Você está na página 1de 9

1

Física-Óptica-Óptica da Visão

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.


(Cesgranrio) À medida que a idade avança, as pessoas com hipermetropia (dificuldade em ver de
perto) contraem mais outro problema: a presbiopia, também chamada de "vista cansada", que é
conseqüência do cansaço dos músculos que acomodam a visão às variadas distâncias. É nesse
momento que entram em cena os "óculos de leitura". O grau das lentes, ou seja, sua vergência
(V), é medido em dioptrias (di) e é igual ao inverso da distância focal (f) da lente (medida em
metros).
V = 1/f
1. João, de idade avançada, tem presbiopia. O grau das lentes dos óculos de João é +2,0di. Assim,
se ele quiser projetar, sobre uma folha de papel, a imagem do Sol, ele deverá posicionar as lentes
de seus óculos a uma distância da folha, em centímetros, igual a:
a) 0,5
b) 5,0
c) 25
d) 50
e) 100
2. Assinale o gráfico que representa corretamente o valor da vergência (V) em função da distância
focal (f).

3. (Unitau) São prescritas para um paciente lentes bifocais com distância focais 40cm e -200cm.
a) Qual o defeito de visão que cada uma das partes da lente bifocal corrige?
b) Calcule a convergência de cada uma dessas partes.
c) Determine os pontos próximo e remoto desse paciente sem os óculos.
4. (Unesp) Uma pessoa apresenta deficiência visual, conseguindo ler somente se o livro estiver a
uma distância de 75cm. Qual deve ser a distância focal dos óculos apropriados para que ele
consiga ler, com o livro colocado a 25cm de distância? Esquematize numa figura o traçado dos
raios.
5. (Unesp) Conforme a teoria dos quanta, a luz é emitida e absorvida descontinuadamente, em
pequenos pacotes chamados fótons, cuja quantidade de energia é proporcional à freqüência da
luz. Explique por que o olho humano não é sensibilizado por luz infravermelha intensa, embora um
pequeno número de fótons o sensibilize na cor amarela.
6. (Unesp) Uma pessoa apresenta deficiência visual, conseguindo ler somente se o livro estiver a
uma distância de 75cm. Qual deve ser a distância focal dos óculos apropriados para que ela
consiga ler, com o livro colocado a 25cm de distância?
7. (Unicamp) Nos olhos das pessoas míopes, um objeto localizado muito longe, isto é, no infinito, é
focalizado antes da retina. À medida que o objeto se aproxima, o ponto de focalização se afasta
até cair sobre a retina. A partir deste ponto, o míope enxerga bem. A dioptria D, ou "grau", de uma
lente é definida como D=1/(distância focal) e 1 grau=1m¢. Considere uma pessoa míope que só
enxerga bem objetos mais próximos do que 0,4m de seus olhos.
a) Faça um esquema mostrando como uma lente bem próxima dos olhos pode fazer com que um
objeto no infinito pareça estar a 40cm do olho.
b) Qual a dioptria (em graus) dessa lente?
c) A partir de que distância uma pessoa míope que usa óculos de "4 graus" pode enxergar bem
sem os óculos?
8. (Ufpe) Uma certa pessoa não pode ver claramente objetos mais próximos do que 60cm de seus
olhos. Qual deve ser a maior distância focal, em centímetros, das lentes de seus óculos, que lhe
possibilitará ver claramente objetos colocados a uma distância de 20cm?
2
9. (Unaerp) A lente utilizada nos óculos de uma pessoa hipermétrope possui vergência com 2
dioptrias. A distância focal dessa lente é, em metros:
a) 1/4
b) 1/2
c) 2
d) 4
e) 6
10. (Fgv) Um olho hipermétrope tem o ponto próximo a
50 cm. Esse olho deveria utilizar lente de contato de x dioptrias para observar objetos a 25 cm.
Então, x vale
a) -2,0
b) -1,0
c) 1,0
d) 1,5
e) 2,0
11. (Uff) Considere as seguintes proposições:
1- no foco de uma lente de óculos de pessoa míope, não se consegue concentrar a luz do Sol que
a atravessa
2- lentes divergentes nunca formam imagens reais
3- lentes convergentes nunca formam imagens virtuais
4- lentes divergentes nunca formam imagens ampliadas, ao contrário das convergentes, que
podem formá-las
5- dependendo dos índices de refração da lente e do meio externo, uma lente que é divergente em
um meio pode ser convergente em outro
Com relação a esta proposições, pode-se afirmar que:
a) somente a 5 é falsa
b) a 1 e a 2 são falsas
c) a 1 e a 4 são falsas
d) somente a 3 é falsa
e) a 3 e a 5 são falsas
12. (Unesp) Assinale a alternativa correta.
a) Quando alguém se vê diante de um espelho plano, a imagem que observa é real e direita.
b) A imagem formada sobre o filme, nas máquinas fotográficas, é virtual e invertida.
c) A imagem que se vê quando se usa uma lente convergente como "lente de aumento" (lupa) é
virtual e direita.
d) A imagem projetada sobre uma tela por um projetor de slides é virtual e direita.
e) A imagem de uma vela formada na retina de um olho humano é virtual e invertida.
13. (Pucmg) Para se produzirem lentes, basta associar, aos pares, três tipos de superfícies rígidas
e transparentes: plana, côncava e convexa. O número de lentes que podemos formar, para corrigir
a hipermetropia, é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5
14. (Pucmg)

