Você está na página 1de 11

HUMANIVERSIDADE HOLÍSTICA

Pontos LO

Humaniversidade formando você um dos mais dedicados e competentes terapeutas do planeta!


Sumário

Matéria: Páginas:

1- Meridianos______________________________________________02
2- Técnicas de uso dos Meridianos Lo __________________________
05
3- Grande Picada_____________________________________________ 07
4- Grande Lo de Baço-Pâncreas_____________________________ 07
5- Lo de Grupo______________________________________________ 07
6- Canais de Energia_________________________________________ 09
09

1
7-

Meridiano LO ou Luo Longitudinal


O meridiano Lo ou Luo Longitudinal origina se no ponto Lo do meridiano correspondente e
acompanha o trajeto do mesmo podendo distinguir-se diretamente ao órgão ou a víscera correspondente,
ao crânio ou à face, transportando o QI, o Xue e Wei QI, mas não são tão profundos e nem tão longos e
nem perfeitos como os meridianos principais. Apresentam sintomatologia própria quando estão em
plenitude ou vazio e os sintomas são menos graves e mais fáceis de tratar que os do meridiano principal.

Meridiano LUO Longitudinal do Pulmão


Inicia-se no ponto P 7 (Lieque) do meridiano Tai Yin da Mão (Pulmão), dirige-se para a face palmar
da mão pelo bordo interno da região tenar e une-se ao meridiano Yang Ming da Mão (intestino grosso) no
dedo indicador da mão.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): sensação de calor na palma da mão, dor ao longo da artéria
radical e na região do Pulmão.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): bocejo freqüente, polaciúria e tosse

Meridiano LUO Longitudinal do Intestino Grosso


Inicia-se no ponto IG 6 (Pianli), acompanha o trajeto do Yang Ming da Mão (Intestino Grosso) até o
ombro onde se une ao próprio meridiano, segue para os maxilares e dentes. Da região mandibular saem
dois ramos , um segue para o ouvido e outro para os Pulmões.
Sintomas de Hiperenergia (Plenitude): dor de dentes, gengivites, cáries dentárias, surdez. Sintomas de
Hipoenergia (vazio): sensação de frio nos dentes e na gengiva, dor e opressão toráxica, má digestão.

Meridiano LUO Longitudinal do Estômago


Inicia-se no ponto E 40 (Fenglong), apresenta trajeto ascendente pelo Yang Ming do Pé na face antero
lateral da perna, coxa, abdome, tórax, no ápice da cabeça, onde ramifica-se em direção ao pescoço,
atingindo a garganta e a testa.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): insanidade e epilepsia.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): flacidez e atrofia dos músculos do membro inferior e dos pés,
faringite, afasia súbita.

Meridiano LUO Longitudinal do Baço-Pâncreas


Inicia-se no ponto BP 4 (Gongsun) - face medial do pé e segue trajeto paralelo ao Tai Yin do Pé
(Baço-Pâncreas, penetra no abdome de onde um ramo dirige-se para o Intestino Grosso e outro para o
estômago.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): vômitos, diarreia e dor água na região.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): distensão abdominal com acúmulos de gazes e líquidos.

Meridiano LUO Longitudinal do Coração


Inicia-se no ponto C 5 - Tongli localizado na face medial do antebraço a um tsun acima da prega
transversal do punho, acompanha o meridiano Shao Yin da Mão (Coração) em sentido ascendente pela
face ântero-cubital do antebraço, penetra no tórax. Mestre do Coração, Coração, garganta, base da língua,
sobe para os olhos no canto externo e une-se ao Tai Yang da Mão (Intestino Delgado).
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): mal estar e dor fulgurante no tórax. Punturar o Lua
correspondente Tongli (C - 5).
Sintomas de Hipoenergia (vazio): afasia. Punturar os pontos Lo oposto - Zhizheng (ID 7).

