Você está na página 1de 33

ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E

MONTAGEM

Engrenagem de Sincronismo da Árvore de Manivelas - Instalar

Instale as chavetas nos rasgos de alojamentos na ponta da árvore de manivelas e inicie a


instalação das engrenagens de sincronismo do motor da seguinte forma:

1. Posicione a engrenagem de sincronização da árvore de manivelas de modo que a


referência 1 de sincronismo fique voltada para frente;

#4

2. Alinhe o alojamento da chaveta na engrenagem de sincronização da árvore de


manivelas com a chaveta;

3. Ao encaixar, e antes do encaixe final, fique


atento ao alinhamento das referências
1 existentes na engrenagem da bomba
de óleo com a engrenagem de sincronis-
mo da árvore de manivelas;

58
2> Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE —

4. Com o auxílio de um relógio comparador e base magnética, meça a folga entre den-
tes da engrenagem da árvore de manivelas e engrenagem da bomba de óleo;

5. A folga deve ser de 0,04 mm a 0,15 mm;

6. Remova o relógio comparador e base.

Bomba de Alta Pressão e Engrenagem - Instalar

1. Instale o anel o'ring da bomba de alta pressão. Em seguida gire o motor no suporte em 180
graus;

2. Em seguida, instale a bomba de alta pressão em seu alojamento;

3. Na sequência instale as porcas de fixação da bomba e aperte-as com torque de 25 Nm;

Apertando as porcas da bomba com torque específico

59
ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E MONTAGEM

4. Avalie as condições do rolamento da engrenagem da bomba de alta pressão;

5. Instale a engrenagem da bomba de alta pressão, de forma que as marcas de sincronismo


número 3 se alinhem com as marcas de número 3 da engrenagem do eixo balanceador;

6. Agora, intale o anel o'ring na engrenagem da bomba de alta pressão, em seguida instale a
porca de fixação da engrenagem;

7. Utilize uma ferramenta de bloqueio e aperte a porca com torque de 65 Nm;

Apertando a porca da engrenagem da bomba de alta


^ pressão com torque específico

60
i Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

8. Com o auxílio de um relógio comparador e base magnética, meça a folga entre dentes da engre-
nagem da bomba de alta pressão e engrenagem do eixo balanceador;

Relógio comparador e base medindo a folga das


engrenagens da bomba e eixo balanceador

9. A folga deve ser de 0,04 mm a 0,15 mm;

10. Remova o relógio comparador e base.

Engrenagem Intermediária de 3 Elementos - Inspeção e Controle


A engrenagem intermediária é um componente dividido em 3 partes. A principal e maior,
localizada no centro, e outras duas menores, secundárias 1 e 2, que recebem carga de molas
interna. Sua função é eliminar ruído entre dentes da árvore de manivelas com a engrenagem da
bomba de alta pressão.

O
c
Engrenagem intermediária dividida em 3 partes, junto
com os componentes internos

61
Controle e inspeção da engrenagem intermediária

1. Faça inspeção visual na engrenagem e verifique se os dentes estão em bom estado, sem
trincas e quebras;

2. Em seguida, avalie as condições dos anéis de pressão e molas internas;

Avaliando as molas internas da engrenagem


intermediária

3. Inicie a montagem do conjunto de engrenagens intermediárias, principal e engrenagens


secundárias 1 e 2;

Montagem do conjunto da engrenagem intermediária

62
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

4. Em seguida, com um súbito calibrado com 44,00 mm, verifique o diâmetro interno da
engrenagem, medindo de forma cruzada;

5. A folga não deve ser superior a 0,03 mm;

6. Em seguida, com um micrômetro, confira o diâmetro externo do eixo da engrenagem in-


termediária. Confirme a medida de forma cruzada;

Com micrômetro medindo o diâmetro do eixo da


^ engrenagem intermediária

7. O valor do diâmetro deve ser em torno de 43,97 mm;

63
ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E MONTAGEM

8. A folga entre o eixo e a engrenagem não deve


ser superior a 0,08 mm;

9. Após o controle da engrenagem intermediá-


ria, prenda o conjunto na morsa equipada
com mordentes de alumínio;

Engrenagem intermediária presa à morsa para monta-


^ gem do conjunto

10. Com ferramenta específica posicione e alinhe as engrenagens. Com o auxílio de um ajudante,
trave as engrenagens com parafuso de serviço;

11. Na sequência, remova a engrenagem intermediária da morsa e prepare-se para instalar o


conjunto em seu alojamento no motor.