O tipo de lente da história do Bidu é usado para corrigir:


a) miopia e astigmatismo.
b) hipermetropia e miopia.
c) presbiopia e hipermetropia.
d) presbiopia e miopia.
e) astigmatismo e estrabismo.
15. (Unirio) O olho humano sem problemas de visão, emétrope, é um sistema óptico convergente
que projeta sobre a retina a imagem de um ponto objeto real localizado no infinito. No entanto, o
3
olho necessita ter a capacidade de aumentar a sua vergência, ou poder de convergência, para que
continue sobre a retina a imagem de um ponto objeto que dele se aproxima. Tal capacidade,
denominada PODER DE ACOMODAÇÃO, é perdida com o envelhecimento.
O aumento necessário na vergência de um olho para que seja capaz de enxergar um objeto que
dele se aproximou do infinito até a distância de 0,25m é, em di, igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5
16. (Unb) Considere que a retina do olho de uma pessoa, ilustrado na figura, esteja localizada a
2,5 cm do conjunto formado pela córnea e pelo cristalino - conjunto considerado aqui como uma
única lente de espessura desprezível - e que, se a musculatura do olho estiver relaxada, a imagem
nítida de uma estrela no céu é feita exatamente sobre a retina, no fundo do olho. Para que a
pessoa possa observar nitidamente um objeto situado próximo ao seu rosto, será necessário um
esforço para alterar a curvatura do cristalino, e assim variar a distância focal da lente. Suponha
que a pessoa focalize nitidamente a estrela e, depois, um objeto situado a 10 cm da córnea de seu
olho. Calcule, em milímetros, a diferença entre as distâncias focais nos dois casos. Despreze a
parte fracionária de seu resultado, caso exista.

17. (Uerj) Uma pessoa míope não enxerga nitidamente objetos colocados a distâncias maiores do
que 40cm de seus olhos. O valor absoluto da convergência de suas lentes corretoras, em dioptrias,
é igual a:
a) 1,5
b) 2,5
c) 3,5
d) 4,5
18. (Pucmg) A figura a seguir mostra esquematicamente dois defeitos de visão, que podem ser
corrigidos pelo uso das seguintes lentes:

a) convergentes para os casos A e B.


b) divergentes para os casos A e B.
c) convergente para o caso A e divergente para o B.
d) divergente para o caso A e convergente para o B.
e) um dos defeitos mostrados não pode ser corrigido com o uso de lentes.
19. (Ufv) Três feixes de luz, de mesma intensidade, podem ser vistos atravessando uma sala,
como mostra a figura a seguir.
4

O feixe 1 é vermelho, o 2 é verde e o 3 é azul. Os três feixes se cruzam na posição A e atingem o


anteparo nas regiões B, C e D. As cores que podem ser vistas nas regiões A, B, C e D,
respectivamente, são:
a) branco, azul, verde, vermelho.
b) branco, branco, branco, branco.
c) branco, vermelho, verde, azul.
d) amarelo, azul, verde, vermelho.
e) amarelo, vermelho, verde, azul.
20. (Uel) Um hipermétrope não consegue ver com nitidez objetos situados a uma distância menor
que 1,0m. Para que ele possa ver com clareza a uma distância de 25cm, seus óculos devem ter
convergência, em dioptrias, igual a
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5
21. (Ufsc) As três doenças de visão mais comuns são miopia, hipermetropia e astigmatismo. É
CORRETO afirmar que:
01. as três têm origem em anomalias na estrutura do globo ocular.
02. podem ser corrigidas respectivamente por lente côncavas, convexas e cilíndricas.
04. no míope a imagem se forma à frente da retina.
08. o hipermétrope enxerga mal de longe.
16. as duas primeiras podem ser corrigidas, respectivamente, por lentes convergentes e
divergentes.
22. (Ufmg) A figura mostra a bandeira do Brasil de forma esquemática.