2
Meridiano LUO Longitudinal do Intestino Delgado
Inicia-se no ponto ID 7 (Zhizheng) localizado a 5 tsun acima do ponto ID 5 no bordo medial do
antebraço. Paralelamente segue o trajeto do Tai Yang da Mão (ID) na face interna do antebraço, une-se ao
trajeto de Shao Yin da Mão (coração) e dirigi-se à borda ungueal do 5 ° dedo da mão. Um outro que se
inicia no mesmo ponto ID 7 - Zhizheng, segue o trajeto paralelo ao do Tai Yang da mão (intestino
delgado), penetra no tórax, indo para o coração.
Dirige-se para o ponto E -12 -Quepen onde se une ao Yan Ming da Mão.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): mal estar e dor fulgurante no tórax. Punturar o Luo
correspondente Tongli (C S)
Sintomas de Hipoenergia (vazio): afasia. Punturar os pontos Lo oposto - Zhizheng (ID 7)

Meridiano LUO Longitudinal da Bexiga


Inicia-se no ponto B 58 - Feiyang e acompanha o meridiano principal - Tai Yang do Pé , em direção à
cabeça, penetra na boca.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): rinorreia, obstrução nasal, cefaleia, dorsalgia.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): rinorreia abundante com predomínio de líquido claro, epistaxe.

Meridiano LUO Longitudinal dos Rins


Inicia-se no ponto R 4 - Dazhong do Shao Yin do Pé (Rim), situado na face medial do tornozelo,
acompanha o trajeto do meridiano principal, atinge o mestre do coração, penetra no peito, passa pela
coluna vertebral.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): dificuldade para urinar e defecar, enurese, depressão,
constipação, irritação.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): dor na região nasal, acompanhada as vezes de dor na face medial do
membro inferior, lombalgia.

Meridiano LUO Longitudinal da Circulação - Sexo


Inicia-se no ponto CS 6 Neiguan do Jue Yin localizado no 1/3 inferior da face medial do antebraço
seguindo em direção ascendente paralelamente ao meridiano principal seguindo para o tórax, penetra e vai
em direção do Sexo - Circulação e para o coração. Comunica-se com o Shao Yang da Mão.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): dor no precórdio.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): rigidez e mal estar no pescoço.

Meridiano LUO Longitudinal do Triplo Aquecedor


Inicia-se no ponto TA 5 - Waiguan do Shao Yang da Mão localizado no terço inferior da face dorsal
do antebraço, seguindo paralelamente ao Jue Yin da Mão até o Tórax onde se une a este meridiano.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): contratura da articulação d cúbito, com sensação de
repuxamento e contração.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): fraqueza do cúbito.

Meridiano LUO Longitudinal da Vesícula Biliar


Inicia-se no ponto VB 37 (Guangming) do Shao Yang do Pé, no terço distal da face lateral da perna e
segue para o dorso do pé.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): desmaio, sensação de frio nas extremidades dos membros
inferiores.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): fraqueza nas pernas, impossibilidade de andar ou de levantar no
cansaço.

3
Meridiano LUO Longitudinal do Fígado
Inicia-se no ponto F 5 - Ligou do Jue Yin do Pé na face medial da perna, segue um trajeto paralelo ao
meridiano principal e termina na região genital e suprapúbica.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): cólica e inchaço nos genitais externos, disúria, dor no pênis e
nos testículos.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): coceira súbita no escroto e na região púbica.

Meridiano LUO Longitudinal do Vaso Concepção


Inicia-se no ponto C l5 - Jiuwei do Ren Mai localizado na parte inferior do osso esterno e ramifica-se
para o abdome.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): dor na epiderme da região abdominal.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): prurido do abdome.

Meridiano LUO Longitudinal do Vaso Governador


Inicia-se no ponto VG 1 - Changqinag do Du Mai, localizado no períneo, seguindo trajeto ascendente
ao lado da coluna vertebral até a região cervical onde se ramifica para a cabeça. Ao atingir o cíngulo
peitoral une-se ao Tai Yang do Pé e penetra na coluna vertebral.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): contratura muscular ao longo da coluna vertebral, dificuldade
nos movimentos de extensão e flexão.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): sensação de peso ou de tontura na cabeça.

