Você está na página 1de 463

PLANILHAS DE

RECONHECIMENTO DE REALIZAÇÃO_FEV_2016
RISCOS AMBIENTAIS POR DOCUMENTO N°02
FUNÇÃO ORDEM DE SERVIÇO

PLANILHAS DE
RECONHECIMENTO DE RISCOS
AMBIENTAIS POR FUNÇÃO
______________________________________________________________________
_______

ELABORAÇÃO
______________________________________________________________________
_______

MEDLABOR SEGURANÇA DO TRABALHO

Levantamento em Maio/2016
MEDLABOR SEGURANÇA DO TRABALHO – Informação Confidencial
(apenas para uso interno e com autorização da administração)

Página 1
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

Sumário

ADESTRADOR DE ANIMAIS .............................................................................. 6


AJUDANTE GERAL (TRABALHADOR AGROPECUARIO EM GERAL) ............. 9
AJUDANTE DE PEDREIRO .............................................................................. 13
ALMOXARIFE .................................................................................................... 16
ANALISTA DE FINANCEIRO ............................................................................ 18
ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS ........................................................... 21
ANALISTA DE SISTEMA ................................................................................... 25
ANALISTA TÉCNICO ........................................................................................ 28
APLICADOR AGRÍCOLA ................................................................................... 31
ARMADOR DE FERRO ..................................................................................... 34
ASSISTENTE ADMINISTRATIVO .................................................................... 37
AUXILIAR ADMINISTRATIVO ........................................................................... 40
AUXILIAR ALMOXARIFE .................................................................................. 43
AUXILIAR DE COZINHA ................................................................................... 46
AUXILIAR DE CRÉDITO ................................................................................... 50
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO ............................................................................. 52
AUXILIAR DE INSTALAÇÃO ............................................................................. 54
AUXILIAR DE LIMPEZA .................................................................................... 57
AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO ............................................................. 61
AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS ............................................................. 64
AUXILIAR DE MECÂNICO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS ................................ 67
AUXILIAR DE MECANICO ................................................................................ 70
AUXILIAR DE SECADOR .................................................................................. 73
AUXILIAR DE SERVIÇOS ................................................................................. 76
AUXILIAR TÉCNICO ......................................................................................... 80
BALANCEIRO .................................................................................................... 83
BORRACHEIRO ................................................................................................ 86
CAIXA ................................................................................................................ 89
CALDEIREIRO................................................................................................... 91
CAPATAZ .......................................................................................................... 94
CARPINTEIRO .................................................................................................. 97
CASEIRO NA AGRICULTURA ........................................................................ 100
CERQUEIRO ................................................................................................... 104
CHEFE DE DEPÓSITO ................................................................................... 107
CIRCULEIRO ................................................................................................... 110
CLASSIFICADOR DE GRÃOS ........................................................................ 113
COMPRADOR ................................................................................................. 116
COORDENADOR ADMINISTRATIVO ............................................................. 119
COORDENADOR DE ARMAZÉM ................................................................... 123
COORDENADOR DE CERCA ......................................................................... 126
COORDENADOR DE CONFINAMENTO ........................................................ 129

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 2
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE CONTROLADORIA ...................................................... 132


COORDENADOR DE ESTOQUE .................................................................... 135
COORDENADOR DE LAVOURA .................................................................... 138
COORDENADOR DE MANUTENÇÃO ............................................................ 141
COORDENADOR DE NÚCLEO ...................................................................... 144
COORDENADOR DE OBRAS ......................................................................... 147
COORDENADOR DE PLANEJAMENTO ........................................................ 151
COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS .............................................. 154
COORDENADOR DE SEGURANÇA DO TRABALHO .................................... 157
COORDENADOR DE SERVIÇOS ................................................................... 160
COZINHEIRA ................................................................................................... 162
DIRETOR FINANCEIRO .................................................................................. 165
ELETRICISTA AUTOMOTIVO ......................................................................... 167
ELETRICISTA DE MANTENÇÃO .................................................................... 170
ELETRICISTA .................................................................................................. 174
ENCARREGADO ADMINISTRATIVO ............................................................. 178
ENCARREGADO DE LOGÍSTICA .................................................................. 180
ENCARREGADO DE AGRICULTURA ............................................................ 183
ENCARREGADO DE ELÉTRICA .................................................................... 186
ENCARREGADO DE FABRICA DE RAÇÃO ................................................... 190
ENCARREGADO DE MANUTENÇÃO CIVIL .................................................. 193
ENCARREGADO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS ............. 196
ENCARREGADO DE MANUTENÇÃO ............................................................ 200
ENCARREGADO DE OBRAS ......................................................................... 203
ENCARREGADO DE TERRAPLANAGEM ...................................................... 206
ENCARREGADO DE TROPA ......................................................................... 209
ENCARREGADO DE TURMA ......................................................................... 212
ENCARREGADO DE ZELADORIA.................................................................. 215
ENCARREGADO NA AGRICULTURA ............................................................ 218
ENCARREGADO NA AGROPECUÁRIA ......................................................... 221
ENCARREGDO DE RETIRO ........................................................................... 225
ENFERMAGEM DO TRABALHO..................................................................... 228
ENGENHEIRO AGRÔNOMO .......................................................................... 231
FAXINEIRO ..................................................................................................... 234
FUNILEIRO ...................................................................................................... 238
GERENTE ADMINISTRATIVO ....................................................................... 241
GERENTE DE AGRICULTURA ....................................................................... 244
GERENTE DE PECUÁRIA .............................................................................. 247
GERENTE DE PRODUÇÃO E OPERAÇÕES AGROPECUÁRIAS ................. 250
GERENTE DE PRODUÇÃO ............................................................................ 252
GERENTE DE SERVIÇOS E MANUTENÇÃO ................................................ 254
GERENTE DE SERVIÇOS .............................................................................. 256
GERENTE DE VENDAS EXTERNA ................................................................ 259
GERENTE DE VENDAS INTERNA ................................................................. 261
GERENTE FINANCEIRO ................................................................................ 263
GUARDA NOTURNO ...................................................................................... 265
INSEMINADO .................................................................................................. 268
INSTALADOR DE EQUIPAMENTOS DE INTERNET ..................................... 271

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 3
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

JARDINEIRO ................................................................................................... 274


LAVADOR DE VEICULOS ............................................................................... 278
LUBRIFICADOR .............................................................................................. 281
MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS ..................... 284
MECÂNICO LUBRIFICADO DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ...................... 287
MECÂNICO LUBRIFICADO INDUSTRIAL ...................................................... 291
MECÂNICO ..................................................................................................... 294
MENOR APRENDIZ ........................................................................................ 297
MESTRE DE OBRAS ...................................................................................... 299
MONTADOR SOLDADOR ............................................................................... 302
MOTORISTA DE CAMINHÃO MUNCK ........................................................... 305
MOTORISTA DE CARRETA ARTICULADA .................................................... 309
MOTORISTA DE CARRETA ........................................................................... 312
MOTORISTA DE PRANCHA ........................................................................... 315
MOTORISTA.................................................................................................... 318
MOVIMENTADOR DE CARGAS ..................................................................... 321
OPERADOR DE COLHEITADEIRA................................................................. 325
OPERADOR DE EMPILHADEIRA ................................................................... 328
OPERADOR DE EQUIPMENTOS FORA DE ESTRADA ................................ 331
OPERADOR DE ESCAVADEIRA .................................................................... 334
OPERADOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS .................................................... 337
OPERADOR DE MÁQUINAS DE BENEFICIAMENTO DE PRODUTOS AGRÍCOLAS
......................................................................................................................... 340
OPERADOR DE MAQUINAS .......................................................................... 344
OPERADOR DE MOTONIVELADORA ............................................................ 347
OPERADOR DE MOTOSSERRA .................................................................... 350
OPERADOR DE PÁ CARREGADEIRA ........................................................... 353
OPERADOR DE RETROESCAVADEIRA ....................................................... 356
OPERADOR DE SECADOR ............................................................................ 360
OPERADOR DE UNIPORT ............................................................................. 363
PEDREIRO ...................................................................................................... 366
PILOTO AGRÍCOLA ........................................................................................ 369
PILOTO COMERCIAL ..................................................................................... 372
PINTOR DE OBRAS ........................................................................................ 375
PORTEIRO ...................................................................................................... 379
PROFESSOR .................................................................................................. 382
RECEPCIONISTA ATENDENTE ..................................................................... 385
SALGADOR ..................................................................................................... 387
SECRETÁRIA ATENDENTE ........................................................................... 390
SERVIÇOS GERAIS DE LIMPEZA.................................................................. 392
SOLDADOR ..................................................................................................... 396
SUPERVISOR DE EXPLORAÇÃO AGRICOLA .............................................. 399
SUPERVISOR DE MANEJO E PASTAGEM ................................................... 402
SUPERVISOR DE MANUTENÇÃO ................................................................. 405
SUPERVISOR DE PECUARIA ........................................................................ 408
SUPERVISOR DE PRODUÇÃO ...................................................................... 411
TÉCNICO AGRÍCOLA ..................................................................................... 415
TÉCNICO DE CONTROLE AUTOMOTIVO .................................................... 418

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 4
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

TÉCNICO EM ENFERMAGEM DO TRABALHO ............................................. 421


TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABLHO .................................................. 424
TORNEIRO MECÂNICO .................................................................................. 427
TRABALHADOR AGRÍCOLA POLIVALENTE ................................................. 430
TRABALHADOR RURAL ................................................................................. 434
TRABALHADOR VALENTE NA AGRICULTURA ............................................ 437
TRATADOR DE ANIMAIS ............................................................................... 440
TRATORISTA AGRÍCOLA ............................................................................... 443
VAQUEIRO ...................................................................................................... 447
VENDEDOR EXTERNO .................................................................................. 450
VENDEDOR INTERNO ................................................................................... 452
VETERINÁRIO................................................................................................. 454
VIGIA ............................................................................................................... 457
ZELADOR ........................................................................................................ 460

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 5
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ADESTRADOR DE ANIMAIS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Adestrador de Animais SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Manejam, alimentam e monitoram a saúde e o comportamento de animais da pecuária. Condicionam e adestram animais. Sob orientação de veterinários e técnicos, tratam
sanidade de animais, manipulando e aplicando medicamentos e vacinas, higienizam animais e recintos; aplicam técnicas de inseminação e castração. Realizam atividades
de apoio, assessorando em intervenções cirúrgicas, exames clínicos e radiológicos, pesquisas, necropsias e sacrifícios de animais.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Hipertermia, fadiga e
FÍSICOS Ruídos e calor Radiação solar Rotinas de trabalho
desidratação
Moderado Integral THDL-400
DOS-500
TGD-400
Poeiras, substancias Avaliação
Doenças respiratórias
compostas ou Manejo de animais, Quantitativa
QUÍMICOS produtos químicos em medicamentos.
Rotinas de trabalho e dermatoses Moderado Integral
ocupacionais BDX-II
geral.
Hepatites virais, Avaliação
Microrganismos em dermatoses de contato, Qualitativa
BIOLÓGICOS geral
Contato com animais. Rotinas de trabalho
tétano, leishmaniose
Moderado Integral
cutâneas. Inspeção local
Esforço físico intenso,
exigência de postura Lombalgias, fadigas, Avaliação
Movimentação de Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada e
materiais
Rotinas de trabalho lesões musculo Moderado Integral
movimentação esqueléticas Inspeção local
manual de cargas
Armazenamento Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
inadequado, queda de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES de níveis diferente e diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas e
Moderado Integral
animais peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 6
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS


NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 7
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuros - UVA Uso contínuo em exposição solar
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e Uso de acordo com a
Poeiras e Névoas PFF1
névoas; necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes biológicos; Luva de Procedimento
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Calçado para proteção dos pés contra agentes térmicos; Bota Tipo Mateira Uso contínuo
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações Uso de acordo com a
Bota de PVC
com uso de água; necessidade
Perneira para proteção da perna contra agentes abrasivos e escoriastes; Perneira com ou sem velcro Uso contínuo
Protetor solar FPS mínimo 50 Proteção UVA e UVB Uso contínuo em exposição solar
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Garrafa térmica Garrafa de água De acordo com a necessidade
Capa de chuva Capa de chuva De acordo com a necessidade
Chapéu Chapéu de palha Uso contínuo em exposição solar
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 8
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

