Você está na página 1de 5

Questões de Educação Física ENEM

A pedido dos meus queridos alunos, vai aí algumas questões de educação física que já caíram no ENEM.
Boa Sorte! Competência de área 3 - Compreender e usar a linguagem corporal como relevante para a
própria vida, integradora social e formadora da identidade. H9 - Reconhecer as manifestações corporais
de movimento como originárias de necessidades cotidianas de um grupo social. H10 - Reconhecer a
necessidade de transformação de hábitos corporais em função das necessidades cinestésicas. H11 -
Reconhecer a linguagem corporal como meio de interação social, considerando os limites de desempenho
e as alternativas de adaptação para diferentes indivíduos. Objetos de conhecimento associados às Matrizes
de Referência Estudo das práticas corporais: a linguagem corporal como integradora social e formadora
de identidade : • Performance corporal e identidades juvenis; • Possibilidades de vivência crítica e
emancipada do lazer; • Mitos e verdades sobre os corpos masculino e feminino na sociedade atual; •
Exercício físico e saúde; • O corpo e a expressão artística e cultural; • O corpo no mundo dos símbolos e
como produção da cultura; • Práticas corporais e autonomia; • Condicionamentos e esforços físicos; • O
esporte; a dança; as lutas; os jogos; as brincadeiras.
(...) a lombalgia, por exemplo, afeta 80% da população adulta, sendo um dos principais
motivos de aposentadoria precoce, segundo dados da Previdência Social. A grande novidade
em relação à disfunção é a eficiência do tratamento fisioterapêutico, mesmo nos casos
considerados mais graves. Seguindo corretamente as indicações, os especialistas afirmam que
a cirurgia pode ser evitada em 80% dos casos. Por causa do baixo impacto dos exercícios, o
Pilates é atualmente uma das atividades mais indicadas por especialistas para tratar de
problemas de coluna e outras patologias. Para a mente, a atividade estimula a concentração
e o equilíbrio. Para músculos e articulações, dá força e flexibilidade. Para a coluna, melhora
a postura e evita lesões. "É a modalidade física mais indicada para prevenir e tratar
problemas da coluna vertebral, pois permite aos praticantes realizar suas atividades diárias,
com perfeição. Em três semanas de prática é possível perceber os benefícios. A postura
mental, física e emocional das pessoas muda radicalmente", garante o fisioterapeuta Sérgio
Machado. (...) Pela presença de uma bacia mais larga, a mulher possui uma lordose lombar
maior que a do homem. "Nas mulheres portadoras de hiperlordose lombar, o abdômen acaba
por se projetar para a frente, originando a indesejável barriguinha", explica Sérgio Machado.
Jornal Meio Norte – Teresina – PI (25/09/2008) Os fragmentos de texto acima apresentam
alguns problemas que afetam o povo brasileiro tanto adulto como idoso. Considerando o texto
como referencial e o conhecimento de mundo adquirido, considera-se que:

 os problemas físicos devem ser tratados em academias antes de se consultar um clínico.

 as mulheres, por possuírem uma bacia mais larga que a do homem, devem preocupar-se
com hiperlordose lombar, fazendo exames periodicamente.

 o governo brasileiro, preocupado com o excesso de pedidos de aposentadoria precoce,


tem incentivado a população, através de informes, a evitar problemas físicos.

 a fisioterapia é a solução para não se adquirir problemas na constituição física.

 a preocupação com a saúde inicia-se com os cuidados com a postura física.

