Você está na página 1de 11

1 de 7

B & C CLIMATIZACAO E REFRIGERACAO LTDA


CNPJ: 10.561.534/0001-40
RUA DEMÉTRIO RIBEIRO – 106 – BLOCO 02 APTO 906
B. CENTRO - CEP 88.020-700 - FLORIANÓPOLIS/SC

PROFISSIONAL HABILITADO: ALEX LUIZ DE SOUZA LEANDRO


CREA-SC: 136477-3

PMOC

PLANO DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE

CONDICIONADORES DE AR

JESSICA GOULARTE DE JESUS ROQUE


ARTE DO SABER
CNPJ: 21.290.147/0001-33
R. JOAO LODETTI, N 47
CENTRO, CEP 88.820-000
IÇARA - SC

RELATÓRIO Nº: 043361B

CRICÍUMA, SETEMBRO 2018


2 de 11

APRESENTAÇÃO

Plano de manutenção, operação e controle voltado a sistemas de


condicionamento de ar, desenvolvido por profissional habilitado a fim de cumprir as
regulamentações vigentes no país.
O PMOC visa planejamento e implantação de manutenção periódica com intuito
de garantir a qualidade do ar nos ambientes climatizados, exigência essa voltadas a
sistemas de climatização em ambientes comerciais.
O presente PMOC atua sobre manutenção de sistema de condicionamento de ar
na empresa JESSICA GOULARTE DE JESUS ROQUE – ARTE DO SABER que conta
com sistema de capacidade total de 91.500 BTU/h.
Esse relatório serve como complemento a ART (Anotação de Responsabilidade
Técnica).

EMBASAMENTO NORMATIVO

- LEI Nº 13.589, DE 4 DE JANEIRO DE 2018.


- RESOLUÇÃO - RE nº 9, da ANVISA de 16 de janeiro de 2003.
- PORTARIA Nº 3.523, do Ministério da Saúde de 28 de agosto de 1998.
- ABNT NBR 7256/2005: Tratamento de ar em estabelecimentos assistenciais de saúde
(EAS) – Requisitos para projeto e execução das instalações (Edição Segunda)
- ABNT NBR 6401/1980: Instalações centrais de ar-condicionado para conforto -
Parâmetros básicos de projeto.
- ABNT NBR 14679/2001: Sistemas de condicionamento de ar e ventilação - Execução
de serviços de higienização.

IDENTIFICAÇÃO DO AMBIENTE OU CONJUNTO DE AMBIENTES

JESSICA GOULARTE DE JESUS ROQUE


ARTE DO SABER
CNPJ: 21.290.147/0001-33
R. JOAO LODETTI, N 47
CENTRO, CEP 88.820-000
IÇARA - SC

AMBIENTES: Escritório
Salas de ensino
Berçários
3 de 11

RELAÇÃO DE AMBIENTES CLIMATIZADOS

ÁREA CARGA
N° DE OCUPANTES TIPO DE
COD. DEPARTAMENTO CLIMATIZADA TÉRMICA
ATIVIDADE (m²) (BTU/h)
FIXO FLUTUANTE
Sala Nível 01
01 01 12 Educacional 16,80 12.000
(N1A)
02 Escritório 01 02 Administrativa 8,57 7.500
Sala Maternal 01
03 01 10 Educacional 13,66 12.000
(M1)
Sala Berçário 02
04 02 18 Educacional 24,68 18.000
(B2)
Sala Nível 01
05 01 08 Educacional 11,86 12.000
(N1B)
Sala Maternal 02
06 01 12 Educacional 17,20 12.000
(M2)
Sala Berçário 01
07 01 10 Educacional 24,80 18.000
(B1)
TOTAL 91.500
Tabela 01 – Relação de ambientes climatizados.

RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS

A seguir são identificados todos os equipamentos de condicionamento de ar que


são utilizados nas instalações da empresa ARTE DO SABER:

01 SALA NÍVEL 01 (N1A):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: SAMSUNG
Modelo: AS12UWBUNXAZ
Potência: 12.000 BTU

02 ESCRITÓRIO:

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “JANELA”
Marca: SPRINGER
Modelo: QCAA078BBB
Potência: 7.500 BTU

03 SALA MATERNAL 01 (M1):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: SAMSUNG
Modelo: AS12UWBUNXAZ
Potência: 12.000 BTU
4 de 11

04 SALA BERÇÁRIO 02 (B2):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: ELECTROLUX
Modelo: EASE09P6CHLWU
Potência: 9.000 BTU

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: SAMSUNG
Modelo: AQ09UWBUNXAZ
Potência: 9.000 BTU

05 SALA NÍVEL 01 (N1B):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: SAMSUNG
Modelo: AS12UWBUNXAZ
Potência: 12.000 BTU

06 SALA MATERNAL 02 (M2):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: SAMSUNG
Modelo: AS12UWBUNXAZ
Potência: 12.000 BTU

07 SALA BERÇÁRIO 01 (B1):

Identificação: N/A
Equipamento: Ar condicionado Tipo “SPLIT”
Marca: PHILCO
Modelo: PAC18000QFM6
Potência: 18.000 BTU
5 de 11

PLANEJAMENTO DE MANUTENÇÃO

Cada unidade de condicionamento de ar deve passar por manutenção de acordo


com a periodicidade necessária, e deve ser realizada por profissionais qualificados. As
atividades básicas requeridas e a periodicidade da manutenção do sistema de
condicionamento de ar são indicadas na tabela abaixo.

