Você está na página 1de 39

O E-BOOK

VERDE DA VIDA
Uma visão sobre saúde integrativa
“Saúde é algo que
começa dentro de
nós, e a saúde do
planeta depende da
saúde de cada ser
vivo ou inanimado
da biosfera.”
Sumário
Introdução ................................................................ 4

Bactérias da vida..................................................... 6

Alegria de viver......................................................13

Luz da vida...............................................................18

Vida líquida.............................................................22

A vida está no ar....................................................26

Biologia viva............................................................30

Vida na terra...........................................................34
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Introdução
O maior poder de nossa espécie é o de transformar a nós
mesmos e ao ambiente ao nosso redor, e nossa saúde
depende da interação entre nosso material genético e as
bactérias em nosso corpo. A saúde humana nada mais é do
que a paz e o equilíbrio com as células que o constituem;
de forma análoga, a saúde ambiental é nossa paz com a
natureza.

Cada um de nós possui exclusiva responsabilidade por


nós mesmos. O conceito de “predisposição genética” para
doenças não mais se sustenta depois que descobriu-se que
os genes podem ser “ligados” ou desligados”, e dessa forma
a função que eles desempenham. Isso significa que uma
simples reposição vitamínica pode por em funcionamento
um gene ativo ou vice-versa. Sendo assim, assumir a
responsabilidade sobre nossos hábitos de vida pode
interromper uma sequencia de erros cometidos por nossos
pais e avós.

4
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Algo que ocorre em nossa infância nos afeta


pelo resto da vida: uma vivência psicológica
negativa ou positiva fica registrada em nossos
gene e pode alterar diversos fatores em nossos
seres, desde a biologia até o funcionamento
de nossas funções cerebrais, seja de forma
positiva ou negativa. A maioria das doenças que
conhecemos se desenvolve através da repetição
de práticas nocivas. A doença que temos que
lidar no presente é o resultado das ações que
praticamos no passado. É um processo contínuo e
cotidiano de repetição de hábitos que influenciam
diretamente nosso metabolismo.

Dentre esses hábitos de vida que podem


influenciar o funcionamento de nossos genes é a
alimentação. Incorporar no nosso cotidiano uma
mudança completa de hábitos e alimentação pode
significar o fim de determinada doença, ou reduzir
seus efeitos de tal maneira que a medicação
necessária sofra uma redução a níveis mínimos. E
é exatamente disso que se trata nossa conversa
aqui: como é possível alcançar uma saúde melhor
através de uma simples mudança de hábitos e
alimentação.

5
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Bactérias da vida
A vida é um grande mistério que sentimos em nós mesmos,
em nossos grupos e em cada ser vivo do universo. Teve
seu início nos menores seres possíveis - microrganismos e
bactérias – e assim permanece até hoje. As bactérias ainda
são um dos fatores mais importantes dentre aqueles que nos
mantém vivos e saudáveis, embora pareçam insignificantes.

Manter bactérias saudáveis em nosso corpo é o passo mais


importante para melhorar nossa própria saúde, e tudo
começa na alimentação. Existem bactérias boas e ruins, e
a esterilização dos alimentos não impede que se tornem
alimento de bactérias patogênicas assim que entram em
nossos intestinos. Nossa nutrição deve ser repensada para
que as únicas bactérias a serem alimentadas dentro de nós
sejam as benéficas, e não as nocivas.

A dieta da maioria das pessoas tende a ser pobre


nutricionalmente falando, e as alterações nos genes induzidas
por essa dieta já faz parte do DNA dessas pessoas. São a
base de todas as queixas e sintomas apresentados por esses
pacientes, mas a medicina em geral desconhece a grande
importância da alimentação nesses casos.

6
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

É extremamente importante que o homem


mantenha uma relação harmoniosa com suas
bactérias intestinais, pois nos locais onde as
bactérias se fixam elas estabelecem uma conversa
com o sistema imunológico intestinal: vai da
natureza da bactéria ser essa conversa amigável
ou agressiva.

Através de nossos intestinos recebemos nossas


vitaminas e nutrientes, e é exatamente nossa
dieta que vai definir qual o tipo de nutrientes irá
alimentar nosso corpo. Precisamos ingerir as mais
diversas vitaminas em nossa alimentação, e é
nossa escolha como essa ingestão irá ocorrer: se
de forma saudável ou não.

Dietas 100% vegetarianos ou ovolactovegetarianas


sem qualquer tipo de sofrimento animal já podem
ser perfeitamente balanceadas e suprir todas
as carências de nosso organismo, até mesmo
da famigerada vitamina B12, que erroneamente
acredita-se ser possível obter apenas através da
ingestão da carne de animais.

Além da saúde direta de nosso corpo, temos que


nos preocupar com a saúde de nossa microbiota
intestinal. Boas bactérias bem alimentadas são de
extrema importância para nossa saúde em geral.

Uma pessoa bem alimentada com frutas, sementes


e demais plantas orgânicas pode manter uma
microbiota intestinal riquíssima em lactobacilos,
bifidobactérias e demais microrganismos
importantes para a manutenção da saúde
sem a necessidade de aditivos processados
ou encapsulados. Alimentar-se de produtos
industrializados significa na verdade privar-se
do alimento bacteriano fundamental para nós
mesmos.

7
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Infelizmente os antibióticos e pasteurização tão


comuns em nossas vidas atuais afetam não apenas
os microrganismos infecciosos, mas também os
benéficos dos quais toda nossa saúde e bem
estar dependem. Nossas doenças são resultado
direto da ausência de bactérias benéficas e de
seus efeitos e da presença de bactérias nocivas e
os problemas que estas carregam para dentro de
nossos corpos.

Nosso corpo é um sistema vivo multibiológico,


e o verdadeiro milagre do universo é seu
funcionamento. As bactérias desempenham um
papel importantíssimo em todas as funções de
nosso corpo, são as verdadeiras baterias de vida
que possuímos dentro de nós mesmos.

