Você está na página 1de 4

Prof. Estefânio Gama – Ética e Filosofia 5.

(UFMT 2015 – Detran) Sobre como a ética pode ser


compreendida, considere: 1
1.(UFMA) A afirmação segundo a qual o indivíduo I - Reflexão sobre as ações e as práticas relacionadas com a
tem consciência de seus direitos, deveres e de que vida em sociedade.
participa ativamente de todas as questões da II - Reflexão sobre a determinação natural sem a ação humana
sociedade refere-se a: em comunidade.
a) tirania. III - Reflexão sobre a conduta social de cada pessoa.
b) plutocracia. Está correto o que se afirma em
c) cidadania. a) II e III, apenas.
d) bonapartismo. b) I, II e III.
e) monarquia. c) I e II, apenas.
2.(UNIOESTE) Contemporaneamente, quais desses d) I e III, apenas.
termos correspondem melhor ao que se entende por 6.(UFMT 2015 – Detran) A moral é solitária (ela só
cidadania? Marque a alternativa correta. vale na primeira pessoa); toda política é coletiva. É
a) Expansão de direitos políticos, civis e sociais para o por isso que a moral não poderia fazer as vezes de
conjunto da população. política, do mesmo modo que a política não poderia
b) Restrição de direitos políticos, civis e sociais a determinados fazer as vezes de moral: precisamos das duas, e da
grupos sociais.
diferença entre as duas! Uma eleição, salvo
c) Impedimento da livre organização, redução dos direitos
individuais e imposição da censura. excepcionalmente, não opõe bons e maus, mas opõe
d) Restrição da liberdade religiosa, da liberdade de imprensa e campos, grupos sociais ou ideológicos, partidos,
dos direitos trabalhistas. alianças, interesses, opiniões, prioridades, opções,
e) Introdução do sufrágio censitário, da censura e eliminação programas... Que a moral também tenha uma palavra
dos direitos de proteção social. a dizer é bom lembrar (há votos moralmente
3.(UNICAMP) A dúvida é uma atitude que contribui condenáveis). Mas isso não nos poderia fazer
para o surgimento do pensamento filosófico esquecer que ela não faz as vezes nem de projeto
moderno. Neste comportamento, a verdade é nem de estratégia. O que a moral propõe contra o
atingida através da supressão provisória de todo desemprego, contra a guerra, contra a barbárie? Ela
conhecimento, que passa a ser considerado como nos diz que é preciso combatê-los, claro, mas não
mera opinião. A dúvida metódica aguça o espírito como temos maiores oportunidades de derrotá-los.
crítico próprio da Filosofia. Ora, politicamente, é o como que importa.
(COMTE-SPONVILLE, A. Apresentação da filosofia. São
(Adaptado de Gerd A. Bornheim, Introdução ao filosofar. Porto
Paulo: Martins Fontes, 2002.)
Alegre: Editora Globo, 1970, p. 11.)
A partir do texto, é correto afirmar que: A partir do texto acima, analise as afirmativas.
I - Moral e política constituem diferentes campos de ação do
a) A Filosofia estabelece que opinião, conhecimento e verdade
ser humano.
são conceitos equivalentes.
II - Existem aspectos morais na política.
b) A dúvida é necessária para o pensamento filosófico, por ser
III - Política e moral são idênticas.
espontânea e dispensar o rigor metodológico.
c) O espírito crítico é uma característica da Filosofia e surge Está correto o que se afirma em
quando opiniões e verdades são coincidentes. (a) I e II, apenas.
d) A dúvida, o questionamento rigoroso e o espírito crítico são (b) II e III, apenas.
fundamentos do pensamento filosófico moderno. (c) I e III, apenas.
(d) I, II e III.