Sob luz branca, uma pessoa vê a bandeira do Brasil com a parte I branca, a parte II azul, a parte III
amarela e a parte IV verde.
Se a bandeira for iluminada por luz monocromática amarela, a mesma pessoa verá,
provavelmente,
a) a parte I amarela e a II preta.
b) a parte I amarela e a II verde.
c) a parte I branca e a II azul.
d) a parte I branca e a II verde.
23. (Puccamp) José fez exame de vista e o médico oftalmologista preencheu a receita a seguir.
5

Pela receita, conclui-se que o olho


a) direito apresenta miopia, astigmatismo e "vista cansada".
b) direito apresenta apenas miopia e astigmatismo.
c) direito apresenta apenas astigmatismo e "vista cansada".
d) esquerdo apresenta apenas hipermetropia.
e) esquerdo apresenta apenas "vista cansada".
24. (Ufpe) A figura a seguir representa um olho humano normal. Raios paralelos entrando num
olho, que está mirando um objeto no infinito, produzem uma imagem real e invertida na retina.
Desse modo, o cristalino atua como uma lente convergente. Se o objeto estiver a 30cm do olho,
para que se forme uma boa imagem, os músculos que controlam a curvatura do cristalino se
alteram. Podemos então afirmar que:

a) A distância focal do cristalino aumentará.


b) A distância focal do cristalino diminuirá.
c) O cristalino se ajustará para formar uma imagem atrás da retina.
d) Os raios de curvatura do cristalino aumentarão.
e) A distância focal do cristalino não sofrerá modificação.
25. (Ufu) Assinale a alternativa FALSA.
a) O cristalino do olho de uma pessoa de visão normal age como uma lente convergente que
produz uma imagem real, invertida e aumentada quando a pessoa observa um objeto distante.
b) Uma pessoa com visão normal, à medida que se aproxima de um objeto, tem o raio de
curvatura de seu cristalino diminuído para que ela continue focalizando o objeto.
c) A variação do diâmetro da pupila tem como objetivo controlar a entrada de luz no olho.
d) Para a correção da hipermetropia é necessária a utilização de lentes convergentes.
26. (Puc-rio) As partes essenciais do olho humano, considerado como instrumento ótico, estão
descritas a seguir. A parte frontal é curva e é formada pela córnea e a lente cristalina. Quando
olhamos para um objeto, a refração da luz na córnea e na lente cristalina produz uma imagem real
deste objeto na retina, localizada na parte posterior do olho a uma distância de 2,5cm.
Quando o objeto está muito distante, essa distância córnea-retina corresponde à distância focal do
sistema córnea-lente cristalina, como mostrado na figura 1.
Quando o objeto que queremos enxergar está próximo, a lente cristalina contrai o raio de
curvatura para diminuir sua distância focal. Desta forma, a imagem do objeto continua sendo
formada na retina, como mostrado na figura 2 e podemos enxergar bem o objeto.
6

Suponha que você esteja lendo um livro à distância de 22,5cm do rosto. Qual deve ser a distância
focal efetiva de seu olho para que possa ler bem o texto?
27. (Puccamp) Nas receitas de óculos, inclusive os de "D. Benta", cada lente é descrita pelo
número de dioptrias, que corresponde ao inverso da distância focal quando esta é medida em
metros. Por exemplo, uma lente convergente de distância focal 0,50 m tem 2,0 dioptrias,
enquanto outra lente divergente com f = - 0,50 m tem - 2,0 dioptrias. Quando uma pessoa diz que
os seus óculos são de - 0,25 dioptrias, ela é
a) hipermétrope e usa lentes divergentes de distância focal 0,25m.
b) hipermétrope e usa lentes convergentes de distância focal 4,0m.
c) míope e usa lentes divergentes de distância focal 4,0m.
d) míope e usa lentes convergentes de distância focal 2,5m.
e) presbíope e usa lentes convergentes de distância focal 2,5m.
28. (Unirio)