PLANO DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE


SISTEMA DE CONDICIONAMENTO DE AR

PERIODICIDADE

1 FILTROS DE AR
1.1 Limpar o elemento filtrante ou substituir em casos de avarias MENSAL

1.2 Verificar danos e corrosão do suporte e existência de frestas MENSAL

1.3 Verificar e corrigir o ajuste de moldura do filtro na estrutura MENSAL

2 BANDEJAS
2.1 Verificar a operação de drenagem do condensado da bandeja. MENSAL

2.2 Lavar e remover biofilme com produto biodegradável. TRIMESTRAL

2.3 Verificar danos e corrosão. TRIMESTRAL

2.4 Verificar vazamentos e corrigir, se necessário. MENSAL

3 EVAPORADORES
3.1 Lavar e remover biofilme com produto biodegradável. TRIMESTRAL

3.2 Verificar a existência de danos e corrosão no aletado e moldura. TRIMESTRAL

4 GABINETES
4.1 Lavar externamente. MENSAL

4.2 Lavar internamente. TRIMESTRAL

4.3 Verificar e eliminar danos e corrosão. TRIMESTRAL

Verificar a vedação dos painéis de fechamento, fixação e danos, substituindo, se


4.4 MENSAL
necessário.
Verificar o estado de conservação do isolamento termo acústico e substituir na
4.5 TRIMESTRAL
existência de bolor.
4.6 Verificar e eliminar ruídos anormais e/ou vibrações. MENSAL

4.7 Verificar o mecanismo de renovação de ar. MENSAL

4.8 Verificar botoeiras, knobs, etc. e repor se necessário. MENSAL

4.9 Verificar atuação do termostato e chave seletora. MENSAL

5 CONDENSADORES
5.1 Lavar e remover incrustações. TRIMESTRAL
6 de 11

5.2 Verificar a existência de danos e corrosão no aletado e moldura. TRIMESTRAL

6 VENTILADORES
6.1 Verificar e eliminar sujeira, danos e corrosão. SEMESTRAL

6.2 Verificar fixação e amortecedores de vibração. SEMESTRAL

6.3 Verificar ruído dos manuais e lubrificar, se necessário. MENSAL

7 MOTORES ELÉTRICOS
7.1 Verificar e corrigir fixação e amortecedores de vibração. SEMESTRAL

7.2 Limpar e verificar danos e corrosão. SEMESTRAL

7.3 Verificar aterramento. MENSAL

8 COMPRESORES
8.1 Verificar e eliminar sujeiras, danos e corrosão. TRIMESTRAL

8.2 Verificar fixação e vibrações ou ruídos anormais. MENSAL

8.3 Verificar aterramento. MENSAL

9 CIRCUITO REFRIGERANTE
9.1 Verificar e corrigir fixação, danos e corrosão das tubulações. SEMESTRAL

9.2 Verificar isolamento térmico e substituir, se necessário. TRIMESTRAL

9.3 Verificar e corrigir vazamentos de gás, se necessário. MENSAL

10 MEDIÇÕES
10.1 Tensão, comparar com a nominal. MENSAL

10.2 Corrente, comparar com a nominal. MENSAL

10.3 Vazões de ar. ANUAL

10.4 Temperatura de retorno do ar. MENSAL

10.5 Temperatura de insuflamento. MENSAL

10.6 Isolamento entre as fases e para a carcaça do compressor e motor ventilador. SEMESTRAL

11 CIRCUITO ELÉTRICO
11.1 Verificar disjuntores, tomadas, plugs e rabichos. MENSAL

11.2 Verificar todos os contatos (terminais) elétricos, quanto ao aperto e corrosão. TRIMESTRAL

12 APARELHO / UNIDADE EVAPORADORA


Remover e transportar até oficina para abertura, verificação, limpeza e revisão geral
12.1 ANUAL
de todo conjunto.
12.2 Tratamento anticorrosivo da base do chassi e demais componentes necessários. ANUAL

12.3 Lubrificação e ajustes.. ANUAL

12.4 Testes e medição em bancada. ANUAL


Tabela 02 – Plano de manutenção operação e controle.
7 de 11

Todas as atividades realizadas devem ser registradas e assinadas e devem ser


anexadas ao PMOC como registro e para controle de manutenção.
É interessante anexar aos registros informações importantes sobre a
manutenção inclusive fotos que ilustrem situações encontradas e situação após
finalização da manutenção.
De acordo com a periodicidade indicada os o planejamento anual de manutenção
é informado na tabela abaixo.

