Você está na página 1de 5

AEPCON Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Introdução à Informática ...................................................................................................................................2
Software e Hardware .........................................................................................................................................................2
Software Como Programa de Computador ...................................................................................................................2
Tipos de Programas de Computador ..............................................................................................................................2
BIOS .....................................................................................................................................................................................4

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.

1
AEPCON Concursos Públicos

Introdução à Informática
Várias são as formas de se definir um computador. Sem muita complicação, podemos dizer que
um computador é um equipamento eletrônico com a capacidade de receber, processar, transformar,
armazenar e devolver informações ao usuário. Um computador em funcionamento é uma máquina
composta de partes de hardware e de softwares diversos.

Software e Hardware
Hardware é toda a parte física do computador, como monitores, teclados, impressoras, placas,
processadores, discos rígidos etc. As peças de Hardware também podem ser citadas pela banca
como Dispositivos, ou ainda DRIVES, cuidado com este último termo para não confundir com
DRIVERS, que são informações sobre os dispositivos de hardware passados para o Sistema Opera-
cional saber como a peça funciona.
Software ou logiciário é uma sequencia de instruções a serem seguidas e ou executadas, na ma-
nipulação, redirecionamento ou modificação de um dado, informação ou acontecimento. Em outras
palavras, nós podemos pegar, cheirar e medir o hardware. O software, não.
Tecnicamente, software também é o nome dado ao conjunto de produtos desenvolvidos durante
o processo desenvolvimento deste, o que inclui não só o programa de computador propriamente
dito, mas também, manuais, especificações, planos de teste, etc.

Software Como Programa de Computador


Um programa de computador é composto por uma sequencia de instruções, que é interpretada e
executada por um processador ou por uma máquina virtual. Em um programa correto e funcional,
essa sequencia segue padrões específicos que resultam em um comportamento desejado.
Um programa pode ser executado por qualquer dispositivo capaz de interpretar e executar as
instruções de que é formado.
Quando um software está representado como instruções que podem ser executadas diretamen-
te por um processador, dizemos que está escrito em linguagem de máquina. A execução de um
software também pode ser intermediada por um programa interpretador, responsável por inter-
pretar e executar cada uma de suas instruções. Uma categoria especial e notável de interpretado-
res são as máquinas virtuais, como a JVM (Máquina Virtual Java), que simulam um computador
inteiro, real ou imaginado.
O dispositivo mais conhecido que dispõe de um processador é o computador. Atualmente, com
o barateamento dos microprocessadores, existem outras máquinas programáveis, como telefone
celular, máquinas de automação industrial, calculadora, etc.

Tipos de Programas de Computador


Qualquer computador moderno tem uma variedade de programas que fazem diversas tarefas.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.

2
AEPCON Concursos Públicos

→ Eles podem ser classificados em várias categorias, dentre as quais vamos abordar aquelas que são
cobradas nas provas:
˃ firmwares;
˃ aplicativos;
˃ malwares;
˃ Sistema Operacional.
→ Firmware
Um firmware é também conhecido como um software embutido ou software embarcado, indican-
do software destinado a funcionar, também, dentro de uma máquina que não é um computador de uso
geral e normalmente com um destino muito específico, como Modems, celulares, smartphones, etc.
Devemos conhecer esta categoria de software por conta de um firmware em específico, o BIOS
para isso temos uma seção reservada para tratar dele a seguir.
→ Aplicativos
São programas que permite ao usuário fazer uma ou mais tarefas específicas. Aplicativos podem
ter uma abrangência de uso de larga escala, muitas vezes em âmbito mundial; nestes casos, os pro-
gramas tendem a ser mais robustos e mais padronizados. Programas escritos para um pequeno
mercado têm um nível de padronização menor.
Nesta categoria são incluídas as Suítes de Escritório. Uma Suíte de Escritório nada mais é do que
um conjunto de aplicativos que cooperam em termos de uso, pois cada um atende uma necessidade
específica que em conjunto atendem uma necessidade maior.
As Suítes cobradas nas provas de concurso são o Microsoft Office e/ou Br Office. Apesar de o
BrOffice em si não existir mais ele ainda é assim citado nos editais, no entanto as questões costumam
abordar o LibreOffice que é uma suíte desenvolvida em paralelo ao BrOffice e similar a ele.
Assim não estranhe questões que citem LibreOffice ou Apache Open Office nas questões, tome
como base que são iguais. Como o BrOffice teve como última versão a 3.2 não sendo atualizado após,
indica-se que seja instalado o LibreOffice pela similaridade e referência das questões.
Para baixar a suíte acesse o site http://www.libreoffice.org/ baixe e instale em seu computador,
não há problema caso já tenha o Microsoft Office eles não irão atrapalhar um ao outro, contudo
durante a instalação lhe será solicitado qual suíte deseja atribuir como programa padrão para abrir
seus arquivos.
Acompanhe a tabela comparativa a seguir.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.