4.(UNIMONTES) Deleuze e Guattari entendem a
filosofia como possibilidade de instauração do caos. 7.(UFU) A cultura é uma característica
Nesse sentido, a filosofia é capaz de criticar a si essencialmente humana, mas nem todas as
mesma e também às outras formas de pensar e agir. sociedades apresentam formas e padrões culturais
Com relação à filosofia, podemos afirmar: idênticos.
a) A filosofia não é um conhecimento absoluto e não permite A partir da afirmação acima, assinale a alternativa
uma atitude crítica sobre todos os saberes. A filosofia impõe INCORRETA.
verdades e não permite que se recriem os espaços de a) A tolerância e aceitação da diferença permite compreender
discussões. de forma mais adequada as culturas diferentes da nossa a
b) A filosofia não é um conhecimento exato, uma atitude partir de um ponto de vista não etnocêntrico.
desprovida de crítica sobre todos os saberes. A filosofia não b) A diferença entre culturas pode ser percebida não apenas
impõe verdades, mas cria e recria constantemente espaços de quando comparamos culturas distintas, mas também ao
discussões. observarmos, no interior das culturas, os grupos e segmentos
c) A filosofia não é um conhecimento acabado, mas uma diversos que dela fazem parte.
atitude crítica sobre todos os saberes. A filosofia não impõe c) Compartilhar valores e códigos é essencial para a definição
verdades, mas cria e recria constantemente espaços de e compreensão de uma cultura, mas isso não significa que a
discussões. cultura seja homogênea e que os indivíduos participem dela
d) A filosofia não é um conhecimento, mas uma atitude sempre da mesma forma.
dogmática sobre todos os saberes. A filosofia impõe verdades d) Os povos que não tiveram contato com outras culturas
e exclui as pessoas dos espaços de discussões. mantêm-se inalterados ao longo do tempo, pois a cultura tem
por característica ser estática.
8.(UNISC) Em Filosofia, duas espécies de juízos 12.(Uerj 2016)
podem ser emitidos pelos sujeitos: juízos de fato 2
(quando dizem o que as coisas são, como são e por
que são) e juízos de valor (quando dizem não o que
é, mas como deveria ser, quando avaliam ações,
acontecimentos, sentimentos e intenções).
Isso posto, considere as afirmativas:
I. “A chuva é boa para as plantas.”
II. “A universidade é um lugar onde se busca a formação
profissional.”
III. “Você não deveria ter ido àquela festa, e sim ter estudado
para o vestibular.”
IV. “Essa questão de Filosofia é fácil de ser acertada.”
A ordem correta, respectivamente e na ordem
crescente, dos juízos acima é:
a) juízo de fato, juízo de valor, juízo de valor, juízo de fato.
b) juízo de valor, juízo de fato, juízo de valor, juízo de fato.
c) juízo de fato, juízo de valor, juízo de valor, juízo de valor.
d) juízo de valor, juízo de fato, juízo de fato, juízo de fato.
e) juízo de valor, juízo de fato, juízo de valor, juízo de valor. No dia 15 de março de 1985, a presidência da
República no Brasil foi assumida por um civil após
9.(UEMA- adaptada) “Age como se a máxima de tua anos de governos militares. Nos trinta anos
ação devesse ser erigida por tua vontade em lei posteriores, houve um conjunto de mudanças
universal da natureza”. destinadas a pôr fim às práticas autoritárias até
Essa máxima kantiana afirma que: então vigentes.
