Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG

ESCOLA DE ENGENHARIA – EE
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

VERSÃO - 1

TRABALHO FINAL DE ARQUITETURA E URBANISMO - Turma “A”- 2018

Regras gerais
No trabalho final da disciplina de Arquitetura e Urbanismo, de 2018, os estudantes
farão o projeto arquitetônico de um edifício residencial com apartamentos de um e dois dormitórios
(ou mais). Pelo menos um apartamento do edifício deverá ter acessibilidade conforme a NBR
9050.
Os projetistas deverão seguir a legislação vigente em Rio Grande (Plano diretor e
Código de obras) bem como as demais normas pertinentes.
O projeto deverá buscar a composição formal das fachadas (mesmo daquelas não
desenhadas) bem como a coerência técnica da estrutura (deverão ser pré-dimensionados os
elementos estruturais: vigas, pilares e lajes).
OBS.: Os grupos deverão ser formados por, no máximo, cinco (05)
estudantes. Só poderão compor grupos juntos, os estudantes que conseguirem obter
pontuação superior a 50% da nota do primeiro trabalho.

Terreno
O terreno onde deverá ser elaborado o projeto está localizado na Rua Padre Nilo Golo,
esquina com a Rua 13, s/nº, conforme indicado na planta de situação da figura 01.

Figura 01 – Croqui da Planta de Situação do Terreno – sem escala.


OBS.: Os estudantes deverão formar os grupos até o final do mês de julho de 2018

_____________________________________________________________________________________
Prof. Alessandro Morello - Sala EG 206 - Fone: 3293-5417 e-mail: alessandromorello@furg.br
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
ESCOLA DE ENGENHARIA – EE
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2.1 - Foto do Terreno


A seguir, na figura 02, é apresentada uma imagem do terreno para auxiliar na
localização do imóvel.

Figura 02 – Foto do terreno


OBS.: Aconselha-se que os estudantes visitem o local para observar a posição de
postes, árvores, construções lindeiras e outros condicionantes e determinantes do projeto.

Programa de Necessidades
O edifício deverá ter três pavimentos sendo que nenhum deles poderá ser igual aos
demais. No mínimo deverão ser previstos 9 apartamentos (ou mais) com um e dois dormitórios
(ou mais). Um desses apartamentos, obrigatoriamente, deverá ter acessibilidade em todos os
compartimentos, bem como as calçadas do entorno.
O programa de necessidades será composto pelos seguintes itens mínimos:
Área privativa dos apartamentos:
Sala de estar;
Cozinha;
Espaço para refeições, pode ser Sala de jantar ou Copa dentro da cozinha;
Área de serviço (ou lavanderia);
Um e dois dormitórios (ou mais);
Circulação;
Sanitários, lavabos ou banheiros (a critério dos projetistas);
Sacada(s)
Churrasqueiras (em sacadas ou nas cozinhas).

_____________________________________________________________________________________
Prof. Alessandro Morello - Sala EG 206 - Fone: 3293-5417 e-mail: alessandromorello@furg.br
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
ESCOLA DE ENGENHARIA – EE
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Outros compartimentos poderão ser inseridos caso os projetistas julguem


necessário.

Área coletiva:
Previsão de vagas para veículos conforme o plano diretor;
Salão de festas ou espaço fitness ou sala de jogos (escolher um dos três);
Espaço aberto com brinquedos para crianças (escorregador, balanço, etc.)
Central de gás (GLP), com espaço para os recipientes e armários com
marcadores e registros ou espaço para o gás em condição segura para
cada apartamento;
Previsão de espaço para caixas de correspondência junto à entrada do
prédio;
Previsão de espaço para equipamentos de prevenção de incêndio junto à
circulação horizontal (extintores e hidrantes, se necessário);
Espaço para lixo (reciclável e orgânico – separados);
Local para guardar bicicletas (no mínimo 9);
Circulação horizontal e vertical (Escada);
Espaço para os medidores de energia (de acordo com o número de
apartamentos e o do condomínio);
Reservatórios para água potável – inferior e superior (a ser calculado
durante o desenvolvimento do projeto);
Espaço para o reservatório de incêndio (se necessário conforme a
proposta).
Acesso de pedestres protegido em relação ao acesso de veículos
(separados).
Parte do térreo deverá ser livre de ocupação (mínimo de 30%). Esse espaço
livre poderá ser ocupado com vagas de estacionamento. Esse percentual
poderá ser maior a critério dos projetistas.
OBS.: A proposta deverá contemplar um ou mais aspectos de sustentabilidade, os
quais serão abordados na unidade 06 (o projeto deverá conter pelo menos um).