A própria digestão humana, aquilo que nos


alimenta, nos mantém saudáveis e vivos é
completamente influenciada por nossas pequenas
amigas, e não só por aquelas presentes em nossos
intestinos: a H. pylori por exemplo é uma bactéria
presente em nossos estômagos interfere na
secreção dos hormônios de regulação do apetite.
Quem a possui em sua microbiota controla melhor
o apetite, e sua ausência é uma porta para a
obesidade.

A microbiota que possuímos em nosso sistema


digestivo acostuma-se com o que comemos e
reage quando alteramos nossa alimentação. É por
isso que existe certa dificuldade em alterarmos
nossos hábitos alimentares. Além disso, o tipo
de bactéria presente em nosso intestino vai
definir a forma como absorvemos vitaminas e
nutrientes; dependendo do tipo de bactéria que
possuímos podemos ser malnutridos comendo
adequadamente ou obesos comendo pouco.

8
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

As bactérias presentes em nosso organismo


podem alterar o funcionamento de diversos
sistemas de nosso corpo. Bactérias adequadas
à produção de ácido fórmico podem significar
melhor função renal e cardiovascular, por
exemplo. Elas desempenham funções vitais em
nossos intestinos, cérebro, pulmões, rins, vasos
sanguíneos... elas definem toda a nossa saúde!

Diversos estudos mostram a relação direta


entre a microbiota e a imunidade. Nosso maior
registro de memória imunológica está ao redor de
nossos intestinos e é diretamente afetada pelas
bactérias que cultivamos em seu interior. Se a
microbiota intestinal não for bem estabelecida
desde a infância, distúrbios imunológicos, alergias
e déficits de absorção de nutrientes certamente
ocorrerão.

Tendemos a esterilizar todo o ambiente ao redor


de nossas crianças na tentativa de impedir seu
contato com qualquer tipo de bactéria, o que
pode ter o efeito contrário de nossas tentativas
de mantê-los saudáveis. Porém nem tudo
está perdido: é possível recolonizar o sistema
bacteriano das crianças em situações excepcionais
utilizando as bactérias originais presentes na
natureza. Muitas doenças que acometem nossas
crianças tem origem em falhas no sistema
imunológico causadas pela ausência das bactérias
corretas.

Se soubéssemos alimentar nossas crianças


e jovens de modo a manter uma microbiota
saudável, é provável que nenhum apêndice ou
amígdala precisassem de remoção por exemplo.

9
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Adotando uma alimentação baseada em vegetais


na merenda escolar e ensinando nossas crianças
desde cedo o plantio e preparo desses alimentos,
essa condição cirúrgica seria drasticamente
reduzida.

Além de alimentarmos nossas bactérias benéficas,


temos também que evitar que as bactérias nocivas
se desenvolvam. O grande desafio de nosso
intestino grosso é eliminar os dejetos antes que
nutram bactérias indesejadas.

É exatamente por isso que a constipação crônica


não é apenas desconfortável, mas potencialmente
perigosa para nossa saúde. Variações significativas
na qualidade da colonização de nosso intestino
grosso são decisivas na origem de doenças graves
em todo o nosso corpo. Raras vezes ocorre um
desequilíbrio grave das bactérias do intestino
grosso, mas quando acontece – normalmente
após longos períodos de antibioticoterapia – o
índice de mortalidade é alarmante.

O próprio desenvolvimento cerebral do feto


durante a gestação é influenciado pela qualidade
das microbiota intestinal da mãe. São as nossas
bactérias impactando a vida desde o início de seu
desenvolvimento.

As bactérias já são capazes de produzir


naturalmente fatores antibióticos. Alimentar-se
de arroz cozido no final das contas não alimenta
o corpo em si, mas as bactérias intestinais e seus
efeitos. Entretanto, o homem contemporâneo
vive às custas de prebióticos. Essas dietas não são
realmente saudáveis, e sustentam a vida e a saúde
apenas por tempo limitado.

10
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Colônias de bactérias saudáveis se desenvolvem


quando nos alimentamos com ingredientes
vegetais frescos, de forma que a verdadeira
chave para a saúde é alimentar-se de maneira
que mantenha a população bacteriana estável,
simbiótica e harmônica com nossas células.

Nossa escolha alimentar é o que torna nosso


cotidiano saudável, e individualizar nossa dieta
faz dela um prazer. Porém é importante lembrar
que ser vegano nem sempre significa ser
saudável: somente alimentos orgânicos e frescos
podem nos prover das bactérias homeostáticas
do solo. Entendendo o verdadeiro significado
bacteriológico de nossa alimentação é possível
desenhar a dieta que nos for mais conveniente em
nossas escolhas saudáveis.

Estamos degenerando a saúde como sociedade.


O momento em que percebermos que nossa
felicidade, plenitude e realização não vem
exclusivamente da dieta e sim da integração
com os ciclos da natureza será o momento
que entenderemos que a busca por uma nova
alimentação é também a busca por uma nova
organização social que promove a melhora da
saúde da humanidade e do planeta. É preciso
adotar uma vida que dê mais importância ao
contato com a natureza.

Podemos obter bactérias de forma segura através


de uma alimentação equilibrada, e cada detalhe
conta. Devemos dar início a uma verdadeira
revolução bacteriana desde a fertilização das
plantas até sua proteção contra pragas, de forma a
assegurar a melhor qualidade probiótica do nosso
alimento.

11
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Alegria de viver
Todo ser humano devia ter o direito de dar uma guinada em
sua vida e viver de acordo com as leis da natureza, pois essa é
a verdadeira alegria de viver. Pois o primeiro passo para isso é
escolher bem o que se come.