a) a universalidade da conduta ética é aquilo que todo e
qualquer ser humano racional deve fazer como se fosse uma
A partir da análise do gráfico, a tendência observável
lei inquestionável e válida para todo o tempo e lugar. na opinião pública resulta de uma nova conjuntura
b) a dignidade dos seres humanos como pessoas é, portanto, a caracterizada por:
exigência de que sejam tratadas como fim da ação e jamais a) regularidade das eleições
como meio. b) extinção do unipartidarismo
c) o agir moral se funda exclusivamente na subjetividade. c) fortalecimento do poder executivo
d) o motivo moral da vontade má é agir por dever. d) valorização da liberdade de expressão
e) a ação por dever é uma lei amoral para o agente. 13.(UFMT 2015 - Detran) A ética aplicada é um ramo
10.(IBADE 2017 - SEJUDH) Corrente filosófica que contemporâneo da filosofia que nos coloca diante do
enfatiza o papel da razão como fundamento do modo desafio de deliberar sobre problemas práticos que
de conhecer a realidade. Nesta perspectiva, a razão exigem a justificação racional. Esse novo tipo de
vai possibilitar a apreensão e a justificação do reflexão ligada à ação surgiu a partir de
conhecimento sem o recurso sensorial interferindo acontecimentos inéditos que marcaram o século XX:
no processo do conhecimento. Tal conceito refere-se as duas guerras mundiais e os totalitarismos
à(ao): trouxeram o espectro do uso de armas de destruição
a) Dogmatismo. em massa, de massacres e genocídios; desde a
b) Fenomenismo. década de 1960 grandes questões estimularam as
c) Empirismo discussões sobre a extensão de direitos civis e
d) Ceticismo. minorias excluídas da sociedade, bem como
e) Racionalismo. presenciaram-se reivindicações de uma nova ética
11.(IBADE 2017 - SEJUDH) Segundo este filósofo, a sexual. A esse novo estado de coisas veio juntar-se
moral é a esfera da razão prática que responde à o risco de manipulação genética, decorrente dos
pergunta: “O que devemos fazer?”. Tal afirmação foi avanços da biologia. Outros problemas, como a
realizada por: degradação ambiental, a pobreza, a injustiça social e
a) Friedrich Hegel. a exploração do trabalho, também estimularam o
b) Karl Marx debate público entre conservadores e radicais.
c) Immanuel Kant. (ARANHA, M. L. de A., MARTINS, M. H. P. Filosofando:
d) Sartre. introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 2013.)
e) Michel Foucault. Sobre a ética aplicada, analise as afirmativas.
I - A bioética é um campo da ética aplicada.
II - A ética ambiental é um campo da ética aplicada.
III - A ética da degradação é um campo da ética aplicada.
Está correto o que se afirma em
(a) I e III, apenas.
(b) II e III, apenas.
(c) I e II, apenas.
(d) I, II e III.
Exercícios extras ( ) o termo pode ser utilizado sem restrições como sinônimo
de norma moral e de norma jurídica; 3
1.(UNICENTRO) Qual das seguintes afirmações ( ) popularmente, esse termo designa a conduta desejável de
define o conceito de cidadão? profissionais, políticos e cidadãos no exercício de suas funções
a) Ser cidadão é ter a garantia de todos os direitos civis, na sociedade;
políticos e sociais que possam assegurar a possibilidade de ( ) ela corresponde sempre a uma opinião negativa sobre as
uma vida plena. normas morais e jurídicas de uma cultura;
b) Ser cidadão é definir por si só quais são seus direitos civis,
políticos e sociais que devem ser garantidos em nome de um 5.O brasileiro tem noção clara dos comportamentos
bem próprio. éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro
c) Ser cidadão é ter a garantia apenas dos direitos políticos e da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse
respeitar apenas seus interesses individuais. resultado dos padrões morais que as pessoas dizem
d) Ser cidadão é fazer suas próprias leis e regras. aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que
e) Ser cidadão é não exercer nenhuma responsabilidade e com Bruzundanga (corrompida nação fictícia de
deveres com a sociedade. Lima Barreto).
