Você está na página 1de 6

[Digite texto]

OBEDECENDO A DEUS NO MINISTÉRIO CRISTÃO


(JONAS 1:1-5)

INTRODUÇÃO

A. Jonas, certamente em algum momento “obedeceu” a chamada ao ministério


profético. Da mesma forma que a maioria de nós aqui “obedecemos” a
chamada ao ministério cristão.
B. Mas, gente mesmo depois de se tornar “profeta”, continua sendo “gente”:
sujeito a erros... Inclinado ao pecado... Antes de entrar ao ministério, você é
“gente”. E depois? Continuará gente como “todo” mundo.
C. Quando você ouve a voz de Deus lhe chamando ao ministério cristão e
OBEDECE, essa deverá ser a PRIMEIRA obediência de MUITAS OUTRAS.
D. Quantas outras ordenanças Jonas deve ter obedecido antes dessa? Porém,
aqui, Jonas decide “desobedecer” e depois “fugir”.
E. Por não pregar em Nínive?
1. “Grande cidade”: metrópole do mundo gentio.
2. Jonas (israelita): pregar aos gentios?
3. Nínive: capital da Assíria – inimiga ferrenha de Israel.
4. Jonas poderia indagar: Deus, quer que eu morra?
5. Cidade maliciosa, cheia de pecado...
F. Com base no exemplo de Jonas, veremos que:

Proposição: Obedecer a Deus e não fugir do ministério cristão é a única


escolha sensata.

Transição: Por isso, devemos eliminar algumas ideias de nossa mente. A


primeira delas é:
[Digite texto]

I – Eu posso não só desobedecer a Deus, como também fugir


da sua presença.
A. >>> Ler Jo 1.1-3
B. Jonas desobedece e decide fugir para Tarsis (provavelmente Tartesso, uma
colônia fenícia na Espanha, que era o ponto mais ocidental ao qual os navios
velejavam, ao sair da Palestina).
C. Era também “direção oposta” a Nínive.
D. O lado humano de Jonas quer ir ao “mais longe que ele puder” de Deus, em
sentido totalmente contrário a Nínive (a vontade de IAWÉ).
E. Em que somos melhores que Jonas? TODOS NÓS, NO MINISTÉRIO,
PODEMOS SENTIR A TENTAÇÃO DE FAZER A MESMA COISA:
desobedecer e depois tentar fugir de Deus.
F. Aqui, podemos até perguntar: que “teologia” Jonas professava?
G. Indago: Teve Jonas contato com a tradição teológica presente no Salmo
139:7-8?
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia eu fugir da
tua presença? Se eu subir aos céus, lá tu estarás; se eu fizer a minha cama na
sepultura, também lá tu estás.
H. Antes de Jonas fugir, certamente passou por um conflito interior por causa
das diversas circunstâncias que envolviam a missão de ir à Nínive. Nessa hora,
até a teologia pode ser descartada, esquecida.
I. No ministério podemos ser tentados com a ideia: sou pastor, sou evangelista,
sou um pregador, tenho teologia, sou pós-graduado. Mas diante de conflitos
internos, tudo isso pode ser IRRELEVANTE.
J. Quando a Bíblia diz em I Cor 10:12 que “aquele que julga estar firme, se
cuide para que não caia!”, é também para todos aqueles que estão envolvidos
no ministério cristão.

Proposição: Obedecer a Deus e não fugir do ministério cristão é a única


escolha sensata.

Transição: Por isso, devemos ter cuidado com uma segunda ideia:
[Digite texto]

II – Se eu desobedecer e fugir... Deus não vai se importar.