Ser feliz é algo bastante simples, porém não é fácil. É


necessário tomar algumas atitudes corajosas em prol
de nosso bem estar, pois é de uma mente sadia e bem
alimentada com pensamentos e emoções positivas que
partem as ordens de alinhamento da célula e do corpo.

Os vícios partem dos hábitos. É aquilo que está sempre à


mesa que torna-se a base de todos os vícios, e atualmente
quase todas as pessoa possuem algum. De certa forma, todos
que desenvolvem alguma adição estão em busca de algo. O
grande problema é que interrompem sua busca cedo demais
e ficam presos em algo que substitui aquilo que realmente
desejam.

Todos nós estamos em meio a uma odisseia pessoal, e


jamais devemos nos deixar deter e estagnar em nenhum
ponto. Devemos sempre procurar até encontrar aquilo que
desejamos.

12
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Aquele que tem medo das provas e desafios do


caminho torna-se candidato a ter algum tipo de
adição. Tentam satisfazer a fome de suas almas
com substitutos e não percebem que quanto mais
ingere esse substituto, mais a fome aumenta. A
pessoa desenvolve o vício e não confessa nem a
si mesma. Não admite ter errado o alvo e mente
para si, dizendo que aquilo era exatamente o que
procurava por medo de retornar à busca daquilo
que realmente a faria feliz.

O vício é a imobilidade e o medo de enfrentar


novas experiências, e toda parada durante o
caminho tem o potencial para transformar-se em
uma adição. O problema não está nas “estruturas
viciantes”, mas sim na relutância em retomar a
busca. Uma análise das substâncias que nos viciam
tende a revelar os principais objetivos de nossa
procura.

As drogas dão a seus usuários a ilusão de que o


mundo é melhor do que realmente é. Aqueles que
as procuram estão na verdade à procura de um
contato íntimo com os demais, pois preferimos
satisfazer a vivência do amor através do corpo e
não da consciência. Em vez de nos abrirmos para
amar uns aos outros, abrimos nossas bocas e
comemos tudo que está ao redor para preencher
o vazio que permanece dentro de nós.

O álcool por exemplo, é uma caricatura da


intimidade humana: elimina as restrições e
as inibições, apaga desigualdades e acelera o
processo de desenvolvimento de amizades.
Entretanto falta a esses relacionamentos a
intimidade real. A bebida tenta preencher a busca
de um mundo ideal, sem conflitos e cheio de
fraternidade.

13
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A OMS reconhece a dependência do álcool como


uma doença crônica. É uma droga psicotrópica
que afeta o sistema nervoso central e promove
alterações comportamentais e orgânicas que
levam à dependência física e psicológica.

Uma condição psicológica precedente é a base


principal de um vício. O indivíduo tem neuroses
desenvolvidas ao longo da vida ou já é um doente
psiquiátrico. A busca pela droga é resultado do
processo psíquico, e não o contrário. Muitos
pensam que determinadas drogas levam à
degeneração do homem, quando na verdade é
uma mente em conflito que conduz a pessoa
ao abuso de alguma substância ou a alguma
prática de forma viciosa. O que realmente importa
é a condição precedente ao encontro com a
substância.

Nosso bem estar está diretamente ligado aos


neurotransmissores. Muito mais que simples
limitantes fisiológicos, são protagonistas das
ordens cerebrais visto que sua principal função
é o de modulação: eles regulam toda a atividade
coordenada. Seu funcionamento adequado
depende da qualidade de nossas funções
fisiológicas. A estrutura bioquímica de nosso
cérebro é definida por aquilo que comemos e pelo
tipo de bactérias presentes em nosso intestino,
além da forma como digerimos nosso alimento.

Se um indivíduo tem uma dieta pobre em


precursores de aminoácidos e carboidratos,
por exemplo, não possui matéria-prima para o
neurotransmissor, diminuindo sua qualidade e
quantidade e gerando respostas neurológicas e
emocionais atípicas.

14
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A introdução de certos aminoácidos no organismo


pode aumentar o nível de neurotransmissores e
influenciar positivamente a cura de transtornos
mentais. Apenas com uma boa nutrição e
mudanças de hábitos de vida é possível vencer
os vícios, a depressão, a ansiedade e o pânico,
alcançando assim a tão almejada alegria de viver.

Infelizmente, a medicação passou a substituir


toda e qualquer psicoterapia, mesmo em
casos mais leves. Muitos dos que fazem uso
de antidepressivos sentem-se tratados porque
percebem que a droga está atuando, mesmo que
essa atuação seja um mero efeito colateral que
não tem relação alguma com o real tratamento da
doença. Os atuais medicamentos disponíveis, que
aliviam sintomas a curto prazo, na verdade causam
danos mentais que permanecem muito depois
que a doença teria se resolvido naturalmente.

A indústria farmacêutica influencia psiquiatras


a prescreverem drogas psicoativas até mesmo
para pacientes cujos medicamentos não são
considerados seguros ou eficazes. Precisamos
parar de pensar que as drogas psicoativas são a
melhor e única maneira de tratar doenças mentais.
A psicoterapia associada com uma alimentação
saudável e exercícios mostra-se muito mais
eficaz no tratamento da depressão do que os
medicamentos prescritos indiscriminadamente.
Infelizmente o paciente não é convidado a
entender o processo do qual é protagonista.

15
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Em nossa busca pelo equilíbrio e felicidade,


precisamos reestruturar a teia imaterial e
emocional que nos caracteriza como humanidade,
e não apenas a base física e bioquímica de nosso
cérebro. Vivemos em ambientes nocivos, mas essa
é exatamente a principal razão pela qual a nova
prática de medicina deve procurar manifestar-se
através de um ambiente melhor e alimentos mais
saudáveis.

A primeira grande prática em direção a uma


vida melhor é a meditação, comprovadamente a
prática mais perfeita para integrar o eixo sistema
nervoso central – sistema límbico – sistema
autônomo. A meditação tende a nos fazer mudar
sempre para melhor, e nunca foram descritos
efeitos colaterais ou negativos provenientes de
sua prática.