DATA ATIVIDADE MENSAL ATIVIDADE TRIMESTRAL ATIVIDADE SEMESTRAL ATIVIDADE ANUAL


fev/18 Realizar
mar/18 Realizar Realizar Realizar Realizar
abr/18 Realizar
mai/18 Realizar
jun/18 Realizar Realizar
jul/18 Realizar
ago/18 Realizar
set/18 Realizar Realizar Realizar
out/18 Realizar
nov/18 Realizar
dez/18 Realizar Realizar
jan/19 Realizar
Tabela 03 – Cronograma de manutenção dos condicionadores de ar

A manutenção dos condicionadores de ar deve ser realizada nos meses


indicados sem ultrapassar a periodicidade máxima indicada.

MENSURANDO DE QUALIDADE DE AR

Além da do planejamento de manutenção é necessário a realização de


avaliações quantitativas da qualidade do ar nos ambientes internos. Essa avaliação
deve ser realizada por empresa especializada semestralmente, realizando o registro
das medições realizadas.
Os valores aceitáveis segundo ABNT NBR 6401 e RE 09 são informados na
tabela 03.

Contaminação Valor máximo recomendado ≤ 750 ufc/m³


microbiológica Conceito de normalidade I/E ≤ 1,5
Contaminação Renovação de Ar ≤1000 ppm CO2
Química Pureza do Ar aerodispersóides ≤ 80µg/m³
23 - 26°C (recomendada)
Temperatura de Bulbo Seco
26,5 - 27°C (máxima)
Parâmetros Físicos
40-65% (recomendada)
Umidade Relativa
65% (máxima)
8 de 11

Velocidade do ar < 0,25 m/s (h=1,50 m)


27m³/hora/pessoa (mínimo)
Renovação de Ar
17 m³/hora/pessoa (local movimentado)
Filtros de Capitação G1 (mínimo)
Tabela 04 – Valores recomendáveis segundo NBR6401 e RE 09.

O procedimento de análise quantitativa deve ser realizado por profissional com


competências legais para exercer os procedimentos e análises, sendo profissional de
nível superior com habilitação em área química e na área de biologia.
Caso qualquer condição do ar esteja fora das condições definidas, deve-se
promover a correção das condições, realizar registro das mesmas e realizar a
divulgação dos resultados e correções aos ocupantes do ambiente climatizado.

RECOMENDAÇÕES

 Qualquer situação considerada de emergência ou de risco a saúde deve ser


informada ao responsável técnico para que o mesmo tome as providências cabíveis;
 Deve se seguir o PMOC, os prazos e requerimentos indicados.
 Disponibilizar aos ocupantes do ambiente climatizado informações sobre
manutenções e valores de análises realizadas;
 Responsabilidade pela implantação, execução e inspeção é de responsabilidade do
responsável técnico pela manutenção dos equipamentos;
 Qualquer alteração na capacidade de refrigeração, ou adição de outros
condicionadores de ar deve ser informada para atualização do PMOC;
 Em eventuais falhas nos aparelhos de ar condicionado, deve-se verificar os
manuais, aos quais descrevem as possíveis causas de defeitos e suas respectivas
recomendações. Se não houver relação da falha ocorrida no manual, deve-se
desligar o aparelho, retirá-lo da tomada e entrar em contato com o responsável
técnico de manutenção.
 A responsabilidade pela execução e preenchimento do planejamento, manutenção,
operação e controle fica sob responsabilidade da CONTRATANTE, visto sua
solicitação e por possuir equipes de manutenção própria.
9 de 11

CONCLUSÃO

Com o desenvolvimento do plano de manutenção, operação e controle dos


sistemas de condicionamento de ar, é possível programar a manutenção dos
equipamentos, para alcançar uma boa qualidade do ar, evitando problemas respiratórios
e de saúde.

Além do planejamento é necessário que a implantação e execução do PMOC


seja aconteça dentro dos períodos estabelecidos, e a análise do ar realizada por
profissional habilitado.

A inspeção gerou ART de N° 6718019-4

_________________________________ _________________________________
ALEX LUIZ DE SOUZA LEANDRO JESSICA GOULARTE DE JESUS ROQUE
Engenheiro Mecânico CNPJ: 21.290.147/0001-33
CREA-SC: 136477-3

VALIDADE DO DOCUMENTO: 19/09/2019


10 de 10

ANEXOS
11 de 11

Anexo 01 – Planta baixa das áreas do PMOC (Algumas áreas não estão contidas nessa
planta)

Você também pode gostar