2.(UEG) O ser humano, desde sua origem, em sua FRAGA, P. Ninguém é inocente. Folha de S. Paulo, 4 out. 2009
existência cotidiana, faz afirmações, nega, deseja, (adaptado).
recusa e aprova coisas e pessoas, elaborando juízos O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir”
de fato e de valor por meio dos quais procura efetivamente o que é moral constitui uma
orientar seu comportamento teórico e prático. ambiguidade inerente ao humano, porque as normas
Entretanto, houve um momento em sua evolução morais são:
histórico-social em que o ser humano começa a a) decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.
b) parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de
conferir um caráter filosófico às suas indagações e
obrigação.
perplexidades, questionando racionalmente suas c) amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir
crenças, valores e escolhas. Nesse sentido, pode-se cumpri-las integralmente.
afirmar que a filosofia: d) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual
a) é algo inerente ao ser humano desde sua origem e que, por deve se submeter.
meio da elaboração dos sentimentos, das percepções e dos e) cumpridas por aqueles que se dedicam inteiramente a
anseios humanos, procura consolidar nossas crenças e observar as normas jurídicas.
opiniões.
b) existe desde que existe o ser humano, não havendo um 6.(UEL 2015) As leis morais juntamente com seus
local ou uma época específica para seu nascimento, o que nos princípios não só se distinguem essencialmente, em
autoriza a afirmar que mesmo a mentalidade mítica é também todo o conhecimento prático, de tudo o mais onde
filosófica e exige o trabalho da razão. haja um elemento empírico qualquer, mas toda a
c) inicia sua investigação quando aceitamos os dogmas e as Filosofia moral repousa inteiramente sobre a sua
certezas cotidianas que nos são impostos pela tradição e pela parte pura e, aplicada ao homem, não toma
sociedade, visando educar o ser humano como cidadão. emprestado o mínimo que seja ao conhecimento do
d) surge quando o ser humano começa a exigir provas e
mesmo.
justificações racionais que validam ou invalidam suas crenças,
KANT, I. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Trad.
seus valores e suas práticas, em detrimento da verdade
de Guido A. de Almeida. São Paulo: Discurso Editorial, 2009.
revelada pela codificação mítica.
p.73.
3.Sobre a moral, são verdadeiras as seguintes Com base no texto e na questão da liberdade e
afirmações: autonomia em Immanuel Kant, assinale a alternativa
( ) Ela corresponde ao conjunto de normas socialmente correta.
aceitas, segundo os valores de uma cultura, e que determinam a) A fonte das ações morais pode ser encontrada através da
a conduta dos seus membros; análise psicológica da consciência moral, na qual se pesquisa
( ) Ela constitui um objeto de estudo e reflexão para a mais o que o homem é, do que o que ele deveria ser.
Filosofia; b) O elemento determinante do caráter moral de uma ação está
( ) Na mesma sociedade, somente alguns devem obedecer na inclinação da qual se origina, sendo as inclinações serenas
as normas morais; moralmente mais perfeitas do que as passionais.
( ) A moral pode variar muito de uma cultura para a outra; c) O sentimento é o elemento determinante para a ação moral,
( ) O desrespeito às normas morais é severamente punido e a razão, por sua vez, somente pode dar uma direção à
pelas autoridades; presente inclinação, na medida em que fornece o meio para
( ) Uma norma moral jamais poderá assumir um caráter alcançar o que é desejado.
jurídico; d) O ponto de partida dos juízos morais encontra-se nos
“propulsores” humanos naturais, os quais se direcionam ao
4. Considerando o significado de Ética, são
bem próprio e ao bem do outro.
verdadeiras as seguintes afirmações: e) O princípio supremo da moralidade deve assentar-se na
( ) sua origem é o termo grego éthos, que significa hábito, razão prática pura, e as leis morais devem ser independentes
uso ou costume; de qualquer condição subjetiva da natureza humana.