Quer Tomar Bomba Hei Mag, vamo lá Quer tomar bomba? Pode aplicar Mas eu não garanto se
vai inchar Efeito estufa Ação, reação Estria no corpo, aí, vai vacilão Deca, Winstrol,
Durateston, Testex A fórmula mágica pra você ficar mais sexy (...) Mulher, dinheiro,
oportunidade um ciclo de Winstrol e você é celebridade Barriga estilo tanque, pura definição
duas horas de tensão não vacila, vai pro chão três, quatro, quanto mais repetição, vai perder
muito mais rápido, então vem sente a pressão.O dilema apresentado no texto da música
abaixo, quanto à associação do uso de “medicamentos” e exercícios físicos, é:

 culto à beleza versus cultivo da beleza interior.

 cuidado com a saúde mental versus preocupação com a saúde corporal.

 obtenção de resultados pela força de vontade versus recurso da medicina desportiva.

 manutenção da juventude versus aceitação do envelhecimento.

 cuidado consigo mesmo versus desejo de ser atraente ao outro.

Segundo o site www.linguagem.corporal, alguns comportamentos devem ser adotados ou


desprezados, para a pessoa sair-se bem em algumas situações da vida, visto que a linguagem
corporal diz muito a respeito de si mesma. Por exemplo, numa entrevista, principalmente
para ela obter emprego, é importante tomar cuidados com a linguagem corporal. Algumas
posturas devem ser adotadas para favorecê-la, como:

 Ficar com as mãos sob a mesa, para disfarçar alguma insegurança.

 Sentar-se com as pernas descruzadas, demonstrando relaxamento.

 Responder às perguntas do entrevistador sem encará-lo, para não se mostrar desafiador.

 Ao responder às perguntas, passar as mãos no cabelo, mostrando segurança.

 Manter a postura ereta, mesmo estando sentada, demonstrando autoconfiança.

Com a evolução das técnicas de produção e a necessidade cada vez maior de eficiência e de
lucro, tem sido evidenciada uma engrenagem nesta linha de produção, que não está
correspondendo a contento e com frequência tem causado problemas, necessitando ser
substituída, o que vêm acarretando muitos prejuízos financeiros e sociais. A peça que está
falhando é o próprio homem. Além das doenças que têm sido comuns ao homem, conhecem-
se outras que têm causado bastante preocupação à sociedade. Uma, por exemplo, que tem
ganhado espaço nas pesquisas médico-científicas é a LER, geralmente causada por
movimentos repetidos e contínuos com consequente sobrecarga do sistema músculo-
esquelético. O esforço excessivo, má postura, stress e más condições de trabalho também
contribuem para aparecimento da LER. Em casos extremos pode causar sérios danos aos
tendões, dor e perda de movimentos. A LER inclui várias doenças entre as quais tendinites,
epicondilites, bursite. Considerando como importante reconhecer as necessidades do corpo no
tocante aos movimentos, é correto afirmar que:

 A LER pode ser evitada com a utilização de remédios antiinflamatórios como forma
preventiva.

 Dar atenção à ERGONOMIA é fundamental para o tratamento da LER.

 A LER, dependendo do estágio, deve ser tratada com o acompanhamento de psicólogos,


terapeutas ocupacionais, acunpunturistas entres outros.

 O surgimento da LER se deu a partir da década de 1990, com a popularização dos


computadores pessoais.
 Quando se está com suspeita de LER, o aconselhável é consultar um fisioterapeuta para
saber os procedimentos a serem tomados.

Dor de dente dá problema, e não é só o paciente que sofre. O medo da cadeira, o barulhinho
insuportável do motor, a boca aberta durante horas são alguns dos incômodos que os
pacientes costumam abominar. Só que o que muita gente não sabe é que as longas sessões no
consultório odontológico causam muitas dores de cabeça, dores lombares, dores de coluna
para os próprios dentistas. O incômodo de ficar de boca aberta, anestesiado, por vezes sequer
se aproxima das consequências que o cirurgião-dentista tem que enfrentar por permanecer na
mesma posição, durante a rotina diária. Dados de um estudo feito em São Paulo, em 2002,
demonstram que 60% dos cirurgiões-dentistas admitiram sentir dores após o trabalho e 15,5%
confirmaram ter adquirido o problema durante o exercício profissional. Tendinites ou
tenossinovites de punho são as doenças mais comuns, por causa dos movimentos repetitivos.
Os dedos indicador e polegar, em seus movimentos de pinça, sofrem intenso desgaste nos
tendões, que podem levar a inflamações e edemas. Fonte: COUTINHO, P. Dor de dentista.
Jornal da Imprensa. Goiânia. Disponível em: www. jornaldaimprensa.com. Acesso em 3 de
maio de 2009 Com base em seus conhecimentos com relação à prática da atividade física, o
agravamento do quadro citado no texto pode ser minimizado caso os cirurgiões-dentistas :