3
AEPCON Concursos Públicos

Malwares
Os malwares são programas como qualquer outro, mas que possuem uma finalidade maliciosa,
por isso do nome Mal = Malicius ware= Software.
Os softwares desta categoria são classificados de acordo com a sua finalidade, ou podemos
entender que são organizados conforme o tipo de estrago que fazem.
Dado a importância deste conjunto e frequência em provas ele é abordado em outra seção, mas
vale lembrar que se seu edital não cita sobre você não irá encontra-lo no curso.
Sistema Operacional
Um Sistema Operacional é o principal programa do computador, ele é responsável por gerenciar
o computador (hardware) para viabilizar o uso pelo usuário.
São exemplos de software desta categoria o Microsoft Windows, GNU Linux e Mac OS, dentre
outros como o próprios Android usado nos tablets, Smartphones e celulares.
Mais características sobre o que é um Sistema Operacional podem ser estudadas na seção espe-
cífica sobre o assunto, lembrando que caso o assunto não seja pertinente ao seu concurso o que foi
visto até aqui sobre esse tipo de software é o suficiente.

BIOS
BIOS, em computação Basic Input/Output System (Sistema Básico de Entrada/Saída). O termo
é incorretamente conhecido como Basic Integrated Operating System (Sistema Operacional Básico
Integrado) ou Built In Operating System (Sistema Operacional Interno). O BIOS é um programa
de computador pré-gravado em memória permanente (firmware) executado por um computador
quando ligado. Ele é responsável pelo suporte básico de acesso ao hardware, bem como por iniciar a
carga do sistema operacional.
O BIOS é armazenado num chip ROM (Read-Only Memory) que pode ser do tipo Mask-ROM e
PROM nas placas-mãe produzidas até o início da década de 1990, e Flash ROM (memória flash) nas
placas mais recentes. Na memória ROM da placa-mãe existem mais dois programas chamados SETUP
(usado para configurar alguns parâmetros do BIOS), e POST (Power On Selt Test) uma seqüência de
testes ao hardware do computador para verificar se o sistema se encontra em estado operacional.

Chip de BIOS do tipo PLCC (Plastic Leaded Chip Carrier), encontrado em placas-mãe moderna

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.

4
AEPCON Concursos Públicos

Entre outras funções o papel mais importante do BIOS é o carregamento do sistema operacio-
nal. Quando o computador é ligado e o microprocessador tenta executar sua primeira instrução, ele
tem que obtê-la de algum lugar. Não é possível obter essa instrução do sistema operacional, pois esse
se localiza no disco rígido, e o microprocessador não pode se comunicar com ele sem que algumas
instruções o digam como fazê-lo. É o BIOS o responsável por fornecer essas instruções.
EXERCÍCIOS
01. São programas com funções idênticas, tanto no Microsoft Office quanto no BrOffice.org 3.1:
a) Word e Impress.
b) Excel e Writer.
c) PowerPoint e Draw.
d) Access e Base.
e) Publisher e Math.
02. Assinale a alternativa incorreta.
a) O Calc possibilita a edição de fórmulas.
b) arquivos de extensão .ods são conversíveis para .xls.
c) O Base viabiliza a edição de banco de dados.
d) arquivos de texto de extensão odt editado pelo Broffice ou Open Office não abrem no
Windows pois foram elaborados em Linux.
e) O write, da suíte Libreoffice ou Broffice, possui botão nativo na barra de tarefas que permite
a conversão de texto era PDF.
GABARITO
01 – D
02 – D

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.