Você está na página 1de 24

Contabilidade Financeira

Claudio de Carvalho Mattos

CONTABILIDADE
• Forma de comunicação
• Planejar
• Controlar
• Avaliar

• DECISÃO

1
Orientações Gerais

• Critério de Avaliação:
Prova: 70%
Trabalho: 30%
(Data da entrega: dia em que você fizer a sua prova)

• Modo de entrega: impresso

Orientações Gerais

• Contatos:

WhatsApp : 21-996051993

E-mail: claudiocmattos@ig.com.br

2
CONCEITOS IMPORTANTES
 Entidade
 Continuidade
 Objetividade
 Conservadorismo
 Materialidade
 Consistência

Uma pergunta??????

• Empresa faz uma venda no dia 31 de


dezembro de 2017 a prazo para ser
recebida no dia 15 de janeiro de 2018.

• Toda vez que temos uma venda


receberemos uma receita por essa venda.

• Em que mês essa receita(essa venda) deve


ser registrada? Dezembro ou Janeiro

3
CONCEITOS IMPORTANTES

REGIME

 Caixa
 Competência

CONCEITOS IMPORTANTES

REGIME

 Caixa: Movimentação Financeira


 Competência: Fato Gerador

4
SITUAÇÃO FINANCEIRA
X
SITUAÇÃO ECONÔMICA

FINANCEIRA
Liquidez, dinheiro

ECONÔMICA
Riqueza, patrimônio

ALAVANCAGEM FINANCEIRA

O QUE É?

5
CONCEITOS IMPORTANTES
O SISTEMA DE PARTIDAS DOBRADAS

“Ao total de débitos


deverá corresponder
o mesmo total em créditos
e vice-versa.”

Afinal: o que é lucro?

Captar Aplicar Usar


Financiamento Investimento Operacional
Capital de M
ATIVO ativo
Terceiros Receita maior
A
Capital Bens e X
Próprio Direitos O
Custos e ativo
T
Despesas menor
I
Lucro Operacional
Remuneração
EVA
12

6
Afinal: o que é caixa?

Financiamento Investimento Operacional

Capital de Receita
Terceiros e ATIVO (-) Custos
Próprios e Desp.
EBIT

PME PMR
compra vende recebe
FLUXO DE
CAIXA PMP Ciclo Financeiro
paga

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
(exigível)
Circulante Circulante
Não Circulante Não Circulante (Exigível
a L. Prazo)
Realizável a L. Prazo
Investimentos Patrimônio Líquido
Imobilizado
Intangível

7
AC

BENS, DIREITOS

 Transformar em dinheiro
 Até 360 dias
 Contar da data do balanço

ARLP (não circulante)

BENS, DIREITOS

 Transformar em dinheiro
 Superior a 360 dias
 Contar da data do balanço

8
Caso Prático

• Venda efetuada no dia 31 de dez à prazo para ser


recebida em 24 prestações de R$ 100,00 cada
totalizando um CONTAS A RECEBER de R$ 2.400,00.
• BP- 31 DE DEZ

• AC- ??????
• ARLP-??????

Caso Prático

• Venda efetuada no dia 31 de out à prazo para ser


recebida em 24 prestações de R$ 100,00 cada
totalizando um CONTAS A RECEBER de R$ 2.400,00.
• BP- 31 DE DEZ

• AC- ??????
• ARLP-??????

9
PC
OBRIGAÇÕES

 Vencimento
 Até 360 dias
 Contar da data do balanço

PELP (não circulante)

OBRIGAÇÕES

 Vencimento
 Superior a 360 dias
 Contar da data do balanço

10
CAPITAL CIRCULANTE LÍQUIDO
(CCL)

Indica se a empresa tem condições


de pagar suas dívidas de curto prazo

FÓRMULA
CCL = AC - PC

CCL

CCL > 0
Tem condições

CCL < 0
Não tem condições

11
ATIVO NÃO CIRCULANTE

INVESTIMENTOS
Não relacionado à atividade
operacional da empresa

ATIVO NÃO CIRCULANTE

IMOBILIZADO
Relacionado à atividade
operacional da empresa

12
ATIVO NÃO CIRCULANTE

INTANGÍVEL
Marcas, patentes, etc...