 mantenham a rotina profissional, mas procurem realizar os movimentos de forma mais


lenta.

 intercalem na rotina algumas atividades que estimulem a descontração muscular,


principalmente naquelas regiões envolvidas na tarefa.

 realizem as tarefas profissionais buscando outras posições corporais.

 insiram atividades de fortalecimento muscular na rotina diária, principalmente nas


partes do corpo afetadas.

 iniciem um programa de atividades físicas, visando à melhoria do condicionamento


geral.

Exercícios Aeróbicos e emagrecimento . Hoje serão discutidos e esclarecidos alguns mitos a


respeito dos exercícios aeróbicos, popularmente conhecidos nas academias como exercícios
para “emagrecer”. O tipo de exercício realizado leva a uma resposta metabólica específica do
organismo. Os exercícios podem ser divididos de acordo com as características com que são
realizados. Tais particularidades durante sua execução trazem diferentes consequências, ou
seja, adaptações ao organismo. Eles podem ser realizados de forma intensa, de forma máxima
e de curta duração, e de forma prolongada. Os exercícios aeróbicos auxiliam no
emagrecimento pelo seguinte motivo: o metabolismo aeróbico depende de reações
bioquímicas que geram energia a partir principalmente das gorduras armazenadas no
organismo,em detrimento do exercício anaeróbico. O exercício aeróbico ajuda sim no
emagrecimento, porém não significa que o exercício anaeróbico (musculação, por exemplo)
não auxilie, através de outros mecanismos. O exercício anaeróbico também é de grande
importância no processo de perda de peso. Contudo, pode-se perceber que para emagrecer é
necessário que o consumo seja menor do que o gasto calórico diário, estes cálculos são
realizados com segurança por nutricionistas. A atividade física, neste caso aeróbica, vem
auxiliar para que o resultado desta conta ao final do dia seja negativo e ao longo de poucos
meses se torne positivo com a obtenção do peso desejado. Disponível em:
http://www.doqueelasgostam.com.br/fitness_exercicios.htm. Acesso em 14/05/2010.
(Adaptado).Algumas concepções são criadas por pessoas praticantes das atividades físicas nas
trocas de informações para um melhor desempenho corporal. É preciso entender alguns
fatores que não passam de mitos criados ao longo do tempo. Quanto à prática de atividades
físicas considerando-se os limites de desempenho, conclui-se que:

 a corrida é o melhor exercício para o indivíduo adquirir condicionamento físico.

 para quem faz exercício físico objetivando melhorar a estética, os exercícios aeróbicos
são os mais recomendáveis.

 a hipertrofia muscular pode prejudicar o adolescente, pois sua estrutura óssea ainda não
está suficientemente desenvolvida.

 os exercícios abdominais surtem efeito a partir do momento em que o indivíduo começa


a sentir dores musculares, sinal que valida essa atividade.

 a atividade física diária garante o gasto calórico necessário para o emagrecimento do


indivíduo.