Na figura 1, existe um caso tradicional de formação de imagem em uma lente divergente; na


figura 2, existe um caso de formação de imagem em uma lente convergente. Nas duas figuras, o é
o objeto observado e i é a imagem vista pelo observador.
Existem duas deficiências que provocam efeitos visuais antagônicos: a miopia, em que o portador
não vê nitidamente objetos que se situam longe dele; e a hipermetropia, em que o portador não
vê nitidamente objetos que se situam perto dele. A presbiopia ou "vista cansada" é uma
deficiência muscular, não é visual, mas produz o efeito similar ao da hipermetropia.
Assinale a opção correta:
a) As três correções se fazem com lentes convergentes.
b) A miopia e a presbiopia se corrigem com lente divergente, mas a hipermetropia, com lente
convergente.
c) A hipermetropia se corrige com lente divergente, mas a miopia e a presbiopia, com lentes
convergentes.
d) A miopia pode ser corrigida com a lente divergente, mas a presbiopia e a hipermetropia, com
lente convergente.
e) As três correções se fazem com lentes divergentes.
29. (Unifesp) As figuras mostram o Nicodemus, símbolo da Associação Atlética dos estudantes da
Unifesp, ligeiramente modificado: foram acrescentados olhos, na 1 figura e óculos transparentes,
na 2.
7

a) Supondo que ele esteja usando os óculos devido a um defeito de visão, compare as duas figuras
e responda. Qual pode ser este provável defeito? As lentes dos óculos são convergentes ou
divergentes?
b) Considerando que a imagem do olho do Nicodemus com os óculos seja 25% maior que o
tamanho real do olho e que a distância do olho à lente dos óculos seja de 2cm, determine a
vergência das lentes usadas pelo Nicodemus, em dioptrias.
30. (Fuvest) Uma pessoa idosa que tem hipermetropia e presbiopia foi a um oculista que lhe
receitou dois pares de óculos, um para que enxergasse bem os objetos distantes e outro para que
pudesse ler um livro a uma distância confortável de sua vista.
- Hipermetropia: a imagem de um objeto distante se forma atrás da retina.
- Presbiopia: o cristalino perde, por envelhecimento, a capacidade de acomodação e objetos
próximos não são vistos com nitidez.
- Dioptria: a convergência de uma lente, medida em dioptrias, é o inverso da distância focal (em
metros) da lente.
Considerando que receitas fornecidas por oculistas utilizam o sinal mais (+) para lentes
convergentes e menos (-) para divergentes, a receita do oculista para um dos olhos dessa pessoa
idosa poderia ser,
a) para longe: - 1,5 dioptrias; para perto: + 4,5 dioptrias
b) para longe: - 1,5 dioptrias; para perto: - 4,5 dioptrias
c) para longe: + 4,5 dioptrias; para perto: + 1,5 dioptrias
d) para longe: + 1,5 dioptrias; para perto: - 4,5 dioptrias
e) para longe: + 1,5 dioptrias; para perto: + 4,5 dioptrias
31. (Ita) Num oftalmologista, constata-se que um certo paciente tem uma distância máxima e uma
distância mínima de visão distinta de 5,0m e 8,0cm, respectivamente. Sua visão deve ser corrigida
pelo uso de uma lente que lhe permita ver com clareza objetos no "infinito". Qual das afirmações é
verdadeira?
a) O paciente é míope e deve usar lentes divergentes cuja vergência é 0,2 dioptrias.
b) O paciente é míope e deve usar lentes convergentes cuja vergência é 0,2 dioptrias.
c) O paciente é hipermétrope e deve usar lentes convergentes cuja vergência é 0,2 dioptrias.
d) O paciente é hipermétrope e deve usar lentes divergentes cuja vergência é - 0,2 dioptrias.
e) A lente corretora de defeito visual desloca a distância mínima de visão distinta para 8,1 cm.
8
GABARITO
1. [D]
2. [C]
3. a) hipermetropia e miopia.
b) 2,5 di; - 0,50 di
c) 2/3 m; 2,0 m
4. f = 37,5 cm
5. Para visão humana a sensibilidade depende inicialmente da frequência da luz. A cor amarela
nos sensibiliza, o infra-vermelho, não.
6. f = 37,5 cm
7. a) Observe a figura a seguir:

b) - 2,5 graus
c) - 25 cm
8. 30 cm
9. [B]
10. [E]
11. [D]
12. [C]
13. [C]
14. [C]
15. [D]
16. 5 mm
17. [B]
18. [C]
19. [A]
20. [C]
21. V V V F F
22. [A]
23. [A]
24. [B]
25. [A]
26. f = 2,25 cm
Devido à contração da lente cristalina, esta distância focal é menor do que a distância focal de
9
2,5cm do olho relaxado.
27. [C]
28. [D]
29. a) hipermetropia ou presbiopia; convergente;
b) 10 di
30. [E]
31. [E]

Você também pode gostar