Meridiano LUO Longitudinal do Baço-Pâncreas


Inicia-se no ponto BP 21 - Dabao do Tai Yin do Pé, situado na região axilar e ramifica-se para a
região do hipocôndrio e acumulando o Sangue em volta do corpo.
Sintomas de Hiperenergia (plenitude): dores generalizadas pelo corpo.
Sintomas de Hipoenergia (vazio): fraqueza nos músculos dos membros e nas articulações.

Meridianos LO ou LUO Transversais


Os meridianos Lo ou Luo transversais se localizam entre o cúbito e a mão, entre o joelho e o pé.
Ligam meridianos acoplados, isto é, um meridiano Yin a um Yang.
A energia destes vasos parte de um ponto Lo de um meridiano para chegar a um ponto Fonte do
meridiano acoplado onde será absorvida.

Os meridianos Lo transversais constituem o sistema de consolidação da circulação dos 12 meridianos


principais no nível das extremidades. Desempenham um papel de regulador dos meridianos acoplados,
passam o excesso de energia de um meridiano para o seu acoplado. Estas características são utilizadas
para tratar a plenitude e o vazio dos meridianos.

Quando um meridiano está em vazio, o seu acoplado está em excesso e vice versa, os pontos do
meridiano que está em vazio também estarão vazios e do meridiano em excesso estarão em excesso. Esta
técnica permite estabelecer o equilíbrio Yin Yang dos meridianos acoplados, por isso, deve-se observar o
estado de vazio ou plenitude.
Resumidamente:

4
1 - Todos os meridianos Lo transversais possuem um trajeto idêntico: do ponto Lo de um meridiano a
um ponto Fonte do meridiano acoplado.
2 - Os Lo transversais são verdadeiros dispositivos reguladores dos meridianos acoplados.
3 - Conhecendo os sinais de plenitude ou de vazio de um meridiano pode-se regular sua energia
através de seu dispositivo regulador localizado no meridiano.
4 - Esta alteração energética (vazio ou plenitude) é produzida pela perturbação da energia do corpo e
não pela energia perversa. Quando a agressão ocorrer devido a ação da energia perversa é proibido utilizar
esta técnica para equilibrar os meridianos sob o risco de piorar o quadro.
5 - Cada meridiano principal possui um ponto Fonte e um ponto Lo.

Técnicas de uso dos meridianos Lo


Quando um meridiano está em plenitude, se dispersa o ponto Fonte correspondente tonifica-se o Lo
do meridiano oposto. (SEDAR A FONTE DO EXCESSO).
Quando um meridiano está em vazio, se tonifica o ponto Fonte correspondente e dispersa-se o Lo do
meridiano oposto. (TONIFICAR A FONTE DO VAZIO).
Esta técnica pode ser aplicada nos l2 meridianos principais.

Ponto Fonte
Ação ambivalente/ Tonifica Seda/ Próprio meridiano e Acoplado
Conectado ao ponto Lo ou Luo do Meridiano Acoplado --- Vaso secundário (Meridiano Lo). Cada
meridiano possui 1 ponto fonte que se localiza nas extremidades dos membros superiores ou inferiores.

Ponto Fonte Lo ou Luo = Passagem.


Comunicam o exterior - interior, Yin Yang, normalizam a circulação de Qi e Xue, são utilizados para
promover equilíbrio energético entre os Zang Fu.
Números de pontos Lo: l5 (12 meridianos principais, Vaso Governador, Vaso Concepção, e Baço-
Pâncreas).

Ponto Fonte Ponto Lo


Taiyan P 9 P7 Lieque.
Hegu IG 4 IG 6 Pianli.
Chongyang E 42 E 40 Fenlong.
Taibai BP 3 BP 4 Gongsun.
Shenmen C 7 C5 Tongli.
Wangu ID 4 ID 7 Zhizheng.
Jinggu B 64 B 58 Feiyang.
Taixi R 3 R4 Dazhong.
Daling CS 7 CS 6 Neiguan.
Yangchi TA 4 TA 5 Waiguan.
Qiuxu VB 40 VB 37 Guangming.
Taichong F 3 F5 Ligou.
VC15 Jiuwei.
VG l Changqiang.
BP 21 Dabao.