AJUDANTE GERAL (TRABALHADOR AGROPECUARIO EM GERAL)

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


FUNÇÃO: Ajudante Geral (Trabalhador Agropecuário em
EMPRESA: SETOR:
Geral)
IDADE ENTRE ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
18 E 45 ANOS
- - 04 - 6210-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Tratam animais da pecuária e cuidam da sua reprodução. Preparam solo para plantio e manejam área de cultivo. Efetuam manutenç ão na propriedade. Beneficiam e
organizam produtos agropecuários para comercialização. Classificam-se nessa epígrafe somente os que trabalham em ambas atividades - agrícolas e da pecuária.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
POSSÍVEIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
DANOS À
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
SAÚDE
Exposição sem Alteração temporária Avaliação
Exposição, sem
proteção adequada ao do limiar auditivo, Qualitativa
Ruído, calor, radiação proteção adequada, à Ocasional
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e
ruído, calor, radiação
hipertermia, fadiga e Tolerável
Intermitente
equipamentos, desidratação, Inspeção local
solar.
radiação solar. queimaduras na pele.
Na pulverização,
Exposição a
manuseio e aplicação
substâncias químicas
Substâncias de agrotóxicos, Avaliação
como, pesticidas e Intoxicações,
compostas ou incluindo limpeza de Ocasional Qualitativa
QUÍMICOS produtos químicos em equipamentos,
fertilizantes, dermatites de contato, Moderado
Intermitente
absorvidos por via dermatites alérgicas. Inspeção local
geral. descontaminação,
oral, cutânea e
disposição e retorno
respiratória.
de recipientes vazias.
Tuberculose Avaliação
Em atividades Contato com vírus,
Microrganismos em carbúnculo, brucelose, Ocasional Qualitativa
BIOLÓGICOS geral.
executadas nos bactérias, parasitas,
leptospirose tétano,
Moderado
Intermitente
currais. bacilos e fungos. Inspeção local
entre outras.
Exposição a esforço Lombalgias, Lesões Avaliação
Esforço físico, postura Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada.
físico intenso, má Rotinas de trabalho músculos Moderado
Intermitente
postura. esqueléticas. Inspeção local
Arranjo físico Batidas contra, queda De manutenção e Traumatismo, Ocasional Avaliação
ACIDENTES inadequado, máquinas e de mesmo nível e reparo na ferimentos, contusões,
Moderado
Intermitente Qualitativa
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 9
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
equipamentos sem nível diferente, queda propriedade, torções, fraturas.
proteção, ferramentas de material e objetos. acidentes com Inspeção local
inadequadas ou animais.
defeituosas, animais
peçonhentos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 10
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EPI - ATIVIDADES NA AGRICULTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

EPI - ATIVIDADES COM APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS E PERNAS CONTRA RESPINGOS DE PRODUTOS
BOTA DE PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE
QUÍMICOS;
VESTIMENTA PARA PROTEÇÃO DE TODO O CORPO CONTRA RESPINGOS DE PRODUTOS QUITE PARA APLICAÇÃO DE
DE ACORDO COM A NECESSIDADE
QUÍMICOS; AGROTÓXICOS
PEÇA UM QUARTO FACIAL, SEMIFACIAL OU FACIAL INTEIRA COM FILTROS QUÍMICOS E OU
COMBINADOS PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA GASES E VAPORES E OU MASCARA SEMIFACIAL COM FILTROS DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MATERIAL PARTICULADO.
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

EPI - ATIVIDADES NA PECUÁRIA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; BOTINA TIPO MATEIRA CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 11
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


GARRAFA TÉRMICA GARRAFA DE ÁGUA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CAPA DE CHUVA CAPA DE CHUVA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CHAPÉU CHAPÉU DE PALHA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

UNIFORME CAMISA MANGA LONGA USO CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 12
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

AJUDANTE DE PEDREIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Ajudante de Pedreiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 7152-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Organizam e preparam o local de trabalho na obra; constroem fundações e estruturas de alvenaria. Aplicam revestimentos e contra pisos.

3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Exposição sem Alteração temporária Habitual
FÍSICOS Ruído
proteção adequada.
Ambiente de trabalho.
do limiar auditivo.
Tolerável
Permanente THDL-400 e
Inspeção Local

Avaliação
Doenças respiratórias, Qualitativa
Poeiras e produtos Manuseio de cimento, Habitual
QUÍMICOS químicos. cal, tintas.
Construção civil. dermatoses Moderado
Permanente
ocupacionais. Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Postura inadequada, Avaliação


Má postura e Qualitativa
transporte manual de Lombalgias e lesões Habitual
ERGONÔMICOS carga e esforço físico
transporte manual de Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Permanente
peso Inspeção local
intenso.
Arranjo inadequado,
outras situações de Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
Risco de acidentes por Qualitativa
risco que poderão de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES contribuir para a diferente, queda de
queda de nível, com
torções, fraturas e
Moderado
Intermitente
máquinas, equipamentos. Inspeção local
ocorrência de material e objetos intoxicação.
acidentes.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 13
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR; ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 14
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS PFF1 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS 50 USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO


PROTEÇÃO UVA E UVB
SOLAR
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS E PERNAS CONTRA UMIDADE; BOTA DE PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CINTURÃO DE SEGURANÇA COM TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
DE QUEDA EM TRABALHOS EM ALTURA;
TRAVA-QUEDA PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA QUEDAS EM OPERAÇÕES COM
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MOVIMENTAÇÃO VERTICAL OU HORIZONTAL;
TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS DE QUEDA NO POSICIONAMENTO
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
EM TRABALHOS EM ALTURA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
GARRAFA TÉRMICA GARRAFA DE ÁGUA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CAPA DE CHUVA CAPA DE CHUVA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

FERRAMENTAS MANUAIS DE TRABALHO CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

UNIFORME CAMISA MANGA LONGA USO CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 15
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ALMOXARIFE

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Almoxarife SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas 4141-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e
controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Avaliação
Armazenamento Queda de materiais e Qualitativa
Ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES inadequado, animais objetos, estoque de Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
peçonhentos. materiais. Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 16
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 17
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO NO ALMOXARIFADO
USO DE ACORDO COM A
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO
NECESSIDADE
USO DE ACORDO COM A
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; POEIRAS E NÉVOAS PFF1
NECESSIDADE
USO DE ACORDO COM A
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA
NECESSIDADE
USO DE ACORDO COM A
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA
NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

ANALISTA DE FINANCEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


SETOR: Administrativo e
EMPRESA: FUNÇÃO: Analista de Financeiro
Financeiro
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 18
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
2512-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Analisam o ambiente econômico; elaboram e executam projetos de pesquisa econômica, de mercado e de viabilidade econômica, dentre outros. Participam do
planejamento estratégico e de curto prazo e avaliam políticas de impacto. Gerem programação econômico-financeira; atuam nos mercados internos e externos; examinam
finanças empresariais. Podem exercer mediação, perícia e arbitragem.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
para a ocorrência de Inspeção local
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 19
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 20
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 21
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Analista de Recursos Humanos SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
2524-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Administram pessoal e plano de cargos e salários; promovem ações de treinamento e de desenvolvimento de pessoal. Efetuam processo de recrutamento e de seleção,
geram plano de benefícios e promovem ações de qualidade de vida e assistência aos empregados. Administram relações de trabalho e coordenam sistemas de avaliação
de desempenho. No desenvolvimento das atividades, mobilizam um conjunto de capacidades comunicativas.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
para a ocorrência de Inspeção local
acidentes.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 22
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 23
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 24
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ANALISTA DE SISTEMA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Analista de Sistema SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
01 08 horas - - 01 - 2124-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Desenvolvem e implantam sistemas informatizados dimensionando requisitos e funcionalidade dos sistemas, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de
desenvolvimento, especificando programas, codificando aplicativos. Administram ambiente informatizado, prestam suporte técnico ao cliente, elaboram documentação
técnica. Estabelecem padrões, coordenam projetos, oferecem soluções para ambientes informatizados e pesquisam tecnologias em informática.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
para a ocorrência de Inspeção local
acidentes.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 25
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 26
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 27
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ANALISTA TÉCNICO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Analista Técnico SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
6210-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Tratam animais da pecuária e cuidam da sua reprodução. Preparam solo para plantio e manejam área de cultivo. Efetuam manutenção na propriedade. Beneficiam e
organizam produtos agropecuários para comercialização. Classificam-se nessa epígrafe somente os que trabalham em ambas atividades - agrícolas e da pecuária.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Batidas contra, Avaliação


No deslocamento interno Traumatismo,
Outras situações de colisões, queda de Ocasional Qualitativa
ACIDENTES risco que poderão mesmo nível e nível
dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
contribuir para a diferente, queda de

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 28
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ocorrência de material e objetos.
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 29
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 30
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

APLICADOR AGRÍCOLA
1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Aplicador Agrícola SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Colhem policulturas, derriçando café, retirando pés de feijão, leguminosas e tuberosas, batendo feixes de cereais e sementes de flores, bem como cortando a cana. Plantam
culturas diversas, introduzindo sementes e mudas em solo, forrando e adubando-as com cobertura vegetal. Cuidam de propriedades rurais. Efetuam preparo de mudas e
sementes através da construção de viveiros e canteiros, cujas atividades baseiam-se no transplante e enxertia de espécies vegetais. Realizam tratos culturais, além de
preparar o solo para plantio.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Equipamentos, Alteração temporária Quantitativa
FÍSICOS Ruídos e calor maquinas e radiação Rotinas de trabalho do limiar auditivo, Moderado Integral THDL-400
solar fadiga, desidratação DOS-500
TGD-400
Doenças respiratórias Avaliação
Poeiras e produtos Aplicações de Quantitativa
QUÍMICOS químicos defensivos agrícolas
Rotinas de trabalho e dermatose Não tolerável Integral
ocupacionais BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Na direção e operação Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada
de maquinas agrícolas
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 31
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas e
Moderado Integral
peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 32
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de Uso de acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça um quarto facial, semifacial ou facial inteira com filtros químicos e ou
Produtos Químicos Uso contínuo em exposição
combinados para proteção das vias respiratórias contra gases e vapores e ou
material particulado. (Agrotóxicos) à produtos químicos
Uso contínuo em exposição
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
à produtos químicos
Quite para aplicação de produtos Uso contínuo em exposição
Vestimenta para proteção de todo o corpo contra respingos de produtos químicos;
químicos (Agrotóxicos). à produtos químicos
Uso de acordo com a
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC
necessidade
Uso contínuo em exposição
Calçado para proteção dos pés e pernas contra respingos de produtos químicos. Bota de PVC
à produtos químicos
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 33
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

ARMADOR DE FERRO
1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Armador de Ferro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Preparam a confecção de armações e estruturas de concreto e de corpos de prova. Cortam e dobram ferragens de lajes. Montam e aplicam armações de fundações, pilares
e vigas. Moldam corpos de prova.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Equipamentos e Alteração temporária Quantitativa
FÍSICOS Ruídos e calor maquinas e radiação Rotinas de trabalho do limiar auditivo, Moderado Integral THDL-400
solar fadiga e desidratação DOS-500
TGD-400
Movimentação de Avaliação
QUÍMICOS Poeiras maquinas e Rotinas de trabalho Doenças respiratórias Moderado Integral Quantitativa
equipamentos BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Qualitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 34
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Inspeção local
Postura inadequada, Avaliação
transporte manual Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS carga e esforço físico
Armações e ferragens Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
intenso Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas e
Moderado Integral
peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 35
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO
CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


Uso contínuo em exposição
Capuz para proteção do crânio e pescoço contra riscos de origem térmica; Boné Árabe
solar
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de De acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
De acordo com a
Protetor solar FPS; Proteção UVA e UVB
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 36
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Isolamento da área de De acordo com a
Corrente plástica, cone e fita zebrada
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Assistente Administrativo SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas - - 4110-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações
sobre produtos e serviços; tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Atuam na concessão de microcrédito a
microempresários, atendendo clientes em campo e nas agências, prospectando clientes nas comunidades.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 37
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
para a ocorrência de Inspeção local
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 38
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 39
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar Administrativo SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - 4110-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 40
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
sobre produtos e serviços; tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Atuam na concessão de microcrédito a
microempresários, atendendo clientes em campo e nas agências, prospectando clientes nas comunidades.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
para a ocorrência de Inspeção local
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15

RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR dB(A): 85 (8 h).
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 41
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 42
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

AUXILIAR ALMOXARIFE

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Almoxarife SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - 03 - 4141-05

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 43
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e
controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Avaliação
Armazenamento Queda de materiais e Qualitativa
Ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES inadequado, animais objetos, estoque de Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
peçonhentos. materiais. Inspeção local

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 44
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO NO ALMOXARIFADO
USO DE ACORDO COM A
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO
NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 45
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
USO DE ACORDO COM A
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; POEIRAS E NÉVOAS PFF1
NECESSIDADE
USO DE ACORDO COM A
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA
NECESSIDADE
USO DE ACORDO COM A
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA
NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

AUXILIAR DE COZINHA
1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Cozinha SETOR:

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 46
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Os trabalhadores auxiliares nos serviços de alimentação auxiliam outros profissionais da área no pré-preparo, preparo e processamento de alimentos, na montagem de
pratos. Verificam a qualidade dos gêneros alimentícios, minimizando riscos de contaminação. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de
qualidade, segurança, higiene e saúde.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Alteração temporária Quantitativa
Equipamentos,
FÍSICOS Ruídos e calor
maquinas e fogão
Rotinas de trabalho do limiar auditivo e Moderado Integral THDL-400
queimaduras DOS-500
TGD-400
Panela de pressão, Doenças respiratórias Avaliação
Gases, vapores e Quantitativa
QUÍMICOS produtos químicos
gás glp e produtos de Rotinas de trabalho e dermatose Tolerável Integral
limpeza ocupacionais BDX-II
Hepatites virais, Avaliação
Microrganismo em Manipulação de dermatites de contato, Qualitativa
BIOLÓGICOS geral alimentos
Rotinas de trabalho
tétano e leishmaniose
Tolerável Integral
cutânea Inspeção local
Levantamento e Avaliação
Ferramentas de
transporte manual de Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS peso e exigência de
trabalho, materiais Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
estocados Inspeção local
postura inadequada
Queda de diferentes
Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico
de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e
diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas,
Moderado Integral
probabilidade de Inspeção local
material e objetos cortes e queimaduras
incêndio

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 47
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS


NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 48
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
De acordo com a
Vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem térmica; Avental
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex
necessidade
De acordo com a
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC
necessidade
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações De acordo com a
com uso de água;
Bota de PVC
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Touca descartável Touca descartável Uso contínuo
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 49
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

AUXILIAR DE CRÉDITO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Crédito SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Supervisionam e controlam equipe e serviços financeiros, de câmbio, bens-patrimoniais, créditos e bancários; elaboram orçamentos; efetuam e conferem pagamentos;
realizam cobranças, planejando e solucionando pendências; administram almoxarifado.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
ACIDENTES níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho ferimentos, contusões, Moderado Integral Qualitativa
inadequado, diferente torções e fraturas Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 50
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
equipamento e
ferramentas e
material de trabalho

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA

IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA


RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 51
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

AUXILIAR DE ESCRITÓRIO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Escritório SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações
sobre produtos e serviços; tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Atuam na concessão de microcrédito a
microempresários, atendendo clientes em campo e nas agências, prospectando clientes nas comunidades.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 52
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferentes
níveis, arranjo físico Avaliação
Batidas contra, queda Traumatismo,
inadequado, Qualitativa
ACIDENTES equipamento e
de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho ferimentos, contusões, Moderado Integral
diferente torções e fraturas Inspeção local
ferramentas e
material de trabalho

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA

IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA


RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 53
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

AUXILIAR DE INSTALAÇÃO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Instalação SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Preparam, instalam e reparam - em estabelecimentos comerciais, industriais, residenciais, rurais, urbanos e órgãos públicos - linhas e aparelhos de telecomunicações,
equipamentos de comutação e telefonia, de transmissão e telefonia e de energia em telefonia. Reparam aparelhos de telecomunicações em laboratório. Instalam e mantêm
redes de cabos. Controlam resultados de funcionamento de linhas, aparelhos, redes de cabos e equipamentos instalados, testando, analisando indicadores de desempenho
e registrando informações técnicas e operacionais das atividades realizadas. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA

Alteração temporária Avaliação


Equipamentos e Quantitativa
do limiar auditivo,
maquinas, radiação
FÍSICOS Ruído, calor e frio
solar e trabalho
Rotinas de trabalho hipertermia, fadiga, Moderado Integral THDL-400
desidratação e DOS-500
noturno
afecções pulmonares TGD-400

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 54
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Máquinas em Avaliação
Doenças respiratórias
Poeiras e produtos movimentação e Quantitativa
QUÍMICOS químicos produto químicos em
Rotinas de trabalho e dermatoses Moderado Integral
ocupacionais BDX-II
geral
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Na direção de veículos Lombalgias, Lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada
e moto
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferentes
Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico
de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e
diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas e
Moderado Integral
acidentes com Inspeção local
material e objetos intoxicação
peçonhentos

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 55
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS


NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A
necessidade
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
De acordo com a
Protetor solar FPS; Proteção UVA e UVB
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos. Biqueira de PVC Uso contínuo
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 56
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Cinturão de segurança com talabarte para proteção do usuário contra riscos de De acordo com a
queda em trabalhos em altura;
Proteção contra queda
necessidade
Trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com De acordo com a
movimentação vertical ou horizontal;
Proteção contra queda
necessidade
Talabarte para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em De acordo com a
trabalhos em altura.
Proteção contra queda
necessidade
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Isolamento da área de De acordo com a
Corrente plástica, cone e fita zebrada
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

AUXILIAR DE LIMPEZA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Limpeza SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Os trabalhadores nos serviços de coleta de resíduos, de limpeza e conservação de áreas públicas coletam resíduos domiciliares, resíduos sólidos de serviços de saúde e
resíduos coletados nos serviços de limpeza e conservação de áreas públicas. Preservam as vias públicas, varrendo calçadas, sarjetas e calçadões, acondicionando o lixo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 57
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
para que seja coletado e encaminhado para o aterro sanitário. Conservam as áreas públicas lavando-as, pintando guias, postes, viadutos, muretas e etc. zelam pela
segurança das pessoas sinalizando e isolando áreas de risco e de trabalho. Trabalham com segurança, utilizando equipamento de proteção individual e promovendo a
segurança individual e da equipe.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Equipamentos e Alteração temporária
FÍSICOS Ruídos
maquinas
Rotinas de trabalho
do limiar auditivo
Tolerável Integral THDL-400
DOS-500
TGD-400
Substancias Doenças respiratórias Avaliação
QUÍMICOS composta e produtos Produtos de limpeza Rotinas de trabalho e dermatose Moderado Integral Quantitativa
químicos ocupacionais BDX-II
Hepatites virais, Avaliação
Microrganismo em Instalações sanitárias e dermatites de contato, Qualitativa
BIOLÓGICOS geral pisos
Rotinas de trabalho
tétano e leishmaniose
Tolerável Integral
cutânea Inspeção local
Levantamento e Avaliação
transporte manual de Má postura e esforço Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS peso, exigência de físico
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
postura inadequada Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas e
Moderado Integral
peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
dB(A): 85 (8 h).
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 58
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS


NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Vestimentas para proteção do tronco contra umidade proveniente de operações com
uso de água.
Avental Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 59
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
De acordo com a
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC
necessidade
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações De acordo com a
com uso de água;
Bota de PVC
necessidade
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Placa de sinalização Piso molhado
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Carrinho para carregar produtos de limpeza e acessórios de trabalho; Carrinha de limpeza
necessidade
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 60
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Linha de Produção SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Preparam materiais para alimentação de linhas de produção; organizam a área de serviço; abastecem linhas de produção; alimentam máquinas e separam materiais para
reaproveitamento.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Equipamentos e Alteração temporária
FÍSICOS Ruídos
maquinas
Rotinas de trabalho
do limiar auditivo
Moderado Integral THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
Produtos estocado ou Doenças respiratórias Quantitativa
QUÍMICOS Produtos químicos
de utilização rotineira
Rotinas de trabalho
e dermatose
Moderado Integral
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Levantamento e Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS transporte manual de Postura inadequada Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
peso Inspeção local
Batidas contra, queda Avaliação
Queda de diferentes
de mesmo nível e nível Ferimentos, contusões Qualitativa
ACIDENTES níveis e arranjo físico
diferente, queda de
Rotinas de trabalho
e torções e fraturas
Moderado Integral
inadequado Inspeção local
material e objetos

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 61
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO. dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15

CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 62
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A Uso contínuo
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
De acordo com a
Protetor auditivo para proteção contra níveis de pressão sonora; Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Uso contínuo em exposição
Protetor solar FPS Proteção UVA e UVB
solar
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações De acordo com a
com uso de água;
Bota de PVC
necessidade
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

Corrente plástica, cone e fita zebrada


Isolamento da área de De acordo com a
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Rádio comunicador; Para comunicação interna
necessidade
De acordo com a
Capa de chuva; Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 63
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Cinturão de segurança com talabarte para proteção do usuário contra riscos de
queda em trabalhos em altura;
Proteção contra queda Uso contínuo
Trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com
movimentação vertical ou horizontal;
Proteção contra queda Uso contínuo
Talabarte para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em De acordo com a
trabalhos em altura.
Proteção contra queda
necessidade

AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Mecânico de Autos SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Elaboram planos de manutenção; realizam manutenções de motores, sistemas e partes de veículos automotores. Substituem peças, reparam e testam desempenho de
componentes e sistemas de veículos. Trabalham em conformidade com normas e procedimentos técnicos, de qualidade, de segurança e de preservação do meio ambiente.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Equipamentos e Alteração temporária
FÍSICOS Ruídos
maquinas
Rotinas de trabalho
do limiar auditivo
Moderado Integral THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
Doenças respiratórias Quantitativa
QUÍMICOS Produtos químicos Produtos estocado Rotinas de trabalho
e dermatose
Moderado Integral
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Qualitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 64
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Inspeção local
Levantamento e Avaliação
Lombalgias, lesões
transporte manual de Peças, equipamentos e Qualitativa
ERGONÔMICOS peso e exigência de má postura
Rotinas de trabalho músculos esqueléticas Moderado Integral
e dores musculares Inspeção local
postura inadequada
Queda de diferentes Batidas contra, queda Avaliação
Ferimentos, contusões,
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Rotinas de trabalho torções, fraturas e Moderado Integral
intoxicação Inspeção local
peçonhentos material e objetos

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 65
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO DE INSERÇÃO PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO CONTRA NÍVEIS
TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
DE PRESSÃO SONORA SUPERIORES AO ESTABELECIDO NA NR-15, ANEXOS N.º 1 E 2;
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF2) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS E FUMOS PFF2 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS, NÉVOAS E FUMOS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

Corrente plástica, cone e fita zebrada


Isolamento da área de De acordo com a
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo
TRABALHO COM SOLDA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem térmica; Avental Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 66
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Luvas para proteção das mãos contra agentes térmicos; Luva de Raspa Uso contínuo
Manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes térmicos. Manga da Raspa Uso contínuo
Máscara de solda para proteção dos olhos e face contra impactos de partículas
volantes, radiação ultravioleta, radiação infravermelha e luminosidade intensa.
Máscara de solda Uso contínuo

AUXILIAR DE MECÂNICO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Mecânico de Máquinas Agrícolas SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Realizam manutenção em máquinas pesadas e implementos agrícolas. Preparam peças para montagem de equipamento; realizam manutenções, inspecionam e testam o
funcionamento de máquinas e equipamentos. Planejam as atividades de manutenção e registram informações técnicas. As atividades são desenvolvidas em conformidade
com normas e procedimentos técnicos, de segurança, qualidade e de preservação do meio ambiente.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Equipamentos e Alteração temporária Quantitativa
FÍSICOS Ruídos e calor maquinas, e radiação Rotinas de trabalho do limiar auditivo, Moderado Integral THDL-400
solar fadiga, desidratação DOS-500
TGD-400
Movimentação de Doenças respiratórias Avaliação
Poeiras e produtos Quantitativa
QUÍMICOS químicos.
maquinas, óleos e Rotinas de Trabalho e dermatose Moderado Integral
derivados ocupacionais BDX-II
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 67
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Postura inadequada Avaliação
Má postura e esforços Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS movimentação
repetitivos
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
manual de cargas Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções e fraturas e
Moderado Integral
peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL
CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO
CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES (PPRA – PGSSMATR - PGR).