Dá-se o nome de LER ao conjunto de doencas causadas por esforço repetitivo. A LER envolve
tenossinovite, tendenite, bursite e outras doenças. Embora conhecida há mais de 100 anos as
LER tornaram-se, a partir da década de 1990, muito frequentes devido ao advento da
informática e dos computadores. A LER também é conhecida como lesão por trauma
cumulativo. Muitos estudiosos e instituições já preferem chamar as LER de DORT-doenças
osteomusculares relacionadas ao trabalho. AS LER/DORT podem ser causadas por esforço
repetitivo devido a má postura, “stress” ou trabalho excessivo. Também certos esportes, se
praticados intensivamente, podem causar LER. (Disponível em
http://www.areaseg.com/ler/ler1.html) Como terapeuta contratado para implantar, numa
empresa, um programa de prevenção à LER, você:

 incentivaria a prática de esportes, como o futebol, o basquete e o vôlei, fora do


ambiente de trabalho.

 introduziria um programa intenso de musculação para os funcionários no próprio local de


trabalho.

 preocupar-se-ia com aspectos ergonômicos para que todos se sentissem mais


confortáveis, saudáveis e produtivos.

 incentivaria a prática de artes marciais pelos funcionários, de modo a acostumar suas


articulações ao esforço repetido.

 criaria um rodízio nos postos de trabalho dos funcionários, de modo a evitar que
adquirissem esse tipo de lesão.

Vigorexia, ou transtorno dismórfico muscular, ocorre quando o volume e a intensidade de


exercício físico praticado por um indivíduo excede a sua capacidade de recuperação, e pode-
se somar ao fato de apresentar uma autoimagem um tanto distorcida, em quadro
psicologicamente patológico. É classificada como um transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).
Foi primeiramente diagnosticada como um transtorno obsessivo compulsivo pelo médico
Harrison Graham Pope Jr., professor de psicologia em Harvard que a nomeou de vigorexia ou
Síndrome de Adônis (relacionando-a com o deus grego Adônis, de grande beleza física).
Indivíduos acometidos desta síndrome são pessoas que, mesmo fortes fisicamente, se sentem
fracas, de maneira similar aos acometidos de anorexia, que sempre se consideram gordos. A
vigorexia acomete predominantemente indivíduos do sexo masculino, mas ambém se
evidencia em mulheres, e, em ambos os casos, é predominantemente associada à prática de
musculação e ao fisiculturismo – embora se deva destacar que não apenas e necessariamente
os fisiculturistas seja acometidos desta síndrome. (Wikipédia – adaptado) Sobre esse
transtorno presente na sociedade atual, pode-se afirmar que:

 sendo um problema de autoimagem, está dissociado de qualquer influência do meio


externo.

 costuma relacionar-se com atividades que potencializam seus efeitos.

 não necessariamente seja nocivo à saúde mental e física de seus portadores.

 os portadores procuram atividades que atenuem os sintomas.

 acomete indivíduos fisicamente fracos e obesos, que desejam mudar seu corpo.

A vigorexia, mais comum em homens, se caracteriza por uma preocupação excessiva em ficar
forte a todo custo. Apesar dos portadores desses transtornos serem bastante musculosos,
passam horas na academia malhando e ainda assim se consideram fracos, magros e até
esqueléticos. Uma das observações psicológicas desses pacientes é que têm vergonha do
próprio corpo, recorrendo assim aos exercícios excessivos e a fórmulas mágicas para acelerar
o fortalecimento, como, por exemplo, os esteroides anabolizantes. (...) O termo vigorexia, ou
Síndrome de Adônis, foi primeiramente assim denominado pelo psiquiatra americano Harrisom
G. Pope, da Faculdade de Medicina de Harvard, Massachusetts. Os estudos de Pope foram
publicados na revista Psychosomatic Medicine com a observação de que cerca de um milhão
de norte- -americanos entre os nove milhões adeptos à musculação podem estar acometidos
pela patologia emocional. (Disponível em:
http://gballone.sites.uol.com.br/alimentar/vigorexia.html) A síndrome descrita acima pode
ser corretamente inserida no contexto de uma sociedade que:

 usa a egolatria do culto ao corpo.

 faz do corpo uma mercadoria.

 de modo previdente, cultua a saúde.

 é marcada pelo espírito de autossuficiência.

 combate o sedentarismo que gera males na terceira idade.