Você está na página 1de 4

Meio: Imprensa Pág: 96

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76892046 01-10-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 1 de 4

CONDUÇÃO
TECNOLOGIA RENAULT

QUESTÃO
DE BERÇO
O novo Alpine A110 já não tem "Renault" no nome, mas tem-
no em toda a sua alma. Desenvolvido com os ensinamentos
e tecnologias da casa-mãe, é uma lufada de ar fresco no
segmento e "terreno de cultura" para toda a gama
Meio: Imprensa Pág: 97

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76892046 01-10-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 2 de 4

it
_
h:u-qi;j20.M4iy.
11111#11 11
'atuir

pim

k.

longa experiência adquiri- cimento, tanto na sua imbatível ficha técnica, onde o baixo EVOLUÇÃO
da pela Renault nas pistas e peso se alia às potencialidades mecânicas, como no tipo de Os desportivos
do Renault são
troços de ralis permite-lhe afinações e aperfeiçoamentos dinâmicos aplicados. O resul- tubos de ensaio
ter hoje na sua gama mode- tado é aquele que já aqui considerámos um dos carros mais para a evolução
los desportivos cheios de ca- entusiasmantes de conduzir dos últimos anos e cuja produ- constante
ráter e com potencialidades ção já não chega para as encomendas. que culmina
nos carros de
capazes de ombrear com a Enormemente influenciados pela Renault Sport e bem for- produção
mais refinada concorrência. necidos pelo banco de órgãos do Grupo, os engenheiros de
Por outro lado, é o desen- Dieppe conseguiram transportar para este carro a verdadei-
volvi mento destes modelos- ra alma francesa que, na realidade, também sentimos quan-
-referência que constitui o do tomamos o volante de um Clio, de um Megane, de um
terreno de cultura para as soluções que depois se estendem a Espace.
toda a gama Renault, do Espace ao Clio, passando pelas ver- A equipa responsável pelo novo Alpine não quis fazer um
sões desportivas GT Line e R.S. O novo Alpine Alio é talvez carro radical como o Alfa 4C nem um carro tão caro como
o modelo que melhor espelha esse concentrado de conhe- o Porsche Cayman. Seguindo os ensinamentos da casa-mãe
Meio: Imprensa Pág: 98

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76892046 01-10-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 3 de 4

O CONDUÇÃO
TECNOLOGIA RENAULT

A AERODINAMICA
DO ALPINE
FAVORECE AS
PERFORMANCES,
A EFICIÊNCIA E ATÉ
A ESTÉTIC/-

Renault, o Alio teria de ter alma própria: ser leve e ágil, com de custo e, acima de tudo, de peso. São 2,5 kg a menos, um
um comportamento macio, aveludado, mas eficaz e despor- dos inúmeros contributos para que o A lio acuse no final uns
tivo, sendo também acessível. Uma fórmula tipicamente suaves 1103 kg na balança, responsáveis pela sua condução
francesa, que traz uma lufada de ar fresco ao segmento dos ágil e, ao mesmo tempo, macia. À francesa ...
coupés de dois lugares com motor central. Para percebermos até que ponto a Renault desenvolve o fu-
O Alpine Alio está equipado com um novo motor de 1.8 li- turo para o aplicar em cascata em todos os seus modelos bas-
tros e quatro cilindros com turbo, desenvolvido pela Aliança ta lembrar a verdadeira origem destas mesmas tecnologias.
Renault-Nissan. Junto com a Renault Sport, os engenheiros Este tipo de travão integrado foi-nos mostrado pela primeira
da Alpine personalizaram para o Alto o bloco que também é vez quando fomos guiar o protótipo Renault Eolab (2014) em
utilizado no Renault Mégane R.S., aplicando-lhe uma admis- Mortefontaine, onde a marca nos garantiu que esta e outras
são especifica, um turbo também diferente e uma afinação soluções ali mostradas estariam em breve nas linhas de pro-
ao gosto dos homens da marca fundada por Jean Rédélé. O dução. Ela aqui está, em vias dc se estender à restante gama,
resultado é uma potência de 252 cv e um binário máximo de como já aconteceu com os vidros mais finos e leves, os cada
320 Nm. vez mais sofisticados ecrãs do habitáculo do sistema R-Link
Para além da experiência da Renault, o A lio reúne muitas z, os próprios painéis de carroçaria cada vez menos pesados
tecnologias e inovações do Grupo, em muitos casos invisí- apesar de mais resistentes, montados através de colagem e
veis ou mesmo pouco comunicadas, mas que encontramos, cada vez menos com recurso às caras e pesadas soldaduras.
ou viremos a encontrar, nos modelos Renault destinados à A própria aerodinâmica exibe soluções no Alio que sào
garagem de cada um de nós. A caixa de velocidades EDC de igualmente aplicadas aos restantes modelos da marca fran-
dupla embraiagem, utilizada na gama Clio e Mégane, entre cesa, como o Mégane R.S. O exemplo mais óbvio está no difu-
outras, é um desses exemplos. sor traseiro, que no Alpine é responsável por boa parte da sua
Outro caso concreto que a muitos escapa e que nos permi- elevada força descendente e reduzido arrasto, dispensando
te perceber até que ponto as tecnologias aqui estreadas têm asas e apêndices externos.
como destino final os carros de todos os dias, está nos tra- Tanto no Mégane como no Alpine o difusor está conjugado
vões do Alpine. As rodas traseiras não têm pinça secundária com um escape central de formato muito parecido. Não é por
para o travão de mão elétrico. Em vez disso, este componen- acaso. 'rodos estes ensinamentos são recolhidos ao longo do
te está integrado no travão principal. Um ganho de espaço, tempo nas corridas, incluindo na Formula 1, disciplina onde
Meio: Imprensa Pág: 99

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 15,92 x 25,58 cm²

ID: 76892046 01-10-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 4 de 4

EM CASCATA
A gama de veiculas familiares Renault e Dacia é talvez a maior beneficiária das inovações tecnológicas estreadas
nos modelos mais desportivos. A eficácia dinâmica dos diversos crossovers do grupo é a prova final dos beneficies
das partilhas de plataformas, motores, suspensões, eletrônico

a relação do carro com o vento é decisiva para os resultados, curva, seja ao explorar a eficaz e confortável suspensão, afinada
sendo depois transportados para os carros de produção. Por- para o rigor, seja explorando as tecnologias mais sofisticadas e
que a gama Renault inclui versóes desportivas em todos os caras que fazem a diferença num Mégane R.S., mas que a Re-
segmentos, todas elas afinadas pela mesma escola, benefi- nault gosta de colocar também ao dispor da segurança de cada
ciando dos mesmos ensinamentos. família, como o eixo traseiro direcional 4Control, disponível
Do novo Renault Twingo GT ao Alpine, passando pelo Cl io R.S mesmo na carinha Mégane Sport Tourer e capaz de fazer o car-
e Mégane R.S., a "escola" é a mesma e o condutor sente-o a cada ro curvar corno se estivesse sobre carris. O

DA PISTA
PARA A
ESTRADA
O sistema de
quatro rodas
direcionais
4control tanto
pode melhorar
tempos em pista
como salvar
vidas na estrada