Você está na página 1de 3

ROTEIRO

A -Considerações preliminares

B - Histórico do Município e suas primeiras residências

C - As obras de Engenharia e Arquitetura:

D – Imóveis Tombados e Patrimônio


Obrigação de fazer
Obrigação de NÂO fazer

E- O problemas mais comuns em Imóveis Tombados

F- Estudo das anomalias


 Método de análise adotado
 Diagnóstico
 Medidas Corretivas
 Quanto à presença de umidade
 Quanto às falhas no revestimento
 Quanto à presença de vegetação e ninhos
 Quanto à degradação da pintura
 Quanto às falhas nas conexões hidráulicas
 Outros problemas

G – Histórico de acionamentos anteriores, eventuais ações ou outras medidas


administrativas.

H – O Imóvel
H.1 –Dados do Imóvel:
H.2 – Histórico do imóvel objeto
H.3 - A construção:
H.4 - Uso inicial do imóvel:
H.5 – Detalhes arquitetônicos do edifício:
H.6 – Modificações através dos anos:
H.8 – Considerações do tombamento do imóvel
H.8.1 - A visibilidade do imóvel em questão
H.8.2 - Atual estado de conservação e as modificações sobre o imóvel
H.9 – A Obra e seus projetos
H.10 – Vistoria do imóvel
H.10.1 - Anomalia construtiva - Grau de risco: crítico
H.10.2 - Anomalia funcional - Grau de risco: crítico.
H.10.3 - Falhas de uso e manutenção
H.11 – Prioridades técnicas no imóvel em questão e recomendações
H.12 – Qualidade da manutenção atual no imóvel:
H.13 – Uso atual no imóvel

I – Relatório fotográfico
J – Sugestão para o imóvel tombado
CONCEITOS
 REABILITAÇÃO
 CONSERVAÇÃO
 RESTAURAÇÃO
 ALTERAÇÃO
 MANUTENÇÃO
 REFORMA
 REPARO
 RETROFIT