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 68
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ORGÂNICOS).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A
necessidade
De acordo com a
Capuz para proteção do crânio e pescoço contra riscos de origem térmica; Boné Árabe
necessidade
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de De acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 69
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

Corrente plástica, cone e fita zebrada


Isolamento da área de De acordo com a
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo
TRABALHO COM SOLDA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem térmica; Avental Uso contínuo
Luvas para proteção das mãos contra agentes térmicos; Luva de Raspa Uso contínuo
Manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes térmicos. Manga da Raspa Uso contínuo
Máscara de solda para proteção dos olhos e face contra impactos de partículas
volantes, radiação ultravioleta, radiação infravermelha e luminosidade intensa.
Máscara de solda Uso contínuo

AUXILIAR DE MECANICO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Mecânico SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 3141-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Elaboram projetos de sistemas eletromecânicos; montam e instalam máquinas e equipamentos; planejam e realizam manutenção; desenvolvem processos de fabricação e
montagem; elaboram documentação; realizam compras e vendas técnicas e cumprem normas e procedimentos de segurança no trabalho e preservação ambiental.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
FÍSICOS Ruído, calor, radiação Exposição sem Exposição, sem proteção Alteração temporária Moderado Habitual Avaliação

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 70
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
não ionizante. proteção adequada ao adequada, à ruído, calor, do limiar auditivo, Permanente Quantitativa
ruído de máquinas e radiação solar. hipertermia, fadiga e
equipamentos, desidratação, THDL-400 e
radiação solar. queimaduras na pele. Inspeção Local

Solventes orgânicos ou
inorgânicos, óleo Exposição a solventes Avaliação
Substâncias Quantitativa
diesel, desengraxantes orgânicos neurotóxicos e a
compostas ou Doenças respiratórias, Habitual
QUÍMICOS produtos químicos em
ácidos ou básicos ou desengraxantes, névoas
dermatoses de contato.
Moderado
Permanente BDX – II e
outros produtos ácidas e alcalinas Inspeção Local
geral.
derivados de óleos
minerais.
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Esforço físico,
exigência de postura Avaliação
Máquinas e
inadequada, Lombalgias e lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS levantamento e
equipamentos em Ambiente de trabalho.
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
oficinas mecânicas. Inspeção local
transporte manual de
peso.
Arranjo físico Na manutenção ou
inadequado, limpeza de motores e
Traumatismo, Avaliação
máquinas e componentes de Acidentes com
ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES equipamentos sem tratores, máquinas instrumentos
torções e fraturas e
Moderado
Intermitente
proteção, ferramentas agrícolas, esmeris, perfurocortantes. Inspeção local
intoxicação
inadequadas ou policortes, furadeiras,
defeituosas. lixadeiras, etc.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 71
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 72
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE NEOPREME OU PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CREME PARA PROTEÇÃO CONTRA BARREIRA QUÍMICA CREME P/ ÓLEOS, GRAXA, SOLVENTES DE ACORDO COM A NECESSIDADE

VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE PARA PROTEÇÃO DA FACE CONTRA PARTÍCULAS VOLANTE; VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ATIVIDADES COM SOLDA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


VESTIMENTAS PARA PROTEÇÃO DO TRONCO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; AVENTAL DE RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES TÉRMICOS; LUVA DE RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MANGA PARA PROTEÇÃO DO BRAÇO E DO ANTEBRAÇO CONTRA AGENTES TÉRMICOS. MANGA DA RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MÁSCARA DE SOLDA PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS
MÁSCARA DE SOLDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
VOLANTES, RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA, RADIAÇÃO INFRAVERMELHA E LUMINOSIDADE INTENSA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME - CAPA DE CHUVA - GARRAFA TÉRMICA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

AUXILIAR DE SECADOR

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Secador SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
03 08 horas - - 03 - 6410-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Operam, ajustam e preparam máquinas e implementos agrícolas. Realizam manutenção em primeiro nível de máquinas e implementos. Empregam medidas de segurança e
auxiliam em planejamento de plantio.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 73
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Avaliação
proteção adequada ao Alteração temporária Quantitativa
ruído de máquinas e do limiar auditivo,
Ruído, calor, radiação Exposição, sem proteção Ocasional THDL-400
FÍSICOS não ionizante.
equipamentos,
adequada.
hipertermia, fadiga e Moderado
Intermitente
radiação solar, desidratação, DOS-500
radiação fornalha do queimaduras na pele. TGD-400
secador. Inspeção Local
Em locais de
Bissinoses, asma, Avaliação
armazenamento ou de
Poeiras, gases, Exposição a poeiras e seus bronquites, rinite Ocasional Quantitativa
QUÍMICOS vapores.
beneficiamento em que
contaminantes. alérgica, irritação das
Moderado
Intermitente
haja desprendimento BDX-II
vias aéreas superiores.
de poeiras de cereais.
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Exposição a esforço Avaliação
Esforço físico, postura Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada.
físico intenso, má Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
postura. Inspeção local
Arranjo físico
inadequado,
No interior ou junto a silos
máquinas e
Exposição a poeiras e de estocagem de forragem
equipamentos sem Avaliação
seus contaminantes, ou grãos com atmosferas Traumatismo,
proteção, ferramentas Ocasional Qualitativa
ACIDENTES inadequadas ou
queda de nível, baixa tóxicas, explosivas ou com ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
pressão parcial de deficiência de oxigênio, em torções, fraturas. Inspeção local
defeituosas, animais
oxigênio. alturas superiores a 2,0
peçonhentos, espaço
(dois) metros.
confinado e trabalho
em altura.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 99,03 dB(A) TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 74
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A

PARÂMETROS
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 511 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
300 LUX

POEIRA TOTAL CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM Nº 34 DESTE (PGSSMATR).
POEIRA RESPIRÁVEL NO ITEM Nº 34 DESTE PGSSMATR

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO COM
CLASSE A USO CONTÍNUO NO ARMAZÉM
JUGULAR;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 75
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO CONCHA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS PFF1 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTA COM BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO NO ARMAZÉM
ARTELHOS;
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS E PERNAS CONTRA UMIDADE PROVENIENTE DE
BOTA DE PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE
OPERAÇÕES COM USO DE ÁGUA;
CINTURÃO DE SEGURANÇA COM TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS
USO CONTÍNUO NO ARMAZÉM
DE QUEDA EM TRABALHOS EM ALTURA;
TRAVA-QUEDA PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA QUEDAS EM OPERAÇÕES COM PROTEÇÃO CONTRA QUEDA NO
TRABALHO EM ALTURA E TRABALHOS DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MOVIMENTAÇÃO VERTICAL OU HORIZONTAL;
EM ESPAÇOS CONFINADOS
TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS DE QUEDA NO POSICIONAMENTO
DE ACORDO COM A NECESSIDADE
EM TRABALHOS EM ALTURA.
EPC / ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CONSULTAR ITEM Nº 30 DESTE PGSSMATR CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

AUXILIAR DE SERVIÇOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar de Serviços SETOR:
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 76
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e
controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Equipamentos e Alteração temporária Quantitativa
FÍSICOS Ruídos e calor maquinas, e radiação Rotinas de trabalho do limiar auditivo, Moderado Integral THDL-400
solar fadiga, desidratação DOS-500
TGD-400
Avaliação
Poeiras, produtos Doenças respiratórias Quantitativa
QUÍMICOS químicos
Produtos estocado Rotinas de trabalho
e dermatose
Moderado Integral
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Esforço físico intenso,
exigência de postura Ferramentas de Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada e outras trabalho e materiais Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
situações causadoras estocados Inspeção local
de estresse.
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho ferimentos, contusões, Moderado Integral Qualitativa
inadequado diferente torções e fraturas Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 77
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 78
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A Uso contínuo
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de De acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

Corrente plástica, cone e fita zebrada


Isolamento da área de De acordo com a
trabalho necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 79
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
AUXILIAR TÉCNICO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Auxiliar Técnico SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 6210-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Tratam animais da pecuária e cuidam da sua reprodução. Preparam solo para plantio e manejam área de cultivo. Efetuam manutenção na propriedade. Beneficiam e
organizam produtos agropecuários para comercialização. Classificam-se nessa epígrafe somente os que trabalham em ambas as atividades - agrícolas e da pecuária.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Outras situações de Batidas contra,


risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 80
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 81
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 82
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

BALANCEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Balanceiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
4141-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas
e controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a
armazenar
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação Avaliação
Queda de nível e no
inadequada, outras Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES situações de risco que
nível, batidas contra, Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
colisões. Inspeção local
poderão contribuir

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 83
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 84
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 85
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

BORRACHEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Borracheiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 9921-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Realizam manutenção de equipamentos, montagem e desmontagem de CBOu e alinhamento. Controlam vida útil e utilização do CBOu. Trocam e ressulcam CBOus.
Consertam CBOus a frio e a quente, reparam câmara de ar e balanceiam conjunto de roda e CBOu. Prestam socorro a veículos e lavam chassi e peças. Trabalham
seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária Avaliação
proteção adequada ao Exposição, sem proteção do limiar auditivo, Quantitativa
Ruído, calor, radiação Ocasional
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e adequada, à ruído, calor, hipertermia, fadiga e Moderado
Intermitente THDL-400 e
equipamentos, radiação solar. desidratação, Inspeção Local
radiação solar. queimaduras na pele.
Óleos, desengraxantes Exposição a solventes
Substâncias Avaliação
ácidos ou básicos ou orgânicos neurotóxicos e a
compostas ou Doenças respiratórias, Ocasional Qualitativa
QUÍMICOS produtos químicos em
outros produtos desengraxantes, névoas
dermatoses de contato.
Moderado
Intermitente
derivados de óleos ácidas e alcalinas Inspeção local
geral.
minerais.
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Esforço físico,
exigência de postura Máquinas e Avaliação
inadequada, equipamentos em Lombalgias e lesões Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS levantamento e oficinas mecânicas e
Ambiente de trabalho.
músculos esqueléticas.
Moderado
Permanente
transporte manual de borracharias. Inspeção local
peso.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 86
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Arranjo físico Na manutenção ou
inadequado, limpeza de motores e
Traumatismo, Avaliação
máquinas e componentes de Acidentes com
ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES equipamentos sem tratores, máquinas instrumentos
torções e fraturas e
Moderado
Intermitente
proteção, ferramentas agrícolas, esmeris, perfurocortantes. Inspeção local
intoxicação
inadequadas ou policortes, furadeiras,
defeituosas. lixadeiras, etc.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 87
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE NEOPREME OU PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CREME PARA PROTEÇÃO CONTRA BARREIRA QUÍMICA CREME P/ ÓLEOS, GRAXA, SOLVENTES DE ACORDO COM A NECESSIDADE

VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE PARA PROTEÇÃO DA FACE CONTRA PARTÍCULAS VOLANTE; VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - CAPA DE CHUVA - GARRAFA TÉRMICA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 88
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

CAIXA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Caixa SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Recebem valores de vendas de produtos e serviços; controlam numerários e valores; atendem o público em agência postal na recepção e entregam objetos postais;
recebem contas e tributos e processam remessa e pagamento de numerários por meio postal; vendem bilhetes e ingressos em locais de diversão; processam a
arrecadação de prestação de serviço nas estradas de rodagem; vendem bilhetes no transporte urbano e interurbano; fazem reserva e emissão de passagens aéreas e
terrestres; prestam informações ao público, tais como itinerários, horários, preços, locais, duração de espetáculos, viagens, promoções e eventos etc.. Preenchem
formulários e relatórios administrativos.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 89
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Lombalgias, stress e Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
fadigas físicas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferente Batidas contra, queda Avaliação
Ferimentos, contusões Qualitativa
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho
e torções
Moderado Integral
inadequado diferente Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA

IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA


RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 90
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

CALDEIREIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Caldeireiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 7244-10

Confeccionam, reparam e instalam peças e elementos diversos em chapas de metal como aço, ferro galvanizado, cobre, estanho, latão, alumínio e zinco; fabricam ou
reparam caldeiras, tanques, reservatórios e outros recipientes de chapas de aço; recortam, modelam e trabalham barras perfiladas de materiais ferrosos e não ferrosos para
fabricar esquadrias, portas, grades, vitrais e peças similares.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária Avaliação
proteção adequada ao do limiar auditivo, Quantitativa
Ruído, calor, radiação Exposição, sem proteção Habitual
FÍSICOS ionizante.
ruído de máquinas e
adequada.
hipertermia, fadiga e Moderado
Permanente DOS - 500 e
equipamentos, desidratação, Inspeção Local
radiação de soldagem. queimaduras na pele.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 91
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
Substâncias Quantitativa
Neoplasia maligna dos
compostas ou Exposição a poeiras Habitual
QUÍMICOS produtos químicos em metálicas tóxicas.
Processo de soldagem. brônquios e pulmões, Moderado
Permanente BDX – II e
bronquite. Inspeção Local
geral.

Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Esforço físico,
exigência de postura Avaliação
Máquinas e
inadequada, Lombalgias e lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS levantamento e
equipamentos em Ambiente de trabalho.
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
oficinas mecânicas. Inspeção local
transporte manual de
peso.
Arranjo físico
inadequado,
Traumatismo, Avaliação
máquinas e Na manutenção de Acidentes com
ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES equipamentos sem tratores, máquinas instrumentos
torções e fraturas e
Moderado
Intermitente
proteção, ferramentas agrícolas. perfurocortantes. Inspeção local
intoxicação
inadequadas ou
defeituosas.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 92
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE NEOPREME OU PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CREME PARA PROTEÇÃO CONTRA BARREIRA QUÍMICA CREME P/ ÓLEOS, GRAXA, SOLVENTES DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 93
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE PARA PROTEÇÃO DA FACE CONTRA PARTÍCULAS VOLANTE; VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ATIVIDADES COM SOLDA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


VESTIMENTAS PARA PROTEÇÃO DO TRONCO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; AVENTAL DE RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES TÉRMICOS; LUVA DE RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MANGA PARA PROTEÇÃO DO BRAÇO E DO ANTEBRAÇO CONTRA AGENTES TÉRMICOS. MANGA DA RASPA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MÁSCARA DE SOLDA PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS
MÁSCARA DE SOLDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
VOLANTES, RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA, RADIAÇÃO INFRAVERMELHA E LUMINOSIDADE INTENSA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME - CAPA DE CHUVA - GARRAFA TÉRMICA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CAPATAZ

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Capataz SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - 02 - 6230-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Manejam, alimentam e monitoram a saúde e o comportamento de animais da pecuária. Condicionam e adestram animais. Sob orientação de veterinários e técnicos, tratam
sanidade de animais, manipulando e aplicando medicamentos e vacinas, higienizam animais e recintos; aplicam técnicas de inseminação, castração, casqueamento e
ferrageamento. Realizam atividades de apoio, assessorando em intervenções cirúrgicas, exames clínicos e radiológicos, pesquisas, necropsias e sacrifícios de animais.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 94
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária
proteção adequada ao Exposição, sem proteção do limiar auditivo, Avaliação
Ruído, calor, radiação Ocasional Qualitativa
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e adequada, à ruído, calor, hipertermia, fadiga e Tolerável
Intermitente
equipamentos, radiação solar. desidratação, Inspeção local
radiação solar. queimaduras na pele.
Bissinoses, asma, Avaliação
Em locais de manejo Qualitativa
Poeiras, produtos Exposição a poeiras e seus bronquites, rinite Ocasional
QUÍMICOS químicos.
de animais de grande
contaminantes. alérgica, irritação das
Tolerável
Intermitente
porte. Inspeção local
vias aéreas superiores.
Tuberculose Avaliação
Em locais de manejo Contato com vírus, Qualitativa
Microrganismos em carbúnculo, brucelose, Ocasional
BIOLÓGICOS geral.
de animais de grande bactérias, parasitas, bacilos
leptospirose tétano,
Moderado
Intermitente
porte. e fungos. Inspeção local
entre outras.
Avaliação
Exposição a esforço Qualitativa
Esforço físico, postura Lombalgias, Lesões Ocasional
ERGONÔMICOS inadequada.
físico intenso, má Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
postura. Inspeção local

Arranjo físico
inadequado, animais
Batidas contra, queda Avaliação
peçonhentos, outras De manutenção e reparo na Traumatismo,
de mesmo nível e nível Ocasional Qualitativa
ACIDENTES situações de risco que
diferente, queda de
propriedade, acidentes com ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
poderão contribuir animais. torções, fraturas. Inspeção local
material e objetos.
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 95
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS; BOTA TIPO MATEIRA USO CONTÍNUO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 96
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CARPINTEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Carpinteiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 7155-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 97
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Planejam trabalhos de carpintaria, preparam canteiro de obras e montam fôrmas metálicas. Confeccionam fôrmas de madeira e forro de laje (painéis), constroem andaimes
e proteção de madeira e estruturas de madeira para telhado. Escoram lajes de pontes, viadutos e grandes vãos. Montam portas e esquadrias. Finalizam serviços tais como
desmonte de andaimes, limpeza e lubrificação de fôrmas metálicas, seleção de materiais reutilizáveis, armazenamento de peças e equipamentos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Exposição sem Alteração temporária Habitual
FÍSICOS Ruído
proteção adequada.
Ambiente de trabalho.
do limiar auditivo.
Tolerável
Permanente THDL-400 e
Inspeção Local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Postura inadequada, Avaliação


Má postura e Qualitativa
transporte manual de Lombalgias e lesões Habitual
ERGONÔMICOS carga e esforço físico
transporte manual de Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Permanente
peso Inspeção local
intenso.
Arranjo inadequado,
outras situações de Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
Risco de acidentes por Qualitativa
risco que poderão de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES contribuir para a diferente, queda de
queda de nível, com
torções, fraturas e
Moderado
Intermitente
máquinas, equipamentos. Inspeção local
ocorrência de material e objetos intoxicação.
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 98
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR; ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 99
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS PFF1 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS 50 USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO


PROTEÇÃO UVA E UVB
SOLAR
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS E PERNAS CONTRA UMIDADE; BOTA DE PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CINTURÃO DE SEGURANÇA COM TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
DE QUEDA EM TRABALHOS EM ALTURA;
TRAVA-QUEDA PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA QUEDAS EM OPERAÇÕES COM
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MOVIMENTAÇÃO VERTICAL OU HORIZONTAL;
TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS DE QUEDA NO POSICIONAMENTO
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
EM TRABALHOS EM ALTURA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
GARRAFA TÉRMICA GARRAFA DE ÁGUA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CAPA DE CHUVA CAPA DE CHUVA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

FERRAMENTAS MANUAIS DE TRABALHO CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

UNIFORME CAMISA MANGA LONGA USO CONTÍNUO

CASEIRO NA AGRICULTURA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Caseiro na Agricultura SETOR:
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 100
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Colhem policulturas, derriçando café, retirando pés de feijão, leguminosas e tuberosas, batendo feixes de cereais e sementes de flores, bem como cortando a cana. Plantam
culturas diversas, introduzindo sementes e mudas em solo, forrando e adubando-as com cobertura vegetal. Cuidam de propriedades rurais. Efetuam preparo de mudas e
sementes através da construção de viveiros e canteiros, cujas atividades baseiam-se no transplante e enxertia de espécies vegetais. Realizam tratos culturais, além de
preparar o solo para plantio.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Alteração temporária Quantitativa
Equipamentos e
do limiar auditivo,
FÍSICOS Ruído e calor maquinas e radiação Rotinas de trabalho
hipertermia, fadiga e
Moderado Integral THDL-400
solar DOS-500
desidratação.
TGD-400
Doenças respiratórias Avaliação
Poeiras e produtos Aplicações de Quantitativa
QUÍMICOS químicos defensivos agrícolas
Rotinas de trabalho e dermatoses Não tolerável Integral
ocupacionais BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Postura inadequada e Avaliação
Na direção e operação Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS transporte manual
de maquinas agrícolas
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
carga Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e animais diferente, queda de
Ocasional
torções, fraturas e
Moderado Integral
peçonhentos material e objetos intoxicação Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA

IDENTIFICAÇÃO RESULTADO LIMITES

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 101
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA

RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO. dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15

CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 102
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuros - UVA
solar
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e Uso de acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes biológicos; Luva de Procedimento
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Calçado para proteção dos pés contra agentes térmicos; Bota Tipo Mateira Uso contínuo
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações Uso de acordo com a
com uso de água;
Bota de PVC
necessidade
Perneira para proteção da perna contra agentes abrasivos e escoriantes; Perneira com ou sem velcro Uso contínuo
Uso contínuo em exposição
Protetor solar FPS mínimo 50 Proteção UVA e UVB
solar
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uso contínuo em exposição
Chapéu Chapéu de palha
solar
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 103
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

CERQUEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Cerqueiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 6220-20
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Colhem policulturas, derriçando café, retirando pés de feijão, leguminosas e tuberosas, batendo feixes de cereais e sementes de flores, bem como cortando a cana. Plantam
culturas diversas, introduzindo sementes e mudas em solo, forrando e adubando-as com cobertura vegetal. Cuidam de propriedades rurais. Efetuam preparo de mudas e
sementes através da construção de viveiros e canteiros, cujas atividades baseiam-se no transplante e enxertia de espécies vegetais. Realizam tratos culturais, além de
preparar o solo para plantio.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária
proteção adequada ao Exposição, sem proteção do limiar auditivo, Avaliação
Ruído, calor, radiação Ocasional Qualitativa
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e adequada, à ruído, calor, hipertermia, fadiga e Tolerável
Intermitente
equipamentos, radiação solar. desidratação, Inspeção local
radiação solar. queimaduras na pele.
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Exposição a esforço Avaliação
Esforço físico, postura Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada.
físico intenso, má Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
postura. Inspeção local
Arranjo físico Batidas contra, queda De manutenção e reparo na Traumatismo, Avaliação
Ocasional
ACIDENTES inadequado, de mesmo nível e nível propriedade, acidentes com ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente Qualitativa
máquinas e diferente, queda de animais. torções, fraturas.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 104
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
equipamentos sem material e objetos. Inspeção local
proteção, ferramentas
inadequadas ou
defeituosas, animais
peçonhentos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 105
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 106
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

CHEFE DE DEPÓSITO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Chefe de Depósito SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e
controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
Equipamentos e Alteração temporária
FÍSICOS Ruídos
maquinas
Rotinas de trabalho
do limiar auditivo
Moderado Integral THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
Poeiras, produtos Doenças respiratórias Quantitativa
QUÍMICOS químicos
Produtos estocado Rotinas de trabalho
e dermatose
Moderado Integral
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 107
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Esforço físico intenso,
exigência de postura Ferramentas de Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada e outras trabalho, materiais Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
situações causadoras estocados Inspeção local
de estresse
Batidas contra, queda Avaliação
Traumatismo,
Armazenamento de mesmo nível e nível Qualitativa
ACIDENTES inadequado diferente, queda de
Rotinas de trabalho ferimentos, contusões, Moderado Integral
torções e fraturas Inspeção local
material e objetos

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO. dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15

CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 108
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uso de acordo com a
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A
necessidade
Uso de acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de Uso de acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e Uso de acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Cinturão de segurança com talabarte para proteção do usuário contra riscos de De acordo com a
queda em trabalhos em altura;
Proteção contra queda
necessidade
Trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com De acordo com a
movimentação vertical ou horizontal;
Proteção contra queda
necessidade
Talabarte para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em De acordo com a
trabalhos em altura.
Proteção contra queda
necessidade

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 109
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Aparelho de comunicação Rádio comunicador
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

CIRCULEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Circuleiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
7731-25
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Planejam operações de desdobramento de madeiras e preparam máquinas para sua realização. Seguem procedimentos de segurança e realizam manutenção de primeiro
nível. Desdobram madeiras e controlam qualidade do desdobramento.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Máquinas e Exposição, sem proteção Alteração temporária Ocasional Avaliação
FÍSICOS Ruído.
equipamentos. adequada. do limiar auditivo,
Tolerável
Intermitente Quantitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 110
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
hipertermia, fadiga e
desidratação, THDL-400 e
queimaduras na pele. Inspeção Local

Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Exposição a esforço Avaliação
Esforço físico, postura Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada.
físico intenso, má Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente
postura. Inspeção local
Arranjo físico
inadequado,
máquinas e Batidas contra, queda Avaliação
De manutenção e reparo na Traumatismo,
equipamentos sem de mesmo nível e nível Ocasional Qualitativa
ACIDENTES proteção, ferramentas diferente, queda de
propriedade, acidentes com ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
animais. torções, fraturas. Inspeção local
inadequadas ou material e objetos.
defeituosas, animais
peçonhentos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 111
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR; ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS PFF1 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
PROTETOR SOLAR FPS 50 PROTEÇÃO UVA E UVB
SOLAR

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 112
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CLASSIFICADOR DE GRÃOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Classificação de Grãos SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Classificam e preparam amostras de matérias-primas (uvas, frutas, chá, cacau, café e grãos em geral) e de produtos (vinhos, licores, chás, cafés e derivados de cacau).
Preparam ambientes para a realização de análise sensorial das amostras de matérias-primas e de produtos. Redigem documentos como resultados das análises, dados e
informações das amostras e interpretação de dados climáticos; emitem laudos e certificados, sendo este último exclusivo dos profissionais habilitados pelo mapa.
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 113
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Trabalham de acordo com normas e procedimentos de higiene e segurança no trabalho.