64
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

Parafuso da engrenagem intermediária

Parafuso de Serviço da Engrenagem Intermediária

07 mm 0roscade6mm
/7-

Chave sextavada
de 10 mm
5
20 mm mm

Instalação da engrenagem intermediária em seu alojamento

A engrenagem intermediária deve estar com o conjunto das engrenagens secundárias travadas
com parafusos de serviço;

1. Encaixe o eixo no conjunto da engrenagem intermediária;

2. Posicione o conjunto da engrenagem intermediária no seu alojamento e, antes do encaixe final,


alinhe as marcas 5 com a engrenagem da árvore de manivelas e as marcas 4 com a engrena-
gem da bomba de alta pressão;

65
ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E MONTAGEM

Alinhamento das marcas 5

3. Posicione a placa de encosto, de forma que o ressalto fique voltado para fora;

4. Em seguida, encaixe os dois parafusos no eixo


da engrenagem;

Instalando os parafusos de fixação da engrenagem


intermediária

5. Aperte os parafusos com torque de 50 Nm;


7. Confira as referências de todas as engrenagens de sincronismo;

8. Em seguida, instale a roda fônica do sensor de rotação com o lado da aba para fora.

Na desmontagem do sincronismo do motor, instale o parafuso de serviço para


manter o conjunto das engrenagens intermediárias alinhado.
\ )

67
ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E MONTAGEM f

Carcaça Externa das Engrenagens de Sincronismo - Cobertura - ^


Instalar t
1. Faça inspeção na cobertura externa da carcaça de sincronismo quanto a deformidades e
limpeza; r
2. Em seguida, aplique junta líquida e aguarde o tempo de cura antes da instalação;

3. Instale o anel o'ring na carcaça de sincronismo;

a
4. Na sequência, instale a carcaça externa de sincronismo;

68
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

5. Instale os parafusos e aperte-os, do centro


para as extremidades, com torque de 15 Nm;

Apertando os parafusos da cobertura da carcaça com


torque de serviço

6. Instale o sensor de rotação em seu alojamento


e aperte o parafuso com torque de trabalho;

Instalando o sensor de rotação em seu alojamento

7. Instale a polia dianteira e o parafuso de


fixação;

8. Trave a árvore de manivelas com ferramenta


de bloqueio;

69
ENGRENAGENS DE SINCRONISMO - CONTROLE E MONTAGEM

9. Aperte o parafuso da polia com torque de 180 Nm;

70
CONJUNTO DA BOMBA D'ÁGUA
Controle e Instalação da Bomba D'Água
1. Faça inspeção na bomba d'água quanto ao estado da carcaça, rotor e folga do eixo;

2. Instale a junta e a bomba d'água junto com os 5 parafusos e as 2 porcas;

3. Aperte parafusos e porcas com torque de 15 Nm.

72
BIELA
A biela do motor 1KD-FTV é construída em aço forjado e possui grande resistência
mecânica. A biela e a capa recebem identificação nas laterais para garantir a condição
de par único.
c \

Biela do motor Toyota 1KD-FTV

Inspeção Visual
Com a biela e capa limpas, secas e montadas com os parafusos levemente apertados, inspe-
cione visualmente o estado geral da biela. Em seguida, posicione a biela horizontalmente sobre
uma base com superfície plana e avalie se ela não apresenta indícios de empenamento.

74
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

Controle Dimensional da Biela - Medidas, Folgas e Pré-Tensão das


Bronzinas

Após a inspeção visual, faça o controle dimensional da biela. Para realizar esse procedimento, é
necessário uma bancada com morsa, torquímetro e goniómetro para aperto torcional e angular,
além de um súbito para medidas internas.

Comprimento dos parafusos da capa de biela

Na sequência, avalie os parafusos que prendem


a capa da biela. São componentes de alta
resistência torcional e de expansão. Se o
comprimento for superior a 66,00 mm, o
parafuso deve ser substituído.