Pré-dimensionamento da Estrutura
Preferencialmente os estudantes deverão buscar projetar paredes sobre paredes,
mas, conforme a proposta apresentada, o prédio poderá ser estruturado em concreto armado. As
diretrizes para o pré-dimensionamento dos elementos de concreto estão descritas a seguir:
O terreno deve ser elevado de forma que o nível interno do pavimento
térreo fique, no mínimo, a 70cm de altura em relação ao meio fio. Logo o topo
das vigas de fundação das paredes do térreo estará no nível 65cm em relação
ao meio-fio da rua adjacente de referência.
Pilares (se necessário) - seção inicial de 20x30 podendo, eventualmente,
se utilizar seções menores ou maiores ou de diferentes proporções conforme a
complexidade do projeto e o material de vedação adotado. A distribuição dos
pilares deverá ser pensada em conjunto com as vagas do estacionamento do
térreo.

_____________________________________________________________________________________
Prof. Alessandro Morello - Sala EG 206 - Fone: 3293-5417 e-mail: alessandromorello@furg.br
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
ESCOLA DE ENGENHARIA – EE
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Vigas - altura mínima de 30 cm. Para vãos maiores do que três metros
deverão adotar uma altura de 1/10 do vão. Para efeito de exercício de projeto
arquitetônico, sob todas as paredes não alinhadas com as do pavimento inferior,
deverão ser previstas vigas.
Lajes - espessura padronizada de 10 cm. Caso existam lajes com vãos
maiores poderá ser necessário aumentar a espessura, mas isto será
determinado pelo cálculo e não influirá no projeto arquitetônico.
Sacadas – No contorno das sacadas deverão existir vigas de espelho para
esconder o forro inferior (que esconderá as tubulações de pluvial).
Deverão ser previstos vãos para passagem de canalizações nas lajes
(shafts), junto aos compartimentos que contiverem equipamentos com ligação de
gás, eletrodutos, água e/ou esgoto.
OBS.: Se optarem por blocos de alvenaria estrutural, o projeto arquitetônico deverá
seguir a modulação dos elementos construtivos.
Outros elementos de concreto armado serão definidos com o professor no decorrer
do processo de projeto.

Termo de Referência e Conceito do projeto: 1,5 pontos


O termo de referência deverá contemplar imagens de 3 ou mais edificações residenciais
multifamiliares com as quais os estudantes se identificam (imagens externas), bem como os perfis
de 3 famílias que o grupo imagina que poderão morar no edifício (características, hábitos
pessoais, interesses, atividades, etc.) O pré-dimensionamento deverá contemplar 3 modelos de
compartimentos para os apartamentos: banheiros, dormitórios (casado e solteiro), salas e
cozinhas. O conceito deverá explicar, em um parágrafo, o que o prédio deverá transmitir (deverá
haver coerência com as imagens apresentadas).
Entrega até o dia 13/08/2018
Peso do Estudo Preliminar: 3,5 pontos
Para cada item requerido será estabelecida uma nota máxima,
Memorial justificativo das decisões de projeto (não é descritivo)→ 0,5;
Plantas baixas mobiliadas e cotadas de todos os diferentes pavimentos, inclusive o
volume do reservatório superior (escala 1/100)→ 1,7;
Um corte passando pela escada (escala 1/100) → 0,5
Planta de cobertura (escala 1/100) → 0,4
Fachada Frontal (escala 1/100)→ 0,4
O Estudo preliminar deverá ser entregue até o dia 24/09/2018

Seminário e assessoramento: 1,0 pontos (individual)