3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Alteração temporária Quantitativa
Equipamentos e
do limiar auditivo,
FÍSICOS Ruído e calor maquinas e radiação Rotinas de trabalho
hipertermia, fadiga e
Moderado Integral THDL-400
solar DOS-500
desidratação.
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS Poeiras Manuseio de grãos Rotinas de trabalho Doenças respiratórias Moderado Integral Quantitativa
BDX-II
Avaliação
Microrganismo em Alergias e afecções Qualitativa
BIOLÓGICOS geral
Grãos Rotinas de trabalho
pulmonares
Moderado Integral
Inspeção local
Avaliação
Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra, queda Avaliação
Ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Ocasional
torções e fraturas
Moderado Integral
inadequado diferente Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO. dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 114
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO.
LUX = N/A
NÃO DEFINIDO
ILUMINAÇÃO NATURAL

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; Classe A Uso contínuo
Uso de acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de Tipo Plug Uso de acordo com a
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 115
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2; necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e Uso de acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes; Luva de Vaqueta
necessidade
Uso de acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex – Nitrílica
necessidade
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC Uso contínuo
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Cinturão de segurança com talabarte para proteção do usuário contra riscos de De acordo com a
queda em trabalhos em altura;
Proteção contra queda
necessidade
Trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com De acordo com a
movimentação vertical ou horizontal;
Proteção contra queda
necessidade
Talabarte para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em De acordo com a
trabalhos em altura.
Proteção contra queda
necessidade
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Aparelho de comunicação Rádio comunicador
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Capa de chuva Capa de chuva
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

COMPRADOR

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 116
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Comprador SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas - - - 3542-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Recebem requisições de compras, executam processo de cotação e concretizam a compra de serviços, produtos, matérias-primas e equipamentos para o comércio
atacadista e varejista, para indústrias, empresas, órgãos públicos e privados. Acompanham o fluxo de entregas, desenvolvem fornecedores de materiais e serviços;
supervisionam equipe e processos de compra. Preparam relatórios e fazem o papel de interlocutor entre requisitantes e fornecedores.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente Inspeção local
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 117
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 118
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

COORDENADOR ADMINISTRATIVO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 119
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador Administrativo SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 01 4101-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Supervisionam rotinas administrativas em instituições públicas e privadas, chefiando diretamente equipe de escriturários, auxiliares administrativos, secretários de
expediente, operadores de máquina de escritório e contínuos. Coordenam serviços gerais de malotes, mensageiros, transporte, cartório, limpeza, terceirizados, manutenção
de equipamento, mobiliário, instalações etc; administram recursos humanos, bens patrimoniais e materiais de consumo; organizam documentos e correspondências;
gerenciam equipe. Podem manter rotinas financeiras, controlando fundo fixo (pequeno caixa), verbas, contas a pagar, fluxo de caixa e conta bancária, emitindo e conferindo
notas fiscais e recibos, prestando contas e recolhendo impostos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível, batidas contra.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente Inspeção local
para a ocorrência de
acidentes.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 120
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 121
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 122
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE ARMAZÉM

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Armazém SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - 01 - 3423-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Administram e controlam a frota de veículos no transporte rodoviário de cargas e passageiros. Supervisionam atividades de motoristas e auxiliares; checam e inspecionam
documentação de motoristas e de veículos. Supervisionam embarque e desembarque de cargas e passageiros; inspecionam condições do veículo e da carga; preenchem e
emitem documentos fiscais e de controle. Programam e controlam horários e gastos de viagens. Providenciam atendimento e assistência às vítimas e seus parentes, em
caso de acidente, e acionam serviços de apoio e órgãos oficiais.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Batidas contra, No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação


Ocasional Qualitativa
ACIDENTES Outras situações de colisões, queda de dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
risco que poderão mesmo nível e nível direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 123
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
contribuir para a diferente, queda de
ocorrência de material e objetos.
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 124
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO COM
CLASSE A USO CONTÍNUO NO ARMAZÉM
JUGULAR;
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTA COM BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO NO ARMAZÉM
ARTELHOS;
EPC / ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CONSULTAR ITEM Nº 30 DESTE PGSSMATR CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 125
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE CERCA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Cerca SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
6210-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Tratam animais da pecuária e cuidam da sua reprodução. Preparam solo para plantio e manejam área de cultivo. Efetuam manutenção na propriedade. Beneficiam e
organizam produtos agropecuários para comercialização. Classificam-se nessa epígrafe somente os que trabalham em ambas atividades - agrícolas e da pecuária.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 126
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Outras situações de Batidas contra,
risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 127
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 128
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE CONFINAMENTO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Confinamento SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
6201-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Supervisionam diretamente uma equipe de trabalhadores agropecuários em sua lida no campo, na alimentação, reprodução e reposição de animais e nos tratos culturais;
administram mão-de-obra e treinam a equipe de trabalho; planejam atividades e controlam qualidade e produtividade agropecuária; negociam insumos, produtos e
equipamentos agropecuários e realizam manutenção em equipamentos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 129
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Outras situações de Batidas contra,


risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 130
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 131
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

COORDENADOR DE CONTROLADORIA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Controladoria SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
2522-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Legalizam empresas, elaborando contrato social/estatuto e notificando encerramento junto aos órgãos competentes; administram os tributos da empresa; registram atos e
fatos contábeis; controlam o ativo permanente; gerenciam custos; administram o departamento de pessoal; preparam obrigações acessórias, tais como: declarações
acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administra o registro dos livros nos órgãos apropriados; elaboram demonstrações contábeis; prestam consultoria
e informações gerenciais; realizam auditoria interna e externa; atendem solicitações de órgãos fiscalizadores e realizam perícia.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 132
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
Queda de nível e no Qualitativa
situações de risco que Ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES poderão contribuir
nível, batidas contra, Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
colisões. Inspeção local
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 133
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 134
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE ESTOQUE

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Estoque SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas - - 01 - 4141-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e
controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 135
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

Avaliação
Armazenamento Queda de materiais e Qualitativa
Ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES inadequado, animais objetos, estoque de Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente
peçonhentos. materiais. Inspeção local

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 136
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS;
CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 137
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE LAVOURA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Lavoura SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - 01 - 620105
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Supervisionam diretamente uma equipe de trabalhadores agropecuários em sua lida no campo, na alimentação, reprodução e reposição de animais e nos tratos culturais;
administram mão-de-obra e treinam a equipe de trabalho; planejam atividades e controlam qualidade e produtividade agropecuária; negociam insumos, produtos e

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 138
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
equipamentos agropecuários e realizam manutenção em equipamentos.

3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Em locais de Quantitativa
Poeiras, gases, Exposição a vapores e Ocasional
QUÍMICOS vapores.
armazenamento de
seus contaminantes.
Intoxicações. Tolerável
Intermitente
agroquímicos. BDX-II

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Outras situações de Batidas contra,


risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15

RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR dB(A): 85 (8 h).
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 139
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS


NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 140
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

COORDENADOR DE MANUTENÇÃO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Manutenção SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 141
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
1427-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Gerenciam as atividades de manutenção, reparação e reformas de instalações e equipamentos em empresas industriais, comerciais e de serviços, assegurando que
equipamentos, materiais, instalações de infraestrutura e de edificações estejam disponíveis para utilização. Assessoram a aquisição e implantação de novas tecnologias,
podem executar intervenções técnicas em equipamentos. Definem e otimizam os meios e os métodos de manutenção e aperfeiçoam o desempenho das instalações
produtivas e/ou de serviços em termos de custos e taxas de utilização dos equipamentos. Participam de projetos de investimentos e zelam pela segurança, pela saúde e
pelo meio ambiente. Coordenam equipes de técnicos, tecnólogos e engenheiros.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400 e
Inspeção Local

Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local

Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local

Ocasional Avaliação
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Tolerável
Intermitente Qualitativa
Inspeção local

Queda de diferentes Batidas contra, queda Avaliação


Ferimentos, contusões Ocasional
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho
e torções.
Tolerável
Intermitente Qualitativa
inadequado. diferente.
Inspeção local

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 142
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 143
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE NEOPREME OU PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CREME PARA PROTEÇÃO CONTRA BARREIRA QUÍMICA CREME P/ ÓLEOS, GRAXA, SOLVENTES DE ACORDO COM A NECESSIDADE

VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE PARA PROTEÇÃO DA FACE CONTRA PARTÍCULAS VOLANTE; VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - CAPA DE CHUVA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

COORDENADOR DE NÚCLEO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Núcleo SETOR:
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45 HOMENS MULHERES CBO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 144
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
45 ANOS
- 6201-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Supervisionam diretamente uma equipe de trabalhadores agropecuários em sua lida no campo, na alimentação, reprodução e reposição de animais e nos tratos culturais;
administram mão-de-obra e treinam a equipe de trabalho; planejam atividades e controlam qualidade e produtividade agropecuária; negociam insumos, produtos e
equipamentos agropecuários e realizam manutenção em equipamentos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Outras situações de Batidas contra,


risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 145
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 146
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

COORDENADOR DE OBRAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 147
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Obras SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 1413-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Planejam, organizam e controlam atividades, contratos, equipes de trabalho e recursos para a execução de obras de construção civil, de acordo com custo, qualidade,
segurança e prazo estabelecidos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Exposição sem Alteração temporária Habitual Qualitativa
FÍSICOS Ruído
proteção adequada.
Ambiente de trabalho.
do limiar auditivo.
Tolerável
Permanente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Postura inadequada, Avaliação


Má postura e Qualitativa
transporte manual de Lombalgias e lesões Habitual
ERGONÔMICOS carga e esforço físico
transporte manual de Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Permanente
peso Inspeção local
intenso.
Arranjo inadequado,
outras situações de Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
Risco de acidentes por Qualitativa
risco que poderão de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Ocasional
ACIDENTES contribuir para a diferente, queda de
queda de nível, com
torções, fraturas e
Moderado
Intermitente
máquinas, equipamentos. Inspeção local
ocorrência de material e objetos intoxicação.
acidentes.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 148
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR; ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 149
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE A USO CONTÍNUO

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS CONTRA
POEIRAS E NÉVOAS PFF1 DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
PROTETOR SOLAR FPS 50 PROTEÇÃO UVA E UVB
SOLAR
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE LÁTEX – NITRÍLICA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS E PERNAS CONTRA UMIDADE; BOTA DE PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CINTURÃO DE SEGURANÇA COM TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
DE QUEDA EM TRABALHOS EM ALTURA;
TRAVA-QUEDA PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA QUEDAS EM OPERAÇÕES COM
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MOVIMENTAÇÃO VERTICAL OU HORIZONTAL;
TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS DE QUEDA NO POSICIONAMENTO
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
EM TRABALHOS EM ALTURA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
GARRAFA TÉRMICA GARRAFA DE ÁGUA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CAPA DE CHUVA CAPA DE CHUVA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

FERRAMENTAS MANUAIS DE TRABALHO CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