5
Localização:

Pontoa Fonte:
P - 9 - Taiyuan - prega transversal do punho, face palmar, bordo radial externamente à artéria radial.

IG – 4 - Hegu - entre o 1 ° e 2 ° metacarpos ao nível da metade do 2 ° metacarpo da face inferior.

E - 42 - Chongyang - a 2 tsun do ponto E 41 na extremidade proximal do 2 ° metatarso ou a 3 tsun do


espaço interdigital do 2 ° e 3 ° pododáctilos.

8P - 3 - Taibai - parte posterior da articulação metatarsofalângica do hálux na linha entre a pele do


dorso e planta do pé.

C - 7 - Shenmen - bordo interno do pisciforme sobre a prega do punho externamente à artéria cubital.

ID - 4 - Wangu - bordo cubital da mão na depressão que se forma na articulação entre o 5° metacarpo
e o osso ganchoso.

B - 64 - Jinggu - bordo externo do pé na extremidade proximal do 5° metatarso na linha entre a pele


do dorso e planta do pé abaixo da protuberância óssea.

R - 3 - Taixi - face interna do tornozelo entre o maléolo medial e o tendão calcâneo sobre a artéria
tibial posterior

CS - 7 - Dailing - no meio da prega transversal palmar do punho entre os tendões dos músculos
palmar longo e do flexor radial do carpo.

TA - 4 - no centro da prega dorsal do punho, na depressão ulnar do tendão extensor comum dos
dedos.

VB - 40 - Qiuxu - ântero inferior ao maléolo externo sobre a articulação calcâneo-cuboidea.

Pontos LO:
P - 7 - Lieque - a I, 5 tsun acima da prega do punho por fora da artéria radial.

IG - 6 - Pianli - a 3 tsun acima da prega do punho na linha do meridiano de IG.

E - 40 - Fenglong - a 8 tsun acima do maléolo externo e a 1 tsun para fora do ponto E 38 (tiaokou) ou
a 5 tsun abaixo do ponto E - 36 (Zusanli).

BP - 4 - Gongsun - Além de ponto Lo é ponto mestre do vaso Maravilhoso Chong Mo, localiza-se no
bordo interno do pé em frente à articulação do 1° metatarso com a 1° cunha, adiante e abaixo da
extremidade proximal do 1° metatarso.

C - 5 - Tongli- a I tsun acima da prega do punho sobre a face palmar do cúbito

ID - 7 - Zhizheng - a 5 tsun da prega do punho no bordo cubital do antebraço.

B - 58 - Feiyang - a 7 tsun acima do ponto B - 60 Kunlun no bordo posterior da fíbula.

R - 4 - Dazhong - junto ao bordo interno do tendão calcâneo a 1/2 tsun posterior e inferior ao R-3
Taixi.

CS - 6 - Neiguan - Ponto Lo e Mestre do vaso Maravilhoso Yinwei; a 2 tsun acima da prega do punho
na face palmar entre os tendões palmar superficial e flexor radial do carpo.

6
TA - 5 - Waiguan - Ponto Lo e Mestre do vaso Maravilhoso Yangwei; a 2 tsun acima da prega dorsal
do punho entre o rádio e cúbito.

VB - 37 - Guangming - a S tsun do maléolo externo no bordo anterior da fíbula.

F - 5 - Ligou - a 5 tsun acima do maléolo medial no bordo interno da tíbia.

VC - 15 - Jiuwei - a 7 tsun acima do umbigo, abaixo do apêndice xifoide.

VG - 1 - Changqiang - a 1 /2 tsun abaixo do cóccix.