Atendendo ao pedido de estudantes que não poderão comparecer aos assessoramentos,
não haverá pontuação para esse item. Entretanto, considerando que é nesta fase da disciplina
que ocorre a elucidação de dúvidas e o aprendizado mais efetivo de detalhes construtivos, os
estudantes poderão (e devem, sempre que possível) buscar a orientação do professor extraclasse
conforme as regras abaixo.
Todos os assessoramentos serão realizados de forma presencial com os desenhos
impressos.
Não serão realizados assessoramentos por e-mail, apenas esclarecimentos de
dúvidas.
O seminário deverá contemplar a apresentação do trabalho elaborado em nível de estudo
preliminar. Será dividido em duas partes: a primeira com a apresentação da proposta para os
colegas (tempo entre 10 e 15 minutos por grupo) e outra na qual o grupo analisará e avaliará
problemas nas propostas dos demais grupos.
Seminário no dia 26/09/2018 para a turma “A” e 27/09/18 para a turma “B”

_____________________________________________________________________________________
Prof. Alessandro Morello - Sala EG 206 - Fone: 3293-5417 e-mail: alessandromorello@furg.br
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
ESCOLA DE ENGENHARIA – EE
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Peso do Trabalho Final: 10,0 pontos


Elementos de desenho que serão avaliados e peso de cada item:
Para cada item requerido será estabelecida a seguinte pontuação:
Quadro de áreas com o cálculo do I.A. e da T.O., recuos e afastamentos
permitidos e propostos→ 0,4;
Planta de cobertura (1/75) → 0,4
Plantas baixas cotadas de todos os pavimentos diferenciados incluindo
reservatório superior ou outros que por ventura o prédio tenha (1/75) → 2,0;
Cinco cortes (considerando as melhorias do que foi apresentado
anteriormente). Deverão passar pelos pontos cruciais da edificação: escada,
desníveis, reservatório inferior e superior, e nos locais onde realmente possam
ocorrer dúvidas técnicas na execução da obra (1/75)→ 4,0;
Fachadas frontais e a noroeste (1/75) → 1,2;
Volumetria (perspectivas: maquete física ou virtual)→ 1,2
Detalhamento do apto acessível (1/50 e 1/25 para o sanitário) → 0,8

O Anteprojeto deverá ser entregue até o dia 10 de dezembro de 2018, na sala de


permanência do professor.

Aspectos de representação gráfica (para cada item de desenho)


Representação gráfica de todos os elementos necessários para a compreensão do
desenho apresentado (ver material da primeira unidade)
Uso adequado de linhas e espessuras;
Representação correta dos elementos do projeto;
Capacidade de visualização tridimensional, representação correta e coerente entre
os desenhos apresentados;
Quantidade e clareza das informações textuais apresentadas (cotas, níveis, etc.).

Aspectos qualitativos que serão avaliados:


Funcionalidade e conforto - Observação dos princípios antropométricos e
dimensionamento correto dos compartimentos (sem ociosidade de área nos
ambientes e nem espaços disfuncionais);
Coerência da estrutura: pontos de apoio nos locais apropriados, desenho correto
da estrutura e outros detalhes específicos de cada projeto nos diferentes
desenhos;
Adoção de estratégias bioclimáticas de conforto térmico (insolação, ventilação)
tratadas em aula;
Leitura, interpretação e correta utilização da legislação pertinente;

Observações Finais
- Deverá haver coerência entre os diversos itens de projeto.
- Os dormitórios deverão ser orientados, preferencialmente, para os quadrantes
norte e leste. Eventualmente poderão ser orientados para o oeste e, apenas em casos extremos,
para o sul.
- Desenhos que não estiverem nas escalas requeridas não serão corrigidos e
a nota do item será zerada.
- O desrespeito ao programa de necessidades e à Legislação acarretará em
descontos na pontuação do trabalho.

OBS.: Esse trabalho é complexo e requer muita dedicação e esforço pensante,


portanto, não deixem para a última hora, pois não será possível fazer um trabalho
razoável em pouco tempo e o professor e o monitor também não terão tempo para
assessorar todos os grupos na última hora.
_____________________________________________________________________________________
Prof. Alessandro Morello - Sala EG 206 - Fone: 3293-5417 e-mail: alessandromorello@furg.br