Medindo comprimento dos parafusos das bielas


V J

Folga radial do pino do pistão

1. Com o auxílio de um micrômetro, meça o diâmetro do pino munhão e transfira a medida


para o súbito;

75
BIELA

2. Posicione a biela sobre uma bancada;

3. Agora, insira o súbito no alojamento do pino da biela e confira a folga radial. Meça duas vezes,
de forma que cada medição seja feita a 90° uma da outra;

4. O valor da folga encontrado deve ser de 0,02 mm a 0,03 mm, conforme especificado na tabela
do fabricante.

Diâmetro interno da biela - Sem bronzina

A biela deve ser posicionada e presa corretamente na morsa. Utilize a proteção de alumínio para
evitar contato direto dos mordentes e não marcar ou danificar a biela.

1. Aperte os parafusos das capas da biela com um torque de 35 Nm + 90° de aperto angular;

2. Em seguida, remova a biela da morsa;

3. Com o súbito calibrado na medida de 62,00


mm, meça o diâmetro interno do alojamento
da biela, no sentido longitudinal;

4. A conicidade e a ovalização não pode ser su-


perior a 0,01 mm;

5. Em seguida, prenda a biela na morsa, solte


os parafusos, remova a biela e posicione-a
sobre a bancada.
Medindo o diâmetro interno do alojamento das
^ bronzinas

76
2> Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE =

Folga radial da biela - Diâmetro interno da biela com as bronzinas

1. Instale as bronzinas novas e monte a capa na biela;

2. Prenda a biela à morsa, aperte os parafusos da capa de biela com torque de 35 Nm + 90° de
aperto angular;

Com bronzinas instaladas, aperte os parafusos da biela


^ com torque específico

3. Remova a biela da morsa e, com o auxílio de um súbito calibrado na medida de 59,00 mm,
meça o diâmetro interno da biela com as bronzinas instaladas;

Conferindo folga radial da biela com bronzinas


^ instaladas

4. A medida deve ser conferida em três posições: longitudinal, 30° à esquerda e 30° à direita;

5. A tolerância permitida é de 0,02 mm a 0,04 mm.

77
BIELA

Pré-tensão das bronzinas

As bronzinas, quando unidas, devem ser ligeiramente maiores que seu alojamento na biela.
Quando a capa é apertada na biela, força as bronzinas contra as paredes. Sem a pré-tensão as
bronzinas rodariam no seu alojamento. Para o procedimento de verificação de pré-tensão das
bronzinas, proceda da seguinte forma:

1. Com biela e bronzinas montadas, prenda a biela na morsa;

2. Insira o súbito no espaço entre as bronzinas e zere o relógio;

3. Em seguida, solte o aperto de 01 dos parafusos da capa de biela;

78
J Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

4. Agora, observe a variação no relógio comparador do súbito;

5. O valor deve ser de 0,030 mm a 0,120 mm, conforme especificação do fabricante;

6. Solte o aperto do outro parafuso, remova a biela da morsa e repita os procedimentos com as
outras bielas.

79
PISTÕES
Os pistões do motor Toyota 1KD-FTV têm cabeça com desenho tipo Ômega e resistem às grandes
pressões.

1. Possui pinos munhões do tipo flutuante;

2. Para o resfriamento da câmara de combustão, o pistão recebe jato de óleo em sua base
através de borrifadores.

Limpeza e Inspeção do Pistão


Para o controle dimensional, o pistão deve estar totalmente limpo. Se o pistão for usado, limpe
os resíduos de carvão nas canaletas sem danificá-las. Faça uma inspeção visual sobre a super-
fície do pistão para avaliar se há riscos ou deformidades. Verifique também as condições da
canaletas, das câmaras e do alojamento do pino munhão.