BP - 21 - Dabao - no 6° espaço intercostal na linha axilar média - Grande Lo do Baço-Pâncreas

Grande Picada
É um método utilizado quando os 2 ramos de um mesmo meridiano se apresenta em desequilíbrio, o
seu uso é praticamente limitado às dores traumáticas, pois a diagnose do desequilíbrio baseia-se
principalmente no exame do pulso, o que é praticamente impossível.
Os traumas (entorses, contusões, estiramentos musculares e ligamentares) produzem sintomatologias
localizadas provocam a impotência funcional parcial ou total da região afetada além de dores persistentes.
A técnica consiste em localizar o ponto mais doloroso local e o meridiano que passa na região
afetada, em seguida, determinar no lado contralateral o ponto e o meridiano afetados, puncionar neste lado
o ponto Lo e o ponto simétrico em tonificação.
Exemplo:
Entorse de tornozelo esquerdo, ponto doloroso principal VB 40 meridiano afetado vesícula Biliar.
No lado direito puncionar o ponto Lo (T VB 37) e o simétrico B 40) em tonificação. Esta técnica foi
desenvolvida por Niboyet.
Na M.O. há uma técnica que utiliza somente o ponto simétrico contralateral.
A grande picada pode ser combinada com a lei meio dia - meia noite.
Exemplo:
Excesso de Estômago à direita - pode-se utilizar o Lo de CS, no caso, CS 6 no lugar de E 40.

Grande Lo de Baço-Pâncreas
Parte do ponto BP 21. É um conjunto de vasos que se ramifica na frente, nos lados do peito e por todo
o corpo comunicando-se com todos os Lo e seu papel é de controlar a totalidade da rede Lo.
Sintomas e Tratamento:
Plenitude: dor dispersas por todo corpo - sedar BP 21.
Vazio: flacidez em todas as articulações - tonificar BP 2l.

Lo de Grupo
São pontos que atuam sobre os 3 meridianos de mesmo tipo energético (Yin ou Yang)

TA 8 ----- 3 YANG da mão.


VB 39 ----- 3 YANG do pé.
CS 5 ----- 3 YIN da mão.
BP 6 ----- 3 YIN do pé.

Exame do pulso ou exame geral, mostra excesso de YANG então devemos tonificar YIN em ambos
os lados. CS 5 e BP 6.
No excesso de Yin, tonificar Yang. TA 8 e VB 39.
Nos distúrbios que se manifestam somente na parte superior ou inferior do corpo:

7
Plenitude de YANG superior ---- C'S 5
Plenitude de YANG inferior ---- BP 6
Plenitude de YIN superior ----- TA 8
Plenitude de YIN inferior ---- VB 39
Vazio de YANG superior ---- TA 8
Vazio de YANG inferior ---- VB 39
Vazio de YIN superior ---- CS 5
Vazio de YIN inferior ---- BP 6

Nos distúrbios entre a parte superior ou inferior:

Plenitude YANG superior


CS 5 VB 39
Vazio de YANG inferior

Plenitude YANG superior


BP 6 TA 8
Vazio de YANG inferior

Plenitude YIN superior


TA 8 BP 6
Vazio de YIN inferior

Plenitude YIN superior


VB 39 CS 5
Vazio de YIN inferior

Nos distúrbios entre metade direita e esquerda


Excesso de YANG à direita TA 8 VB 38 à esquerda.
CS 5 BP 6 à direita.

8
Canal de Energia Luo Longitudinal do Pulmão
O Canal de Energia Luo Longitudinal do Canal de Energia do Pulmão inicia-se no ponto Luo P-7
(Lieque) do Canal de Energia Principal do Pulmão, indo para a palma da mão pela borda interna da região
tenar, juntando-se ao Canal de Energia Principal do Intestino Grosso no dedo indicador da mão (Fig. 7.2).

Figura 7.2 – Canais de Energia Luo Longitudinais Yang e Yin da Mão (IG, TA, ID, P, CS e C).

Canal de Energia Luo Longitudinal do Coração

O Canal de Energia Luo Longitudinal do Coração inicia-se no ponto Luo C-5 (Tongli), localizado na face
medial do antebraço; segue paralelamente ao Canal de Energia Principal do Coração, tomando uma direção
ascendente pela face anterior do antebraço, penetra o tórax, indo para o Coração, mediastino, garganta, até a
base da língua, e, depois, cruza a linha média do corpo, indo para o canto externo de cada olho, unindo-se ao
Canal do Intestino Delgado (Fig. 7.2).