A segunda prática mais importante na retomada


de um padrão de pensamento positivo e ativo é
o exercício físico. É reconhecido que a atividade
física aumenta a quantidade de hormônios e
neurotransmissores de bem-estar. Caminhadas em
florestas, pro exemplo, auxiliam na melhoria do
sistema imunológico e no equilíbrio mental, além
de beneficiar a circulação, respiração e digestão.

Aqui também a alimentação é fundamental: nosso


cérebro é composto essencialmente de gorduras
e movido a glicose, de forma que se faz necessária
a ingestão das gorduras e açúcares corretos e
saudáveis do reino vegetal, desenvolvidos pela
natureza especialmente para suprir nossas células
e nosso sistema fisiológico. A alimentação viva
é sem dúvida grande estimuladora da função
cerebral.

16
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Luz da vida
A luz traz equilíbrio ao sistema celular. Uma radiação
desregulada pode levar células sadias a adoecerem, assim
como uma informação solar adequada é fundamental na
origem e no controle de células de câncer ou de distúrbios
inflamatórios e imunológicos. A luz também influencia
diretamente o sistema neuroendócrino, regulando desde
nosso sono e vigília até o sistema nervoso autônomo.

Fica bem clara a influência e os benefícios da luz em nosso


organismo, de forma que alimentar-se de uma dieta
desprovida de fótons é um erro gravíssimo. Muitos dos
resultados que podemos ver em nossas atividades clínicas
decorrem da natureza fitoquímica dos vegetais frescos e crus.
É verdade que gastamos minutos extras para fazer um suco
ou uma sobremesa viva, mas os incríveis nutrientes e seus
efeitos benéficos que recebemos tornam o tempo gasto algo
insignificante.

A luz tem papel estratégico na regulação de muitas funções


biológicas do corpo, de forma que ao perdermos nossa
orientação solar perdemos também a regulação de nossas
enzimas e hormônios.

17
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A privação solar leva ao uso de medicamentos


que jamais seriam considerados não fosse nosso
hábito de viver sob fontes de luz artificiais e
significativamente diferentes da luz solar.

A luz do Sol não afeta apenas nosso


comportamento, mas todas as nossas atividades
fisiológicas. A exposição gradual e contínua
à luz solar tem efeito equivalente ao de um
condicionamento físico também gradual e
continuado. Se nos expusermos de forma
apropriada e gradual à luz do Sol teremos
benefícios e proteção adicional contra o câncer
através da produção de enzimas protetoras
naturais e da famosa vitamina D.

A luz solar previne doenças cardiovasculares


e enfermidades crônicas, além de ser a única
verdadeira fonte dos “hormônios solares”. É
de fato extremamente benéfico alimentar-se
corretamente, porém isso não supre por completo
a função da luz solar. Isoladamente, nenhum
alimento atua em tantos setores de nosso corpo
quanto a luz de origem solar.
A luz desempenha um papel importante no
desenvolvimento de todos os seres vivos, e
nos seres humanos ela influencia uma gama de
funções fisiológicas e psicológicas. Nosso estado
mental modifica nossa capacidade de captar,
utilizar e expressar a luz, visto que nosso corpo é
uma grande fotocélula viva cuja energia deriva da
luz solar, nos nutriente básico.

18
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Com o reconhecimento de que a luz tem efeitos


profundo em nossa vida e lembrando que a
percebemos através dos olhos, fica claro que a
função desses órgãos sensoriais não se resume
a enxergar. São na verdade grandes captadores
de luz solar e revelam nossa saúde mental e
física como um espelho, pois formam um mapa
microscópico de nosso corpo. A análise de nossa
íris pode ajudar no diagnóstico de doenças: é
possível utilizar a aparência dela para avaliar a
integridade de nosso corpo e tecidos.

A luz do Sol regula nosso maior sistema


de equilíbrio fisiológico: o sistema nervoso
autônomo. A informação recebida pelo
hipotálamo detém, entre outras funções, o
controle das secreções da glândula hipófise
anterior e posterior, o que afeta todo o sistema
regulador do corpo, o sistema endócrino. Está
tudo finamente conectado. Não é uma hipótese
que a luz do Sol representa um forte regulador
das secreções de pré-hormônios ou hormônios. É
patente que pessoas que recebem luz solar todos
os dias são mais saudáveis e longevas.

Toda vida é baseada em conexões e relações.


Um grande exemplo é a influência que os níveis
de melatonina exerce sobre nosso corpo: a
melatonina em excesso em um momento que
deveria ser baixa ou baixa quando deveria
ter um nível mais alto provoca uma completa
desregulação dos nossos sistemas endócrinos e,
com isso, de todas as nossas glândulas e órgãos.

19
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Devemos nos deixar reger pelos sinais da


natureza: nos deitarmos e levantarmos de acordo
com o Sol, acompanhar as circunvoluções solares
durante o dia e pelas estações do ano, organizar
nossa agenda de acordo com o calendário lunar.
Não se trata apenas de melhorar a alimentação, é
necessário que mudemos por completo a maneira
como vivemos.

Optar por uma alimentação baseada em plantas


frescas e orgânicas, que seja pelo menos 80%
crua ou pouco processada, é receber diretamente
da seiva desses nutrientes os fótons e elementos
vibratórios contidos nesses alimentos. Tudo que
a luz do Sol faz pela nossa saúde é replicado pelo
“efeito do Sol” em todos os alimentos saudáveis e
vibrantes que incluímos em nossa dieta.

