – Funções envolvidas para a realização do


COM O QUE FAZER? – Infraestrutura necessária para a
processo, competência, experiência e treinamento.
realização das atividades do processo.
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-

SAÍDA - O que o cliente recebe


ENTRADA O QUE O CLIENTE QUER – Requisitos
-
-
-
- PROCESSO???
-
-
-
-
-
-

COMO FAZER? – São as orientações necessárias para atingir a


COMO MONITORAR? – Controles / Indicadores, são os itens conformidade com os requisitos do cliente e a melhoria da qualidade
que monitoram o processo. (Instruções, procedimentos e métodos)
- -

- -

- -

- -
REV.01 Data: 14/06/2017
- -
GESTÃO DE RISCO NOTA
PROBLEMAS APONTADOS QUE IMPEDEM O DESENVOLVIMENTO DO PROCESSO.
G U T GERAL
CLASS. Monitoramento / Controle

Essa ferramenta gerencial é utilizada para priorizar a tomada de decisão, levando em consideração a gravidade, a urgência
e a tendência do evento relacionado (multiplicar os três valores para dar a Nota Geral). A partir dessas variáveis, conforme a
classificação, o gestor do processo pode agir com base em um escalonamento, identificando quais complicações devem ser
resolvidas primeiro. Após, apontar a forma de Monitoramento / Controle que é realizado sobre o risco apontado. Se verificado uma
nota geral muito alta, que o risco é muito impactante e que a forma de monitoramento ou controle não são satisfatórios, que não está
bem fundamentado, um Plano de Ação deve ser aberto para eliminar os Riscos impactantes ou minimizar o mesmo. A avaliação
desses riscos deve ser realizada pelo Engenheiro para sua validação. O Gestor de Qualidade deve ser comunicado para a abertura
do Plano de Ações.

REV.01 Data: 14/06/2017


O que é e como montar uma Matriz GUT (Gravidade, Urgência e Tendência)
O que é: É uma ferramenta de auxílio na priorização de resolução de problemas. A matriz serve para classificar cada problema que
você julga pertinente para a sua empresa pela ótica da gravidade (do problema), da urgência (de resolução dele) e pela tendência
(dele piorar com rapidez ou de forma lenta).

Conceitos Essenciais da Matriz GUT

Não existe muito mistério quando o assunto é a matriz GUT. Os conceitos essenciais dessa ferramenta de gestão passam pelo
entendimento dos 3 atributos de classificação de problemas. Vamos ver cada um deles:

Gravidade – É analisada pela consideração da intensidade ou impacto que o problema pode causar se não for solucionado. Tais
danos podem ser avaliados quantitativa ou qualitativamente. Um problema grave pode ocasionar a falência da sua empresa, na
perda de clientes importantes ou mesmo em danificação da imagem pública da organização. A pontuação da gravidade varia de 1 a
5 seguindo o seguinte critério:

1. Sem gravidade
2. Pouco grave
3. Grave
4. Muito grave
5. Extremamente grave

Urgência: É analisada pela pressão do tempo que existe para resolver determinada situação. Basicamente leva em consideração o
prazo para se resolver um determinado problema. Pode se considerar como problemas urgentes prazos definidos por lei ou o tempo
de resposta para clientes. A pontuação da urgência varia de 1 a 5 seguindo o seguinte critério:

1. Pode esperar
2. Pouco urgente
3. Urgente, merece atenção no curto prazo
4. Muito urgente
5. Necessidade de ação imediata
REV.01 Data: 14/06/2017
Tendência: É analisada pelo padrão ou tendência de evolução da situação. Você pode analisar problemas, considerando o
desenvolvimento que ele terá na ausência de uma ação efetiva para solucioná-lo. Representa o potencial de crescimento do
problema, a probabilidade do problema se tornar maior com o passar do tempo.

1. Não irá mudar


2. Irá piorar a longo prazo
3. Irá piorar a médio prazo
4. Irá piorar a curto prazo
5. Irá piorar rapidamente

Como montar a Matriz GUT

Agora que já entendemos o conceito dos atributos de classificação da matriz GUT, podemos ver o passo a passo para montar a
sua. Esse é um exercício de entendimento de quais são os seus principais problemas e, por isso, precisamos estabelecer um passo
a passo para que esse processo seja organizado e te dê os resultados que você espera:

Passo 1 – Liste seus problemas

Passo 2 – Classifique seus problemas para cada uma das 3 variáveis (Gravidade, Urgência e Tendência)

Passo 3 – Faça o ranking dos seus principais problemas (multiplicando as 3 notas)

Passo 4 – Analise onde estão seus pontos fracos (ranking principais problemas)

Passo 5 – Elabore planos de ação com prazos e responsáveis para solucionar ou diminuir os problemas impactantes.

Um Plano de Ação deve ser aberto para eliminar os Riscos impactantes ou minimizar o mesmo. A avaliação desses riscos
deve ser realizada pelo Engenheiro para sua validação. O Gestor de Qualidade deve ser comunicado para a abertura do Plano de
Ações.
REV.01 Data: 14/06/2017

Interesses relacionados