Canal de Energia Luo Longitudinal do Intestino Delgado


O Canal de Energia Luo Longitudinal do Intestino Delgado inicia-se no ponto Luo ID-7 (Zhizheng),
ponto de Acupuntura localizado na face externa medial do antebraço, e segue paralelamente ao trajeto do
Canal de Energia Principal do Intestino Delgado pela face interna do antebraço, unindo-se ao trajeto do Canal
de Energia Principal do Coração e indo para a borda ungueal do 52 dedo da mão. Um outro ramo inicia-se no
ponto Luo do Canal de Energia Principal do Intestino Delgado, segue trajeto paralelo ao do Canal de Energia
Principal do Intestino Delgado, penetra o tórax, indo para o Coração, e depois vai para o ponto E- 12
(Quepen), onde se une ao Canal de Energia Principal do Intestino Grosso (Fig. 7.2).

Canal de Energia Luo Longitudinal da Circulação-Sexo


O Canal de Energia Luo Longitudinal da Circulação-Sexo parte do ponto Luo CS-6 (Neiguan) do Canal
Principal da Circulação-Sexo, ponto de Acupuntura localizado no terço inferior da face medial do antebraço,
e segue em direção ascendente, paralelamente ao Canal de Energia Principal da Circulação-Sexo; vai para o
tórax, penetra-o e segue para o Envoltório Energético do Coração e para o órgão Coração; comunica-se com
o Canal de Energia Principal do TriploAquecedor (Fig. 7.2).

Canal de Energia Luo Longitudinal do Triplo Aquecedor


Do ponto TA-5 (Waiguan) do Canal Principal do Triplo Aquecedor, localizado no terço inferior da face
dorsal do antebraço, parte o Canal de Energia Luo Longitudinal.

Canal de Energia Luo Longitudinal dos Rins


O Canal de Energia Luo Longitudinal dos Rins inicia-se no ponto R-4 (Dazhong) do Canal Principal dos
Rins, ponto de Acupuntura situado na face medial do tornozelo; segue acompanhando o trajeto do Canal de
Energia Principal dos Rins até a região situada abaixo do perineo, e, depois, segue para a coluna lombar (Fig.
7.3).

9
Figura 7.3 – Trajetos dos Canais de Energia Luo Longitudinais
Yang e Yin do Pé (E, VB, B, R,BP e F) e os seus pontos Luo.

Canal de Energia Luo Longitudinal da Bexiga


Na face posterior da perna, do ponto de Acupuntura B-58 (Feiyang) do Canal de Energia Principal da
Bexiga, parte o Canal de Energia Luo Longitudinal da Bexiga que segue paralelamente ao trajeto do Canal de
Energia Principal da Bexiga para a cabeça, terminando na boca (Fig. 7.3).

Canal de Energia Luo Longitudinal do Fígado


Na face medial da perna, do ponto Luo F-5 (Ligou) do Canal de Energia do Fígado, parte o Canal de
Energia Luo Longitudinal do Fígado que segue um trajeto paralelo ao do Canal de Energia Principal do
Fígado, terminando na região genital e suprapúbica (Fig. 7.3).

Canal de Energia Luo Longitudinal da Vesícula Biliar


No terço distal da face lateral da perna, do ponto Luz VB-37 (Guangmíng) do Canal de Energia Principal
da Vesícula Biliar, parte o Canal de Energia Luz Longitudinal da Vesícula Biliar que segue para o dorso do
pé (Fig. 7.3).

Canal de Energia Luo Longitudinal do Baço/Pâncreas


Na face medial do pé, do ponto Luz BP-4 (Gongsun) do Canal de Energia Principal do Baço/Pâncreas,
parte o Canal de Energia Luz Longitudinal do Baço/Pâncreas que segue trajeto paralelo ao do Canal de
Energia Principal do Baço/Pâncreas, penetrando o abdome, onde se ramifica para o Intestino Grosso e para o
Estômago (Fig. 7.3).

Todos os direitos reservados a HUMANIVERSIDADE HOLÍSTICA.


Proibida a reprodução, comercialização e divulgação, total ou parcial deste material, salvo quando,
autorizado previamente por escrito pela nossa INSTITUIÇÃO.

10