Muitas das doenças conhecidas hoje têm por


base a ausência de antioxidantes na dieta.
Uma deficiência de enzimas e antioxidantes na
alimentação ocorre no cotidiano de milhões de
pessoas ao redor do planeta a partir da adoção
de uma dieta industrializada. Quanto mais
rapidamente possam ser colhidos e consumidos
os alimentos de forma natural, melhor para aquele
que os consome, pois os nutrientes solares estarão
agindo sobre os sistemas vitais e acelerando as
reações enzimáticas. Muitas das reações vistas
como metabólicas e químicas na verdade ocorrem
mediadas por partículas luminosas presentes em
nosso organismo.

Ao entendermos que somos seres solares


devemos mobilizar todos os nossos esforços para
resgatar uma vida que tenha a irradiação solar
como protagonista e não coadjuvante.

20
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Vida líquida
A água é vital para a vida. Foi no ambiente aquático que
a vida se iniciou, com o desenvolvimento dos primeiros
microrganismos, e na sua ausência nada vive em nosso
planeta. Está amplamente presente em nossos próprios
corpos, representando cerca de 70% de nosso ser, e tudo
aquilo que acontece com a água de nosso planeta reflete-se
na água de nossos corpos. E vice-versa.

Sempre respeitando seus princípios básicos, a água se


comporta exatamente da mesma forma em grande escala
- nossos mares, por exemplo - ou em suas partes mais
minúsculas, como a água presente no plasma de nosso
sangue. Entretanto ela é uma faca de dois gumes: da mesma
forma que hidrata e promove a saúde de nossas células
também carrega para dentro delas as substâncias tóxicas que
estiverem presentes no ambiente. Tudo que fizermos com o
ambiente se refletirá dentro de nós, em cada uma de nossas
células. Sendo assim, conforme poluímos os rios e mares
de nosso planeta poluímos também nossos corpos com
substâncias nocivas, que são transportadas e distribuídas pelo
nosso sistema circulatório.

21
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A água é de extrema importância para nós, mas


tendemos a nos esquecermos disso. A maior parte
do estado de desidratação coletiva e crônica é
resultado de nossas rotinas, onde não temos mais
tempo para beber água, ou simplesmente nos
esquecemos de fazê-lo. Normalmente bebemos
água apenas quando sentimos sede, sem saber
que a sede é um aviso de que o corpo já está
desidratado. Ao fazermos isso, o ato de beber
água deixa de exercer sua função de hidratar
nosso corpo e passa a ser apenas uma resposta
fisiológica a um estado crônico de desidratação.

A longo prazo, a desidratação crônica conduz


nosso cérebro a um encolhimento e faz com que
nosso sangue fique mais espesso. Um sangue
mais espesso e viscoso cria uma resistência
no fluxo sanguíneo que leva a um aumento
do bombeamento cardíaco e eleva nossa
pressão. Manter o corpo hidratado garante um
bom funcionamento do sangue e do sistema
cardiovascular, permitindo que o sangue cumpra
devidamente sua função de transporte de
nutrientes. A água é uma grande condutora de
vida e nosso sistema circulatório é desenhado
com base nas propriedades desse elemento,
conduzindo minúsculos nutrientes a cada pequena
célula de nosso corpo.

O que o homem vem fazendo com seu


ecossistema hídrico geográfico é o mesmo que faz
com seu ecossistema hídrico corporal: altera sua
composição e estrutura com poluentes químicos
e substâncias tóxicas através de más ações e
decisões ambientais, acumulando lixo no sistema
e deixando de cuidar de nossa fonte de vida mais
importante.

22
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Grande parte dos problemas cardiovasculares que


atingem nossos corpos tem origem na situação
em que se encontra nosso sangue. O sangue
se comporta como um tecido líquido que pode
alterar sua configuração de acordo com o local
e as condições do tecido por onde circula. Basta
que uma inflamação se torne sistêmica para que
o plasma se torne mais viscoso e a resistência ao
fluxo aumente.

A única forma de mantermos nosso sistema


circulatório perfeitamente funcional e livre de
inflamações que prejudicam sua constituição é
através de uma alimentação baseada em vegetais,
orgânica, viva e saudável. Não existe uma única
substância milagrosa que nos tornará saudáveis,
apenas uma boa alimentação alcançará tal
objetivo. Devemos nos alimentar e nos hidratar
como se fôssemos uma flor dentro de um vaso.

Somos um reflexo do planeta, e água pura, boa


e em quantidade é o alimento-chave fornecido
pela natureza para sermos mais saudáveis e
termos uma vida melhor, e é no reino vegetal
que encontraremos grandes antídotos para as
doenças que assolam a humanidade. O suco
verde e a dieta com base em vegetais tem, por
exemplo, grande efeito hipotensor visto que na
verdade o que chamamos de hipertensão arterial
é na verdade uma resposta fisiológica à falta de
circulação adequada nos nossos pequenos vasos –
os capilares.

A água contida na estrutura celular de alimentos


vegetais crus é a mais biologicamente ativa
que a natureza nos fornece; é a chamada água
estruturada.

23
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Ela tem mais energia e poder fisiológico de


hidratação que a água não estruturada (destilada
e mineral, por exemplo). A água estruturada
pode facilmente ser desestruturada através do
aquecimento e fervura, o que a torna apenas mais
uma bebida hidratante comum.

Infelizmente essa grande fonte de vida líquida


está constantemente ameaçada nos dias de
hoje. Não existe mais água segura nas cidades
brasileiras, e nem em seus entornos. Elementos
que interferem no sistema hormonal humano e
outros contaminantes estão presentes na água
que bebemos diariamente. Além dos agrotóxicos
e solventes, temos uma nova classe de substâncias
também inodoras e insípidas que atingem o
sistema endócrino de humanos e animais.

A água usada pela população tem duas origens:


águas subterrâneas e de superfície. Atualmente,
ambas estão se tornando gradativamente mais
poluídas por produtos químicos tóxicos, chuva
ácida, herbicidas agrícolas, restos de pesticidas,
sobras radiativas e os inúmeros tratamentos
utilizados na tentativa de neutralizar todas essas
substâncias nocivas à nossa saúde. Não podemos
mais denominar essa água cheia de tratamentos
químicos como saudável ou segura.