UNIFORME CAMISA MANGA LONGA USO CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 150
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
COORDENADOR DE PLANEJAMENTO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Planejamento SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- - - 6201-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Supervisionam diretamente uma equipe de trabalhadores agropecuários em sua lida no campo, na alimentação, reprodução e reposição de animais e nos tratos culturais;
administram mão-de-obra e treinam a equipe de trabalho; planejam atividades e controlam qualidade e produtividade agropecuária; negociam insumos, produtos e
equipamentos agropecuários e realizam manutenção em equipamentos.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Outras situações de Batidas contra,


risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 151
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 152
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
CAPUZ PARA PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO CONTRA RISCOS DE ORIGEM TÉRMICA; TOUCA ÁRABE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - GARRAFA TÉRMICA - CAPA DE CHUVA - CHAPÉU CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 153
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Recursos Humanos SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas - - - 1422-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Gerenciam atividades de departamentos ou serviços de pessoal, recrutamento e seleção, cargos e salários, benefícios, treinamento e desenvolvimento, liderando e
facilitando o desenvolvimento do trabalho das equipes. Assessoram diretoria e setores da empresa em atividades como planejamento, contratações, negociações de
relações humanas e do trabalho. Atuam em eventos corporativos e da comunidade, representando a empresa.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Habitual Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Inspeção local

ACIDENTES Iluminação Queda de nível e no Rotinas de trabalho Ferimentos, contusões, Moderado Ocasional Avaliação

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 154
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
inadequada, outras nível. torções, traumatismos. Intermitente Qualitativa
situações de risco que
poderão contribuir Inspeção local
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 155
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 156
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE SEGURANÇA DO TRABALHO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Segurança do Trabalho SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
3516-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Participam da elaboração e implementam política de saúde e segurança do trabalho; realizam diagnóstico da situação de SST da instituição; identificam variáveis de
controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio ambiente. Desenvolvem ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho; integram processos de
negociação. Participam da adoção de tecnologias e processos de trabalho; investigam, analisam acidentes de trabalho e recomendam medidas de prevenção e controle.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
THDL-400 e
Inspeção Local
Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Lombalgias, Lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada. Má postura. Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 157
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Outras situações de Batidas contra,
risco que poderão colisões, queda de No deslocamento interno Traumatismo, Avaliação
Ocasional Qualitativa
ACIDENTES contribuir para a mesmo nível e nível dentro da fazenda, na ferimentos, contusões, Moderado
Intermitente
ocorrência de diferente, queda de direção de veículos. torções, fraturas. Inspeção local
acidentes. material e objetos.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 158
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BOTINA COM BIQUEIRA DE PVC CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E
ÓCULOS ESCURO UVA - UVV DE ACORDO COM A NECESSIDADE
RADIAÇÃO;
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR SOLAR FPS MÍNIMO 50 PROTETOR SOLAR DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 159
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

COORDENADOR DE SERVIÇOS

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Coordenador de Serviços SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Monitorar a equipe de técnicos; elaborar e apresentar relatórios gerenciais; controlar as escalas de trabalho e tarefas dos técnicos, visando otimizar a utilização do tempo e
dos recursos humanos disponíveis. Controlar o fator de absorção. Montar estratégias de mercado. Oferecer e elaborar planos de manutenção preventiva.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 160
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
Lombalgias, stress e Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
fadigas físicas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferente Batidas contra, queda Avaliação
Ferimentos, contusões Qualitativa
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho
e torções
Moderado Integral
inadequado diferente Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 161
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

COZINHEIRA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Cozinheira SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Organizam e supervisionam serviços de cozinha em hotéis, restaurantes, hospitais, residências e outros locais de refeições, planejando cardápios e elaborando o pré-
preparo, o preparo e a finalização de alimentos, observando métodos de cocção e padrões de qualidade dos alimentos.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Alteração temporária Quantitativa
Equipamentos,
FÍSICOS Ruídos e calor
maquinas e fogão
Rotinas de trabalho do limiar auditivo e Moderado Integral THDL-400
queimaduras DOS-500
TGD-400
Panela de pressão, Doenças respiratórias Avaliação
Gases, vapores e Quantitativa
QUÍMICOS produtos químicos
gás glp e produtos de Rotinas de Trabalho e dermatose Tolerável Integral
limpeza ocupacionais BDX-II

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 162
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Hepatites virais, Avaliação
Microrganismo em Manipulação de dermatites de contato, Qualitativa
BIOLÓGICOS geral alimentos
Rotinas de Trabalho
tétano e leishmaniose
Tolerável Integral
cutâneas Inspeção local
Levantamento e Avaliação
Ferramentas de
transporte manual de Lombalgias e lesões Qualitativa
ERGONÔMICOS peso e exigência de
trabalho, materiais Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas
Moderado Integral
estocados Inspeção local
postura inadequada
Queda de diferentes
Batidas contra, queda Traumatismo, Avaliação
níveis, arranjo físico
de mesmo nível e nível ferimentos, contusões, Qualitativa
ACIDENTES inadequado e
diferente, queda de
Rotinas de trabalho
torções, fraturas,
Moderado Integral
probabilidade de Inspeção local
material e objetos cortes e queimaduras
incêndio

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL
NÃO DEFINIDO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 163
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO
CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
De acordo com a
Vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem térmica; Avental
necessidade
De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contra agentes químicos; Luva de Látex
necessidade
De acordo com a
Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos; Biqueira de PVC
necessidade
Calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações De acordo com a
com uso de água;
Bota de PVC
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Touca descartável Touca descartável Uso contínuo
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 164
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

DIRETOR FINANCEIRO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Diretor Financeiro SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Dirigem o fluxo financeiro da empresa; implementam o orçamento empresarial e administram recursos humanos. Controlam patrimônio, suprimentos e logística e
supervisionam serviços complementares. Coordenam serviços de contabilidade e controladoria e elaboram planejamento da empresa.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 165
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Lombalgias, stress e Qualitativa
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho
fadigas físicas
Moderado Integral
Inspeção local
Queda de diferente Batidas contra, queda Avaliação
Ferimentos, contusões Qualitativa
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível e nível Rotinas de trabalho
e torções
Moderado Integral
inadequado diferente Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 166
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

ELETRICISTA AUTOMOTIVO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Eletricista Automotivo SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 9531-15
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Planejam serviços de instalação e manutenção eletroeletrônicos em veículos, estabelecendo cronogramas e estimando prazos. Instalam sistemas e componentes
eletroeletrônicos em veículos, elaborando leiautes e esquemas, interpretando e corrigindo esquemas, conectando cabos aos equipamentos e acessórios e testando o
funcionamento de máquinas, equipamentos e sistemas para operação. Realizam manutenções preventiva, preditiva e corretiva, inspecionando visualmente máquinas e
equipamentos, diagnosticando defeitos eletroeletrônicos, desmontando, reparando, lubrificando, substituindo e montando componentes, ajustando componentes e peças e
simulando o funcionamento de componentes e equipamentos. Cumprem normas de segurança, meio ambiente e saúde e realizam com qualidade as instalações
eletroeletrônicas.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 167
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária Avaliação
proteção adequada ao Exposição, sem proteção do limiar auditivo, Quantitativa
Ruído, calor, radiação Habitual
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e adequada, à ruído, calor, hipertermia, fadiga e Moderado
Permanente THDL-400 e
equipamentos, radiação solar. desidratação, Inspeção Local
radiação solar. queimaduras na pele.
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
Exigência de postura Peças, equipamentos e Lombalgias e lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada má postura.
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Esmagamentos,
fraturas, queimaduras, Avaliação
Queda de diferentes Na manutenção de Acidentes com
perda temporária da Ocasional Qualitativa
ACIDENTES níveis, arranjo físico tratores, máquinas instrumentos
consciência,
Não tolerável
Intermitente
inadequado. agrícolas. perfurocortantes. Inspeção local
carbonização, parada
cardiorrespiratória.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CALOR = 31,3 IBUTG ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15. QUADRO Nº 2 IBUTG = ------

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 168
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
CALOR = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE OS
BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO
ARTELHOS;
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MASCARA DESCARTÁVEL PARA
PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE (PFF1) PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS; DE ACORDO COM A NECESSIDADE
POEIRAS
LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES QUÍMICOS; LUVA DE NEOPREME OU PVC DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CREME PARA PROTEÇÃO CONTRA BARREIRA QUÍMICA CREME P/ ÓLEOS, GRAXA, SOLVENTES DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 169
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE PARA PROTEÇÃO DA FACE CONTRA PARTÍCULAS VOLANTE; VISEIRA ACRÍLICA TRANSPARENTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME - CAPA DE CHUVA - GARRAFA TÉRMICA CRITÉRIO DA EMPRESA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

ELETRICISTA DE MANTENÇÃO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Eletricista de Manutenção SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
- 9511-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Planejam serviços de manutenção e instalação eletroeletrônica e realizam manutenções preventiva, preditiva e corretiva. Instalam sistemas e componentes eletroeletrônicos
e realizam medições e testes. Elaboram documentação técnica e trabalham em conformidade com normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene,
saúde e preservação ambiental.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 170
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA
AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Exposição sem Alteração temporária Avaliação
proteção adequada ao Exposição, sem proteção do limiar auditivo, Qualitativa
Ruído, calor, radiação Habitual
FÍSICOS não ionizante.
ruído de máquinas e adequada, à ruído, calor, hipertermia, fadiga e Moderado
Permanente
equipamentos, radiação solar. desidratação, Inspeção local
radiação solar. queimaduras na pele.
Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Exigência de postura Peças, equipamentos e Lombalgias e lesões Ocasional Qualitativa
ERGONÔMICOS inadequada má postura.
Rotinas de trabalho
músculos esqueléticas.
Moderado
Intermitente Inspeção local

Exposição a acidentes com Esmagamentos,


De manutenção e
Queda de diferentes sistemas, circuitos e fraturas, queimaduras, Avaliação
reparo de máquinas e
níveis, arranjo físico condutores de energia perda temporária da Ocasional Qualitativa
ACIDENTES inadequado e
equipamentos
elétrica e acidentes com consciência,
Não tolerável
Intermitente
elétricos, quando Inspeção local
eletrocussão. equipamentos, ferramentas carbonização, parada
energizados.
contuso cortantes. cardiorrespiratória.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 171
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR; ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


CAPACETE PARA PROTEÇÃO CONTRA IMPACTOS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO; CLASSE B USO CONTÍNUO

ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES; ÓCULOS CLARO DE ACORDO COM A NECESSIDADE
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
ÓCULOS PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS CONTRA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA; ÓCULOS ESCURO - UV
SOLAR
PROTETOR AUDITIVO CIRCUM-AURICULAR PARA PROTEÇÃO DO SISTEMA AUDITIVO; TIPO PLUG DE ACORDO COM A NECESSIDADE

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 172
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
LUVAS ISOLANTES CLASSE 1 E 2 E DE COBERTURAS E MANGA ISOLANTE CLASSE 2 LUVA ISOLANTE DE ACORDO COM A NECESSIDADE

LUVAS PARA PROTEÇÃO DAS MÃOS CONTRA AGENTES CORTANTES E PERFURANTES; LUVA DE VAQUETA DE ACORDO COM A NECESSIDADE

PERNEIRA PARA PROTEÇÃO DA PERNA CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES; PERNEIRA DE BIDIM DE ACORDO COM A NECESSIDADE

CALÇADO DE SEGURANÇA PARA PROTEÇÃO DOS PÉS SEM COMPONENTE METÁLICO; COM BIQUEIRA DE PVC USO CONTÍNUO

UNIFORME ANTI-CHAMA UNIFORME COMPLETO USO CONTÍNUO


USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
PROTETOR SOLAR FPS 50 PROTETOR SOLAR
SOLAR
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CINTURÃO DE SEGURANÇA COM TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
DE QUEDA EM TRABALHOS EM ALTURA;
TRAVA-QUEDA PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA QUEDAS EM OPERAÇÕES COM
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
MOVIMENTAÇÃO VERTICAL OU HORIZONTAL;
TALABARTE PARA PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA RISCOS DE QUEDA NO POSICIONAMENTO
PROTEÇÃO CONTRA QUEDA DE ACORDO COM A NECESSIDADE
EM TRABALHOS EM ALTURA.
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CONJUNTOS ATERRAMENTOS TEMPORÁRIOS BT (PARA REDES ABERTAS E MULTIPLEXADAS) E USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CRITÉRIO DA EMPRESA
MÉDIA TENSÃO ("MT”) SOLAR
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
BASTÃO DE MANOBRA DE 4 (QUATRO) ELEMENTOS CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
BASTÃO DE MANOBRA PARA GRAMPO DE LV (3,2 M) USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CAPA DE CHUVA OU CONJUNTO IMPERMEÁVEL CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
MANTAS ISOLANTES BAIXA TENSÃO (BT) USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
PLACAS DE SINALIZAÇÃO CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
CONES DE SINALIZAÇÃO USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
FITA ZEBRADA CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
MULTÍMETRO USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR
USO CONTÍNUO EM EXPOSIÇÃO
KIT DE RESGATE CRITÉRIO DA EMPRESA
SOLAR