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Obrigações da empresa para com


os seus acionistas

13
ESTRUTURA DE CAPITAL DA
EMPRESA

CAPITAL DE TERCEIROS
PC + PNC

CAPITAL PRÓPRIO
PL

ESTRUTURA DE CAPITAL DA
EMPRESA
MAIS CAPITAL DE TERCEIROS
Mais arriscada

MAIS CAPITAL PRÓPRIO


Mais conservadora

14
ESTRUTURA DE CAPITAL DA
EMPRESA
CUSTO DE CAPITAL DE TERCEIROS
Taxa de juros

CUSTO DE CAPITAL PRÓPRIO


Custo de oportunidade

CAPÍTULO I
Exercícios

15
CONCEITOS IMPORTANTES
1. Gasto
2. Custo
3. Despesa
4. Investimento
5. Desembolso
6. Perda

CUSTOS

Custos Diretos X Custos Indiretos

Custos Fixos X Custos Variáveis

16
MARGEM DE
CONTRIBUIÇÃO
• Conceito

• Aplicações práticas

APLICAÇÃO PRÁTICA
1 un 2 un
PV = 500 R= 1.000
CV = 200 CV = 400

CF = 100 CF = 100
L = 200 L = 500

17
APLICAÇÃO PRÁTICA
1 un 2 un
PV = 500 R= 1.000
CV = 200 CV = 400
MC = 300 MC = 600
CF = 100 CF = 100
L = 200 L = 500

DIFERENÇA = 300

APLICAÇÃO PRÁTICA
A B C
R = 1.000 2.000 1.500
CV = (500) (1.900) (1.000)
MC = 500 100 500
CF = (300) (300) (300)
L = 200 (200) 200

18
APURAÇÃO DO RESULTADO
RESULTADO =
RECEITA – CUSTO – DESPESA – IMPOSTO

LUCRO: DIFERENÇA POSITIVA

PREJUÍZO: DIFERENÇA NEGATIVA

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

DRE Receita Operacional Bruta (de vendas ou serviços)

(-) Devoluções, Abatimentos e Impostos.

(=) Receita Operacional Líquida

(-) Custo das Mercadorias / Produtos Vendidos ou Custo dos


Serviços Prestados
( CMV / CPV / CSP )

(=) Lucro Operacional Bruto

(-) Despesas Operacionais (vendas, gerais e administrativas e


outras despesas e receitas operacionais))

(+) (-) (parcela dos resultados de empresas investidas reconhecida


por meio do método de equivalência patrimonial

(=) Resultado antes das receitas e despesas financeiras

(+) (-) Despesas e Receitas Financeiras

(=) Resultado antes dos Tributos sobre o Lucro

(-) Tributos sobre o Lucro

(=) Resultado Liquido das Operações Continuadas

(+) (-) Resultado Liquido após Operações Descontinuadas

(+) (-) Outros Ajustes

(=) Resultado Liquido do Período

19
CAPÍTULO II
Exercícios

AVALIAÇÃO ECONÔMICO-
FINANCEIRA

DIAGNÓSTICO DA EMPRESA
 Situação financeira
 Posição patrimonial
 Geração de resultados

TOMADA DE DECISÕES

20
ANÁLISE VERTICAL E HORIZONTAL

VERTICAL
BALANÇO: 100% é o Ativo total
DRE: 100% é a Receita Operacional
Bruta/Líquida

HORIZONTAL
Evolução de um período para outro -
acréscimo ou redução

INDICADORES PARA ANÁLISE


Comparação com exercícios anteriores

Comparação com indicadores de outras


empresas do mesmo setor

21
LIQUIDEZ
LIQUIDEZ CORRENTE
LC = AC / PC

LIQUIDEZ SECA
LS = (AC-Estoque) / PC

LIQUIDEZ INSTANTÂNEA
LI = DISP / PC

LIQUIDEZ GERAL
LG = (AC + ARLP) / (PC + PNC)

CAPITAL CIRCULANTE LÍQUIDO OU DE GIRO PRÓPRIO


CCL = AC - PC

FINANCIAMENTO DAS OPERAÇÕES


(ENDIVIDAMENTO)
COM CAPITAL DE TERCEIROS
Kt = (PC + PNC) / Passivo Total
*Análise de curto e longo prazo

COM CAPITAL PRÓPRIO


Kp = PL / PassivoTotal

GARANTIA DO Kt
GKt = PL / (PC+PNC)

IMOBILIZAÇÃO DO Kp
IPL = IMOBILIZADO / PL

22
RENTABILIDADE
RETORNO SOBRE VENDAS/LUCRATIVIDADE
Margem = Lucro Liquido / Vendas

RETORNO SOBRE CAPITAL PRÓPRIO


RPL = LL / PL(médio)

RETORNO SOBRE INVESTIMENTOS


RI = LL / Ativo total(médio)

Giro do Ativo
Giro= Vendas Liquidas/ Ativo Total

CAPÍTULO III
Exercícios

23
CONSIDERAÇÕES FINAIS

CONTATO
claudiocmattos@ig.com.br

24