Precisamos assumir nossa responsabilidade


individual e nos protegermos contra as águas
poluídas e tóxicas. Existem diversas formas
alternativas para termos uma água mais
saudável, como a água de poço, filtros, destilada,
engarrafada. Cada alternativa tem suas vantagens
e desvantagens, mas é um fato que, hoje em dia,
ter posse da própria água é possuir um tesouro de
valor inestimável.

24
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A vida está no ar
Só nascemos de verdade quando inspiramos pela primeira
vez. Nossa vida inteira consiste em um grande momento
entre nossa primeira inspiração e a expiração final. A
respiração é tudo, através dela podemos nos aquietar e
desacelerar o ritmo de nosso metabolismo e modificar nosso
estado de consciência.

É através da respiração e da observação desse processo


que atingimos o estado expandido de consciência chamada
meditação. Podemos passar de um estado de estresse para
um de tranquilidade somente através do ato de respirar.
O que torna o sistema respiratório ainda mais fascinante é
que podemos controla-lo de maneira voluntária, e quando
assumimos o controle de nossa respiração assumimos o
controle de nosso próprio ser.

Entretanto nosso sistema respiratório não faz nada mais do


que ventilar e permitir que a verdadeira respiração ocorra
dentro de nosso organismo: a respiração celular. Ele é tão
importante quanto nosso sistema renal na regulação da
acidez do plasma, o que é fundamental para manter nossas
células saudáveis.

25
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Nosso plasma é capaz de lidar com diversas


cargas de ácido nele lançadas com mecanismos
que mantém nosso pH sempre neutro, mas nosso
tecidos não possuem tal habilidade. Por isso é
tão importante o papel do sistema respiratório
na regulação da acidez do nosso plasma e,
consequentemente, do nosso corpo.

Quando nosso corpo tem seu pH alterado, outros


órgão que não fazem parte do sistema excretor
precisam assumir também esse papel para auxiliar
na eliminação do ácido em excesso em uma
tentativa de reestabelecer o pH neutro de que
nosso corpo precisa. Seguir uma alimentação
baseada em plantas de maneira regular permite
que o pH do corpo seja reequilibrado e os órgãos
que assumiram a função extra de excretor de
ácido voltem às suas atividades normais.

A alimentação baseada em vegetais não auxilia


apenas na alcalinização do nosso corpo, mas
também na do nosso planeta. Nossas opções
alimentares estão diretamente ligadas às emissões
de CO2 e às mudanças climáticas no planeta, e
uma mudança em nossos hábitos de vida tem
o poder de reverter a escalada da temperatura
que a Terra vem enfrentando. A dieta centrada
em carne e laticínios aumenta a acidez do corpo
e do planeta, de forma que uma nova nutrição
contribui também para uma nova organização
ecológica e climática de nosso meio ambiente.

A adoção de uma alimentação baseada em plantas


e rica em vegetais frescos dentro de um ambiente
de práticas integrativas tende a melhorar as
condições de ventilação pulmonar, troca gasosa e
circulação sanguínea.

26
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

A alimentação baseada em vegetais é a única


fonte confiável de manutenção dos níveis
intracelulares de antioxidantes.

O estresse oxidativo tem papel crucial no


envelhecimento e no desenvolvimento de
doenças crônicas degenerativas que assolam a
humanidade. A idade e o envelhecimento de uma
pessoa é medido de acordo com sua capacidade
de deter lesões oxidativas nas células, e quanto
mais idade uma pessoa tem, mais radicais
livres são encontrados em seu organismo. Os
antioxidantes, assim como as enzimas e óleos
essenciais, devem ter sua origem na dieta para
que possam de fato apresentar seus resultados
benéficos.

O melhor método de prevenção de doenças


degenerativas é uma alimentação rica em
antioxidantes. Uma dieta baseada em vegetais
pode prevenir, abrandar e até mesmo curar certas
doenças, reduzindo inclusive a incidência de todos
os tipos de câncer!

Tudo depende de nossa alimentação: nossos


hábitos alimentares determinam se teremos
bactérias que estimulam a imunidade e produzem
enzimas e vitaminas essenciais às nossas
células ou bactérias que produzem substâncias
carcinogênicas. O atual sistema de produção
industrial de alimentos é potencialmente
carcinogênico devido à enorme quantidade de
amido e açúcar que bombardeia nossa dieta. As
altas quantidades dessas substâncias em nosso
organismo altera a microbiota do plasma e dos
tecidos, deixando o organismo vulnerável.

27
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Uma dieta de vegetais balanceada é capaz


de fornecer moléculas alcalinas que ajudam
a reequilibrar o pH de nossos sistemas, o que
é fundamental na redução do crescimento
de células tumorais. Dessa forma, até mesmo
indivíduos que possuam em seus genes uma
predisposição a determinados tipos de câncer
pode evitar a doença através de uma dieta que
altere essa predisposição. Quando adotamos
uma dieta rica em fibras e orgânica conduzimos
nossa microbiota a produzir bactérias saudáveis.
Nossa dieta tem, assim, papel fundamental na
prevalência contra o câncer.

Temos em nossas mãos o poder de nos tornarmos


mais saudáveis. Da mesma forma que criamos
as condições para que o câncer e outras
enfermidades crônicas se desenvolvessem, somos
também capazes de criar as condições necessárias
para que o corpo possa reagir. Basta que nos
voltemos para a natureza e voltemos a ter contato
com as substâncias presentes nos vegetais para
que seja possível notar a melhora em nossa saúde.

A nutrição baseada em plantas é recomendável


em todas as situações: para dar prazer e bem-
estar a quem não sofre de doença alguma, para
prevenir ou aliviar doenças já existentes, para
atuar como coadjuvante na cura de alguma
doença ou para fornecer alguma qualidade de
vida para aqueles que sofrem de doenças sem
cura. O importante é que sempre se tente a via
nutricional, seja lá qual for a situação ou doença.