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 173
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ELETRICISTA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Eletricista SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 174
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Planejam serviços de manutenção e instalação eletroeletrônica e realizam manutenções preventiva, preditiva e corretiva. Instalam sistemas e componentes eletroeletrônicos
e realizam medições e testes. Elaboram documentação técnica e trabalham em conformidade com normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene,
saúde e preservação ambiental.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Equipamentos e Alteração temporária Quantitativa
FÍSICOS Ruídos e calor maquinas e radiação Rotinas de trabalho do limiar auditivo, Moderado Integral THDL-400
solar fadiga e desidratação DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Levantamento e Avaliação
Lombalgias, lesões
transporte manual de Peças, equipamentos e Qualitativa
ERGONÔMICOS peso e exigência de má postura
Rotinas de trabalho músculos esqueléticas Moderado Integral
dores musculares Inspeção local
postura inadequada
Batidas contra, queda
Queda de diferentes Avaliação
de mesmo nível e nível Ferimentos, contusões,
níveis, arranjo físico Qualitativa
ACIDENTES inadequado e
diferente, queda de Rotinas de trabalho torções, fraturas e Não tolerável Integral
material, objetos e queimaduras Inspeção local
eletrocussão
eletricidade

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ANEXO Nº 1 DA NR-15

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 175
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
RUÍDO = 65,8 dB(A) ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = 87,3 dB(A) ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

PARÂMETROS
LUX = 558 ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. DA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 123 ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A ILUMINAÇÃO NATURAL
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Capacete para proteção contrachoques elétricos; Classe B De acordo com a
MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 176
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
necessidade
De acordo com a
Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; Óculos Claro
necessidade
Uso contínuo em exposição
Óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta; Óculos Escuro - UV
solar
Protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de De acordo com a
pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
Tipo Plug
necessidade
Peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e De acordo com a
névoas;
Poeiras e Névoas PFF1
necessidade
Luva de borracha para Alta De acordo com a
Luvas para proteção das mãos contrachoques elétricos;
Tensão necessidade
Uso contínuo em exposição
Protetor solar FPS Proteção UVA e UVB
solar
Calçado para proteção dos pés contra agentes provenientes de energia elétrica; Sem Componente Metálico Uso contínuo
EPI PARA TRABALHO EM ALTURA ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Cinturão de segurança com talabarte para proteção do usuário contra riscos de De acordo com a
queda em trabalhos em altura;
Proteção contra queda
necessidade
Trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com De acordo com a
movimentação vertical ou horizontal;
Proteção contra queda
necessidade
Talabarte para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em De acordo com a
trabalhos em altura.
Proteção contra queda
necessidade
EPC ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Isolamento da área de De acordo com a
Corrente plástica, cone e fita zebrada
trabalho necessidade
De acordo com a
Aparelho de comunicação Rádio comunicador
necessidade
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
De acordo com a
Garrafa térmica Garrafa de água
necessidade
Uniforme Camisa manga longa Uso contínuo

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 177
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ENCARREGADO ADMINISTRATIVO

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Encarregado Administrativo SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS

2 - DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE
Supervisionam rotinas administrativas em instituições públicas e privadas, chefiando diretamente equipe de escriturários, auxiliares administrativos, secretários de
expediente, operadores de máquina de escritório e contínuos. Coordenam serviços gerais de malotes, mensageiros, transporte, cartório, limpeza, terceirizados, manutenção
de equipamento, mobiliário, instalações etc; administram recursos humanos, bens patrimoniais e materiais de consumo; organizam documentos e correspondências;
gerenciam equipe. Podem manter rotinas financeiras, controlando fundo fixo (pequeno caixa), verbas, contas a pagar, fluxo de caixa e conta bancária, emitindo e conferindo
notas fiscais e recibos, prestando contas e recolhendo impostos.
3 – AVALIAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE MEIOS DE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR PROPAGAÇÃO DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Quantitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A THDL-400
DOS-500
TGD-400
Avaliação
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Quantitativa
BDX-II
Avaliação
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A Qualitativa
Inspeção local
Avaliação
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias e stress Moderado Integral Qualitativa
Inspeção local
Queda de diferentes Batidas contra e queda Ferimentos, contusões Avaliação
ACIDENTES níveis e arranjo físico de mesmo nível
Rotinas de trabalho
e torções
Moderado Integral Qualitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 178
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
inadequado Inspeção local

4 - AVALIAÇÃO QUANTITATIVA
IDENTIFICAÇÃO RESULTADO DA AVALIAÇÃO LIMITES DE TOLERÂNCIA
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 1 DA NR-15
RUÍDO = 87,3 dB(A)
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.
RUÍDO = N/A
dB(A): 85 (8 h).
CALOR = 29,7 IBUTG ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE. ANEXO Nº 3 DA NR-15
CALOR = N/A NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA. QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
PARÂMETROS
ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1.
LUX = 558 DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
------ LUX
NECESSÁRIA
NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO


REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR OU PCMSO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 179
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Calçado para proteção dos pés; Calçado fechado Uso contínuo
ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
Uniforme Camisa ou camiseta Uso contínuo

ENCARREGADO DE LOGÍSTICA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Encarregado de Logística SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
08 horas - - 01 - 3421-05
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Controlam, programam e coordenam operações de transportes em geral; acompanham as operações de embarque, transbordo e desembarque de carga. Verificam as
condições de segurança dos meios de transportes e equipamentos utilizados, como também, da própria carga. Supervisionam armazenamento e transporte de carga e
eficiência operacional de equipamentos e veículos. Controlam recursos financeiros e insumos, elaboram documentação necessária ao desembargo de cargas e atendem
clientes. Pesquisam preços de serviços de transporte, identificam e programam rotas e informam sobre condições do transporte e da carga.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Qualitativa
FÍSICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
QUÍMICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Avaliação
Qualitativa
BIOLÓGICOS N/A N/A N/A N/A N/A N/A
Inspeção local

Habitual Avaliação
ERGONÔMICOS Postura inadequada Má postura Rotinas de trabalho Lombalgias Moderado
Permanente Qualitativa

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 180
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
Inspeção local

Iluminação
inadequada, outras Avaliação
situações de risco que Queda de nível e no Ferimentos, contusões, Ocasional Qualitativa
ACIDENTES poderão contribuir nível.
Rotinas de trabalho
torções, traumatismos.
Moderado
Intermitente Inspeção local
para a ocorrência de
acidentes.

4 - AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS
RESULTADO LIMITES
IDENTIFICAÇÃO
DA AVALIAÇÃO DE TOLERÂNCIA
ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.
RUÍDO = 65,8 dB(A)
ANEXO Nº 1 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIO ADIÇÃO DE PROTETOR AURICULAR
RUÍDO = 87,3 dB(A)
TIPO PLUG OU CONCHA COM ATENUAÇÃO MÍNIMA DE 15 dB(A) DURANTE A OPERAÇÃO.
dB(A): 85 (8 h).
RUÍDO = N/A
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ABAIXO DO LIMITE DE TOLERÂNCIA, PORÉM DEVE SER MONITORADO PERIODICAMENTE.


CALOR = 29,7 IBUTG ANEXO Nº 3 DA NR-15
ACIMA DO LIMITE DE TOLERÂNCIA SENDO NECESSÁRIA ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE
CALOR = 31,3 IBUTG QUADRO Nº 1 IBUTG = ------
CONFORTO TÉRMICO CONFORME ESTABELECIDO NO ANEXO Nº 3 DA NR-15.
CALOR = N/A QUADRO Nº 2 IBUTG = ------
NÃO IDENTIFICADO CONFORME INSPEÇÃO LOCAL E AVALIAÇÃO QUALITATIVA.

ILUMINAÇÃO DENTRO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1. PARÂMETROS
LUX = 558
DA NBR ISSO 8995-1.
ILUMINAÇÃO ABAIXO DOS PARÂMETROS ESTABELECIDOS PELA NBR ISSO 8995-1, SENDO
LUX = 123
NECESSÁRIA ADIÇÃO DE MEDIDAS CORRETIVAS NESTE AMBIENTE DE TRABALHO. ------ LUX
LUX = N/A
ILUMINAÇÃO NATURAL NÃO DEFINIDO

OUTROS = (POEIRA TOTAL, RESPIRÁVEL, CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO


CONSULTAR RELATÓRIO DE ENSAIO NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE (PPRA –
FUMOS METÁLICOS OU VAPORES NO ITEM OU ANEXO Nº --------- DESTE
PGSSMATR - PGR).
ORGÂNICOS). (PPRA – PGSSMATR - PGR).

5 - MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES / RECOMENDADAS

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 181
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS
NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO INICIO PARA IMPLANTAÇÃO
REALIZAÇÃO DE EXAMES MÉDICOS CLÍNICOS DE ACORDO COM O PGSSMATR. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE TREINAMENTOS (INTEGRAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO E OUTROS TREINAMENTOS ESPECÍFICOS). ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
USO EFETIVO DE EPI CONFORME INDICADO ABAIXO E MINISTRADO DE ACORDO COM A NR 6, PORTARIA 3.214 DO MINISTÉRIO DO
ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.
TRABALHO.
IMUNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DE ACORDO COM O PROGRAMA DE VACINAÇÃO. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

IMPLANTAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇO GERAL E ESPECÍFICAS POR FUNÇÃO DE ACORDO COM A LEI 6.514 E NR-1. ANTES DO INICIO DAS ATIVIDADES.

REALIZAÇÃO DE DDS – DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. CONTÍNUO.

6 - EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


EPI / EPC / EPR / ACESSÓRIOS / OUTROS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO
CALÇADO PARA PROTEÇÃO DOS PÉS; CALÇADO FECHADO TIPO SAPATO USO CONTÍNUO

ACESSÓRIOS ESPECIFICAÇÕES CONDIÇÕES DE USO


UNIFORME CRITÉRIO DA EMPRESA USO CONTÍNUO
DE ACORDO COM O PLANO
PED MOUSE - APOIO DE TECLADO - APOIO PARA OS PÉS - CADEIRA ERGONÔMICA USO CONTÍNUO
ERGONÔMICO

MEDLABOR – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO


www.medlabormt.com.br 66-3468-3080
Página 182
PLANILA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS
BANCO DE DADOS

ENCARREGADO DE AGRICULTURA

1 – PLANILHA DE RECONHECIMENTO DE RISCOS


EMPRESA: FUNÇÃO: Encarregado de Agricultura SETOR:
IDADE ENTRE 18 E ACIMA DE 45
EXPOSTOS NESSA FUNÇÃO JORNADA HOMENS MULHERES CBO
45 ANOS
6231-10
2 - DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Alimentam e manejam bovinos, bubalinos, equinos, asininos e muares, na pecuária de animais de grande porte; ordenham bovídeos. Sob orientação de veterinários e
técnicos, cuidam da saúde dos animais e auxiliam na reprodução de animais. Treinam e preparam animais para eventos. Efetuam manutenção de instalações. Realizam
tratos culturais em forrageiras, pasto e outras plantações para ração animal.
3 – AVALIAÇÕES DOS RISCOS AMBIENTAIS

RISCOS IDENTIFICAÇÃO FONTE AGENTE POSSÍVEIS GRAU DO TEMPO DE TÉCNICA


AMBIENTAIS DOS RISCOS GERADORA AGRESSOR DANOS À SAÚDE RISCO EXPOSIÇÃO UTILIZADA
Avaliação
Radiação não Exposição, sem proteção Fadiga e desidratação, Ocasional Qualitativa
FÍSICOS ionizante.
Radiação solar.
adequada. queimaduras na pele.
Tolerável
Intermitente Inspeção local

Avaliação
Em locais de Quantitativa
Poeiras, gases, Exposição a vapores e Ocasional
QUÍMICOS vapores.
armazenamento de
seus contaminantes.
Intoxicações. Tolerável
Intermitente
agroquímicos. BDX-II

Avaliação
Qualitativa