Afinal de contas, não serei nem o primeiro, muito menos serei
o último a fugir D’ele.
A. >>>>Ler Jo 1.4
B. Tempestade no mar... Que novidade há nisso? A novidade estava
NAQUELA TEMPESTADE: o vento forte era tão implacável que até os
marinheiros mais experientes sentiram medo.
C. Enquanto isso... Jonas dorme: de repente, com a ideia de que:
— Certamente, Deus não vai se importar.
D. O que aprendemos com essa tempestade? Que Deus “não desiste
facilmente daqueles a quem chama, para deixá-los na desobediência. Ele
procura por todos os meios trazê-los de volta para os seus caminhos”.
E. Ou seja: Deus se importa mesmo com os desertores e desobedientes e
fujões.
G. Em que somos melhores que Jonas? Logo, a ideia de que “Deus não se
importa” pode se instalar em nossa mente.
H. Testemunho: O dia que da teologia, fugi para a biologia.
I. É bem provável que mediante a desobediência e fuga, alguma coisa vai
acontecer, por que, como diz Romanos 11.29: “os dons e o chamado de Deus
são irrevogáveis”!
J. Talvez, a mesma ideia já passou ou de repente esteja em sua mente.
Porém, saiba que: Deus não precisa de você, mas Ele se importa e...
L. Tudo tem haver com o propósito soberano de Deus: se pregar em Nínive era
a vontade de Deus, o que poderia fazer o pobre do Jonas senão chegar lá: de
barco ou de outra forma bem anormal?

Proposição: Obedecer a Deus e não fugir do ministério cristão é a única


escolha sensata.

Transição: Por isso, devemos ter cuidado com uma terceira e última ideia:
[Digite texto]

III – Se eu desobedecer e fugir... Estarei prejudicando


apenas eu e, eu mesmo.
A. >>> Ler Jo 1.5
B. Parece lógico: se eu desobedeço a Deus e decido fugir Dele, quem deve
sentir o peso da mão de Deus? Eu!
C. Jonas trouxe “medo”. Não só medo: Jonas trouxe prejuízos econômicos – a
carga do navio foi descartada ao mar.
D. Jonas está tão convicto de que estava prejudicando “apenas” a si mesmo
que “dormia um profundo sono”.
E. Existem pecados que afetam apenas o “indivíduo”. Porém, existem pecados
que podem “afetar” outros, o coletivo.
F. Pense na desobediência do primeiro casal – Adão e Eva: por causa da
atitude deles o pecado entrou no mundo e trouxe prejuízos e consequências
presentes até hoje!
G. Quando penso na rebelião de Corá, Datã e Abirão contra Moisés: a Bíblia
diz que “o chão debaixo deles fendeu-se e a terra abriu a sua boca e os engoliu
juntamente com suas famílias, com todos os seguidores de Corá e com todos
os seus bens”. Números 16.32.
H. Muito cuidado: a tua desobediência e fuga no ministério cristão pode trazer
sérias consequências a você e a outras pessoas. Por isso: melhor mesmo é
Obedecer a Deus.

Proposição: Obedecer a Deus e não fugir do ministério cristão é a única


escolha sensata.

Transição: Assim sendo:


[Digite texto]

CONCLUSÃO

A. Cuidado com essas três ideias insensatas e perniciosas que, assim como
aconteceu com o profeta Jonas, podem se instalar na sua mente:
1. Eu posso não só desobedecer a Deus, como também fugir da sua
presença.
2. Se eu desobedecer e fugir... Deus não vai se importar. Afinal de
contas, não serei nem o primeiro, muito menos serei o último a fugir D’ele.
3. Se eu desobedecer e fugir... Estarei prejudicando apenas eu e, eu
mesmo.
B. E se você por algum motivo desobedeceu, e está no porão de algum navio,
indo para o sentido oposto da vontade divina...
C. ACORDE DO SONO PROFUNDO.
D. Sabemos como a história de Jonas termina: do porto ao barco, do barco ao
mar, do mar ao ventre de um grande peixe.
E. É nesse espaço que Jonas simplesmente diz:
— Na minha angústia clamei ao Senhor, e ele me respondeu; do ventre do
inferno eu gritei, e tu – oh Deus- ouviu a minha voz.
H. Desobedeceu a Deus? Fugiu da vontade Dele? Pregadores que pregam a
Graça precisam entender que ESSA MESMA GRAÇA OS ALCANÇA
TAMBÉM.
[Digite texto]

(Salmos 139:7,8)
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia eu fugir da
tua presença?
Se eu subir aos céus, lá tu estarás; se eu fizer a minha cama na sepultura,
também lá tu estás.