81
PISTÕES

Controle Dimensional
Folga do pistão no bloco

1. Com um micrômetro, meça o diâmetro da saia do pistão STD, o valor encontrado deve ser
de 95,95 mm;

2. Em seguida, transfira a medida para o súbito;

3. Encaixe o súbito, zere o relógio comparador e


meça o diâmetro interno da camisa no bloco
do motor;

4. 0 fabricante orienta que as folgas devem ser de 0,07 mm a 0,09 mm;

5. O limite máximo de folga permitido é de 0,14 mm;

6. Repita o procedimento com os outros pistões e cilindros do bloco.

82
^ Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

Folga do alojamento do pino do pistão

1. Utilizando um súbito calibrado na medida de 34,00 mm, meça o diâmetro do alojamento do


pino no pistão;

2. A folga recomendada deve ser de 0,01 mm a 0,02 mm.

Anéis de Segmento - Pistões Usados


No caso de pistões usados e anéis novos, meça as folgas dos anéis nas canaletas utilizando um
espessímetro.

Folga entre pontas dos anéis de segmento

A folga entre pontas dos anéis de segmento deve ser medida somente quando as capas dos
mancais do bloco do motor estiverem instaladas
e os parafusos apertados com o torque de
trabalho. Proceda da seguinte forma:

1. Instale o 1 anel de compressão no cilindro


fi

do bloco;

83
PISTÕES

2. Insira um pistão no bloco e empurre-o de encontro ao anel para alinhá-lo;

3. Avance com o pistão em torno de 30 mm e retire-o do cilindro;

Inserindo o pistão na camisa para alinhar o anel de


segmento /

4. Com o auxílio do calibre de lâminas, confira a folga entre pontas;

Com o calibre de lâminas medindo a folga entre pontas


V J

5. O valor encontrado deve ser de 0,27 mm a 0,39 mm;

6. Repita o procedimento para o 2 e o 3 anel de segmento, observando as respectivas folgas


a 2

para cada um deles, segundo a tabela.

84
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

Folga entre pontas dos anéis


de segmento
(pistões usados)

Mínimo Máximo
1 anel de compressão
e
0,27 mm a 0,39 mm 0,85 mm
2 anel de compressão
a
0,47 mm a 0,57 mm 1,05 mm
3 anel raspador de óleo
a
0,20 mm a 0,40 mm 0,75 mm
Folga dos anéis nas canaletas
Folga lateral do 1 anel na canaleta
a
De 0,09 mm a 0,13 mm
Folga lateral do 2 anel na canaleta
a
De 0,09 mm a 0,13 mm
Folga lateral do 3 anel na canaleta
a
De 0,03 mm a 0,08 mm

Pistões - Montagem das Bielas, Anéis e Instalação no Bloco

Para a montagem dos pistões nas bielas, solte os parafusos das capas e mantenha-as unidas à
biela;

1. Monte o pistão na biela com a marca de frente do pistão voltada para o lado do ressalto na
base da biela;

85
PISTÕES

2. Introduza o pino do pistão manualmente e com uma fenda, instale os anéis-trava;

3. Agora, com o alicate expansor, monte os anéis de segmento a partir da terceira, passando
pela segunda e pela primeira canaleta;

4. No primeiro anel, posicione a marca NKD voltada para o topo do pistão;

5. No segundo anel, posicione a marca N voltada para o topo do pistão;

6. Posicione a ponta do 1 anel a 180° da ponta do 2 anel;


a a

7. As pontas do 3 anel também devem ficar separadas a 180°, porém, se alinham a 90° em re-
a

lação ao 2 anel de compressão;


a

86
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

8. Posicione as pontas dos anéis na região, lo-


calizada entre a saia do pistão e o aloja-
mento do pino de pistão;

9. Posicione o bloco do motor na posição


vertical;

Posicionando e alinhando os anéis no pistão


V J

10. Lubrifique o cilindro que vai receber o con-


junto biela e pistão;

11. Retire a capa de biela, passe óleo nas bron-


zinas e introduza o conjunto pistão e biela;

12. A marca do pistão deve ser voltada para


o lado do sincronismo do motor (frente do
motor);

13. Confira a posição dos anéis, lubrifique-os


e instale a cinta universal para comprimir os
anéis;

87
PISTÕES

14. Antes de encaixar o conjunto pistão e biela,


posicione o eixo no PMI e lubrifique o colo do
eixo;

15. Em seguida, alinhe a cinta e empurre o pistão


com cuidado para não tocar no jet cooler.
Empurre o conjunto até o encaixe da biela no
colo do moente;

16. Na sequência, lubrifique a bronzina da capa


e instale-a na biela;

17. Instale os parafusos e aperte-os com torque


de 35 Nm + 90° de aperto angular;

18. Repita o procedimento e instale os outros


conjuntos de bielas e pistões nos cilindros.