( ) ela corresponde à área da Filosofia que se ocupa da
reflexão sobre a moral, as condutas humanas e os valores que
as fundamentam;
7.(UFSM 2015) A necessidade de conviver em grupo tomada de decisão, ou seja, que nos faz pensar
fez o homem desenvolver estratégias adaptativas antes de agir, ainda está em formação nos 4
diversas. Darwin, num estudo sobre a evolução e as adolescentes. Essa área do cérebro tende a ficar
emoções, mostrou que o reconhecimento de “madura” somente aos 20 anos. Por outro lado, a
emoções primárias, como raiva e medo, teve um região cerebral associada às emoções e à
papel central na sobrevivência. Estudos antigos e impulsividade, conhecida como sistema límbico, tem
recentes têm mostrado que a moralidade ou um pico de desenvolvimento durante essa fase da
comportamento moral está associado a outros tipos vida, o que aumenta a propensão dos jovens a
de emoções, como a vergonha, a culpa, a compaixão agirem mais com a emoção do que com a razão. O
e a empatia. Há, no entanto, teorias éticas que aumento da emotividade e da impulsividade seriam
afirmam que as ações boas devem ser motivadas gatilhos naturais para atitudes extremadas, inclusive
exclusivamente pelo dever e não por impulsos ou para cometer crimes.” (Camila Neumam. “Estudo explica por
emoções. Essa teoria é a ética: que adolescentes são impulsivos e podem cometer crimes”.
a) kantiana. www.uol.com.br, 26.05.2015. Adaptado.)
b) das virtudes. Texto 2 – “A situação de vulnerabilidade aliada às
c) utilitarista. turbulentas condições socioeconômicas de muitos
d) contratualista.
países latino-americanos ocasiona uma grande
e) teológica.
tensão entre os jovens, o que agrava diretamente os
8.(UFMT 2015 – Detran) A ética ambiental trata das processos de integração social e, em algumas
relações do ser humano com a natureza, a fim de situações, fomenta o aumento da violência e da
garantir sua sustentabilidade. Por sua vez, também criminalidade.” (Miriam Abramovay. Juventude, violência e
se ocupa com as consequências nefastas dessa vulnerabilidade social na América Latina, 2002. Adaptado.)
relação, como a poluição industrial e agrícola, o Os textos expõem abordagens sobre o
esgotamento de recursos naturais, agressões que comportamento agressivo na adolescência referidos,
provocam o desequilíbrio do ecossistema [...] e respectivamente, a
colocam em risco o destino do planeta. Também a) psicanálise e psicologia comportamental.
entra na discussão sobre ecologia e má distribuição b) aspectos religiosos e aspectos materiais.
de renda, que obriga grande parcela da população c) fatores emocionais e fatores morais.
d) ciência política e sociologia.
mundial a viver em estado de fome e de miséria. e) condicionamento biológico e condicionamento social.
(ARANHA, M. L. de A., MARTINS, M. H. P. Filosofando:
introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 2013.)
Sobre a ética ambiental, marque V para as
afirmativas verdadeiras e F para as falsas. GABARITO
( ) Diz respeito exclusivamente às relações entre seres 1-(C) 2-(A) 3-(D) 4-(D) 5-(D) 6-(A) 7-(D) 8-(E) 9-(A) 10-(E)
humanos. 11-(C) 12-(D) 13-(C)
( ) Discute problemas relacionados aos ecossistemas
naturais e à ação humana.
( ) Participa de questões alusivas à poluição industrial e
EXERCÍCIOS EXTRAS
às consequências que ocasiona na natureza e no ser humano.
1-(A) 2-(D) 3- V V F V F F 4- V V F V F 5-(D) 6-(E) 7-(A) 8-(C)
( ) Está envolvida com temas da educação ambiental.
9-(D) 10-(E)
Assinale a sequência correta.
a) F, V, F, V
b) V, F, V, F
c) F, V, V, V
d) V, F, F, V
9.(UFMT 2015 – Detran) Pode-se considerar que os
assuntos que dizem respeito à responsabilidade
social das empresas com seus funcionários, com os
consumidores de seus produtos e serviços, e com
os órgãos do governo constituem o campo da ética
aplicada relacionada à:
a) ética impositiva.
b) ética utópica.
c) ética da repressão.
d) ética dos negócios.
10.(UNESP 2016) Texto 1 – “Cientistas americanos
observaram, em um estudo recente, o motivo que
pode tornar adolescentes impulsivos e infratores.
Exames de neuroimagem em jovens mostraram que
o córtex pré-frontal, região do cérebro ligada à