Você está na página 1de 1

Texto I

Lixo

A partir da Revolu��o Industrial, as f�bricas come�aram a produzir objetos de


consumo em larga escala e a introduzir novas embalagens no mercado, aumentando
consideravelmente o volume e a diversidade de res�duos gerados nas �reas urbanas. O
homem passou a viver ent�o a era dos descart�veis, em que a maior parte dos
produtos � desde guardanapos de papel e latas de refrigerantes, at� computadores �
� utilizada e jogada fora com enorme rapidez.

Ao mesmo tempo, o crescimento acelerado das modernas metr�poles fez com que
as �reas dispon�veis para colocar o lixo se tornassem escassas. A sujeira acumulada
no ambiente aumentou a polui��o do solo, das �guas e piorou as condi��es de sa�de
das popula��es em todo o mundo, especialmente nas regi�es menos desenvolvidas. At�
hoje, no Brasil, a maior parte dos res�duos recolhidos nas grandes cidades �
simplesmente jogada sem qualquer cuidado em dep�sitos existentes nas �reas
perif�ricas.

A quest�o �: o que fazer com tanto lixo?

(Adaptado. Internet.)

O texto traz muitos pares de substantivo + adjetivo (ou vice-versa). O par em que a
troca de posi��o do adjetivo faz com que seja poss�vel a mudan�a de sentido �
a) modernas metr�poles.
b) novas embalagens.
c) enorme rapidez.
d) crescimento acelerado.
e) grandes cidades.