88
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

Folga Axial da Biela na Árvore de Manivelas - Conferir

Com o conjunto pistões e bielas montado na árvore de manivelas, confira a folga axial das bielas
nos alojamentos da árvore de manivelas. 0 valor deve ser em torno de 0,10 mm a 0,30 mm.

Filtro de Tela (Pescador) - Cárter do Motor - Instalar

1. Instale o tubo pescador de óleo com suas respectivas juntas;

2. Agora instale os parafusos e aperte-os com torque de 10 Nm;

89
PISTÕES

3. Em seguida, aplique junta líquida no cárter e


aguarde a cura do adesivo;

4. Na sequência, instale o cárter, os 22 parafusos


e as 2 porcas;

5. Aperte os parafusos e as porcas com torque


de 15 Nm;

6. Aperte o bujão de escoamento de óleo do


cárter com torque de 45 Nm;

Apertando os parafusos com torque específico

7. Em seguida, remova o bujão superior de a-


cesso à bomba de óleo e coloque aproxi-
madamente 20 cm de óleo de motor dentro
3

da bomba;

Colocando óleo no duto de abastecimento da bomba de


óleo

90
Motor Toyota 1KD-FTV - Hilux 3.0L - Controle Dimensional
SETE

8. Aperte o bujão com torque de 45 Nm.

Projeção do Pistão na Face do Bloco - Definir a Junta do Cabeçote


Os pistões do motor se projetam para além da face superior do bloco. 0 valor dessa projeção
define a espessura da junta do cabeçote. O procedimento para conferir as projeções dos pistões
é executado da seguinte forma:

1. Com o auxílio de um relógio comparador e de uma base, posicione o motor em PMS;

2. Em seguida, verifique a projeção do pistão além da face do bloco;

3. 0 valor da projeção deve ser de 0,005 mm a 0,254 mm;

91
PISTÕES

4. Repita essa leitura em quatro pontos diferentes do pistão, distantes 90° umas das outras;

5. Localize o ponto mais saliente de cada pistão. Essa é a medida a ser considerada;

6. Repita esse procedimento nos outros 03 pistões e observe os valores das projeções;

7. O resultado da projeção vai definir a junta do cabeçote a ser utilizada;

8. As marcas de opção estão na lateral frontal da junta e correspondem às letras A, B, C, D e E;

9. Os valores proporcionais à essas marcações estão na tabela a seguir.

Pistão
Mínimo de 0,005 mm
Projeção em relação à face usinada do bloco
Máximo de 0,254 mm
Pino do pistão
Medida do diâmetro 33,99 mm a 34,00 mm

Projeção do Pistão Tamanho da Junta


De 0,005 mm a 0,054 mm Use o tamanho A
De 0,055 mm a 0,104 mm Use o tamanho B
De 0,105 mm a 0,154 mm Use o tamanho C
De 0,155 mm a 0,204 mm Use o tamanho D
De 0,205 mm a 0,255 mm Use o tamanho E

92
ORIFÍCIO DE OLEO DO BLOCO DO MOTOR - LIMITADOR DE
FLUXO DE ÓLEO PARA O CABEÇOTE
No sistema de lubrificação do motor 1KD-FTV, na linha que segue para o cabeçote, existe um
dispositivo, um tubo com orifício, com função de limitar a vazão de óleo para a parte superior
do motor. Como o diâmetro interno do orifício é de 2,00 mm, o dispositivo garante a integridade
da parte inferior do motor, caso aconteça folga excessiva no sistema do cabeçote. Assim, mesmo
que a lubrificação dos comandos, dos tuchos e das válvulas, por motivo de desgaste ou quebra,
fique comprometida, a pressão e a lubrificação de óleo para a parte inferior estarão garantidas.

Diâmetro de 2 mm

-4

Instalar Orifício de Lubrificação - Parte Superior do Motor


1. Instale o dispositivo em seu alojamento, junto à face superior do bloco, antes de instalar a junta
do cabeçote.

94

Você também pode gostar