Você está na página 1de 6

Ponte rolante

O que é a ponte rolante?

A ponte rolante é um equipamento usado no transporte e elevação de cargas, geralmente em


instalações industriais. Trata-se de uma estrutura que fica suspensa, normalmente dentro de
uma edificação, e que desloca cargas e materiais no sentido vertical, transversal e longitudinal.

Qual é a diferença entre as pontes rolantes e os pórticos rolantes?

São similares aos pórticos rolantes, com a diferença principal de que estes são independentes
da estrutura do edifício por contarem com quatro colunas portantes montadas sobre chassis.

Como ocorre a movimentação dos equipamentos nas pontes rolantes?

O equipamento se desloca sobre dois trilhos elevados e paralelos.

Como costumam ser classificadas as pontes rolantes?

Pode ser classificado de acordo com a capacidade de carga (t) ou, então, em função da
frequência de utilização (ocasional, leve, moderado, constante, pesado).

A capacidade de carga pode variar de 0,5 a 300 t - mas, de forma geral, as pequenas têm uma
potência de carga de até 3 t e as grandes podem chegar até 120 t.

Comente sobre o vão das pontes rolantes.

As pontes podem ser montadas em pequenos vãos, de aproximadamente 6 m, até em grandes


vãos que chegam a 30 m.
Quais são os componentes principais das pontes rolantes?

As pontes rolantes são formadas pelos seguintes elementos principais:

- Ponte ou viga principal: direção transversal do edifício;

- Viga de rolamento: direção longitudinal do edifício;

- Carro talha;

- Talha;

- Caminho de rolamento.

O que é a ponte ou viga principal?

A ponte ou viga principal é a estrutura basal do equipamento que faz o movimento de translação
da ponte e cobre o vão de trabalho. A(s) viga(s) principal(is) suporta(m) maior parte dos demais
componentes do equipamento. Pode ter uma única viga (univiga) ou duas (biviga), ser suspensa
ou de paredes.

Onde estão localizadas as cabeceiras?

As cabeceiras estão localizadas nas extremidades da viga principal. Nelas estão fixadas as rodas
que permitem o movimento de translação da ponte rolante (mas em relação ao edifício esse
movimento é na longitudinal). Estas rodas se movem sobre os trilhos que compõem o caminho
de rolamento.

Qual é a função da viga de rolamento?

A viga de rolamento faz a escora dos trilhos sobre os quais as cabeceiras da ponte se deslocam.
Normalmente, as vigas de rolamento são instaladas na estrutura da edificação em que a ponte
rolante opera. A viga de rolamento é parte da estrutura mencionada na norma NBR 8800.

O que é o carro talha?

O carro talha se movimenta sobre as vigas principais da ponte. Ele abriga os mecanismos do
sistema de elevação (talha). Por isso, o carro é responsável pelo deslocamento transversal e
vertical da carga.

Comente sobre a talha.

Acoplada ao carro da ponte, a talha é responsável pelo movimento de elevação da carga.


Geralmente, ela utiliza um cabo de aço para levantar um bloco de gancho e motor elétrico e
outros dispositivos como freio eletromagnético.

O que é o caminho de rolamento?

Trata-se de um par de trilhos fixados nas vigas de rolamento. Servem como caminho para o
deslocamento longitudinal da ponte rolante.

Quais são os tipos de equipamento?


Os tipos mais comuns de ponte rolante são definidos de acordo com a forma de apoio da
estrutura principal (sobre ou sob os trilhos) e de acordo com a quantidade de vigas (uma ou
duas). As tipologias podem combinar entre si.

Quais são os tipos de apoios para a ponte/viga rolante?

Os tipos de apoios são os seguintes:

Ponte rolante apoiada: a viga da ponte rolante corre por cima dos trilhos do caminho de
rolamento, os quais são sustentados pelas colunas da edificação;

Ponte rolante suspensa: as cabeceiras estão localizadas nas extremidades da viga principal.
Nelas estão fixadas as rodas que permitem o movimento de translação da ponte rolante. Estas
rodas se movem sobre os trilhos que compõem o caminho de rolamento.

Quais são as quantidades de ponte/viga rolante?

As quantidades de de pontes/apoios são as seguintes:

Univiga: a ponte rolante univiga (ou monoviga) conta com uma única viga na cobertura de seu
vão, no sentido transversal.
Dupla-viga: a ponte dupla-viga (ou biviga) é formada por duas vigas paralelas que cobrem o vão
de trabalho. O carro-talha é apoiado e se move sobre (ou sob) as duas vigas. O aproveitamento
da altura é maior nessa estrutura, já que o gancho de carga pode ser içado entre as duas vigas
principais. Em comparação com as pontes do tipo univiga, podem ter maior capacidade de carga
(o que depende dos demais componentes do conjunto).

Ponte rolante suspensa: casos em que não há possibilidade de construção de uma estrutura
de apoio para as cabeceiras (extremos da viga rolante) e também para locais que exigem vão
grandes;

Ponte rolante de paredes: solução para atender várias estações de trabalho sem necessidade
de cobrir toda a largura da nave da sua planta e também quando existem limitações de
mobilidade no chão. A ponte/viga principal fica fixa e não se movimenta na direção longitudinal
do galpão.
Comente sobre a operação das pontes rolantes.

A ponte rolante tem seus movimentos longitudinal, transversal e vertical garantidos por motores
elétricos. Dependendo do tamanho e potência do equipamento, os movimentos podem ser
comandados por:

- Controle remoto via radiofrequência;

- Um operador na cabine; ou

- Botoeira pendente (painel com botões): embora mais comum, a botoeira pode aumentar o risco
da operação (devido à proximidade do operador com a carga movimentada), além de diminuir a
produtividade.

Como ocorre o deslocamento da ponte principal?

O deslocamento da viga principal é feito no sentido longitudinal do edifício (nos dois sentidos)
pela extensão dos trilhos. As velocidades longitudinais de uma ponte giram em torno de 1 m/min
a 60 m/min.

Como ocorre o deslocamento do carro-talha?

O movimento transversal é feito graças à movimentação do carro sobre ou sob a ponte.

Comente sobre o guincho.


Anexo ao carro-talha, a talha conta com mecanismos para suspender verticalmente as cargas.
Essa suspensão é feita do nível do chão até, aproximadamente, a altura da viga principal. A
movimentação ascendente ou descendente é feita pelo enrolamento ou desenrolamento do cabo
de aço ou corrente ao qual está preso o gancho

Você também pode gostar