28
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Biologia viva
A natureza é nossa grande fonte de aprendizado, como se
fosse um livro vivo – e consciente. É necessário compreender
que a natureza é consciente e exerce essa consciência há
bilhões de anos e que existe uma consciência corporal que
está em todos os organismos – inclusive no nosso. Quando
percebemos as relações sutis entre a fisiologia e os sistemas
corporais entendemos nosso órgãos e sistemas como
unidades conscientes.

Nossas escolhas alimentares definem a forma como


participaremos desse estado de consciência crescente que
engloba toda a natureza e, sendo assim, aquele que aceita
se alimentar de produto da exploração animal não pode
acompanhar esse movimento. É possível nos alimentarmos
sem matar, nos alimentando plenamente e simultaneamente
criando vida por onde passamos. Se um ser humano escolhe
sua alimentação com uma noção do todo, poderá reduzir
drasticamente e até eliminar os alimentos de origem animal.
Tudo ocorre de maneira gradual e de acordo com a evolução
da consciência de cada indivíduo.

29
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Mudanças nos hábitos alimentares e de vida


podem manter, prevenir e recuperar a saúde
através da restituição de nossa fisiologia e
metabolismo normais. Basta alterar a fonte
principal de nutrientes para notar na prática
mudanças significativas na saúde. Dessa forma, a
manutenção de um terreno biológico saudável é a
chave para a saúde.

Infelizmente a medicina atual trabalha com um


conjunto de crenças que é obsoleto e incompleto.
Ela descarta, por exemplo, a influência do terreno
biológico em nossa saúde, além de ter um imenso
foco no desenvolvimento de possíveis curas para
doenças que poderiam ser facilmente evitadas
caso houvesse um olhar mais amplo acerca de
nossa saúde. Muitos médicos observam apenas
aquilo que os exames clínicos mostram e não se
importam em colher uma história clínica e dos
hábitos de vida do paciente, informações cruciais
para um melhor diagnóstico.

Microrganismos estão por toda a parte,


desempenhando diversos papeis no
funcionamento de todos os sistemas de que
fazem parte – o que inclui nossos corpos. Nosso
sangue por exemplo, considerado normalmente
como território estéril, pode abrigar diversas
formas de vida microbiológica.

O sangue de uma pessoa doente é pleno de


alterações biológicas que coexistem com os
elementos normais do plasma.

Dos muitos microrganismos que podem estar


presentes em nosso corpo, os fungos são os
principais causadores de doenças e alergias.

30
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

As queixas gastrintestinais também estão


associadas à micose sanguínea no sistema
imunológico. Aqui a história não é diferente: a
alimentação é a chave para a mitigação e cura
dessas condições. Manifestações inflamatórias do
tubo digestivo desaparecem rapidamente após a
adoção de um regime biogênico à base do suco
verde.

Através de fungos e parasitas presentes em


nossos corpos somos capazes de produzir álcool,
que opera então uma verdadeira limpeza nociva
de nossas células, destruindo com elas material
energético, enzimas e vitaminas de que nossos
corpos precisam. Para que todo esse processo seja
desencadeado basta uma alimentação repleta de
açúcar e amido, fornecendo assim a matéria-prima
para toda essa fermentação. É o vício em açúcar e
não necessariamente em álcool que causa tantas
alterações hepáticas e problemas cardiovasculares.

Outras doenças são afetadas pela presença de


fungos em nosso organismo. A diabetes por
exemplo resulta na potencialização dos efeitos
dos excrementos gerados pelos fungos, e seus
portadores podem se beneficiar imensamente
de uma alimentação vegana saudável, rica em
vegetais frescos e carboidratos complexo que
não geram alimento para esses microrganismos
nocivos. Basta suspender uma dieta açucarada
para ver melhorias em relação a cálculos renais,
inflamações e dores articulares.

31
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Todas as micotoxinas eliminadas pelos fungos


(como os ácidos láctico, oxálico e úrico) também
são acidificantes do meio. Dessa forma a
manutenção das espécies fúngicas em nosso meio
interno piora a situação de acidez que levou à sua
formação inicial. É um ciclo autossustentável, que
se retroalimenta e perpetua.

Nos libertarmos desses hábitos açucarados é


uma decisão corajosa e abrangente, que inclui
mudanças não só em nossa alimentação, mas
em nosso comportamento. Não existe alopatia
ou terapia holística que elimine fungos e outro
microrganismos de nosso sistema, o melhor
medicamento para esses casos é uma alimentação
saudável baseada em plantas. Somente a
alimentação correta pode reverter uma situação
que está acontecendo há anos no organismo.

De acordo com o que já foi dito, a principal


fonte de prevenção e até mesmo remissão de
tumores e metástases é uma dieta nutritiva que
nutra as células saudáveis. E não as cancerosas.
Estamos falando aqui de uma alimentação vegana
saudável, baseada em vegetais orgânicos e
frescos. A alimentação saudável é fundamental
para a boa resposta do paciente com câncer. É
preciso encontrar uma dieta nutritiva que ofereça
ao paciente todos os nutrientes e vitaminas de
que necessita, mas que ao mesma tempo não
permita o crescimento de formas fúngicas.

A grande doença infectocontagiosa desse século


é fúngica e bacteriana, decorrente da alimentação
processada. Sendo assim, a origem dos alimentos
e suas características biológicas são fundamentais
quando pensamos em estabelecer uma saúde
pública de qualidade.


32
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Vida na terra
Nossa representação máxima da fertilidade e da regeneração
é a terra. É a base de nossa alimentação e saúde, e como tal
deve ser protegida e respeitada. Com o passar do tempo
vemos um afastamento dos seres humanos desse ambiente
tão benéfico e é agora necessária uma retomada de nossas
relações com a terra, reaprendendo a lidar com ela e
estabelecendo uma relação harmoniosa com aqueles que
trabalham no campo.

O mundo em que vivemos é um grande sistema, e nele


somos apenas comensais transitórios. Tudo aquilo que
obtemos na relação entre homem e terra é o resultado de
bilhões de reações bioquímicas e relações simbióticas entre
as bactérias do solo e as raízes das plantas. Sendo assim,
nosso sucesso no plantio depende do respeito a essas
interações, presentes desde os primórdios da vida no planeta.

A terra, assim com a água deve ser considerada um elemento


vivo. Ela dá origem a plantas e sementes alimentares que
nada mais são do que a síntese entre os fatores nutricionais
do solo e a energia vibratória solar.

33
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Sua fisiologia quando analisada pelo aspecto do


húmus é muito parecida com a nossa própria:
seus mecanismos biológicos são semelhantes aos
presentes nos sistemas vegetais e animais.

Os ciclos naturais da terra responsáveis pela


produção dos nutrientes homeostáticos do solo
são uma realidade, e sua ruptura causa uma
demanda por grandes quantidades de fertilizantes
químicos. Em todo o planeta, o solo ocupado pela
agricultura é um aglomerado químico artificial
de onde é impossível que saiam alimentos com
algum valor biológico.

Os componentes químicos despejados em nosso


solo e plantações não afetam apenas o equilíbrio
da terra, eles causam doenças em nossos animais
e trabalhadores rurais. As doenças decorrentes
de contaminação por venenos nas plantações de
pequenos e grandes produtores são amplamente
documentadas, mas pouco se sabe a respeito
delas. Milhares de agricultores vêm adoecendo e
sendo hospitalizados no Brasil, mas esses casos
são atribuídos a doenças paralelas, ou são então
subnotificados.

Os problemas se estendem a todos os familiares


e outras pessoas que convivem com os venenos
agrícolas. Técnicas de cultivo favoráveis à saúde e
à natureza já existem mas não estão disponíveis
à grande maioria dos pequenos agricultores, que
obrigados a se utilizarem dos produtos tóxicos
destinados à agricultura, padecem das mais
variadas doenças decorrentes do contato com
esses químicos.

34
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Os sintomas de intoxicação crônica atingem


toda a população consumidora dos frutos
dessas plantações e as autoridades médicas e de
segurança alimentar já estão cientes do perigo,
mas nenhuma providência é tomada. Acontece
que os produtos químicos e a biotecnologia
geram lucros fabulosos, mesmo que o preço disso
seja o adoecimento da população.

É importante que nós, consumidores diretos


dessas substâncias, tomemos posição para banir
sua presença em nossos alimentos.

A transgenia apresenta também grandes riscos


à nossa saúde. Em síntese, aplicada à agricultura
a transgenia permite à planta modificada agir
como agrotóxico. Dessa forma o ataque de
pragas diminui, mas em contrapartida aumenta o
número de doenças infecciosas na população e
a resistência das bactérias. Atualmente o cultivo
envolve grandes quantidades de defensivos
agrícolas, o que torna os frutos da plantação
altamente tóxicos. E o mesmo se aplica aos
produtos de origem animal, que além da grande
concentração de agrotóxicos presentes na carne e
no leite há a presença também de altas doses de
antibióticos e hormônios.

Estudos a respeito dos efeitos das substâncias


químicas utilizadas no meio agrícola não levam
em conta a exposição a longo prazo, o efeito
cumulativo e as interações ambientais.

35
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

Isso acontece porque os estudos que


atestam a segurança dos produtos agrícolas
são apresentados pelas próprias empresas
desenvolvedoras do produto em questão,
empresas que estão mais preocupadas com
resultados a curto prazo do que consequências a
longo prazo.

Torna-se assim evidente que as formas ecológicas


de agricultura são muito mais inteligentes.
Respeitam a estrutura do húmus e do reino
vegetal, a microbiologia, a distribuição sazonal das
águas, a compostagem vegetal orgânica e outros
muitos processos naturais. A natureza é mais
inteligente que os cientistas.

Uma nova agricultura altamente produtiva,


ecológica e sem substâncias químicas está a
caminho e é fundamental para nossa saúde
– tanto daqueles que produzem os alimentos
quanto daqueles que os consomem. Uma
agrofloresta é uma forma sofisticada e inteligente
de produção agrícola que permite abrir mão de
substâncias químicas e sementes geneticamente
modificadas.

36
O E-book verde da vida - uma visão sobre saúde integrativa Voltar ao sumário

O modelo biogênico é um modelo não só


agricultor, mas cultural. Envolve os pequenos
agricultores, acesso a água pura e saudável a
baixo custo, um bom treinamento para médicos e
assistentes e uma atenção especial e continuada
às famílias envolvidas.

Cabe a nós, consumidores, oferecer apoio


incondicional aos produtores orgânicos e aos
produtores familiares interessados em adotar a
transição para a cultura orgânica.

Se adotarmos a postura de consumir cada vez


mais produtos orgânicos e rejeitar aqueles
repletos de agrotóxicos já estaremos dando nosso
apoio aos produtores orgânicos. A cada família
que opta por essa alimentação mais saudável e
sustentável surgem novos canteiros ao redor de
nossas cidades.

É sim possível combater pacificamente a


monocultura e seus efeitos sociais, ecológicos e
climáticos. Se adotarmos um estilo de vida mais
simples contribuímos também para a ecologia,
para a natureza e para nossa saúde.

37
Dr. Alberto P. Gonzalez
Site: www.doutoralberto.com.br/
Facebook: albertoperibanezgonzalez
Youtube: Dr. Alberto Gonzalez
O E-BOOK
VERDE DA VIDA
Uma visão sobre saúde integrativa